Destaque

Destaque

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Miliares Matam e Ficam de Deboche



GERAL
Viúva de músico fuzilado no Rio diz que militares “ficaram de deboche”



Da Redação08/04/19 - 12h57




Luciana Nogueira, viúva de Evaldo Rosa, fuzilado na zona norte do Rio, se emocionou depois de comparecer ao Instituto Médico Legal para reconhecer o corpo do marido. Ela estava no carro dirigido pelo músico e que foi atingido por cerca de 80 tiros disparados por homens do Exército na tarde de domingo (7). As informações são do G1 e da TV Globo.

“O meu filho estava no carro, viu tudo. Ele quer a foto do pai. Eu falei que o pai está no hospital. Os vizinhos começaram a socorrer, mas eles continuaram atirando. E falei: ‘moço, socorre o meu esposo’, mas eles não fizeram nada e ficaram de deboche”, disse Luciana.

A viúva afirmou que a família estava indo para um chá e bebê que pegaram aquele caminho próximo ao quartel porque se sentiam seguros. “Eu falei: ali é calmo, ali é nossa área. E eu vi o quartel. Tava protegida, da mesma forma que, quando eu vejo um policial, eu me sinto protegida”, contou.

Nesta segunda-feira (8), dez dos 12 militares do Exército que estava na patrulha foram presos após prestarem depoimento sobre a ação. A investigação do caso está com a Justiça Militar.


Fonte: IstoÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim