Rádio WNews

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Ruralista Dominam Câmara Federal

Maior bancada suprapartidária do Congresso Nacional, os ruralistas aumentarão em 33% na próxima legislatura, segundo estimativa da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). O grupo, que conta hoje com 205 deputados e senadores, deve chegar a 273 e já definiu sua prioridade: aprovar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215/2000, que transfere para o Legislativo a decisão sobre a demarcação de terras indígenas.
A reportagem é de Cristiano Zaia e Raphael Di Cunto, publicada pelo jornal Valor, 08-10-2014.
Na Câmara dos Deputados, onde a FPA conta com o apoio de 191 parlamentares, a bancada vai atingir maioria absoluta: 257 representantes do agronegócio, contra 256 deputados não-ruralistas. Embora apenas 30 sejam realmente atuantes, o grupo costuma se unir em pautas de interesse dos produtores rurais, como o Código Florestal, em 2011, na maior derrota do início do governo Dilma Rousseff. No Senado Federal, o percentual é menor, mas o grupo aumentará de 14 senadores para 16.
O balanço foi feito pela FPA com base no número de parlamentares reeleitos e nos de primeiro mandato que têm perfil ligado ao setor e já declararam presença na bancada. Segundo o presidente da frente, deputado Luís Carlos Heinze (PP-RS), 139 ruralistas foram reeleitos e 118 novatos já assinaram adesão ao grupo.
"Não estamos preocupados com quantidade. Se tivermos 50 atuantes é o que vale", afirma Heinze. O deputado diz que a bancada pautará debates sobre a redução da carga tributária sobre alimentos que não só os da cesta básica, ampliação de energia elétrica no meio rural e desburocratização do sistema de irrigação.
A PEC 215 é outra prioridade, mas o número de ruralistas não é suficiente para aprovar a proposta sem apoio de outros grupos - é necessário o voto favorável de 308 deputados. "A bancada está fortalecida e a principal bandeira é resolver a questão fundiária", diz Valdir Colatto (PMDB-SC).
O tema é sensível para os ruralistas e também na eleição presidencial. Entre as condições que Marina Silva (PSB) estuda impor a Aécio Neves (PSDB) para apoiá-lo no segundo turno está o comprometimento contra a PEC 215. O tucano ainda não respondeu, mas o tema já move a bancada, mesmo entre seus apoiadores. "Não acredito que ele [Aécio] vai aceitar esse compromisso, mas se assumir não vamos respeitar a decisão dele nessa questão", afirmaColatto.
Outra bancada com força é a evangélica, que contará com pelo menos 53 deputados a partir de 2015, de acordo com levantamento parcial do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Por enquanto, é menos do que os 70 eleitos em 2010, mas Antônio Queiroz, diretor do Diap, diz que a estimava é que o grupo seja maior.
A bancada evangélica costuma atuar em temas que envolvem direitos dos homossexuais, questões ligadas a vida, como o aborto, e na Comissão de Direitos Humanos. O grupo, bastante ativo, gerou várias dores de cabeça para a o governo, travando discussões de outros projetos enquanto não tinha suas pautas atendidas.
Os dados do Diap mostram que a bancada está distribuída por 17 partidos. A legenda com mais integrantes é o PSC, com sete (equivalente a 58% dos deputados da sigla. PR e PRB têm seis deputados cada.
Entre as congregações, a maior é a Assembleia de Deus. Tem 17 deputados, o que a tornaria o 12º maior partido da Câmara. Mas o pastor Lélis Marinho, presidente do conselho político da igreja, diz que foram eleitos 24 deputados e que o número pode aumentar com a posse dos 1º suplentes.
Já os sindicalistas caíram de 83 deputados para 46, principalmente pela redução da bancadas de PT e PCdoB em 23 deputados.
Cinco deputados federais eleitos receberam recursos da indústria armamentista nesta eleição, segundo levantamento do Instituto Sou da Paz nas prestações de contas parciais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As doações feitas no último mês de campanha, porém, só serão conhecidas em 30 de outubro. Outros 13 deputados que registraram contribuições do setor em 2010 foram reeleitos agora.

Inter 4 x 1 Grêmio (Final do Gauchão 2014) parte 77

Inter 4 x 1 Grêmio (Final do Gauchão 2014) parte 76

Inter 4 x 1 Grêmio (Final do Gauchão 2014) parte 75

Inter 4 x 1 Grêmio (Final do Gauchão 2014) parte 74

Médicos Contra a Dilma

8 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 08:34
247 – A página "Dignidade Médica", no Facebook, que conta com quase 100 mil usuários que se declaram profissionais da classe médica brasileira coleciona postagens polêmicas contra eleitores da presidente Dilma Rousseff.
Segundo reportagem do IG, alguns internautas propõem "castrações químicas" contra nordestinos, profissionais com menor nível hierárquico, como recepcionistas de consultório e enfermeiras.
Outro usuário diz: "70% de votos para Dilma no Nordeste! Médicos do Nordeste causem um holocausto por aí! Temos que mudar essa realidade!".
Questionado, o Conselho Federal de Medicina (CFM), com sede em Brasília, afirmou ser “contra qualquer comentário ou ação que denote atitude preconceituosa”.
Leia abaixo a íntegra da nota CFM:
“O Conselho Federal de Medicina (CFM) é contra qualquer comentário ou ação que denote atitude preconceituosa praticada por qualquer pessoa por conta de aspectos como etnia, origem geográfica, gênero, religião, classe social, escolaridade, orientação sexual ou posicionamento ideológico, entre outros. Esse entendimento representa a percepção da classe médica brasileira.
Para a Autarquia, o Brasil é um país democrático, onde todos os cidadãos devem e podem manifestar suas opiniões, inclusive políticas. No entanto, esta expressão deve ter como parâmetros o comportamento ético e o respeito às leis. Casos que extrapolem esses limites devem ser investigados pelas autoridades competentes.”

Inter 4 x 1 Grêmio (Final do Gauchão 2014) parte 73

Aécio Neves Esperança de Por Fim a Era Petista

8 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 08:08
247 – Outro aliado de Marina Silva declarou seu apoio ao presidenciável tucano Aécio Neves no 2° turno em disputa contra a presidente Dilma Rousseff. O polêmico pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse ontem que é “Aécio desde criancinha” em nome da “alternância de poder”.
“Sou Aécio desde criancinha. Gravei um vídeo com cinco motivos para não votar na Dilma. Motivo um: a alternância de poder, importante para o estado democrático. O Lula meteu o pau nos programas sociais do Fernando Henrique Cardoso. Eles (o PT) não conhecem uma coisa: quem deu estabilidade econômica para esse país foi o PSDB”, afirmou. Ele diz que tem o feeling de que o voto evangélico será despejado no Aécio.
Malafaia foi o responsável pelo primeiro recuo do programa de governo de Marina Silva, então candidata pelo PSB. Após pressões na rede social, a ex-senadora divulgou uma “errata” sobre o apoio à causa gay.

CLUBE MILITAR: AÉCIO PODE "INTERROMPER SOVIETIZAÇÃO"

Em nota, grupo formado por oficiais da reserva diz que, “apesar de esquerda”, presidenciável tucano Aécio Neves afasta o país “de uma possível mudança de regime que nos colocaria à margem da democracia” e interrompe “o projeto de poder representado pelo PT, em marcha acelerada para a sovietização do país”; afirma ainda que a vitória do PSDB possibilitaria “o importantíssimo desaparelhamento do Estado, hoje, executado em prol das intenções do PT”
8 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 08:49
247 – Em nota de apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) contra a presidente Dilma Rousseff, o Clube Militar, entidade formada por oficiais da reserva, afirma que o tucano pode interromper “o projeto de poder representado pelo PT, em marcha acelerada para a sovietização do país”.
Intitulado “O pensamento do Clube Militar: que futuro queremos?”, texto diz ainda que, “apesar de esquerda”, o PSDB afasta o país “de uma possível mudança de regime que nos colocaria à margem da democracia”. Para o Clube, a vitória de Aécio possibilitaria “o importantíssimo desaparelhamento do Estado, hoje, executado em prol das intenções do PT”.
Leia aqui:
Eis que ultrapassamos o passo inicial das eleições gerais brasileiras em 2014!
O cenário político brasileiro, cristalizado em um segundo turno eleitoral entre Dilma e Aécio, apresenta aos brasileiros uma bifurcação com dois possíveis caminhos a serem seguidos.
Há os que não concordam com as mirabolantes teses esquerdistas que falharam em todo o mundo; os que se revoltam com a sequência de escândalos de corrupção gerados e geridos pelo PT e seus militantes; os que acreditam na democracia, na alternância dos partidos no poder, no primado da lei igual para todos, na liberdade de expressão, na independência e na soberania do Brasil, na separação e independência dos Poderes – enfim, os democratas.
Por outro lado, tendendo a um imobilismo político execrável, há os que desejam a permanência do estado de coisas atual. Neste, existe o atrelamento à origem comunista; à subordinação dos interesses nacionais a um terceiro-mundismo mofado e que leva ao isolamento em relação aos maiores centros de poder do mundo; à teimosia obsessiva, arrogância e vaidosa visão messiânica de suas pessoas etc. Nele, perdura o risco das “comissões” previstas no Dec 8243, que cria sovietes no Brasil, e pretendem “aprofundar o socialismo”, um eufemismo para a intensificação dos ataques à democracia e à liberdade. Dilma controla com mão de ferro a falta de política econômica consistente; não consegue disfarçar a revolta por, ainda, depender de seu guru e criador, que interfere acintosamente em sua administração, sendo notório que sua autoestima ficou abalada por ter que disputar um segundo turno, quando contava, inicialmente, vencer no primeiro.
Aécio Neves, habilitado à disputa do segundo turno das eleições presidenciais, é uma esperança concreta de colocar fim à era petista. Sua resistência e recuperação, quando tudo parecia perdido, dão-lhe as credenciais necessárias para interromper o projeto de poder representado pelo PT, em marcha acelerada para a sovietização do país, virando uma página negra de nossa história.
Pode-se começar a enumerar vantagens a seu favor pela salutar e democrática alternância do poder que ensejará. Sua vitória possibilitará, também, o importantíssimo desaparelhamento do Estado, hoje, executado em prol das intenções do PT. O candidato Aécio, ex-governador de Minas Gerais, trás em seu currículo esse excelente desempenho administrativo. Por fim e muitíssimo relevante, afasta-nos da preocupação de vivermos no limbo de uma possível mudança de regime que nos colocaria à margem da democracia, visto que o PSDB, apesar de esquerda, foge ao radicalismo nocivo e extremado.
Marco Antonio Villa, O Globo de 7/10/2014, foi feliz em sua síntese:
“Basta de PT
A eleição presidencial de 2014 decidirá a sorte do Brasil por 12 anos. Como é sabido, o projeto petista é se perpetuar no poder. Segundo imaginaram os marginais do poder – feliz expressão cunhada pelo ministro Celso de Mello quando do julgamento do mensalão -, a vitória de Dilma Roussef abrirá caminho para que Lula volte em 2018 e, claro, com a perspectiva de permanecer por mais 8 anos no poder”.

Inter 4 x 1 Grêmio (Final do Gauchão 2014) parte 72

Aécio melhorou a educação em MG e fará o mesmo pelo Brasil

LBV

1) Encaminho em anexo, sugestão de artigo do escritor Paiva Netto.
2) Tenha um ótimo dia!
 
OBS: Por gentileza, comunicar recebimento deste e-mail.
Abraço.


Nadiele Bortolin
Assessoria de Comunicação da LBV/RS
(51) 3325-7018

Inter de Lages SC


AVISO DE PAUTA
O Inter de Lages preparou um conjunto de ações para o Dia das Crianças. Haverá programação especial sexta-feira, sábado e domingo, quando o Inter enfrenta o Hercílio Luz, em casa. Segue a programação para que cinegrafistas, repórteres e fotógrafos possam ser pautados. 
Sexta
O mascote Leão Baio e um grupo de jogadores do elenco profissional participarão de atividades e brincadeiras com alunos do CEIM da Popular, uma das maiores creches da cidade.
Local: CEIM da Popular (av. Primeiro de Maio, 1003. Telefone: 3223-0154)
Horário: 15h
Sábado
O Leão Baio será uma das atrações da festa do Dia das Crianças organizada pela Rádio Clube. O evento será na Praça Joca Neves. O mascote estará com as crianças a partir de 15h
Domingo
O Inter, em parceria com a Loja Código, vai sortear uma bicicleta e um prêmio de R$ 200 para ser usado na compra de calçados infantis (até 12 anos) na Código. O sorteio será no intervalo do jogo Inter x Hercílio Luz, neste domingo. O Leão Baio também distribuirá doces para as crianças.
Horário do jogo: 15h30min
Obs.: crianças de até 12 anos de idade não pagam ingresso neste domingo nem em nenhum outro jogo do Inter

Na briga
Inter enfrenta o Blumenau fora de casa nesta quinta e quer a vitória para conquistar o returno
O Internacional de Lages enfrenta o Blumenau nesta quinta-feira, no Estádio do Sesi, em Blumenau, ainda em busca no título simbólico do returno da Série B. O jogo será às 20h10min.
Os colorados estarão desfalcados do lateral-direito Thoni, que cumpre suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Esta será a primeira partida em que Thoni não entrará em campo pelo Inter na temporada. Marcelo Quilder e Alê Menezes, que estão contundidos, também estão fora do jogo.
O Inter ainda tem três jogos a cumprir na fase de classificação da Série B. Além do BEC, os colorados enfrentam o Hercílio Luz no domingo, em Lages, e a Caçadorense na quarta-feira, fora de casa. O Inter está na vice-liderança do returno, atrás apenas do Camboriú. Se conseguir conquistar o returno, o Internacional seguirá para o quadrangular decisivo com dois pontos de bonificação. Por ter vencido o turno, o Inter já tem vaga e um ponto extra assegurados para o quadrangular.

NOS ANEXOS:
- O Leão Baio, xodó dos pequenos torcedores do Inter de Lages
- Xipote briga pela bola no jogo contra o Blumenau, no primeiro turno

-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Guarda Municipal de Vacaria RS Limpa o Centro

video
Parabéns a Guarda Municipal pela ação pela manhã limpando a praça Daltro Filho de marginais que só promovem bagunça até assaltos no centro de nossa cidade.