Destaque

Destaque

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Baroni & Cia


Vídeo


Mad In Brazil


Marcha da Greve Geral em Porto Alegre RS

Marcha da Greve Geral em Porto Alegre RS

Marcha da Greve Geral em Porto Alegre

Marcha da Greve Geral em Porto Alegre RS

Grenal (3) 0 x 0 (2)

Vídeo


Grenal (3) 0 x 0 (2)

Grenal (3) 0 x 0 (2)

Página do Jornal Negritude no Facebook


O teu resumo de estatísticas da Página para Jornal Negritude
21 de maio - 17 de junho
10K
12K
53
Alcance da publicação
Interações com a publicação
Gostos de Página novos
-71%
-48%
-77%
As tendências comparam os períodos de 28 dias atuais e anteriores.

Ver Mais Estatísticas
A tua principal publicação

Jornal Negritude
14 de junho às 13:31
Ex prefeito Elói entra em confronto com dirigentes do PMDB DE VACARIA NUM BLOQUEIO NA BR 285 EM VACARIA JUNTO COM INTEGRANTES DO MST
2111 comentários 53 partilhas
Ver Todas as Publicações
Publica um vídeo em direto para conquistar a atenção das pessoas
As pessoas tendem a interagir mais quando as Páginas como a tua publicam um vídeo em direto.

Criar vídeo em direto





Lava-Jato

ORIENTAÇÃO POLÍTICA DA CAMPANHA LULA LIVRE PÓS-ESCÂNDALO DA LAVA-JATO

A Comissão Executiva do Comitê Nacional Lula Livre se reuniu nesta segunda-feira (17/6) e avaliou nova situação da campanha pela liberdade de Lula no quadro das manifestações de massa em defesa da Educação, da Greve Geral do 14 de junho e da divulgação das conversas entre o ex-juiz Sérgio Moro e procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato, que desrespeitam a lei, comprovam a perseguição judicial contra Lula e colocam em debate a anulação da sentença.

O desgaste do ex-juiz e ministro Sérgio Moro e as turbulências do governo Bolsonaro estão, no entanto, longe de indicar uma vitória das forças populares nas disputas que temos no curto prazo. Mesmo com o crescimento na sociedade da compreensão de que a prisão do Lula é uma injustiça, um dos pontos de unidade da coalizão que deu o golpe e elegeu Bolsonaro - notadamente no Judiciário e nas Forças Armadas - é manter a mais expressiva liderança das forças populares encarcerada.

O acúmulo de forças que alcançamos na campanha Lula Livre mostra que estamos no caminho certo definido pela Plenária Nacional de março: avançar em nossa organização nacional, estadual e municipal, amplificar o trabalho de base e intensificar a disputa da sociedade.

A resistência aos retrocessos promovidos pelo governo Bolsonaro - com a política econômica de arrocho fiscal que aumenta o desemprego e a pobreza, os cortes de políticas públicas e de investimentos, a perseguição à educação nacional, à ciência e conhecimento, a destruição da aposentadoria com a Reforma da Previdência e desmonte da soberania nacional - tem expressado nas suas manifestações a bandeira do Lula Livre.

Portanto, neste momento, precisamos aprofundar esse caminho estratégico em algumas direções bem definidas neste final de semestre:

1. Concentrar esforços na desconstrução da perseguição judicial a Lula com foco nas denúncias contra seu líder mais popular, o ministro Sérgio Moro, amplificando junto à população e às organizações da sociedade civil as provas de partidarização e ilegalidades da Lava Jato apresentadas nos diálogos de Moro com outros operadores do direito divulgados pelo The Intercept Brasil.

2. Aumentar a cobrança de providências do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal para apurar as ilegalidades cometidas na Operação Lava Jato, em particular as iniciativas que possam levar à anulação das condenações sem provas de Lula e de sua liberdade imediata.

3. Apoiar os movimentos de massa na oposição aos projetos de reforma da Previdência, privatizações e corte de investimentos das políticas públicas do governo e dos retrocessos nos direitos humanos e democráticos, que incidem sobre a correlação de forças e criar melhores condições para o Lula Livre.

4. Manter e ampliar nossa comunicação com o povo brasileiro, por meio das iniciativas dos comitês populares e digitais, bem como ampliar para outros segmentos sociais e entidades democráticas a campanha Lula Livre.

Assim, reforçamos o calendários de atividades a partir das seguintes orientações:

1. Produzimos um tablóide nacional explicando as notícias do The Intercept Brasil sobre as ilegalidades da Lava Jato contra Lula para imediata impressão nos Estados e Municípios onde estamos organizados.

2. Esse material será a base para o trabalho no Dia Nacional de Agitação por Lula Livre - 24 de Junho - e a atividade mensal do Mutirão Lula Livre - 29 e 30 de junho.

3. O Dia Nacional de Agitação foi convocado para o dia 24, véspera de Sessão Deliberativa da Segunda Turma do STF que poderá decidir sobre Habeas Corpus requerido pela defesa de Lula. Esse é uma oportunidade de fazer agitação popular e amplificar as denúncias de suspeição de Moro, que amparam essa petição. O alinhamento das altas esferas do Judiciário com as sentenças da Lava Jato não permite que falsas expectativas gerem frustrações para momentos seguintes de nossa luta, mas alimentam a nossa indignação e disposição para denunciar a prisão injusta do Lula.

4. O Mutirão Lula Livre de 29 e 30 de junho terá o mesmo tablóide como base para o diálogo com a população, de olho no olho com pessoas comuns, por meio de atividades descentralizadas e auto-gestionadas pelos comitês populares e digitais e das organizações que fazem parte da campanha. O Cordel Lula Livre também terá seu espaço nas atividades do Mutirão, em particular nas regiões de maior inserção nas festas juninas deste fim de semana.

5. Será lançado na próxima semana uma campanha de abaixo-assinado pela anulação do processo do Lula da campanha, que será mais um instrumento para o trabalho popular dos comitês, movimentos, sindicatos, partidos e organizações no diálogo com a população. Nos próximos dias, enviaremos uma orientação específica sobre o abaixo-assinado.

Baixe o jornal e as capas para redes sociais do Dia Nacional de Agitação por Lula Livre através do link:


Para receber informes pelo whatsapp da campanha, envie Lula Livre para 11 96333 9419


Não à Reforma da Previdência!

Não aos ataques à educação brasileira!

Lula Livre, venceremos!

Vamos à luta!

Grenal (3) 0 x 0 (2)

Anda

ANDA Agência do Notícias de Direitos Animais
Papa envia uma mensagem urgente ao mundo. Uma escolinha muito especial onde só cãezinhos podem entrar. Gatinhos experimentam uma relação à distância. Jornalista Eduardo Oinegue demonstra sua falta de consciência em rede nacional. Confira estas e muitas outras na maior portal de notícias sobre direitos animais no mundo ! 
papa-mundaças-climáticas
Ajuda
Vakinha
Facebook
Twitter
Instagram
Website
Email
Youtube
E-goi
ANDA

23ª CRE

A coordenadora regional de Educação, professora Eloísa Bueno Nery, informa que a partir do dia 05 de julho, a 23ª CRE terá expediente interno às sextas-feiras, das 8 horas às 12 horas.  À tarde, o atendimento ao público ocorrerá normalmente, das 13h30min às 18 horas.  Este horário também se estende à Secretaria de Estado da Educação e a todas as Coordenadorias Regionais de Educação.
 
Informamos ainda que a 23ª CRE também possui esse número de telefone  
(54) 3231-7250, além do 3232-1245. Se possível, divulgar.
 
Atenciosamente,
 
Anelise Donazzolo
Assessoria de Comunicação Social
23ª Coordenadoria Regional de Educação
TEL./FAX (54) 3232-1245 - (54) 3232-1911
(54) 3232-1655 - (54) 3231-1105
Rua: Júlio de Castilhos, nº 653
Vacaria/RS CEP: 95201-100

Grenal (3) 0 x 0 (2)

D' Alessandro no Inter


Paulo Furtado


Grenal (3) 0 x 0 (2)

Inter


Grenal (3) 0 x 0 (2)