Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Negro Cidadão

Abertura da Safra da Maçã de Vacaria RS



Na Embrapa em Vacaria RS com a presença do Governador José Ivo Sartori

O Sexo e as Negas

repassando.gif

De: Flávio leandro de Souza [mailto:flavioleandrosz@yahoo.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 17:55
Para: seppir.ouvidoria@seppir.gov.br
Assunto: Viva o Sexo e as Negas! Viva Miguel Flabella!


Caro Miro. Boa Tarde.

Para encerrar esse assunto, já bastante esgotado, ontem, 17/12/ estive com vários atores e atrizes negras no OI CASA GRANDE em apoio a indicação de Jorge Coutinho como Secretário de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Numa conversa informal, todos e todas foram unanimes em afirmar sobre a precipitação dos movimentos negros e da SEPPIR em questionar um programa que nem ainda teria ido ao ar.

Também, todos nós entendemos que foi uma grande injustiça contra o Miguel Falabella, que é um dos poucos autores que incluem números consideráveis de personagens negros nos seus textos. – O Falabella me representa mais dos que esses caras do movimento negro, pois o Flabella me possibilita trabalhar, ao contrário desses caras. – disse uma das atrizes que brilhou na série O SEXO E AS NEGAS.

A questão negra vem sendo tratada com demagogia, insanidade e interesses escusos por um grupinho que está há décadas fazendo de conta que luta pela causa. Isso é fato!
Se hoje o racismo está latente; a discriminação contra o negro patente; a discriminação contra a mulher negra ainda mais cruel e o negro dependo de cotas para ter acesso às universidades e ao serviço público, onde está o resultado da tal luta histórica dos movimento negros?

As SEPPIR da vida encabrestada ao governo a ao partido político desse governo; os conselhos estaduais e municipais de defesa do negro acorrentados aos respectivos governos... onde está a independência?  Quando o CEDINE se levantou contra o governo Sérgio Cabral contra a matança pela polícia de homens e mulheres negras e outras aberrações do mesmo teor? Quando o CONDEDINE se levantou contra o Eduardo Paes  pelo embranquecimento do funcionalismo público carioca?
Estão todos sob a tutela dos governos e fazem o que eles querem e o que eles mandam. Enquanto essa gente não estiver sob  total independência política e partidária não terá  a credibilidade e o respeito da raça negra.

Existem Instituições e entidades independentes, cito o AFROCARIOCA, o IARA, o IPOAFRO, O CULTNE, o AFROPRESS, o EDUCAFRO, entre outras, que desenvolvem um trabalho sério e de resultados. Mas a grande maioria é não tem demonstrado a mesma eficiência. Fica só no discurso. Na panfletagem.
O caso do SEXO E AS NEGAS é que, em se tratando da Rede Globo, daria visibilidade, mídia e sensacionalismo.
Só que o tiro saiu pela culatra.

Abraços.
Flávio Leandro





Flavio.

Do meu ângulo de visão, não houve "carnavalização" de quem propõe um debate sério a respeito do que a mídia

produz no País.

Compreendo a posição de quem é favorável à citada produção do Grupo Globo, especialmente a dos artistas que

tornaram públicas as suas posições. Espero que haja a mesma compreensão em relação ao lado que questiona

o referido programa de televisão.

No mais, de fato precisaríamos fazer uma consulta a toda a população negra no Brasil para saber, de cada um e cada uma,

em profundidade, o que pensa a respeito do movimento negro e de sua luta histórica contra o racismo. Infelizmente nos

falta poder real para tal empreitada. Entretanto, talvez uma olhada em nossa história nos dê a resposta. E na certa nos

mostrará que a nossa luta não se restringe à defesa de uma raça, mas à realização de justiça e desenvolvimento para negras

e negros no Brasil. E isso inclui mídia, economia, educação, infraestrutura, saúde, autoestima, etc.

Saudações, Miro Nunes.


 


To: discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br
From: discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br
Date: Thu, 18 Dec 2014 09:56:35 +0000
Subject: Re: [discriminacaoracial] Re: A Causa Negra Particular de Certos Grupinhos

 
Os "principais interessados" na mensagem transmitida por uma série como essa não são as atrizes e atores negros - o interesse destes é somente em manter o seu emprego, daí a unanimidade corporativa de sua defesa do sinhozinho. O principal interesse é o da população negra, cuja autoestima é constantemente rebaixada por essas produções. Quanto à legitimidade ou não daqueles "que se apresentam como defensores da raça", quem é mesmo que a outorga?   

Em Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014 0:34, "Flávio leandro de Souzaflavioleandrosz@yahoo.com.br [discriminacaoracial]" <discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br> escreveu:


Olá, Miro. Boa Noite.

O coerente, ético e justo seria, antes de se tomar tal decisão, ter ouvido primeiro os principais interessados, que são as atrizes e os atores negros.  Se eles tivessem sido ouvidos, com certeza, a SEPPIR e os que se levantaram contra a série não teriam causados tão desnecessário desgate.

É imperativo também que a legítima luta da causa negra não caia na carnavalização por causa da falta de bom senso dos que se apresentam como defensores da raça, sem ter sido outorgado por essa mesma raça.

Abraços.

Flávio Leandro  


De: "Comissão Jornalistas afrojor_rj@hotmail.com [discriminacaoracial]" <discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br>
Para: discriminacao Lista <discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br>
Enviadas: Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014 15:44
Assunto: RE: [discriminacaoracial] Re: A Causa Negra Particular de Certos Grupinhos


Prezado Flávio Leandro e demais desta lista.

Fui um dos que se posicionou e se posiciona contra a citada produção da Globo.

Há 10 anos, alguns grupos de mulheres ligadas à denominações protestantes tb se posicionaram publicamente

contra a telenovela, da mesma emissora, chamada " Da cor do pecado" devido ao título e à abertura da produção

que mostrava uma parte do corpo negro marcada a ferro e fogo como se fosse gado.

O documento com a posição destes grupos, liderado pelo Fórum de Mulheres Negras Cristãs do RJ, foi entregue

em mãos à direção da Central Globo de Comunicação que ainda faz a interface com os movimentos sociais para

o hoje denominado Grupo Globo. Este documento, já histórico, foi na época publicado no site do Observatório

da Imprensa e ainda está lá em seus arquivos do ano de 2004.

Medeiros lembrou os textos de Ana Maria e Cidinha, que dão respostas corretas aos que apoiam a série.

Discordâncias há e são bem vindas. O que não podemos cair é na falta de coesão no enfrentamento a um

adversário histórico: o racismo.

Assim como eu, a grande maioria da militância vive do seu trabalho árduo e não está envolvida diretamente

com governos. E os que estão exercem, temporariamente, suas funções com honestidade, salvo exceções que devem ser comprovadas.

Compartilho da crítica em relação à produção dos chamados órgãos de promoção da igualdade racial, mesmo

sabendo das dificuldades enfrentadas no setor público (sou servidor e sei bem o que é isso). Suponho ser o

único militante (espero que não...) contra o modelo adotado (secretaria, superintendência, etc) para se promover a chamada

igualdade racial. Até o momento, isso não tem funcionado conforme deve ficando na grande maioria das vezes

na parte formal da história, que tb é relevante mas insuficiente no caso da questão negra no Brasil.

Defendo ainda que se explicite as críticas que, repito, são essenciais ao movimento negro, porém não se pode

generalizar, ou melhor, para que a crítica surta o efeito desejado a meu ver deve ser mais focalizada e, de preferência,

que se apresente alternativas, assim como o documento entregue à Globo há dez anos o fez.

O Grupo Globo historicamente está ao lado de nossos adversários históricos, mesmo a gente não demonizando-o

como o mesmo faz conosco e reconhecendo alguns avanços, como a presença de um pouco mais de gente negra

aparecendo em suas produções. O problema há 10 anos como agora é com que qualidade isso acontece. Sem

falar na quase falta de profissionais negros na linha de frente da produção de entretenimento (diretores, roteiristas, etc).

Saudações, Miro Nunes (RJ).




 

To: discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br
From: discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br
Date: Wed, 17 Dec 2014 16:58:17 +0000
Subject: Re: [discriminacaoracial] Re: A Causa Negra Particular de Certos Grupinhos

 
Aconselho-o a ler os textos das escritoras Cidinha Silva e Ana Maria Gonçalves. Agora, precipitado e inconsequente é...

Em Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014 10:04, "Flávio leandro de Souzaflavioleandrosz@yahoo.com.br [discriminacaoracial]" <discriminacaoracial@yahoogrupos.com.br> escreveu:


Olá, Allyne. Bom Dia.

Certamente não nos conhecemos. Eu não representro grupos, organizações e entidades alguma.  Sou um dos muitos cidadãos negros indignados com certos grupinhos que estão há décadas se beneficiando com supostas lutas pela causa negra. 

Abraços.
Flávio Leandro


De: Allyne Andrade <allyneaes@gmail.com>
Para: Flávio leandro de Souza <flavioleandrosz@yahoo.com.br>
Enviadas: Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014 9:58
Assunto: Re: A Causa Negra Particular de Certos Grupinhos

Desculpas , mas   só  para eu ne situar e entender a crítica... nos  conhecemos  de onde e você  representa  qual movimento  negro?
eu sou Allyne  Andrade,  da associação  de mulheres  negras  aqualtune.
Allyne Andrade
   

Em 17/12/2014 09:51, "Flávio leandro de Souza" <flavioleandrosz@yahoo.com.br> escreveu:


Meus Amigos e Minhas Amigas.

Quando a imprensa noticiou o lançamento da séria O Sexo e as Negas, de Miguel Falabella, que seria exibido Rede Globo, setores do movimento negro e de entidades de  defesa das mulheres negras numa atitude insana e descabida, e sem mesmo saber o enredo da trama, levantaram-se em uníssono acusando a série de racista e sexista contra as mulheres negras. Numa atitude ainda mais insana, a SEPPIR (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República) foi acionada e, prevendo um marketing político para limpar a sua imagem ineficiente, subserviente e ostracista, ameaçou processar a emissora e impedir a estreia da série.

Pois, bem. O Sexo e as Negas foi para o ar, empregou atrizes e atores negros que puderam mostrar todo os seus talentos;  não criou situações desairosas à imagem da mulher negra e não foi racista contra a raça negra
Atrizes e atores negros que participaram da série estão super felizes e aguardando ansiosos a continuidade da série. Não só para mostrarem seus trabalhos e talentos, mas para poderem também pagar suas contas. Ao contrário dos que, sem nenhum motivo concreto, levantaram-se contra a série. A SEPPIR e essa súcia de vendilhões da raça certamente estão todos famintos pela ganância de aumentarem, junto aos partidos políticos e aos governos dos quais estão encabrestados,  seus orçamentos com dinheiro público, para continuar na luta (de boxe ou de MMA?) e resistência (do ferro ou do chuveiro elétrico?) em favor da causa negra particular deles.

Nas entrevistas à imprensa a maioria absoluta do elenco da série afirmou nunca ter sido consultada por nenhuma dasentidades negras que se levantaram contra a série.

Agora a pergunta que não quer calar: qual a justificativa da SEPPIR, dos movimentos negros e das entidades de defesas das mulheres negras para suas atitudes precipitadas e inconsequentes?
Gente. Vamos levar a sério a nossa luta! Só então, seremos ouvidos, respeitados e comemoraremos as nossas vitórias.

Abraços a todos.

Flávio Leandro







Portal do Geledes

Você está recebendo as atualizações do Portal Geledés.
Portal Geledés

Geledés

Em defesa dos direitos humanos. Combate ao racismo, preconceito, discriminação e violência contra a mulher.

SUS e Saúde Suplementar vão registrar casos de agressão por homofobia

Like SUS e Saúde Suplementar vão registrar casos de agressão por homofobia on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
SUS e Saúde Suplementar vão registrar casos de agressão por homofobiaFicha de notificação de casos de violência passa a contar, a partir deste ano, com dois novos itens: orientação sexual e identidade de gênero no Brasil. Gov Prevenir e enfrentar as diversas formas de violência praticadas contra o público de lésbicas, gays, bissexuais e travestis, além de permitir conhecimento de dados sobre as ocorrências, características e […] Leia mais »

A Lei Maria da Penha e as Convenções de Direitos Humanos

Like A Lei Maria da Penha e as Convenções de Direitos Humanos on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
A Lei Maria da Penha e as Convenções de Direitos Humanos1. Introdução A violência doméstica contra a mulher é um grave problema social, mas também se apresenta como um desrespeito aos direitos humanos, mas apesar da magnitude do tema, durante muito tempo pouca ou nenhuma importância se deu à discussão, pois o Estado defendia se tratar de um problema privado. Ademais, as próprias vítimas da […] Leia mais »

Amal Clooney defende direitos humanos mas só lhe fazem perguntas sobre roupa

Like Amal Clooney defende direitos humanos mas só lhe fazem perguntas sobre roupa on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Amal Clooney defende direitos humanos mas só lhe fazem perguntas sobre roupa60 jornalistas na sala do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, com perguntas de passadeira vermelha. Amal reagiu com humor: “Estou a vestir Ede & Ravenscroft” – uma famosa marca britânica de togas. Poucas vezes um caso de direitos humanos teve tamanha cobertura mediática, mas aqui as razões estavam todas erradas. Ao entrar na sala do […] Leia mais »

Presidente do McDonald’s pede para sair após dois anos de queda nas vendas

Like Presidente do McDonald’s pede para sair após dois anos de queda nas vendas on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Presidente do McDonald’s pede para sair após dois anos de queda nas vendasFrequência de clientes nas lanchonetes dos Estados Unidos caiu 4,1% em 2014, após uma queda de 1,6% em 2013 No Estadão  Don Thompson, diretor geral da rede McDonald’s, renunciou ao cargo no momento em que a maior cadeia de restaurantes do mundo luta para manter-se à frente da preferência dos consumidores e transformar sua imagem. […] Leia mais »

Queen Latifah curte piscina e passeia no Cristo Redentor com a namorada

Like Queen Latifah curte piscina e passeia no Cristo Redentor com a namorada on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Queen Latifah curte piscina e passeia no Cristo Redentor com a namoradaA apresentadora, atriz e rapper está curtindo o verão no Rio de Janeiro com a namorada No iG No Brasil curtindo dias de puro relax, Queen Latifah aproveitou a piscina no hotel Fasano, no Rio, al lado da namorada, Eboni Nichols. Com um biquíni bem grande, aqueles parecidos com os que uma vovó usaria, a apresentadora, atriz […] Leia mais »

Ava DuVernay, diretora de ‘Selma’, vai fazer filme sobre o furacão Katrina

Like Ava DuVernay, diretora de ‘Selma’, vai fazer filme sobre o furacão Katrina on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Ava DuVernay, diretora de ‘Selma’, vai fazer filme sobre o furacão KatrinaAva DuVernay, diretora de ‘Selma’, vai fazer filme sobre o furacão Katrina No G1  Ava DuVernay, diretora de “Selma”, cinebiografia de Martin Luther King Jr. indicada ao Oscar de melhor filme, vai escrever, produzir e dirigir um longa metragem encenado durante a passagem do furacão Katrina, disse a empresa responsável pelo filme nesta segunda-feira (26). […] Leia mais »

“Mostrei quem eram os verdadeiros bandidos”

Like “Mostrei quem eram os verdadeiros bandidos” on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
“Mostrei quem eram os verdadeiros bandidos”Há dois anos, Daniel Eustáquio lutava para provar que seu filho e o amigo dele haviam sido executados por quatro policiais militares. Ontem, ele conseguiu. Um júri condenou os PMs a 24 anos de reclusão. Por Fausto Salvadori Filho Do Ponte  “Eu vou provar que vocês mataram um inocente.” Foi o que o eletricista Daniel Eustáquio de […] Leia mais »

Ícone do funk Sly Stone recebe US$ 5 milhões em ação sobre royalties

Like Ícone do funk Sly Stone recebe US$ 5 milhões em ação sobre royalties on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Ícone do funk Sly Stone recebe US$ 5 milhões em ação sobre royaltiesEx-empresário e ex-advogado roubaram pagamentos que lhe deviam. Eles inventaram que tinham direito a tudo, disse advogado do músico. No G1  Verdadeira lenda do funk, o músico Sly Stone venceu uma ação civil contra seu ex-empresário e seu ex-advogado, a quem acusou de não lhe pagar royalties, e recebeu US$ 5 milhões, informou seu advogado. […] Leia mais »

Disney apresenta Elena de Avalor, sua primeira princesa latina

Like Disney apresenta Elena de Avalor, sua primeira princesa latina on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Disney apresenta Elena de Avalor, sua primeira princesa latinaPersonagem será protagonista de série de TV que estreia em 2016. Objetivo é conquistar a audiência hispânica nos EUA e América Latina. No  G1 O estúdio Disney apresentou na quinta-feira (29) a personagem Elena de Avalor, sua primeira princesa latina, que protagonizará uma série a partir de 2016. A nova princesa tem como objetivo conquistar […] Leia mais »

Violência policial sobe em SP e no Rio, aponta relatório internacional

Like Violência policial sobe em SP e no Rio, aponta relatório internacional on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Violência policial sobe em SP e no Rio, aponta relatório internacionalEm 2014, a polícia paulista foi responsável por 728 mortes – um crescimento de 97% em relação a 2013, quando houve 369 casos. da  Agência Estado A violência policial e a tortura nas prisões são apontadas como as principais violações de Direitos Humanos no Brasil, segundo o Relatório Mundial da organização Human Rights Watch. O […] Leia mais »

Turbante faz a cabeça de baianos e turistas neste verão

Like Turbante faz a cabeça de baianos e turistas neste verão on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Turbante faz a cabeça de baianos e turistas neste verão“Cabelo raspadinho, estilo Ronaldinho. Cabelo pintado ou V-O. Cabelo embaraçado, encaracolado, rastafári, rock’n roll”. O refrão da música, que se eternizou na voz do cantor e compositor Bell Marques, traduz os vários estilos de cabelo que encontramos, ao passear pelas ruas de Salvador. Todavia, neste verão, o turbante tem feito a cabeça de baianos e […] Leia mais »

Lázaro Ramos substitui José Wilker na transmissão do Oscar

Like Lázaro Ramos substitui José Wilker na transmissão do Oscar on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Lázaro Ramos substitui José Wilker na transmissão do OscarO ator dividirá a apresentação e os comentários da transmissão com os jornalistas Artur Xexeo e Maria Beltrão No Folha Vitória Lázaro Ramos foi escalado pela Globo para substituir José Wilker na cobertura do oscar 2015. O ator faleceu em abril do ano passado, aos 69 anos, de um ataque cardíaco. O ator dividirá a […]Leia mais »

A “nação de marginais” e a população brasileira

Like A “nação de marginais” e a população brasileira on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
A “nação de marginais” e a população brasileiraDifícil organizar as ideias e mais difícil ainda colocá-las no papel. Tudo bem, não disse nada de novo e nem que essa afirmação se faz, fruto de alguma iluminação. Por Mônica Francisco Do Jornal do Brasil O difícil é ruminar nosso cotidiano e despejá-lo aqui semanalmente. A cada dia nossa sociedade se mostra mais cruel com parte […] Leia mais »

Stalker: Perseguir uma mulher durante 10 anos não é crime no Brasil

Like Stalker: Perseguir uma mulher durante 10 anos não é crime no Brasil on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Stalker: Perseguir uma mulher durante 10 anos não é crime no BrasilDenúncia contra Adrilles, participante do BBB15, não dá cadeia no Brasil Especialistas alertam, no entanto, para a importância de se denunciar casos de perseguição no R7 A denúncia feita por uma blogueira sobre o participante do BBB15 Adrilles — de que ele teria perseguido uma moça durante dez anos — é alvo de debate jurídico no Brasil. […] Leia mais »

Apareceu o novo rei do reggae e ele tem apenas dois anos

Like Apareceu o novo rei do reggae e ele tem apenas dois anos on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Apareceu o novo rei do reggae e ele tem apenas dois anosNão chore mais. Apareceu o novo rei do reggae e ele tem apenas dois anos. Os vídeos de Myles Kingston Sadler imitando Bob Marley viraram febre mundial. Por Fabiano Alcântara, do Virgula O mais popular deles, em que o pequeno rasta sacode seus dreads e canta Get Up, Stand Up já ultrapassa 660 mil visualizações desde que foi […] Leia mais »

Relatório de Human Rights Watch condena violência policial e prisões desumanas no Brasil

Like Relatório de Human Rights Watch condena violência policial e prisões desumanas no Brasil on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Relatório de Human Rights Watch condena violência policial e prisões desumanas no BrasilAmeaças de instabilidade levam governos de diversos países a suspender liberdades individuais, diz Human Rights Watch POR DANDARA TINOCO no O Globo  Direitos humanos, só em tempos de paz. Qualquer ameaça de instabilidade – real ou não – tem levado governos de diversos países a suspender liberdades individuais e, com frequência, recorrer à força em […] Leia mais »

Secretária adjunta transexual de Porto Alegre se casa

Like Secretária adjunta transexual de Porto Alegre se casa on Facebook share on Twitter Google Plus One Button
Secretária adjunta transexual de Porto Alegre se casaCerimônia aconteceu no Dia Nacional da Visibilidade Trans e contou ainda com a presença do secretário de Direitos Humanos da Capital Por Ananda Müller no Terra  Em  uma cerimônia emocionante, a secretária adjunta da Livre Orientação Sexual de Porto Alegre, Glória Crystal, celebrou, na tarde desta quinta-feira (29), seu casamento com