Rádio WNews

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Estádio do Passo Fundo





Glória 2 x 1 Esportivo parte 52

Passo Fundo




Melhores momentos de Santo Ângelo 1 X 2 Glória

Glória 2 x 1 Esportivo parte 51

Baltimore

Gestão Pública

Caso não visualize adequadamente o boletim abaixo. Clique aqui.

Notícias do Piratini
Gestão Pública
Laboratório do Estado diagnostica meningite por biologia molecular
Mídias relacionadas
O Laboratório Central do Estado (IPB-Lacen), da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps), está apto a executar diagnóstico de meningite por biologia molecular. O certificado foi alcançado após a execução da última etapa exigida pelo Ministério da Saúde. A capacitação, desenvolvida entre 4 e 8 deste mês, foi ministrada pela assessora científica Maria Gisele Gonçalves, do Instituto Adolfo Lutz (IAL-SP), laboratório de referência nacional. Foram capacitadas as profissionais Daniele de Castro Menezes e Loeci Natalina Timm, recebendo certificação para execução da técnica.

De acordo com o diretor do Fepps/IPB-Lacen, Fernando Kapkke, com a implantação da técnica de PCR-Meningite, a instituição está apta a oferecer à população mais um exame de qualidade e agilidade no diagnóstico desta notificação compulsória em Saúde Pública. "Cumpre registrar que ainda se observa diversos casos de meningite em que não são enviadas amostras ao Fepps/IPB-Lacen. Por isso, é importante divulgar a todos os serviços de saúde sobre este diferencial, de fundamental importância na melhoria dos indicadores de saúde", alertou.

Atualmente, o IPB-Lacen, através da Seção de Bacteriologia, processa uma média superior a mil exames por ano relacionados às meningites bacterianas, oferecendo diversas metodologias (cultura, sorologia e biologia molecular), referenciadas pelo Ministério da Saúde. O IPB-Lacen também produz e disponibiliza um kit para coleta de líquor, visando à captação de amostras para o diagnóstico laboratorial, de acordo com os parâmetros técnicos recomendados. Neste ano foram confirmados três casos de morte por meningite bacteriana tipo B, a mais severa, aumentando o alerta sobre a doença.


Texto: Janis Loureiro/Fepps
Foto: Divulgação Fepps
Edição: Léa Aragón/CCom
  <Mais notícias>
 
   
Redação - e-mail: redacao@secom.rs.gov.br - Fone: (51) 3213.0701
Enviar para um amigo | Receber por e-mail
13 DE MAIO
127 ANOS DA LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS NO BRASIL
DIA NACIONAL DE DENUNCIA CONTRA O RACISMO

100.jpgEntrando na nova fase do combate ao racismo no Brasil, proporcionada pela Comissão Nacional da Verdade da Escravidão, criada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, que abriu o debate sobre questões concretas que atingem em pleno século XXI a população negra brasileira e que o compromisso que assume de apresentar soluções para estas questões que conduzam a transformação da realidade, inaugura no país, o combate ao racismo institucional e à baixa inserção do negro nos espaços de poder, propósito que passa a cumprir a decisão da III Conferência Mundial Contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlatas, realizada em setembro de 2001, que o Estado Brasileiro é signatário a qual tem decidido o seguinte:

“...Lembrar os crimes do passado e contar a verdade sobre a história são elementos essenciais para a reconciliação e a criação de sociedades baseadas na justiça, igualdade e solidariedade...”

Antes dever comunicar que o racismo no Brasil não esta avançando e sim o combate que gradativamente esta sendo introduzido no país percebido pelos que de fato aplicam a “lição de casa”.

Racismo no Brasil era praticado de forma oculta, com o inicio do combate, negros e negras que poderiam ser brilhantes para a sociedade, em troca de privilégios, estão sendo usados para manter o racismo, traindo a própria dignidade o que esta impedindo a condições moral para defesa da honra.

Portando, independente do que a Comissão Nacional da Verdade da Escravidão irá decidir ou não, esta nova fase de combate ao racismo, também, esta aberta a oportunidade dos que de fato estão empenhados para o bem comum, fazer valer suas verdades.

O Boletim Produção de Cultura Negra nº 27, mostra o caminho que o Estado Brasileiro já percorreu para chegar até este momento.

Sobre o Processo de Promoção da Igualdade Racial de São Vicente, sem desconsiderar as homenagens que serão prestadas no dia 13 de maio pela Prefeitura de São Vicente Prefeito Luís Cláudio Bili, através da Secretaria Municipal da Cultura, secretário Amauri Alves, Sumira – Superintendência de Política para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial superintendente advogada Alessandra Franco e Conselho Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, presidente Marcelo Barreto.
Associação de Defesa da Comunidade Negra comunica que o convite realizado pela superintendente advogada Alessandra Franco, para participar dia 13 de maio, como resposta, comunicamos que infelizmente não estaremos presente, abaixo renovo a íntegra.
Drª Alessandra Franco
Não há condições de participar em evento de interesse da Comunidade Negra, realizado pela Prefeitura Municipal de São Vicente, por mais expressivo que possa ser pelo motivo da falta do reconhecimento ao Direito à Vida da Representação da Comunidade Negra, considerado o mais fundamental dos Direitos Humanos, muito mais ainda que a Sumira – Superintendência de Política para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, a qual Vossa Senhoria é superintendente, não esta mostrando condições para no mínimo amenizar esta forma de desgraça que acontece a frente dos olhos de Vossa Senhoria que completa dois anos a frente da Promoção da Igualdade Racial de São Vicente.
A Sumira – Superintendência de Política para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, no momento que é fato que a Prefeitura de São Vicente ainda não reconhece o direito da Representação da Comunidade Negra, convidar para comparecer ao evento para apenas ser tratado como animal irracional, fazer numero é falta de respeito por parte de Vossa Senhoria que é uma mulher negra e deveria honrar com suas raízes, até porque, Vossa Senhoria pertence a uma família de negros.
Para piorar temos verificado que o apetite de Vossa Senhoria evidenciando ganância para sobrepor o direito privado da Comunidade Negra é tanta que fala no microfone que a Representação da Comunidade negra não tem condições para se representar.
Convidar a Representação da Comunidade Negra para perto de políticos que nem para participar no Conselho da Igualdade estão permitindo, considerando as finalidades da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão criada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, é descaramento. Processo de igualdade quer dizer todos, São Vicente primeira cidade do Brasil, esta atuando contrário aos propósitos da igualdade e liberdade, e o pior, se aproveitando da “lei do mais forte”, usa setores da Prefeitura para se envolver com o interesse e espaço que pertence a Comunidade Negra de São Vicente, que foram criados para participação e desenvolvimento.

A ignorância ainda em pratica na primeira cidade do Brasil em pleno século XXI, além de impedir a plena participação e desenvolvimento, esta impedindo também, a qualificação profissional dos Valores Humanos, não há como comparecer em evento que a organização as portas são fechadas pelos órgãos competentes da Prefeitura Municipal de São Vicente, muito mais ainda que os documentos são protocolados, mas somos tratados como seres incapazes, não merecedores das respostas.

Importante que convide a família dos homenageados que tem obrigação de estarem presentes, sem desconsiderar a participação dos homenageados e o que fizeram na região, até porque, outros que estão vivos também estão fazendo, mas não estão merecendo a consideração de no mínimo serem tratados como ser humano, como os que estão mortos quando vivos também não recebiam o mesmo respeito, o racismo sempre dominou. A Sumira – Superintendência de Política para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, Órgão com o compromisso de promover a igualdade, todos são merecedores do respeito tanto os falecidos como os vivos.

Humilhante a Representação comparecer num local que não temos ambiente, porque políticos atuam como grupo fechado, e ser tratado como seja idiota. Comparecemos sim onde achamos que devemos se fazer presente para que esta forma de violência praticada sob sustentação do dinheiro público, seja combatida.
Em relação a promoção da igualdade racial o país entra na fase de conhecimento da verdade para se posicionar para condução da transformação da realidade há muito vivenciada, portanto, não há como ocultar em relação a São Vicente, processo de igualdade é para todos, ilegal continuar sob o domínio de uma minoria que se posiciona descaradamente como dominante, superior para tratar como bem entender o interesse da Comunidade Negra, usando pessoas negras como “fachada”, que não se acanham em tratar os elementos de sua irmandade como sejam objetos.

Processo de igualdade em São Vicente será impossível conseguir resultados satisfatórios com comportamento de privilegiados e político se portando como sejam covardes da democracia.

Processo de igualdade de São Vicente, faz entender estar sendo conduzido como bem registrou o psicanalista Clinico Flávio Bastos:

“...A crise de valores que atinge a sociedade mundial, especialmente a brasileira, é uma soma de situações que inclui a má índole como produto da perversidade que ainda acompanha inúmeros espíritos em suas novas jornadas na dimensão física, associada a outra situação não menos importante e de abrangência social, que é gerada por uma espécie de "caldo de cultura" que estimula a apologia da malandragem e do cafajestismo...”

Advogada Alessandra Franco, usar o cargo em nome da mulher e da igualdade como esteja estimulando apologia da malandragem e do cafajestismo é falta de respeito, o mesmo respeito que Vossa Senhoria pretende para com sua família tem que ter o mesmo respeito em relação aos Direitos Humanos da família da Comunidade Negra.

Por mais que seja expressivo o evento do dia 13 maio, mas a forma como conduz o processo de igualdade em São Vicente, impossível levar a família da Comunidade Negra num evento que o objetivo é mostrar que esta sendo combatido o racismo, mas o ambiente os principais organizadores, ainda se prevalece dos tempos coloniais, não sendo considerando negros como seres humanos.

13 de maio é Dia Nacional de Denuncia Contra o Racismo, importante dia para além das homenagens a Prefeitura Municipal de São Vicente que aderiu o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial, também, colocar de conhecimento da população os avanços, como passou a disponibilizar a promoção da igualdade em beneficio da população.

Drª Alessandra Franco se tem filha e família e quer que vivam em liberdade, ao estar ocupando o cargo de superintendente de Política para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial,  se esforce para também que a Representação da Comunidade Negra,  que se firma a partir da família, o humano, a solidariedade e a benevolência como valores imprescindíveis, passe a ser fato na cidade de São Vicente.

Gestão Pública

Caso não visualize adequadamente o boletim abaixo. Clique aqui.

Notícias do Piratini
Gestão Pública
Audiência Pública debate o Plano Estadual de Educação
Mídias relacionadas
O secretário da Educação, Vieira da Cunha, participou nesta terça-feira (5) de uma audiência pública proposta pela Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa. A atividade debateu o Plano Estadual de Educação (PEE), que deve ser aprovado e sancionado até o dia 24 de junho deste ano.

Por questões regimentais, o PEE, encaminhado à Assembleia no mês de dezembro de 2014, foi arquivado. O governador José Ivo Sartori pediu o desarquivamento do Plano, que agora aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Uma reunião extraordinária da CCJ nesta quarta-feira (6) definirá o relator do projeto.
"Vamos ter, ao final desse processo, um arcabouço legal e institucional que vai permitir que se avance muito em termos educacionais no nosso país, nos nossos estados e nos nossos municípios. Fica aqui a minha disposição para construirmos juntos, de maneira democrática e coletiva este Plano Estadual de Educação", afirmou Vieira.

Além dele e do secretário-adjunto, Luís Alcoba de Freitas, os diretores da Secretaria da Educação também participaram do encontro com deputados e representantes de entidades da área. Nos próximos dias o Fórum Estadual de Educação será chamado para discutir a proposta.

"Fica o meu compromisso de chamar, tão breve quanto possível, uma reunião do Fórum Estadual de Educação na nossa gestão. Estamos dando prioridade absoluta à questão do Plano Estadual de Educação, pois com este instrumento poderemos tirar do discurso e colocar na prática a prioridade para a educação", afirmou Vieira, exaltando o fato de que as metas para a área serão definidas de acordo com uma política de Estado, e não mais de governo, o que acarreta mudanças a cada troca de gestão.

Nos dias 26 deste mês e 2 de junho Vieira deverá comparecer novamente às reuniões da Comissão de Educação. O primeiro encontro será para falar sobre as questões envolvendo recursos humanos. A outra, para abordar os projetos e as metas de gestão.


Texto: Ascom Seduc
Foto: Evandro Oliveira/Seduc
Edição: Léa Aragón/CCom
  <Mais notícias>
 
   
Redação - e-mail: redacao@secom.rs.gov.br - Fone: (51) 3213.0701

Glória 2 x 1 Esportivo parte 50

Popular na Rede


Em Terça-feira, 12 de Maio de 2015 16:53, Popular na sua rede escreveu:


 
Popular na sua rede
G1  
@g1
 
Brasileiros são os que mais fazem amigos quando viajam, diz pesquisa glo.bo/1JE2BoC #G1
Ver no Twitter
Zero Hora  
@zerohora
 
Professora consegue falar com @dilmabr durante velório de LHS e faz pedido para a educação: zhora.co/1zWvQmF
Ver no Twitter
Blog do Noblat  
@BlogdoNoblat
 
O que Fachin fez não foi ilegal. Foi imoral. E ele sabe disso, por Ricardo Noblat.

goo.gl/gP0xKk
Ver no Twitter
Estadao  
@Estadao
 
Intercâmbio: Governo australiano oferece bolsas de estudo para brasileiros oesta.do/1K4ldkX
Ver no Twitter
Grêmio FBPA  
@gremiooficial
 
O que você gostaria de saber sobre as Categorias de Base? ?Quem responde é o coordenador Luciano Dias! #LucianoResponde #AzulPretoeBranco
Ver no Twitter
Folha de S.Paulo  
@folha
 
Príncipe Harry esbanja simpatia e serve cupcakes para fãs na Nova Zelândia uol.com/bvfhYZ
Ver no Twitter
Não é o que você procura?
Bem, há mais para ver no Twitter! Clique aqui para descobrir mais Tweets interessantes.
Explorar 
Você pode ficar conectado onde estiver através do site twitter.com sem pagar nad