Grêmio 1 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Botafogo
Libertadores 2017

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Inter 2 x 3 São Paulo parte 61

A quadrilha na Cadeia

14 de novembro de 2013
Caro leitor, aqui estão os destaques de VEJA desta semana.
VEJA.com - veja@abril.com.br
  
Edição da semana (n° 2348 - 20 de novembro de 2013)
 
 A quadrilha na cadeia - Oito anos, cinco meses e 27 dias depois de revelado, o escândalo do Mensalão leva à prisão os chefões do PT

A quadrilha na cadeia
Oito anos, cinco meses e 27 dias depois de revelado, o escândalo do Mensalão leva à prisão os chefões do PT 

♦ 
Índice da edição
 
 
Entrevista - O governador do Ceará, Cid Gomes, diz que enfrentar empresas que se juntam para superfaturar obras é um desafio dos governantesEntrevista
O governador do Ceará, Cid Gomes, diz que enfrentar empresas que se juntam para superfaturar obras é um desafio dos governantes
 
Especial - Atos públicos de grandeza, fraquezas da vida privada e os tiros que continuam a ecoar alimentam as narrativas sobre John KennedyEspecial
Atos públicos de grandeza, fraquezas da vida privada e os tiros que continuam a ecoar alimentam as narrativas sobre John Kennedy
 
 
Brasil
O mensalinho de Marin
Para asfixiar a oposição e eleger seu sucessor, o presidente da CBF distribui mesadas de 100.000 reais a cartolas-eleitores
 
 
Livros - José Guilherme Merquior estava no auge quando morreu, em 1991. A reedição de seus livros é a chance de revisitar seu espaço na história intelectual brasileira.Livros
José Guilherme Merquior estava no auge quando morreu, em 1991. A reedição de seus livros é a chance de revisitar seu espaço na história intelectual brasileira
 
Exposição - Mostra reúne objetos de Alfred Nobel, o inventor sueco que dá nome ao prêmio mais famoso do mundo - e também aos contemplados com a distinçãoExposição
Mostra reúne objetos de Alfred Nobel, o inventor sueco que dá nome ao prêmio mais famoso do mundo - e também aos contemplados com a distinção
 
 
Ideias
Quanto vale o show
A Lei Rouanet, que deve ser substituída no próximo ano, alimenta o debate sobre uso de recursos públicos e privados na cultura
 
 
Lya Luft - Que profissionais queremosLya Luft
Que profissionais queremos
 
Roberto Pompeu de Toledo - A honra da pátriaRoberto Pompeu de Toledo
A honra da pátria
 
 
 
Destaques on-line
 
Todo mundo espiona - As recentes revelações sobre a ação da Agência Nacional de Segurança americana (NSA) demonstraram a insuperável capacidade de espionagem dos Estados Unidos. A primeira reação foi de indignação, mas a ela devem seguir-se ações bem mais concretas. Em reportagem de VEJA.com, especialistas no assunto elencam as transformações pelas quais deve passar o mundo da espionagem e da contraespionagem.
Todo mundo espiona
As recentes revelações sobre a ação da Agência Nacional de Segurança americana (NSA) demonstraram a insuperável capacidade de espionagem dos Estados Unidos. A primeira reação foi de indignação, mas a ela devem seguir-se ações bem mais concretas. Em reportagem de VEJA.com, especialistas no assunto elencam as transformações pelas quais deve passar o mundo da espionagem e da contraespionagem.
 
 
Um novo CD de Paul
No programa VEJA Recomenda, Sérgio Martins fala sobre New, o 16° disco de estúdio de Paul McCartney e o primeiro com novas composições desdeMemory Almost Full, de 2007.
 Pernambuco em cartaz
Nos últimos dez anos, Pernambuco se consolidou como importante pólo de produção cinematográfica no Brasil. Reportagem de VEJA ouviu cineastas e produtores que explicam por que o estado tem se destacado nessa arte.
 
 
Turismo para torcedores
Para os fanáticos por esporte, não há férias. Pelo contrário: muitos aproveitam suas viagens para alimentar suas paixões, visitando estádios, museus e outros pontos históricos para suas modalidades favoritas. O site de VEJA inicia nesta semana uma série de reportagens com roteiros feitos sob medida para esse tipo de torcedor. O primeiro itinerário leva os apaixonados pelo futebol europeu a uma viagem pelas duas capitais da bola no norte da Inglaterra: Manchester, terra dos rivais United e City, e Liverpool - que, além dos Beatles, deu ao mundo os inimigos Liverpool e Everton.
 
 
 
 
Colunistas
Blog: Blog - Reinaldo AzevedoBlog
Reinaldo Azevedo
São Paulo
Se Donato quiser a proteção do PT, vai ter de usar como ativo tudo o que sabe
Radar on-line: Radar on-line - Lauro JardimRadar on-line
Lauro Jardim
Rejeição baixa
'Não Pare Na Pista', de Paulo Coelho, começa a ser testada com pequenas plateias
Coluna: Coluna - Augusto NunesColuna
Augusto Nunes
Haddad
Quem esconde fantasmas em casa não deve procurá-los no porão do vizinho
Coluna: Coluna - Ricardo SettiColuna
Ricardo Setti
'Bolha imobiliária'
De Nova York: De Nova York - Caio BlinderDe Nova York
Caio Blinder
Minhas filipinas
Nova Temporada: Nova Temporada - Fernanda FurquimNova Temporada
Fernanda Furquim
Rick and Morty
Blogs da redação
Língua portuguesa: Sobre Palavras - Claque ou claquete Língua portuguesa
Sobre Palavras
Claque ou claquete
Cultura: Imperdível - Yoko e Lennon em livro Cultura
Imperdível
Yoko e Lennon em livro
Acesse http://veja.abril.com.br/newsletter para cancelar o envio deste e-mail.
Nosso serviço de cadastramento solicitará seu e-mail e senha. Se não souber a senha, digite seu e-mail e clique no item
"Esqueci minha senha". Uma senha provisória será enviada para sua caixa postal para possibilitar o acesso ao serviço. 

Copyright © Editora Abril S.A.
 - Todos os direitos re

Som Alto em Excesso do E vento da Mais Bela Comunitária

Inter 2 x 3 São Paulo parte 60

Deputado Estadual Santini

15/11/2013

Santini celebra conquistas para CVMI da Brigada Militar

O Projeto de Lei 321/2013 que eleva os índices salariais do Corpo Voluntário de Militares Inativos (CVMI) da Brigada Militar foi entregue na Assembleia Legislativa na última terça-feira (12). O deputado Ronaldo Santini (PTB), que foi um dos principais interlocutores das negociações entre os servidores, governo do Estado e o Comando-Geral da Corporação, participou da cerimônia na Presidência da Casa.
A proposta recebida pelo presidente Pedro Westphalen (PP), da chefe-adjunta da Casa Civil, Mari Perusso. Também presentes os deputados Heitor Schuch (PSB), Marisa Formolo (PT) e Valdeci Oliveira (PT). O tenente João Carlos Pedroso de Oliveira que representou o CVMI.
Por iniciativa do gabinete de Santini foram realizadas várias audiências no Palácio Piratini e na sede do Comando, para apresentação das alterações pleiteadas pelo CVMI. O empenho de Santini e dos líderes da categoria, desde 2011, pela valorização salarial sensibilizou o Executivo estadual, através do governador Tarso Genro e da secretária Mari Perusso, e as conquistas foram sendo anunciadas gradativamente.
Os salários que não passavam de R$ 427,00 mensais foram reajustados para R$ 739,00 para 2013. Porém, segundo Santini, ainda era muito pouco. “Não era possível que policiais altamente capacitados, após uma carreira toda na corporação, recebessem tão baixa remuneração”, frisou.
Dessa forma representantes do governo, Comando da BM, parlamento e CVMI foram negociando melhores soluções. Conforme estabelecido através da Gratificação Especial de Retorno à Atividade (GERA), foi elaborado o projeto. A proposta tomou por base a remuneração mensal de R$ 890,00, acrescida para R$ 941,00 por mês, retroativos a 1º de outubro deste ano. Estes números receberam reajuste de 20,88%, passando para R$ 1.137,00, contados a partir de 1º de novembro. Todas estas alterações serão consideradas no 13º salário de 2013 destes servidores.
Outra valorização, de 3,86%, elevará os benefícios mensais para R$ 1.181,00, que vigora a partir de 1º de junho de 2014. Todavia, os deputados Ronaldo Santini e Heitor Schuch destacaram que continuarão pleiteando a antecipação deste repasse salarial para março do próximo ano. “Os policiais do CVMI não podem, simplesmente, serem tirados de circulação, após a aposentadoria, sem incentivos para que continuem na ativa. Nossa missão é mantê-los na Brigada Militar e contar com sua experiência a serviço da segurança da nossa população”, destacou Santini.
De acordo com os líderes do CVMI, a categoria está satisfeita com a proposta encaminhada pelo governo, que representa 80% das reivindicações destes servidores. A matéria agora passa a tramitar no Parlamento.

Legenda: Deputado Santini participou da entrega do projeto e acompanhará a tramitação
Crédito da foto: Vinicius Reis/Ag.AL
Jornalista: Ederson da Rocha MTB 13365

--


Gabinete do Deputado Estadual Ronaldo Santini - PTB
Assessoria de Comunicação
Jornalista: Ederson da Rocha - MTB 13.365
51 3210 1903 - 51 9548 3591
Acompanhe e siga o deputado Ronaldo Santini (PTB/RS):

Inter 2 x 3 São Paulo parte 59

Bola Na Arquibancada: Parabéns ao Glória 57 Anos

Bola Na Arquibancada: Parabéns ao Glória 57 Anos: Parabéns ao Glória de Vacaria RS pelos 57 anos de vida. Esperamos que em 2014 o Glória volte ao seu lugar que é a primeira divisão do fute...

Glória 3 x 0 Ypiranga de Erechim em 1988

Eles Voltaram ao Ataque

Foto: Google

Tem uma senhora que sempre no mês da Consciência Negra larga frases e indiretas nas redes sociais contra a comemoração dos negros (as), talvez essa pessoa seja mau resolvida ou foi mau amada por algum negro no passado que não lhe deu carinho.
Um empresário viciado em drogas, a qual vai a frente dos computadores "chapado" ironizando e debochando dos negros (as), filhinho do papai que nunca fez nada pela sociedade vacariana e nem na sua vida pessoal, herdou uma empresa de presente do seu pai.
O outro empresário dono de um determinado jornal local cuida tanto do meu trabalho e se esquece de cuidar do seu trabalho. O seu jornal apareceu numa condenação do Tribunal de Contas do Estado do RS por receber dinheiro público ( dinheiro pago do povo de Vacaria RS) sem licitação e foi multado em R$10.000,00 por crime eleitoral e propaganda irregular nas Eleições Municipais de 2012. Talvez se ele cuidasse mais do seu jornal e menos do nosso trabalho, isso talvez não teria acontecido.
O importante que o trabalho do Jornal Negritude cresce a cada dia, e isso provoca a ira dos invejosos, daqueles sem talento, sem caráter e covardes, cuidam do trabalho dos outros e não do deles.
Não damos bola as provocações destes racistas, daqueles que nada fazem pelo povo de nossa cidade, daqueles aliados aos supostos ricos e pseudo elites que sugam a nossa cidade. Coitados deles o tempo passa e eles continuam para trás, nos limites da mediocridade, não evoluem como pessoas, se acham tem dinheiro e um diploma que são os donos de Vacaria e da verdade absoluta. Talvez lá no inferno eles irão provocar e debochar dos demonios que é lá com certeza depois dessa vida que irão para o julgamento da verdade que é o espiritual.