Rádio WNews

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Glória 1 x 2 Riograndense SM parte 70

Jean Wyllys




Desta vez quem toma o espaço para um feliz desabafo não é o Jean. Desta vez quem vos fala é a equipe de comunicação da campanha, aquela que vocês já se acostumaram a chamar de #Equipe5005. Chegamos aqui há algumas semanas, dividindo o espaço com a galera da ASCOM, a assessoria de comunicação do mandato. E não foi uma tarefa simples, afinal esta é uma página que, em comparação com outras, possui um dos maiores contingentes de usuários que interagem com o que é postado.  

Nos organizamos, produzimos material, corremos para distribuí-lo virtualmente e também fisicamente, nas ruas. Tudo isto por um ideal. Dinheiro não tem (mas ainda temos contas da campanha a pagar, se puder dar uma ajudinha, nós também agradeceremos!), mas gente corajosa e disposta, temos de montes! E tivemos também a ajuda de vocês, que viram aqui o chamamento para alguma ação de panfletagem e foram dar aquela força, que organizaram comícios domésticos para vizinh@s, amig@s e parentes, que compartilharam nossos materiais em suas redes, trocaram a capa do perfil... enfim, que ajudaram de tantas formas que fica até difícil enumerar!

Quem participou, da maneira que pôde, o fez por acreditar na força desta luta e por acreditar em quem está nesta luta. Fizemos porque Jean é um de nós mesmo, assim como diz o slogan da campanha. Este slogan é, na realidade, a materialização daquilo que nós mesmos sentimos. E talvez por isto tenha o poder de tocar o coração de tanta gente.

Domingo é o grande dia. Temos a confiança de que este trabalho todo não será em vão. Não se trata de um "já ganhou", porque sabemos que as campanhas difamatórias, tão podres, convencem muitos de que é melhor aceitar o voto de indicação. Sabemos que nada está garantido. Sabemos que o desempenho nas redes sociais não quer dizer muita coisa, já que pessoas de todo o país curtem esta fanpage e não poderão votar no Jean por não votar no estado do Rio de Janeiro. Mas, ainda assim, confiamos que o apelo de tantas pessoas por uma nova política, justa, laica e livre, está sendo ouvido por outras tantas.

Ainda vamos continuar aqui por mais dois dias. No domingo devolveremos todo o espaço para nossos amigos da ASCOM, e queremos fazê-lo com o coração transbordando da alegria do dever cumprido. 
Portanto, contamos com vocês para, nestes três dias que nos restam, convencer seus namorados ou namoradas, família, amig@s, colegas de trabalho, de estudo, e vizinhos de que não podemos perder a oportunidade histórica de transformar a votação do Jean numa grande manifestação de orgulho, visibilidade e luta em favor da liberdade, da igualdade, da democracia, da ética na política, da luta contra o preconceito e o fundamentalismo.

Não percamos a oportunidade. Nesses três dias, cada minuto deve ser aproveitado. Cada uma e cada um de nós pode fazer muito: colar adesivo na camisa e sair na rua com orgulho, entregar panfletos aos nossos conhecidos, postar no Facebook, no Twitter, chamar a todos os nossos contatos, enviar os vídeos da campanha do Jean pelo Whatsapp, pelo Telegram, explicar no nosso perfil por que votamos nele. Sabemos que contamos com o Jean para nos defender, mostremos ao Brasil que ele também conta com a gente, que somos muitas e muitos e que não vamos mais nos calar. Vamos encher as urnas eletrônicas de votos para o Jean Wyllys, deputado federal pelo Rio de Janeiro, 5005!

Revista Veja

2 de outubro de 2014
------------------------------------------------

Caro leitor, aqui estão os destaques de VEJA desta semana.

VEJA.com - veja@abril.com.br

***********************************************

Edição da semana (nº2394 - 8 de outubro de 2014)

[A cartada final]
Marina Silva e Aécio Neves travaram no debate da Globo o último duelo para decidir quem enfrenta Dilma Rousseff no segundo turno

Índice da edição 
http://veja.abril.com.br/revistas/

[Entrevista]
-----------------
Eduardo Jorge, presidenciável do PV, diz por que deixou o PT em 2003, não gosta de marqueteiros e prefere respostas francas

[Mundo]
-----------------
O garoto de 17 anos que lidera os protestos por eleições diretas de Hong Kong é destemido, mas Pequim não pretende ceder

[Brasil]
-----------------
O cofre de Pandora
O doleiro Alberto Youssef quer entregar os documentos e as provas definitivas contra os corruptos e corruptores que atuavam na Petrobras. Ele afirma que o material, longe do alcance das autoridades, "vai chocar o país"

[TV]
-----------------
O esquizofrênico da novela das 9 e o psicopata de 'Dupla Identidade' levam os problemas mentais ao horário nobre. Mas quase sempre a coisa não tem pé - nem cabeça

[Livros]
-----------------
O livro 'Champagne Supernovas', lançado nos Estados Unidos, fornece mexericos aos fashionistas e explica aos leigos como um trio de rebeldes democratizou o estilo

[Negócios]
-----------------
Importar para crescer
O aumento no consumo brasileiro incentivou a compra de produtos estrangeiros, como roupas e bebidas - e a principal porta de entrada deles no país são os portos de Santa Catarina

[Lya Luft]
-----------------
O Brasil que podemos ter

[J.R.Guzzo]
-----------------
Sem voz e sem vez

[Exclusivo]
-----------------
Ela via beleza nas máquinas
VEJA publica um capítulo do novo livro do jornalista americano Walter Isaacson "Os Inovadores - uma Biografia da Revolução Digital"

***********************************************

[Destaques on-line]
-------------------

[VEJA.com nas eleições]
-------------------------------
Mais de 142 milhões de brasileiros estão aptos a escolher neste domingo presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. O site de VEJA acompanha a votação Brasil afora, o dia dos candidatos, a apuração em tempo real e a divulgação dos resultados. À frente da TVEJA, Joice Hasselmann apresenta e analisa as principais notícias em parceria com colunistas da revista e do site e repórteres espalhados pelas principais praças eleitorais. VEJA.com lança também uma página que mostra como a disputa repercute em Facebook, Twitter, Google+ e Instagram.


[O ignorante racional]
-------------------------------
Juros, inflação, dívida pública, balança comercial: os principais indicadores pioraram em 2014, mas muitos eleitores parecem alheios à deterioração do cenário econômico. A explicação, segundo o cientista político Marcus André Melo, é que as eleições são definidas, em grande parte, pelo chamado "ignorante racional". "É um eleitor para quem a palavra macroeconomia não faz o menor sentido", explica. "Ele faz um cálculo racional de sua situação salarial e profissional. E, dentro de suas limitações, seu voto é coerente. Só a educação pode mudar seu comportamento."


[A ciência da inteligência física]
-------------------------------
Um ramo inovador da psicologia tem mostrado que o ambiente age de forma poderosa na mente humana. De acordo com a teoria da inteligência física, temperaturas, texturas, cores, luzes, sons e cheiros são decisivos em nossas atitudes e até avaliações morais. Por exemplo: sentar numa cadeira macia nos torna mais flexíveis em negociações. A psicóloga israelense Thalma Lobel, autora do livro Sensation (inédito no Brasil), explica ao site de VEJA de que maneira o conhecimento sobre fatores que acreditamos serem irrelevantes pode melhorar nossas interações com os outros.


[A volta do novelão]
-------------------------------
Império está recuperando a audiência da faixa das nove, devastada pela letargia de Em Família. E faria ainda melhor, não fosse o horário eleitoral obrigatório, que dispersa o público antes de a novela começar. Reportagem no site de VEJA mostra por que a novela vem se consolidando como a melhor do horário desde que o fenômeno Avenida Brasil saiu do ar, há dois anos.


[]
-------------------------------



***********************************************

Colunistas

[Blog]
-------------
Reinaldo Azevedo
Correios
Os petistas usaram os Correios para fazer campanha. Se a Justiça quiser agir, já há duas confissões
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

[Radar on-line]
-------------
Lauro Jardim
Cara, crachá
Para barrar intrusos, a Presidência vai gastar até 74 mil para comprar etiquetas de identificação
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line

[Coluna]
-------------
Augusto Nunes
Direto ao ponto
http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes

[De Nova York]
-------------
Caio Blinder
Hong Kong
http://veja.abril.com.br/blog/nova-york

[Nova Temporada]
-------------
Fernanda Furquim
Black Mirror
http://veja.abril.com.br/blog/temporadas/

[Espelho meu]
-------------
Lucia Mandel
Beleza
http://veja.abril.com.br/blog/estetica-saude/

[Quanto Drama!]
-------------
Patrícia Villalba
Império
http://veja.abril.com.br/blog/quanto-drama/

***********************************************

[Blogs da redação]
-------------------

[Infográficos]
-------------
Impávido colosso
5,2% dos brasileiros se declaram analfabetos
http://veja.abril.com.br/blog/impavido-colosso/

***********************************************
http://www.veja.com.br

Jean Wyllys

header

O estado do Rio vota 5005!

Quem é do Rio vota 5005, porque votar 5005 é votar a favor da cidadania a TOD@S, sem distinção, sem preconceitos e sem marginalização. Vota a favor da redução das desigualdades, a favor da laicidade do Estado como garantia de liberdade de crença e não-crença, a favor das liberdades individuais, da cultura, da educação e da moralidade na política. Quem é do Rio e vota 5005, vota em um mandato atento às lutas das minorias.
Se você vota no Rio, vote 5005. Se você não vota, peça a um amigo fluminense que você por você. E, em seu estado, vote 50. Ajude-nos a reforçar a bancada daqueles comprometidos com as mesmas lutas. Vote por uma nova forma de fazer política!


Eles também são #UmDeNós!

Chico Buarque, Caetano Veloso, Zélia Duncan, Gregório Duvivier, Paulinho Moska, Otto, Wagner Moura, Luiza Possi, entre muit@s outr@s artistas, declaram abertamente seu apoio a Jean Wyllys porque acreditam na força deste mandato e no que ele ainda vai realizar. E você? Se identifica conosco? Diga também a todos quem lhe representa!


O Estado que eu quero para todos e todas!

Meu Estado não pode agir segundo um dogma de uma religião. Nem da minha, nem da de ninguém. Este é o meu Estado, o Estado que eu quero para todos e todas.
Obrigado, Fora do Eixo, por mais esse lindo vídeo!


Faltam poucos dias!

Se existe uma frase que ameaça a minha reeleição é a “você já está eleito”, que muita gente me diz, confiante. Eu agradeço, porque sei que falam isso de coração. Mas não é tão fácil assim. Ninguém ganha uma eleição até a apuração das urnas. E essa certeza que muitos têm de que "o Jean já está eleito" pode, na realidade, me prejudicar, porque muit@s podem achar que não preciso dos seus votos e escolher uma segunda opção. Somadas a isto, as campanhas de difamações e calúnias (orquestradas por fundamentalistas que vocês já conhecem e que têm muito dinheiro) também não ajudam. Segundo estas, já dei entrevistas absurdas em que defendo a pedofilia (notícia já desmentida pela CBN); disse que a Bíblia é "uma palhaçada" e que os cristãos são "doentes”; e tenho um projeto de lei que obrigará as crianças a mudar de sexo! Imaginem!
A minha campanha tem milhares de apoiador@s conscientes e engajados com as lutas que travamos no Congresso, mas eu tenho pouco dinheiro. O que significa que eu tenho pouco tempo de TV e pouca propaganda na rua para espalhar esta mensagem: SOU CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL PELO PSOL/RIO DE JANEIRO, E MEU NÚMERO É 5005.
Então, amigos e amigas, eu preciso muito da ajuda de vocês! Você ja falou com a sua família e amig@s? Declarou seu voto no Facebook? Compartilhou minhas propostas? Saiu na rua com o adesivo da campanha? Pegou panfletos no comitê (Travessa da Mosqueira 21, Lapa) para distribuir no seu bairro? Explicou aos seus contatos que aqueles boatos e calúnias contra mim são falsos? Se você não mora no Rio de Janeiro, já pediu para seus amigos cariocas e fluminenses para votarem 5005 para deputado federal?
Ainda temos seis dias para derrotar os fundamentalistas e passar um recado para todo o Brasil! A esperança não poderá ser silenciosa!


Marina, posso te dar um help?

Para a imprensa brasileira, Marina Silva diz, em português, que é contra o casamento (civil) igualitário. Mas, no Twitter, escrevendo em inglês, a candidata tenta convencer um ator de Hollywood, Mark Ruffalo, de que ela é a favor [vejam a reprodução do seu tweet na imagem]. Isso porque Ruffalo, ao saber que Marina é contra o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, retirou o apoio que dera espontaneamente à candidata, uma vez que ele milita a favor dos direitos civis de LGBT nos Estados Unidos. Diante disso, resolvi ajudar mais uma vez a candidata Marina com essa questão.


Sim, é possível

Sim, nós podemos. Vejam vocês mesmos um pequeno resumo de tudo o que fizemos até agora, mesmo sem financiamento de grandes empresas, sem caixa dois... apenas com o comprometimento de gente que se identifica com a nossa luta! Assista aqui.


Fala aí, Jean!

Todo dia, sempre às 11 horas, postamos um novo vídeo onde Jean comenta algum assunto referente à política nacional. Se você perdeu algum, seguem os links!


Direitos Humanos





Outras Palavras

Imagem inline 1
Boletim de Atualização - Nº 448 - 3/10/2014


O retorno de George OrwellComo despolitização, mídia submissa ao Estado e cinismo dos intelectuais estão produzindo, nas antigas democracias ocidentais, um ambiente "1984 high-tech". Por John Pilger (Outras Palavras)

Europa: em busca da “Razão Populista”
Continente precisa desesperadamente de ruptura democrática, capaz de restabelecer direitos sociais e desfazer mito oligárquico que associa "povo" às baixas paixões. Por Nuno Ramos de Almeida (Outras Palavras)

Uma proposta radical para o “Minhocão”
João Whitaker sugere eliminar elevado sem permitir aburguesamento do entorno. Para isso, solução pode ser transporte coletivo. Entrevista abre parceria entre "Outras Palavras" e site Candeia. Um vídeo dColetivo Candeia (Blog)

Camelôs, preconceito e resistência
Morte de três ambulantes revela legião de trabalhadores que servem quotidianamente a sociedade, mas são descartados quando "ameaçam" interesses imobiliários ou políticos. Por Luciana Itikawa (Outras Mídias)

Por uma esquerda sem Vaticano Vermelho
E se buscássemos incorporar, às lutas sociais, todos os que o capitalismo descarta? E se isso significasse renunciar à busca da verdade única? Por Moysés Pinto Neto, em O Ingovernável (Outras Mídias)

Chantagem farmacêutica: o incrível caso da hepatite-C
Tratamento que cura doença em doze semanas custa R$ 300 por paciente; transnacional quer vendê-lo por R$ 16 mil. Protestos espalham-se pelo mundo. Como agirá governo brasileiro? No blog De Olho nas Patentes (Outras Mídias)

Haverá “desenvolvimento” sem Reforma Política?
Brasil está maduro para um novo ciclo de reformas, capaz de enfraquecer oligarquia e ampliar participação popular. Mas quemenfrentará as resistências? Por Ricardo L. C. Amorim (Blog)

Entre sensacionalismo e ética: produzindo imagens de guerra
Fotojornalista premiado, o brasileiro André Liohn sustenta: vale a pena colocar-se em risco -- desde para mobilizar os atores certos, não para agradar os editores. Por Camila Alvarenga (Blog)

O microscópio e a câmera
Novo romance de Lima Lins tem, como protagonista, personagem às voltas com medos, onipresença da mídia e vida banal. Resta-lhe buscar, numa irmã desconhecida, alguma humanidade. Por Haron Gamal (Outras Palavras)

Contexto: Mafalda e a poderosa crítica de valores
Argentina e universal, personagem de Quino segue jovem aos 50, completados esta semana. Sua ironia permanece viva, numa sociedade cada vez mais desigual. Por Carlos Eduardo Rebuá Oliveira (Publicado em 26/04/2013(Outras Palavras)

-- Boletim de atualização do site Outras PalavrasA reprodução é bem-vinda. Interessados em recebê-lo devem clicar aqui. Para deixar de receber, aqui. Acompanha nossas novidades também no Facebook e Twitter

_______________________________________________
Boletimdiplo mailing list
Boletimdiplo@listas.tiwa.net.br
http://listas.tiwa.net.br/listinfo/boletimdiplo
Descadastrar: envie email a Boletimdiplo-unsubscribe@listas.tiwa.net.br

Santini Federalização da RSC-470

Ministro dos Transportes afirma a Santini que federalização da RSC-470 está sendo concluída

A federalização da RSC-470 está cada vez mais próxima da realidade para o Rio Grande do Sul. Esta demanda é considerada como prioridade de mandato para o deputado Ronaldo Santini (PTB) que, nesta terça-feira (14), recebeu uma atualização por parte do ministro dos Transportes, Paulo Passos, sobre a etapa final de conclusão do processo junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Brasília.
Esta informação integrou um pacote de obras e investimentos que o governo federal projeta para o Estado, anunciados por Passos, na presença do governador Tarso Genro e da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, em almoço no Galpão Crioulo do Palácio Piratini. Também participaram deputados federais e estaduais, secretários, prefeitos, demais autoridades e imprensa.
Os ministros confirmaram que a nova BR-470 deverá fazer parte da malha viária federal, em toda sua extensão, nos 470,4 quilômetros que ligam Barracão a Camaquã, passando por regiões de importantes representações produtivas do Estado, como a Nordeste, Serra, Vale do Caí e Carbonífera.
Com isso, a rodovia deverá estar apta a receber investimentos federais, a partir de 2015. Isso já aconteceu entre Barracão e Lagoa Vermelha, onde após várias décadas de luta, o trecho de aproximadamente 75 quilômetros, que é federal, foi inaugurado no final de 2012. O ministro destacou a participação direta de Santini nesta conquista.
O parlamentar ressaltou que o anúncio oficial por parte do ministro é resultado da perseverança de várias forças que lutaram juntas. "Apoiados por entidades empresariais e sociais, governo do Estado, deputados estaduais e federais, prefeitos e vereadores, lideramos um grande movimento que chamou a atenção do governantes federais. Hoje recebemos a confirmação de que obras eficazes, com recursos federais, serão realizadas para melhorar a segurança e a trafegabilidade da nossa BR-470", comemorou o deputado.
Mais uma obra defendida por Santini, que também foi anunciada pelos ministros, é a duplicação do Caminho do Meio, que liga Viamão e Porto Alegre, utilizando a Avenida Protásio Alves. Este projeto facilitará o fluxo dos milhares de veículos e pessoas que transitam no trajeto diariamente. O prolongamento da BR-448, em mais 18,5 quilômetros, entre Esteio e Portão, também foi anunciado pelo chefe do Ministério dos Transportes, que autorizou a publicação do aviso de licitação no Diário Oficial da União. Ele observou que está em estudo mais uma ampliação da estrada, que vai até Estância Velha.
A conclusão da BR-285 é outra que será contemplada com recursos da União. Em território gaúcho faltam apenas 8 quilômetros em São José dos Ausentes, ligando ao Estado de Santa Catarina. Importante conquista para a Região Metropolitana, a nova ponte do Guaíba teve ordem de início assinada nesta terça-feira e os trabalhos de fundações estão autorizados para a próxima semana.

Legenda: Santini tratou da federalização da RSC-470 com o ministro Paulo Passos e o governador Tarso Genro
Créditos: Ederson da Rocha MTB - 13365

-- 


Gabinete do Deputado Estadual Ronaldo Santini - PTB
Assessoria de Comunicação
Jornalista: Ederson da Rocha - MTB 13.365
51 3210 1903 - 51 9548 3591
Acompanhe e siga o deputado Ronaldo Santini (PTB/RS):