Rádio WNews

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Tunel do Tempo

Para meus amigos,

 


CARLOS VEREZA - Chocante !!!...


REPASSE POR FAVOR!  ... TALVEZ AINDA HAJA TEMPO..... QUEM SABE???!!!!!!!!!!!!!!!! 
Este Vereza realmente tem coragem !!!!!!!!

Repasse para que todos quantos, possam conhecer mais este fato. 
 

 

Imagem removida pelo remetente. Descrição: cid:009a01cb2cf3$755215e0$561b000a@Estcad22010: Cristais quebrados  *Carlos Vereza

Não é necessário ser profeta para revelar antecipadamente o que será o ano eleitoral de 2010.  

Ou existe alguém com tamanha ingenuidade para acreditar que o “fascismo galopante” que aparelhou o estado brasileiro vá, pacificamente, entregar a um outro presidente que não seja do esquema lulista os cargos, as benesses, os fundos de pensão, o nepotismo, enfim, a mais deslavada corrupção jamais vista no Brasil?

Lula já declarou, que (sic) “2010 vai pegar fogo!”. Entenda-se, por mais esta delicadeza gramatical, golpes abaixo da cintura: dossiês falsos, PCC “em rebelião”, MST convulsionando o país… que a lei de Godwin me perdoe - mas assistiremos em versão tupiniquim, a Kristallnacht, A Noite dos Cristais que marcou em 1938 o trágico início do nazismo na Alemanha.

E os “judeus” serão todos os democratas, os meios de comunicação não cooptados (verificar mais uma tentativa de cercear a liberdade de expressão no país: em texto aprovado pelo diretório nacional do PT, é proposto o controle público dos meios de comunicação e mecanismos de sanção à imprensa). Tudo isso para a perpetuação no poder de um partido que traiu um discurso de ética e moralidade ao longo de mais de 25 anos e, gradativamente, impõe ao país um assustador viés autoritário. Não se surpreendam: Há todo um lobby nacional e internacional visando a manutenção de Lula no poder.

Prêmios, como por exemplo, o Chatham House, em Londres, que contou com “patrocínios” de estatais como Petrobras, BNDS e Banco do Brasil, sem, até agora, uma explicação convincente por parte dos “patrocinadores”; matérias em revistas estrangeiras, enaltecendo o “mantenedor da estabilidade na América Latina”. Ou seja: a montagem virtual de um grande estadista…

Na verdade, Lula é o Übermensch dos especuladores que lucram como “nunca na história deste país”.

Sendo assim, quem, em perfeito juízo, pode supor que este ególatra passará, democraticamente, a faixa presidencial para, por exemplo, José Serra , ou mesmo Aécio Neves,  Marina Silva?

Pelo que já vimos de “inaugurações”
de obras que sequer foram iniciadas, de desrespeito às leis eleitorais, do boicote às CPIs como a da Petrobras, do MST e tantos outros “deslizes”, temos o suficiente para imaginar o que será a “disputa” eleitoral em 2010.

E tem mais
: o PT está comprando, com o nosso dinheiro, políticos, intelectuais, juízes, militares, o povo humilde com bolsa esmola e formando milícias com o MST, PCC, Sindicatos, ONGS, traficantes e outros, que recebem milhões e milhões de reais, para apoiar o PT e as falcatruas do Governo Lula.

Não podemos nem pensar em colocar como Presidente do Brasil uma mulher
TERRORISTA, que passou a vida assaltando bancos, assassinando pessoas inocentes, arrombando casas, roubando e matandoSó uma pessoa internada num manicômio seria capaz de votar numa BANDIDA para ser a presidente de um País.    

Confiram.
Carlos Vereza
Ator e ex-petista

REPASSEM, EXAUSTIVAMENTE!!!!!!!

 





 
 
 
 
 


 




 
 

Bom Dia


Bom Dia!!!

 
 
 
 
Esperem ele fazer o sinal da cruz completo p/ vocês!

Me conta o que vai acontecer na manhã seguinte à que vc ler este email.
Este é um fora do normal. Ele te dá um horário amanhã. Vamos ver se funciona




GUARDIAN  ANGEL

 

Anjo da Guarda
Repasse esta msg no mesmo dia que a receber.

Pode parecer ridículo, mas é uma hora certa.
Acreditamos que algo está para acontecer.
Os anjos existem.
Algo maravilhoso vai acontecer a você e seus amigos!
Amanhã às 11:09 h da manhã alguém vai te escrever e

te dizer algo que você está esperando ouvir.
Por favor, não quebre isto. Envie a pelo menos 7 amigos.


 

 


   





 

 





--
Juliano Costa

Silvio Santos Topa Tudo por Dinheiro

Silvio Santos topa tudo para pagar dívida - até vender o SBT

Sex, 12 Nov, 11h05
Por Redação Yahoo! Brasil

Silvio Santos topa tudo para conseguir o dinheiro necessário para quitar a dívida que acaba de fazer com o Fundo Garantidor de Crédito (FGC), na tentativa de salvar o Banco PanAmericano. O Homem do Baú topa até vender o SBT, como deixou claro em entrevista à Folha de S. Paulo, publicada nesta sexta-feira.
"Se pagar os R$ 2,5 bilhões que estou devendo, vendo, é claro que vendo. Não precisa nem pagar para mim, paga para o Fundo Garantidor de Crédito. Eu não posso vender nada sem passar pelo Fundo Garantidor de Crédito", disse o apresentador, que garantiu não estar abalado com o caso. "Eu estou sempre bem. Você já me viu mal?"
O trecho da entrevista em que a jornalista Mônica Bergamo pergunta a Silvio Santos sobre a possibilidade de o bilionário Eike Batista fazer uma oferta pelo SBT é hilário. A jornalista indaga o apresentador se Eike quer comprar o SBT e Silvio responde com uma pergunta que é um de seus maiores bordões na TV: "No duro?"
A jornalista diz que sim, e Silvio brinca: "Ah, me arranja! Arranja para mim que eu te dou uma comissão."
Na sequência, Silvio Santos diz não conhecer Eike Batista, apontado pela revista Forbes como o oitavo homem mais rico do mundo. "Quem é? Elque? Ele é americano? Eike? Não, não conheço. Mas, se ele pagar os R$ 2,5 bilhões que estou devendo, vendo, é claro que vendo."
Na entrevista, Silvio Santos disse que não conhece Henrique Meirelles, presidente do Banco Central. Afirmou também desconhecer Rafael Palladino, que era "apenas" o superintendente do PanAmericano. "Nunca fui ao banco. Nem sei onde é o prédio", disse Silvio Santos. "Quando tenho dinheiro, abro uma empresa no Brasil. Aplico no mercado brasileiro. Mas não sou obrigado a ficar sabendo onde é a empresa. Eu tinha uma fazenda que era a segunda maior do Brasil, a Tamakavi, e nunca fui lá. Nem vi no mapa."
Silvio Santos disse também que na reunião que teve com o presidente Lula, em setembro, não tratou do rombo do PanAmericano - apesar de que, na época, a irregularidade contábil já havia sido descoberta e alertada pelo Banco Central. "Estive com ele (Lula) falando sobre o Teleton (programa que arrecada recursos para a AACD). Ele está me devendo R$ 13 mil [risos]. Tive que dar por minha conta porque ele prometeu e não deu os R$ 13 mil (que disse que doaria). Eu falei para ele: 'Se você der R$ 13 mil, a Dilma pode ganhar a eleição'. Porque é o número dela, não é? Não é 13 o número da Dilma?"
Questionado se votou em Dilma, Silvio Santos disse que não votou em ninguém, porque já está com 80 anos (completa em dezembro) e não precisa mais sair de casa para votar.

Consulta Popular

Consulta Popular online estará disponível a partir do dia 22 de novembro
11/11/2010 19:27
O Governo do Estado lançou, nesta quinta-feira (11), no Espaço do Fórum Democrático na Assembleia Legislativa, um novo canal de acompanhamento da Consulta Popular. Por meio da internet, todo cidadão poderá consultar e acompanhar os investimentos e empenhos realizados com a Consulta Popular, demanda a demanda, a partir do ano de 2004.

A Secretaria de Relações Institucionais (SRI) foi a responsável pela operacionalização da proposta, desenvolvida em parceria com a Companhia de Processamentos de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs) e a Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (Cage). O acompanhamento em tempo real era uma antiga solicitação dos Conselhos Regionais e Municipais de Desenvolvimento (Coredes e Comudes), das prefeituras gaúchas e de toda sociedade civil organizada.

De acordo com o coordenador operacional da Consulta Popular, André Petry, o programa permite o acompanhamento da execução financeira, com empenho realizado, ou seja, quando o gasto é autorizado, utilizando os recursos do Tesouro do Estado. "As demandas que ainda não possuírem empenho, o seu acompanhamento será informado na forma tradicional, através da área operacional da Consulta Popular na SRI, bem como através dos interlocutores da Consulta Popular nos respectivos órgãos do Estado".

O secretário de Relações Institucionais Pedro Feiten afirma que o objetivo da criação desse novo canal é possibilitar à comunidade que elege as demandas, o acompanhamento e a execução delas. "Queremos, com isso, garantir ainda mais transparência ao processo e fazer com que a Consulta Popular se torne cada vez mais participativa".

O evento contou com as presenças do chefe da Casa Civil, Bercílio Silva, do secretário Relações Institucionais Pedro Feiten, e dos ex-secretários que passaram pela SRI, além de representantes e coordenadores dos Coredes, interlocutores e Comissão Geral da Consulta Popular. A consulta estará disponível aos cidadãos, a partir do dia 22 de novembro, por meio dos sites www.sri.rs.gov.br ou www.consultapopular.rs.gov.br .

Pauta Mínima

Carta O Berro..........................................................repassem
 
 
 
Correio da Cidadania
 
 
 
Pauta mínima desafiante
   
Escrito por Wladimir Pomar   

As eleições de 2010 não tiveram o debate político como seu forte. No entanto, as discussões políticas sobre o futuro se avolumam e apresentam uma pauta desafiante a ser enfrentada pelo governo Dilma, pelo PT e, em geral, pela esquerda.
O governo Dilma terá que ser diferente do governo Lula. Ser uma simples continuidade do governo que sucede significaria prostrar-se diante dos limites que adversários e alguns aliados pretendem impor a governos democráticos e populares. O que seria um desastre para o desenvolvimento dessas experiências inusitadas da história brasileira.
O governo Dilma só pode ter sucesso se for muito além dos avanços do governo Lula. Pode e deve tomá-los como suporte, mas terá de considerar diferentes tanto os problemas herdados quanto os emergentes. Queira ou não, sua pauta terá que partir dessa constatação, porque a realidade é sempre mais forte do que os desejos.
Entre tais problemas, ganhou destaque, legitimidade e prioridade ainda maiores a questão social. O populismo praticado por Serra foi o reconhecimento do peso político que essa questão tem hoje no país. A derrota do candidato da direita foi, em grande parte, resultado da consciência do eleitorado quanto à falsidade de seu populismo, ao comparar os governos FHC e Lula.
Assim, mais do que o governo Lula, o governo Dilma terá que operar medidas que avancem na solução das questões sociais. Não pode limitar-se à educação e à saúde. Precisará avançar na solução do saneamento, transportes públicos e moradias, aproveitando os eventos internacionais a serem realizados no Brasil. Precisará alcançar o pleno emprego, seja através do desenvolvimento industrial, seja através das demandas de aumento substancial da produção agrícola, para assentar os milhares de trabalhadores que não têm terra para trabalhar.
O mesmo é verdade para o combate à corrupção. Se esta já era uma questão constrangedora da sociedade brasileira, ela se tornou ainda mais virulenta com o processo de globalização e um perigo constante para um governo que pretende avançar na ampliação democrática e no benefício das grandes camadas populares. Será necessário avançar ainda mais na legislação que pune corruptos e corruptores e não vacilar em afastar aqueles que, mesmo estando no governo, no PT ou na esquerda, cometem atos dessa natureza.
O governo Dilma também se verá compelido a combinar, de forma ainda mais consciente, os processos aparentemente antagônicos de desenvolvimento econômico e social e de proteção ambiental, através da solução das questões fundiária, do zoneamento agrícola e do zoneamento florestal. O que demandará uma revisão mais profunda do Código Florestal, em tramitação no Congresso.
A questão nacional e as relações internacionais multipolares continuarão sendo um tema estratégico de primeira grandeza para o governo Dilma. Diante de um quadro cada vez mais complexo, em virtude da crise mundial do capitalismo, precisará reafirmar a soberania e a independência, ao mesmo tempo em que deverá se esforçar para manter relações pacíficas com todas as nações, independentemente de seu regime político, tendo os interesses nacionais do Brasil em primeiro lugar.
A ampliação da democracia, abrindo cada vez mais espaços para as grandes camadas sociais da população brasileira, e tendo em conta sua opção de solucionar seus problemas através do voto, continuará sendo crucial para o sucesso do novo governo. O que demanda enfrentar a realização da reforma política, sem deixar de levar em conta que os projetos alternativos de sociedade e a disputa entre classes continuam presentes na sociedade brasileira.
Cada setor social tem seu próprio projeto classista, independentemente da forma como o apresenta. Portanto, detectar como a disputa entre os diferentes projetos se expressa será fundamental para a estratégia de desenvolver as forças produtivas, gerar riqueza e recompor a força social da classe dos trabalhadores assalariados.
O governo Dilma, da mesma forma que o governo Lula, terá que administrar as contradições do processo em que coexistem diferentes formas de propriedade, e em que a redistribuição de renda passou a ser um componente essencial, tanto de unidade, quanto das disputas entre classes. E é nesse contexto que terá que ser enfrentada a reforma tributária.
Além disso, essas questões estratégicas deverão ser influenciadas por problemas emergenciais de diferentes tipos, a exemplo do câmbio e da reforma da previdência. O problema cambial é imediato e carrega grande perigo para o crescimento econômico e o desenvolvimento social. Os Estados Unidos ingressaram numa política de desvalorização cambial comandada pelo Estado, no rumo contrário do câmbio flutuante que exigem para os demais países, enquanto o governo brasileiro continua engajado nesse tipo de câmbio. Em algum momento, para evitar a necessidade de uma maxidesvalorização, o governo brasileiro terá que adotar mudanças que garantam a competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional.
O problema cambial, assim como os demais problemas emergentes, se refletirá no comportamento dos partidos, inclusive dos aliados do governo. Nesse sentido, o governo Dilma terá sempre de trabalhar para obter maioria em seus projetos no Congresso, em especial aqueles que podem beneficiar as camadas populares e a nação, em detrimento de alguns interesses econômicos e sociais da burguesia.
Terá que praticar constantemente o método de unidade e de luta no seio da coalizão governamental, tendo sempre as questões sociais e nacionais como parâmetros principais. Supor que contará eternamente com os votos de todos os parlamentares da chamada base aliada não passa de um sonho.
A pauta mínima, tanto para o governo Dilma quanto para o PT e a esquerda em geral, exige que as lições das eleições de 2010 sejam tomadas na devida conta, partindo da constatação de que a direita no Brasil, mesmo travestida de social-democrata, se tornou ainda mais conservadora e reacionária.
A ação dessa direita sobre cada um dos itens dessa pauta será no sentido de abrir brechas na coalizão governamental, paralisar o governo diante de reais ou fictícios deslizes, desacreditá-lo frente às grandes massas da população e, mesmo, impor saídas extra-constitucionais para liquidar uma experiência que, apesar de lenta, aponta na direção de as camadas populares se transformarem em reais participantes na história. O que se torna cada vez mais inconcebível para uma burguesia que reinava sozinha.
Wladimir Pomar é escritor e analista político.

-----Anexo incorporado-----

Bob Marley no Brasil

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Bob Marley No Brasil

Post Teaser para o otimo post feito pelo blog: http://gaiufa.wordpress.com. link para este post do Bob no Brasil e: http://gaiufa.wordpress.com/2009/12/07/bob-marley-no-brasil/
Vale conferir, o cara fez um belo trabalho de pesquisa, e essas paradas meio impenssadas que rolaram por aqui na decada 80 sao muito crassicas.

Bob na famosa pelada...


Acima: Junior Marvin, Toquinho,? Abaixo: Jacob Miller, Chico Buarque, Paulo César Caju e Bob Marley

Desaparecida







Jaqueline Schmidt
   51-84094855
   51-34424044
      Pet Shop
Cantinho Animal





Divulguem a foto, por favor! 'EU VOS SUPLICO'  




SE FOSSE ALGUÉM DA SUA FAMÍLIA,VC DEIXARIA DE ENVIAR???
 




--
ADEMIR CLEBSON DE ALMEIDA
9983-9103/9993-9103/3627-5555
ademir.saobenedito@ibest.com.br
CONSTRUTORA SÃO BENEDITO LTDA
MTM CONSTRUÇÕES LTDA
SM EMPREENDIMENTOS LTDA

A soberba do Microfone

Nós que somos do mundo da comunicação e mantemos contatos diretos com profissionais de rádios e jornais do pais inteiro. Observamos algumas coisas de alguns comunicadores de rádio da "Grande Vacaria" a soberba parece que a fama e sucesso a vezes reduzido  e limitado as fronteiras vacarianas fazem pessoas que eram legais e bem simpáticas se tornarem pessoas nojentas e arrogantes se achando que estão acima do céu e da terra. Alguns comunicadores de rádio se acham que estão na Rádio Globo do RJ, mas estão numas pequenas emissoras de rádio de uma pequena cidade do interior do RS, as vezes apesar da Internet tem poucos ouvintes fora das fronteiras vacarianas. Mas o sucesso faz mal para alguns vacarianos.