Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

quarta-feira, 19 de maio de 2010

SUPER-HOMEM. .. É UM PÁSSARO ? É UM AVIÃO ?

Janis Joplin - Summertime (Live Gröna Lund 1969)

Janis Joplin - Summertime (Live Gröna Lund 1969)

Cazuza - Ideologia

Cazuza - Ideologia

Cantor Marcelo Costa Santos "foi" o cantor Marcelo

Cantor Marcelo Costa Santos "foi" o cantor Marcelo

Metrô - Tudo Pode Mudar (No Balanço das Horas)

SÃO FRANCISCO URGENTE

Bambas da orgia na avenida

Bambas da orgia na avenida

Bambas da orgia campeão 2007

Carnaval 2008 Bambas da Orgia Porto Alegre

Tunel do Tempo - Reportagem de Paulo Furtado


Foto: Paulo Furtado entrevistando A candidata Vereadora Ludmila do PDT em 2008

Tunel do Tempo - Reportagem de Paulo Furtado parte 3


Tunel do Tempo - Reportagem de Paulo Furtado parte 2

Futuro do Glória de Vacaria RS

Glória e seu Futuro

Esta temporada era considerada fundamental para retornar a primeira divisão do futebol Gaucho, mas isto não aconteceu, os fatores foram muitos, segundo o Presidente do Glória Ivar Saraiva. Em entrevista concedida ao Programa Esmeralda nos Esportes foi questionado quem foi o culpado ou os culpados pelo insucesso o presidente afirmou que foram todos, direção, comissão técnica e jogadores, pois se ganha todos ganham e então se perde todos perdem. O primeiro semestre resta pagar contas, esta semana deverão se quitados todos os vencimentos dos jogadores, também com fornecedores.

Quanto à próxima temporada esta inicia ainda neste ano, com a participação na Copa da FGF, para este segundo semestre a participação na Copa da FGF será para formar uma base para a segundona de 2011.

Alguns jogadores que fizeram parte do plantel neste ano deverão ficar segundo o Presidente entorno de seis ou sete atletas permanecem, os demais serão contratados para que sejam avaliados e possam permanecer para a próxima temporada se aprovados.

A comissão técnica que deverá ser contratada para a copinha também devera ser a que permanecerá para a disputa do ano que vem na segundona, Ivar Saraiva disse que ainda não foi contatado nem um nome para comandar o Leão.

O Presidente do Glória também lembrou que deverão ser realizadas algumas reformas na área social, e disse que existe em desenvolvimento um Projeto que esta buscando a nível federal recursos que possam ser utilizados na construção de campos suplementares e investimento em categorias de base, a expectativa é que a aprovação do mesmo seja ainda este ano.




Data: 17/05/2010 - 11:45
Fonte: Marcos Duarte/rádio Esmeralda

Tunel do Tempo - Reportagem de Paulo Furtado

Santos x Grêmio

O jogo de hoje á noite Santos x Grêmio promete ser um grande espetáculo de muitos gols, dois times difrentes estilos, o Grêmio um futebol de força e de competição e o Santos um futebol técnico e ofensivo. Vamos aguardar.
Paulo Furtado
Editor

Blog da Manuela


quarta-feira, 19 de maio de 2010
Dia lindo

Brasília está tomada pela diversidade. O movimento LGBT (ou a sopinha de letrinhas, como chamo, carinhosamente) tomou a frente do Congresso. Para mim, já disse e repito, Brasil desenvolvido não é só Brasil que cresce e distribui renda. Brasil desenvolvido também é Brasil que respeita a diversidade. Brasil que respeita e que mais do que isso, sabe que só será um grande país quando aprender a amar a sua diversidade.
Escrito por Manu às 12:40
Fonte: Blog da Manuela

Tunel do Tempo - Reportagens de Paulo Furtado



Tunel do Tempo - Carnaval 2009


Tunel do Tempo - Paulo Furtado Entrevistando a Vereadora Sofia Cavedon


Tunel do Tempo - Paulo Furtado Carnaval de 2009


Tunel do Tempo - Familia de Paulo Furtado

Administração



Administração
Estado renova convênio com PGQP e dá continuidade à modernização da Gestão Pública
Constituído por quatro frentes a partir de 2007, o trabalho envolveu quase 500 servidores de 13 órgãos estaduais, nove secretarias e a Procuradoria Geral do Estado, através do Programa de Ajuste Fiscal Estrutural e de Modernização do Estado. Relações Internacionais
Governadora recebe cônsul-geral da França no Piratini
Durante o encontro com Sylvain Itté, Yeda destacou o estilo arquitetônico do Palácio, neoclássico e inspirado no Petit Trianon, de Versailles. E lembrou o trabalho do governo nas comemorações do Ano da França no Brasil, em 2009. Cidadão Seguro
Estado investe mais de R$ 73 milhões para equipar a segurança pública
A gestão Yeda Crusius adquiriu equipamentos provenientes de recursos do Tesouro do Estado, do Fundo Especial da Segurança Pública e de convênios. As ações integram o projeto de Modernização dos Sistemas de Inteligência, do Programa Estruturante Cidadão Seguro (www.estruturantes.rs.gov.br). Pecuária
Vacinação contra febre aftosa já atingiu 20,1% do rebanho gaúcho
Os dados referem-se a 392 municípios, faltando computar ainda as parciais das demais 104 cidades do Rio Grande do Sul. As 4 milhões de doses gratuitas e já distribuídas pelo Governo do Estado beneficiaram até o momento, 13.034 criadores, computando 241.423 doses aplicadas. Convênio
Banrisul disponibiliza R$ 100 milhões para universidades comunitárias do Estado
Recurso servirá para capital de giro, investimentos e reestruturação financeira das instituições de ensino superior associadas à entidade. A Comung é integrada por 12 universidades do interior do RS.
Fonte: Palácio Piratini

Entrevista com Emir Sader

Setores emergentes decidem a eleição, projeta cientista político
O cientista político Emir Sader é um dos principais pensadores da política de esquerda no Brasil.

Em entrevista ao Jornal do Comércio, de Porto Alegre, ele analisa o cenário eleitoral deste ano e sustenta que não há como fugir do debate plebiscitário entre a candidatura de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), a partir das gestões do tucano Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e do petista Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010).

Ele argumenta que, num cenário de avaliação entre as duas gestões, a eleição acabará sendo decidida com os votos dos setores populares que, amparados pelas políticas sociais, melhoraram suas condições de vida e tiveram acesso a bens fundamentais.

Forte crítico da administração tucana, acrescenta que o plano de Serra é chegar ao governo para implementar um pacote econômico com duro ajuste fiscal, repetindo a fórmula do PSDB.

Em contraposição, como colaborador na formatação do plano de governo de Dilma, Sader informa que, além da manutenção da política econômica, as diretrizes do programa serão educação, habitação e saneamento básico. “O pré-sal vai ser a grande fonte para fazer isso”, acrescenta.

A reportagem e a entrevista é de Paula Coutinho e Gisele Ortolan e publicada pelo Jornal do Comércio, 17-05-2010.

Eis a entrevista.

Qual é o cenário da disputa à presidência da República?

Há duas interpretações. Uma estrutural, com dois tipos de governo. São os mesmos blocos que pleiteiam candidatos similares. Portanto, é justo compará-los. O governo tucano tinha maioria absoluta no Parlamento e, comprando votos ou não, mudou a Constituição para aprovar um segundo mandato. Ainda teve apoio da imprensa nacional e internacional, além de alianças amplas. Depois veio o governo Lula, em condições diferentes. Saiu ileso da pior crise do capitalismo internacional desde 1929. O governo Fernando Henrique Cardoso, ao contrário, subiu a taxa de juros e levou o Brasil à crise excessiva, profunda e prolongada, só recuperada com o governo Lula. Eles (os tucanos) têm que ter vergonha do que fizeram. Serra estava lá, apoiou tudo. Foi quem mais quis a privatização da Vale do Rio Doce. Ao que se sabe não fizeram autocrítica, portanto, assumem. Isso é a comparação de fundo. Querem sustentar que há um tal consenso lulista de que todos continuariam. Não é verdade. Já veio à tona, pela equipe econômica de Serra, que seus planos começam com um pacote econômico, com um duro ajuste fiscal. O famoso choque de gestão que eles adoram.

A governadora Yeda Crusius (PSDB) usou esse termo no Rio Grande do Sul.

Sabe-se muito bem o que significa a gestão pública-privada da governadora. Mas Serra quer esconder. A campanha eleitoral está separada do governo. A campanha de cada candidato é feita não na base do que se quer fazer, ou do que se vai fazer, mas sobre o que quer a opinião pública. O que pesa melhor? Dizer que sou contra o Lula ou que sou a favor? É um expediente de marketing do qual Serra se utiliza. Vamos ver até onde, pois há uma grande margem do eleitorado, sobretudo de origem mais pobre, que diz que votará no candidato de Lula. Serra quer disputar esse eleitorado.

Os setores que emergiram para a classe média?

Não exatamente para a classe média, mas que melhoraram suas condições e estão tendo acesso a bens fundamentais. Eles vão decidir a eleição. No Brasil, o país mais injusto do continente, a maioria da população é pobre e se beneficiaria das políticas sociais do governo. Ela, portanto, será decisiva. São setores emergentes em termos econômicos, mas que ainda não são emergentes em termos políticos.

Estes setores ainda não têm uma consciência política?

Têm certa consciência social, mas não têm auto-organização para expressar suas opiniões diretamente e ter interferência no processo político.

Lula é o principal cabo eleitoral de Dilma?

O governo é expresso em Lula, no qual a Dilma tinha um papel fundamental. Então, não é um elemento alheio a ela. Toda a projeção dela acontece pela dinâmica que o governo assumiu desde 2005. Dilma é a representante mais significativa da mudança interna do governo.

Questiona-se a capacidade que Lula teria de transferir votos para Dilma.

Já transferiu. Essa primeira interrogação foi decifrada. O problema é saber como será a continuidade disso. Mas Dilma era candidata com 5%, depois 10%. Agora chega a um empate técnico. Isso é óbvio e evidente.

E qual o reflexo terá na candidatura do PT a ausência da de Ciro Gomes (PSB) na disputa?

Tudo o que tende a uma polarização entre os dois governos favorece Dilma. O que significa a candidatura da Marina Silva (PV)? Nada. Ela se alinha com os tucanos. A polarização é forte de tal maneira que Marina sequer consegue definir o espaço de uma terceira via.

Há quem diga que Marina fica com os votos de eleitores insatisfeitos e desacreditados com a política.

É a cantilena de que o tema ecológico é transversal. Se for, vira terceira via e supera todas as outras. Então, não é verdade. O fato de Marina se associar, no Rio de Janeiro, com o palanque tucano mostra que ela está reiterando que a eleição é plebiscitária. Não é o que foi a Heloísa Helena (P-Sol), uma crítica de esquerda ao PT. Agora, Marina está à direita do PT, claramente. Sempre que os verdes se autonomizaram da esquerda foram para a direita.

A comparação entre Lula e FHC vai dominar o debate eleitoral?

O Brasil vai decidir se o governo Lula foi um parêntese e as oligarquias tradicionais voltarão a dirigir o Estado ou se vai apoiar os avanços do governo Lula e sair definitivamente do modelo neoliberal, construindo na primeira metade do século uma sociedade justa, soberana e solidária. Pela primeira vez diminuiu a desigualdade no Brasil. São dados estatísticos reais. Qualquer comparação da gestão Lula com o governo FHC é acachapante, devastadora. Por isso, querem deslocar a discussão para outras coisas.

Dilma e Serra estão empatados nas pesquisas. Ela pode ultrapassá-lo?

Fará isso no momento em que for mais socializada a informação de que ela é a candidata do Lula. A última informação do comando tucano é de que precisariam ter vantagem de 8 milhões de votos em São Paulo e Minas Gerais para neutralizar os votos do Nordeste e de outras regiões do Brasil. É hercúlea essa tarefa. Conseguir 5 milhões em São Paulo já não é fácil e 3 milhões em Minas é duro. O PSDB incorporou a ideia de que a tendência normal lhe é desfavorável. Daí é apelação, é baixaria.

Pode cair o nível?

Tudo que eles consideram tropeço e gafe da Dilma tem um destaque extraordinário. O Serra chegou a falar uma aberração em Santa Catarina. Reuniu-se com evangélicos e disse que fumante é adepto do diabo, algo desse tipo. É uma barbaridade. Se estivesse na boca de um vereador do PT, seria uma gafe pública. Então, é uma manipulação evidente das informações. Além do mais, é uma imprensa monopólica, financiada pelas grandes empresas de publicidade e que se interpõe entre a voz dos governantes e o povo. Lula não consegue falar para o povo. A imprensa pesca só o que acha que vale a pena.

Lula tem o histórico de não ganhar no Rio Grande do Sul. O fato de Dilma ter tido uma trajetória política no Estado favorece o voto no PT?

Criou-se uma certa classe média de São Paulo aqui no Sul, com sentimento discriminatório com o PT, um antipetismo. Mas quem deu prestígio à administração pública de Porto Alegre foi o PT. Criou-se esse mecanismo, alimentado pela imprensa, de diabolização do PT. Acho que está se caminhando para quebrar isso. Menos no Paraná, um pouco em São Paulo, provavelmente em Santa Catarina, que é menor, mas no Rio Grande do Sul, dessa vez, isso não existe. Dilma pode ganhar aqui.

Apoiada por setores da classe média?

Dividindo a classe média.

Ela foi bem recebida pelos empresários, na Fiergs.

Segundo pesquisa recente, todo o empresariado é a favor da política econômica do governo Lula, mas vai votar no Serra. Quem tem tucanos como Tasso Jereissati, Serra, FHC para administrar o Estado não vai querer negociar com o PT.

Serra afirma que o governo federal não tem um plano para integrar seus projetos de desenvolvimento.

Eles aparentemente querem incorporar os projetos sociais, mas a crítica é ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), como se fosse uma farsa. Se o PAC não avançou mais é porque, como diz a Dilma, eles reduziram o Estado a uma instância cercada por órgãos de controle desarticulando os órgãos de execução.

O senhor participa do grupo de trabalho do plano de governo de Dilma?

Estou participando dos debates e assessorando Dilma. Estou organizando uma reunião dela com os intelectuais em São Paulo, no Rio de Janeiro. Estou sempre conversando com ela, mas não tenho participação formal na campanha.

Qual é o extrato do plano de governo?

Privilegiar educação, habitação e saneamento básico. O pré-sal vai ser a grande fonte para se fazer isso. Serra não fala do pré-sal. Eles tentaram privatizar a Petrobras. Estão salivando. Imagina o pré-sal nas mãos deles. Nossa proposta é utilizar esses recursos para terminar com a pobreza nessa década no Brasil.

E as reformas política e tributária?

O que está pendente para fazer é terminar com a hegemonia do capital financeiro através da subordinação real do Banco Central ao plano geral do governo. Taxa de juros alta atrai capital especulativo e fortalece a hegemonia do capital financeiro. Em segundo lugar, mudar o modelo de agronegócio, no qual tem que ter um papel determinante a pequena e média empresa que produz alimentos para o mercado interno e gera emprego. Em terceiro lugar, democratizar a formação da opinião pública, quebrar a hegemonia dessas quatro ou cinco famílias que forjam a opinião pública no Brasil.

Qual sua avaliação sobre o ingresso da Venezuela no Mercosul?

Os tucanos teriam levado o Brasil e a América Latina à Área de Livre Comércio das Américas (Alca). Estaríamos na situação em que está o México, 90% do comércio é com os Estados Unidos, retrocesso de 7% da economia, acordo com FMI e carta de intenções. Se o Serra ganhar, romperá as alianças com a América do Sul e o Sul do mundo. Eles são pelas alianças subordinadas ao centro capitalista, que é o que o FHC fazia. Não fosse a vitória do Lula, que brecou a fase final em que Brasil e EUA administrariam a composição da Alca, a América Latina teria entrado.

Apesar de reconhecido como liderança internacional, Lula foi bastante criticado por sua política externa.

A política externa não é separada da política interna. É porque o Brasil é soberano lá fora que é soberano aqui dentro. O Brasil não está colocando dinheiro em auxílio externo para deixar de fazer política social aqui dentro. O governo Fernando Henrique Cardoso não foi nada solidário lá fora. E foi solidário com o povo brasileiro?
Fonte: Jornal do Comércio

Oração Para Abrir os Caminhos Financeiros

ORAÇÃO PARA ABRIR OS CAMINHOS FINANCEIROS

Esta oração me foi enviada por uma pessoa a quem contei minhas aflições
financeiras.

Depois de lê-la com muita fé, após duas horas, recebi uma ligação onde me informavam ter sido aceita como provedora de uma das maiores instituições financeiras de nosso país.

Creiam!

Por isso quero transmitir-lhes a oração, e que Deus abençoe sua necessidade financeira e a satisfaça em dobro.

A benção financeira:

(Se necessita uma benção financeira continua a ler este e-mail).

Deus Pai Celestial, o mais cortês e amoroso, eu te invoco, Tu que bendiz minha família abundantemente..

Sei que Tu reconheces que uma família é mais do que só uma mãe, pai, irmã e irmão, marido e esposa, senão um grupo onde todos crêem e confiam em Ti.

Deus meu, Te elevo esta oração para que me bendigas financeiramente.

Assim também desejo esta benção financeira não só à pessoa que me enviou (diga o nome da pessoa), como a todos aqueles a quem enviarei e a todos que mais adiante a receberem.

Sabemos do poder da oração unida por todos aqueles que crêem e confiam em Ti.


Pai Amado és o mais poderoso que pode existir.

Eu te agradeço de antemão por Tuas bênçãos.

Que DEUS Pai entregue agora mesmo à pessoa que lê isto, a abundância e misericórdia para o cancelamento de suas dívidas e cargas econômicas, que floresçam seus bens, de acordo com a Sua vontade Divina, em harmonia perfeita para todo o mundo e sob Sua Graça Divina.

Que Ele derrame Sua piedosa sabedoria e que possamos ser bons servidores e administradores das bênçãos financeiras de Deus.

Sabemos o maravilhoso e poderoso que És Pai Nosso e sabemos que se apenas Te obedecermos e caminharmos em Tua Palavra, ainda que tenhamos a fé do tamanho de uma semente de mostarda, Tu derramarás sobre todos nós Tuas bênçãos.

Te agradeço agora Pai e Senhor Nosso, pelas bênçãos que acabamos de receber e as bênçãos que hão de vir.

Em nome de Jesus Cristo, Deus, Amém.

Gaste 60 segundos para enviar de uma só vez a 30 pessoas e dentro de horas
terá uma multidão orando por nós e por todos que receberem esta oração.



--------------------------------------------------------------------------------

Prefeitura de Porto Alegre RS



Imagem do Dia
Foto: Divulgação/PMPA

Abrigo moderno para história da Capital. Novo prédio acomodará acervo de fotos e peças de casas açorianas


Notícias


A MANCHETE

Prefeito envia à Câmara projeto de isenção fiscal ao Beira-Rio

COPA 2014

Cidade nomeia mais 15 embaixadores do mundial


Comitiva de Stuttgart chega amanhã

DESTAQUES

Obra no Hospital Presidente Vargas será entregue quinta-feira


Museu de Porto Alegre será ampliado


Fortunati: temos que ter coragem de combater o narcotráfico


Circulação, Transporte e Mobilidade é última temática do OP


Mais de 411 mil porto-alegrenses já foram imunizados contra a gripe A

MAIS SERVIÇOS

Saúde entrega reforma da Unidade Básica Ipanema


Inscrições abertas para ocupação de teatros

PREVISÃO DO TEMPO

Conheça a previsão para os próximos dias

TEMPO HOJE

Veja imagem de satélite

VEJA PAUTAS PARA AMANHÃ

Confira as atividades da prefeitura previstas para 19 de maio




Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias

A MANCHETE
Prefeito envia à Câmara projeto de isenção fiscal ao Beira-Rio
O projeto de lei para a isenção do ISSQN a obras e reformas do estádio Beira-Rio chegou hoje no Legislativo. Segundo o prefeito, a renúncia fiscal será compensada pelo fato da lei permitir que a cidade tenha um estádio nas condições técnicas exigidas para a Copa, o que possibilita a atração de volumosos investimentos em infraestrutura urbana, mobilidade, saneamento básico, qualificação de pessoal e saúde pública. "Temos certeza de que as isenções permitirão que as obras, especialmente dos estádios privados, ganhem um novo ritmo", comemorou o prefeito. Leia mais...

COPA 2014
Cidade nomeia mais 15 embaixadores do mundial
A preparação de Porto Alegre para a Copa foi reforçada nesta semana. Na noite de ontem, durante a 20ª edição da festa “Encontro do Esporte”, na Sogipa, o prefeito José Fortunati entregou a 15 personalidades gaúchas, ou ligadas ao esporte, o titulo de Embaixadores Porto Alegre 2014. O projeto busca destacar cidadãos que ajudaram a desenvolver o esporte gaúcho. Cada embaixador tem a missão de contribuir na divulgação da cidade, especialmente no exterior. Confira a lista Leia mais...

Comitiva de Stuttgart chega amanhã
Os organizadores da Copa de 2006 na Alemanha serão recebidos pelo secretário de Turismo, Luis Fernando Moraes, e o Gestor da Secretaria da Copa, Ricardo Gothe. A chegada do prefeito de Stuttgart, Wolfgang Schuster, está prevista para sexta-feira, 21. Os alemães virão à Capital participar do seminário “Porto Alegre e as cidades da Copa de 2014”, que ocorre sexta-feira e sábado, no Hotel Deville. Eles relatarão experiências na preparação da cidade em áreas como segurança, estádios, marketing, mobilidade urbana e turismo. Leia mais...

DESTAQUES
Fortunati: temos que ter coragem de combater o narcotráfico
Durante a posse hoje dos membros do Conselho Municipal de Entorpecentes (Comen) para o exercício 2010/2011, o prefeito José Fortunati salientou a falta de combate ao narcotráfico. “Falamos em prevenção, assistência, mas temos que ter coragem de também combater com eficácia o narcotráfico”, disse. O prefeito adiantou que o governo municipal ampliará as relações com as entidades que lutam contra o problema. Veja a nova composição do conselho Leia mais...

Obra no Hospital Presidente Vargas será entregue quinta-feira
Orçada em R$ 203 mil, a reforma envolveu os 197 metros quadrados do Centro de Materiais e Esterilização do Hospital Presidente Vargas. Foi construído um vestiário, substituídas as janelas e feitas obras hidrossanitárias, elétricas e de climatização. As bancadas de trabalho foram padronizadas, sendo agora todas em inox. Também foram colocadas telas e reformado o piso vinílico. Na quinta-feira, a partir das 13h30, a obra será entregue pelo secretário de Saúde, Carlos Henrique Casartelli. Leia mais...

Circulação, Transporte e Mobilidade é última temática do OP

Interessados em debater os investimentos na área devem participar do encontro do Orçamento Participativo amanhã, a partir das 19h, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa. Na quinta-feira, ocorre a primeira das 17 plenárias regionais, na Região Cruzeiro. A programação segue até 21 de junho. Veja o calendário Leia mais...

Mais de 411 mil porto-alegrenses já foram imunizados contra a gripe A

Cerca de 44,6 mil trabalhadores da saúde, 13,4 mil gestantes, 132,3 mil pacientes crônicos, 28,6 mil crianças menores de dois anos, 400 índios, 154,5 mil jovens entre 20 a 29 anos e 37,2 mil de 30 a 39 anos foram vacinados desde 8 de março até o momento. O novo balanço sobre o número de doses aplicadas foi divulgado hoje pela Secretaria Municipal de Saúde. A campanha está em sua última etapa. Até a sexta-feira, 21, serão imunizados adultos com idade entre 30 e 39 anos e idosos portadores de doenças crônicas. Leia mais...

Museu de Porto Alegre será ampliado
Com 1.140 m², o novo prédio tem custo estimado em R$ 3,75 milhões. O projeto foi apresentado hoje em evento reservado a autoridades e imprensa. Também foram expostos a nova identidade visual e a futura linha de souvenirs do Museu. Segundo o documento, será construída uma edificação térrea de linhas contemporâneas no pátio. Já a nova identidade visual será aplicada na Linha Museu de souvenirs, que terá uma série de 20 bicos de pena de autoria do designer Joaquim da Fonseca. Leia mais...

MAIS SERVIÇOS
Inscrições abertas para ocupação de teatros
A Secretaria de Cultura recebe até o dia 28 as inscrições para o edital de ocupação dos teatros municipais (Renascença, Sala Álvaro Moreyra e Túlio Piva), válido para o segundo semestre deste ano. As datas são oferecidas para temporadas de espetáculos de teatro (adulto, infantil, Projeto Novas Caras, Projeto Teatro Aberto, dança e música). As inscrições podem ser feitas no Protocolo Central da prefeitura, na Rua Sete de Setembro, 1123, 2º andar. Leia mais...

Saúde entrega reforma da Unidade Básica Ipanema
A comunidade do bairro recebe amanhã, às 9h30, as obras do prédio. Situado na Avenida Tramandai, 35, o local apresentava problemas de conservação, principalmente com relação ao telhado, provocando infiltrações, goteiras e área mofadas. A reforma incluiu abertura e instalação de novas janelas, para melhorar ventilação. Foram substituídos vidros quebrados, instalados aparelhos de ar-condicionado nos consultórios, além da pintura geral na parte interna e externa. Leia mais...


PREVISÃO DO TEMPO
Conheça a previsão para os próximos dias
Clique aqui

TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
Clique aqui

VEJA PAUTAS PARA AMANHÃ
Confira as atividades da prefeitura previstas para 19 de maio
Clique aqui




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Destaque do Dia







Governadora recebe visita oficial do novo cônsul-geral da França em São Paulo
A governadora Yeda Crusius acompanhada do secretário do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais, Josué de Souza Barbosa(E) e do secretário da Cultura, Cézar Prestes(D), recebe a visita do novo cônsul-geral da França em São Paulo, Sylvain Itté.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antônio Paz / Palácio Piratini
Código: 34510

Estado renova convênio com PGQP e dá continuidade à modernização da Gestão Pública
A governadora Yeda Crusius e o presidente do Conselho Superior do PGQP, Jorge Gerdau Johannpeter, durante a solenidade de assinatura da renovação do convênio entre o Governo do Estado e PGQP.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Silvio Alves / Palácio Piratini
Código: 34512

Estado renova convênio com PGQP e dá continuidade à modernização da Gestão Pública
A governadora Yeda Crusius durante a solenidade de assinatura da renovação do convênio entre o Governo do Estado e PGQP, no Auditório do Ministério Público.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Silvio Alves / Palácio Piratini
Código: 34517

11ª edição dos Concertos Banrisul para Juventude no Theatro São Pedro
11ª edição dos Concertos Banrisul para Juventude, no palco do Theatro São Pedro, em Porto Alegre. A partir de uma releitura da música erudita, o projeto pretende mostrar a jovens e adolescentes os encantamentos do gênero.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 34516

Yeda Crusius reúne-se com representantes do Simers, Sindmaq / Abimaq e Sinmetal-RS
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(E), e integrantes do Secretariado, durante audiência temática com representantes do Simers, Sindmaq / Abimaq e Sinmetal-RS, na sede da Fiergs, em Porto Alegre.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34527

Yeda Crusius reúne-se com representantes do Sindicato do Papel e do Papelão
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(E), e integrantes do Secretariado, durante audiência temática com representantes do Sindicato do Papel e do Papelão do RS, na sede da Fiergs, em Porto Alegre.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34526

Yeda Crusius reúne-se com representantes do Sicadergs e Sindilat
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(E), e integrantes do Secretariado, durante audiência temática com representantes Sicadergs e Sindilat, na sede da Fiergs, em Porto Alegre.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34525

Yeda Crusius reúne-se com representantes do Sinplast RS
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(E), e integrantes do Secretariado, durante audiência temática com representantes do Sinplast RS, na sede da Fiergs, em Porto Alegre.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34524

Yeda Crusius reúne-se com representantes da Sitergs
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(D), e integrantes do Secretariado, durante audiência temática com representantes do Sindicato das Indústrias Têxteis do RS (Sitergs), na sede da Fiergs, em Porto Alegre.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34523

Yeda Crusius reúne-se com os conselhos de Comércio Exterior e Técnico Tributário da Fiergs/Ciergs
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(D), e integrantes do Secretariado, durante audiência temática com representantes do Conselho de Comércio Exterior e Conselho Técnico Tributário da Fiergs/Ciergs, em Porto Alegre.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34522

Yeda Crusius realiza audiências temáticas com o setor industrial
A governadora Yeda Crusius, acompanhada do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul(Fiergs), Paulo Tigre(D), participa da reunião das diretorias da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul, na sede da Fiergs, em Porto Alegre.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 18/05/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 34521

Samblog

Samblog - clicRBS


--------------------------------------------------------------------------------

•Débora e Adilson de volta ao ninho da águia
•Bateria da União da Vila ganha logotipo oficial
•Os premiados com o Estandarte em Canoas
Débora e Adilson de volta ao ninho da águia

Posted: 18 May 2010 12:58 PM PDT

Débora e Adilson voltarão para agitar os ensaios bambistas - Foto: Luiz Armando VazOs bons filhos à casa tornam e os passsitas Débora Macedo e Adilson estão de volta aos Bambas da Orgia. Na noite de ontem, o casal foi recontratado depois de dois anos afastado...
Bateria da União da Vila ganha logotipo oficial

Posted: 18 May 2010 10:30 AM PDT

As baterias de cada escola têm um nome definido ou mudam de "graça" conforme muda o mestre? Esse debate, na União da Vila do IAPI, está encerrado. O Coração da Vila será vitalício. A decisão foi tomada pela direção da escola, que acaba de divulgar inclusive o logotipo oficial da bateria, na foto ao lado...
Os premiados com o Estandarte em Canoas

Posted: 17 May 2010 05:30 PM PDT

Teve salão cheio a entrega do Estandarte de Ouro de Canoas. Organizada pela LESC e embalada pelo Grupo Bom Partido, a festa integrou a comunidade carnavalesca para revelar, no sábado à noite, quem foram os melhores da folia canoense em 2010...

Forças Armadas

Segunda-feira, 17 de maio de 2010
ENTREVISTA - MAYNARD MARQUES SANTA ROSA - Governo Lula quer implantar ditadura totalitária no país

General pivô de polêmica defende que ditadura de 1964 foi autoritária, mas não totalitária, e deixou imprensa "amplamente livre"

RESPONSÁVEL até fevereiro deste ano pelo Departamento de Pessoal do Exército, o general Maynard Marques Santa Rosa, 65, disse à Folha que está em andamento um processo para transformar o Brasil numa "ditadura totalitária comunista" e que o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos é parte dessa estratégia.
Ele afirma que "com certeza" há exagero quando se fala em tortura na ditadura militar (1964-85). "Vocês conhecem algum ex-torturado cubano? Ou russo? Não existe, porque não se deixava sair [da prisão]. Então, foi a bondade, entre aspas, dos torturadores que permitiu que saíssem [no Brasil]."

LUCAS FERRAZ
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA
ELIANE CANTANHÊDE
COLUNISTA DA FOLHA

O general foi duro em relação à pré-candidata Dilma Rousseff ao dizer que a Comissão da Verdade, criada pelo PNDH, só seria correta "se você perguntasse a Dilma quantas pessoas ela assaltou, torturou, matou..."
Quanto à eleição, diz não estar animado: "Na Dilma, não voto de jeito nenhum, mas não é fácil engolir o Serra".
Santa Rosa foi exonerado após a Folha ter publicado e-mail em que ele classificou a Comissão da Verdade de "comissão da calúnia integrada por fanáticos". Ficou encostado no Comando da Força até passar para a reserva, em 31 de março. Segundo diz, "95% do Exército" pensa como ele. A diferença é que Santa Rosa é um dos raros casos de militar que diz o que pensa em público.




FOLHA - Qual é sua opinião sobre o governo Lula?
MAYNARD MARQUES SANTA ROSA - Acho o presidente uma pessoa simpática, tem empatia com o público e sensibilidade em detectar os anseios da massa. O que é diferente da linha governamental que ele segue. Está rodeado de pessoas impregnadas de preconceito e ideologia. O governo tem várias caras. Ideologicamente, é intolerante, autoritário. Para ser mais preciso, tem anseio totalitário.

FOLHA - O Lula?
SANTA ROSA - O governo. O presidente, não. Não sei se ele é usado ou se ele usa esse grupo para promover seus interesses.

FOLHA - O que caracteriza o autoritarismo do governo?
SANTA ROSA - A intolerância com opiniões contrárias. Quem examinar o Programa Nacional de Direitos Humanos vai interpretar o que digo. Aquilo é um tratado ideológico de extrema intolerância, onde se pretende regular uma sociedade inteira. Adota o tal princípio da transversalidade. Na medida em que se têm intenções que transcendem Legislativo e Judiciário, são pretensões que transcendem até preceitos da Constituição, portanto, totalitárias.

FOLHA - Em que parte o 3º PNDH transcende Legislativo e Judiciário?
SANTA ROSA - Quando propõe a institucionalização de mecanismos ilegais. Ingerir no processo judicial de reintegração de posse transcende a lei e na estimulação da degradação dos costumes à revelia da tradição cristã que temos, ao estimular a homoafetividade.

FOLHA - Totalitarismo não é o contrário, exigir que todos tenham o mesmo comportamento?
SANTA ROSA - Querer consertar isso com outra penada mais totalitária é que é o erro. Temos de deixar fluir a natureza, inclusive nas relações sociais.

FOLHA - Os dois planos elaborados no governo FHC já não continham basicamente os mesmos pontos.
SANTA ROSA - O primeiro plano não choca ninguém. Embora tenha bandeiras polêmicas, obedece ao princípio da naturalidade, não faz a sociedade civil engolir pontos que não lhe pertencem, diferentemente do de agora, fabricado de fora.

FOLHA - De fora? De onde?
SANTA ROSA - Se você pesquisar a similitude entre a Constituição venezuelana, e também a equatoriana e a boliviana, que são clones adaptados aos seus países, vai verificar qual é a origem. Isso tudo é uma composição organizada, é uma conspiração internacional.

FOLHA - Durante seus 49 anos no Exército, o sr. conheceu muitos gays nas Forças Armadas?
SANTA ROSA - Não, existe uma rejeição inata da estrutura militar contra isso. O problema é que existe uma articulação, no sentido de transformar a sociedade, colocar uma nova cultura goela abaixo na classe média, e isso é apenas uma fase preliminar para depois se implementar o que se quiser.

FOLHA - E o que se quer?
SANTA ROSA - Uma ditadura totalitária.

FOLHA - Comunista?
SANTA ROSA - Exatamente. Primeiro, transformar os costumes da sociedade, para, por último, implementar o sistema totalitário. Falar isso no século 21 é quase uma aberração.

FOLHA - Após 21 anos de ditadura, a democracia não é irreversível?
SANTA ROSA - Não acho. O povo não reage, está numa situação letárgica. Nosso povo não tem opinião, e quem tem se cala. Estamos anestesiados.

FOLHA - No seu e-mail contra o plano não havia nada disso.
SANTA ROSA - O nosso foco era a defesa da instituição militar.

FOLHA - Nosso? De quem?
SANTA ROSA - Meu. O foco militar era porque, se se conseguisse abrir a Comissão da Verdade, o resto seria facilmente alastrado. Houve uma reação institucional à qual até o próprio ministro [Nelson Jobim] aderiu, reconhecendo que iria causar uma desarmonia grande. Então, ele contrapôs aquele protesto que levou o presidente a flexibilizar a redação do plano.

FOLHA - Que nota o sr. dá para o ministro Nelson Jobim?
SANTA ROSA - Para o momento, é o melhor que se tem. É preparado, foi ministro do STF, da Justiça, tem relacionamentos de alto nível e é inteligente. O Ministério da Defesa é uma necessidade, faz parte da modernidade do Estado.

FOLHA - Como o sr. define o regime de 1964?
SANTA ROSA - Um regime emergencial, um mal que livrou o país de um mal maior.

FOLHA - E a tortura?
SANTA ROSA - Nunca foi institucionalizada, é um subproduto do conflito. A tortura começou com os chamados subversivos. Inúmeros foram justiçados e torturados por eles próprios, porque queriam mudar de opinião. A tortura nunca foi oficial.

FOLHA - O sr. critica que o plano está transportando para o país um regime autoritário, mas não foi justamente o de 1964?
SANTA ROSA - Foi autoritário, mas não totalitário.

FOLHA - Qual é a diferença?
SANTA ROSA - A imprensa, por exemplo, foi amplamente livre.

FOLHA - Como?!
SANTA ROSA - Só teve censura no momento de pico, a partir do AI-5 [1968]. Se não houvesse um enrijecimento político naquela oportunidade, poderia se perder o controle. Considero isso tudo um mal, mas um mal menor e necessário.

FOLHA - O sr. aceita um militar torturando uma pessoa indefesa, um jovem, uma mulher, desarmados?
SANTA ROSA - Nenhum militar torturou ninguém. Se houve, foi no Dops [Departamento de Ordem Política e Social, oficialmente vinculado à polícia].

FOLHA - Não é covardia matar pessoas e torturar rapazes e moças, algumas grávidas, depois de presas?
SANTA ROSA - Sinceramente, não sei de nenhum caso. O que existe é produto de imaginação.

FOLHA - O sr. tem dúvida? A própria ex-ministra Dilma Rousseff foi presa e torturada.
SANTA ROSA - Ela diz que foi torturada, mas... Só no Brasil, a pessoa que sobrevive, e está com boa saúde, alega a tortura para ganhar os benefícios, sejam políticos ou de pensão.

FOLHA - É mentira que houve tortura?
SANTA ROSA - Com certeza absoluta. Vocês conhecem algum ex-torturado cubano? Ou russo? Ou chinês? Não existe, porque não se deixava sair [da prisão]. Então foi a bondade, entre aspas, dos torturadores que permitiram que saíssem [no Brasil]. Institucionalmente, legalmente, não houve [tortura]. Não posso afirmar que, fora do controle, não tenha havido.

FOLHA - Não é justo, portanto, ter uma Comissão da Verdade para apurar se houve ou não houve?
SANTA ROSA - Seria justo se os dois lados dissessem a verdade. Se você perguntar a Dilma Rousseff quantas pessoas ela assaltou, torturou, matou...

FOLHA - Até onde se sabe, ela não matou ninguém.
SANTA ROSA - É o que ela alega. Sabe-se que tem vítima.

FOLHA - Qual é a sua opinião sobre José Serra? Ele foi presidente da UNE, exilado no Chile...
SANTA ROSA - É um administrador competente, um gestor público excelente, tanto que, se voltar para São Paulo, se reelege. Mas eu estou me atendo ao produto do trabalho dele.

FOLHA - E a Marina Silva?
SANTA ROSA - Tem uma visão da Amazônia igual à da Fundação Ford, igual à dos americanos. É uma visão internacionalista.

FOLHA - O sr. vota em quem?
SANTA ROSA - Na Dilma não voto de jeito nenhum, mas não é fácil engolir o Serra.

News Negro

Morte de ator brasileiro na Rússia pode ter tido motivação racista
AFP
O ator teve que enfrentar muitas dificuldades relacionadas com o racismo, segundo assinalou o jornal Novaia Gazeta, citando um de seus amigos. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Danilo tem efeito suspensivo negado e não enfrenta o Vasco
globoesporte. com
Suspenso por 11 jogos por causa de chute, cusparada e ato racista contra Manoel, do Atlético-PR (assista ao vídeo), o zagueiro Danilo, do Palmeiras, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Abril demite editor que denunciou racismo da Veja no Twitter
Vermelho
“Veja vomita mais ranso racista x indios, agora na Bolivia. Como pode ser tão escrota depois desse seculo de holocausto?" , registrou Milanez no Twitter. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Rob Halford: lei de imigração do Arizona é "racista"
Whiplash! RockSite
Do fundo do coração eu acho que esta é uma lei racista, eu realmente acho. Quero dizer, eu pensei à respeito e olhei por todos os pontos de vista, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Deputado diz que Escravatura ainda é um processo inacabado
DCI
Chegamos aos 122 anos da Abolição, e ela continua inacabada diante da realidade de opressão e do racismo na qual se encontram os afrodescendentes que, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Lincoln é mais um problema para o Palmeiras contra o Vasco
Terceiro Tempo
Se já não bastassem os desfalques de Danilo, suspenso por ato racista, e Diego Souza, de saída do clube, o meia Lincoln sentiu desconforto muscular e sequer ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Juventude Negra integra GT responsável pela criação de disciplina ...
ES Hoje
O Fórum Nacional de Juventude Negra (FONAJUNE) integrará o Grupo de Trabalho responsável pela elaboração de uma disciplina que aborde as questões ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Centro Wiesenthal exige limites para sites que promovem ódio racial
AFP
"Ficamos preocupados com o fato de haver um conteúdo de ódio na web, seja antissemita, homofóbico ou racista. Não se trata de focar apenas no antissemitismo ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Mandela no liquidificador
O Globo
Mandela e Dilma participaram nos anos 60 de grupos adeptos da luta armada em seus respectivos países -num caso contra o governo racista, no outro contra a ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Manoel 2

Poa, 18/05/10


Boa terça-feira.


Beijos.


Deise Nunes.


-Manoel, vamos numa festa de aniversário de 15 anos?
-Vamos sim. Mas eu só posso ficar uma semana!

Preso Suspeitos de Homicídio

Polícia Civil de Eldorado do Sul prende dois suspeitos de homicídios
18/05/2010 15:07


A Polícia Civil através da Delegacia de Polícia de Eldorado do Sul prendeu, na noite dessa segunda-feira (18), mãe e filho - uma mulher, de 44 anos e um homem, de 28 anos - suspeitos de cometerem dois homicídios na cidade.

A dupla foi presa na própria residência, localizada na Rua Nossa Senhora Parecida, no bairro Medianeira, em Eldorado do Sul. Os dois homicídios ocorreram no Centro da cidade, um no dia 9 de julho de 2009 e o outro na última terça-feira, dia onze de maio de 2010. Os dois foram encaminhados ao sistema prisional da região.

Fonte: Ascom SSP

Abaixo-Assinado

Prezados amigos,

Estamos diante de um momento decisivo na luta pela erradicação do Trabalho Escravo no Brasil. A possibilidade de aprovação da PEC 438, a chamada “PEC contra o Trabalho Escravo”, depende do envolvimento de todos os setores organizados, entidades e lideranças que se engajaram no esforço de suprimir definitivamente esta chaga inaceitável em pleno século XXI.

Dia 26 de maio, durante a realização do Encontro Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, pretendemos entregar ao presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Michel Temer, o abaixo-assinado com milhares de assinaturas pedindo a votação da PEC 438 naquela casa.

Para tanto, além de contar com a presença das entidades parceiras nesta causa, pedimos a todos um último esforço para alcançarmos as 300 mil assinaturas. Falta pouco, mas sem o empenho de todos não alcançaremos esta meta.

Assim, peço que reforcemos a coleta de assinaturas no abaixo-assinado que segue em anexo. Estaremos recebendo-os até o dia 25 de maio em nosso gabinete (Ala Sen. Teotônio Vilela, Gabinete 17 – Senado Federal).

Desde já agradeço muitíssimo a colaboração de todos.

Atenciosamente,



José Nery

Senador PSOL/PA



Estimaos compas,
vejam quem tem atividades de massa ou em cursos de formaçao antes do dia 25 de maio
recolham assinaturas para abaixo assinado pela aprovação da PEC que desapropria fazendas de trabalho escravo
e enviem por correio nomral

para senador Jose neri
senado - congresso nacional
esplanadas dos ministerios
Brasilia- df

News Negro

Comédia de humor negro exibida em Cannes lava a alma das domésticas
G1.com.br
... de Im Sang-soo, uma comédia de humor negro descompromissada que arrancou risos do público em sua primeira exibição na noite de quinta-feira (13). ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Bolsas de Pós-Graduação para Negros - 250 Bolsas oferecidas pelo ...
Vestibular (Blogue)
Essa data teve um anúncio de criação pelo governo federal de 250 bolsas de pós-graduação para alunos negros e pardos. De acordo com a Secretaria Especial de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Livro mostra estudo que aponta ascensão dos negros na Polícia Militar
SRZD
Primeiro estudo no estado focando o policial afrodescendente na corporação, o livro " O negro na Polícia Militar: crime, cor e carreira no Rio de Janeiro", ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Pesquisador fala da mudança de abordagem sobre fim da escravidão
Agência Estadual de Notícias
O compositor, escritor e pesquisador das culturas africanas Nei Lopes, falou, na Escola de Governo desta terça-feira (18), sobre a história dos negros no ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

O senhor se considera afrodescendente?
O Globo
Para completar, o Museu Casa Carlos Gardel está com uma exposição chamada “A História Negra do Tango”, que resgata a relação que teve esta população com o ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Estudo mostra aumento do abismo entre patrimônio de brancos e ...
AFP
WASHINGTON — O abismo existente entre os patrimônios de brancos e negros nos Estados Unidos aumentou consideravelmente nos últimos vinte anos, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Concurso “Mais Bela e Mais Belo Negro” fará festa para apresentar ...
Jornal Cidade - Rio Claro
Para apresentar ao público as candidatas e candidatos ao concurso “Mais Bela e Mais Belo Negro” de Rio Claro e região haverá, na parte cultural do programa, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Destaque Vermelho



DESTAQUES DA EDIÇÃO DE
HOJE DO PORTAL VERMELHO



Após 65 anos da 2ª Guerra, bomba atômica ainda ameaça o mundo

Moradores divergem de Serra e Kassab sobre o fim do Minhocão




Lula diz que acordo com Irã é vitória da diplomacia

Vox Populi e Sensus Por que Serra agora perde nas pesquisas
No QG da comunicação de Dilma, há hoje um contido entusiasmo, mas não é com a virada nas pesquisas Sensus e Vox Populi, que agora mostram a candidata de Lula na dianteira. É com a gagueira de Serra.



Entrevista
Aldo Rebelo: é o Estado que deve legislar sobre meio ambiente Direitos Humanos
Comissão da Verdade e anistia aos torturadores
Em queda
Crise da dívida na Europa empurra o euro para o precipício Constraste com os tucanos
Governo Lula anuncia novo recorde na geração de empregos



Lula no Irã: construir a paz, não a guerra


Blog do Nivaldo Santana
SP: hora de definições!

Milton Alves
O escândalo do legislativo do Paraná e uma nova cultura política

Eron Bezerra
Desafio amazônico

Samuel Sérgio Salinas
Os assentamentos renovam a vida rural brasileira

Fernando Henrique Borgonovi
Serra vai acabar votando Dilma

Eduardo Bomfim
A economia do terror





Esta é uma mensagem automática, favor não responder

Destaques do Vermelho é um serviço diário gratuito do www.vermelho.org.br


Para cancelar
Alterar seus dados
Encaminhar a um amigo

Caminho das Folhas

Gisela D'Arruda

www.caminhodasfolhas.com









Caminho das Folhas


--------------------------------------------------------------------------------
vai varrendo...


Posted: 17 May 2010 12:17 PM PDT

Deu no Globo que no final do ano, acontecerá no Rio a versão local de um evento chamado Let´s Do It! e que aqui será o Limpa Brasil. Eu quero participar! Lixo é um problema candente hoje em dia, mais ainda por não ter sido por muitos e muitos anos. Infelizmente a "sifilização" chega mais depressa aos lugares do que a cidadania, e toca de atirar pilha usada pra dentro do mato.
Ainda não consegui falar com todas as pessoas da Comlurb que preciso, tendo começado pelos telefones da Ouvidoria, no bairro da Tijuca; dá para perceber pela reação do ouvidor que me atendeu que a empresa se omite um tanto no caso específico das pilhas, escudando-se atrás da lei que manda o fabricante cuidar da pilha usada. A Companhia de Limpeza Urbana não vem fazendo (há uns anos fez) uma campanha que eduque as pessoas para não atirarem pilha na lata do lixo comum, no mar, no canteiro e por aí vai. Sem dúvida o fabricante e vários Ministérios e Secretarias poderiam e deveriam TAMBÉM estar trabalhando nesse ponto, nem por isso a Limpeza Urbana tem razão de, nesse aspecto, estar inativa. Me diz o ouvidor que "falam disso no site", ora, lembrei-lhe, a campanha que não está acontecendo deveria atingir a todos os que podem comprar pilha e bateria, ou seja a população acima dos sete anos aproximadamente, incluindo-se aí analfabetos virtuais e analfabetos de verdade.
Porém soube que existe uma Universidade da Comlurb, que dão palestras continuamente em comunidades carentes e escolas, num trabalho de formiga, que sentem a necessidade de expandir cada vez mais esse trabalho, e tive um primeiro contato com um dos palestrantes.
A responsabilidade é de cada um de nós. Lembro de uma comunidade contemplada pelo Favela Bairro reclamando que os garis subiam pouco e largando sacos plásticos no chão até na Pedra de Xangô (isso foi antes da campanha "Saco é um Saco", pode ser que hoje esteja melhor). O mundo é holistico, e como prova disso vejo o prédio onde moro, e em que lixo é um problema contínuo. Minha vizinha (quem sabe, em reação mui pessoal a esta campanha...) não descartou batatas deixando-as no chão, outro dia!? Tô falando...

Polícia de Vacaria RS Prende Traficantes

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas

Operação conjunta resultou na apreenção de 20 pedras de crack, dois celulares e 5,53 gramas de cocaína.

As duas prisões aconteceram ontem no final da tarde no bairro Barcelos durante operação em conjunto da Polícia Civil e a Brigada Militar. Participaram nove policiais civis e quinze policiais militares. A operação foi comandada pessoalmente pelo delegado de policia Carlos Alberto Defaveri e pelo comandante do 10° batalhão major Vilmar Araldi. Em uma residência foi detida uma mulher com 20 pedras de crack e dois celulares e numa outra casa foi preso um homem com 5,53 gramas de cocaína e nove celulares também foram apreendidos vários outros objetos como uma filmadora e um rádio cd de veiculo, embora a prisão de mais dois traficantes o delegado Defaveri diz que a operação atingiu apenas 50 por cento do seu objetivo. O comandante do decimo Batalhão Vilmar Araldi afirma que as operações em conjunto no combate ao tráfico de drogas vão continuar.



Rádio Fátima AM (Produção), 19/05/2010, 08h30