Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Maria do Rosário sofre uma Denúncia


O Ministério Público Eleitoral gaúcho recebeu na semana passada uma denúncia contra a deputada petista Maria do Rosário, candidata derrotada na eleição para a prefeitura de Porto Alegre em 2008. Os advogados da empresa de marketing que fez sua campanha, a 2008 Comunicação, a acusam de ter dado um calote de 1,95 milhão de reais em seu cliente. Seria só uma questão comercial não fosse o fato de a petista ter deixado de declarar, segundo os advogados, a despesa e a dívida à Justiça Eleitoral – o que constitui crime de falsidade ideológica e estelionato. Se for processada e condenada, ela não poderá se reeleger. É o que prevê o projeto Ficha Limpa.

* Clipping da revista Veja deste domingo.
Postado por JPSDB-RS às 16:31

Trabalho Escravo

Mais de 300 manifestantes de movimentos socaiis, da via campesina e de artistas do movimento Humanos direitos do Rio de Janeiro, realizaram manifestação em frente ao congresso nacional dia 27 de maio passado.
Deixaram plantadas, mais de 100 cruzes com o nome dos fazendeiros, que a Policia federal encontrou trabalho escravo, nos ultimos anos.
A media anual está sendo de 4 mil trabalhadores libertados pela PF;
Mas os fazendeiros nao sao punidos. Por isso é fundamental para interromper a impunidade a aprovaçao da PEC 438, que ja passou pelo Senado, qye determinado a desaprorpiaçao das fazendas que ainda tem coragem de acumular riqueza com trabalho escravo.

Já a grande imprensa, apesar do registro de seus fotografos, nao colocou uma linha.
Nao é por nada que a Rede Globo, o grupo abril e o grupo estado são membros efetivos da Associaçao Brasileiro do agronegocio. Tudo a ver!

Bagun S.A




Espetáculo do Circo que está em vacaria RS

Inter Goleia o Furacão



aumentar fonte: a a a
30/05/2010

Inter goleia o Atlético-PR no Gigante


Sob o comando do interino Enderson Moreira, o Inter enfrentou o Atlético-PR com algumas mudanças no time. Lauro entrou na vaga de Abbondanzieri, que foi poupado para realizar um trabalho de aprimoramento técnico. Segundo o preparador Clemer, o goleiro argentino não vinha tendo tempo para treinar em função da sequência de jogos, e por isso ele não foi aproveitado nesta partida O time não pôde contar com Nei, D'Alessandro e Taison, todos lesionados. Fabiano Eller, expulso contra o Vasco, completou os desfalques.


Inter, de Guiñazu, subiu para a 10ª posição com a vitória sobre o Atlético-PR

O Inter foi escalado no esquema 4-4-2, com Lauro; Glaydson, Bolívar, Sorondo e Kleber; Sandro, Guiñazu, Giuliano e Andrezinho; Walter (foto ao lado) e Alecsandro. Curiosamente, o Atlético-PR também foi dirigido por um técnico interino, Leandro Niehues.

Primeiro tempo morno

O Inter partiu para cima da defesa paranaense nos instantes iniciais do jogo. Logo a 1min, Alecsandro escorou de cabeça na entrada da área para Guiñazu, que chutou mascado para escanteio. O time valorizava a posse de bola com boa troca de passes no meio-campo, mas tinha dificuldades na criação das jogadas.

Após um começo em alta velocidade, o ritmo do jogo diminuiu bastante. A primeira chance real de gol do Inter foi criada aos 12min: Alecsandro roubou a bola da zaga e tocou para Walter chutar forte para a boa defesa do goleiro Neto. A resposta do Atlético-PR veio aos 17min. Marcio Azevedo avançou pela esquerda e cruzou para Bruno Mineiro, que superou Kleber na bola aérea e cabeceou. A conclusão foi para fora, à direita de Lauro.

As finalizações eram raras. O time colorado conseguiu outro arremate somente aos 32min, em um chute de Alecsandro que foi defendido pelo goleiro atleticano. Aos 35min, Branquinho experimentou de longe e Lauro defendeu sem problemas no canto direito. O Inter chegou com perigo aos 38min. Andrezinho escorou para Bolívar que cabeceou de dentro da pequena área para a boa defesa de Neto. Já no finalzinho do primeiro tempo, aos 45min, Andrezinho cobrou o escanteio e Bolívar desviou de cabeça para Sandro finalizar com força por cima do gol.

Começo fulminante na etapa final

O Inter voltou para o segundo tempo disposto a mudar o panorama da partida. Acelerou a troca de passes e adiantou a marcação no meio-campo, dificultando as ações do Atlético-PR. Os avanços pelos lados do campo também passaram a ser explorados. O time colorado abriu o placar em uma jogada de bola parada, aos 4min: Kleber cobrou para a área e Walter concluiu mascado com a zaga. No rebote, ele mesmo estufou as redes. Porém, o árbitro atribuiu o gol a Alecsandro na súmula.

Jogo resolvido em 12 minutos

Nem deu tempo para o Atlético-PR se recuperar do primeiro gol. Aos 6min, Bolívar cabeceou cruzado e Sorondo concluiu, em cima da linha, para fazer 2 a 0. Só dava Inter na etapa final. Aos 12min, Walter fez bom passe para Andrezinho concluir com categoria, da meia-lua, no cantinho direito de Neto. 3 a 0! Foi também o terceiro gol de Andrezinho no Brasileirão.


Sorondo (C) prepara-se para marcar o segundo gol contra os paranaenses

Aos 16min, Valência foi expulso, complicando ainda mais as coisas para o time de Curitiba. O técnico Enderson Moreira fez a primeira alteração aos 22min, colocando Edu no lugar de Walter. Aos 25min, Guiñazu desarmou o jogador adversário e tocou para Giuliano chutar da entrada da área para a defesa do goleiro. Aos 29min, Andrezinho cobrou falta e Edu desviou perigosamente de cabeça. A bola passou raspando a trave esquerda. Logo depois, Sandro deixou o jogo para a entrada de Wilson Matias.

Alecsandro marca golaço

O Inter estava inspirado no ataque. Aos 31min, Alecsandro roubou a bola do zagueiro pelo lado esquerdo da grande área e chutou cruzado, no ângulo, marcando um gol de placa no Beira-Rio: 4 a 0! Foi o 43º gol do centroavante, em 92 jogos com a camisa colorada. Aos 33min, Thiago Humberto entrou no lugar de Giuliano.

Atlético-PR faz o de honra

Aos 39min, Manoel desviou em posição duvidosa uma cobrança de falta e descontou para o time paranaense. Aos 41min, Marcelo cruzou e Tartá concluiu com perigo pelo lado de fora da rede. O Inter quase chegou ao quinto aos 44min, em um chute de fora da área de Alecsandro que Neto salvou para escanteio.

A primeira vitória em casa no Brasileirão estava garantida. O Inter chega aos seis pontos e sobe para a décima posição na tabela de classificação. Na próxima quinta (3/6), o time colorado encara um clássico contra o Corinthians, no Pacaembu.

"Foi uma importante vitória para a retomada da confiança. Enfrentamos um adversário dificil, que sabia das nossas dificuldades. Ficamos ansiosos no primeiro tempo e por isso o gol não saiu. Já a etapa final, foi com qualidade e tranquilidade", comemorou Andrezinho.

"A palavra do vestiário foi fundamental para ganharmos. Tínhamos que esperar o melhor momento de atacar. O adversário não teve grandes chances. A contenção defensiva foi excelente. Foi uma boa atuação do Inter e a vitória fo muito importante para nós", afirmou o vice de futebol Fernando Carvalho.

"Foi tudo muito rápido. Não tive tempo para treinar o time, então muita coisa foi na base da conversa. Mas os jogadores foram muito conscientes e fizeram uma grande partida. No intervalo, a mensagem para eles foi de passar tranquilidade. O Atlético-PR veio com uma proposta muito clara, de exploar nossos defeitos. Mas tínhamos a consciência que poderíamos vencer esta partida, o que depois aconteceu. Demos poucas chances para o adversário concluir a gol. De modo geral, o Inter fez um grande jogo hoje", avaliou o técnico Enderson Moreira.", elogiou o técnico interino Enderson Moreira.

Internacional (4): Lauro; Glaydson, Bolívar, Sorondo e Kleber; Sandro (Wilson Matias), Guiñazu, Giuliano (Thiago Humberto) e Andrezinho; Walter (Edu) e Alecsandro. Técnico: Enderson Moreira.

Atlético-PR (1): Neto; Manoel, Rhodolfo e Leandro; Lisa (Deivid), Valencia, Chico, Paulo Baier (Tartá), Branquinho e Marcio Azevedo; Bruno Mineiro (Marcelo). Técnico: Leandro Niehues.

Gols: Alecsandro (I), aos 4min do segundo tempo. Sorondo (I), aos 6min do segundo tempo. Andrezinho (I), aos 12min do segundo tempo. Alecsandro (I), aos 31min do segundo tempo. Manoel (A), aos 39min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Bruno Mineiro,Valencia e Chico (A); Walter, Guiñazu e Andrezinho (I). Expulsão: Valencia (A).

Público: 11.058 (9.279 pagantes) / Renda: R$ 125.770,00.

Arbitragem: Célio Amorim, auxiliado por Marco Antônio Martins e Kléber Lúcio Gil (trio catarinense).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.



Fonte: Internacional

Easy Rider - Smith - The Weight

Dennis Hopper, 1936-2010

Morte de Denis Hopper





31/05/2010 10h09 - Atualizado em 31/05/2010 10h09
Slash e Katy Perry fazem homenagens a Dennis Hopper
Ator e diretor morreu no sábado, aos 74 anos, de câncer de próstata.
'Vejam ‘Veludo azul’. Meu Dennis Hopper favorito', sugeriu cantora.
Do G1, com agências internacionais

imprimir Não é só no cinema que o ator e diretor Dennis Hopper era idolatrado. Músicos fizeram uma homenagem ao ícone da contracultura americana. Ele morreu no sábado (29), aos 74 anos, cercado por parentes, em sua casa em Venice, no subúrbio de Los Angeles.

Slash, ex-guitarrista do Guns N’ Roses, escreveu no Twitter (serviço de microblog), lembrando o ator de "Sem destino" (no título original, "Easy rider") e “Apocalipse Now”:

“Você não dá valor para os grandes até que eles se vão. Descanse em paz, Dennis Hopper”.

A cantora Katy Perry recomendou via Twitter um filme com o ator, um dos mais famosos de sua carreira:

“Vejam ‘Veludo azul’. Meu Dennis Hopper favorito”

O produtor britânico Paul Epworth, que já trabalhou com Bloc Party, concorda com Perry:

“Muito triste postar ‘descanse em paz’ Dennis Hopper. Obrigado pelos personagens que você criou, especialmente ‘Mad Frank’ (de ‘Veludo azul’). Seu gênio fará falta”.

Hopper sofria de câncer na próstata e morreu de complicações decorrentes da doença. Segundo a agência de notícias EFE, o ator recebia tratamentos contra o câncer desde outubro, por meio de um programa especial da Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles.

Dennis Hopper deixa quatro filhos. O funeral do ator está sendo organizado.

Divórcio conturbado
Lutando contra o câncer há tempos, sua condição de saúde piorou em setembro, mas Hopper continuou a trabalhar até o fim de sua vida, tanto na série norte-americana de TV "Crash" (baseada no filme homônimo, de 2008), quanto na produção de um livro de fotografias (um de seus principais hobbies, ao lado da pintura e da escultura).

Seus últimos meses de vida foram marcados pelo divórcio conturbado de sua quinta esposa, a atriz Victoria Duffy.

De acordo com a revista "US Magazine", o motivo que levou Duffy a pedir o divórcio do ator, em janeiro, foi uma discussão sobre testamento e o valor que ela receberia após a morte de Hopper.


Dennis Hopper, morto neste sábado (29), ao lado de
sua ex-mulher, Victoria Duffy: últimos meses de vida
foram marcados por divórcio conturbado. (Foto: AP)Dentre seus casamentos, que marcam uma vida agitada (com vício em drogas e álcool), está uma união com a cantora Michelle Phillips, do grupo Mamas and the Papas, em 1970. O casamento durou oito dias e segundo ela declarou à época à revista "Vanity Fair", terminou devido ao tratamento "brutal" a que era submetida.

Em declaração polêmica acerca de seu estilo de vida, o ator chegou a revelar que gostava de "cheirar carreiras de cocaína do tamanho do braço para continuar podendo beber galões de álcool".

Veja galeria de fotos da trajetória do ator e diretor


"Sem destino"
Dennis Hopper dirigiu e atuou em "Sem destino", de 1969, road movie que é considerado sua obra-prima e pilar da contracultura e do movimento hippie na década.

"Nós olhávamos para toda a década dos 60 e ninguém havia feito um filme com alguém fumando maconha sem sair por aí e matar um punhado de enfermeiras", disse Hopper à "Entertainment Weekly", em 2005. "Eu queria que 'Sem destino' fosse uma cápsula do tempo sobre aquele período."


Dennis Hopper e sua filha Galen, em homenagem
realizada em Hollywood em março. (Foto: Reuters)Segundo a crítica, "Sem destino" mudou a história do cinema norte-americano ao abrir caminho nos anos 1970 para uma nova geração de diretores em Hollywood, como Coppola e Martin Scorsese.

Obra no cinema
Hopper teve uma carreira prolífica, que durou mais de 50 anos. Ele surgiu ao lado de James Dean em "Rebelde sem causa" e "Assim caminha a humanidade", nos anos 1950. Também atuou em "Apocalypse now", de Francis Ford Coppola, e "Veludo azul", de David Lynch.

O ator também viveu vilões em filmes de grande orçamento na indústria do cinema, como em "Velocidade máxima" e "Waterworld".

Ele recebeu duas nomeações para o Oscar: uma pelo roteiro de "Sem destino", e outra pela atuação como um técnico de basquete alcoólatra em "Hoosiers", de 1986.

Em março, já com a saúde bastante debilitada, o astro recebeu uma homenagem de Hollywood por sua trajetória no cinema: uma estrela na Calçada da Fama, localizada no coração da cidade que é berço do cinema dos EUA.


O ator e diretor Dennis Hopper, de 'Easy rider', morto neste sábado (29), em foto de 2009 (Foto: Reuters)imprimir

Fonte: G1

Samblog

Para: jornalnegritude@yahoo.com.brSamblog - clicRBS


--------------------------------------------------------------------------------
Vila Isabel aposta em novo casal

Posted: 29 May 2010 03:18 PM PDT

Gisele Mendonça e Alexandre Becker, como passistas, no desfile de 2010 Foto: Mauro SchaefferEles vão trocar os passos velozes de passista pelo bailado suave do mestre-sala e da porta-bandeira. Com a saída de João Boff e Rosicler, a Vila Isabel achou em casa a solução para conduzir o pavilhão da escola em 2011...
Festa e homenagens com os Guaianazes

Posted: 28 May 2010 05:12 PM PDT

Fotos Luiz Armando VazNo próximo dia 4, a taba dos Guaianazes vai invadir o Partenon Tênis Clube para a festa organizada pelo presidente Bartochack. A comemoração será para festejar os destaques do Carnaval passado e homenagear os fundadores da tribo carnavalesca...
You are subscribed to email updates from Samblog - clicRBS
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610

Corinthians Golea os Meninos da Vila


Corinthians mantém-se na liderança

A vitória de 4 a 2 sobre o Santos valeu ao Timão a liderança isolada do Brasileirão
Crédito: Hélvio romero / ae / cp
A vitória de 4 a 2 sobre o Santos valeu ao Timão a liderança isolada do Brasileirão
Crédito: Hélvio romero / ae / cp


O Corinthians venceu o clássico com o Santos por 4 a 2, ontem, no Pacaembu, e manteve-se na liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 13 pontos. Seus perseguidores mais próximos são o são Ceará, com 11 pontos, e Fluminense, com nove. Na próxima rodada, o Timão recebe o Inter, às 21h, novamente no Pacaembu.

Já o Santos, que assumiria a liderança se tivesse vencido os rivais, caiu para a oitava colocação, com oito pontos. O time dos Meninos da Vila tentará a recuperação na quarta-feira, às 21h50min, contra o Cruzeiro, no estádio do Mineirão.

Os gols do Corinthians no clássico foram marcados por Jorge Henrique, Bruno César, Ralf e Paulinho. Os dois últimos foram celebrados em forma de deboche: os corintianos simularam uma pescaria, em alusão ao mascote do Santos, que é uma baleia. Os santistas descontaram com André e Marcel.

Em outro clássico realizado na rodada, o Botafogo e o Vasco empataram em 1 a 1 no Engenhão. Os vascaínos saíram na frente com Ernani, aos 26 minutos do primeiro tempo. O ex-gremista Herrera igualou de pênalti, aos 35 minutos.

O surpreendente Ceará, vice-líder, recebeu o Cruzeiro no Castelão e ganhou por 1 a 0. O gol foi marcado pelo meio-atacante Lopes, ex-Juventude e Palmeiras. O Fluminense, que no ano passado lutou até a última rodada para não ser rebaixado, está em terceiro e ontem foi até o Mineirão, aplicando 3 a 1 no Atlético Mineiro, de virada. Os gols cariocas foram marcados por Gum, Allan e Fred. Muriqui descontou.

No terceiro clássico regional da rodada, o Goiás venceu o Atlético-GO por 3 a 1 no Serra Dourada. As duas equipes, no entanto, permanecem na zona de rebaixamento. Romerito (duas vezes) e Bernardo marcaram para o Goiás. Elias diminuiu.








--------------------------------------------------------------------------------

ESPORTES > esportes@correiodopovo.com.br

Cruzeiro na Semifinal da Segundona


Cruzeiro empata e fica com vaga na semifinal

Atacante Adriano, do Cruzeiro, tenta o gol em partida que valia a classificação
Crédito: antônio rocha / especial / cp
Atacante Adriano, do Cruzeiro, tenta o gol em partida que valia a classificação
Crédito: antônio rocha / especial / cp


O Cruzeiro de Porto Alegre segurou o empate por 0 a 0 com o Guarany, ontem à tarde, em Bagé, e ficou com a quarta e última vaga do quadrangular final do Campeonato Gaúcho Série B 2010. Lajeadense e São Paulo, na chave 8, e Brasil de Farroupilha, na 7, já tinham garantido vaga com uma rodada de antecipação. Nesta decisiva fase, a semifinal, os times jogam entre si, todos contra todos, em turno e returno. Os dois melhores classificam-se para a Série A de 2011 e decidirão o título em duas partidas.

O quadrangular começa na noite desta quarta-feira, em Rio Grande, com São Paulo x Brasil de Farroupilha. Na tarde do feriado desta quinta-feira, a partir das 15h, o Cruzeiro enfrentará o Lajeadense, no estádio Estrelão, na zona Leste da Capital. O time de Lajeado foi o melhor da terceira fase, com 16 pontos em 18 disputados. Na noite de sábado, pela última rodada da terceira fase, o Lajeadense derrotou o São Paulo de Rio Grande por 3 a 1.

Ontem, além do empate entre Guarany e Cruzeiro, o Riograndense despediu-se com uma vitória por 2 a 0 sobre o classificado Brasil de Farroupilha, em Santa Maria. A classificação do Cruzeiro foi dramática e heroica. Com melhor saldo, precisava só empatar. E conseguiu.








--------------------------------------------------------------------------------

ESPORTES > esportes@correiodopovo.com.br

Articulação das Lideranças Negras

Estimado amigo Hamilton Lara e demais.

No dia 112 de junho, a partir das 09 horas da manhã, no Plenárinho da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, com a presença do Senador Paulo Paim, do Ex-governador Alceu Collares, do Ex-prefeito Barbosinha e de muitas lideranças do movimento negro e simparizantes, estaremos realizando o Seminário de Articulação da IV Marcha Estadual Zumbi dos Palmare, com o Tema: De Zumbi a João Cândido, 100 anos sem chibata na Marinha Brasileira".

A presença de vcs e muito importante neste evento.

Asé.
José Antonio dos Santos da Silva
51.91792404 - Claro
53.99491618 - Vivo
61.99935991 - Vivo
11.61516805 - Oi

Quem é de Axé diz que é!
No Censo de 2010 declare seu amor ao seu Orixá
Diga que é do Santo, diga que é do Axé
Pois quem é de Umbanda, quem é de Candomblé
Não pode ter vergonha, tem que dizer que é!!!


Ogun ko ni fe o si ewu lona wa

"Com a proteção de Ogun não haverá nenhum perigo em nosso caminho".

"Ubuntu" é uma antiga palavra Africana, cujo significado é "humanidade para todos". Ubuntu também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Página Pessoal - http://joseantoniodossantosdasilva.blogspot.com
http://twitter.com/JASSRS62
Página da UNEGRO Nacional - www.unegro.org.br



Em 28 de maio de 2010 14:31, Hamilton Lara Lara escreveu:

Boa Tarde meus irmãos ( ãs) Estou informando meu novo e.mail certo agora.
hamiltonlara57@yahoo.com Nosso endereço é Rua Caetano Dhil nº 129 bairro São Caetano/Cidade de Alvorada/RS CEP 94820-300 Tel. 51. 34112410 ou 84610253
CCDH/Coordenadoria de Cidadania e Direitos Humanos/Espaço da Diversidade Racial
Conselho da Comunidade Negra de Alvorada/RS

Meninas do Tambor

O som das meninas do tambor
A Mulherada percussionista do Brasil

Uma mensagem a todos os membros de O som das meninas do tambor

Oi Pessoal, tudo bem!



Dia 02 de julho vamos comemorar 09 anos do Instituto A Mulherada e vcs são nossos convidados (as).

Fiquem ligados , em breve vamos contar como vai ser esta comemoração.. Aguandem....



um abraço



Monica Kalile


Visite O som das meninas do tambor em: http://amulherada.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

62 Anos de Israel

Estado e Secretaria da Segurança presentes na festa dos 62 anos de Israel
30/05/2010 12:03


O governo do Estado, por meio das organizações vinculadas à Secretaria da Segurança Pública (Brigada Militar, Polícia Civil, Superintendência dos Serviços Penitenciários e Instituto-Geral de Perícias) prestigia a 23ª edição da Festa da Rua, que ocorre neste domingo (30), na Rua João Telles, bairro Bom Fim, em Porto Alegre. O evento celebra os 62 anos de independência do Estado de Israel e acontece durante todo o dia, sendo aberto ao público.

A Polícia Civil estará presente com agentes dos Departamentos Estaduais da Criança e do Adolescente (Deca) e de Investigações do Narcotráfico, além das Delegacias do Idoso e da Mulher, do Serviço de Assistência Social do Departamento de Administração Policial (SAS/ DAP) e do Grupamento de Operações Especiais (GOE), do Departamento de Polícia Metropolitano (DPM). Os policiais circularão pelo local distribuindo folders, dando orientação para as mulheres, idosos, crianças e adolescentes, bem como fornecendo informações para procedimentos em situações de uso de drogas e outras situações de risco. O SAS realizará a medição de pressão e fornecerá dicas para uma boa saúde. Durante o evento, a comunidade poderá assistir uma amostra de vídeo de ações da Polícia Civil.

O Instituto-Geral de Perícias (IGP), por sua vez, estará com dois servidores à disposição do público. Em tenda equipada com computador e impressora, eles estarão ofertando o agendamento eletrônico da Carteira de Identidade e distribuindo folders, para esclarecer sobre todos os serviços do DI colocados à disposição da comunidade gaúcha. A iniciativa do IGP acontece das 8h30min às 16h. O agendamento eletrônico da Carteira de Identidade (CI) foi instituído pelo Instituto com o objetivo de facilitar a vida dos usuários do Departamento de Identificação, principalmente, no que diz respeito à comodidade e rapidez, uma vez que esse serviço oferece aos seus optantes um atendimento diferenciado, rápido e seguro.

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) terá um espaço especial para venda de produtos artesanais, produzidos pelos apenados do Rio Grande do Sul, e para o trabalho desenvolvido pelo Programa Multiplicadores Para a Paz (MC’s Para Paz), um grupo de presos que venceu o vício em Crack compondo e dançando com base no hip-hop. Ambas as ações estarão sendo coordenadas pelo Departamento de Tratamento Penal (DTP), da Susepe. A apresentação dos MC’s será às 11 horas.

Já a Brigada Militar prestigia o evento com a Banda de Música da BM, que fará apresentação musical no abertura do evento. Também será apresentada exposição institucional contendo fardamentos históricos, materiais e equipamentos de atividades especializadas, banners e folders dos Programas de Resistência às Drogas (Proerd), BM Amiga, Polícia Cidadã, objetivando informar ao público sobre as atividades preventivas desenvolvidas pela instituição.

Polícia Investiga Homícidio

Polícia investiga o 11° homicídio do ano
Homem foi morto com dois tiros na sexta-feira

A Policia Civil de Vacaria segue com as investigações do décimo primeiro homicídio registrado no ano em Vacaria. O assassinato ocorreu na última sexta-feira, 28/05, as 22h30min, na rua Fernando de Noronha, bairro Municipal.

Antônio Volmir de Souza, de 43 anos, foi atingido por tiros de espingarda, quando caminhava em via pública com a mulher dele. A vítima, conhecida como Alemão, chegou a ser encaminhado pelo Serviço Atendimento Médico de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Nossa Senhora da Oliveira, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Antônio Volmir já tinha antecedentes criminais. Havia sido investigado e preso por tráfico de drogas. Atualmente estava em progressão de regime de prisão.
Nesta segunda-feira, 31/05, a Polícia Civil começa a colher os primeiros depoimentos, que deverão levar à identificação dos responsáveis pelo crime.


Tags: Polícia Civil, homicídio, Vacaria

Rádio Fátima AM (Jornalismo), 31/05/2010, 08h56

Brigada Utiliza Geoprocessamento

Brigada Militar utiliza geoprocessamento no combate ao crime
30/05/2010 12:12


O Governo do Estado, por meio do processo de gestão, tem ampliando a utilização de novas metodologias, incrementando o uso de ferramentas tecnológicas e de inteligência para o combate à criminalidade. Para atender as demandas crescentes no sentido de identificar a incidência de ocorrências e, com isto, planejar de forma mais eficaz as ações de segurança pública, a Brigada Militar, desde 2009, conta com o processo de georreferenciamento das ocorrências.

Criado pela corporação, após demanda do Comando, o Módulo Banco de Dados de Inteligência (MBDI) tornou-se um sistema de informações geográficas (GIS). Com as melhorias realizadas em 2009, é hoje um grande aliado do gestor no processo de tomada de decisão, planejamento operacional e análise criminal.

As informações são plotadas no Google Maps, georreferenciando-as e tornando possível a identificação de alguns fatores da incidência dos crimes, tais como a região onde ocorrem e suas características.

Com o cadastramento de informações relativas a ocorrências policiais e com base na análise mensal de 31 indicadores estabelecidos pela corporação, os Comandos Operacionais obtêm o retorno de quantas ocorrências se deram por região, estratificadas por município, por órgão policial militar, por ano, por mês, por dia da semana, por turno e, futuramente, por logradouro.

De posse dessas informações, o gestor otimizará os recursos disponíveis e levará em consideração o ambiente onde acontecem as ocorrências, alcançando um melhor resultado nas ações preventivas e repressivas.

O MBDI é hoje utilizado para coleta, processamento, análise e disponibilização de informação com referência geográfica, ou georreferenciadas, retratando a real situação da área estudada, se tornando um importante sistema de informação gerencial, sendo visíveis sua importância e benefícios para os Comandos Regionais como um diferencial estratégico.

Fonte: www.estado.rs.gov.br

Cursos de Capacitação

Cursos de capacitação profissional irão beneficiar 592 apenados
30/05/2010 12:16


O Governo do Estado, por meio da Fundação Gaúcha do Trabalho e da Ação Social (FGTAS), está concluindo os primeiros cursos de qualificação profissional realizados em 19 presídios gaúchos para 592 alunos-presos inscritos. São cinco cursos na área da construção civil: Pintor de Obra, Assentador de Azulejos e Pisos Cerâmicos, Instalador Hidráulico Predial, Eletricista de Instalações Prediais e Pedreiro. As aulas foram ministradas em dois turnos, de segunda a sexta-feira, até o dia 30 de junho. Em julho, os cursos serão retomados com outras turmas. O objetivo do projeto é a reinserção social do preso, preparando-o para entrar no mercado de trabalho após o cumprimento da pena no sistema fechado.

A meta é a redução nos níveis de reincidência delituosa e a recuperação da condição de cidadão do apenado, preparando-o para o exercício de atividade lícita após o cumprimento da pena", explica a gerente do projeto Recomeçar, Maria Lúcia Médici, e assessora do Departamento de Planejamento da Secretaria de Segurança Pública.

Condições dignas de utilização das cadeias
A governadora Yeda Crusius destacou a prioridade dada à reinserção social dos apenados. "Em uma série de ações, projetos e programas, muitos inéditos no País, estamos dando condições dignas aos apenados, seja os que estão em regime fechado ou semiaberto. Trabalhamos pela reinserção social", explicou. Yeda lembrou que já foram destinados R$ 81 milhões do Fundo de Recuperação do Estado (FRE) para a construção de casas prisionais.

Com os recursos, serão construídas duas penitenciárias e quatro albergues emergenciais que abrirão mais de 1,4 mil novas vagas no sistema prisional do Estado.

Fonte: www.estado.rs.gov.br

Palestras sobre Malefícios das Drogas

Mais de 15 mil estudantes receberam orientações sobre malefícios das drogas
30/05/2010 12:23


Além de desempenhar o seu papel principal de Polícia Judiciária na investigação e combate de crimes, a Polícia Civil gaúcha têm desenvolvido trabalhos de cunho social. Um deles sob responsabilidade do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc), realizado através de um Programa de Prevenção à Violência no Rio Grande do Sul por sua Divisão de Prevenção de Educação (Dipe).

Neste sentido, a Polícia Civil tem estado presente em vários municípios do interior do Estado, em escolas e instituições, com palestras educativas de “Prevenção ao Uso Indevido de Drogas”, divulgando os perigos e malefícios no contato inicial com toda e qualquer droga ilícita - naturais (maconha, cocaína, crack, heroína) ou sintetizadas (anfetaminas em geral, LSD) ou lícita (tabaco e álcool). As palestras são realizadas com o objetivo de fornecer aos profissionais da educação, professores e agentes da área da saúde, informações sobre o abuso e o tráfico de drogas.

De 2007 a 2010, segundo informações do delegado Roberto Leite Pimentel, do Dipe, foram realizadas mais de 200 palestras no meio estudantil, beneficiando mais de 15 mil alunos dos ensinos Fundamental, Médio e Superior. Ele explica que “cumpre à Dipe, entre outras atividades, o contato direto com agentes políticos e administrativos dos poderes estaduais - Executivo, Legislativo e Judiciário”. De acordo com Pimentel, são atendidas instituições governamentais da administração direta ou indireta, entidades privadas, segmentos organizados da sociedade gaúcha em geral. O objetivo é levar diretamente ao público a experiência do departamento no combate ao tráfico de drogas ilícitas, por suas delegacias especializadas.

O Dipe atende também ao setor da saúde pública, com palestras para médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, técnicos de saúde em geral. Pimentel ressalta que por mais distante que esteja o contato institucional vem sendo realizado com os municípios gaúchos e suas autoridades na formatação de audiências abertas. Estima-se a intervenção em mais de 100 municípios por todo o interior do Estado, com palestras de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas.

Contatos podem ser feitos por meio do endereço eletrônico imprensa@pc.rs.gov.br , ou pelo telefone (51) 3288-2380, em horário comercial.

Fonte: www.estado.rs.gov.br

Leonardo Boff

"A saudade do servo na velha diplomacia brasileira", por Leonardo Boff

Portal do Meio Ambiente


O filósofo F. Hegel em sua Fenomenologia do Espírito analisou detalhadamente a dialética do senhor e do servo. O senhor se torna tanto mais senhor quanto mais o servo internaliza em si o senhor, o que aprofunda ainda mais seu estado de servo. A mesma dialética identificou Paulo Freire na relação oprimido-opressor em sua clássica obra Pedagogia do oprimido. Com humor comentou Frei Betto: "em cada cabeça de oprimido há uma placa virtual que diz: hospedaria de opressor". Quer dizer, o opressor hospeda em si oprimido e é exatamente isso que o faz oprimido. A libertação se realiza quando o oprimido extrojeta o opressor e ai começa então uma nova história na qual não haverá mais oprimido e opressor mas o cidadão livre.

Escrevo isso a propósito de nossa imprensa comercial, os grandes jornais do Rio, de São Paulo e de Porto Alegre, com referência à política externa do governo Lula no seu afã de mediar junto com o governo turco um acordo pacífico com o Irã a respeito do enriquecimento de urânio para fins não militares. Ler as opiniões emitidas por estes jornais, seja em editoriais seja por seus articulistas, alguns deles, embaixadores da velha guarda, reféns do tempo da guerra-fria, na lógica de amigo-inimigo é simplesmente estarrecedor. O Globo fala em "suicídio diplomático"(24/05) para referir apenas um título até suave. Bem que poderiam colocar como sub-cabeçalho de seus jornais:"Sucursal do Império" pois sua voz é mais eco da voz do senhor imperial do que a voz do jornalismo que objetivamente informa e honestamente opina. Outros, como o Jornal do Brasil, tem seguido uma linha de objetividade, fornecendo os dados principais para os leitores fazerem sua apreciação.

As opiniões revelam pessoas que têm saudades deste senhor imperial internalizado, de quem se comportam como súcubos. Não admitem que o Brasil de Lula ganhe relevância mundial e se transforme num ator político importante como o repetiu, há pouco, no Brasil, o Secretário Geral da ONU, Ban-Ki-moon. Querem vê-lo no lugar que lhe cabe: na periferia colonial, alinhado ao patrão imperial, qual cão amestrado e vira-lata. Posso imaginar o quanto os donos desses jornais sofrem ao ter que aceitar que o Brasil nunca poderá ser o que gostariam que fosse: um Estado-agregado como é Hawai e Porto-Rico. Como não há jeito, a maneira então de atender à voz do senhor internalizado, é difamar, ridicularizar e desqualificar, de forma até antipatriótica, a iniciativa e a pessoa do Presidente. Este notoriamente é reconhecido, mundo afora, como excepcional interlocutor, com grande habilidade nas negociações e dotado de singular força de convencimento.

O povo brasileiro abomina a subserviência aos poderosos e aprecia, às vezes ingenuamente, os estrangeiros e os outros povos. Sente-se orgulhoso de seu Presidente. Ele é um deles, um sobrevivente da grande tribulação, que as elites, tidas por Darcy Ribeiro como das mais reacionárias do mundo, nunca o aceitaram porque pensam que seu lugar não é na Presidência mas na fábrica produzindo para elas. Mas a história quis que fosse Presidente e que comparecesse como um personagem de grande carisma, unindo em sua pessoa ternura para com os humildes e vigor com o qual sustenta suas posições .

O que estamos assistindo é a contraposição de dois paradigmas de fazer diplomacia: uma velha, imperial, intimidatória, do uso da truculência ideológica, econômica e eventualmente militar, diplomacia inimiga da paz e da vida, que nunca trouxe resultados duradouros. E outra, do século XXI, que se dá conta de que vivemos numa fase nova da história, a história coletiva dos povos que se obrigam a conviver harmoniosamente num pequeno planeta, escasso de recursos e semi-devastado. Para esta nova situação impõe-se a diplomacia do diálogo incansável, da negociação do ganha-ganha, dos acertos para além das diferenças. Lula entendeu esta fase planetária. Fez-se protagonista do novo, daquela estratégia que pode efetivamente evitar a maior praga que jamais existiu: a guerra que só destrói e mata. Agora, ou seguiremos esta nova diplomacia, ou nos entredevoraremos. Ou Hillary ou Lula.

A nossa imprensa comercial é obtusa face a essa nova emergência da história. Por isso abomina a diplomacia de Lula.


--


-----Anexo incorporado-----


_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Coletiva de Imprensa

Denarc realiza coletiva de imprensa na Capital
31/05/2010 08:02


A Polícia Civil gaúcha, por meio do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), concederá entrevista coletiva nesta segunda-feira (31), às 10h30min, na sede do órgão, sito à Avenida Presidente Roosevelt, nº 88, bairro Navegantes, zona Norte de Porto Alegre.

Na oportunidade, o diretor do Denarc, delegado João Bancolini, apresentará presos, carros e maconha apreendida. A ação foi realizada pela 4ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (4ªDIN), com a supervisão dos delegados Luís Fernando Martins Oliveira e Daniel Ordahi.

Fonte: Ascom PC

Crimes Cibernéticos

Delegado fala sobre crimes cibernéticos na Unisc
31/05/2010 08:49


O delegado de Polícia Emerson Wendt palestra, nesta terça-feira, dia 1º de junho, às 19h15min, no painel Crimes Cibernéticos — prevenção e penalidades, em Santa Cruz do Sul. Promovido pela Ciência, Engenharia e Licenciatura em Computação da Unisc — Universidade de Santa Cruz do Sul —, o painel será realizado no anfiteatro, bloco 18 da Universidade.

Participam do painel, além, do delegado Emerson, o vice-Reitor da Unisc, Eltor Breuning, que também é advogado, e a delegada titular da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos do Rio de Janeiro, Helen Sardenbers, que participará através de teleconferência.

A entrada é franca. Mais informações podem ser obtidas no Departamento de Informática da Unisc, sala 717, bloco 17, pelo telefone (51) 3717.7393 ou pelo e-mail dinf@unisc.br.

Fonte: Ascom/ PC

Comentário do Leitor

Bleffe deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Roda Viva":

Participe da campanha "Música em troca de Fraldas", que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

Música em troca de Fraldas



Postado por Bleffe no blog Jornal Negritude em 31 de maio de 2010 09:09

Fotos Circo Fiesta em Vacaria


Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria




Fotos Circo Fiesta em Vacaria