Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Comentário

Olá Jornal Negritude,
Carla Nunes comentou seu status.
Carla escreveu: "Acho que, além de ter sido uma forma de expressar o que a maioria do povo gaúcho gostaria de ter falado, foi uma maneira muito criativa e bem humorada de se posicionar, de mostrar que não estamos dormindo e que estamos cientes de que não atuam para seus eleitores, para quem os colocou lá em cima, mas, apenas para si mesmos e seus próprios interesses. Tinha toda a razão do mundo e não deve ser punido por ser verdadeiro - pelo menos, não se escondeu ao cantar o que sentia."

Paulo Furtado: Mundo Cruel

Paulo Furtado: Mundo Cruel: "Os homens fazem armas atómicas a toda hora, Crianças em todo mundo passam fome e comem lixo pelas ruas, Pais brigam com os filhos, Países..."

Comentário

aledallas07 fez um comentário sobre Praça Daltro Filho de Vacaria RS em 1989:

Que massa esse vídeo Paulo. Parabéns!!!

Morte do Baterista Mário Pastor

publicada em 10/08/2010 13:37:24:
tamanho da fonte:
 
 
 

 
Caxias perde o palhaço Pirilampo e o baterista Mário Pastor  
Anahi Fros, divulgação
A cultura caxiense perdeu nesta segunda e terça-feira dois importantes artistas: Luiz Fraga, o palhaço Pirilampo, e Mário Raul da Silva Mross, o baterista Mário Pastor. Pirilampo faleceu nesta segunda-feira (9), de insuficiência cardíaca. Já o baterista Mário Pastor morreu na manhã desta terça, vítima de cirrose, aos 58 anos.
Pirilampo nasceu em Porto Alegre, em maio de 1941. Ele começou a atuar como palhaço aos 35 anos, e veio para Caxias em 2000/ Durante sete anos participou do projeto Cidadão do Século XXI, da Universidade de Caxias do Sul, onde ministrou oficinas de arte circense.
Já Mário Pastor chegou ao município na década de 70, como baterista e percussionista. Foi o primeiro baterista a tocar com dinâmica de velocidade e ensinar essa técnica em Caxias do Sul. Com outros músicos criou a banda Elo Ocidente, uma das maiores expressões do rock na cidade.
O secretário da Cultura, Antônio Feldmann, lembra que os dois artistas foram homenageados em junho deste ano, quando receberam uma placa do projeto Mestres da Cultura Popular. Ele lamenta as perdas, mas acredita que os ensinamentos deles vão permanecer por várias gerações.
O palhaço Pirilampo foi sepultado na manhã desta terça, no cemitério do Rosário. Já Mário Pastor está sendo velado na Sala 01 das Capelas Cristo Redentor, de onde segue, às 18h30, para o Crematório São José.


Depto. de Jornalismo



Fonte: Rádio Caxias

Praça Daltro Filho de Vacaria RS em 1989