Destaque

Destaque

quarta-feira, 19 de junho de 2019

Universoagro

Caso não esteja visualizando esse email, acesse a versão online.
Quarta-feira, 19 de Junho de 2019

imgimgimg
img
EXCLUSIVA NEWS
 
Preços do boi gordo podem subir após liberação das vendas para a China
Cotações do animal em Mato Grosso recuaram após anúncio do embargo chinês 

O fim do embargo chinês à carne bovina do Brasil pode trazer tranquilidade para a indústria frigorífica em Mato Grosso. Após a confirmação do caso atípico do mal da vaca louca, a arroba do boi gordo registrou queda de 2,95% na segunda quinzena de maio, segundo informações do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Traduzindo essa queda em números, o valor passou de R$ 139,67 a arroba na primeira quinzena de maio, para R$ 135,50 a arroba nos últimos quinze dias do último mês. Esse movimento de queda nos preços aconteceu após 18 unidades frigoríficas paralisarem suas compras no mercado.

Consequentemente, segundo o Imea, a quantidade de animais ofertada diminuiu, já que muitos produtores seguraram o gado. Por outro lado, com essa retenção de animais, os preços da arroba voltaram a subir com os frigoríficos voltando a operar.

Com esse cenário os frigoríficos já sentiram a diminuição dos dias de escala, que fecharam em uma média de cinco dias de programação. O Imea destaca que o mercado tende a se normalizar, principalmente com após a retirada da suspensão das exportações para a China.

Vale destacar que a China é hoje o principal comprador de carne bovina do Brasil. De janeiro a abril deste ano, o volume exportado para o mercado chinês soma 95,7 mil toneladas ante 84,3 mil toneladas em igual período do ano passado.


DESTAQUE
China retira embargo sobre carne bovina do Brasil
img
Informação foi confirmada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina
LEIA MAIS

DESTAQUE
 
Custos de produção para a safra 2019/20 de soja no MT têm alta
img
Cálculo do IMEA aponta elevação nos preços dos defensivos como principal fator
LEIA MAIS
OUTRAS NOTÍCIAS

Plano Safra 2019/20 terá R$ 225,59 bilhões em recursos
Taxas de juros para custeio e investimento ficarão entre 3% a 10,5% ao ano

Peste suína: FAO revisa para cima número de suínos abatidos na Ásia
De acordo com o órgão, aproximadamente 3,6 milhões de animais foram eliminados no continente por estarem infectados

Safra mundial de café 2019/20 deve cair 3,1%
Estimativa do USDA indica produção de 169,1 milhões de sacas
VEJA MAIS
PUBLICIDADE
img

img

CONTATO
Telefone

E-mail

Cheia de Charme


Carlos Henrique Lacerda e Paulo Furtado na Cidade Baixa



Espaço Jolie France


River 2 x 2 Inter

Caravana Colorada do Flávio Couto


River 2 x 2 Inter

River 2 x 2 Inter

Outras Palavras

Boletim de atualização nº 1190 - 18/6/2019leia no navegador

Pilger: É hora de salvar o jornalismo

Há uma guerra global pelo controle de informações. Divulgá-las provoca fissuras no sistema, como já fizeram Assange e Greenwald. O direito a saber é a batalha do século. É por isso que governos autocráticos declaram cruzada contra dissidentes
John Pilger, entrevistado por Dennis J. Bernstein Randy Credico

Missão: extinguir o BNDES

Não há apenas inabilidade brutal na demissão de Joaquim Levy. A seu substituto, um economista inexpressivo, Bolsonaro e Guedes encomendaram uma operação que renderá bilhões aos bancos privados
Por Paulo Kliass

fuga para frente de Jair Bolsonaro

Desgastado nas ruas e em atritos com partes de sua base, presidente ataca: demite três generais e um banqueiro. Longe de representar endurecimento de regime, estratégia belicosa só assanha horda bolsonarista e escancara sua mediocridade
Por Gilberto Maringoni

Boaventura: a intrincada geopolítica da Lava Jato

Para sociólogo português, vazamentos do The Intercept podem provar ingerência na política nacional: em conflito com a China, EUA teriam usado a Lava Jato para conseguir alinhamento total do Brasil e liquidar Pré-Sal e Embraer
Boaventura de Souza Santos entrevistado por Henri Figueiredo, no Sul21

A direita, quem diria, já está saindo de moda…

Algo leva gente como Rodrigo Maia e João Dória a se rotular como de “centro”. Eles perceberam que, para sobreviver, precisam se afastar de Bolsonaro. E creem que lugares políticos nada mais são do que rótulos numa prateleira de mercado...
Por Jorge Chaloub, no Boletim Lua Nova
O JOIO E O TRIGO

Nestlé: como incomodamos a gigante

Corporação alimentícia notifica duas vezes site parceiro de Outras Palavras. O Joio parece tocar na ferida novamente, ao expôr calculadora que induz ao erro e apoiar política de rotulagem para informar alto teor em gordura, sódio e açúcar nos alimentos
OUTRA SAÚDE

“Disruptores”: como evitar os químicos do cotidiano?

Novos estudos apontam que objetos como plástico e metal contém substâncias que interferem nos hormônios, especialmente das crianças. Leia também: abismo entre ricos e pobres aumentou; governo mantém financiamento de instituições denunciadas por maus tratos; e muito mais
Por Maíra Mathias e Raquel Torres, no Outra Saúde
VÍDEO

O sono dos adolescentes

Jovens, biologicamente, acordam mais tarde e precisam de mais horas na cama. Privá-los de dormir compromete aprendizado e crescimento. Aulas que começassem mais tarde, como nos EUA, gerariam melhorias no desempenho escolar
Produção: Peripécia Filmes
OUTROS QUINHENTOS APRESENTA:

Quarteto de jazz dá a trilha sonora desta quarta-feira

Victor Rice Quartet se apresenta no Bona, em Pinheiros (SP). Há um par de ingressos grátis para quem colabora com Outras Palavras
Por Simone Paz
facebooktwitterinstagramyoutube
OUTRAS PALAVRAS
Rua Conselheiro Ramalho, 945 - Bixiga, São Paulo
Boletim de atualização do site Outras PalavrasSe quiser falar com a gente, basta responder esta mensagem.A reprodução de nossos textos é sempre bem-vinda.

River 2 x 2 Inter

River 2 x 2 Inter

A Grande Marta Cala o Futebol Machista

A maior artilheira de todas as Copas do Mundo incluindo a categoria masculina e feminina. Depois do Pelé a grande figura do futebol brasileiro.