Rádio WNews

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Destaque do Dia





Yeda Crusius sobrevoa região atingida pelos temporais
A governadora Yeda Crusius, sobrevoa uma das regiões mais atingidas pelos temporais no RS.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 28/11/2009
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 32624

Yeda Crusius reúne-se com ministros para coletiva à imprensa
A governadora Yeda Crusius, reunida com ministros para entrevista coletiva à imprensa, aonde sera detalhada a situação no Rio Grande do Sul, após os danos causados por temporais e chuvas.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 28/11/2009
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 32623

Yeda Crusius reúne-se com ministros para coletiva à imprensa
A governadora Yeda Crusius reunida com ministros em entrevista coletiva à imprensa, para detalhar a situação no Rio Grande do Sul, após os danos causados por temporais e chuvas. Presentes, o Ministro das Cidades, Marcio Fortes, o Ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, a Ministra-Chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o secretário estadual da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio, João Carlos Machado, a secretária da Saúde, Arita Bergmann, a Secretária-Geral de Governo, Ana Pellini e o Chefe da Casa Civil, Otomar Vivian.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 28/11/2009
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 32622

Yeda Crusius reúne-se com ministros para coletiva à imprensa
A governadora Yeda Crusius reunida com ministros em entrevista coletiva à imprensa, para detalhar a situação no Rio Grande do Sul, após os danos causados por temporais e chuvas.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 28/11/2009
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Código: 32619

Socialismo e Liberdade

fundacao@socialismo.org.br
Eleições, outra tensa escalada da crise em Honduras
Fundação Lauro Campos
Em meio ao maior aparato militar e policial que de que se tem notícia em Honduras, o país se aproxima das eleições de amanhã, impugnadas pelos setores populares e políticos democráticos. As Forças Armadas reforçaram a presença de soldados por toda a nação, crescente desde o golpe de Estado de 28 de junho, e inclusive incorporou mais de cinco mil reservistas do Exército às fileiras.
Leia e comente...

CPI da Dívida I
Paulo Passarinho
Estive, recentemente, na Câmara Federal, onde prestei depoimento à CPI da Dívida Pública. O convite à minha participação foi uma iniciativa do Dep. Ivan Valente, do PSOL de S.Paulo. Na ocasião, também participou da sessão desta importante Comissão Parlamentar de Inquérito, o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga. Foi uma grande oportunidade de expor aos parlamentares a minha visão a respeito do que considero um dos mais graves problemas que temos de enfrentar: o endividamento do Estado brasileiro.
Leia e comente...

Blog da educação
Luiz Araujo
Analisando as informações da execução orçamentária do Ministério da Educação, disponíveis no dia 12 de novembro, ou seja, faltando 49 dias para fechar o ano de 2009, é bastante preocupante a situação do Programa Qualidade na Escola, justamente onde estão localizadas importantes ações que dão sustentação ao PDE. Para este programa foram autorizados 1 milhão 960 mil reais, mas até o dia 12 haviam sido executados apenas 135 mil reais, o que representa 6,9% do total.
Leia e comente...

A crise econômica e a construção da alternativa socialista
Pedro Fuentes
Escrevemos este texto sobre a atual crise econômica a apenas alguns dias do aniversário da queda do Muro de Berlim; um evento histórico inesquecível. Referindo-se ao mesmo, o historiador marxista inglês Eric Hobsbawm escreveu nesses dias: "Estritamente falando, a queda do Muro apenas demoliu a crença de que o socialismo de tipo soviético - era uma forma factível de socialismo".
Leia e comente...

Caso Battisti: manipulações e factoides
Achille Lollo
No dia 12 de dezembro, será o 40º aniversário dos trágicos massacres de Praça Fontana, em Milão (17 mortos e 88 feridos); e no Banco Nacional do Trabalho e Praça Veneza, em Roma (17 feridos), que foram planejados, em fevereiro de 1969, pelos homens do serviço secreto italiano (SID) e realizados pelos neofascistas ligados à Célula Veneta de Freda e Ventura, em coligação com os grupos neofascistas de Ordine Nuovo e de Avanguardia Nazionale, liderados por Pino Rauti e Stefano delle Chiaie.
Leia e comente...

Quem é o terrorista?
DAM
http://www.youtube.com/v/O6aZCSysDls


10 anos depois do fim da Lei Glass-Steagall. Desregulação maníaca
Robert Weissman
A revogação da Glass-Steagall eliminou a proibição legal de combinação entre bancos comerciais, por uma parte, e bancos de investimentos e outros serviços financeiros, por outra. As estritas regras da Glass-Steagall tiveram sua origem na resposta do governo norte-americano à Depressão, e refletiam a experiência aprendida com os graves perigos que supunha para os consumidores e o sistema financiero em seu conjunto o permitir que gigantescas instituições financeiras combinassem a banca comercial com outras operações financeiras.

Leia e comente...

Como Israel ganhou a batalha dos colonatos... outra vez.
Ramzy Baroud
Quando o Ministro dos Negócios Estrangeiros, David Miliband, proferiu algumas palavras sobre a ilegalidade dos colonatos israelitas na Cisjordânia ocupada, muitos quiserem acreditar que Londres estaria a tomar uma dura atitude para com as continuas violações do direito international por parte de Israel. Infelizmente, estavam errados.

Leia e comente...

O declínio do império americano?
Júlio Delmanto
Na última terça-feira, dia 17, o historiador marxista inglês Perry Anderson esteve na Universidade de São Paulo (USP) para participar do debate "A crise capitalista atual e suas consequências para a luta hegemônica". Perry Anderson tem 71 anos, é ex-editor da revista marxista New Left Review, e hoje é professor de história na UCLA, nos Estados Unidos.
Leia e comente...

Samper: Acordo militar com EEUU é o maior erro histórico da Colômbia
ABN
Como o maior erro histórico que cometeu seu país, qualificou o ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper a assinatura do acordo militar deste país sul-americano com Estados Unidos (EEUU), que permitirá a instalação de sete bases militares estadunidenses em território neogranadino. Samper centrou suas declarações numa análise da crise diplomática da Colômbia com a Venezuela, surgida por ocasião do polêmico acordo militar que além do mais causou um clima tenso na América do Sul.
Leia e comente...


Por favor, não responda a esta mensagem.
Para entrar em contato, acesse:
www.socialismo.org.br

Encontrado o Corpo de Jovem Afogado

Após 72 horas do desaparecimento nas águas de Bela Torres/SC, o corpo de Alessandro Pereira foi resgatado hoje pela manhã. Ele foi vítima de afogamento no último sábado (28/11), quando participava de uma excursão com seus colegas de turma do 3º ano de ensino médio da Escola Técnica Bernardina Rodrigues Padilha, de Vacaria. Alessandro foi tragado pelas águas do mar revolto e surpreendido pelas ondas. Duas colegas, Kelly e Suelen, foram resgatadas com vida e hospitalizadas. Suelen foi liberada e Kelly continua internada no Hospital da Ulbra, em Gravataí, onde apresenta melhoras em seu estado de saúde. A direção da escola já está tomando as providências para o translado do corpo de Alessandro para Vacaria, onde será sepultado amanhã. O corpo ainda encontra-se no IML catarinense, aguardando que sejam cumpridas as normais legais para a liberação.





Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

Crack em Torres RS

Polícia Civil de Torres apreende 141 pedras de crack
01/12/2009 16:25


Agentes da Delegacia de Polícia de Torres, com apoio da Brigada Militar prenderam, nesta terça-feira (01/12), dois homens por tráfico de drogas, e apreenderam 141 pedras de crack naquele município.

Os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em uma residência na Rua Santa Helena, Bairro Arroio e prenderam dois homens, de 42 e 50 anos, e apreenderam 141 pedras de crack prontas para a venda e uma balança de precisão. Além disso, um jovem menor de idade foi apreendido e depois liberado. Segundo a polícia, outro suspeito, fugiu no momento da abordagem policial e está sendo procurado.

Fonte: Ascom PC

Brigada promove Palestra sobre Violência Contra a Mulher

Departamento de Ensino da Brigada Militar promove palestra sobre a violência contra a Mulher
01/12/2009 16:36

Nessa quarta-feira (02), às 14h, a Brigada Militar, através do Departamento de Ensino realizará um ciclo de palestras pelo fim da violência contra a mulher, no auditório da Academia de Polícia Militar.
As palestrantes são: Sonia Rovinski - Psicóloga do TJ, que vai abordar aspectos emocionais referentes ao tema e Léia Tatiana Foscarini, advogada ligada a ONG Themis, que abordará os aspectos legais.
É o segundo ano que a Brigada Militar participa. No ano de 2008 as palestras foram somente para as policiais militares femininas. Este ano o público será mesclado e participarão comissões de seis servidores por unidade da Capital. O evento faz parte do Calendário Estadual dos 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, ação do governo do Estado, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher.

Criada em 1991, pelo Centro para Liderança Global das Mulheres (Center for Womens´s Global Leadership), a Campanha 16 Dias de Ativismo desempenha um papel fundamental na luta pela erradicação da violência contra as mulheres em todo o mundo. No Brasil, é coordenada há seis anos pela Agende Ações em Gênero Cidadania e Desenvolvimento e, desde 2007, promovida em conjunto com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM).
Fonte: PM5-Imprensa/BM

Plantão de ;imprensa da Polícia Civil

Plantão de Imprensa da Polícia Civil volta a atender no 84459454
01/12/2009 17:31


A partir desta terça-feira (01), o Plantão de Imprensa da Polícia Civil volta a atender no telefone celular 84459454. O Plantão de Imprensa da Polícia Civil atende de segunda a sexta-feira, das 19h30min às 8 horas e, nos finais de semana e feriados, durante as 24 horas do dia. Nos demais horários, ou seja, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 19h30min, o setor de Imprensa da Polícia Civil atende nos telefones: 3288.2380/3288.2381/3288.2382.

Fonte: Ascom PC

Conversa Afiada

CONVERSA AFIADA

http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=23410

Pequeno proprietário acusa Kátia Abreu. Senador diz: é de estarrecer !
1/dezembro/2009 12:02

A senadora e a Veja: é de estarrecer !

A propósito de uma reportagem que Leandro Fortes publicou na Carta Capital, o Conversa Afiada publicou o seguinte post: Kátia, que é inimiga do MST e quer derrubar governadora, compra terra no grito e não planta nada
“Kátia, que é inimiga do MST e quer derrubar governadora compra terra no grito e não planta nada”.

Ontem, por telefone, Paulo Henrique Amorim entrevistou o pequeno proprietário rural Juarez Vieira Reis, de Campos Limpos, Tocantins.

Juarez reafirmou que a união do poder Executivo e do Judiciário de Tocantins o obrigou a abandonar as terras em que vivia com a família desde 1955, sem receber um tostão.

O beneficiário da intervenção foi a então deputada e presidente da associação rural de Tocantins, a hoje senadora Kátia Abreu, que tenta prender o João Pedro Stédile e depor a governadora do Pará.

A Senadora se apropriou das terras, embora tenha ido à casa de Juarez e prometido que não faria nada para prejudicar a família.

Juarez venceu em todas as etapas do Judiciário, mas não consegue reaver as terras.

Ele demonstrou que os documentos que atestavam a sua propriedade – o usucapião – eram legítimos.

A certa altura, uma autoridade disse que ele tinha tomado aquelas terras e Juarez respondeu: “nunca vi pobre tomar terra de rico”.

Enquanto isso, a Senadora não planta no local um pé de feijão.

Juarez calcula que a Senadora, com a desapropriação ilegal, tenha se apossado de 3 mil hectares de terra, num platô da Serra Geral.

Juarez mencionou que, no último sábado, conversou com o Senador João Ribeiro, do PR de Tocantins, e denunciou a injustiça de que é vítima.

Paulo Henrique Amorim conversou ontem à noite com o senador João Ribeiro, por telefone.

Ribeiro confirmou que esteve com Juarez numa solenidade entrega de 100 títulos, em companhia do Senador Eliomar Quintanilha, hoje Secretário de Educação de Tocantins, e José Augusto Pugliesi. Presidente do Instituto de Terra do Tocantins.

Que, de fato, conversou com Juarez.

“Um homem simples”, disse o Senador.

“É uma história de estarrecer!”, disse João Ribeiro.

“Foi um processo brutal (de desapropriação)”, disse.

O Senador anunciou que vai conversar com o Governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) para apurar como foi essa desapropriação das terras de Juarez e ver o que é possível fazer, dentro da Lei.

“Precisamos ver se a terra é ou era dela. É uma história de estarrecer. E ela (Senadora Kátia) não produziu nada: um pé de feijão !”, concluiu o Senador João Ribeiro.

Ouça aqui o relato do Sr Juarez

http://www.paulohenriqueamorim.com.br/wp-content/uploads/2009/12/juarez-mono.mp3

Tribuna da Imprensa

A FOLHA ENSANDECEU DE VEZ




Sem controle, abusou da liberdade de imprensa, envergonhou o país interna e externamente com um artigo libertino, cuja leitura provoca vômitos intermitentes

A “Folha de S. Paulo”, que comeu o pão que o diabo amassou para sobreviver, crescer e dizer a que veio, tem história bastante controvertida. Vende cerca de 350 mil exemplares diariamente e cerca de 450mil aos domingos e, inexplicavelmente, como um carro desgovernado, abriu um de seus mais nobres espaços para que, num artigo de página inteira, seu colunista César Benjamin, narrasse o passado de militante contra a ditadura e, finalmente, pudesse contar um suposto fato duvidoso da vida do atual presidente.

Segundo ele, durante a campanha presidencial de 1994 (na qual César trabalhou como petista e assessor), Lula, em reunião descontraída, teria afirmado que, quando preso no distante 1980, teria assediado um outro prisioneiro. Sua investida foi infrutífera porque a possível vítima resistiu. A curiosa situação foi negada por todos os participantes do mencionado encontro.

Irresponsavelmente, talvez com intenção ao que parece dolosa (destruir a imagem de outrem), a “Folha de S. Paulo” ofereceu uma página inteira para que o colunista, cuja existência é ignorada por 99,99% dos brasileiros, pudesse ressuscitar uma confidência-brincalh ona feita por amigo, em conversa sem compromisso e assim, quem sabe, mostrar ao mundo, que o presidente Lula, que está sendo festejado e bem recebido em muitos países, não merece toda essa reverência, respeito e homenagem. Isso porque teria assediado um companheiro de prisão em momento de descontrole emocional ou de quase delírio há TRINTA ANOS.

Por essa razão, o articulista aproveitou para dizer que não pretendia assistir ao filme “O filho do Brasil”, que tenta reviver a trajetória seguida pelo atual presidente, desde seu nascimento até sua chegada à Presidência da República. Ele assegurou que quando preso, no Rio de Janeiro, não sofreu ameaças por parte de nenhum dos mais famosos e temidos criminosos e com os quais chegou a ter relacionamento cordial. Estaria insinuando que sua sorte poderia ter sido diferente, se tivesse sido preso também em 1980, no DOPS de São Paulo?

Sem dúvida, este foi o MAIS INDECENTE “FURO JORNALÍSTICO” dos últimos tempos, que diminui a imprensa, a grandeza do Estado Democrático de Direito e que, desgraçadamente, põe novamente em discussão os limites do direito de os veículos de imprensa informarem, de destruírem honras alheias, famílias inteiras, atentarem contra a dignidade alheia e a auto-estima de um povo, que se imagina governado por gente honesta, equilibrada.

A desastrada e encomendada matéria, com espaço tão farto e privilegiado, exala um mau cheiro insuportável, forçando a mudança do slogan da “Folha de S. Paulo”, de “UM JORNAL A SERVIÇO DO BRASIL” para “UM JORNAL QUE NÃO RESPEITA O LEITOR”.

Votei no Lula em 2002 e logo depois passei a criticá-lo por discordar de caminhos que adotou, traindo seu passado de lutas e o próprio programa de governo que prometeu e nem chegou a montar. Meu jornal, Tribuna da Imprensa, com 60 anos, foi uma das maiores vítimas dos truculentos governantes revolucionários e por não transigir, foi também “castigado” pelos governantes ditos democratas, inclusive o Lula, que proibiram as estatais de nele anunciar, assim, afastando também os anunciantes privados.

A “Folha de S. Paulo”, diferentemente, foi “um jornal a serviço da ditadura” e que cresceu à sua sombra. Sua covardia e colaboracionismo com os mandantes militares eram tão acentuados que as edições do jornal saíram vários anos sem editorial. O jornal nem tinha opinião.

Economicamente deficitário, sobreviveu, entre meados de 1960 e início de 1980, graças à utilização irregular de um valorizadíssimo espaço público no bairro de Campos Elíseos, em São Paulo, onde montou a sua Rodoviária e para onde todos os ônibus que chegavam a São Paulo tinham que se dirigir. Essa centralização provocou durante décadas prejuízos incomensuráveis à cidade de São Paulo, que tinha seu trânsito totalmente congestionado, e à população, que tinha sua saúde afetada pelo excesso de poluição despejada no entorno da Rodoviária, uma gigantesca armação de ferro empastilhada e de um mau gosto ímpar.


No governo de Abreu Sodré, o coronel Fontenelle, diretor de trânsito de São Paulo, ameaçou deslocar a Rodoviária, descentralizando- a. A “Folha” ameaçou não dar sossego às autoridades de então se isto fosse efetivado. Nada aconteceu a não ser a morte do desautorizado coronel. Isto, sem falar na famosa história das “ASSINATURAS PERPÉTUAS”. (O senhor Otávio Frias exigiu a saída de Fontenelle. Demitido, no mesmo dia quando dava entrevista, morreu em frente às câmeras de televisão).

Como mostram alguns informes inseridos em diversos sites, se os inimigos da combativa “Folha de S. Paulo” dispusessem de uma página inteira para contar pormenores de seu surgimento, crescimento e consolidação como empresa jornalística, certamente, muitos casos inconvenientes poderiam surgir e que não deveriam assim mesmo ser publicados porque nada acrescentam ao dia-a-dia do leitor, como a absurda história, inescrupulosamente, publicada com a assinatura do colunista Benjamin, com o pleno conhecimento dos editores da mesma “Folha”.

Não dá para acreditar que a “Folha de S. Paulo”, que, competentemente, produz artigos e comentários fundamentados sobre os mais variados temas (jornal de maior circulação), tenha permitido que tamanho e tão comprometedor disparate tenha sido inserido em suas páginas.

Somente uma mente doentia e abominável poderia concordar com tal maldade, pois, goste-se ou não de Lula, a criminosa e intempestiva história atinge um cidadão que preside a República Federativa do Brasil há 7 anos e com aprovação de 70% de sua população, sem falar no prestígio que vem desfrutando no Exterior.

A matéria não é jornalística, não se justifica e foi mal montada. Seus escusos objetivos não foram bem dissimulados, o que só agrava a responsabilidade de quem autorizou sua edição e veiculação. Por muito menos, o conceituado jornal “O Estado de S. Paulo” vem sofrendo inaceitável censura prévia. O irresponsável artigo só faz crescer a convicção dos inimigos da liberdade de imprensa e que clamam por censura prévia mais ampla, indistintamente.

O comando editorial da “Folha de S. Paulo” tem a obrigação de, em primeira página, desculpar-se junto aos seus leitores, aos brasileiros em geral e aos eleitores de Lula e aos seus familiares por terem prestado tão sórdido desserviço ao país. Isso não é e nunca foi exercício democrático e nem uso responsável da liberdade de imprensa.

Otávio Frias, o pai de tudo, deve estar decepcionado com a falta de critério e de rumo de seus descendentes no comando do jornal “Folha de S. Paulo”.

A mente que produz e a que acolhe tão medonha “criação” não pode estar à frente de uma empresa de comunicação, que se quer responsável, criteriosa e comprometida com os interesses dos cidadãos brasileiros e do País. Basta. Meu estômago não é de ferro. Nem o dos 300 mil leitores que a própria Folha apregoa.

No mais, é pacífica a responsabilidade civil da empresa jornalística quando o autor da publicação tenha desejado ou assumido o risco de produzir o resultado lesivo, ou ainda, embora não o desejando, TENHA LHE DADO CAUSA POR IMPRUDÊNCIA, NEGLIGÊNCIA OU IMPERÍCIA. O fato de a “Folha” estar amparada pelo direito de liberdade de expressão não a isenta da responsabilidade pela prática de ato ilícito e, no caso, repugnante contra a figura de um Chefe de Estado e de Governo.

Assim, o direito da liberdade de informar não deve ser tolhido, mas exercido com responsabilidade sem lesionar os direitos individuais dos cidadãos. Em síntese, sem tirar nem por, com a extemporânea “revelação”, a “Folha de S. Paulo” abusou de seu direito de liberdade de expressão, o que resultou na violação da honra objetiva do cidadão Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República Federativa do Brasil, em âmbito nacional e internacional.



* * *

PS- Essa Folha de hoje que agride a si mesma e a seus leitores, tentando agredir o presidente da República de forma repugnante, é a mesma que servia de forma subserviente à ditadura. E que usava os carros (kombis) de transporte do jornal, e levava prisioneiros para as sessões amaldiçoadas nos porões da OBAN. (O correspondente ao Doi-Codi no Rio).

Além do mais, não há nem comprovação do fato noticiado e que teria SUPOSTAMENTE ocorrido em 1980, portanto há 29 anos. Lula realmente esteve preso, e nesse período sua mãe morreu, permitiram que ele fosse ao enterro. Era o mínimo que poderiam conceder.

PS2- A Folha nunca se mostrou o melhor exemplo da LIBERDADE DE IMPRENSA. Mas agora, vergonhosa e traumaticamente, o jornal mostra que é capaz de ser sempre e cada vez mais, saudosista da ditadura. E pode ser o jornal-arauto do regime que já identificam em alguns “paísecos” da América Central, (e não apenas aí) como DEMOCRACIA AUTORITÁRIA.

http://www.tribunad aimprensa. com.br/?p= 5001

.



-----Anexo incorporado-----


_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Um Século de Luta

UM SÉCULO DE LUTA, DIGNIDADE E POESIA

Beatriz Vicência Bandeira Ryff



Meus amigos,
a Beatriz Bandeira Ryff
completou 100 anos em
8/11/2009.
Foi presa na ditadura Vargas, com
mais de 70 anos de lutas contra
as desigualdades sociais.
Viveu exilada na outra ditadura dos
golpistas de 1964, com seu grande
companheiro Raul Ryff, que foi
assessor de imprensa do
ex-presidente Jango Goulart.
Favor repassar este convite aos
amigos.
Abraço do Sergio Caldieri














CONVITE







Companheiros e admiradores de BEATRIZ BANDEIRA RYFF, ativista política, professora e poetisa, mobilizados por seu aniversário, no dia 08 de novembro – data em que completou 100 anos e, por sua dedicação à causa da transformação social e política em nosso país, vão homenageá-la, em ato público, na Associação Brasileira de Imprensa - A.B.I.

BEATRIZ participou de distintos momentos históricos pela luta em favor das liberdades democráticas, dos direitos humanos e, por mais de oitenta anos, o fez a cada dia. Esteve nos cárceres da ditadura Vargas. É a única sobrevivente da Sala Quatro, compartilhada com Nise da Silveira, Maria Werneck e outras corajosas companheiras. A mesma cela que Olga Benário ocupou na Casa de Detenção, no Rio de Janeiro.

Por sua trajetória, militantes e companheiros das lutas democráticas, personalidades de nosso meio cultural e artístico e a A.B.I., entidade que é símbolo da resistência democrática, convidam para essa homenagem.



LOCAL: Associação Brasileira de Imprensa – ABI

Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro

Data: 8 de dezembro de 2009. Terça-feira.

Hora: 18 horas

7º. Andar –Sala Belizário de Sousa



--------------------------------------------------------------------------------

Defesa Civil


Defesa Civil I
Comitiva vai a Brasília buscar R$ 162 milhões para reconstrução de municípios
Representantes do governo do Estado também vão entregar documentação sobre a situação dos municípios que tiveram estragos por tempestades das últimas semanas. Defesa Civil II
Estado reúne municípios em situação de emergência para acelerar liberação de recursos
Encontro, com apoio da Famurs, será no auditório do Centro Administrativo, na Capital. Relações Internacionais
Yeda apoia dupla nacionalidade a libaneses que vivem no Brasil
A governadora Yeda Crusius recebeu, nesta terça-feira (1º), a visita do embaixador Georges Siam, encarregado de Negócios da Embaixada do Líbano no Brasil. Cidadania
Comitê de Ação Solidária recebe doação de 3 toneladas de arroz
Donativo será encaminhado às famílias atingidas por temporais no Estado. Segurança Pública I
Rio Grande do Sul terá 370 novos agentes para penitenciárias
Autorização de vagas pela governadora Yeda Crusius faz parte do projeto Recomposição do Efetivo. Segurança Pública II
Nova Delegacia irá qualifica atendimento em Canoas
Delegacia de Pronto Atendimento terá equipe volante para homicidios e latrocínios. Crédito
Banrisul financiou mais de R$ 100 milhões a empresas para pagar o 13º salário
A linha de crédito permite o pagamento do empréstimo em até 12 meses, com até 90 dias de carência para pagar a primeira parcela.

Polícia de Passo Fundo apreende Veículos

Policia Civil de Passo Fundo apreende veículos irregulares
01/12/2009 20:48


Agentes da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), da Polícia Civil de Passo Fundo, apreenderam no início da tarde desta terça-feira (01) uma camioneta Ford/Ranger de cor preta e placa IOQ-6558, fruto de roubo ocorrido no último dia 28 no município de Barracão/RS.

De acordo com o delegado Adroaldo Schenkel, titular do órgão, o roubo ocorreu por volta das 20h30min. Uma família inteira, residente na área rural do município, foi rendida por sete homens fortemente armados e encapuzados, dois deles usando bonés da Polícia Federal e um com colete à prova de balas. Após manterem as vítimas sob mira das armas por mais de duas horas, eles reviraram toda a casa e colocaram vários objetos na camioneta, fugindo em seguida do local.

Os policiais da Defrec localizaram a camioneta durante vistorias nas garagens e lavagens de veículos de Passo Fundo, conforme plano previamente traçado englobando inicialmente garagens localizadas na área central e zona norte do município. Na mesma garagem em que foi localizada a camioneta, situada na Av. Brasil, os agentes da lei também apreenderam um Renault Clio de cor verde e placas JUS-3431, para o qual havia a expedição de mandado de reintegração de posse. A camioneta já estava com as placas frias LCF-4485.

Os proprietários da garagem foram ouvidos na Defrec e agora a investigação volta-se para a identificação dos responsáveis pela camioneta.

Fonte: Ascom PC

Operação Golfinho

Brigada Militar apresenta planejamento da Operação Golfinho
01/12/2009 20:54


O Comando-Geral da Brigada Militar realiza nesta quarta-feira (02), às 09h, no auditório do Quartel do Comando-Geral, em Porto Alegre, uma apresentação do planejamento da Operação Golfinho 2009/2010.

Na ocasião, o subcomandante-geral da corporação, coronel Jones Calixtrato Barreto dos Santos, estará mostrando e falando sobre a estratégia de atuação da BM na operação e a participação dos Comandos envolvidos.

Fonte: Ascom BM

Geente de Supermercado de Vacaria RS manda bater em Clientes

* Mais uma denuncia envolvendo um Supermercado do Centro da Cidade Vacaria RS, várias reclamações desse super mercado do seu gerente muito agressivo. O gerente manda seguranças do seu estabelecimento baterem em pessoas e nem se quer faz procedimento legal de fazer um registro policial. Um cliente foi agredido e fez registro policial contra o gerente e o segurança. as pessoas compram neste supermercado e funcionários seguidamente presenciam cenas de violência e selvageria. Isso é um absurdo e esse super mercado não é de nossa cidade.
Paulo Furtado
Editor

Polícia Civil Recebe Representantes

Polícia Civil recebe representantes da Polícia e Consulado norte-americano
02/12/2009 00:20


A Academia de Polícia Civil (Acadepol), através da Divisão de Ensino, promoveu nessa terça-feira (01) encontro em dois turnos de trabalho com representantes de seu quadro funcional e docente com a pesquisadora norte-americana Dra. Tracie Keesee, chefe de Divisão de Pesquisa, Treinamento e Tecnologia da Polícia de Denver e com Dr. David Brooks, Cônsul para Assuntos Políticos.

Com objetivo de realizar troca de experiências e escuta especializada sobre as práticas de ensino empreendidas pela Acadepol, a Dra. Tracie iniciou os trabalhos abordando questões sobre a formação de currículo da Academia. Na oportunidade, integrantes da Coordenação Pedagógica da Acadepol fizeram relato sobre experiência recente de formação de uma rede de aprendizagem, atualmente com cerca de 250 integrantes, onde futuros docentes da Instituição estudam, planejam e debatem aspectos relevantes sobre ensino e formação policial.

Com doutorado na política de direitos humanos e raciais e interessada, na atualidade, sobre uso da força e da arma, a Dra. Tracie Keesee enfatizou sobre a importância vital da aprendizagem e da educação profissional, em cursos de formação. Ela exemplificou com pesquisa própria, realizada nos Estados Unidos, onde o policial melhor preparado, estatisticamente, diminuiu a possibilidade de disparo letal em situação de abordagem, confronto e risco diante de cidadão afro-descendente suspeito de crime. Já o Cônsul David Brooks destacou a importância de manter canais abertos de intercâmbio e estudos binacionais, sobretudo, onde a pesquisa acadêmica e formal esteja associada na resolução e busca de problemas práticos e operacionais de polícia e segurança.

O diretor-geral da Acadepol, delegado Mario Wagner, reiterou a importância da continuidade deste intercâmbio, iniciado nessa terça-feira, com a troca de experiências e conhecimentos entre as polícias no futuro imediato. Na oportunidade, estiveramm presentes em recepção à comitiva norte-americana o diretor da Divisão de Assessoramento Especial, delegado Omar Gilberto Buede Fernandez, e a diretora de Ensino da Acadepol, delegada Elisângela Melo Reghelin.

Fonte: Ascom PC

Banheiros Público do Municipio de Vacaria RS

* Segundos observações a Prefeitura não fornece material de limpeza como papel higiênico, desinfetante e sabão em pó, todos os banheiros públicos municipais de Vacaria RS. Os próprios funcionários públicos que trabalham nestes locais compram o material de limpeza do seu próprio bolso. Isso é um absurdo Prefeito Elói tem que tomar providência e mudar essa situação.
Paulo Furtado
Editor

Secretário de Obras não Vai a Velório

* Segundo informações um funcionário da Prefeitura Municipal de Vacaria RS faleceu, o Secretário de Obras não compareceu ao velório, somente apareceram pessoas de outros partidos.
Paulo Furtado
Editor

Formação de Agentes

Estado forma nesta quarta-feira 370 novos agentes penitenciários
02/12/2009 07:49


O Governo do Estado realiza nesta quarta-feira (2) a formatura de 326 novos agentes penitenciários e 44 agentes administrativos da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), organismo ligado a Secretaria da Segurança Pública. A solenidade acontece às 10h, tendo por local o Centro de Eventos do Gaúcho, no Parque da Harmonia, em Porto Alegre. Prestigiam o ato a governadora Yeda Crusius, o secretário da Segurança Edson Goularte e o superintendentes dos Serviços Penitenciários, Mario Santa Maria Júnior.

Por um período de 90 dias de preparação, os formandos tiveram aulas em turno integral, divididas em 19 disciplinas, como defesa corporal, relações humanas, segurança e vigilância, noções de direito e uso de arma de fogo, a cargo da Escola Penitenciária da Susepe.

Os 370 novos agentes tiveram as vagas autorizadas pela governadora Yeda Crusius e atuarão em todo o Rio Grande do Sul, objetivando suprir o déficit de servidores nos presídios e penitenciárias do Estado. A medida integra o projeto de Recomposição dos Efetivos da Segurança Pública, do Programa Estruturante Cidadão Seguro ( www.estruturantes.rs.gov.br ).

Fonte: www.estado.rs.gov.br

Falta de Fiscalização de Obras em Vacaria RS

* Observamos que falta de fiscalização do CREA e da Prefeitura Municipal em obras de prédios e residências no centro da cidade Vacaria RS. Não colocam proteção de telas em prédios e se utilizam do passeio como canteiros de obras, obstruindo a passagem dos pedestreres.
Esperamos que a Prefeitura Municipal coloque os seus fiscais nas ruas.
Paulo Furtado
Editor