Rádio WNews

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Codene





Negros gaúchos condenam continuísmo
Por: Redação - Fonte: Afropress - 2/6/2009

Porto Alegre - O novo presidente do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra do Rio Grande do Sul (CODENE), Victor Hugo Rodrigues Amaro (foto), afirma que o ex, José Antonio dos Santos da Silva, quer se perpetuar no poder e tem lançado mão de manobras, ofensas, agressões e até tentado confundir o Judiciário, o que tem provocado enorme desgaste político as entidades negras gaúchas e impedido avanços. “O ex-presidente e seus poucos aliados tem o intuito de manter o continuismo dentro do Conselho”.

Victor Hugo garante que o mandato de José Antonio acabou no dia 30 de outubro do ano ano passado. O ex-presidente, porém, insiste que o mandato termina em 22 de junho próximo e conseguiu um despacho do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Martin Shulze, nesse sentido. A Procuradoria Geral do Estado recorreu para tornar sem efeito a decisão do juiz.

Segundo o novo presidente, a tentativa de partidarizar o debate no sul, por parte de José Antonio, representante da Unegro (entidade que reúne negros ligados ao PC do B) ao acusar a governadora Yeda Crusius de tentar destituí-lo, é uma farsa e não encontra eco, nem mesmo na entidade que representa. “Não tem fundamento, pois as eleições foram realizadas justamente para que o CODENE não ficasse sem a representatividade da sociedade civil. Soube que a Unegro emitiu nota denunciando que não concorda com o posicionamento do seu representante aqui no Rio Grande. Golpe pretende dar quem quer se perpetuar no CODENE”, acrescenta.

Embora seja um órgão público, os vínculos do CODENE, com o Governo do Estado, segundo Victor Hugo, são de natureza técnico-administrati va. “Há vinte anos, entra governo e sai governo e as políticas públicas avançam pouco, pois a articulação do Conselho é falha. Isso acontece também nos municípios que tem coordenadorias ou conselhos, onde não se consegue avançar concretamente” , afirma.

Victor Hugo diz que o processo de preparação da Conferência Estadual gaúcha, que tirou 57 delegados que irão à Conferência Nacional, em Brasília, no final do mês, embora tumultuado pelo ex-presidente e pelos setores que o apóiam, já representou uma novidade. “Muitos delegados regionais, com grande atuação nas comunidades negras no interior, ficaram de fora da delegação, por conta das manobras de lideranças negras comprometidas com interesses ideológicos e com a manutenção de seus pseudo-poderes. Esta delegação pode ainda não ser a verdadeira expressão da negritude gaúcha, mas já demonstra a renovação que se inicia”, enfatiza.

Veja, na íntegra, a entrevista concedida por e-mail ao Editor de Afropress, jornalista Dojival Vieira.

Afropress - Afinal, quando começou e quando terminou o mandato de José Antonio dos Santos? Ele tem razão quando insiste que seu mandato vai até o dia 22 de junho, inclusive recorrendo ao Judiciário?

Victor Hugo - O mandato dos ex-representantes da sociedade civil no CODENE começou em 30 de outubro de 2006, quando nós, inclusive a minha organização, elegemos o José Antônio, da Unegro, como presidente em 13 de novembro de 2006. Então, acompanho o parecer do Departamento Jurídico da Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e Rio Grande do Sul (Aecpars), entidade reeleita, a qual represento no CODENE, que, assim como o Ministério Público e a PGE entendem que o mandato iniciou na data da publicação no Diário Oficial do Estado em 30/10/2006 e que findou em 31/10/2008.

O José Antônio já começou a exercer o seu mandato a partir de 13 de novembro de 2006, mesmo assim solicitou uma cerimônia de posse ao governo, para dar maior visibilidade ao Conselho, o que aconteceu em 27 de junho de 2009. Mas esta cerimônia não lhe deu direito a prorrogar o mandato, que está atrelado ao mandato do colegiado, ou seja, se o mandato da Unegro se encerrou em 2008, o do José Antônio, também.

No dia 5 de setembro de 2008, o colegiado do CODENE autorizou a realização das eleições, conforme ata da reunião. Então, em 07 de novembro de 2008, foram eleitas as 12 (doze) entidades da sociedade civil para o novo mandato. Agora em março de 2009, foi eleita a nova Diretoria do CODENE. Eu sou o presidente, a vice é a Elisiane Ferreira, a secretária executiva é Francisca Bueno e a tesoureira, Liliana Cardoso.

Afropress - A posição do ex-presidente que acusa a governadora Yeda Crusius de dar um golpe para destituí-lo tem algum fundamento?

Vitor Hugo - Não tem fundamento, pois as eleições foram realizadas justamente para que o CODENE não ficasse sem a representatividade da sociedade civil a partir de 31 de outubro de 2008. Com as novas eleições, foi dada a oportunidade por meio de Edital, a todas as entidades concorrerem, quando, além da entidade que represento, a Aecpars, mais onze entidades da Sociedade Civil foram eleitas legitimamente para composição do novo colegiado. O CODENE então seguiu em pleno funcionamento.

Afropress - Quais as dificuldades enfrentadas desde a sua eleição e posse para levar adiante as tarefas que cabem ao CODENE?

Vitor Hugo - Desde o ano passado, todo o processo eleitoral tem sido muito desgastante. O ex-presidente e seus poucos aliados tentam desmobilizar propositalmente o pleito, com o intuito de manter o continuismo dentro do Conselho. Ofensas, agressões e desmoralizações têm trazido um desgaste político entre organizações, pessoas do movimento negro e órgãos públicos. Isso tem impedido os avanços de ações, especialmente as reivindicações prioritárias do CODENE, conforme a Lei 11.901/03.

Afropress - Quais as forças que hoje compõem o CODENE com a sua eleição e quais são as metas e o programa de sua gestão?

Vitor Hugo - Hoje, as forças que compõem o CODENE são muito mais do que forças políticas partidárias. São forças sociais com representação do carnaval, dos clubes negros, da capoeira, dos quilombos, da juventude, das mulheres negras, da religiosidade, das áreas da saúde, da educação, da cultura, das artes, dos esportes, ou seja, uma sociedade civil engajada e com trabalho real junto às comunidades. Na representação governamental, é a primeira vez que a maioria dos conselheiros são negras e negros, realmente comprometidos com a causa e de diferentes orientações políticas. Todos tem apoiado o novo colegiado e repudiado a maneira como vem se manifestando alguns dos ex-conselheiros.

A principal meta da nova diretoria, em diálogo com o pleno, é aproximar o CODENE de cada negro e negra de todo o Estado. Estamos centrados na mobilização de todos os municípios do RS, com o objetivo de fortalecer os conselhos e as coordenadorias ligadas às políticas de igualdade. Precisamos propiciar a aproximação e a participação de todos. As decisões devem ser coletivas, assim como as demandas são coletivas.

Afropress - Embora subordinado à Secretaria da Justiça do Estado, o CODENE tem autonomia para encaminhar as políticas públicas em sua área de competência e atuação? O CODENE tem orçamento? Em caso positivo, qual?

Vitor Hugo - O CODENE é órgão público, somente vinculado técnico-administrati vamente à Secretaria. Mas, há vinte anos, entra governo e sai governo e as políticas públicas avançam pouco, pois a articulação do Conselho é falha. Isso acontece também nos municípios que tem coordenadorias ou conselhos, onde não se consegue avançar concretamente.

A Lei 11.901/03, do CODENE, prevê um Fundo de Reparação, mas ele nunca saiu do papel. Em 2007, o CODENE teve R$ 100 mil aprovados no orçamento, via emenda parlamentar, mas o ex-presidente não abriu nenhum Edital público para acessar o recurso. Esse é o CODENE que estamos assumindo: um conselho com um fluxo truncado, onde os projetos para as comunidades negras não chegam para apreciação, pois as próprias organizações negras não fazem questão disso, o que gera um desrespeito geral com o Conselho. Parece que ninguém acredita que o órgão vai realmente impulsionar o desenvolvimento social.

Precisamos mudar essa realidade. Já existem recursos para projetos para as comunidades negras no orçamento do Estado, em várias secretarias, os quais o ex-presidente não moveu uma palha para deliberar ações reais, mesmo pressionado pelo colegiado da época. O principal desafio do CODENE é garantir que esses recursos sejam usados e de forma eficiente.

Afropress - Como a Governadora Yeda Crusius tem tratado a questão étnico/racial? Há sensibilidade no Governo para o tema?

Vitor Hugo - O racismo institucional está presente em várias esferas dos governos e aqui não é diferente. Temos conselheiros governamentais negros e negras em várias secretarias, comprometidos com nossa gestão, eleita em março/09. A própria criação, neste governo, da Coordenadoria Estadual de Políticas de Igualdade Racial foi um avanço. Mas precisamos de infra-estrutura para essa Coordenadoria e o para o próprio Conselho, coisa que ainda não temos. Só assim poderemos, conjuntamente, implantar políticas efetivas, de Estado.

Não podemos negar que a governadora assinou o Decreto 45.555/08, que Institui a Política Estadual de Atenção Integral às Pessoas com Doença Falciforme e outras Hemoglobinopatias. E sancionou a Lei 12.918/08, que dispõe sobre a preservação do patrimônio histórico e cultural de origem africana e afro-brasileira no Rio Grande do Sul, atendendo as reivindicações do movimento negro. Mas no meu entendimento isso é pouco, diante das demandas das comunidades negras. Precisamos avançar mais e mais rápido, garantindo o real desenvolvimento dos afro-brasileiros.

Afropress - Como tem sido a relação com a Seppir? O fato de serem partidos diferentes no âmbito federal e estadual tem, de alguma forma, atrapalhado?

Vitor Hugo - A SEPPIR tem tomado uma posição política de diálogo governamental com a Coordenadoria Estadual de Políticas de Igualdade Racial. Mas com o CODENE o diálogo ainda não se efetivou. Acreditamos que isso seja devido as inverdades publicadas por alguns integrantes de movimentos ligados a Seppir. As correntes partidárias sempre atrapalham, pois não se pensa na causa negra acima dos partidos. Muitas vezes, atitudes partidarizadas impedem o avanço das políticas.

Afropress - Quais são as expectativas para a Conferência Estadual da Igualdade Racial do Rio Grande do Sul?

Vitor Hugo - A nossa Conferencia Estadual foi feita com a participação maciça do Interior do Estado que infelizmente presenciou uma moção contra o Ministro Edson Santos. Soube que a Unegro emitiu nota denunciando que não concorda com o posicionamento do representante da Unegro do RS. No nosso entendimento, as críticas aos governos são válidas e importantes, mas quando feitas com o intuito de construir uma nova alternativa e não com o poder de destruição, como propõe o documento lido ao ministro.

Houve ainda questões de organização da Comissão Organizadora da II COEPIR que foi questionada, mas avaliamos a Conferência como uma etapa positiva no amadurecimento do movimento negro gaúcho. O maior ganho foi a realização, pela primeira vez, de nove Conferências Regionais, garantindo a participação em massa do movimento negro do interior, principalmente de organizações estaduais, realmente gaúchas.

Afropress - Quantos serão os delegados gaúchos à Conferência Nacional e como estão distribuídas as diferentes forças?

Vitor Hugo - O Rio Grande do Sul irá enviar 57 delegados à Brasília. Muitos delegados regionais, com grande atuação nas comunidades negras no interior, ficaram de fora da delegação, por conta das manobras de lideranças negras comprometidas com interesses ideológicos e com a manutenção de seus pseudo-poderes. Esta delegação pode ainda não ser a verdadeira expressão da negritude gaúcha, mas já demonstra a renovação que se inicia.

Afropress - A Procuradoria Geral do Estado já entrou com recurso visando tornar sem efeito o despacho do juiz Martin Schulze, da 3ª Vara da Fazenda Pública?

Vitor Hugo - Segundo informações do jurídico da SJDS, a PGE já entrou com recurso e aguarda a tramitação. Mas infelizmente, por conta da morosidade da justiça, o que o ex-presidente e seus cúmplices queriam, eles conseguiram, que era agir em causa própria para saírem delegados para a II Conapir. Agora é esperar para ver o que eles farão na Conferência Nacional, se dizendo representantes do movimento negro do RS.

Afropress - Faça as considerações que considerar pertinentes.

Vitor Hugo - Agradeço a imparcialidade e a possibilidade de manifestação dos novos conselheiros do CODENE, nas páginas da Afropress. Os novos conselheiros anseiam em trabalhar pela Negritude do Estado e se sentem prejudicados pelo posicionamento contrário de alguns que advogam em causa própria.

http://www.afropres s.com/noticiasLe r.asp?id= 1872

************ ********* ********* ********* ****



Muito boa a entrevista pois é mais uma luz nessa escurudão que tava se tornando a sucessão dentro do CODENE-RS. Parabens a Afropress pela iniciativa.
Eu tinha dito aqui na lista há um tempo atras que doei livros que não usava mais ao Codene, e na epoca o Nilo Feijó estava substituindo o José Antonio que concorria a vice em Alvorada, e que voltei uns 3 ou4 meses depois para doar outra caixa e nem presidente havia mais no Codene para me passar um recibo dos livros que tinha doado. A entrevista deixa bem claro que o caminho procurado foi o legal, que é a Justiça, e ela deu a palavra final sobre isso, apesar de conhecer o José Antonio, dos tempos do Comite João Cândido, lamento saber que o presidente agora é outro, mas em prol do Movimento Negro desejo a ele uma administração tão ou mais vitoriosa que as outras!

O que é lamentavel é que a politica (branca) mais uma vez da suas cartas em nosso jogo.

Alias o PCB é o partido da Manuela, a garotinha fenomeno do Sul, mas que falhou quando não podia falhar! A MAnuela pra quem não sabe concorreu a Prefeitura de Porto Alegre, e iniciou com 70% de aprovação, e incrivelmente o atrelismo dos partidos de esquerda ao PT fez com que Manuela descesse cada vez mais, e Maria do Rosario (PT) subisse, e no fim deu o que todos não imaginavam.. . Rosario (PT) e Fogaça (PMDB) foram pro segundo turno e Manuela, que no ultimo e derradeiro debate se portou de maneira patetica não atacando Fogaça e nem rebatendo as chineladas que levava de Rosario, viu sua casa cair da maneira mais absurda possivel!!!

Naquela ocasião a opinião minha e de pessoas que me cercavam foi unanime, se o PCB ao inves de partido satelite do PT tivesse se portado como gente grande, teria batido em Fogaça, teria não puopado o PT e hoje teria uma das prefeituras mais importantes do pais.... o servilismo foi cruel com Manuela.


|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .
__._,_.___

Governadora Recebe Troféu

Governadora recebe Troféu Parceiro do Denarc 2009
25/11/2009 23:13


A governadora Yeda Crusius recebeu, nesta quarta-feira (25), o Troféu Parceiro do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) 2009, em solenidade na Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul. A premiação integra as comemorações do 14º aniversário do Denarc. "Premiar e celebrar no dia do aniversário do Denarc significa fazer o reconhecimento daqueles que torcem a favor do sucesso do serviço público", disse a governadora.

Ao destacar os investimentos do Estado na área de segurança, Yeda afirmou que "o governo está dando passos em direção à recomposição da força da segurança pública". Disse também que o crime organizado é um dos maiores problemas enfrentados pela sociedade e que, para combatê-lo, "é preciso crescer [a atuação das polícias] no mesmo ritmo". "Espero que todos nós ajudemos para que isso ocorra", frisou.

Yeda também lembrou que a prática de gestão possibilitou aumentar os investimentos em órgãos como a Polícia Civil e o Instituto-Geral de Perícias (IGP), e citou o aumento da arrecadação durante seu governo. "Mesmo com a crise financeira internacional, tudo indica que vamos terminar o ano com receitas e despesas empatadas e com investimentos crescentes", finalizou a governadora.

De acordo com o chefe de Polícia, João Paulo Martins, a criação do Denarc ampliou e especializou a Polícia Civil no combate às drogas. "Ao completar 14 anos, depois de muitas apreensões de ilícitos, o Denarc demonstra ter atingido a maioridade necessária para continuar enfrentando a ação criminosa", disse ele.

Após parabenizar o quadro funcional do Departamento, afirmou: "A governadora não poupa esforços para viabilizar financeiramente o Estado e garantir os recursos que permitem o bom funcionamento do organismo policial". Foram homenageadas pessoas do meio público e privado que contribuíram para o crescimento e a visibilidade das ações do Denarc.

Fonte: www.estado.rs.gov.br

Resposta de Estagiário

Poa, 26/11/09

Desejo que tenhas uma ótima quinta-feira.

Beijos.

Deise Nunes.

Transar após 25 anos de casado é Trabalho ou Prazer???

Um Presidente de uma determinada empresa, casado há 25 anos, está na maior dúvida se transar com a mulher, depois de tanto tempo de casamento, é trabalho ou prazer.

Na dúvida, ligou pro Diretor Geral e perguntou-lhe o que ele achava.

O Diretor ligou pro Vice-Diretor e fez a mesma pergunta.

O Vice-Diretor ligou pro Gerente Geral e fez a mesma pergunta.

E assim seguiu-se a corrente de ligações até que a pergunta chegou ao Setor Jurídico e o Advogado Chefe perguntou como de praxe, pro Estagiário que estava todo afobado fazendo mil coisas ao mesmo tempo.

- Rapaz, você tem um minuto pra responder se quando o Presidente da empresa transa com a mulher dele é trabalho ou prazer???

- É prazer, Doutor!!! - respondeu o Estagiário prontamente e com segurança.

- Ué? Como é que você pode responder isso com tanta segurança e certeza?

- É que... Se fosse trabalho, já tinham mandado eu fazer !!!

Notícias da Prefeitura de Porto Alegre


Todas as Notícias

A MANCHETE
Porto Alegre mostra suas ações de governança
São ações que garantem benefícios a regiões carentes, como vagas em creches, acesso a produtos alimentares, regularização de loteamentos clandestinos, ligações de água e recuperação de arroios. Os programas foram relatados hoje na oficina do Simpósio Governança Democrática. Diante da grande demanda por vagas na educação infantil, Suzana Marins recebeu uma tarefa em 2005: buscar soluções para entraves burocráticos relativos à construção de unidades educacionais. Os resultados apareceram. Até dezembro, 37 creches terão sido entregues, com 4 mil novas vagas. Leia mais...

DESTAQUES
Encontro debate necessidades especiais na educação infantil
Será o primeiro seminário de integração entre escolas de educação infantil e das creches conveniadas à prefeitura dos bairros Cruzeiro do Sul e Santa Teresa. O evento ocorre na sexta-feira, a partir das 13h, no Instituto Filhas da Maria Imaculada (avenida Cruzeiro do Sul, 2507). “Buscamos estimular a interação entre as instituições que atuam em localidades próximas e atendem público semelhante. Também serão debatidas questões voltadas a necessidades educativas”, disse a assessora pedagógica da Smed Cíntia Gonçalves. Leia mais...

Missão do BID estabelece cronograma do Socioambiental

A definição do cronograma financeiro é essencial para o início de licitações e contratações em 2010. Hoje, a comitiva visitou a Estação de Bombeamento de Esgotos da Ponta da Cadeia, que será responsável pela condução do esgoto produzido pelo Centro até a Serraria, via rede terrestre e subaquática. “Temos orgulho de estar ajudando este projeto que será tão importante para a população gaúcha. Os critérios do BID estão de acordo com os princípios de sustentabilidade do Socioambiental”, afirmou Irene Altafin, consultora do banco. Leia mais...

Fórum Social Mundial abre escritório no Gasômetro

O escritório do comitê organizador do Fórum Social Mundial (FSM) será inaugurado hoje, às 18h, com a presença do prefeito José Fogaça. O espaço foi cedido pela prefeitura. Em 2010, o fórum retorna a Porto Alegre. O evento será realizado entre os dias 25 e 29 de janeiro. Leia mais...

Papel da tecnologia na gestão das cidades
O tema entrou em debate hoje no Simpósio Governança Democrática, no mesmo dia em que o Parlamento Europeu aprovou o novo pacote de regras para telecomunicações. “É a primeira vez que um texto legal fala sobre o uso da Internet, reforçando direitos dos consumidores, garantias de acesso e proteção de dados”, afirmou André Kulczynski, diretor-presidente da Procempa. Kulczynski falou sobre a empresa, destacando que poucas cidades brasileiras têm estrutura própria de tecnologia. “É preciso ter um entendimento político de perceber o alcance que a tecnologia pode disponibilizar à população.” Leia mais...

Capital e Santa Maria integram ações
As duas cidades vão trocar soluções tecnológicas e programas, desenvolver ações conjuntas e fazer missões de treinamento de servidores públicos. A ideia é adotar um modelo de gestão que possua a mesma linguagem, possibilitando a modernização conjunta das ferramentas e a evolução da democracia digital. O protocolo de cooperação técnica entre Porto Alegre e Santa Maria foi assinado hoje pelos prefeitos José Fogaça e César Schirmer. Leia mais...

EVENTOS
HPS recebe inscrições para curso de primeiros socorros

Com 50 vagas disponíveis, o treinamento tem o objetivo de capacitar o maior número de pessoas para situações de urgência como desmaios, convulsões, choque elétrico, queimaduras e intoxicações. Interessados devem procurar a Direção Científica do Hospital de Pronto Socorro, no 6º andar, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h. O curso será no dia 12 de dezembro, no auditório da instituição. Leia mais...

Túlio Piva terá Bandinha Di Dá Dó amanhã

Palhaços, teatro e música são os personagens principais da arte do “clown music”, que será apresentado a partir das 21h. Surgido em 2005, o grupo é formado pelo saxofonista e palhaço chileno Cristian “Hermano” e o também palhaço, acordeonista e compositor porto-alegrense Mauro Bruzza. Os ingressos custam R$10 e valem, além da entrada no teatro, um minidisc da banda. Leia mais...

Turistas vão participar da folia nos bailes de salão

Quem planeja visitar Porto Alegre na época do Carnaval deve trazer na bagagem fantasia e muita confete e serpentina. As festas dos clubes Caixeiros Viajantes, Lindoia e Farrapos estarão abertas aos turistas. É o Estação Folia 2010, que está sendo lançado hoje, a partir das 17h30, na Secretaria Municipal de Turismo, com a participação da Corte Oficial do Carnaval de Porto Alegre. Leia mais...

Comcet destaca profissionais e instituições de ciência e tecnologia

A cerimônia será amanhã,a partir das 18h30, no Armazém A3 do Cais do Porto, com a presença do prefeito José Fogaça. Serão homenageadas 13 pessoas e 17 instituições dos setores público, privado e acadêmico que contribuíram para o desenvolvimento dessas áreas, em benefício da sociedade. A iniciativa é do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia (Comcet). Veja a lista dos destaques. Leia mais...


PREVISÃO DO TEMPO
Confira a previsão do tempo desta quinta-feira, dia 26
(Clique aqui)

TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
(Clique aqui)

VEJA PAUTAS DO DIA
Pautas para o dia 26 de novembro
(Clique aqui)




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Deputada Janete Pietá


NÚMERO 89 – 22/05/2009

PALAVRA DA DEPUTADA

“O destaque desta semana, na Câmara dos Deputados, foi a aprovação da MP 459/09, Medida Provisória enviada pelo governo, que cria o Programa Habitacional Minha Casa, Minha Vida para atender famílias com renda de até 10 salários mínimos. A meta inicial é construir um milhão de moradias. A principal mudança feita no texto foi de atender municípios com até 50 mil habitantes – na versão original só seriam atendidos municípios com mais de 50 mil habitantes -, além de sorteio eletrônico como regra para a escolha dos candidatos com renda mensal de até três salários mínimos, com exceção de moradores de assentamento irregulares. O programa também financiará equipamentos de aquecimento solar para famílias de até seis salários mínimos. O registro das escrituras públicas e de todos os atos relativos ao programa terá descontos que variam de 75% a 100%. Para as famílias com renda de até três salários mínimos, as escrituras sairão de graça. Foi um momento feliz. A oposição votou favorável. As criticas apresentadas foram: “Por que este programa não começou antes” e “não haverá tempo hábil para atingir esta meta de 1milhão de moradias”. Afirmo: o Lula, nosso querido presidente, sabe quanto o trabalhador sonha com a casa própria. Ele mesmo teve experiências dolorosas, que fazem com que ele saiba as necessidades da população. Todos terão seu Lar tão almejado. Aplaudi de pé. Valeu Lula!”

PRÊMIO PELA PAZ

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o vencedor da edição de 2008 do Prêmio pela Paz Félix Houphouët-Boigny. Segundo a Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura), Lula foi escolhido pelo júri por suas ações em busca da paz, diálogo, democracia, justiça social, igualdade de direitos, assim como por sua contribuição para a erradicação da pobreza e proteção das minorias. A cerimônia de entrega do prêmio deve acontecer em julho.

LULA, PRESIDENTE DA PAZ E DA ESPERANÇA

A deputada Janete Pietá parabenizou o presidente e ressaltou: “o presidente Lula tem tido uma postura de respeito a soberania e dialogo com outros países. Além disso, suas políticas sociais, como o Bolsa Família, Luz para Todos e Minha Casa, Minha Vida, fazem com que vários brasileiros tenham acesso ao básico para viver como cidadão. Lula, o presidente da Paz e da Esperança num momento de crise internacional, no qual muitos buscam resolver suas relações pela guerra. Lula pacifica as relações internacionais. Parabéns Lula!”

SEMINÁRIO NACIONAL

A Assessoria de Gênero, Raça e Etnia (AEGRE), do MDA, em parceria com a Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), promoveu o Seminário Nacional de ATER para Mulheres, de 19 a 20 de maio, no Bay Park Hotel Resort, em Brasília. Durante o evento foram apresentadas e aprofundadas reflexões acerca da PNATER, com enfoque em gênero, evidenciando seus avanços e desafios. O objetivo também foi formular estratégias e propostas futuras, em diálogo com outras Redes Temáticas e demais políticas públicas para as mulheres, além de promover intercâmbios e reflexões sobre a prática extensionista orientada para a promoção da igualdade entre homens e mulheres. O MDA em parceria com a SPM, desde 2003, valoriza uma agenda feminina como condição nacional de desenvolvimento rural sustentável. “É importante lembrar que cresce no meio rural a chefe de família mulher”, frisou a parlamentar, que participou do evento.

PARECER FAVORÁVEL



A deputada Janete Pietá apresentou parecer favorável na Comissão de Direitos Humanos ao Projeto de Lei n.º 832-E/2003, de autoria do senador Sandes Junior, que acrescenta dispositivo à Lei n.º 7.998, de 11 de janeiro de 1990, para assegurar que parcela dos recursos alocados em ações de qualificação profissional, no âmbito do Programa do Seguro-Desemprego, seja destinada à população afro-descendente. O parecer foi apreciado e aprovado, no dia 20/05, durante reunião deliberativa da Comissão de Direitos Humanos.



LÍDERES DECIDEM VOTAR URGÊNCIA PARA REFORMA POLÍTICA



Os líderes partidários decidiram votar na próxima semana um requerimento de urgência para os projetos de lei 4636/09, que prevê a adoção do sistema de listas fechadas nas eleições proporcionais; e 4634/09, que institui o financiamento público exclusivo para as campanhas eleitorais. O acordo foi fechado nesta quinta-feira (21/05), durante reunião com o presidente da Câmara, Michel Temer. A deputada Janete Pietá é a favor do financiamento público para as campanhas e da lista fechada, mas que tenha cotas de gênero e étnica (negros e índios).

DEPUTADO DO CASTELO

O deputado Edmar Moreira (sem partido) pediu o arquivamento da representação apresentada contra ele ao Conselho de Ética pela Corregedoria da Câmara. Acusado de usar irregularmente a verba indenizatória, o deputado afirmou que antes as regras eram diferentes. “No entanto, ele fez mau uso da verba indenizatória. Agora, tem que devolver o dinheiro público. É o mínimo que tem que acontecer”, disse a parlamentar.



MDS INVESTE R$ 16,8 MILHÕES PARA NOVOS RESTAURANTES POPULARES
As prefeituras interessadas em implantar Restaurantes Populares têm até o dia 25 deste mês para apresentar propostas ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) pleiteando recursos para o programa. Neste ano, o MDS investe R$ 16,8 milhões para apoio à modernização ou instalação de novas unidades em todo o País. Serão liberados até R$ 1,4 milhão para a implantação da unidade ou até R$ 500 mil para modernização de restaurante já em funcionamento. Os recursos serão para a construção, reforma e adaptação de instalações prediais, além da aquisição de equipamentos permanentes, móveis e utensílios novos.


100 ANOS DE SOLANO TRINDADE, O POETA DO POVO



O Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) e o SOS Racismo da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, da qual fazem parte os deputados José Cândido e Vicente Cândido, ambos do PT, realizarão, com o patrocínio da Petrobras, o concurso de redação “Camélia da Liberdade”, com o objetivo de fomentar as discussões e fornecer material de apoio para as escolas implementar a Lei nº 10.639/03. O concurso, que tem como tema “100 Anos de Solano Trindade, o Poeta do Povo”, é direcionado aos alunos do Ensino Médio das redes públicas e particulares de São Paulo e do Rio de Janeiro. As normas para a inscrição podem ser conferidas no site www.portalceap.org. As inscrições devem ser feitas até o dia 30 de agosto.

CAMPANHA SOS NORDESTE

A Coordenadoria do Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Guarulhos vai lançar oficialmente na segunda-feira, dia 25, na Alameda Tutóia, 534, no Gopoúva, a Campanha de ajuda aos desabrigados do Nordeste. A iniciativa é uma parceria com a Cruz Vermelha, Defesa Civil e a Polícia Militar. Os interessados podem doar água (garrafas e galões de 1.5, 3, 5, 10 e 20 litros), leite em pó ou caixa, comidas enlatadas, arroz, feijão, produtos de higiene pessoal e limpeza. “Peço seu apoio à campanha “SOS NORDESTE” e coloco todas as Casas do Mandato como ponto de recolhimento de donativos” (confira endereço abaixo).



VISITA ÀS OBRAS DO BALNEÁRIO ÁGUA AZUL



Na segunda-feira (18/05) a deputada Janete Pietá esteve no canteiro de obras do Balneário Água Azul, na região de Bonsucesso-Guarulhos, para a qual destinou verbas federais no valor de R$ 650 mil. Na companhia do diretor de obras da Secretaria Municipal de Obras de Guarulhos, Jorge Castelo, a deputada visitou a sede do Balneário, que já está em fase de pintura. “Conversamos sobre a segunda fase das obras e sobre a inauguração da sede do Balneário. A minha presença já está confirmada”, adiantou a parlamentar.



VISITA ÀS OBRAS DA FAZENDA DA CANDINHA



A parlamentar também aproveitou a segunda-feira, 18/05, para visitar as obras da Fazenda da Candinha (antiga fazenda Bananal), localizada no Parque Santos Dumont, em Guarulhos. Durante a visita, Jorge Castelo, diretor de obras da Prefeitura de Guarulhos, informou que a obra está na fase de escoramento e construção de sapatas, para depois começar o restauro da sede. Janete Pietá, que destinou R$ 460 mil em verbas federais para a obra, disse: “A Fazenda da Candinha é uma das mais antigas construções da cidade e a única remanescente do período escravagista a possuir uma senzala”.



INDIQUE UM AMIGO



Se você recebe o Informes do Mandato e quer que seu amigo(a) também saiba tudo sobre o trabalho da Deputada Federal Janete Pietá e o que acontece em Brasília, indique o email dele(a), que faremos contato.

Cirurgias Espirituais no Santos


Filé nega ter feito cirurgias espirituais e deixa o Santos
Bruno Thadeu
Em SantosO fisioterapeuta Nilton Petroni, Filé, pediu demissão do Santos. O profissional, que havia retornado ao clube no início da temporada, demonstrou profunda irritação por ter seu nome ligado a cirurgias espirituais que teriam ocorrido no CT Rei Pelé para a recuperação do zagueiro Adaílton e o lateral Léo.

Arquivo/FI

Filé tratou o armador Pedrinho em sua primeira passagem pelo Santos, em 2007
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO SANTOS
Filé não se conformou com a postura do médico do Santos, Carlos Braga, que levantou a hipótese de sessões espirituais após ouvir comentários de pessoas ligadas ao Santos. Filé, assim como Léo e Adaílton, negam ter participado de cirurgias espirituais.

Afastado do time desde 1º de março, quando contundiu o joelho direito, o lateral Léo ensaia seu retorno neste domingo, contra o Fluminense, no Maracanã. O jogador disse que por pouco não se submeteu a uma cirurgia no joelho, alegando que enfrentou o pior momento de sua carreira nessa fase de recuperação.

Já Adaílton não tem previsão de retorno. O zagueiro sofreu intervenção cirúrgica no joelho direito em abril, em que parte dos ligamentos foi rompida. Ele já havia sido operado no ano passado, quando rompeu os ligamentos do outro joelho, ficando oito meses parado.

Famoso por recuperar celebridades esportivas, entre as quais Romário, Ronaldo e Gustavo Kuerten, Filé já retomou o trabalho em sua clínica em São Paulo. No entanto, a relação do fisioterapeuta com algumas estrelas se deteriorou.

Em entrevista à revista Trip, Ronaldo afirmou que encerrou a parceria com Filé após descobrir fraudes na clínica do fisioterapeuta.
Fonte: Uol

Veja


Para: jornalnegritude@yahoo.com.br

23 de maio de 2009



Eurípedes Alcântara

Diretor de Redação Caro leitor,

a newsletter comentada não estará disponível até o fim de semana de 30 maio.
Convido-os a clicar aqui e ler a versão com o índice completo.


Um forte abraço,


Eurípedes Alcântara
Diretor de Redação





Destaques de VEJA.com

Em Profundidade
Insônia - como ela surge e o tratamento
www.veja.com.br/emprofundidade

Cronologia
Google o gigante da internet
www.veja.com.br/cronologia

Reportagem
Tabelas comparam financiamento de imóveis em sete bancos

Vídeos
Cuidados necessários com os olhos
Como escolher óculos
www.veja.com.br/videos

Galeria de fotos
Jonas Brothers
Imagens da semana
Justin Timberlake

Cinema
Trailer do filme Garapa, de José Padilha




Clique aqui para cancelar o envio deste e-mail
Nosso serviço de cadastramento solicitará seu e-mail e senha. Se não souber a senha, digite seu e-mail e clique no item "Esqueci minha senha". Uma senha provisória será enviada para sua caixa postal para possibilitar o acesso ao serviço.



copyright © Editora Abril S.A. - todos os direitos reservados

Veja

23 de maio de 2009
------------------------------------------------


Caro leitor,

a newsletter comentada não estará disponível até o fim de semana de 30 maio. Convido-os a acessar aqui (http://veja.abril.com.br/newsletter/newsletter.html) e ler a versão com o índice completo.

Um forte abraço,


Eurípedes Alcântara
Diretor de Redação
Acesse http://veja.abril.com.br/pst/newsletter para cancelar o envio deste e-mail
Nosso serviço de cadastramento solicitará seu e-mail e senha. Se não souber a senha, digite seu e-mail e clique no item "Esqueci minha senha". Uma senha provisória será enviada para sua caixa postal para possibilitar o acesso ao serviço.



---------------------------------------------------

Destaques de VEJA.com

Em Profundidade
Insônia - como ela surge e o tratamento
www.veja.com.br/emprofundidade

Cronologia
Google o gigante da internet
www.veja.com.br/cronologia

Reportagem
Tabelas comparam financiamento de imóveis em sete bancos
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/casa-propria-compare-taxas-bancarias-471820.shtml

Vídeos
Cuidados necessários com os olhos
Como escolher óculos
www.veja.com.br/videos

Galeria de fotos
Jonas Brothers
http://veja.abril.com.br/galeria-de-imagens/jonas-brothers/galeria.shtml

Imagens da semana
http://veja.abril.com.br/galeria-de-imagens/semana-18-22-maio/galeria.shtml

Justin Timberlake
http://veja.abril.com.br/galeria-de-imagens/justin-timberlake/galeria.shtml

Cinema
Trailer do filme Garapa, de José Padilha
http://veja.abril.com.br/270509/p_176.shtml#trailer



------------------------------------------------
http://www.veja.com.br

Viva Favela





A nossa vez
por: Renata Sequeira - 27/05/2009


Nesta segunda-feira, 229 pessoas de diferentes comunidades concluíram as oficinas de capacitação para participar da produção "Cinco Vezes Favela, Agora Por Nós Mesmos". Os episódios trazem na direção e produção, jovens cineastas em busca de um novo olhar para sua realidade.


Desafios e oportunidades
por: Gustavo Carvalho* - 20/05/2009


Trajetórias de jovens que superaram um cotidiano violento serviram como o ponto de partida para o primeiro evento realizado pelo Protejo na comunidade Salgueiro, em São Gonçalo, onde 500 pessoas participaram de atividades educacionais, esportivas e culturais.


Divisor social ou ecolimites?
por: Landa Araújo* - 14/05/2009



A construção de muros em 13 comunidades do Rio gera muita polêmica. De um lado, o governo do estado afirma que as barreiras são ecolimites e controle urbano. Do outro, líderes comunitários, pesquisadores e entidades sociais argumentam que a criação pode se tornar mais um divisor social.





Viva Favela ganha prêmio de mídia livre

Neste sábado, 30, Ação Global na Praça da Apoteose

6º Circulando no Complexo do Alemão

Oportunidade de emprego para pessoas com deficiência

Marcelo Freixo apresenta relatório da CPI das milícias

Tratamento gratuito de fonoaudiologia na UFRJ

Satélite Prontidão é Patrimônio Histórico

Projeto que torna Satélite Prontidão patrimônio histórico é aprovado por unanimidade


O Projeto de Lei 439/2007, que declara a Associação Satélite Prontidão como Patrimônio Histórico e Cultural do RS foi aprovado, por unanimidade, pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nesta terça-feira (26). A proposta é de autoria do deputado Raul Carrion, líder do PCdoB no Legislativo gaúcho.

"A Associação Satélite Prontidão enquanto patrimônio imaterial, precisa ser valorizada pelo trabalho centenário realizado, mantendo-se como um espaço que abriga as idéias e os saberes desta etnia, sendo um espaço de resistência cultural, de resgate de sua contribuição histórica, de congreção e entretenimento das famílias da comunidade negra", afirma Carrion.

HISTÓRIA
A atual Associação Satélite Prontidão surgiu de um processo que teve origem em 20 de abril de 1902, passados quatorze anos da abolição da escravatura. Algumas famílias da comunidade negra, unidas no propósito de construir uma sociedade que pudesse abrigar a cultura, as idéias e os costumes do povo negro, bem como fosse um espaço de lazer e entretenimento, fundaram a Sociedade Satélite Porto-Alegrense.

Além de recreativa, a entidade realizava atividades culturais e tinha como missão especial o preparo educacional da sua comunidade através de mutirões promovidos pelas senhoras da sociedade, no trabalho de alfabetização de alguns de seus sócios, seus filhos e crianças do entorno da sede social, que ficava na Cidade Baixa.

A Associação Satélite Prontidão, fusão de duas entidades, manteve as atividades da área social, onde sempre despontaram as festas de grandes públicos como os famosos bailes do chope, as festas juninas, os bailes de carnaval e os bailes de aniversários da entidade. A fusão, em 1956, não diminuiu o interesse e a dedicação pelas questões relativas à educação, à cultura e à assistência social, quase cultuadas no passado - pelo contrário - incorporaram- se a estas atividades outras, inclusive de caráter filantrópico mantendo-se a mesma filosofia de trabalho adotado pelas antigas sociedades.

Na gestão do Presidente José Aneron Fagundes Gomes, em 1988, dentro das comemorações dos 100 anos da libertação dos escravos, a Associação instituiu o Prêmio Zumbi dos Palmares, que passaria a ser entregue anualmente a personalidades com trabalhos significativos em benefício da Comunidade Negra.

A Associação Satélite Prontidão foi considerada de utilidade pública no âmbito do Município de Porto Alegre, pela Lei n° 7425, de 11 de maio de 1994. No ano de 1997, a Associação passou a ser considerada de utilidade pública no âmbito do Estado, pelo Decreto Lei de n° 1130 de 24 de julho de 1949.

Nenhum vírus encontrado nessa mensagem recebida.
Verificado por AVG - www.avgbrasil. com.br
Versão: 8.5.339 / Banco de dados de vírus: 270.12.40/2135 - Data de Lançamento: 05/27/09 07:50:00


__._,_.___

Demissão em Massa

Sossella: telefônicos denunciam demissões em massa no setor


Sindicato dos Telefônicos denuncia demissões em massa e a substituição de mão de obra terceirizada nas operadoras que foram privatizadas. O fato foi comunicado ao deputado Gilmar Sossella pelo presidente da entidade, Flávio Silveira Rodrigues.



Sossella recebeu do sindicalista um documento que expõe a situação dos telefônicos no Estado. O manifesto informa que o setor emprega oficialmente apenas 10% dos seis mil trabalhadores. Ainda conforme o dossiê, há sete mil trabalhadores terceirizados com salários e condições de trabalho precárias.



A reivindicação do Sinttel é para que o deputado Sossella fortaleça a mobilização que visa evitar novas demissões no setor. O apelo também é pela não transferência de planos da fundação VrTPrev que pode prejudicar as aposentadorias dos ex-empregados da CRT e Brt.



O deputado Sossella acolheu o pedido e anunciou apoio ao movimento dos telefônicos. Conforme o parlamentar, a luta será pela manutenção dos empregos e pela elevação da qualidade dos serviços prestados aos consumidores.





Foto: Antonio Grzybovski

Clube Social de Porto Alegre e Patrimonio Historico

Projeto que torna Satélite Prontidão Patrimônio Histórico
é aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa

O Projeto de Lei 439/2007, que declara a Associação Satélite Prontidão como Patrimônio Histórico e Cultural do RS foi aprovado, por unanimidade, pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nesta terça-feira (26).


A proposta é de autoria do deputado Raul Carrion, líder do PCdoB no Legislativo gaúcho. A atual Associação Satélite Prontidão surgiu de um processo que teve origem em 20 de abril de 1902, passados quatorze anos da abolição da escravatura, iniciativa de algumas famílias da comunidade negra, unidas no propósito de construir uma sociedade que pudesse abrigar a cultura, as ideias e os costumes do povo negro, bem como fosse um espaço de lazer e entretenimento.



--
Isabela Soares
Assessoria de Imprensa
Deputado Raul Carrion (PCdoB)
(51) 3210-2169 / 9169-8064 / 9804-4422

Crack Nao

Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa realizará AUDIÊNCIA PÚBLICA EM VACARIA, dia 07/12, às 14 horas, na Câmara de Vereadores, para debater com a sociedade as estratégias de combate ao uso crack por crianças e adolescentes. Foram convidadas entidades que atuam nesta força-tarefa para auxiliar as famílias de dependentes, bem como as instituições afins. A Audiência foi requerida pelo deputado Francisco Appio, membro da Comissão, preocupado com o crescente aumento de jovens em estado de dependência, reféns da droga.





Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br