Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

domingo, 5 de junho de 2016

A Mais Populares na Rede


Revista VOTO @revistavoto
 
#PF marcou para 14 de junho depoimento de @renancalheiros em inquérito da #LavaJato.
Ver no Twitter
Polícia Civil do RS @policiacivilrs
 
No condomínio estava ocorrendo uma festa com a presença de adolescentes e venda de bebida alcoólica #DECA #1BPM
Ver no Twitter
José Fortunati  @josefortunati
 
9°C. Bom dia. Ospa apresenta Música das Américas no Araújo Vianna com entrada franca. (+) goo.gl/jxQMdP
Ver no Twitter
O Antagonista  @o_antagonista
 
Cresce movimento contra a fritura asquerosa na AGU. Por trás disso, o #petrolão goo.gl/vmjQWI
Ver no Twitter
Figueirense FC  @FigueirenseFC
 
Figueirense é derrotado por 1 a 0 para o América-MG goo.gl/fb/35kDKv
Ver no Twitter
reporterbrasil @reporterbrasil
 
Dois milhões de trabalhadores ainda não sacaram o Pis-Pasep, neste ano
YouTube
Ver no Twitter
Configurações  |  Ajuda  |  Sair
Este e-mail foi gerado por @jornalnegritude.
Twitter, Inc. 1355 Market Street, Suite 900 San Francisco, CA 94103

Bela Imagem que Encotramos no Facebook


Inter de Lages SC


Inter derrota o Brusque por 1 a 0 em seu segundo teste antes da estreia na Série D
O Internacional de Lages derrotou o Brusque por 1 a 0 neste sábado, em seu segundo teste antes da estreia da equipe na Série D do Brasileiro. O jogo-treino foi realizado no Estádio da Baixada, em Ibirama.
O gol da vitória colorada foi marcado no segundo tempo, com Gustavo. O atacante é um dos atletas remanescentes do grupo que defendeu o Inter no Catarinense. 
O Colorado Lageano entra agora em sua última semana de praparação para a Série D. A equipe estreia na competição no próximo domingo, em Lages, contra o Linense (SP).
INTER 1 x 0 BRUSQUE
INTER (time que iniciou a partida): Neto Volpi, Oliveira, Cristian, Petterson e Carlos; Parrudo, Rafael Tufa, Weriton e Marcelinho Paraíba; Geraldo e Léo. Técnico: Waguinho Dias
BRUSQUE (time que iniciou a partida): Zé Carlos, Alexandre, Cleyton, Neguette e Aélson; Mineiro, Ruan, Carlos Alberto e Paulinho; Zulu e Cleu. Técnico: Mauro Ovelha
Gol: Gustavo (Inter)

Base: equipes sub-15 e sub-17 do Inter derrotam o Joinville pelo estadual
Os times sub-15 e sub-17 do Internacional de Lages venceram neste sábado seus confrontos contra o Joinville, válidos pelo estadual das categorias de base. As partidas foram realizadas no complexo esportivo do Sesi, em Lages.
E MAIS:
Veja e baixe fotos das partidas no perfil oficial do Inter no Flickr
No primeiro jogo da tarde, a equipe infantil derrotou o JEC por 2 a 1. O atacante Rayan fez os dois gols da vitória colorada. Com a vitória, o time chegou a 9 pontos e segue na sexta colocação.
Na sequência, o time juvenil venceu por 3 a 1. Os gols foram marcados pelo centroavante Bruno (2) e pelo volante Christian. O resultado levou a equipe a 10 pontos - e ao G4, o grupo dos quatro times que se classificam para as semifinais.
Na próxima rodada, os colorados enfrentam o Brusque. As partidas serão novamente no complexo do Sesi, em Lages.

NOS ANEXOS:
- O atacante Gustavo, autor do gol da vitória colorada contra o Brusque (Foto: Sérgio Nascimento)
- Christian, autor de um dos gols do Inter pelo estadual sub-17 contra o Joinville por 3 a 1 (Fofo: Nilton Wolff)
 
-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Arquivo

 Paula  ,Aproveito e  envio  o nome  da  comédia    EM  BUSCA  DO  PRAZER  .........
 
Assunto: Fw: INFORMATIVO SOBRE CARNE DE VITELA/BABY BEEF!
 
Pessoal:
 
Por favor leiam esta reportagem e pensem!!!
É muito triste e revoltante.
 
Abraços da Sá

Subject: En: INFORMATIVO SOBRE CARNE DE VITELA/BABY BEEF!

 
 
ABRACEM ESTA CAUSA...
 
 
Carne de Vitela/ Baby Beef
 
Você  sabia...?
 
            A carne de vitela é muito apreciada por ser tenra, clara e
macia.
            O que pouca gente sabe é que o alimento vem de muito sofrimento do bezerro macho, que desde o primeiro dia de vida é afastado da mãe e trancado num compartimento sem espaço para se movimentar.
 
            Esse procedimento é para que o filhote não crie músculos e a
carne se mantenha macia.   Baby beef é o termo que designa a carne de filhotes ainda não desmamados. O mercado de vitelas nasceu como subproduto da indústria de laticínios que não aproveitava grande parte dos bezerros nascidos das vacas leiteiras.
 
            Veja como é obtido esse "produto": assim que os
filhotes nascem,são separados de suas mães, que permanecem por semanas mugindo por suas crias. Após serem removidos, os filhotes são confinados em estábulos com dimensões reduzidíssimas onde permanecerão por meses em sistema de ganho de peso -
alimentação que consiste de substituto do leite materno.
 
 Um dos principais métodos de obtenção de carne branca e macia, além da imobilização total do animal para
que não crie músculos, é a retirada do mineral ferro da sua alimentação tornando-o anêmico e fornecendo o mineral somente na quantidade necessária para que não morra até o abate.
 
            A falta de ferro é tão sentida pelos animais, que nada no
estábulo pode ser feito de metal ferruginoso, pois eles entram em desespero para lamber esse tipo de material. Embora sejam animais com aversão natural à sujeira, a falta do mineral faz com que muitos comam seus próprios excrementos em busca de resíduos desse mineral. Alguns produtores contornam esse problema colocando os filhotes sobre um ripado de madeira, onde os excrementos possam cair num um piso de concreto ao qual os animais não tenham acesso.
 
            A alimentação fornecida é líquida e altamente calórica, para que a maciez da carne seja mantida e os animais engordem rapidamente. Para que sejam forçados a comer o máximo possível, nenhuma outra fonte de líquido é fornecida, fazendo com que comam mesmo quando têm apenas sede.
 
            Com o uso dessas técnicas, verificou-se que muitos filhotes
entravam em desespero, criando úlceras pela sua agitação e descontrole no espaço reduzido. Uma solução foi encontrada pelos produtores: a ausência de luz; a manutenção dos animais em completa escuridão durante 22 horas do dia,acendendo-se a luz somente nos momentos de manutenção do estábulo. No
processo de confinamento, os filhotes ficam completamente imobilizados, podendo apenas mexer a cabeça para comer e agachar, sem poderem sequer se deitar.
 
            Os bezerros são abatidos com mais ou menos 4 meses de vida - de uma vida de reclusão e sofrimento, sem nunca terem conhecido a luz do sol. E as pessoas comem e apreciam esse tipo de carne sem terem idéia de como é produzida. A criação de vitelas é conhecida como um dos mais imorais e repulsivos mercados de animais no mundo todo. Como não há no Brasil lei
específica que proíba essa prática - como na Europa - o jeito é
conscientizar as pessoas sobre a questão.
 
            Nossa arma é a informação.
 
            Se souber o que está comendo, a sociedade que já não mais tolera violências, vai mudar seus hábitos. Podemos evitar todo esse sofrimento não comendo carne de vitela ou baby beef e repudiando os restaurantes que a servem.
 
            O consumidor (Assim como o eleitor) tem força e deve usar esse poder escolhendo produtos, serviços e empresas que não tragam embutido o sofrimento de animais inocentes.
 
(Fonte: Instituto Nina Rosa - Projetos por Amor à Vida)
 
            Se você anseia por uma sociedade mais humana e sem violência, repasse esse e-mail. A VIDA AGRADECE.
 
(Desculpem, é tão estranho que tenhamos de repassar uma mensagem como esta
ou melhor, é triste! Mas infelizmente, ainda é necessário!  Há de chegar o dia, que não mais haverá tortura, violência e covardia a qualquer SER VIVENTE neste mundo de Deus... Há de chegar...!!!)