Rádio WNews

sábado, 15 de maio de 2010

Frutos da Repressão.AVI

Filha de Tche Fala de Uso Comercial


Filha de Che condena uso comercial da imagem do pai
Sófia, 15 mai (EFE).- A filha mais velha do segundo casamento do líder revolucionário Ernesto Che Guevara, a pediatra Aleida Guevara, expressou em Sófia, na Bulgária, sua irritação pelo excessivo uso comercial no mundo todo da imagem de seu pai.

Em entrevista à agência Efe, Aleida disse que não se opõe ao uso da imagem de seu pai em causas sociais e de direitos humanos, mas sim quando é usada com fins lucrativos.

Aleida, que visita a Bulgária para participar neste sábado e domingo do XV Fórum anual das organizações para solidariedade de países europeus com Cuba, afirmou que o uso correto da imagem de seu pai "é uma coisa que deve ser respeitada".

"Há momentos em que o símbolo de Che Guevara é utilizado corretamente. Um exemplo simples: uma criança portuguesa com uma bandeira em uma manifestação de professores com a imagem de meu pai. Um jornalista perguntou por que ele usava aquela imagem. E ele disse: porque da mesma forma que Che Guevara, vou a lutar até a vitória sempre!", disse."Se usa a imagem dele desta forma, seja bem-vindo. É muito bom, me parece que meu pai pode se transformar de verdade em um estandarte da luta", acrescentou a doutora cubana.

Durante a entrevista, que aconteceu em uma livraria no centro de Sófia, onde Aleida foi recebida por poetas e escritores búlgaros, um autor se aproximou e lhe deu um isqueiro com a cara de seu pai.

"Às vezes as pessoas não se dão conta de que somos muito fúteis, e que meu papai deve estar no coração, na maneira de trabalhar todos os dias, em tentar imitar um homem que foi um ser humano tão completo", comentou Aleida, que aceitou o presente. EFE

Fonte: Yahoo

Administração Municipal de Vacaria Não Apoia Funcionários

Na cidade de Gravatai um senhor foi multado e agredido por um guarda municipal não entrando no mérito de culpados ou inocentes, verificamos que a Prefeitura daquela cidade foi em defesa do seu funcionário. Mas aqui em Vacaria RS que administração e do mesmo partido de Gravatai, acontece ao contrário a chefia dá uma ordem mas na hora de um problema grave os funcionários tem pagar advogado do seu próprio bolso, a Prefeitura fica contra o funcionário. Uma contradição estranha para um partido como o PT que sempre defendeu o funcionário público. Os funcionários público pagam mensalidade ao Sindicato dos Municipários mas tem que pagar o honorários do advogado valor de R$400,00 quando sofre ação judicial de qualquer espécie.