Inter 3 x 0 Figueirense

Inter 3 x 0 Figueirense
Brasileiro B 2017

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Cães de Busca







Chewbacca e Life são os novos cães de busca do Corpo de Bombeiros Militar




Os dois cães da raça Labrador foram certificados pela primeira vez, durante a 9° prova de Certificação Internacional de Cães de Busca e Resgate, evento que reuniu cães de bombeiros de três países e de cinco estados brasileiros, no fim de semana em Xanxerê, no Oeste catarinense. Agora, com mais estas duas certificações, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina passa a contar com 8 cães certificados e aptos para as operações de busca e resgate em território nacional ou em ocorrências internacionais. Vamos conhecer um pouco mais dos novos bombeiros de quatro patas.







Quem conhece a trilogia cinematográfica “Star Wars” vai saber que Chewbacca é o nome do melhor amigo de Han Solo nas missões a bordo da nave Milenium Falcon. Já no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, Chewbacca tem sido o melhor parceiro do Tenente BM Michels, com quem mora desde os três meses de vida, em Xanxerê. O cão tem apenas um ano e meio e já recebeu a primeira certificação. Michels explica que ter um cão treinado com tão pouco tempo de vida já é uma grande conquista. “Agora, com a certificação temos a chancela para poder aplicar o Chewbacca em ocorrências reais de busca e ou resgate de pessoas. Já estamos esperando o telefone tocar para a primeira missão,” disse ansioso.







Diferente de Chewbacca, Life é bem mais agitado e precisou de muito esforço do Cabo BM Pedott para conseguir adestrá-lo. “Cheguei a pensar que o Life fosse indomável, tamanha a agitação dele. Mas com esforço e dedicação ele me fez ver que é possível atingir os nossos objetivos”. Esta foi a segunda prova para buscar a certificação do Life. Na primeira oportunidade, em novembro do ano passado em Florianópolis, dentro do tempo previsto em regulamento, o cão conseguiu achar apenas uma, das duas vítimas previstas. Já neste fim de semana em mais uma prova de certificação em Xanxerê, ele levou apenas 13 minutos para encontrar as duas vítimas. O cão também mora com a família do Cabo Pedott em São Miguel do Oeste.




Para atuar com cães na instituição, o Bombeiro Militar tem de ter especialização em Cinotecnia. O curso o habilita a lidar com os animais e a ter noções dos cuidados necessários para manter o cachorro saudável e adestrá-lo com as exigências regulamentares. Importante frisar que o processo de adestramento e treinamento dos cães é por vezes rigoroso e enérgico. Mas sem maus tratos ou sofrimento ao animal.




Atualmente, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina possui cerca de 20 cães sob custódia dos seus profissionais. Nem todos estão com as certificações em dia e outros ainda estão em fase de adestramento, buscando melhorar os desempenhos para obterem o certificado.










Texto: Krislei Oechsler

Jornalista- Centro de Comunicação Social

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Contato: 48- 98843-4427 ccs@cbm.sc.gov.br


Fotos: Tenente BM Michles, Sargento BM Ewerton Oliveira e Cabo BM Pedott

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim