Destaque

Destaque

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Final da Copa da Argentina 1978


Inter 2 x 2 Santos

Jingle do Candidato ao Governo Eduardo Leite


Inter 2 x 2 Santos

Inter 2 x 2 Santos

Inter 2 x 2 Santos

Inter 2 x 2 Santos

Inter 2 x 2 Santos

Inter 2 x 2 Santos

Assessoria de Comunicação

No último sábado (20), aconteceu a abertura oficial do Programa Escola Aberta para a Cidadania nas escolas Professor José Fernandes de Oliveira (Zezinho), em Vacaria, e Antônio Inácio Velho, em São José dos Ausentes. Antes de fazer a adesão, as escolas participaram de reuniões referentes ao funcionamento do programa e assistiram a uma web conferência.

Com a adesão ao Programa, as escolas ficarão aberta todos os sábados e domingos, com realização de diversas oficinas pedagógicas, culturais, esportivas, de geração de renda e de lazer.  Neste primeiro momento, a Escola Zezinho está oferecendo oficinas de capoeira, dança, banda mirim, tênis e clube de desbravadores.  As oficinas são destinadas a toda a comunidade, de modo gratuito. Mais informações podem ser obtidas direto na escola.

O Escola Aberta (Lei 12.865/2007), é um programa que tem por objetivo contribuir para a melhoria da qualidade da educação, inclusão social e a construção de uma cultura de paz.  Conforme a coordenadora da 23ª CRE, professora Gilvana Rissardi Baldin, é a oportunidade de a escola abrir suas portas para receber a comunidade, oportunizando aprendizado e entretenimento durante os finais de semana.

O Programa está presente em oito escolas de abrangência da 23ª Coordenadoria Regional de Educação. São elas:

BOM JESUS
Colégio Estadual Frei Getúlio

ESMERALDA
E.E.E.M. Marcírio Marques Pacheco

IPÊ
E.E.E.B. Frei Casimiro Zaffonato

PINHAL DA SERRA
E.E.E.M. São Paulo de Tarso

SÃO JOSÉ DOS AUSENTES
E.E.E.M. Antônio Inácio Velho

VACARIA
E.E.E.F. Nossa Senhora da Oliveira
E.E.E.F. Ione Campos dos Santos
E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira





 
 
Atenciosamente,
 
Anelise Donazzolo
Assessoria de Comunicação Social
23ª Coordenadoria Regional de Educação
TEL./FAX (54) 3232-1245 - (54) 3232-1911
(54) 3232-1655 - (54) 3231-1105
Rua: Júlio de Castilhos, nº 653
Vacaria/RS CEP: 95200-000
Gestão 2015-2018


Assessoria de Comunicação da 23ª CRE

Neste final de semana, o município de Bom Jesus recebeu a final estadual dos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (Jergs) em duas modalidades: Futsal Infantil e Xadrez (todas as categorias). A solenidade de abertura ocorreu na sexta-feira (19), com a presença de autoridades e convidados, entre eles o prefeito de Bom Jesus, Frederico Arcari Becker, a secretária Municipal de Educação, Gilce Maria Aver Leoni, a coordenadora da 23ª CRE, professora Gilvana Rissardi Baldin, a coordenadora adjunta e chefe do setor pedagógico, professora Susan Ferreira, e Luiza Mazzoleni, representando o secretário de Estado da Educação, Ronald Krummenauer.
 
As competições, que reuniram cerca de 500 alunos e professores de todo o estado, aconteceram na Escola Estadual Conde Afonso Celso e nos Ginásios Leandrão e Poliesportivo.
 
RESULTADO FINAL
 
FUTSAL MASCULINO
1º lugar: E.M.E.F. Geraldina Bitencourt Borges (Santiago – 35ª CRE)
2º lugar: E.M.E.F. Mário Quintana (Porto Alegre – DPA)
3º lugar: E.M.E.F. Santa Helena (Bento Gonçalves – 16ª CRE)
 
FUTSAL FEMININO
1º lugar: E.M.E.F. Getúlio Vargas (Parobé – 2ª CRE)
2º lugar: E.M.E.F. São José (Guarani das Missões – 14ª CRE)
3º lugar: C.E.E.B. Conde D’Eu (Rondinha – 39ª CRE)
 
 
 
 
Atenciosamente,
 
Anelise Donazzolo
Assessoria de Comunicação Social
23ª Coordenadoria Regional de Educação
TEL./FAX (54) 3232-1245 - (54) 3232-1911
(54) 3232-1655 - (54) 3231-1105
Rua: Júlio de Castilhos, nº 653
Vacaria/RS CEP: 95200-000
Gestão 2015-2018

Inter 2 x 2 Santos

Berlim


Berlim


Centro de Africanidade de Minas Gerais

 O centro de africanidade de Minas Gerais, dirigido pela  Makota  Celinha corre risco de  fechar!
1.   Vejam o apelo de nossa amiga e lutadora da causa afrodescendente e das religiões de origem afro.
Olá  pessoal,
sou a Makota Celinha Gonçalves – Coordenadora Nacional do CENARAB e venho aqui, nesse espaço de encontro de negras e negros que fazem parte de meu círculo pedir que nos ajudem com uma questão que nos é muito cara, nosso compromisso ético e moral para com @s outr@s. Em 2010, conseguimos abrir nossa Escola de Empreendimento Solidário voltada para pessoas oriundas das comunidades tradicionais de matriz africana e movimento negro em geral. Para tanto assinamos um Convênio com a SEPPIR, em Dezembro de 2010. Acontece que o recurso só foi pago em Maio de 2011, quando já tínhamos 05 meses de aluguéis atrasados. Mesmo após inúmeras tentativas junto a SEPPIR, não conseguimos autorização para pagamento dos aluguéis atrasados e a imobiliária também, não se interessou por nenhuma forma de negociação por nós apresentada na ocasião, optando pelo despejo. Não tínhamos para onde ir com todos os móveis e equipamentos da escola, tivemos que permanecer no local até conseguirmos um espaço, o que aconteceu em Agosto de 2012. Na justiça perdemos em todas as instâncias. O problema é que temos avalistas, pessoas que foram generosas conosco e aceitou nos avalizar em nossos sonhos de educar para transformar a realidade de nossas comunidades tradicionais.
Hoje, após derrotas consecutivas na justiça, os avalistas foram condenados a pagar uma dívida de R$250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), sendo que são cobrados ainda juros mensais no valor de R$8.000,00 (oito mil reais). Nossos avalistas estão com seu apartamento penhorado e suas contas bancárias bloqueadas pela justiça. A dívida não se encontra em nome do CENARAB, mas estas pessoas nos avalizaram por sermos o CENARAB. Temos, portanto, para com eles uma dívida moral e ética. Para sua quitação precisamos contar com todas e todos vocês, que como nós, acreditam que um novo mundo é possível com responsabilidade e compromisso.
O CENARAB é uma entidade que sempre esteve presente na luta diária contra o racismo religioso, muitos dizem sobre sua importância e protagonismo e que agora precisa de tod@s.
Grave um vídeo, seja solidário, generoso. Nosso país passa por um momento tão difícil, onde sabemos que somente nossa unidade nos dará a vitória, portanto, lembre-se que para continuarmos em frente precisaremos todas e todos nos abraçar.

Abrace o CENARAB hoje. Lembramos que temos uma dívida ética e moral, para com nossos companheiros que nos emprestaram seus nomes. Mas, nós sabemos que enquanto não quitarmos esta dívida não estaremos em paz com a gente mesmo.



2.   Pedido dos movimentos populares:  precisamos apoiar o CENARAB E  NOSSA COMPANHEIRA,   discuta na sua diretoria,  veja  como podemos apoiar e seja solidário  de forma pessoal, e enviem qualquer recurso será bem-vindo, na conta:
BANCO CEF
AGÊNCIA 1742
OPERAÇÃO: 003
CONTA CORRENTE: 003824-7
CENTRO NACIONAL DE AFRICANIDADE E RESISTÊNCIA AFRO BRASILEIRO - CENARAB
CNPJ: 23.830.941/0001-58

E ai comunique o deposito para a Makota Celinha:    celinhags@ig.com.br


Outras Palavras


downloadAttachment&Message%5Buid%5D=202766&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCABSETqUB%252BWCbPVx6egOOnJtcbC%253DKYEEK0NsnHZPUjVDDqggbfA%2540mail.gmail.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCABSETqUB%2BWCbPVx6egOOnJtcbC%3DKYEEK0NsnHZPUjVDDqggbfA%40mail.gmail.com%3E-1.1.3
Boletim de Atualização - Nº 1048 - 23/10/2018


Força de Bolsonaro não está no apelo à violência – mas no vingancismo contra um sistema com o qual o PT se confundiu. Onda pode voltar-se contra quem a cavalga. Por Ricardo Cavalcanti-Schiel (Outras Palavras)

Vídeo: O ponto fraco do ex-capitãoContrariando o mito da “corrida rumo ao centro”, ele parece se fortalecer, quanto mais extremista se mostra. Como interromper sua ofensiva? Por Antonio Martins | Vídeo: Gabriela Leite (Blog da Redação)

Por que é preciso extinguir a políticaSem repressão social, sem calar a oposição e, no limite, sem alguma forma de fascismo, tornou-se impossível implementar o programa neoliberal. Mas este será nosso destino inevitável? Por Daniel Revah (Outras Palavras)

Jair Bolsonaro sequestrou sua raivaÉ normal que as pessoas estejam enfurecidas e frustradas. Mas tudo o que o candidato à Presidência propõe só fará piorar esse sentimento. Por João Peres (O Joio e o Trigo)

Vídeo: vem aí uma nova crise financeira?As economias ocidentais enfraqueceram-se. Uma nova recessão parece se aproximar, e agora o arsenal para combatê-la é débil. Há saídas? Por Antonio Martins | Vídeo: Gabriela Leite (Blog da Redação)

Preparado para o Deep Fake?
A distopia antidemocrática pode ser ainda pior. Novíssimas tecnologias permitirão manipular atos e voz de qualquer pessoa, criando o "infocalpse" -- incapacidade de conhecer a verdade factual. Como evitá-lo? Por Natalia Viana e Carolina Zanatta, na Publica (Outras Mídias)

O papel notável das Doulas da MorteSurge nova atividade social: acompanhar a pessoa que se vai em seu último período; intermediar suas vontades com o mundo ao redor; superar a ideia de que o falecimento é um tabu. Por BBC Brasil (Outras Mídias)

Outros Quinhentos apresenta: Manuel Ugarte, pensador da América LatinaIntelectual e militante argentino, ele zombou dos "socialistas" colonizados e vislumbrou uma cultura política radical no Sul do planeta. Livro a seu respeito abre coleção "Pensadores da Pátria Grande". Contribuintes de Outros Quinhentos concorrem a cinco exemplares (Outros Quinhentos)

Boletim de atualização do site Outras PalavrasA rep rodução é bem-vinda. Interessados em recebê-lo devem clicar aqui. Para deixar de receber, aqui. Acompanhe nossas novidades também no Facebook e no YouTube
_______________________________________________
Boletimdiplo mailing list
Boletimdiplo@listas.tiwa.net.br
https://listas.tiwa.net.br/listinfo/boletimdiplo
Descadastrar: envie email a Boletimdiplo-unsubscribe@listas.tiwa.net.br

Brasil 2 x 1 Itália Copa da Argentina 1978


Brasil 2 x 1 Itália Copa da Argentina 1978


Giro Uol

Não consegue visualizar esse e-mail? Clique aqui
Quarta-feira, 24/10/2018
Edição da manhã
 
 
  
Cúpula das Forças Armadas teme escalada da violência no país após o segundo turno
Irineu Machado, gerente-geral de Notícias
Bom dia! Integrantes da cúpula das Forças Armadas demonstram preocupação com a possibilidade de o clima de beligerância no país se intensificar após a eleição de domingo. Comandantes do Exército, da Marinha, da Aeronáutica e outros nomes de alta patente militar têm conversado sobre o receio de que grupos radicais, de ambos os lados, pratiquem atos de violência após o segundo turno. Para eles, a conciliação nacional precisa ser uma prioridade do próximo presidente.
 
Pesquisa do instituto Ibope divulgada na noite de ontem traz Jair Bolsonaro (PSL) com 57% e Fernando Haddad com 43% dos votos válidos. Em uma semana, a taxa de rejeição de Bolsonaro na pesquisa Ibope subiu de 35% para 40%, e a de Haddad caiu de 47% para 41%.
 
Na disputa pelo governo de São Paulo, João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) adotaram no debate UOL/Folha/SBT um tom bem menos agressivo do que os confrontos que tiveram nos dois debates anteriores.
 
Um levantamento do jornalista Daniel Buarque para o UOL mostra que a discussão por reforma nos sistemas de aposentadoria pressiona não só o Brasil, onde a Previdência costuma ser chamada de "bomba-relógio" para as contas públicas, mas diversos países pelo mundo.
Resumo do dia
Reforma tributária de Bolsonaro provocaria rombo de R$ 27 bilhões
 
 
Em ato com crítica de Mano Brown ao PT, Haddad sugere tratamento a Bolsonaro
 
 
Procuradoria pede inquérito da PF contra coronel que fez vídeo com ofensas a Rosa Weber
 
 
No Uruguai, militares de alto escalão são punidos com prisão por emitir opinião política
 
 
Análises dos blogueiros
   
Bolsonaro abusa da sorte na disputa com azarão petista
 
 
Combate à desigualdade não é "coitadismo"
 
Universa
   
50% dos feminicídios são de homens que não aceitam separação
 
 
Como a Lei da Alienação Parental pode estar sendo usada por abusadores
 
Compartilhar essa edição do UOL Resumo do Dia:
Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar por E-mail
Oferecido por:
  
  
Siga o UOL Resumo do Dia
Baixe o aplicativo UOL:
Apple StoreGoogle Play
Você recebeu este email porque você assinou a Newsletter do UOL. Para receber outras newsletter grátis, clique aqui.
Para cancelar o recebimento da Newsletter UOL, clique aqui.