Rádio WNews

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Isenção de Taxa de Inscrição (Arquivo)


17/4/09

isenção de taxas de inscrição

Inscrição para Concursos Públicos pode ter isenção


O Projeto de Lei do Legislativo de nº 04/2009 de autoria do Vereador Osni Domingues – PP foi aprovado por unanimidade pelos Vereadores durante Sessão Ordinária desta terça-feira(13).
O referido Projeto tem por finalidade prever a isenção no pagamento de taxas de inscrição nos concursos realizados pela Prefeitura e Câmara Municipal de Vacaria, aos candidatos que tenham renda familiar per capita inferior a um salário mínimo, aos desempregados, aos carentes e os doadores de sangue.
Após a aprovação do mesmo a Câmara de vereadores esta remetendo o referido Projeto ao Prefeito Municipal.
Data: 14/04/2009
 criado por jornalnegritude     12:41:52 am — Arquivado em: Vacaria RS — Editar

Quilombhoje

Imagens


 


Projeto de Sofia (Arquivo)


18/4/09

Projeto de Sofia aprovado


Aprovado projeto de Sofia para placas de logradouros

 

Os vereadores de Porto Alegre aprovaram por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (15/4), projeto de lei, da vereadora Sofia Cavedon (PT), que disciplina a afixação de placas indicativas com nomes de logradouros na zona urbana do Município, em imóveis localizados em esquinas, estabelecendo o conteúdo dessas placas.
Segundo a vereadora, na legislação vigente, os logradouros públicos podem receber a denominação de pessoas, datas, fatos históricos e geográficos ou outros reconhecidos pela comunidade. “Por outro lado, observa-se que na maioria das placas denominativas que homenageiam pessoas ou entidades não consta a referência de quem é o homenageado“.
Para Sofia, identificar na placa a razão da homenagem, mesmo de uma forma simplificada e breve, é fundamental para resgatar a memória, explicitando um pouco da história daquela pessoa, data ou fato à população que transita pela via – o que possibilitará que os moradores das localidades e a comunidade em geral conheçam estas personalidades, mantendo viva a memória cultural de seus moradores e usuários.
A vereadora lembra ainda que a proposta atende a questionamentos e sugestões de cidadãos que transitam por ruas identificadas com pessoas ou datas que não são de domínio público, mas, em muitas vezes, são personalidades ou datas extremamente significativas para determinadas comunidades, regiões ou segmentos. “Dessa forma, pode-se tornar público um fragmento da história, contribuindo para o estreitamento das relações de diversas comunidades com suas personalidades e datas comemorativas“.

Fonte: Vereadora Sofia Cavedon/PT - 51.9953.7119

Redação: Regina Tubino Pereira (reg. prof. 5607) - Comunicação CMPA.
Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA

Ouça: Placas de rua vão contar histórias de homenageados

 

 

Porto Alegre, 17 de Abril de 2009.

Jorn. Marta Resing/5405
Ass. Comunicação


 criado por jornalnegritude     12:48:38 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

17/4/09

isenção de taxas de inscrição

Jean Wyllys


Caso não visualize a mensagem, acesse este link.
header

Jean Wyllys esclarece polêmica sobre declaração de que 60% dos homens do Congresso usam prostitutas

Um comentário feito pelo deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) durante entrevista sobre o Projeto de Lei 4211/2012, que busca regularizar a atividade de profissionais do sexo, gerou polêmica e vem sendo repercutido de forma sensacionalista por alguns veículos de imprensa. Vejam abaixo a resposta do deputado.
“Está claro – até porque usei o verbo no futuro do pretérito (“diria que 60%…”), tempo verbal que torna relativa e incerta qualquer afirmação – está claro que eu não me referi a estatísticas precisas, levantadas por institutos de pesquisas. Considerando que jornalistas fossem capazes de levar em conta essa nuanças da Língua, espantou-me a maneira literal como parte da imprensa interpretou essa frase.
Na verdade, eu sei que essa parte da imprensa, até por estar em jogo os direitos de uma minoria difamada (as prostitutas), investiu na cobertura sensacionalista que sempre gera audiência, mas também histeria. É óbvio que a referência a 60% queria dizer “a maioria”; e que essa percepção de que boa parte dos homens já recorreu a serviços de prostitutas não é só minha nem é mentira, por mais indignados que os autoproclamados paladinos da “moral” e dos “bons costumes” tenham se mostrado indignados com ela.
Essa percepção é fruto da realidade que vemos todos os dias, das conversas que ouvimos, da literatura que lemos e dos filmes a que assistimos: sim, as prostitutas existem e a maioria dos homens recorre aos seus serviços! De mais a mais, o fato de que parlamentares recorrem a serviços de prostitutas já foi divulgado diferentes vezes por diferentes veículos de comunicação. É só procurar por essas matérias.
Por fim, gostaria de ver os deputados que se inflamaram com a estatística imprecisa indignados com o que realmente importa: por exemplo, com o fato de os prováveis novos presidentes da Câmara e do Senado estarem envolvidos em denúncias de corrupção e com o fato de muitos dos parlamentares terem vendido seus votos em matérias importantes”
Jean Wyllys – Deputado Federal pelo Rio de Janeiro – PSOL.

Saiba mais:



Assessoria de Imprensa CTG Porteira do Rio Grande


Furto na Casa Legislativa

Alguns assessores de vereadores me falaram que já sofreram furtos na Câmara de Vereadores de nossa cidade desde dinheiro e até bateria de telefone celular. Mas infelizmente a segurança que presta serviço na  casa legislativa se preocupa as vezes com jornalista que vão atender o seu celular a trabalho.

Veja


18/4/09

Veja

  
  18 de abril de 2009


Eurípedes Alcântara

Diretor de Redação
Caro leitor,
a newsletter comentada não estará disponível nesta semana. Convido-os a clicar aqui e ler a versão com o índice completo.
 Assista ao vídeo com os comentários do editor executivo Carlos Graieb sobre as principais reportagens da seção de Artes & Espetáculos.
O editor executivo Carlos Graieb comenta reportagens de Artes & Espetáculos

Clique na imagem para assistir ao vídeo

Volto a selecionar e comentar as reportagens de VEJA no próximo fim de semana.
Um forte abraço,

Eurípedes Alcântara
Diretor de Redação
 
Destaques de VEJA.com
 Em ProfundidadeAdoção no Brasil
www.veja.com.br/emprofundidade
 SaúdePortabilidade dos planos de saúde
www.veja.com.br/saude
 Biblioteca digitalComo agem os piratas da Somália
http://veja.abril.com.br/educacao/biblioteca-mundo.shtml
 Galeria de fotosCenas de ação na TV brasileira
www.veja.com.br/galerias
 Cronologia50 anos de carreira de Roberto Carlos
www.veja.com.br/cronologia
 
Clique aqui para cancelar o envio deste e-mail
Nosso serviço de cadastramento solicitará seu e-mail e senha. Se não souber a senha, digite seu e-mail e clique no item “Esqueci minha senha”. Uma senha provisória será enviada para sua caixa postal para possibilitar o acesso ao serviço.

copyright © Editora Abril S.A. - todos os direitos reservados
 criado por jornalnegritude     12:52:52 am — Arquivado em: Sem categoria — Editar

Projeto de Sofia aprovado