Rádio WNews

quarta-feira, 4 de março de 2009

A barca dos Insensatos

A barca dos insensatos
Mauro Santayana

Volta o presidente do Supremo Tribunal Federal a sair de seus limites constitucionais para atacar o Poder Executivo, no caso do MST. O apoio recebido pelo juiz demonstra a alienação de grande parcela da sociedade brasileira, que parece viver em outra galáxia. O mundo se mobiliza para restaurar o contrato entre a espécie e a natureza, o que significa reexaminar as estruturas sociais e o convívio político. Nos Estados Unidos, o presidente Obama propõe cobrar mais dos ricos para favorecer os pobres. No Brasil, o sistema continua baseado na injustiça.

Os interesses pessoais perturbam a inteligência, quando não a expulsam da mente. Quem examinar a História brasileira das últimas décadas verá que, ao contrário do que dizem, o MST serviu para amortecer a grande crise social contemporânea, ao transformar a revolta latente em esperança. Os que brandem as foices e enxadas estariam com outros instrumentos nas mãos se parcela da Igreja, com o senso histórico da conciliação, não os houvesse encaminhado para a ocupação de terras ociosas ou de titularidade duvidosa.

A propriedade da terra, por mais reduzida que seja, é mais do que promessa de subsistência. Ela é a necessária identidade com o mundo, com o cosmos. Quando o homem deixou de ser nômade, apartou-se dos azares da vida em bandos para situar-se junto a uma fonte e sob uma estrela, a fim de cultivar o solo e sobre ele construir sua posteridade. Ao edificar as cidades, os homens nelas mantiveram o sentimento telúrico de ligação com o universo. Quando a miséria torna intolerável a vida urbana, a memória ancestral lhes acena com o retorno ao campo. Eles não podem ser privados desse forte sentimento de continuidade da vida, que os distingue dos outros seres. O sonho de segurança e de felicidade de cada pai de família, de acordo com o católico radical Chesterton, pode ser resumido na propriedade de three acres and a cow. Ao traduzir a frase para o leitor brasileiro, Gustavo Corção teve o cuidado de aumentar a área, transformando os três acres de Chesterton (1,21 hectare) em três alqueires. O alqueire, em certas regiões brasileiras, corresponde a 4,84 hectares. Para as nossas dimensões, 14,52 hectares é ainda insuficiente minifúndio.

A chegada do capitalismo ao campo agravou a natureza dos conflitos rurais e transformou o pequeno lavrador em operário que maneja máquinas e não sente, nas mãos, a morna suavidade das sementes. No passado, pistoleiros, a soldo dos latifundiários, queimavam ranchos, espancavam os posseiros e chacinavam famílias humildes. Hoje atrevem-se a assassinar sacerdotes e líderes dos trabalhadores, não se contendo nem mesmo diante de religiosas estrangeiras, como Dorothy Stang. Com mais competência agem os grandes empresários do agronegócio. Muitos deles conhecem suas terras pelos mapas e as escrituras e rápidos sobrevoos. Não sujam as mãos com a terra, não conhecem seu gado, como não conhecem os pistoleiros que contratam de empresas terceirizadas para "desinfestar" de posseiros as áreas "adquiridas" mediante fraudes.

Os defensores do latifúndio argumentam com a violência dos "invasores" de terras ociosas, mas não se preocupam com os mortos do outro lado. A diferença é brutal. São milhares de trabalhadores de um lado, e meia dúzia de jagunços do outro. O ministro Gilmar Mendes talvez estivesse lendo Carl Schmitt no dia em que a Polícia Militar do Pará cometeu o massacre de Eldorado dos Carajás.

Os porta-vozes do MST estão corretos em sua advertência, embora lhes fosse melhor evitar o tom ameaçador. Se o Estado não intervier com decisão nas atividades econômicas, o crescente desemprego irá jogar nas ruas e nas estradas exércitos cada vez mais numerosos e desesperados de trabalhadores. Em lugar de empregar a justiça de classe (a dos ricos) e a violência policial contra os excluídos de seus empregos, de suas casas, de sua dignidade de chefes de família, o Estado terá, isso sim, que desapropriar mais terras ociosas e gastar o que puder para que eles possam ali acomodar suas esperanças. Do contrário, não só podemos esperar por uma jacquerie no campo – muito mais extensa do que a ocorrida na França do século 16, quando centenas de nobres foram empalados na frente de seus castelos – mas, também, pela explosão dos excluídos nas grandes cidades.

A classe média, tão afastada da realidade pela ficção do noticiário, deve pensar nisso.

Domingo, 01 de Março de 2009 -

no correio braziliense. Brasilia

****************************************************************

Cidadão Seguro

Governadora lança nesta quarta-feira o Programa Estruturante Cidadão Seguro
04/03/2009 11:17


Em cerimônia marcada para às 15h30min desta quarta-feira (4), no Anfiteatro Pôr do Sol, em Porto Alegre, a governadora Yeda Crusius lança o Programa Estruturante Cidadão Seguro. Com abrangência nos 496 municípios gaúchos e investimentos da ordem de R$ 462 milhões, até 2010, o Programa é direcionado à qualificação dos organismos da segurança pública por meio de políticas de intensificação da prevenção à violência e à criminalidade, reforma do sistema prisional e redução dos indicadores de criminalidade.

O Cidadão Seguro é integrado por seis projetos, que são os de Recuperação de Efetivos; Renovação da frota de Veículos; Ampliação de vagas prisionais; Modernização dos sistemas de inteligência; Reformas de prédios da Brigada Militar e da Polícia Civil; e o Recomeçar, com foco na ressocialização de apenados.

Na solenidade de lançamento do Programa será entregue lote de 439 novas viaturas - do total de 1009 -, para a Brigada Militar, Polícia Civil, Superintendência dos Serviços Penitenciários e Instituto-Geral de Perícias, a serem direcionadas para 183 municípios de diferentes regiões do Estado.

A solenidade será prestigiada por secretários de Estado, presidentes e dirigentes de autarquias estaduais e representações do Legislativo, Judiciário, Famurs, prefeituras, associações de classe e de servidores do segmento.

Operação Cadeado

Operação Cadeado prende sete pessoas e fiscaliza 11.886 veículos no RS
04/03/2009 11:25


A Secretaria da Segurança Pública realizou das 8h dessa terça-feira (03) às 8h desta quarta-feira (04), em 192 municípios gaúchos, a Operação Cadeado, que tem por objetivo o bloqueio controlado de vias de acesso a determinados locais, visando coibir o indicador de criminalidade furto e/ou roubo de veículo, e outros delitos decorrentes.

Na ação foram presas sete pessoas e fiscalizados 11.886 veículos. O efetivo utilizado foi de 1.131 servidores, com o emprego de 306 viaturas. Confira os demais resultados obtidos na Operação Cadeado:

- Apreensões de CNHs: 01;
- Apreensão de armas: 02;
- BO/ COP elaborados: 42;
- Termos circunstanciados elaborados: 04;
- Veículos autuados: 56;
- Veículos recolhidos: 12;
- Veículos recuperados: 01.

A Operação Cadeado ocorre semanalmente, por 24 horas, abrangendo todos os principais acessos a uma determinada área ou localidade, tendo como referência os municípios que se apresentam entre os 10 com maiores indicadores de furto e/ou roubo de veículos, conforme estudo da SSP.

Fonte: PM3/BM

Tornozelieras eletrônicas

Susepe apresenta resultado dos testes de uso das tornozeleiras eletrônicas
04/03/2009 13:40


A Secretaria da Segurança Pública e a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), estarão recebendo a imprensa nesta quinta-feira (05/03/09), às 9h no Auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Rua Voluntários da Pátria, 1358 – 9º andar, Ala Norte.

O encontro é para apresentar um balanço do período de testes dos equipamentos de monitoramento eletrônico, feito por servidores da Susepe e pelo deputado Giovani Cherini, autor da Lei 387/2007, aprovada pela Assembléia Legislativa e sancionada pelo Governo do Estado.

Estarão presentes ao ato o secretário adjunto da Segurança Pública, Rubens Edison Pinto; o superintendente substituto da Susepe, Mario Santamaría Junior; o deputado estadual Giovani Cherini; e os funcionários da Susepe que participaram dos testes.

Fonte: Ascom Susepe

Comisão de Saúde


Foto: Guerreiro

Comissão de Saúde e Meio Ambiente aprova pedidos de audiência pública



A saúde pública e o meio ambiente serão debatidos regionalmente pela Assembléia Legislativa. A proposta foi aprovada nesta quarta-feira (4) durante reunião ordinária da Comissão de Saúde e Meio Ambiente.



Conforme o presidente, deputado Gilmar Sossella (PDT), a descentralização da comissão e a interiorização dos trabalhos visam identificar as carências regionais dos setores de saúde e meio ambiente.



“Queremos identificar os problemas e ouvir as lideranças para juntos encontrarmos alternativas que resultem em melhorias na qualidade de vida do cidadão”, afirma Sossella.



As audiências públicas deverão acontecer a partir do dia seis de abril. Os debates serão em torno de assuntos de grande interesse coletivo, tais como: falta de medicamentos, dependência química, epidemias, zoonoses e rede hospitalar, além da identificação da realidade regional.



Veja os requerimentos do deputado Gilmar Sossella aprovados pela comissão:



1) Audiência pública

Assunto: Discussão da situação da dependência química no Estado do Rio Grande do Sul , em especial a dependência do crack.



2) Audiência pública

Assunto: A situação e organização da defesa sanitária quanto a Epidemias e Zoonoses no Estado, com

ênfase nos casos de febre amarela e dengue.

.

3) Audiência pública

Assunto: real situação do Hospital de Clínicas de Porto Alegre com relação ao SUS.



4) Audiência pública

Assunto: debate para diagnosticar a realidade da saúde e meio ambiente nos municípios e abrangência da

macrorregião norte.

Local: Passo Fundo



5) Audiência pública

Assunto: debate para diagnosticar a realidade da saúde e meio ambiente nos municípios e abrangência da

macrorregião norte.

Local: Porto Alegre



6) Audiência pública

Assunto: debate para diagnosticar a realidade da saúde e meio ambiente nos municípios de abrangência da

macrorregião missioneira.

Local: Ijuí



7) Audiência pública

Assunto: debate para diagnosticar a realidade da saúde e meio ambiente nos municípios de abrangência da

macrorregião serra.

Local: Caxias do Sul



8) Audiência pública

Assunto: debate para diagnosticar a realidade da saúde e meio ambiente nos municípios de abrangência da

macrorregião centro-oeste.

Local: Santa Maria



9) Audiência pública

Assunto: Debate para diagnosticar a realidade da saúde e meio ambiente nos municípios de abrangência da

macrorregião sul.

Local: Pelotas

Traficante preso em Canoas

Polícia Civil prende homem por tráfico de drogas em Canoas
04/03/2009 15:40


Na manhã desta quarta-feira (04), policiais da 3ª Divisão de Investigação do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (DIN/Denarc) prenderam em flagrante um homem de 53 anos de idade por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Os agentes cumpriram o mandado de busca e apreensão, na Rua Barão do Rio Branco, bairro Niterói, em Canoas. Com o autuado foram apreendidos 24 buchinhas de crack, prontas para a venda, um tijolo de crack pesando aproximadamente 150g, um revólver calibre 38 com numeração suprimida e munições de calibres diversos.

Segundo o delegado Cleomar Marangoni, titular da 3ª DIN/Denarc, o indivíduo já havia sido preso por agentes desta delegacia, no dia 9 de janeiro deste ano, no mesmo local, com três armas de fogo e quantidade semelhante de entorpecente.

Após a autuação em flagrante, o homem foi conduzido ao Presídio Central.

Fonte: Ascom PC

Grupo de trabalho Senador Paulo Paim

GRUPO DE TRABALHA DE ARTICULAÇÃO RACIAL PARA O MANDATO DO SENADOR PAULO RENATO PAIM.



Companheira e Companheiros

Ao cumprimentá-los, vimos pela presente convoca-los para nossa reunião de trabalho, conforme nosso Calendário aprovado no mês de janeiro.

Data: dia 03 de março de 2009.

Horário: das 18h30min às 20h30min.

Local: Sala Salzano Vieira - 3° andar – Assembléia Legislativa do Estado.

Pauta da Reunião:

1. Informes. (20min.)

2. Dar continuidade nas articulações da presença dos militantes sociais, nas duas atividades propostas no dia 21/03 (Seminário dos Religiosos de Matriz Africana e Seminário de Lançamento da IIIª Marcha Estadual Zumbi dos Palmares), dentro do IX° Acampamento Regional de Cultura Afro – Região Sul. (30min.)

3. Definição de mais agendas importantes a serem negociadas com a Coordenação da Agenda do Senador Paulo Paim. (30min)

4. Demais propostas dos Presentes. (30min)

Importante ressaltar que os que não puderem se fazer presente a reunião, nos enviar por e-mail, ou por telefone suas sugestões, para serem apresentadas ao Grupo.

José Antonio dos Santos da Silva

Membro do Grupo.

51.91792404

53.99491618

www.joseantoniodoss antosdasilva. blogspot. com



Ubuntu: é uma antiga palavra Africana, cujo significado é "humanidade para todos". Ubuntu também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Aumento dos Servidores da Segurança

Governo anuncia reajuste a servidores da Segurança Pública
02/03/2009 17:04


Reajustes previstos na matriz salarial de servidores da Segurança Pública serão implementados na folha de pagamento de março. Os reajustes contemplam 53.543 servidores, entre ativos e inativos, que compõem a quase totalidade dos quadros da Segurança, exceto os delegados da Polícia Civil - que optaram pela não-inclusão. Os índices variam entre 1,8% e 10,9%, conforme a definição de percentuais prevista na lei 12.201.

O anúncio foi feito pela governadora Yeda Crusius, no final da manhã desta segunda-feira (2), no Salão Negrinho do Pastoreio do Palácio Piratini, junto com outras medidas do governo do Estado para melhoria da infraestrutura do Estado, de ampliação do índice habitacional e de avanços na área da Saúde. As iniciativas são contempladas pela aplicação de 60% do Orçamento para 2009, que prevê investimento total de R$ 2,350 bilhões - incluindo aí R$ 1,118 bilhão a serem aplicados pelas empresas estatais.

Sobre o reajuste para servidores da Segurança, a governadora ressaltou que, desde que a matriz salarial da Segurança foi criada, este é o maior repasse de recursos para este fim, dentro dos parâmetros da iniciativa. "Serão R$ 138,7 milhões destinados à recomposição dos índices salariais da Segurança Pública. E isso só foi possível graças ao esforço que fizemos nesses dois primeiros anos de governo para equilibrar as finanças do Estado", comemorou.

Neste mês de março, cerca de 90% dos servidores do Estado receberão a segunda parcela referente à Lei Britto, com reajustes que variam entre 4,9% e 8,2%. Nesse contingente, está incluída grande parte dos servidores da Segurança, que receberão aumento de 4,9%. Somando o reajuste da Lei Britto ao da matriz salarial (10%), um soldado de 1ª classe da Brigada Militar, por exemplo, terá um incremento salarial de quase 15% neste mês.

Fonte: Site do Estado

Mulher presa na Capital

Polícia Civil da Capital prende mulher acusada de homicídio qualificado
02/03/2009 17:18


Agentes da 12ª Delegacia de Polícia, de Porto Alegre, prenderam, por volta das 12h desta segunda-feira (02/03), uma mulher de 29 anos. Ela foi detida na Rua C, Vila Respeito, bairro Sarandi, em cumprimento a mandado de prisão preventiva decretado pela 1ª Vara do Júri do Fórum Central de Porto Alegre.

Segundo o delegado André Mocciaro, titular da 12ª DP, a mulher é acusada de ter cometido um homicídio qualificado contra um indivíduo, em 2002. Ela teria executado o crime na companhia de um homem, que foi preso em 2003 e condenado a 17 anos de reclusão.

Fonte: Ascom PC

Noticias da Prefeitura de Porto Alegre

Imagem do DiaFoto: Ivo Gonçalves / PMPAAté 6 de abril, quase 4 mil veículos da cidade terão seus taxímetros atualizados
Notícias


A MANCHETE
Prefeitura atualiza taxímetros a partir de hoje
DE VOLTA ÀS AULAS
Começou hoje novo prazo para matrículas
Fogaça abre ano letivo
DESTAQUES
Torcedoras pedem paz nos estádios na Semana da Mulher
Recursos para projetos ambientais chegam a R$ 400 mil
Mais uma escola é conectada à banda larga sem fio da Procempa
Decreto institui cadastro para prestadores de serviço
Agência bancária é multada em R$ 4,44 mil
EVENTOS
Biblioteca ecológica reabre amanhã
Procon divulga amanhã balanço do seu primeiro ano
TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
VEJA PAUTAS DO DIA
Pautas para o dia 3 de março



Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias
A MANCHETEPrefeitura atualiza taxímetros a partir de hoje

A atualização dos taxímetros dos 3.925 táxis da Capital será feita em oficinas credenciadas pelo Inmetro. Até 6 de abril, a aferição será realizada conforme os números finais dos prefixos dos veículos (veja o calendário), com mudança da bandeirada inicial de R$ 3,10 para R$ 3,36. O serviço final de verificação dos taxímetros pelo Inmetro ocorrerá entre 23 de março e 5 de junho. Leia mais...
DE VOLTA ÀS AULASComeçou hoje novo prazo para matrículas

Quem não conseguiu vaga na rede municipal de ensino nas primeiras etapas do processo de matrícula tem mais uma chance. A partir de hoje, os candidatos devem procurar a escola onde pretendem estudar e consultar a disponibilidade de vaga. As aulas nas instituições municipais começam na quarta-feira, 4. Leia mais...
Fogaça abre ano letivo
Os professores serão recebidos pela Smed em aula inaugural amanhã, às 8h, em quatro pontos da cidade. Transmitida via videoconferência para todos os locais, a abertura oficial ocorrerá na Assembléia Legislativa com a participação do prefeito José Fogaça. O evento contará com educadores das faculdades de pedagogia da Capital, que, após a cerimônia, vão integrar debates sobre diferentes temas (confira os assuntos). Leia mais...

DESTAQUESDecreto institui cadastro para prestadores de serviço
Para evitar que empresas simulem sede em outro município a fim de recolher ISSQN com alíquotas menores, os prestadores de serviço atuantes em Porto Alegre com endereço em outras cidades agora precisam se cadastrar junto à prefeitura. A determinação está no decreto publicado hoje no Diário Oficial de Porto Alegre. “A medida protege estabelecimentos regularizados da concorrência desleal originada pela evasão fiscal”, pondera o secretário da Fazenda, Cristiano Tatsch. Nos dias 10, 11 e 12 de março, a prefeitura realiza palestras gratuitas para esclarecer sobre os procedimentos. Leia mais...

Torcedoras pedem paz nos estádios na Semana da Mulher

As homenagens às mulheres começaram hoje e seguem até o final da semana (veja a programação). No sábado, 7, gremistas e coloradas vão caminhar juntas da Esquina Democrática até o Paço Municipal pela paz no futebol. Na prefeitura, vão dar as mãos ao prefeito José Fogaça e abraçar o prédio. Já no Dia Internacional da Mulher, domingo, 8, elas serão homenageadas na Redenção, a partir das 10h. Haverá show musical e ações de esclarecimento sobre as políticas de gênero com a participação de Fogaça e da primeira-dama Isabela. Leia mais...
Recursos para projetos ambientais chegam a R$ 400 mil

A prefeitura vai distribuir até R$ 400 mil para propostas que busquem estimular a defesa, conservação e preservação do meio ambiente. A entrega de documentos para o edital do Fundo Pró-Defesa do Meio Ambiente (Pró-Ambiente) começa amanhã. As inscrições devem ser feitas até 30 de março no Protocolo Central, na Rua Sete de Setembro, 1123. Leia mais...

Mais uma escola é conectada à banda larga sem fio da Procempa

Com a instalação de acesso sem fio à Internet de alta velocidade na Escola Rincão, em Belém Velho, já são 93 das 94 unidades da rede municipal beneficiadas pelo Projeto Wireless Educação. Os ganhos com a tecnologia são inúmeros. A iniciativa torna possível a adoção de programas de educação à distância, além da inserção da escola na Rede Digital de Telefonia, gerando redução de 50% nos gastos com o serviço. Leia mais...

Agência bancária é multada em R$ 4,44 mil

Foi a primeira autuação a uma agência bancária neste ano. Situada na Praça Alfândega, a agência foi multada por ultrapassar o tempo máximo de espera dos clientes na fila, que é de 15 minutos em dias normais e de 20 minutos na véspera de feriados ou dia de pagamento do funcionalismo. Os fiscais da Smic ficaram 39 minutos na fila para atendimento. A ação foi motivada por denúncia de um cliente que já aguardava há 40 minutos e ainda faltavam 50 pessoas para serem atendidas, conforme relato formalizado junto à fiscalização da secretaria. Confira como fazer a denúncia. Leia mais...

EVENTOSBiblioteca ecológica reabre amanhã

Com 1.948 volumes, a Biblioteca Ecológica Infantil Maria Dinorah reabrirá ao público amanhã. O local esteve fechado durante a semana de Carnaval. Localizada no Parque Moinhos de Vento (Parcão), a biblioteca conta com livros didáticos, literatura infanto-juvenil e ludoteca, disponíveis para consulta e empréstimo. Leia mais...

Procon divulga amanhã balanço do seu primeiro ano

O Procon Porto Alegre completou um ano de funcionamento registrando a marca de 27 mil atendimentos. Para marcar o aniversário, o secretário da Smic, Idenir Cecchim, e o coordenador do Procon, Omar Ferri Júnior, realizam amanhã entrevista coletiva para apresentar o balanço das ações feitas no período. O evento ocorre às 9h30, na Rua dos Andradas, 680, 2º andar. Serão divulgados os produtos e serviços campeões em reclamações e prestadas orientações sobre como evitar ou solucionar conflitos de consumo, formas de acesso aos serviços prestados pelo órgão e o funcionamento do programa que interliga dados das centenas de Procons existentes no país. Leia mais...

TEMPO HOJEVeja imagem de satélite
(Clique aqui)
VEJA PAUTAS DO DIAPautas para o dia 3 de março
(Clique aqui)


Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

IGP comeora o Dia da Mulher

IGP comemora Dia da Mulher com atendimento às trabalhadoras rurais
02/03/2009 17:53


O Instituto-Geral de Perícias (IGP), por meio de seu Departamento de Identificação, vai à Santana do Livramento para homenagear as mulheres no próximo dia 8, data que marca o Dia Internacional da Mulher. A instituição escolheu como foco de sua homenagem a trabalhadora rural. Dessa forma, nos próximos dias 6, 7 e 8 o IGP estará promovendo um evento destinado a confeccionar 300 carteiras de identidade para as trabalhadoras rurais, em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O Incra levará a equipe do IGP às comunidades rurais de Santana do Livramento e cada dia da presença dos técnicos no município será dedicado a uma das comunidades. Em 2008, a parceria entre o IGP e o Incra atendeu as trabalhadoras rurais da região de Pelotas.

A iniciativa também se vincula ao Programa Estruturante Emancipar: todo o mundo é cidadão, desenvolvido pelo Governo do Estado, e que prevê a inclusão social e a valorização das pessoas através de diversas ações que apóiem a elevação da auto-estima e o sentimento de pertencimento à sociedade.

Fonte: Ascom IGP

News Racista

Zenit quer evitar que mulheres vão ao estádio
Abril - São Paulo,SP,Brazil
O Zenit vem lutando nos últimos anos contra o rótulo de "racista". Em seu site oficial, está inscrito que o time visa "combater a discriminação eo racismo". ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Eleição de Obama ajudou a aumentar "crimes de ódio" nos EUA, diz ...
G1.com.br - Brazil
O SPL identificou em seu relatório, publicado trimestralmente, 926 grupos que promovem o ódio racista, religioso ou homofóbico em 2008, uma alta de 4% em ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Jogador brasileiro diz que foi vítima de racismo
Diário do Pará - Belém,PA,Brazil
Ídolo da Juventus de Turim e cotado para defender tanto a seleção italiana quanto a brasileira, o atacante Amauri revelou ter sido vítima de racismo no país ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Ator e diretor Clint Eastwood condena o politicamente correto
O Globo - Rio de Janeiro,RJ,Brazil
Disse que não se pode mais contar piadas brincando com nacionalidades que logo se é tachado de racista: "As pessoas perderam o senso de humor. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Amauri revela ter sofrido racismo na Itália
Abril - São Paulo,SP,Brazil
"Depois disso, eu respondi ao farmacêutico: 'Chame a polícia, você é um racista. Sou mais italiano do que você e um dia representarei sua seleção'", ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Jornal pede desculpas por “cartoon” racista
Jornal de Angola - Luanda,Luanda, Angola
O presidente do jornal New York Post, Rupert Murdoch, pediu ontem desculpas aos leitores pela caricatura considerada racista, na qual o jornal teria ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

AFP
Murdoch pede desculpas mas nega que desenho do New York Post seja ...
AFP
"Não pretendia ser racista, mas infelizmente foi interpretada por muitos como tal", disse Murdoch em um comunicado divulgado no tablóide após uma semana de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
João Miguel Tavares Jornalista - jmtavares@dn. pt
Diário de Notícias - Lisboa - Portugal
O certo é que a pressão da opinião pública foi tanta que o New York Post - um jornal tão racista que apoiou nas primárias democratas Obama contra Hillary ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Presidência de Obama faz com que chargistas tenham que aliviar o traço
G1.com.br - Brazil
"Eu tento me desdobrar para fazê-lo de uma forma que a charge não pareça um estereótipo", afirma ele, que também não quer ser visto como racista. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

AdNews
Órgão britânico diz que "Resident Evil 5" não é racista
AdNews - São Paulo,SP,Brazil
"Levamos o racismo bem a sério, mas neste caso não há problema. Se os distribuidores fornecessem uma versão do game que não a classificada, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico



__._,_.___

Glória se prepara para enfrentar a segundona

Glória prepara-se para a estreia neste domingo
Time deverá contar com a experiência de alguns atletas para enfrentar os obstáculos da Segundona

O Glória vai contar com a experiência de alguns atletas para superar os obstáculos nas partidas da segundona gaúcha. O capitão Pansera e o lateral Borges Neto terão a missão de levar aos mais novos a interpretação mais adequada dos fatos dentro de campo.
Borges Neto iniciou os treinos um pouco mais tarde que os demais atletas, no entanto, acredita que já estará à disposição do treinador para a estreia.

O técnico Bagé deverá definir a equipe que enfrenta o Santo Ângelo no coletivo dessa quinta-feira. A zaga é o setor que mais preocupa por causa das lesões. Douber e Alexandre não deverão ter condições de atuarem nessa partida.


Rádio Fátima (Jornalismo), 04/03/2009, 09h37

Glória se prepara para enfrentar a segundona

Glória prepara-se para a estreia neste domingo
Time deverá contar com a experiência de alguns atletas para enfrentar os obstáculos da Segundona

O Glória vai contar com a experiência de alguns atletas para superar os obstáculos nas partidas da segundona gaúcha. O capitão Pansera e o lateral Borges Neto terão a missão de levar aos mais novos a interpretação mais adequada dos fatos dentro de campo.
Borges Neto iniciou os treinos um pouco mais tarde que os demais atletas, no entanto, acredita que já estará à disposição do treinador para a estreia.

O técnico Bagé deverá definir a equipe que enfrenta o Santo Ângelo no coletivo dessa quinta-feira. A zaga é o setor que mais preocupa por causa das lesões. Douber e Alexandre não deverão ter condições de atuarem nessa partida.


Rádio Fátima (Jornalismo), 04/03/2009, 09h37

Valor da Cesta Básica em Vacaria

Valor da cesta básica tem redução em Vacaria

Presidente da entidade fala que os produtos que mais contribuíram para a queda foram o arroz 25,19%, feijão 18,21%, farinha de trigo 19,21%. Clodomiro Costa fala ainda que a redução do valor da cesta básica ficou em 3,44% e tem como causa as ofertas e promoções.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Vacaria finalizou mais uma pesquisa de preços no município. Os produtos da cesta básica são pesquisados em três supermercados onde se verificou a deflação ou seja a redução dos produtos de consumo. Presidente da entidade fala que os produtos que mais contribuíram para a queda foram o arroz 25,19%, feijão 18,21%, farinha de trigo 19,21%. Clodomiro Costa fala ainda que a redução do valor da cesta básica ficou em 3,44% e tem como causa as ofertas e promoções. Ele acredita que a partir de agora os valores dos produtos vão se estabilizar. Clodomiro Costa fala que o consumidor deve sim pesquisar os preços. Para o supermercadista Valmir Lira de Lima a oferta de produtos e os valores em queda se deve a quantidade de produtos na praça. Ele acredita que a tendencia é acentuar a deflação. Segundo a pesquisa hoje seria necessário R$ 182,91 para a aquisição dos produtos da cesta básica referente a uma pessoa.


Rádio Fátima (Produção), 03/03/2009, 09h16

Studio Horus

À Diretoria e/ou Coordenador de Marketing



Olá, somos o Studio Horus

Produzimos áudios para os mais diferentes trabalhos:

Publicidade em rádio, esperas telefônicas, chamadas de eventos, vinhetas, vinhetas cantadas, áudios para tv e vídeos institucionais, documentários, jingles, assinaturas para jingles, campanhas políticas, multimídia, som ambiente e locução em off´s ( só a voz ) ou produzida ( com fundos, trilhas, efeitos ).

Dispomos de voz feminina, locutores infantis e masculinos de vários estilos.



Trabalhamos com mais de 80 profissionais de todo o Brasil.



Se você está cansado das vozes que ouve nas emissoras de sua cidade, anuncie seu produto com uma voz diferente, marcante e mostre a sua marca, a sua empresa, de forma exclusiva e profissional.

Fale conosco! Temos as mais belas e experientes vozes, com produções personalizadas para a sua peça publicitária.

Nós do Studio Horus estamos à disposição, para colocar satisfação, emoção e música em seus áudios, com rapidez e responsabilidade.

Há mais de três anos, trabalhamos para todo o país e exterior on line, e estamos entre os primeiros e mais respeitados estúdios da Internet.

Todos os trabalhos são enviados com pontualidade em MP-3, com qualidade ( 320 kbps ), ou conforme for solicitado ( wave / cd / dvd – via sedex ).

Se a sua marca precisa ser lançada, fortalecida ou melhor representada, invista em publicidade e fale conosco.

Visite nosso site e conheça alguns trabalhos realizados por nós.

http://www.studiohorus.com/spots.html ( Comerciais de Rádio )

http://www.studiohorus.com/esperas_telefonicas.html ( Esperas Telefônicas )

http://www.studiohorus.com/videos.html ( Vídeos )

http://www.studiohorus.com/documentarios.html ( Documentários )

http://www.studiohorus.com/jingles.html ( Jingles )

Locutores (Vozes )

http://www.studiohorus.com/locutores_1.html ( Jovens e Alegres )

http://www.studiohorus.com/locutores_2.html ( Médias e Versáteis )

http://www.studiohorus.com/locutores_3.html ( Graves e Marcantes )



Orçamentos : horus.audio@gmail.com

Msn : danuza.rio@msn.com

FONE / FAX (12) - 3122.5175 - Guaratinguetá – São Paulo – Brasil

Caso não queira mais receber nossos newletters, por favor retorne com o assunto "REMOVER", mencionando o e-mail pelo qual está recebendo, que o retiraremos do nosso mailing imediatamente.

Duas pessoas presas em Vacaria RS

Mais de uma pessoa é presa por dia em Vacaria

É grande o número de prisões realizada no município nos primeiros meses de 2009

Agentes da Seção de investigação da Delegacia de Policia de Vacaria juntamente com a Policiais do 10° BPM realizaram operações em diversos pontos da cidade, a ação resultou na prisão de foragidos da justiça.
Dois indivíduos foram presos, pois tinham mandatos de prisão expedidos pela Justiça Criminal de Vacaria.
Segundo relato da Delegacia de Policia Civil nos primeiros meses de 2009 já foram apreendidos em Vacaria 69 pessoas, totalizando uma média de mais de uma apreensão por dia.

Rádio Fátima (Jornalismo), 04/03/2009, 10h07

Nota do MST

Maraba, 2 de março de 2009
NOTA DO MST DO PARA



Diante da repercussão das ocupações de terras ocorridas no estado do Pará nos últimos dias, a Direção Estadual do MST esclarece:


1- Foram feitas duas ocupações no estado: nos município de Xinguara, Sul do Pará no dia 28 de Fevereiro e Ontem (01 de março) no município de Marabá, na região suldeste.


2- Cerca de 200 famílias ocuparam a fazenda Espírito Santo, no município de Xinguara e 240 a fazenda Cedro em Marabá. As ocupações permanecem de forma pacífica. As duas fazendas pertencente a Agropecuária Santa Bárbara ligada ao Opportunity e ao sócio-fundador do grupo, Daniel Dantas.


3- O MST reivindica a imediata desapropriação das fazendas que estão em terra públicas vendidas ilegalmente, que devem ser destinadas a Reforma Agrária. As fazendas Espírito Santo e Cedro fazem parte do complexo de mais de 500 mil hectares de terras do Grupo Santa Bárbara adquiridas nos últimos cincos anos na região. São quarenta e nove fazendas em onze muinicipios.


4-Três são as fazendas do grupo Opportunity ocupadas por famílias ligadas ao MST no Pará, a primeira ocupação do movimento foi a fazenda Maria Bonita, localizada em Eldorado dos Carajás. Cerca de seiscentos agricultores ligados ao movimento ocuparam a propriedade na manhã do dia 25 de julho de 2008, e la estao acampados proximos a fazenda.


5- O MST reafirma que as denúncias feitas pelo grupo Santa Bárbara são infundadas e são formas de criminalizar o movimento perante a sociedade, foices, fações, enchadas se consideradas armas, já que para os camponeses são instrmentos de trabalho, são muito inferiores em relação as potentes armas, em mãos da "Escolta Armada" empresa de segurança contratada pela Agropecuaria Santa Barbara para vigiar as fazendas..


6- O MST afirma que crime é ao longo dos anos ser destruído as áreas de castanhais para dar lugar a pasto, configurando crime ambiental, que ainda possa existir famílias (oligarquistas) com práticas truculentas, latifundiários armados no campo, trabalho escravo, terras públicas sendo vendidas à banqueiros corruptos que são soltos pelo mesmo juiz que faz acusações difamatória aos movimento sociais.

Direção Estadual do MST-Pará.
Mais informações: secgeralmstpa@leolar.com.br

--------------------------------------------------------------------------------

Ações do Governona área da Segurança Pública

Ações do Governo na área da Segurança Pública são apoiadas por comitiva de deputados estaduais
02/03/2009 19:15


Apoiar as ações na área da Segurança Pública e estreitar o relacionamento com o gabinete do secretário Edson de Oliveira Goularte foram os dois principais objetivos da visita que os deputados do Partido Progressista fizeram à SSP, na tarde desta segunda-feira (02).

Sob a liderança do presidente estadual do Partido, deputado Jerônimo Goergen, a bancada do PP foi recebida pelo secretário Goularte, o secretário-adjunto, Rubens Edison Pinto, o comandante-geral da Brigada Militar e o chefe da Polícia Civil, delegado João Paulo Martins.Os deputados João Fischer e Pedro Westphalen manifestaram o reconhecimento pelo trabalho que os órgãos da Segurança Pública vêm desempenhando e os resultados positivos que alcançam no combate à criminalidade.

Segundo Pedro Westphalen “é interessante que os deputados divulguem na tribuna da Assembléia Legislativa do Estado, que a Secretaria da Segurança Pública, tão criticada e exposta a cobranças por parte da sociedade, cumpre com desenvoltura o seu papel e, em que pese a dificuldade inicial, em função da carência de recursos, deu sequencia a um trabalho muito bem feito de planejamento e que, a partir de agora, com a retomada dos investimentos poderá fazer ainda mais em benefício da sociedade gaúcha.

O secretário Goularte destacou que ele e a equipe de trabalho da SSP, necessitam desta receptividade dos deputados que apóiam o Governo. Acrescentou ainda que, dois fatores o angustiam, na atividade de todos os dias: a responsabilidade de comandar um setor tão delicado dentro da máquina pública e a demora para que as coisas aconteçam. E lembrou que a primeira bancada na Assembléia Legislativa que visitou, logo depois de assumir o cargo de secretário da Segurança Pública, foi a do PP.

“Será importante contar com o apoio e a presença dos senhores no Programa de Interiorização que vamos começar neste mês de março, visitando as cidades que sediam nossos Comandos Regionais”.

Participaram, também, do encontro, o chefe de gabinete da SSP, coronel Paulo Renato Biacchi Rodrigues e os diretores dos departamentos de Gestão e Estratégia Operacional (DGEO) e de Relações Institucionais e Comunitárias (DRIC), tenente-coronel Marco Antonio Moura dos Santos e Adriano Dolzan, respectivamente.

Operação Caixa Forte

Operação Caixa-Forte inspeciona 416 estabelecimentos bancários no RS
02/03/2009 19:37

A Secretaria da Segurança Pública, por meio da Brigada Militar, realizou nesta segunda-feira (02/03) a Operação Caixa Forte, que abrangeu 187 municípios gaúchos e mobilizou 393 servidores em 206 viaturas. No período, foram realizadas ações de inspeção e fiscalização em 416 estabelecimentos bancários e em 3.896 veículos.

Os demais números da operação são os seguintes:

- Boletins de Ocorrência registrados – BO/COP: 05;

- Termos Circunstanciados – TC: 01;

- Veículos autuados: 33;

- Veículos recolhidos: 03;

A Operação Caixa-Forte é realizada junto a estabelecimentos bancários e/ou que realizem transações financeiras, tem por objetivo de inibir a ocorrência de furtos, roubos a estabelecimentos bancários e demais delitos correlatos. A operação é realizada permanentemente, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, nos períodos de início e final de mês.

Fonte: PM-3/BM

Invasões no Pontal

MST e as invasões no Pontal do Paranapanema em SP
http://chicaodoispassos.blogspot.com/

No Brasil pobre é bandido e rico é vítima.

Alguns lutam para que continue sendo assim. O ministro Gilmar Mendes é um desses. As organizações Globo e Bandeirantes são outros que travam esta luta.

O MST invadiu fazendas no Pontal do Paranapanema. Mais uma vez falaram em respeito a propriedade privada. Só faltaram explicar para a população que os donos das terras do pontal do Paranapanema somos nós, o povo brasileiro. (A minoria das terras na região estão legalizadas).

A maior parte dos fazendeiros NÃO são proprietários. São usurpadores. Como são usupardores ricos a imprensa os apresenta como coitadinhos.

Abaixo transcrevo partes de um estudo sobre a região do Pontal do Paranapanema:

"Para compreender melhor esta questão, é preciso uma breve retrospectiva histórica da ocupação da região. Grande parte das terras do Pontal do Parana-panema começou a ser grilada desde a segunda metade do século XIX (2), com a formação do grilo fazenda Pirapó-Santo Anastácio, com área de 238 mil alqueires. Até a década de 90, com exceção das lutas de resistência de posseiros e de movimentos sociais isolados, os grileiros não encontraram maiores problemas no processo político de assenhoreamento das terras devolutas do Pontal (3). Não faltaram ações do Estado para tentar impedir esse processo de grilagem. Em 1889, o governo da província de São Paulo julgara imprestável o requerimento de legitimação das terras da Pirapó-Santo Anastácio. Na década de 40, foram criadas três reservas florestais (4). Todavia, tais iniciativas não foram suficientes para evitar a voracidade dos grileiros, que praticamente destruíram a Grande Reserva do Pontal. Essa realidade começou a mudar, de fato, com as ocupações de terras realizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Em julho de 1990 o Movimento realizou sua primeira ocupação no Pontal, no município de Teodoro Sampaio, iniciando o processo de territorialização de luta pela terra na região, causando um significativo impacto sócio-territorial.

Conforme dados apresentados no quadro 1 (veja na página do estudo), no período 1990-2000, por meio do trabalho de base, milhares de famílias organizadas no MST realizaram centenas de ocupações de terras no Pontal. Essas ocupações pressionaram o Estado para que retomasse as terras devolutas do Pontal".

Veja o texto completo aqui

A grilagem de terra é um dos maiores e mais comuns crimes praticados pela classe mais rica, que lutam para manter a impunidade no nosso país. São milhões de hectares usurpados (o total de terras griladas no Brasil é maior que Santa Catarina, Paraná e Rio grande do Sul JUNTOS). É gente rica e bem relacionada.

São tão bem relacionadas que são tratados como proprietários.

Cuidado! Este é um jogo de palavras para impregnar na mente dos brasileiros que eles são vítimas.


Leia também:

Ato contra projeto de Serra que legaliza grilagem


Leis que beneficiam a grilagem


Desmatamento e grilagem é coisa de gente grande


Receba as mensagens do Blog do Chicão diretamente no seu email.
Se associe ao grupo de notícias do Chicão,
é só mandar um email para:
noticias_chicao-subscribe@yahoogrupos.com.br ******************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************DIRIGENTE DO MST ANALISA OS ULTIMOS ACONTECIMENTOS DA LUTA PELA REFORMA AGRARIA

Nos últimos dias, a imprensa vem veiculando uma série de matérias
sobre o MST, que expressam uma ofensiva das forças de direita. Por
isso, entrevistamos o membro da direção nacional João Paulo Rodrigues,
para explicar a posição do Movimento sobre os principais temas
expostos.

O que aconteceu com as escolas itinerantes no Rio Grande do Sul?

Durante o governo Antonio Britto (PMDB-PPS) foi assegurado o direito
das crianças de ensino primário estudarem no próprio acampamento. O
estado colocava professor es da rede pública e as aulas eram dadas em
salas organizadas no acampamento. E quando o acampamento mudasse de
local ou as famílias fossem assentadas, a escola ia junto, assegurando
a continuidade do ensino àquelas crianças. Essa experiência exitosa
recebeu prêmios e foi adotada por outros estados, como o do Paraná.

Após a eleição do governo tucano de Yeda Crusius, se formou uma
conjuntura política de ofensiva da direita na imprensa, no Ministério
Publico Estadual e na Brigada Militar. Eufóricos com a vitória
eleitoral, passaram a criminalizar, perseguir e reprimir os movimentos
sociais, seja o dos professor es, metalúrgicos, desempregados ou o
MST.
Nesse contexto, a atual governadora e o Ministério Público atuaram
para suspender as aulas nos acampamentos e levar as crianças para os
colégios da cidade. Ou seja, não hesitaram em prejudicar as crianças
para atingir politicamente o MST.Por outro lado, o governo Yeda
Crusius já fechou outras 8.500 turmas em todos os municípios do
estado, a maioria no meio rural, apenas para poupar recursos, apenas
para assegurar o famigerado déficit zero.
As prefeituras dos municípios aonde existem acampamentos já disseram
que é impossível levar as crianças para a cidade. São Gabriel, por
exemplo, teria que gastar R$ 40 mil mensais. Enquanto atualmente o
estado gasta R$ 16 mil para atender os oito acampamentos em todo
estado.Felizmente, as escolas foram autorizadas pelo Conselho Estadual
de Educação, que é o órgão que autoriza e fiscaliza o funcionamento
das escolas e aprova seu currículo.

2. O que aconteceu em Pernambuco?

O conflito no Pernambuco é uma tragédia anunciada. As 100 famílias
estão acampadas há oito anos. Duas áreas estão em disputa. Os
fazendeiros usaram de todas as artimanhas judiciais para impedir a
desapropriação de suas áreas não utilizadas, que servem apenas de
especulação imobiliária. As famílias trabalham e plantam na área,
tiram dela seu sustento. Sofreram mais de 20 despejos. Na semana
passada, depois de mais despejo pela Polícia Militar, o fazendeiro
contratou pistoleiros que foram no acampamento fazer provocações,
armados. Perseguiram e espancaram um dos líderes do acampamento. Nesse
clima de tensão e ameaças permanentes às famílias acampadas, alguns
acabaram reagindo e no conflito houve a morte de quatro pistoleiros. O
MST repudia a violência.
No Brasil há muitos outros acampamentos, em igual situação de tensão e
conflito. Até quando vão esperar para realizar a Reforma Agrária?

3.O que aconteceu no Pontal DO Paranapanema, sao paulo?

Na região do Pontal do Paranapanema, no estado de São Paulo , há um
passivo de conflito agrário pendente há quatro décadas. Existem por lá
mais de 400 mil hectares de terras públicas estaduais, com sentenças
judiciais reconhecendo que são públicas. Portanto, os fazendeiros
ocupantes são grileiros. E precisam sair das terras, pelas quais
receberiam a indenização pelas benfeitorias. Desde o governo Mario
Covas, que o processo de discriminação e indenização dos
fazendeiros- grileiros está parado. Com isso o problema só se agrava.
Agora, na semana do carnaval, os quatro movimentos de sem terra que
atuam na região realizaram ocupações de protesto em diversas fazendas.

A repercussão foi imediata. Por duas razões: primeiro porque os
fazendeiros possuem muitas ligações políticas na capital. Um deles
inclusive era sócio do Fernando Henrique na fazenda de Buritis. Outro
tem vínculos com a rede Bandeirantes, e por aí vai.E o segundo motivo
é que José Rainha, que não faz parte de nenhuma instância de decisão
política do MST, anunciou que as ocupações do seu movimento eram em
protesto ao governador José Serra. Pronto. O tema se transformou em
disputa eleitoral.
As repercussões do Pontal revelam que até outubro de 2010, viveremos
essa novela, da imprensa e seus partidos transformaram as disputas de
terra do Pontal em tema eleitoral.

4. Entidades do meio rural são acusadas de desviar recursos para
ocupações. Isso procede?
O MST nunca usou nenhum centavo de dinheiro público para realizar
ocupações de terra.
Por uma questão de princípio, as próprias famílias que participam das
ocupações dos latifúndios, devem assegurar os recursos necessários
para a essa ação política. É aqui que reside a força do MST e é um
elemento educativo para as famílias que fazem a luta pela reforma
agrária.

Acontece que desde o governo Fernando Henrique Cardoso, o Estado
brasileiro, dilapidado pela onda neoliberal, deixou de cumprir suas
funções relativas ao setor público agrícola. O Estado não garante mais
educação no meio rural, alfabetização, assistência técnica, saúde.
Então, foi no governo FHC que eles estimularam o surgimento de ONGs,
entidades sem fins lucrativos, para substituir as funções do Estado. E
passaram recursos para essas entidades.

Val e lembrar que a ONG Alfabetização Solidária, da dona Ruth Cardoso,
recebeu mais de R$ 330 milhões de dinheiro público para a
alfabetização de adultos.

Surgiram então em áreas de assentamento diversas entidades - algumas
ligadas aos assentados, outras não - para suprir as funções do
Estado, realizando atividades de assistência técnica, de atendimento
de saúde, de alfabetização. E recebem recursos do Estado para isso.

Estranhamos que a imprensa cite apenas as entidades que apóiam a
reforma agrária e são ligadas aos assentados, e omitem os milhões de
reais repassados para ONGs ligadas ao PSDB, à Força sindical, aos
ruralistas. Somente o SENAR recebe milhões de reais. Todos os anos.
Sendo que há processos no TCU de desvio de federações patronais em
proveito pessoal de seus dirigentes.

5.A que se deve a reação do ministro Gilmar Mendes?
O Ministro Gilmar Mendes foi transformado no mais novo líder da
direita brasileira, desde sua posse como presidente do Supremo
Tribunal Federal.
E ele está se comportando assim, honrando seu novo papel. É ágil para
defender o patrimônio, mas lento para defender vidas. Ataca os povos
indígenas, os quilombolas, os direitos dos trabalhadores, os operários
e defende os militares da ditadura militar.
Enfim , agora a direita brasileira tem seu Berlusconi tupiniquin. E ele
opina sobre tudo e sobre todos. Aliás, ele está devendo para a opinião
pública brasileira, uma explicação sobre a rapidez como soltou o
banqueiro corrupto Daniel Dantas, que financia muitas campanhas
eleitorais e alicia grande parte da mídia.
Mais grave, a revista Carta Capital denunciou que o Instituto
Brasiliense de Direito Público, vinculado ao Mendes, recebeu 2,4
milhões de recursos públicos, inclusive do STF, do Tribunal Superior
Eleitoral e até do Ministério da Defesa, dirigido por seu amigo Nelson
Jobim.Como líder da direita, Mendes procura defender os interesses da
burguesia brasileira e fazer intenso ataque ideológico à esquerda e
aos movimentos sociais, para pavimentar uma retomada eleitoral da
direita em 2010.
Serra não precisa se preocupar, já tem um cabo eleitoral poderoso no STF.
------------ --------- ---------
Assessoria de Comunicação do MST
Secretaria Nacional - SP
Tel/fax: (11) 3361-3866
Correio - imprensa@mst. org.br
Página - www.mst.org. br





-----Anexo incorporado-----

_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Torturadores

02.03.09 - BRASIL







Brasil - Torturadores


Luiz Salvador *


Adital -



Ministro Vannuchi conclama sociedade por ações massivas para mudar lei da Anistia.

Diferentemente do que ocorre em outros Países que entendem que crimes de torturas não podem ser "perdoados" pela Lei de Anistia, no Brasil entendimento conservador de nossa jurisprudência tem sido que: militares envolvidos em violações não podem ser processados por terem sido anistiados pela lei de 1979.

O Ministro Tarso Genro e o Ministro Vannuchi defendem um entendimento diferenciado dos que admitem que a Lei da Anistia teria perdoado os torturadores, já que a tortura não pode ser considerada como delito político, caracterizando, sim, crime de lesa-humanidade, imprescritível.

Cezar Britto, Presidente do Conselho Federal da OAB, também defende o entendimento dos Ministros Tarso e Vannuchi em suas diversas manifestações públicas sobre essa controvertida questão, sempre reafirmando que: "Anistia não é amnésia e nem muito menos esquecimento. Não é simplesmente dizer que o que passou é passado e que não mais devemos dele tratar".

O mesmo entendimento foi reafirmado por Cezar Britto por ocasião da realização da XX Conferência Nacional dos Advogados, ocorrida na cidade de Natal, de 11 a 15 de novembro de 2008.

Buscando dar efetividade ao entendimento de que a tortura não se encontra incluída na Lei de Anistia, a Ordem dos Advogados do Brasil, autorizado pelo Conselho Federal, ingressou no SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL com ação de Argüição de Descumprimento de Preceito Fundamental, visando reconhecimento da Corte Constitucional Brasileira no sentido de que não há prescrição para os crimes de torturas praticados por militares no Brasil.
http://74.125.47.132/custom?q=cache:VN4FI7u6goMJ:www.oab.org.br/arquivos/pdf/Geral/ADPF_anistia
.pdf+STF+TORTURA+ANISTIA&hl=pt-BR&ct=clnk&cd=2&client=google-coop-np

Os fundamentos da referida ação contam com os entendimentos dos maiores constitucionalistas do País que têm sustentado, à luz do ordenamento jurídico brasileiro, inexistir prescrição para crimes de tortura cometidos no Brasil e dentre eles, foram citados, Celso Antonio Bandeira de Mello, Fábio Konder Comparato, José Afonso da Silva e Paulo Bonavides que entendem que torturar não é crime político, não podendo ser anistiado ou prescrever.

Não é o que se espera, mas a OAB já tem um poscionamento prévio no sentido de que acaso a ação proposta pelo Conselho Federal da Ordem e que recebe o apoio dos grandes nomes na área jurídica não obtiver êxito em suas pretensões, mantendo-se por ventura o entendimento conservador de que os crimes de tortura praticados pelos militares no Brasil encontrem-se abrangidos pela Lei de Anistia, imediatamente se recorrerá à Corte Interamericana de Direitos Humanos, que já tem precedentes aprovados nesse campo, para fazer valer no Brasil o princípio de que o crime de tortura é de lesa-humanidade e, portanto, não sujeito a prescrição.

***********************************************************************************************************************************************************************

Ministro pede ações em massa para mudar Lei de Anistia

Para Vannuchi, ideia é mostrar ao STF demanda da sociedade contra perdão a torturadores

Por Alexandre Rodrigues

O ministro-chefe da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, pediu ontem que vítimas da repressão do regime militar, seus familiares e entidades de classe se organizem nos Estados para propor ações judiciais em massa questionando a abrangência da Lei de Anistia, que completa 30 anos em 2009. Em uma solenidade no Rio, ele defendeu a tese de que a sociedade civil intensifique a pressão para que documentos e informações sobre o paradeiro de desaparecidos políticos sejam revelados e informou que o governo prepara uma campanha publicitária com familiares de desaparecidos.

Para Vannuchi, só a "saturação" provocada por um grande volume de processos mostrará ao Supremo Tribunal Federal (STF) que há uma demanda da sociedade por uma nova interpretação da Lei de Anistia, sem o perdão a torturadores. Até agora, o entendimento que prevalece é o de que os militares envolvidos em violações não podem ser processados por terem sido anistiados pela lei de 1979.

"Casos como o de Rubens Paiva e Stuart Angel não podem ser abandonados. Essa informação (o paradeiro deles) tem de aparecer", discursou Vannuchi na abertura da 8ª Anistia Cultural, que julgou pedidos de indenização de 21 estudantes banidos de universidades na ditadura.

"Não haverá nas Forças Armadas nenhuma pessoa com capacidade de dar informação sobre isso ou para transformar numa narrativa que o ministro da Defesa faça?", cobrou Vannuchi, que disse ter conversado sobre isso com o presidente Lula na semana passada.

Ele informou que os ministros Dilma Rousseff (Casa Civil) e Franklin Martins (Comunicação) devem lançar até maio o sistema de acesso a dados de 14 arquivos estaduais, chamado Projeto Memórias Reveladas, com um edital que convoca donos de acervos particulares a transferir documentos para arquivos públicos. Segundo o ministro, Martins prepara um comercial de TV em que aparecerão mães de desaparecidos políticos segurando fotos dos filhos e dizendo que não querem morrer sem saber o paradeiro deles.

DEBATE

Em entrevista na saída, Vannuchi disse que sua secretaria e o Ministério da Justiça continuarão o debate interno no governo até uma posição do STF sobre a Lei de Anistia. "A decisão do Judiciário pode não concordar com a minha, mas será respeitada por nós. Enquanto não há isso, não há como avaliar que o debate está encerrado, proibido. Não há como bloquear a força de 140 famílias que clamam pelo direito de ter o corpo de seus filhos, maridos, mulheres, irmãos para sepultar."

Durante o evento, o presidente da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, Paulo Abrão, pediu que movimentos sociais, in tel ectuais, imprensa e instituições também se mobilizem pela punição de torturadores e o esclarecimento de pontos nebulosos da repressão. A presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Lúcia Stumpf, afirmou que a entidade prepara uma série de manifestações no País em março que terão esse tema entre as reivindicações. "Temos direito de conhecer a nossa história", defendeu.

A sessão da Comissão de Anistia, realizada na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio, julgou 21 processos de universitários presos e impedidos de estudar sob a alegação de atividade subversiva, por decreto do então presidente Costa e Silva.
Link: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090228/not_imp331105,0.php


(*) Luiz Salvador é Presidente da ABRAT (www.abrat.adv.br), Vice-Presidente da ALAL (www.alal.la), Representante Brasileiro no Depto. de Saúde do Trabalhador da JUTRA (www.jutra.org), assessor jurídico da AEPETRO e da ATIVA, membro integrante do corpo técnico do Diap e Secretário Geral da CNDS do Conselho Federal da OAB, e-mail: luizsalv@terra.com.br, site: www.defesadotrabalhador.com.br


* Presidente da ABRAT, Vice-Pres







-----Anexo incorporado-----

_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Unegro


Porto Alegre, 2 de março de 2009.

Companheiras e Companheiros

Esta iniciando o ano de 2010, depois de um bom descanso de final de ano, férias para alguns e um carnaval de muitas alegrias para todos e um final de primeiro turno no Gauchao cheio de alegrias para os colorados.

Bem, o que me leva a entrar em contato com os Companheiros e Companheiras e a necessidade de vermos uma data para pensarmos o dia 21/03 em São Lourenço do Sul e a Assembléia Nacional do CONNEB no RS no mês de junho.

Tenho recebido mensagens do pessoal da Executiva Nacional, propondo uma reunião de avaliação da Assembléia de Belém do Pará e já preparativa para a Assembléia do RS.

Por tanto gostaria que os Companheiros e Companheiras propusessem uma data e local, para retomarmos as articulações.

Sem, mais.

Atenciosamente,

Asé.

JOSÉ ANTONIO DOS SANTOS DA SILVA

Secretário Geral da UNEGRO/RS



Contatos:

51.91792404

53.99491618

jassrs@gmail. com

jass_rs@terra. com.br

www.joseantoniodoss antosdasilva. blogspot. com

MSN: jass_rs@hotmail. com

Skype: jassrs62



Ubuntu: é uma antiga palavra Africana, cujo significado é "humanidade para todos". Ubuntu também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Brigada prende homem

Brigada Militar prende homem por roubo e tentativa de violência sexual contra criança de 10 anos
03/03/2009 15:55


Na manhã desta terça-feira (03), na Rua Irai, bairro Três Portos, em Sapucaia do Sul, policiais militares do 33º BPM receberam um telefonema informando que na referida rua havia uma criança pedindo socorro. De imediato, uma guarnição deslocou-se até o endereço e encontraram uma menina de 10 anos, sozinha e trancada em casa. Ela relatou aos policiais que um homem a havia obrigado a abrir a porta fazendo menção de estar armado. Ela, com medo, abriu. O infrator entrou na casa, passando a roubar os pertences eletrônicos, enquanto outro delinqüente o esperava na rua. Por fim, ele ainda tentou abusar sexualmente da menina que começou a gritar o que espantou o delinquente que fugiu levando diversos objetos da casa.

As características do indivíduo foram repassadas às demais viaturas e na RS 118, o jovem foi abordado e preso com todos os bens roubados. Após, encaminhado à delegacia.

O Conselho Tutelar foi acionado para dar assistência à criança e vai averiguar as circunstâncias que a levaram a ficar sozinha em casa.

Fonte: PM5-Imprensa-BM

Notícias da Prefeitura de Porto Alegre

Porto Alegre, terça-feira, 03 de março de 2009 Imagem do DiaFoto: Ivo Gonçalves / PMPATravessia segura na volta às aulas. EPTC recuperou 400 faixas de pedestres junto às escolas
Notícias


A MANCHETE
Fogaça busca recursos para habitação e saneamento
DESTAQUES
Com preços de 2008, Feira do Material Escolar atrai 54 mil pessoas
EPTC revitaliza 400 faixas de segurança
Procon: 90% das demandas resolvidas em até cinco dias
EVENTOS
Público poderá tocar instrumentos nos ensaios do Tradisons
Pinturas de Fernando Duval em exposição no Paço
Salão de Desenho incentiva expressão gráfica aplicada à imprensa
Inscrições para bancas da Feira do Peixe começam segunda
SEMANA DA MULHER
Torcedoras pedem paz nos estádios
Brique de Sábado dará presentes às consumidoras
TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
VEJA PAUTAS DO DIA
Pautas para o dia 4 de março



Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias
A MANCHETEFogaça busca recursos para habitação e saneamento

A primeira agenda do prefeito José Fogaça, amanhã, em Brasília, será no Palácio do Planalto. Fogaça terá reunião com representantes da Casa Civil para agilizar a liberação de recursos federais. Na pauta, a transferência das Vilas Dique e Nazaré, permitindo a ampliação da pista do Salgado Filho. Também será abordado o Programa Socioambiental, já em andamento com recursos do BID e contrapartida da prefeitura, além de obras de macrodrenagem. Já no Ministério das Cidades, o prefeito vai debater a recuperação econômica e urbanística de áreas centrais da Capital. Leia mais...
DESTAQUESCom preços de 2008, Feira do Material Escolar atrai 54 mil pessoas

Instalada há 28 dias no térreo do Mercado Público, a Feira do Material Escolar já registrou um faturamento superior a R$ 820 mil. São mais de 2 mil itens com preços até 15% menores do que os praticados no mercado, sem reajuste desde a edição do ano passado. Para facilitar o pagamento, são aceitos cartões de crédito, com possibilidade de parcelamento em duas vezes sem juros nas compras acima de R$ 80. A feira segue até sexta-feira, 6, e funciona das 9h30 às 19h. Leia mais...
EPTC revitaliza 400 faixas de segurança

Para garantir a travessia segura dos alunos nesta volta às aulas, a EPTC restaurou 400 faixas de pedestres junto às escolas da Capital. A iniciativa também servirá para ações educativas com estudantes, onde a segurança é o principal foco. Leia mais...
Procon: 90% das demandas resolvidas em até cinco dias

O Procon Porto Alegre completou um ano de funcionamento registrando a marca de 27 mil atendimentos. Segundo o coordenador da entidade, Omar Ferri Júnior, o setor de telecomunicações, representado por um pequeno número de empresas fornecedoras, é responsável por 30% das reclamações. Os dados foram apresentados hoje na sede da instituição. Durante o evento, o titular da Smic, Idenir Cecchim, enfatizou o alto grau de resolução das mediações. “É um orgulho saber que cerca de 90% das demandas da população são resolvidas em até cinco dias úteis”, ressaltou. Leia mais...
EVENTOSSalão de Desenho incentiva expressão gráfica aplicada à imprensa
Estão à disposição dos interessados o regulamento e o cronograma do 17º Salão Internacional de Desenho para Imprensa, que ocorrerá de 19 de março a 26 abril. O material está sendo distribuído pelo Setor de Mostras e Exposições da Usina do Gasômetro. Organizado pela Secretaria da Cultura, o evento incentiva a expressão gráfica aplicada à imprensa, além de atribuir premiações às categorias cartum, charge, caricatura, história em quadrinhos e ilustração editorial em jornal, revista, livro, capa de disco, cartaz, entre outros. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira, 6, no mesmo local ou por carta (confira o endereço). Leia mais...
Inscrições para bancas da Feira do Peixe começam segunda

Quem quiser ocupar uma das 67 bancas de pescado na 229ª Feira do Peixe pode dar início à organização dos documentos. As inscrições estarão abertas de 9 a 12 de março, no protocolo da Rua dos Andradas, 686, térreo, das 9h às 16h. A promoção é da Smic. Leia mais...

Público poderá tocar instrumentos nos ensaios do Tradisons

Os participantes podem levar seus instrumentos e tocar com os 12 integrantes do Tradisons na temporada 2009 dos ensaios abertos do grupo. O primeiro evento de março ocorre hoje, a partir das 20h, na Usina do Gasômetro. Há dois anos, o conjunto pesquisa e divulga músicas folclóricas de diferentes partes do mundo. São canções originárias de Cuba, Rússia, Japão, Israel, França, Havaí, Andes, Alemanha e Brasil, entre outros países. A entrada é franca. Leia mais...
Pinturas de Fernando Duval em exposição no Paço

A mostra será aberta na quinta-feira, 5, às 18h, no Gabinete do Prefeito. Parte do Projeto Encontros com a Arte no Paço, a exposição vai apresentar pinturas elaboradas com o uso da técnica de tinta acrílica sobre tela. São trabalhos baseados na citação “al reino de la santa infantil inocência”, publicada por Lívio Abramo no Dicionário de Artes Plásticas no Rio Grande do Sul. Leia mais...
SEMANA DA MULHERTorcedoras pedem paz nos estádios

As homenagens às mulheres seguem até o final da semana (veja a programação). Na sexta-feira, 6, o prefeito José Fogaça assina o Termo de Políticas Públicas pela Equidade. A cerimônia será às 15h, no Salão Nobre do Paço Municipal. Já no sábado, 7, gremistas e coloradas vão caminhar juntas da Esquina Democrática até o Paço pela paz no futebol. Na prefeitura, vão dar as mãos e abraçar o prédio. Leia mais...
Brique de Sábado dará presentes às consumidoras

Os 423 expositores do Brique de Sábado vão homenagear as mulheres com brindes. As consumidoras que gastarem acima de R$ 15 poderão escolher um livro ou uma sacola. "Estamos num momento muito especial por ser retorno de férias. A homenagem às mulheres sempre é um bom motivo para belas compras", afirma Júlio Pedro Querotti, presidente da Associação dos Expositores do Brique de Sábado. A promoção é da Smic, em parceria com o cartão Banricompras. Leia mais...
TEMPO HOJEVeja imagem de satélite
(Clique aqui)
VEJA PAUTAS DO DIAPautas para o dia 4 de março
(Clique aqui)


Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Mulheres em Cena


ABRALIN – MULHERES EM CENA





قطاع غزة Qita' Ghazzah




Local: Auditório do Centro de Tecnologia – CT UFPB/Estação Ciência

Data: 5, 6, 7 e 8 de março de 2009.











Gostaria de ter uma vida normal, sem guerras, sem agressões. Não tenho paz, quero paz

(Zaimab – Universitária iraquiana)







Não os perdoamos {sionistas} porque ensinaram as nossas crianças a odiar.

(Mãe palestina)





Se eu deixar o meu País, morro.

(Shaymaa – Universitária iraquiana)









Os corpos e o sangue das mulheres e crianças são uma maldição que irá assombrar toda essa ocupação

(Ismail- líder doHamas)





Por um Estado Palestino livre e soberano.

(Fórum de Mulheres da UFPB)





PROGRAMAÇÃO

5 de março (Auditório do CT-UFPB)



Manhã

♦9:00h – ATO DE SOLIDARIEDADE ÀS MULHERES ÁRABES Recital: Soprano Ma. do Rosário S. Leite , Violinista Juliana Santos Couto, Teatróloga Petra Ramalho



♦9:30h – UNIVERSIDADE, CULTURA E ARTE POPULAR: MEMÓRIAS FEMININAS Depoimento: Profa. Harue Tanaka, autora do livro, Diário de uma ritmista aprendiz, Coordenação: Wilma Mendonça (Fórum de Mulheres)



♦10:00h – HOMENAGEM A BALULA: A ESCOLA DE SAMBA NA UNIVERSIDADE

Depoimentos: Mestre Romero (Malandros do Morro), Lau Siqueira (SEDES/PMJP)



♦11:00h APRESENTAÇÃO DA BATERIA DA MALANDROS DO MORRO



Tarde

♦14:00h – AFINAL, O QUE QUEREM AS MULHERES? Mesa Redonda: Margarida Assad (PPGL), Rita Porto (CE), Sandra Moura (Pólo Multimídia), Ma. do Socorro da Silva Medeiros (Coordenação da Residência Universitária Feminina Elizabeth Teixeira), Nazaré Zenaide (Direitos Humanos) Coordenação: Mônica Nóbrega (PPGL/DLCV)



♦16:00h – MULHERES E MOVIMENTOS SOCIAIS URBANOS

Mesa Redonda: Douraci (Coord. de Políticas Públicas/PMJP), Adir Targino (Grupo de Mulheres Maria Quitéria), Lila (Marcha Mundial das Mulheres), Luzenira Linhares Alves (Sindicalista)

Coordenação: Socorro Bezerra (Coletivo Feminista Santo Dias)

Noite

♦19:00h – VIOLÊNCIA NO ORIENTE MÉDIO Conferencista: José Arbex Júnior (PUC/SP, Revista Caros Amigos, Jornal Brasil de Fato) Coordenação: Wilma Mendonça (Fórum de Mulheres)



6 de março (Auditório do CT-UFPB)


Manhã

♦9: 00h – MULHERES E TERRA NO BRASIL Mesa Redonda: Iolanda Monteiro (CPT), Dilei Schichet (MST), Jaqueline Ciríaco da Costa (Mulher Indígena/Potiguara), Cícera Isabel (CUT) Coordenação: Ana Paula Romão (CE)



Tarde

♦14:00h – MULHERES E O MUNDO SAGRADO Mesa Redonda: Terezinha Fialho (UFPB), Sandra Chaves (UFPB), Marise Dantas (Xamã Yatamalo), Neide Miele (PPGCR), Raquel Trindade (Ialorixá/USP) Coordenação: Benedita Ferreira (Fórum de Mulheres, PPGCR)



♦16:00h – A MULHER ESCRITA: ESTUDOS DISCENTES Mesa Redonda (1): Mário Luís Simões Filho (PPGL), Mauriene Silva de Freitas (PROLING), Nathassia Ma. de Farias Guedes (PROLING), Petra Ramalho Souto (GIEM/PPGL), Thiago Fernandes S. Ribeiro (PPGL), Valter Luciano Gonçalves Villar (PPGL), Françoise Simone Oliveira (Fórum de Mulheres) Coordenação: Marta Pragana Dantas (PPGL)



♦17:00h – FÓRUM DE MULHERES DA UFPB CELEBRA A MULHER NA UNIVERSIDADE Homenagens: Poeta e Professora Lucila Nogueira (UFPE) e Carmem Lucia do Nascimento (Diretora do SRH/UFPB) Coordenação: Ma. das Graças Alves Rodrigues (Fórum de Mulheres)



♦17:40h – Lançamentos de obras – De Imilce a Medellín: a poesia de Lucila Nogueira, de André Cervinskis (PROLING)

Mulheres no Brasil: resistência, lutas e conquistas (Publicação coletiva do Fórum de Mulheres), Organização de Liane Schneider (PPGL) e Charliton Machado (CE)



7 de março (Auditório do CT /UFPB)_________________________________________________________________________________________________________



Manhã:

♦9: 00h –– MULHERES E VIOLÊNCIA

Conferencista: Lourdes Bandeira (Fundadora do Grupo Feminista Maria Mulher/UFPB, UNB, SPM)

Coordenação: Rosa Godoy (Fórum de Mulheres)



Tarde:

♦14:00h – O OLHAR MASCULINO SOBRE AS MULHERES Mesa Redonda: Sérgio de Castro Pinto,Rinaldo Fernandes, Linaldo Guedes, Ronaldo Monte Coordenação: Luis de Melo Diniz (PPGL)



♦16:00h – A MULHER ESCRITA: ESTUDOS DISCENTES Mesa Redonda (2): André Cervinskis (PROLING), Benedita de A. Ferreira (PPGCR), Luciana de Santana Fernandes (PPGL), Luis de Melo Diniz(PPGL), Ma. das Graças A. Rodrigues

(Aluna Especial/PPGL), Ma. do Rosário Silva Leite (PPGL),Coordenação:Regina Behar (Fórum de Mulheres)



Noite

♦19:00h – LANÇAMENTO DO LIVRO Elizabeth Teixeira: uma mulher da terra, de Ayala Rocha

Local: Residência Universitária Feminina Elizabeth Teixeira (Centro) Coordenação: Residência Feminina



8 de março (Estação Ciência)________________________________________________________________________________________________________



♦10:00h – MULHERES E PODER Conferencista: Dilma Roussef (Ministra da Casa Civil) Composição da Mesa: Maria Yara Matos (Vice -Reitora, Wilma Mendonça (Coordenadora do Fórum de Mulheres da UFPB), Lila (Marcha Mundial das Mulheres), Socorro Brito (Gerente Executiva do INSS)



♦14:00h – VOZES E DISCURSOS DE MULHERES: QUESTÕES ÉTNICO-RACIAIS E DE GÊNERO Mesa Redonda: Escritora Conceição Evaristo, Susana Borneo Funck (UCPEL), Solange Rocha (UFPB) Coordenação: Liane Schneider(PPGL)







REALIZAÇÃO

ABRALIN – FÓRUM DE MULHERES DA UFPB



CO-REALIZAÇÃO



COMISSÃO PASTORAL DA TERRA (CPT)

COLETIVO FEMINISTA SANTO DIAS MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA (MST)

RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA FEMININA CAMPONESA E PROFESSORA ELIZABETH TEIXEIRA



APOIO



Reitoria da UFPB

Reitor Rômulo Polari

Vice Reitora Maria Yara Matos

Gabinete do Deputado Federal Luiz Couto PT/PB





Universidade Federal da Paraíba

Fórum de Mulheres da UFPB

subscribe@yahoogrupos.com.br

MST contra o STF

Nos últimos dias, a imprensa vem veiculando uma série de matérias sobre o MST, que expressam uma ofensiva das forças de direita. Por isso, entrevistamos o membro da direção nacional João Paulo Rodrigues, para explicar a posição do Movimento sobre os principais temas expostos.


A que se deve a reação do ministro Gilmar Mendes?

O Ministro Gilmar Mendes foi transformado no mais novo líder da direita brasileira, desde sua posse como presidente do Supremo Tribunal Federal. E ele está se comportando assim, honrando seu novo papel. É ágil para defender o patrimônio, mas lento para defender vidas. Ataca os povos indígenas, os quilombolas, os direitos dos trabalhadores, os operários e defende os militares da ditadura militar. Enfim, agora a direita brasileira tem seu Berlusconi tupiniquin. E ele opina sobre tudo e sobre todos. Aliás, ele está devendo para a opinião pública brasileira uma explicação sobre a rapidez como soltou o banqueiro corrupto Daniel Dantas, que financia muitas campanhas eleitorais e alicia grande parte da mídia.

Mais grave, a revista Carta Capital denunciou que o Instituto Brasiliense de Direito Público, vinculado ao Mendes, recebeu 2,4 milhões de recursos públicos, inclusive do STF, do Tribunal Superior Eleitoral e até do Ministério da Defesa, dirigido por seu amigo Nelson Jobim. Como líder da direita, Mendes procura defender os interesses da burguesia brasileira e fazer intenso ataque ideológico à esquerda e aos movimentos sociais, para pavimentar uma retomada eleitoral da direita em 2010. Serra não precisa se preocupar, já tem um cabo eleitoral poderoso no STF.


O que aconteceu em Pernambuco?

O conflito no Pernambuco é uma tragédia anunciada. As 100 famílias estão acampadas há oito anos. Duas áreas estão em disputa. Os fazendeiros usaram de todas as artimanhas judiciais para impedir a desapropriação de suas áreas não utilizadas, que servem apenas de especulação imobiliária. As famílias trabalham e plantam na área, tiram dela seu sustento. Sofreram mais de 20 despejos. Na semana passada, depois de mais um despejo pela Polícia Militar, o fazendeiro contratou pistoleiros que foram no acampamento fazer provocações, armados. Perseguiram e espancaram um dos líderes do acampamento.

Nesse clima de tensão e ameaças permanentes às famílias acampadas, alguns acabaram reagindo e no conflito houve a morte de quatro pistoleiros. O MST repudia a violência. No Brasil há muitos outros acampamentos, em igual situação de tensão e conflito. Até quando vão esperar para realizar a Reforma Agrária?

O que aconteceu no Pontal?

Na região do Pontal do Paranapanema, no estado de São Paulo, há um passivo de conflito agrário pendente há quatro décadas. Existem por lá mais de 400 mil hectares de terras públicas estaduais, com sentenças judiciais reconhecendo que são públicas. Portanto, os fazendeiros ocupantes são grileiros. E precisam sair das terras, pelas quais receberiam a indenização pelas benfeitorias. Desde o governo Mario Covas, o processo de discriminação e indenização dos fazendeiros-grileiros está parado. Com isso o problema só se agrava. Agora, na semana do carnaval, os quatro movimentos de sem terra que atuam na região realizaram ocupações de protesto em diversas fazendas.

A repercussão foi imediata. Por duas razões: primeiro porque os fazendeiros possuem muitas ligações políticas na capital. Um deles inclusive era sócio do Fernando Henrique na fazenda de Buritis. Outro tem vínculos com a rede Bandeirantes, e por aí vai. E o segundo motivo é que José Rainha, que não faz parte de nenhuma instância de decisão política do MST, anunciou que as ocupações do seu movimento eram em protesto ao governador José Serra. Pronto. O tema se transformou em disputa eleitoral. As repercussões do Pontal revelam que até outubro de 2010, viveremos essa novela, da imprensa e seus partidos transformaram as disputas de terra do Pontal em tema eleitoral.

Entidades do meio rural são acusadas de desviar recursos para ocupações. Isso procede?

O MST nunca usou nenhum centavo de dinheiro público para realizar ocupações de terra. Por uma questão de princípio, as próprias famílias que participam das ocupações dos latifúndios, devem assegurar os recursos necessários para a essa ação política. É aqui que reside a força do MST e é um elemento educativo para as famílias que fazem a luta pela reforma agrária.

Acontece que desde o governo Fernando Henrique Cardoso, o Estado brasileiro, dilapidado pela onda neoliberal, deixou de cumprir suas funções relativas ao setor público agrícola. O Estado não garante mais educação no meio rural, alfabetização, assistência técnica, saúde. Então, foi no governo FHC que eles estimularam o surgimento de ONGs, entidades sem fins lucrativos, para substituir as funções do Estado. E passaram recursos para essas entidades.

Vale lembrar que a ONG Alfabetização Solidária, da dona Ruth Cardoso, recebeu mais de R$ 330 milhões de dinheiro público para a alfabetização de adultos.

Surgiram então em áreas de assentamento diversas entidades - algumas ligadas aos assentados, outras não - para suprir as funções do Estado, realizando atividades de assistência técnica, de atendimento de saúde, de alfabetização. E recebem recursos do Estado para isso. Estranhamos que a imprensa cite apenas as entidades que apóiam a reforma agrária e são ligadas aos assentados, e omitem os milhões de reais repassados para ONGs ligadas ao PSDB, à Força sindical, aos ruralistas. Somente o SENAR (Serviço Nacional de Assistência Rural) recebe milhões de reais, todos os anos. Sendo que há processos no TCU de desvio de federações patronais em proveito pessoal de seus dirigentes.


O que aconteceu com as escolas itinerantes no Rio Grande do Sul?

Durante o governo Antonio Britto (PMDB-PPS) foi assegurado o direito das crianças de ensino primário estudarem no próprio acampamento. O estado colocava professores da rede pública e as aulas eram dadas em salas organizadas no acampamento. E quando o acampamento mudasse de local ou as famílias fossem assentadas, a escola ia junto, assegurando a continuidade do ensino àquelas crianças. Essa experiência exitosa recebeu prêmios e foi adotada por outros estados, como o do Paraná.

Após a eleição do governo tucano de Yeda Crusius, se formou uma conjuntura política de ofensiva da direita na imprensa, no Ministério Publico Estadual e na Brigada Militar. Eufóricos com a vitória eleitoral, passaram a criminalizar, perseguir e reprimir os movimentos sociais, seja os professores, metalúrgicos, desempregados ou o MST. Nesse contexto, a atual governadora e o Ministério Público atuaram para suspender as aulas nos acampamentos e levar as crianças para os colégios da cidade. Ou seja, não hesitaram em prejudicar as crianças para atingir politicamente o MST.

Por outro lado, o governo Yeda Crusius já fechou outras 8.500 turmas em todos os municípios do estado, a maioria no meio rural, apenas para poupar recursos, e assegurar o famigerado déficit zero As prefeituras dos municípios aonde existem acampamentos já disseram que é impossível levar as crianças para a cidade. São Gabriel, por exemplo, teria que gastar R$ 40 mil mensais. Enquanto atualmente o estado gasta R$ 16 mil para atender os oito acampamentos em todo estado. Felizmente, as escolas foram autorizadas pelo Conselho Estadual de Educação, que é o órgão que autoriza e fiscaliza o funcionamento das escolas e aprova seu currículo.





Indique o MST Informa para um amigo ou uma amiga
Indique pelo menos, mais um correio eletrônico e envie para letraviva@mst.org.br com assunto "cadastro letraviva", para continuarmos a difundir e colocar para a sociedade as análises e posições do MST.
MST Informa é uma publicação quinzenal do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, enviada por correio eletrônico.
Sugestões de temas, artigos, formato: letraviva@mst.org.br. Incluir ou remover correios eletrônicos no cadastro do MST Informa.
O MST não modera ou coordena nenhuma comunidade no Orkut e ninguém está autorizado a fazê-lo em seu nome.
Opine www.mst.org.br Recibe en Español English Svenska




--------------------------------------------------------------------------------


_______________________________________________
Letraviva - MST Informa
http://www.mst.org.br
Para sair da lista acesse:
http://www.listasbrasil.org/mailman/options/letraviva
-----Anexo incorporado-----

_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Projeto do Povo Negro para o Brasil

“MOBILIZADOS SEREMOS FORTES CONTRA OS QUE QUEREM PARAR O PROJETO DO POVO NEGRO PARA O BRASIL”.

CONVOCAÇÃO PARA REUNIÃO

Companheiras e Companheiros estamos convidando a Todos e a Todas para uma reunião de retomada dos trabalhos no ano de 2009, para a realização e a mobilização da presença do nosso povo na IV Assembléia Nacional do Congresso Nacional de Negras e Negros do Brasil – CONNEB, que acontecera em junho do corrente aqui em nosso Estado.

Por tanto, esperamos vocês no dia 09 de março de 2009, na Sede do SINDISERF/RS, na Rua Bento Martins, 24 – Centro – Porto Alegre/RS, das 18h30min às 20h30min.

Sua presença e muito importante, para continuarmos na construção do Projeto do Povo Negro Brasileiro.

Atenciosamente,

José Antonio dos Santos da Silva

Membro da Coordenação Política Nacional e Estadual do CONNEB





Da representação do Rio Grande do Sul para a Coordenação Nacional do Congresso:

Cândido Velho: Contato: Luiz Osmar Mendes: 51.92053287 – E-mail: lugauchinho@ click21.com. br

União de Negros pela Igualdade: Contato José Antonio dos Santos. 51.91792404 53.99491618 – jassrs@gmail. com ou jass_rs@terra. com.br – www.joseantoniodoss antosdasilva. blogspot. com


__._,_.___

Pedro Rua faz denúncias contra Yeda

PEDRO RUAS FAZ DENÚNCIAS E PROVOCA GOVERNADORA NA TVI









A TVI está apresentando as denúncias feitas ontem por Pedro Ruas , do PSOL ,no programa BIBO NUNES SHOW , na Ulbra TV , sobre o governo Yeda Crusius.O vereador Pedro Ruas falou por mais de 35 minutos e pediu pelo menos uma resposta a pergunta feita a governadora :É verdade ou mentira?O vereador disse entre tantas denúncias , sem provas , que até hoje ninguém negou suas acusações.

Assista a entrevista na integra na TVI acessando www.tvi.com.br , www.tvnainternet.com e www.tvnainternet.com.br

Bom dia 2

Antena Tricolor

Jogo para a mulher gremista
Mulheres não pagam quinta-feira
Nos últimos tempos, as mulheres tem aumentado a cada rodada sua participação nos jogos de futebol por todo o Brasil. É delas grande parte do brilho que vem das arquibancadas. E o Grêmio vai retribuir todo o carinho que recebe das suas fiéis torcedoras.

Mais informações




"Não é hora de atitudes drásticas"
Duda Kroeff na Rádio Bandeirantes
Nesta terça-feira pela manhã, foi ao ar a entrevista do presidente Duda Kroeff no programa "Atualidades Esportivas", da Rádio Bandeirantes, que tem o comando de Daniel Oliveira.

A entrevista foi concedida no programa Band Esporte Show, na noite desta segunda-feira, ao repórter Cristiano Silva.

Mais informações




Jurandir no "Meu Ídolo" na Grêmio TV
O "papa" que marcou o "Rei"
A Grêmio TV apresenta nesta semana o “Meu Ídolo”, um programa inesquecível com um jogador que marcou época com a camisa do Grêmio.

Mais informações


Seja sócio do Grêmio.
Mantenha as mensalidades em dia.

Torcedoras do Grêmio, mulher não paga na partida de quinta-feira!
Compareçam ao Olímpico e empurrem o Tricolor rumo à vitória.

Bom Dia


Poa, 04/03/09 Bom dia!!! Que tua quarta-feira seja iluminada e proveitosa. Beijos. Deise Nunes.

Nota Prefeitura de Vacaria RS

Bom dia, Nota: O Prefeito Municipal, Elói Poltronieri, e o diretor executivo da secretaria municipal Geral de Governo, Arno Cassel Neto, estiveram reunidos nessa segunda-feira, dia 02, em Porto Alegre, com o representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Rio Grande do Sul, Nilton Pinho de Bem, para tratar da inclusão do município de Vacaria no programa nacional “Territórios da Cidadania”. As propostas serão apresentadas pelos prefeitos da região ao ministro do Desenvolvimeno Agrário, Guilherme Cassel, ainda no mês de março, quando o ministro estará em Vacaria para inauguração do Centro de Formação Agrícola. Att., Jonatas Campos
Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Vacaria
(54) 3231 6402 | 9626 7474