Rádio WNews

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Glória 7 x 3 E.C. Vacaria parte 28

Vargas & Vargas


Matéria do Arquivo




VEJA COMO ESTÁ O ANDAMENTO DAS OBRAS DA PASSAGEM DE NÍVEL NA RUA CAMPOS SALES
 
Desde a última terça-feira, 30 de janeiro estão em andamento as obras da Passagem de nível na rua Campos Sales. Até o momento foram feitas a terraplanagem e a limpeza das laterais.
 
Prefeitura Municipal de Vacaria
Assessoria de Imprensa
Juliana Mesquita
Carol Carneiro
Milena Zanchettin
www.vacaria.rs.gov.br
(54) 32316402

Arquivo

O Inter B venceu o Cruzeiro-POA por 4 a 1, em jogo-treino realizado na tarde desta quinta-feira, no campo suplementar do Beira-Rio. A partida serviu para o técnico Luis Carlos de Lorenzi, o Lisca, fazer observações sobre o grupo colorado que irá disputar a Segundona do Gauchão a partir de março.
 
Chiquinho, Flávio, João Guilherme e Roger, que entrou no segundo tempo, marcaram os gols do Inter B.  O time colorado começou a partida com a seguinte formação: Bruno Grassi; Diego, Danny Morais, Pereira e Chiquinho; João Guilherme, Rodrigo, Fabinho e Fernando; Christian e Flávio. Como o jogo-treino permitia alterações ilimitadas, Lisca promoveu diversas mudanças ao longo dos 90 minutos.
 
Acesse www.internacional.com.br/imprensa e baixe fotos em alta resolução

Vereadora Elisabete Ritter de Vargas Silva


Proibido Entrar em Camisa nos Jogos do Inter de Lages SC


É proibido entrar com camisa de outro time? Por que criança tem que pagar ingresso se antes não pagava? Leia esses e outros esclarecimentos
(O texto abaixo é um pouco longo, mas dividimos por tópicos para facilitar a leitura. Recomendamos que todos leiam para, juntos, continuarmos a fazer um Inter mais forte). 
Em 2015, o Internacional de Lages tem implantado algumas mudanças no acesso ao Vidal Ramos Júnior, o Tio Vida, que incluem a instalação de catracas eletrônicas no estádio e a venda de ingressos e de planos de sócios pela internet (saiba mais aqui). Como em qualquer processo dessa magnitude, o trabalho não está isento de falhas. Algumas ocorreram no jogo da última sexta-feira, entre Inter e Joinville. O clube está atento a essas falhas e vai corrigi-las paulatinamente. 
Para tentar esclarecer algumas dúvidas, abaixo está uma lista de perguntas e respostas. Com algumas adaptações, ela foi baseada em mensagem enviada ao clube pelo torcedor Thiago Comel, que prontamente autorizou o uso de seus questionamentos para responder perguntas de outros torcedores. Mais dúvidas podem ser enviadas ao clube por seus oficiais na internet (FacebookTwitterInstagramFlickr ou Youtube) ou pelo e-mail interdelages@interdelages.com.br. O clube lembra que todas as orientações sobre plano de sócios, ingressos e portões de acesso ao estádio, entre outras, estão sempre no site oficial, no link SERVIÇO DE JOGO. O serviço de jogo para Inter x Marcílio Dias está aqui.
PERGUNTAS FREQUENTES
1 - SOBRE ENTRADA NO ESTÁDIO
- A diretoria do Inter proibiu a entrada no estádio com camisas de outros clubes?
R.: Não. No jogo Inter x JEC, de fato houve problema de pessoas que foram barradas na entrada do estádio com camisas de outros clubes, mas não por ordem da direção colorada. O mal-entendido restringiu-se a um dos portões porque nele estava trabalhando uma pessoa prestadora de serviços habituada a trabalhar em estádios onde essa restrição existe. O clube detectou o mal-entendido e assegura que a restrição não foi imposta por sua diretoria. De qualquer forma, o clube é, em última instância, o responsável pelo espetáculo - e, nessa condição, pede desculpas aos torcedores que passaram por esse imprevisto. Isso não se repetirá.
Com isso, Volni Alves Santos, o folclórico "Paulo Vitor" (na foto, ao lado de Marcelinho Paraíba) - figura sempre presente em treinos em jogos do Inter há pelo menos duas décadas -, pode tranquilamente assistir ao Colorado Lageano com as camisas que mais gosta de usar: a de goleiro do Inter de Lages ou a de Rogério Ceni, goleiro do São Paulo e seu ídolo.
- Por que eu tenho que comprar ingresso de um lado do estádio se meu portão de entrada é do outro?
R.: Há mais de um motivo para o clube ter decidido concentrar as bilheterias apenas no portão 3 (rua Jairo Luís Ramos, perto do antigo "pavilhão velho"). O principal desses motivos é segurança. As bilheterias dos portões 1 (rua Humberto de Campos) e 8 (praça do ginásio Ivo Silveira) não têm portas com trancas, o que deixa expostos os colaboradores que atendem nas bilheterias. Em 2014, o clube registrou alguns incidentes nessas bilheterias (felizmente nenhum grave). Isso alertou o clube para a necessidade de aumentar a segurança dos colaboradores que atendem nesses locais. Mas, para contrabalançar, o número de guichês de atendimento nas bilheterias do portão 3 foi ampliado de dois para quatro. É bom registrar que a segurança não se restringe à instalação de portas com trancas, mas também ao deslocamento de vigias para as demais bilheterias. Isso aumenta os custos de uma partida - e, com isso, os custos acabariam pesando ainda mais sobre os torcedores. E a direção do clube não quer isso.
Lembramos que a Fundação Municipal de Esportes, que administra o Vidal Ramos Júnior, fez inúmeras e valiosas melhorias no estádio nos últimos dois anos. Mas, como qualquer órgão público, A FME não pode investir, de uma só vez, em tudo o que é necessário. Com seu orçamento, ela cuida de todas as demais áreas do esporte na cidade, e não apenas do estádio municipal. Não se pode melhorar um estádio de 60 anos, que ficou anos sem receber investimentos significativos, de uma hora para outra. 
- Por que só em Lages tem isso de comprar ingresso de um lado do estádio e entrar pelo outro?
R.: Isso não ocorre só em Lages. Em muitas cidades Brasil afora, grandes e pequenas, as bilheterias são concentradas em uma só parte do estádio, por motivos geralmente relacionados a segurança e custo. Para citar um exemplo conhecido, é o caso do estádio do Pacaembu, em São Paulo. Lá, as bilheterias só funcionam na praça Charles Müller, independentemente do local de entrada do torcedor.
A direção colorada lembra que o torcedor sempre pode evitar de ter que comprar ingresso de um lado do estádio e entrar do outro se aderir ao plano de sócios #InterTôJunto, se comprar ingressos na loja do clube (Serra Shopping) ou se comprar pela internet (neste link), comodidade disponível a partir deste Campeonato Catarinense.
- Por que a diretoria do Inter agora exige certidão de nascimento (ou identidade) de menores de idade e exige também que menores de 16 anos estejam acompanhados necessariamente dos pais, e não mais de um adulto responsável? Não estão inventando frescura demais?
R.: Não se trata de uma imposição do clube, mas de uma exigência legal, que vale para todos os demais estádios de Santa Catarina. O clube está apenas cumprindo uma norma definida pelas autoridades competentes.

2 - SOBRE O PLANO DE SÓCIOS #INTERTÔJUNTO
Por que minha carteirinha de sócio demorou para ficar pronta?
R.: Basicamente, por dois motivos: adaptação da tecnologia e implantação de equipamentos. Para que a carteirinha possa ser usada no acesso do torcedor ao estádio, o sistema da catraca precisa "conversar" com a base de dados dos sócios. É isso que permite verificar o local correto de entrada do torcedor ou se suas mensalidades estão em dia. Além disso, a máquina que estava emitindo as carteirinhas na última semana teve uma avaria técnica e precisou ser substituída. É bom salientar que a demora das carteirinhas não deixou os sócios sem acesso aos jogos: quem ainda não retirou sua carteirinha recebeu ingressos para entrar no Tio Vida.
Por que não ter mais máquinas para emitir as carteirinhas de sócios?
R.: Porque essas máquinas são caras. Alguns modelos custam mais de R$ 7 mil. Isso significa que seriam necessárias as mensalidades de mais de 100 sócios do plano mais caro - de R$ 60 mensais - para comprar uma única impressora. O custo de cada máquina comprada precisaria ser repassado para o torcedor, o que encareceria as mensalidades. A direção descartou essa ideia imediatamente. Mas uma nova máquina está em operação desde a última segunda-feira. A loja do Inter abre às 10h e fecha às 18h, sem pausa para o almoço.

3 - SOBRE INGRESSOS E PREÇOS
- Por que o Inter está cobrando o ingresso mais caro do campeonato?
R.: Não, o ingresso do Inter não é o mais caro. O ingresso cheio no Tio Vida custa R$ 40 (descoberta) e R$ 60 (coberta). Nem de longe é o mais caro do campeonato. Em alguns casos, há ingressos de R$ 90, R$ 100, R$ 120 e até R$ 150. 
A direção ressalta que o plano de sócios tem mensalidades com o mesmo custo de um ingresso avulso. E mais: no plano de sócios do Inter, o torcedor não precisa comprar ingresso. Em vários outros clubes, inclusive em Santa Catarina, o plano de sócio dá desconto no ingresso, mas não desconto de 100%. Para se associar agora mesmo, pela internet, entre aqui.
- Não é melhor ter 4 mil pessoas no estádio com ingresso a R$ 20 do que 1.500 com ingresso a R$ 40 e R$ 60?
R.: É claro que é. Mas baixar o preço do ingresso pela metade não multiplica por dois o número de torcedores nas arquibancadas. Esse é um argumento muito frequente entre torcedores de vários clubes, inclusive do Inter. A direção colorada analisou inúmeros jogos do clube desde a década passada para checar se baixar os preços dos ingressos pela metade dobra o número de torcedores. Resultado da pesquisa: em nenhum jogo isso aconteceu.
Em alguns casos, o público até diminuiu, mesmo com ingressos mais baixos. Um caso concreto foi verificado no jogo Inter x Maga pela divisão de acesso, em 2013. Além de ingressos mais baratos, aquela partida teve outros atrativos: a) uma grande possibilidade de goleada (tratava-se, afinal, do "pior time do mundo", segundo a imprensa especializada); b) o jogo marcaria a despedida oficial dos gramados do ídolo Martinho Bin. Aos 57 anos (completados durante a competição), Bin retomou sua carreira em 2013 apenas para ter uma despedida oficial do futebol e ser homenageado pelo clube.
Com ingressos pela metade do preço, um ídolo em campo se despedindo do futebol, uma vitória certa e com muitos gols (o Inter venceu por 13 a 0, o que fez daquela a maior goleada da história do clube) e um belo dia de sol, o jogo teve apenas 993 pagantes. Em outras partidas daquela mesma temporada (e não as decisivas, mas jogos de meio de campeonato), o Internacional teve mais de 2.500 pagantes - e sem ingressos promocionais.
Por que crianças agora pagam ingresso se em 2013 e 2014 elas não pagavam?
R.: Na verdade, as crianças sempre pagaram ingresso. A diferença é que, em 2013 e 2014, o clube decidiu subsidiar a entrada de crianças nos jogos do Inter. Em outras palavras: o custo (com seguro, segurança, policiamento e outros) que o clube tem em seus jogos em casa é o mesmo, tenha o torcedor 4, 40 ou 80 anos. Na Série A do estadual, com custos muito mais altos, o clube não tem mais condições de arcar sozinho com os subsídios oferecidos nos últimos dois anos.
A direção do clube lembra que os planos infantis de sócio custam R$ 15 (arquibancada descoberta) ou R$ 20 (arquibancada coberta) mensais. Para citar o exemplo do mês de fevereiro: com os quatro jogos do Inter no mês, a mensalidade mais barata (R$ 15) corresponderia a menos de R$ 5 por partida. Para associar seu filho, basta entrar aqui.
Por que as mulheres não pagam mais meia-entrada se em 2013 e 2014 pagavam?
R.: É o mesmo caso da pergunta anterior: porque a meia-entrada feminina era uma cortesia do clube (em forma de subsídio). O aumento dos custos não permite mais ao clube oferecer a cortesia.
Mas a direção lembra que as torcedoras coloradas continuam a ter benefício do desconto caso se associem ao clube. O plano de arquibancada coberta, que sai por R$ 60 mensais para homens, para mulheres custa R$ 40. No de arquibancada descoberta, que custa R$ 40 mensais para homens, para mulheres custa R$ 30. Para se associar, entre aqui.
Eu sou aposentado, mas não tenho 60 anos. Eu tenho direito a meia-entrada?
R.: A Lei 10.741/2003, conhecida como Estatuto do Idoso, assegura meia-entrada para todos os idosos, sejam eles aposentados ou não. A Lei 12.933/2013, por sua vez, conhecida como Leia da Meia-Entrada, diz que os aposentados têm direito a meia-entrada, desde que tenham 60 anos. O Inter praticou meia-entrada a aposentados com menos de 60 anos em 2013 e 2014, mas, assim como explicado nos casos acima, não pode mais subsidiar ingressos por causa do crescimento de seus custos na Série A. Para ter direito a meia-entrada como aposentado, só tendo 60 anos ou mais.
- "O Inter está cobrando ingresso de Série A do Brasileiro. Tem time de Série A cobrando R$ 5 no Gauchão"
R.: O Inter de Lages não pode ter como parâmetro as equipes da Série A do Brasileiro. Essas equipes podem eventualmente fazer promoções de ingressos, já que, apenas de cota de TV do Brasileiro, recebem, em alguns casos, mais de R$ 50 milhões, R$ 60 milhões, R$ 70 milhões por ano. A cota de TV do Inter no Catarinense é de cerca de R$ 200 mil.
Na verdade, o Inter de Lages só pode trabalhar de olho em sua própria planilha de receitas e despesas, e não nas dos outros, sejam eles grandes ou pequenos clubes. Baratear ingressos sem ter outra fonte de recursos para contrabalançar uma pomoção significaria duas coisas: deixar de cumprir compromissos ou montar uma equipe fraca.
Mas a direção colorada reitera: é possível pagar até menos em 2015 do que se pagou em 2014 para ver o Inter em campo. Como? Basta ser sócio. Para se associar, vá à nossa loja, no Serra Shopping, ou faça a adesão on-line agora mesmo entrando neste link.

Conheça o histórico de Inter x Marcílio, duelo mais frequente na vida colorada
Figueirense (92 jogos) e Avaí (91 partidas) estão perto do topo da lista de adversários que o Internacional de Lages mais enfrentou em sua história, mas não há clube algum que tenha duelado mais vezes com o Colorado Lageano que o Marcílio Dias. Nesta quarta-feira, às 20h30min, as equipes vão se encontrar pela 94ª vez.
Em mais de 50 anos de embates, Inter e Marcílio se enfrentaram 93 vezes. O histórico é equilibrado, mas levemente favorável aos colorados, que venceram 29 vezes; o Marcílio ganhou 27 e houve 37 empates. Em contrapartida, a equipe de Itajaí marcou mais gols: foram 108 a 102.
O primeiro Inter x Marcílio, um amistoso, foi realizado em Lages no dia 4 de fevereiro de 1962 e acabou com vitória colorada por 4 a 2. O mais recente foi pelo Campeonato Catarinense de 2002. O Marinheiro recebeu o Inter em Itajaí e venceu por 2 a 0.
Dos 93 jogos registrados até hoje, dois estão gravados com particular relevo na história colorada. O primeiro, pelo resultado positivo: no dia 20 de março de 1966, com um gol de Abílio, de falta, no último minuto de partida, o Inter venceu por 1 a 0. O resultado permitiu ao Internacional entrar em campo uma semana depois com a vantagem do empate contra o Metropol para conquistar o estadual, válido pela temporada de 1965. O Inter derrotou o Metropol por 2 a 1 e levantou a taça.
O segundo jogo é marcante pelo ineditismo do resultado. No dia 2 de novembro de 1995, em partida válida pela Copa Santa Catarina, o Marcílio derrotou o Inter por 9 a 0, em Itajaí. A goleada é, até hoje, a pior derrota sofrida pelo Colorado Lageano em sua história.
Nesta quarta-feira, passados quase 13 anos, Internacional e Marcílio Dias recomeçarão a escrever o histórico do confronto.
INTER x MARCÍLIO DIAS
93 jogos29 vitórias do Inter
27 vitórias do Marcílio Dias
37 empates
102 gols do Inter
108 gols do Marcílio Dias
Fonte: "Aquelas Camisas Vermelhas", de Mauricio Neves de Jesus (Bampi Editora)

NOS ANEXOS:
- O folclórico 'Paulo Vitor' (com Marcelinho Paraíba) pode ir ao Tio Vida com a camisa do Inter ou a de Rogério Ceni, seu ídolo (Foto: Greik Pacheco)
- Montagem com os escudos de Inter e Marcílio Dias (Arte: Eduardo Marcon)

-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Portal Geledes

Você está recebendo as atualizações do Portal Geledés.
Portal Geledés

Geledés

Em defesa dos direitos humanos. Combate ao racismo, preconceito, discriminação e violência contra a mulher.

Sobre a Bahia, seus linxamentos e confinamento racial

Like Sobre a Bahia, seus linxamentos e confinamento racial on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Sobre a Bahia, seus linxamentos e confinamento racialNossa Gente não tá Nem Ai Para seu Carguinho, Seu Tutorial de Versinho, Seu Classificado de Editais e Sua Arrogância Acadêmica Por Hamilton Borgesdos Santos (Walê), no Combate Racismo Ambiental  Escrevi dias atrás sobre a truculência das Rondas Especiais (Rondesp), seu caráter genocida, a forma com que zomba da vida e da dignidade humana. A […]Leia mais »

Menina negra e a escola

Like Menina negra e a escola on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Menina negra e a escolaQuanto mais eu penso em como começar um texto, menos opções agradáveis eu tenho. Então, começo assim. Uma espécie de supetão gentil. Sei que faltou um “olá pessoal!”. Porém, não me incomodo. Sou feita de supetões. Eles, definitivamente, não me assustam quando brotam de mim. E sim, quando são cravados em mim com lanças e […] Leia mais »

Conheça cinco formas de combater o racismo na infância

Like Conheça cinco formas de combater o racismo na infância on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Conheça cinco formas de combater o racismo na infânciaA Fundação Cultural Palmares divulgou em sua página na rede social facebook cinco formas que, se bem trabalhadas na infância pode contribuir de fato e de direito para termos pessoas com respeito às diferenças étnica-raciais e com um sentimento de pertencimento por Nicolau Neto  Do Informacoes em Foco São formas e atitudes que devem nortear os […] Leia mais »

Polícia cai na folia e usa bombas para animar foliões em São Paulo, por Leonardo Sakamoto

Like Polícia cai na folia e usa bombas para animar foliões em São Paulo, por Leonardo Sakamoto on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Polícia cai na folia e usa bombas para animar foliões em São Paulo, por Leonardo SakamotoQuem disse que a polícia não gosta de uma boa farra? A PM resolveu cair na folia, na madrugada desta terça (17), em São Paulo. Do Racismo Ambiental Cansados de terem que trabalhar enquanto boa parte da população está comemorando o Carnaval, a corporação colocou a Vila Madalena – tradicional reduto boêmio paulistano – para […] Leia mais »

Facebook tira do ar comunidade racista após denúncias

Like Facebook tira do ar comunidade racista após denúncias on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Facebook tira do ar comunidade racista após denúnciasDepois que vários usuários postarem no próprio Facebook denúncias da existência de uma comunidade denominada “Eu não mereço mulher preta”, a rede social removeu a página do ar na tarde deste sábado (14) “por violação dos termos de uso”. A confraria virtual contabilizava até então mais de mil curtidas. Uma postagem de sexta-feira (13) às […] Leia mais »

Menina de 13 anos é vítima de estupro coletivo em Osasco

Like Menina de 13 anos é vítima de estupro coletivo em Osasco on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Menina de 13 anos é vítima de estupro coletivo em OsascoNove pessoas — quatro adultos e cinco adolescentes — acusadas de terem estuprado um menina de 13 anos foram detidas em flagrante em Osasco, na Grande São Paulo, na madrugada do último domingo (15). De acordo com a jovem, os estupros aconteceram em dois locais diferentes no bairro Aliança: uma residência e uma escola estadual. […] Leia mais »

Estudante de moda cria coleção de lingerie para mulheres mastectomizadas

Like Estudante de moda cria coleção de lingerie para mulheres mastectomizadas on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Estudante de moda cria coleção de lingerie para mulheres mastectomizadasA descoberta de uma nova beleza Ao receber o diagnóstico de câncer de mama, a mulher enfrenta um turbilhão de emoções, sabe que enfrentará um tratamento longo, quimioterapia, radioterapia, medicamentos, cirurgias, mas a mais cruel para muitas é o risco de perder o símbolo feminino: cabelos e seios, muitas enfrentam a mastectomia (a cirurgia de […] Leia mais »

5 trabalhos tradicionalmente masculinos nos quais as mulheres foram pioneiras

Like 5 trabalhos tradicionalmente masculinos nos quais as mulheres foram pioneiras on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
5 trabalhos tradicionalmente masculinos nos quais as mulheres foram pioneirasHoje as mulheres representam quase a metade da força de trabalho dos Estados Unidos e este número cresce a cada dia. Mas apesar delas alcançarem novos níveis de sucesso no trabalho, alguns campos permanecem fortemente dominados pelos homens. Por Amanda Scherker, do Brasil Post Muitas dessas ocupações são vistas como um estereótipo de trabalho “masculino”; entretanto, […] Leia mais »

Maratonista ‘exausta’ engatinha os últimos 400 m e chega em 3º

Like Maratonista ‘exausta’ engatinha os últimos 400 m e chega em 3º on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Maratonista ‘exausta’ engatinha os últimos 400 m e chega em 3ºConcluir uma maratona já não é fácil, imagine fazer isso engatinhando. Foi o que a atleta queniana Hyvon Ngetich fez no fim de semana. Do BBC A corredora de 29 anos estava liderando a prova quando foi acometida pelo cansaço, na altura dos 37 quilômetros; a prova tem 42. Incapaz de seguir correndo, ela seguiu […] Leia mais »

Caminhada relembra a Insurreição de São José do Queimado

Like Caminhada relembra a Insurreição de São José do Queimado on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Caminhada relembra a Insurreição de São José do QueimadoPercurso de 18 Km, na Serra, refaz o caminho histórico trilhado pelos escravos que recolhiam materiais para a construção da Igreja. As inscrições estão abertas Do Seculo Diario No último dia 10 de fevereiro começou o período de inscrição para a 5ª Caminhada Noturna dos Zumbis Contemporâneos. Cada vez mais inserida no calendário cultural da […]Leia mais »

Ativista que denunciou abusos de PMs na Bahia sofre ameaças e deixa Salvador

Like Ativista que denunciou abusos de PMs na Bahia sofre ameaças e deixa Salvador on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Ativista que denunciou abusos de PMs na Bahia sofre ameaças e deixa SalvadorO editor-chefe do blog Mídia Periférica, Enderson Araújo, denunciou abusos de policiais militares na Bahia, sofreu ameaças e deixou Salvador, alegando temer pela própria vida. Ele está em local desconhecido. A Superintendência de Direitos Humanos da Bahia e a Secretaria Nacional de Juventude acompanham o caso. Por Wellton Máximo no Agência Brasil Araújo diz ter sido abordado […] Leia mais »

“Morenas exóticas” – um debate sobre colorismo, negritude e arquétipos feminismos da mestiçagem

Like “Morenas exóticas” – um debate sobre colorismo, negritude e arquétipos feminismos da mestiçagem on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
“Morenas exóticas” – um debate sobre colorismo, negritude e arquétipos feminismos da mestiçagemAo longo de nossas vivências, somos habituadas a acreditar que a sociedade brasileira se constituiu pela mistura harmoniosa de raças, que nossos antepassados – europeus, indígenas, africanos – conformaram uma mistura, étnica e cultural, que deu origem ao mestiço ou, ainda, à identidade brasileira. por Bianca Gonçalves no Mina Explosiva Dessa forma, minando o reconhecimento das […] Leia mais »

Olivia Santana: “ A mulher negra continua sendo marginalizada no carnaval de Salvador”

Like Olivia Santana: “ A mulher negra continua sendo marginalizada no carnaval de Salvador” on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Olivia Santana: “ A mulher negra continua sendo marginalizada no carnaval de Salvador”A Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres, Olivia Santana (PC do B) declarou ao “O Jornal da Cidade”, nesta segunda – feira (16), que apesar dos avanços, as mulheres negras continuam marginalizadas no carnaval baiano, e até mesmo excluídas da festa. Por: Danilo Souza Do O jornal da Cidade “A mulher negra continua sendo periferia […] Leia mais »
Copyright © 2015 Geledés Instituto da Mulher Negra
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no Portal Geledés.

Geledés Instituto da Mulher Negra
Rua Santa Isabel 137 - 4º andar
São PauloSP 01221-010
Brazil

Add us to your address book


sair desta lista    atualizar preferências