Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Cadernos Negros

Vamos celebrar mais um Cadernos Negros. Última chamada.
View this email in your browser
VAMOS CELEBRAR MAIS UM CADERNOS NEGROS

 
 

Em primeiro lugar queremos agradecer seu apoio. Ele é fundamental para nós.

Depois de 36 anos as pessoas talvez se perguntem seCadernos Negros ainda pode trazer novidades. Estevolume 37 mostra que sim. Não só pela maior quantidade de jovens escritores e escritoras, não só por causa da presença marcante das mulheres, mas também porque mostra a força que a poesia de escritores(as) que publicam há mais tempo vem adquirindo ao longo dos anos.

A leitura tem mil e um problemas em nossa sociedade. E a receptividade a um trabalho de poesia afro sofre com bloqueios e boicotes às vezes sutis, às vezes descarados.

Mas também há muito incentivo por parte das pessoas interessadas.

Por isso é gratificante fazer mais um Cadernos Negros. Porque é o contrário de aceitar passivamente que "as coisas não podem mudar". Quando cada leitor ou leitora dá vida ao livro, as coisas mudam. Quando o texto se torna motivação e ação, as coisas mudam.

No dia 12 de dezembro de 2014, próxima sexta-feira, a partir das 19h, vai ser lançado o trigésimo sétimo volume da série, na biblioteca Mário de Andrade, rua da Consolação, 94, centro de São Paulo. É um volume de poemas, com 224 páginas (inscreva-se abaixo).

Criada em 1978 por Cuti, Hugo Ferreira, Jamu Minka e outros poetas, a série significou a possibilidade de autores afrodescendentes publicarem seus textos de forma cooperativa, superando os limites impostos pelo mercado editorial e o silêncio determinado pela ditadura.

Este volume 37 dá continuidade à caminhada, sempre feita com muito esforço, carinho e determinação, contando com a iniciativa dos próprios autores e autoras, com a receptividade dos leitores e leitoras e sendo organizada por Esmeralda Ribeiro e Márcio Barbosa.

O volume 37 traz vinte e oito poetas de várias cidades e Estados brasileiros.

Como afirma a profa. Maria Thereza Veloso, da Universidade do Alto Uruguai, "nestes Cadernos não tem guarida a palavra consentida, agrilhoada. Não cabe aqui a palavra policiada, ferida. Essa não. Nestas páginas viceja outra palavra, nascida do liberto encontro de luzentes poemas com zumbizeiros ideais de igualdade".

Ou como diz o ativista e editor Marciano Ventura:

Publicada anualmente desde 1978, Cadernos concebe uma comunidade em torno das obras publicadas, inspirando novas gerações de leitores(as) e escritores(as) Brasil afora.

Ou ainda a escritora Cidinha da Silva:

Em Cadernos Negros muitas vozes são lidas, diferentes texturas e tessituras são sentidas, internalizadas, refeitas a partir da interação texto-leitor, texto-leitora.

O lançamento é aberto e gratuito, mas é necessárioinscrever-se no link a seguir (ainda há poucos lugares):https://docs.google.com/forms/d/1dgUdOGp98Nbfhel3abtJO12w_5Vab4sBmnqlgi-Zil4/viewform?usp=send_form (pedimos que quem já está inscrito chegue até 19h45 no máximo).

Haverá a exibição do curta "Vidas de Carolina", com Débora Garcia, em homenagem ao centenário de Carolina de Jesus; haverá bate-papo com os autores e esquetes de dança afro com Omo Ayiê.

Participação de Daniel, do sarau “O que dizem os umbigos”
e dos rappers Nup & Big.

Reflexão sobre como a literatura negra pode contribuir nas escolas, com a profa. Elisabeth Fernandes.

E vamos celebrar os autores/autoras Benê Lopes, Bruno Gabiru, Cuti, Dirce Prado, Edson Robson, Esmeralda Ribeiro, Fausto Antônio, Helton Fesan, Jairo Pinto, Juliana Costa, Kasabuvu, Márcio Barbosa, Mooslim, Raquel Garcia, Valéria Lourenço.

Que venha mais esse Cadernos Negros e que por enquanto ele seja definitivo!

É tudo nosso!


Neste volume 37, temos autorxs das seguintes cidades:

Brasília/DF: Cristiane Sobral, Denise Lima

Campinas/SP: Fausto Antônio

Carapicuiba/SP: Mooslim

Duque de Caxias/RJ: Valéria Lourenço

Limeira/SP: Dirce Prado

Recife/PE: Lepê Correia

Salvador/BA: Ana Célia, Ana Fátima, Benício dos Santos Santos, Fátima Trinchão, Fernando Gonzaga, Guellwaar Adún, Jairo Pinto, Jovina S., Luís Carlos de Oliveira‘Aseokaynha’, Mel Adún, Mil Santos

São Paulo/SP: Benê Lopes, Bruno Gabiru, Cuti, Edson Robson, Esmeralda Ribeiro, Márcio Barbosa, Raquel Garcia

Viçosa/MG: Juliana Costa

------------------------------------------------
Preço do livro no lançamento: R$ 25,00



 
Copyright © 2014 Quilombhoje, All rights reserved.
É isso aí. Estamos juntos.

Our mailing address is:
Quilombhoje
Zona Norte
São PauloSP 1.000 graus
Brazil

Add us to your address book


unsubscribe from this list    update subscription preferences 

Email Marketing Powered by MailChimp

Concerto da Aosv na Casa do Povo parte 8

Portal Geledes

Você está recebendo as atualizações do Portal Geledés.
Portal Geledés

Geledés

Em defesa dos direitos humanos. Combate ao racismo, preconceito, discriminação e violência contra a mulher.

A divina loucura de Arthur Bispo do Rosário

Like A divina loucura de Arthur Bispo do Rosário on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
A divina loucura de Arthur Bispo do RosárioCom Flávio Bauraqui, Irandhir Santos e Maria Flor, “O Senhor do Labirinto”, de Geraldo Motta, lembra a história do artista plástico sergipano por Orlando Margarido  Do: Carta Capital O Senhor do Labirinto Geraldo Motta Interno da Colônia Juliano Moreira, diagnosticado como esquizofrênico-paranoico, Arthur Bispo do Rosário passava os dias entre os bordados feitos com os fios […] Leia mais »

Depois das Grades – As cicatrizes de quem passou pelo Carandiru

Like Depois das Grades – As cicatrizes de quem passou pelo Carandiru on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Depois das Grades – As cicatrizes de quem passou pelo CarandiruCarandiru é o maior complexo penitenciário que já existiu na América Latina, localizado em São Paulo. Cinco pessoas que passaram por lá compartilham suas dores e marcas eternas deixadas por esse sistema no documentário “Depois das Grades”. Por Bia Varanis, do Brasileiríssimo Cristiano Simplício, Edenilson Leal, Aldidudima Salles, Daniel Gomes e Luciana Barbosa, que viveu na […] Leia mais »

Toda mulher já foi abusada

Like Toda mulher já foi abusada on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Toda mulher já foi abusadaUm texto dedicado a Jair Bolsonaro por Milly Lacombe na TPM Às vezes acontece quando ainda somos crianças. Às vezes quando estamos crescendo. Às vezes já grandes. Uma encoxada no ônibus, uma passada de mão no metrô, uma mão forçada na balada. Não há mulher que tenha deixado de experimentar algumas dessas violações. Nossos corpos […] Leia mais »

Escolher o vivido

Like Escolher o vivido on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Escolher o vividoQuando se conheceram, ela tinha treze, ele dezesseis anos. Foi na metade da década de 1940, no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. Ela gostava de olhar os bondes passando em frente a sua casa, na Rua Barão de Mesquita, 136. A distância entre o bonde e a janela certamente era mínima, pois ela o […] Leia mais »

Jovem afirma ter sido vítima de preconceito na loja Farm

Like Jovem afirma ter sido vítima de preconceito na loja Farm on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Jovem afirma ter sido vítima de preconceito na loja FarmO designer Vitor Martins, de 24 anos, afirma ter sido vítima de preconceito ao tentar comprar um casaco da marca carioca Farm, no shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, no último domingo. Ao chegar à loja com outras amigas, o jovem perguntou a uma vendedora se poderia ver um casaco. Ela, então, teria perguntado para […] Leia mais »

Comissão da Verdade termina com pedido de julgamento de militares e fim da PM

Like Comissão da Verdade termina com pedido de julgamento de militares e fim da PM on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Comissão da Verdade termina com pedido de julgamento de militares e fim da PMApós mais de dois anos de funcionamento, a Comissão da Verdade chega ao fim nesta quarta-feira (10) tendo detectado “graves violações aos direitos humanos” cometidas de 1946 a 1988. Para evitar a repetição de tais atos, “assegurar sua não repetição e promover o aprofundamento do Estado democrático de direito”, o documento final da comissão encaminha […] Leia mais »

Alckmin, o bolivariano

Like Alckmin, o bolivariano on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Alckmin, o bolivarianoAlesp aprova criação de conselhos populares similares aos propostos pelo governo federal, rechaçados pela mídia e oposição Do: spressosp Foi aprovada, na última quarta-feira (3), a criação da Política Estadual de Participação Social e o Sistema Estadual de Participação Social. As duas iniciativas, permitem que movimentos sociais participem da elaboração e discussão de projetos para o […] Leia mais »

Farm representa Iemanjá com modelo branca e causa polêmica na web

Like Farm representa Iemanjá com modelo branca e causa polêmica na web on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Farm representa Iemanjá com modelo branca e causa polêmica na webO que era para ser uma homenagem se tornou uma enorme polêmica religiosa. Em comemoração ao dia de Nossa Senhora da Conceição, comemorado na segunda-feira, que no sincretismo religioso corresponde a Iemanjá, a loja Farm postou uma foto, em sua conta do Instagram, de uma modelo branca representando o orixá. Os usuários criticaram a escolha […] Leia mais »

Para Anistia Internacional, Brasil deve punir responsáveis por crimes cometidos na ditadura

Like Para Anistia Internacional, Brasil deve punir responsáveis por crimes cometidos na ditadura on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Para Anistia Internacional, Brasil deve punir responsáveis por crimes cometidos na ditaduraRIO – A Anistia Internacional divulgou nesta quarta-feira uma nota pública sobre o relatório final divulgado pela Comissão Nacional da Verdade (CNV). Segundo a entidade, o documento abre caminho para que “a Lei de Anistia não seja um obstáculo à investigação desses crimes”. A nota afirma ainda que “é fundamental que o Brasil puna os […] Leia mais »

“Pode ser que no futuro eu descubra que sou gay”, dispara Anderson Silva

Like “Pode ser que no futuro eu descubra que sou gay”, dispara Anderson Silva on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
“Pode ser que no futuro eu descubra que sou gay”, dispara Anderson SilvaLutador falou ainda que tem muitos atletas que não assumem a opção sexual Do: ibahia O lutador Anderson Silva deu uma declaração pra lá de polêmica nesta semana. Em entrevista à revista americana ‘Fightland’, o atleta comentou dos rumores sobre sua sexualidade e não hesitou em dizer que luta contra o preconceito. “Olha, não que eu […] Leia mais »

Fundação Palmares leva a Alagoas seminário sobre educação quilombola

Like Fundação Palmares leva a Alagoas seminário sobre educação quilombola on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Fundação Palmares leva a Alagoas seminário sobre educação quilombolaProposta é influenciar a rede municipal de ensino e os gestores públicos. Do: tribunahoje O Quilombo Filús, de Santana do Mundaú em Alagoas, receberá no dia 12 de dezembro o Seminário Educação Quilombola: compreensão das Diretrizes Curriculares para a Educação Escolar Quilombola idealizado pela Fundação Cultural Palmares (FCP/MinC). A proposta é influenciar a rede municipal de […] Leia mais »

Uma festa em homenagem aos Bailes Black

Like Uma festa em homenagem aos Bailes Black on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Uma festa em homenagem aos Bailes BlackCultura, religião e arte sempre foram fundamentais para a resistência e a afirmação da identidade e da auto-estima do povo negro em todas as regiões da diáspora. No Brasil não foi diferente. Por Douglas Belchior, do Negrobelchior Tão importante quanto espaços religiosos, Bailes e Clubes Negros proliferaram pelo país no pós-abolição. Sempre em roda, a capoeira, […]Leia mais »

Direitos Humanos para bandido?

Like Direitos Humanos para bandido? on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Direitos Humanos para bandido?A Justiça e o Estado devem garantir os direitos de todas as pessoas, sem qualquer exceção, inclusive daqueles que incorrem em crimes e/ou violam a lei. Isso é o que define o estado de direito no mundo moderno Por Atila Roque* do Ponte  No dia em que celebramos o Dia Internacional de Direitos Humanos algumas pessoas […] Leia mais »

Lelê Teles: Bolsonaro, um dos “filhos” da mídia brasileira

Like Lelê Teles: Bolsonaro, um dos “filhos” da mídia brasileira on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Lelê Teles: Bolsonaro, um dos “filhos” da mídia brasileiraO QUE DISSE BOLSONARO QUANDO DISSE O QUE DISSE? por Lelê Teles  Do: Viomundo Ouçamos isso primeiro, com atenção. A Hidra tem inúmeras cabeças, os gregos as contaram lá na antiguidade. Alguns desmiolados na grande mídia, pretendendo agradar os patrões bilionários, decidiram chocar um ovo da velha Hidra que estava perdido por aí, sentaram-se sobre […] Leia mais »

A democracia burguesa e as ilusões perdidas da luta anti-racista

Like A democracia burguesa e as ilusões perdidas da luta anti-racista on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
A democracia burguesa e as ilusões perdidas da luta anti-racistaNo mês da consciência negra, participei de onze debates nos mais diferentes lugares: em universidades, coletivos de periferia, entidades religiosas, culturais, profissionais, entre outras. Os públicos, os mais variados possíveis. Isto mostra que o tema do combate ao racismo ganha corpo, transcende os espaços tradicionais de discussão e vem trazendo novas demandas para os ativistas […] Leia mais »

Opinião: Como McCartney para os ingleses, Pelé virou ‘tio chato’ para os brasileiros

Like Opinião: Como McCartney para os ingleses, Pelé virou ‘tio chato’ para os brasileiros on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Opinião: Como McCartney para os ingleses, Pelé virou ‘tio chato’ para os brasileirosQuando eu me mudei de Londres para o Rio de Janeiro, em 1998, muitas coisas me deixaram chocado: a desigualdade social, o tempo que demorava para comprar uma linha telefônica e o jeito que os cariocas comiam pizza com ketchup. Por Alex Bellos no BBC  Nada me surpreendeu mais do que a reação que eu tive […] Leia mais »

Em Oslo, Malala diz que não desistirá de lutar

Like Em Oslo, Malala diz que não desistirá de lutar on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Em Oslo, Malala diz que não desistirá de lutarJovem paquistanesa recebeu hoje o Prêmio Nobel da Paz Do:  Jb A jovem paquistanesa Malala Yousafzai e o ativista indiano Kailash Satyarthi receberam nesta quarta-feira (10) o Prêmio Nobel da Paz, em uma cerimônia realizada na cidade de Oslo, na Noruega. O nome deles já tinha sido anunciado em outubro, mas somente hoje ocorreu o […] Leia mais »