Rádio WNews

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Arquivo do Jornal Negritude

1/3/09

Mulheres camponesas

Mulheres camponesas denunciam justiça brasileira

No Estado do RS a jornada Nacional de Luta das Mulheres está demarcada por atividades realizadas no interior do Estado e na Capital gaúcha.   Em Porto Alegre , cerca de 900 mulheres da Via Campesina, MTD e demais organizações urbanas, realizaram hoje (10) um ato público para denunciar as violências praticadas contra as mulheres e o povo
        No ato de encerramento, em um momento simbólico, durante alguns minutos, as camponesas se colocaram de costas para o Tribunal de Justiça do Estado. Estavam ajoelhadas, de olhos vendados e representavam a imagem da Justiça brasileira. Após alguns minutos, levantaram-se e gritavam palavras de ordem, reafirmando o compromisso de não ficar de olhos vendados e de joelhos diante das injustiças cometidas contra as mulheres. Junto à luta das mulheres, também somaram a participação de servidores/as públicos/as de diversas categorias: professores, servidores da segurança pública e técnicos científicos, assim como, a participação de estudantes. No final do ato as mulheres da Via Campesina anunciaram que ainda no mês de março haverá um conjunto de lutas, pelo fim da criminalização dos Movimentos Sociais no RS, pela Reforma Agrária e pela mudança do modelo energético.

Fotos: Kiko Machado e Marcelo Rodrigues

 criado por jornalnegritude     1:04:45 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Os Tambores de Yokohama


 criado por jornalnegritude     12:58:06 am — Arquivado em: Esportes — Editar

Bom dia

Poa, 11/03/09
 
Desejo que tenhas uma excelente quarta-feira.
 
Beijos.
 
Deise Nunes.
 
“Só existe dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.”
 
Dalai Lama.
 criado por jornalnegritude     12:55:18 am — Arquivado em: Deise Nunes — Editar

Moradores propõe debate sob construçãao de anel viário

Tamanho do texto: A- A+

Moradores propõem debate sobre construção de anel viário

Uma comissão deve se reunir com o prefeito Elói Poltronieri nos próximos dias, Cléo Maraschin não descarta mobilização dos empresários.
A Administração Municipal solicitou ao DNIT - Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes estudos para a implantação do anel viário de Vacaria, onde segundo a idéia inicial é ligar as Brs 285 e 116 desde a empresa Valentino até a Corlac. A motivação é por conta do grande fluxo de veículos pesados, especialmente em horários de movimento, próximo ao meio dia e e no final da tarde. Porém a comunidade do bairro Jardim América está mobilizando na tentativa de uma melhor solução para o problema no transito do trecho. Presidente da Associação Diomir Saraiva fala que uma audiência publica será convocada para discutir amplamente o assunto. O empresário do ramo de combustíveis que possui estabelecimento a mais de 15 anos as margens da BR 285 fala que se a mudança se efetivar os prejuízos serão imensos, Cléo Maraschin diz que durante o verão com o crescente número de turistas argentinos cruzando por Vacaria todos ganham ele comenta que o projeto precisa ser discutido com a comunidade antes de ser levado adiante. Uma comissão deve se reunir com o prefeito Elói Poltronieri nos próximos dias, Cléo Maraschin não descarta mobilização dos empresários. Presidente da Camara de Vereadores de Vacaria fala que o legislativo vai organizar audiências públicas onde o assunto será debatido, Mário Lorencetti Almeida fala que por um lado a comunidade sai ganhando com o desafogamento do transito, porem por outro lado o empresariado daquela região terão prejuízos, pois o movimento naquela região cairá drástica mente.

Rádio Fátima (Produção)10/03/2009, 09h51
 criado por jornalnegritude     12:51:35 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

10/3/09

News Racismo

O Globo
Polícia e racismo
O Globo - Rio de Janeiro,RJ,Brazil
Em princípio, é a polícia da Scania, no sul do país, que mais sofre críticas quanto ao uso de expressões racistas e pejorativas. Por exemplo, denunciou-se 
Veja todos os artigos sobre este tópico
Marcelinho Paraíba deve reforçar o Coxa
Paraná-Online (Assinatura) - Curitiba,PR, Brazil
Se declarando racista já é um começo, principalmente quando tem a palavra negros no final. Somos racistassim, não gostamos de rubro negros! 
Veja todos os artigos sobre este tópico
Ciganos da Atouguia são “excluídos e rejeitados”
Jornal de Notícias - Porto,Porto, Portugal
Racismo? Aqui no bairro? Não conheço. Eu não sou racista, nunca fui! Entendo que todo o ser humano deve ser respeitado. Às vezes há uns desacatos, 
Veja todos os artigos sobre este tópico
Os novos passos de Möeller e Botelho
Estadão - São Paulo,SP,Brazil
“Logo nos primeiros minutos surgem canções como Todo Mundo É Meio Racista“, conta Möeller. “Seria um espetáculo pesado não fosse um detalhe importante: os 
Veja todos os artigos sobre este tópico
Uefa vai defender árbitro que encerrar partida por racismo
Estadão - São Paulo,SP,Brazil
VARSÓVIA - A Uefa vai apoiar os árbitros que encerrarem partidas devido ao comportamento racista de torcedores, disse nesta quarta-feira William Gaillard, 
Veja todos os artigos sobre este tópico
Kardec, racismo e espiritismo – uma reflexão
Diário da Manhã - Goiânia - Goiânia,GO,Brazil
racismo é um tema pouco abordado nas hostes doutrinárias. A bibliografia é escassa. Os escritores e estudiosos espíritas brasileiros ainda não se 
Veja todos os artigos sobre este tópico
Roma é multada por comportamento racista de torcida
Estadão - São Paulo,SP,Brazil
ROMA - A Roma foi multada nesta terça-feira pela Liga Italiana por conta do comportamento racista de alguns torcedores no empate por 3 a 3 com a Inter de 
Veja todos os artigos sobre este tópico

__._,_.___
 criado por jornalnegritude     1:24:25 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Igreja Católica


Eu acho que essa declaração a respeito da ultilidade da maquina de lavar roupa para as mulheres foi o canto de Sereia do Vaticano .
O que se ve é que a igreja cristã esta podre por dentro, a estrutura esta velha e carcomida de cupins.
Ou a Igreja se oxigena ou a perda de mais fieis é inevitavel!

|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
 HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
………… ……… ……… .
 criado por jornalnegritude     1:01:51 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

9/3/09

Menina Estrupada

Poa, 08/03/09
 
Recebi este e-mail de uma amiga e por tê-lo achado muito interessante, decidi compartilhá-lo com você.
 
Beijos e ótimo começo de semana.
 
Deise Nunes.
 
 
A menina estuprada e o Arcebispo excomungador
Foto: Alexandro Auler/JC Imagem/AE

Esta é a menina vítima da brutal violência do padrasto e da insensibilidade do Arcebispo. Estamos publicando essa foto, também para que se veja quão frágil é a garota que a igreja queria que prosseguisse uma gravidez de gêmeos.
 criado por jornalnegritude     8:47:50 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

A Mudinha

Poa, 09/03/09
 
O cara só quis ser gentil.
 
Beijos.
 
Deise Nunes.
 
A mudinha ia a padaria todos os dias comprar pão e leite, o funcionario da
padaria já a conhecia e entendia seus jestos , ela chegava colocava a mão
nos seios e ele lhe dava 2 litros de leite ou colocava a mão em um só seio e
ele lhe dava 1 litro de leite.
Um belo dia ela chegou lá e o funcionario havia ficado doente e quem estava
atendendo era o dono da padaria a mudinha chegou e como o normal pedia o
leite colocando as mãos nos seios, o dono não entendeu ela repetiu o gesto,
então ele colocou uma mão pararela a outra e em seguida colocou a mão no
saco a mudinha muito irritada foi para casa.
Seu irmão foi até a padaria tirar satisfações com o rapaz e dono da padaria
se explicou :Eu só perguntei se o leite era de caixa ou de saquinho!!!
 criado por jornalnegritude     8:43:42 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Glória empata com o Santo Angelo

Arquivo do Jornal Negritude

11/3/09

Nota da Secretaria da Educação

Boa tarde,
 
Nota da Secretaria Municipal de Educação, sobre escola do Bairro Santa Cruz.


A Secretaria Municipal de Educação frente às reivindicações da comunidade do Bairro Santa Cruz, vem a público esclarecer o que segue:

  • Para o funcionamento de uma escola a Secretaria solicita Parecer do Conselho Municipal de Educação, no prazo de 120 dias, para a devida autorização de funcionamento. Isso não ocorreu quando a escola foi inaugurada no ano de 2008.
  • Considerando que o trabalho está incompleto, a empreiteira responsável pela obra da Escola Inácio de Souza Pires, até a presente data, não fez a entrega oficial da obra para a Prefeitura Municipal de Vacaria. Isso é necessário para que sejam feitas as cobranças de projetos apresentados pela antiga Administração.
  • A Secretaria Municipal de Educação, com a preocupação de atender a comunidade do bairro Santa Cruz, realizou reunião no dia 29/01/09, na tentativa de aumentar o número de alunos inscritos, já que o pequeno número apresentado até a data inviabilizava o funcionamento de algumas turmas.
  • No dia 27/02/09 foi entregue o Parecer do Conselho Municipal de Educação, para esta Secretaria, apontando irregularidades, o que inviabilizava o funcionamento da Escola. Imediatamente a providência da Secretaria foi avisar a direção.
  • No dia 02/03/09, a secretária municipal foi ao encontro da comunidade para divulgar o Parecer e solicitar o retorno dos alunos para a escola onde estudavam, que é a Escola Estadual Bernardina Padilha. A diretora manifestou entendimento do Parecer e reiterou, inclusive em entrevista, que os pais retornassem com brevidade para regularizar as matrículas dos alunos.
  • Diante do exposto a Secretaria de Educação está providenciando junto a Secretaria de Planejamento a ampliação do número de salas, adequação dos laboratórios de Informáticas e Ciências e aquisição do acervo bibliográfico e equipamentos para os laboratórios, para que a escola possa funcionar, o mais breve possível, adequada à legislação, conforme exige o Conselho Municipal de Educação.


Att.,
Jonatas Campos
Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Vacaria
(54) 3231 6402 | 9626 7474
 criado por jornalnegritude     1:42:34 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Noticias da Prefeitura de Porto Alegre

Todas as Notícias
        A MANCHETE

Empossado novo Conselho Municipal da Criança

Durante a posse hoje dos novos membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, o prefeito em exercício José Fortunati reafirmou o compromisso de trabalhar em conjunto com o Conselho nas iniciativas que beneficiem meninos em vulnerabilidade social. “Continuaremos construindo de forma plural, ampla e consistente. Temos orgulho de ver, gradativamente, reduzir o número de crianças em situação de risco e ser gerada uma sociedade mais fraterna”, afirmou. O novo presidente do conselho é Frei Luciano Elias Bruxel.

        DESTAQUES

Campanha Páscoa Alegre no Linha Turismo

De amanhã a 12 de abril, os passageiros que doarem uma caixa de bombom terão R$ 2,00 de desconto na compra dos ingressos para o city tour. Os doces arrecadados vão garantir a páscoa em entidades assistenciais ligadas à prefeitura. No seu quarto ano, a campanha já resultou na arrecadação de 4,2 mil itens entre balas, pirulitos e chocolates. Reservas para os passeios pelo telefone 3289-6744. Leia mais…

Começam as inscrições para bancas da Feira do Peixe

Quem quiser ocupar uma das 67 bancas de pescado na 229ª Feira do Peixe já pode fazer as inscrições, que foram abertas hoje e vão até quinta-feira, 12. Interessados devem comparecer ao protocolo da Rua dos Andradas, 686, térreo, das 9h às 16h. A promoção é da Smic. Leia mais…

Abertas 200 vagas para a prática de esportes em clubes

Por meio de parceria com clubes da cidade, a Secretaria de Esportes abriu hoje 200 vagas para meninos carentes praticarem as seguintes modalidades de esportes: atletismo, basquete, caratê, capoeira, natação, futsal, ginástica olímpica, hipismo, judô, patinação e vôlei. O projeto é direcionado a jovens com renda familiar de até três salários mínimos. Interessados devem comparecer ao Parque Marinha do Brasil, em frente ao Shopping Praia de Belas, de segundas a sextas-feiras, somente à tarde. Leia mais...
        EVENTOS

Novas Caras apresenta o primeiro espetáculo da temporada

Com a peça Negros Dias, será aberta na quarta-feira a temporada 2009 do Projeto Novas Caras. As apresentações são gratuitas e ocorrem às quartas-feiras, também nos dias 18 e 25 de março e 01 de abril, no Teatro de Câmara Tulio Piva. Na comédia, a diretora Margarida Peixoto retrata o dia que antecede a abolição da escravidão sob a ótica de personagens diversos: uma poderosa família que explora o trabalho escravo, negros à espera do fim da escravidão e abolicionistas. Leia mais…

Prefeitura orienta empresas sobre cadastro do ISSQN

Para evitar que empresas simulem sede em outro município a fim de recolher ISSQN com alíquotas menores, os prestadores de serviço atuantes em Porto Alegre com endereço em outras cidades agora precisam se cadastrar junto à prefeitura. A medida protege estabelecimentos regularizados da concorrência desleal originada pela evasão fiscal. De amanhã a quinta-feira, a prefeitura realiza palestras gratuitas para esclarecer sobre os procedimentos. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail  issqn@smf.prefpoa.com.br. Leia mais…

Jovens carentes recebem capacitação em robótica

Cem jovens dos loteamentos Wenceslau Fontoura, Timbaúva e Recanto do Sabiá, no Bairro Mário Quintana, receberão em 16 de março o diploma de formatura do primeiro Curso Robótica Livre. Parceria entre a Secretaria da Juventude e o Centro Social Marista de Porto Alegre (Cesmar), a iniciativa busca a geração de renda e a formação profissional de jovens com, no mínimo, 14 anos. O evento será às 18h, na sede do Cesmar (Estrada Antônio Severino, 1493, Bairro Mario Quintana). Leia mais…
 

Escolas terão palestras sobre preservação de arroios

Projeto Reviver das Águas, desenvolvido pelo DEP, abriu inscrições para palestras gratuitas sobre preservação de arroios. A atividade é realizada em escolas públicas e particulares e aborda temas como os ciclos natural e urbano da água, questões relacionadas ao lixo, tratamento de esgoto e aterros sanitários. Instituições de ensino interessadas podem fazer sua inscrição pelos telefones 3289-2215 e 3289-2216. Leia mais…

Feira expõe produtos feitos com materiais reciclados

Começou hoje a Feira da Mulher no Mercado Público. Reunindo artesãs atendidas pelos programas Escola Aberta e Economia Solidária, o evento oferece produtos confeccionados com materiais reciclados. “Esse espaço é importante para que Porto Alegre conheça um pouco mais a respeito do que está ocorrendo nas escolas, nos bairros e comunidades”, afirma a coordenadora do Escola Aberta, Maria do Carmo de Souza. A feira segue até sábado, 14, das 8h30 às 19h. Leia mais…
        SERVIÇOS

Sine oferece cem vagas de emprego

Vagas para auxiliar de limpeza, vigilante, eletricista e cozinheiro estão entre as ofertas de emprego do Sine Porto Alegre. A entidade elabora os currículos dos candidatos aos empregos e encaminha às entrevistas previamente marcadas. Quem estiver interessado deve comparecer na Avenida Mauá, 1013, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Confira as vagasLeia mais…
        TEMPO HOJE
        VEJA PAUTAS DO DIA
Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.
 criado por jornalnegritude     1:39:14 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Veja Porto Alegre

 10 a 15 de março de 2009
 
 63 

Encontre na cidade:   Restaurantes | Bares | Comidinhas | Cinema
1
5084aa
EXPOSIÇÕES
Corpo Humano - Real e Fascinante 
Corpos e órgãos de pessoas mortas por causas naturais compõem está exposição que já passou por várias cidades do mundo. Fica em Porto Alegre até 10 de maio no BarraShoppingSul.
2
5084aa
COMIDINHAS
Confeitaria Princesa 
O melhor cachorro quente da cidade, segundo VEJA Porto Alegre, está na cinquentenária confeitaria. O recheio leva salsicha feita por encomenda, leva molhos de tomate e mostarda também feitos no local.
3
5084aa
SHOWS
Marcelo D2 no Opinião 
O rapper carioca mostra em Porto Alegre, na quinta (12), o show de seu último trabalho, A Arte do Barulho. Ele relembra sucessos de outros CDs.
4
5084aa
CINEMA
Estreia de Jogo entre Ladrões 
Morgan Freeman e Antonio Banderas protagonizam dois ladrões que planejam um grande e arriscado golpe: roubar as joias mais valiozas do mundo, trancadas em um joalheria russa. Estreia prometida para sexta (13).
5
5084aa
TEATRO
Projeto Sesc Rio Grande no Palco 
Teatro do SESC Centro traz três peças de teatro para um programação especial em março. No sábado (14), é a vez de Eu Sou Minha Própria Mulher, interpretado por Edwin Luisi.
6
5084aa
DANÇA
Geraldas e Avencas 
Com trilha sonora original de Zeca Baleiro, o espetáculo de dança propõe uma reflexão sobre a estética do mundo contemporâneo e a padronização humana. Em cartaz no Theatro São Pedro, domingo (15).
7
5084aa
BARES
Segunda Maluca no Opinião 
As banda Cartolas (foto) e Locomotores se apresentam segunda (16) no bar, a partir das 22h. Os ingressos antecipados estão a R$ 15 e R$ 20 na hora. A discotecagem fica por conta do DJ Jamaica.
 criado por jornalnegritude     1:34:32 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Troféu Ana Terra

Em solenidade realizada no Teatro São Pedro, com delegações de 27 regiões (coredes) do Estado, foram agraciadas as mulheres que se destacaram na atuação social no último ano, indicadas pelos conselhos municipais e regionais.

VACARIA - A advogada Maria Beloni da Silva Rodrigues foi uma das agraciadas com o troféu Ana Terra, pelo seu trabalho na recuperação de drogaditos. Destacou-se também na promoção de eventos culturais, como a Semana Farroupilha. Representou Vacaria e o Corede dos Campos de Cima da Serra. O ato foi prestigiado pela vice-prefeita, Vera Marcelja, e a direção do Conselho Regional de Desenvolvimento.

LAGOA VERMELHA - A senhora Maria Eloá da Silva Trein foi agraciada com o troféu Ana Terra, pelo seu trabalho na fundação e direção da Liga Feminina de Combate ao Câncer, ao longo dos últimos 26 anos. Foi prestigiada pelo prefeito Getúlio Cerioli e familiares.

CAXIAS DO SUL - Pelo trabalho na direção dos Renais Crônicos de Caxias do Sul, a senhora Isoldi Elizabetha Chies foi agraciada com o troféu instituído pelo Governo do Estado e pelos Coredes, juntamente com outras 26 mulheres do ato.

O deputado Francisco Appio, vice-presidente da Assembleia Legislativa, representou o parlamento gaúcho, prestigiando as mulheres de nossa região, no concorrido evento na tarde da segunda-feira (09/03), em Porto Alegre.

Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini


Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br
 criado por jornalnegritude     1:30:13 am — Arquivado em: Deputado Estadual Francisco Appio — Editar

Carta para Yeda

O deputado Francisco Appio, em audiência com a Governadora Yeda Crusius, na manhã da terça-feira (10/03), entregou a carta de reivindicações da região que representa na Assembleia Legislativa. Chamou a atenção de que não há nenhuma obra em andamento em 39 municípios dos Coredes Nordeste e Campos de Cima da Serra.

Acesse www.appio.com.br e leia a carta entregue pelo parlamentar a Governadora do Estado.


Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

 criado por jornalnegritude     1:25:12 am — Arquivado em: Deputado Estadual Francisco Appio — Editar

Assalto de Locutor SOS Caminhoneiro

Francisco Dias é a voz que identifica o SOS Caminhoneiro (serviço de orientação e apoio aos motoristas gaúchos) nas manhãs da Rádio Gaúcha e dezenas de emissoras do interior, encarregado de transmitir informações e auxiliar na busca de motoristas e caminhões desaparecidos. O serviço é inédito e gratuito, criado pelo deputado Francisco Appio na década de 90 na serra gaúcha.

Na manhã de segunda-feira (09/03), quando se dirigia para a Assembleia, onde assessora o parlamentar, Francisco Dias teve uma surpresa ao transformar-se em mais uma vítima de assalto e da violência descontrolada das ruas. O repórter foi abordado por tripulantes de uma moto, sendo que na carona estava uma mulher armada de revólver. Ao ser rendido pela dupla, mediante ameaça da arma, Francisco Dias perdeu sua pasta com documentos, telefone, cartões de crédito e uma quantia em dinheiro. Protegido pelos capacetes, o casal fugiu sem deixar pistas.

À vítima restou a obrigação de registrar queixa, enquanto recupera-se do susto e da ameaça. O assalto ocorreu em ponto de ônibus na avenida Ipiranga, sentido bairro-centro. Francisco Appio lamentou o ocorrido, lembrando que também foi assaltado em 1991. O uso da moto para assalto reforça sua luta contra a instituição do moto táxi que segundo o parlamentar, facilita a ação dos bandidos.


Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

 criado por jornalnegritude     1:18:19 am — Arquivado em: Deputado Estadual Francisco Appio — Editar

Luta das mulheres da Via Campesina

JACQUES DIOUF -Diretor-Geral da FAO elogia luta das mulheres da Via Campesina, que seguem em Jornada  

No segundo dia de mobilizações em torno da Jornada das Mulheres da Via Campesina, uma comissão de agricultoras foi recebida em Brasília pelo Diretor-Geral da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), Jacques Diouf. No encontro, Diouf ouviu um relato das ações que as camponesas realizam nesta semana para denunciar a prioridade do governo ao agronegócio e às empresas transnacionais do setor exportador, especialmente da agricultura, enquanto deixa em segundo plano os trabalhadores rurais, a produção de alimentos e a Reforma Agrária.

O dirigente da FAO afirmou que a ONU defende as mesmas proposições da Via Campesina e que sua luta é “justa e necessária”, e relacionou a atuação do agronegócio no campo brasileiro ao aumento da fome. Para Diouf, o Estado deve financiar a pequena agricultura, uma vez que a “agricultura empresarial tem plenas condições de se sustentar”. Diouf ressaltou, ainda, que a realização da Reforma Agrária, a limitação da propriedade da terra e a atualização dos índices de produtividade são condições para o fim da fome no Brasil. “Um país só tem soberania e desenvolvimento se nele houver terra para produzir alimento”, afirmou.

Também em Brasília, um grupo de cerca de 350 mulheres, integrantes de movimentos sociais urbanos e da Via Campesina, realizaram uma vigília em frente ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF) para protestar contra a recente ofensiva da direita contra os movimentos sociais. “A Justiça deveria prender os assassinos dos mais de 1.500 trabalhadores e trabalhadoras rurais mortos na última década, em vez de criminalizar nossas companheiras Sem Terra, que lutam pelo justo direito à reforma agrária, que lutam pela vida”, afirmou Isabel Freitas, integrante da Marcha Mundial de Mulheres. Durante a vigília, as mulheres depositaram faixas de protesto na estátua que simboliza a Justiça. No Senado Federal, outro grupo de mulheres da Via Campesina participaram do lançamento da Aliança Camponesa Ambientalista em Defesa da Reforma Agrária e do Meio Ambiente, ao lado de pastorais sociais/CNBB e organizações ambientalistas.

Novos protestos e repressão

As mulheres da Via Campesina seguem com as mobilizações e atividades em torno do Dia Internacional da Mulher por um modelo agrícola baseado na pequena agricultura, através da realização da reforma agrária, e por uma política econômica voltada para a geração de empregos para a população. Hoje (10/03), foram realizados novos protestos em Pernambuco e no Pará. No Rio Grande do Sul e em São Paulo, as mulheres sofreram ameaças e repressão.   

Em Pernambuco, cerca de 700 mulheres ocuparam na manhã de hoje (10/03) as sedes da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco) nas cidades de Petrolina e Petrolândia (PE), para protestar contra o avanço do agronegócio na região através dos grandes projetos de irrigação que vêm sendo implantados pela Codevasf na região do Sertão do São Francisco.
”O Governo federal, através da Codevasf, está investindo milhões em está investindo milhões de reais em projetos como a transposição do Rio São Francisco, o Pontal
Sul e o Canal do Sertão, para a construção de infra-estrutura de irrigação voltada para o agronegócio. Esses projetos desalojam centenas de pequenos agricultores e agricultoras, camponeses que vivem em assentamentos da Reforma Agrária à beira do Rio São Francisco não possuem nenhum sistema de irrigação para suas lavouras, e não há nenhum investimento público para a construção de tais sistemas”, denunciam as pernambucanas.
No Pará, 250 mulheres realizaram estudos sobre soberania alimentar, questão agrária e a violência no estado no acampamento Helenira Rezende, na Fazenda Cedro, município de Marabá. A fazenda, ocupada desde 1 de março, pertence ao banqueiro Daniel Dantas e possui criação ostensiva de gado de exportação, um dos principais motivos da destruição da floresta e da biodiversidade local. A área era uma reserva de castanha-do-pará, cuja concessão para a extração havia sido dada aos membros da família Mutran - conhecidos na região pela sua truculência e como os maiores e mais poderosos latifundiários do estado – por meio do aforamento. As castanheiras foram derrubadas para dar lugar ao pasto e assim, a fazenda foi vendida a Dantas por R$ 85 milhões. No final de janeiro, a Justiça bloqueou cerca de 10 mil hectares a pedido do Governo do Pará.
As mulheres denunciam ainda a ilegalidade de todas as 49 fazendas adquiridas por Daniel Dantas em 11 municípios, muitas com suspeitas de grilagem e ocorrências de trabalho escravo. A Polícia Federal suspeita que este investimento em gado seja feito para lavagem de dinheiro. Dantas também é investigado pelo Ministério Público e PF por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha pela Operação Satiagraha.
Na manhã desta terça-feira (10/03), pelotões da Brigada Militar do Rio Grande do Sul reprimiram violentamente as 700 mulheres da Via Campesina que estavam acampadas na Fazenda Ana Paula, da Votorantim Celulose e Papel (VCP), em Candiota. As camponesas foram revistadas, cercadas pelo Batalhão de Operações Especiais (BOE) e tiveram seus pertences destruídos. Elas saíram da área e exigem a libertação de seis mulheres detidas e de um padre que apoiava a atividade. Mais uma vez, as mulheres denunciam a ação truculenta da Brigada Militar contra os movimentos sociais no Rio Grande do Sul. “Mulheres e crianças são novamente alvo da violência da polícia naquele estado, cujo governo defende os interesses de empresas que degradam o meio ambiente, expulsam o camponês e não geram emprego”, afirma Marina dos Santos, da coordenação da Via Campesina.
Em São Paulo, também pela manhã de hoje, oficiais de justiça acompanhados de um representante da Cosan (a maior usina de açúcar e etanol do mundo em capacidade de moagem de cana, símbolo do setor sucroalcooleiro) tentaram entregar uma reintegração de posse às mulheres que ocupam desde ontem uma área da empresa no município de Barra Bonita, em São Paulo. Calados, os oficiais deixaram que o representante da Cosan tomasse a frente da entrega do documento. Ele ameaçou utilizar violência policial para retirar as cerca de 600 mulheres e 40 crianças que estão no local. Seguranças privados armados e sem identificação rondam o acampamento com motos e carros na intenção de intimidar as mulheres. Em assembléia realizada pela manhã, as mulheres decidiram permanecer no local e continuar o corte da cana para a ampliação do acampamento.
Em Alagoas, cerca de 1500 mulheres ocuparam ontem (09/03) a fazenda Campo Verde (a 65 km de Maceió, no município de Branquinha), para exigir sua vistoria pelos órgãos governamentais e a consequente desapropriação das terras. O usineiro e ex-deputado federal João Lyra, dono da fazenda, recebeu no ano passado notificação por prática de trabalho escravo, quando 61 trabalhadores foram libertados por um grupo móvel do Ministério do Trabalho.
A dominação fundiária da monocultura da cana-de-açúcar gera em Alagoas uma brutal concentração de terras e riquezas, produzindo miséria, exploração da classe trabalhadora e degradação ambiental.Ainda esta semana, será protocolado um pedido oficial ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de vistoria e desapropriação da área.
Ontem, foram realizados protestos em outros sete estados (Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Espírito Santo, São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná) e em Brasília.
Existem no Brasil 130 mil famílias acampadas e mais de quatro milhões de famílias sem-terra. “A realização da Reforma Agrária e a consolidação de um novo modelo agrícola dependem da derrota do modelo econômico vigente. A oferta de crédito rural do governo federal para a agricultura empresarial nesta safra (2008/09) é de R$ 65 bilhões e de apenas R$ 13 bilhões para a agricultura familiar, com isenção dos impostos de exportação. Exportar somente matéria-prima não desenvolve o país, nem distribui renda”, afirma Itelvina Masioli, integrante da Via Campesina.
Informações à imprensa:
Maria Mello – (61) 8464 6176
Igor Felippe – (11) 3361 3866