Destaque

Destaque

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Funk


 
Ostentação.
Artigo de André Singer
"Embora se deva ter Muito Cuidado AO criticar como opções ostentatórias -  afinal, se uma velha classe MÉDIA o FAZ, POR Que o novo proletariado Nao poderia faze-lo -?, E Que o senhor observar endeusamento de Rótulos Comerciais representação UMA Extraordinária vitória ideológica fazer Capitalismo ", escreve André Singer , Cientista Político, in Artigo Publicado há Jornal Folha de S.Paulo , 16-02-2013. 
Eis o Artigo


Alertado POR 
Danilo Cymrot , Pesquisador fazer o funk paulistano, sobre a popularidade de hum novo género, Fui Assistir sem YouTube  AO Media-metragem de Funk Ostentaçã o, Que estreou nd internet sem FIM de 2012. O Filme retrata, DESDE o título A e com nitidez, Fenômeno Que parece empolgar OS Jovens da periferia de São Paulo , estendendo-se JA pontos parágrafos other do Brasil. Trata-se, in resumo, de hum canto Falado-para ouvidos distantes, lembra o fazer rap, Mas Que, à Diferença desse, AO Menos nd version de 

Mano Brown , in Lugar de Fazer Denúncia do Quadro social, Exalta Ø Poder de Consumo Que Chegou como Camadas de Menor Renda ultimos Anos NOS. Cobertos POR Correntes de ouro, óculos escuros e Tênis sofisticados, OS  MCs  entoam Versos pontuados POR Marcas famosas Como  Nike , Armani , etc Os Clipes das Canções, available nd internet, mostram OS Cantores, rodeados POR Mulheres los roupas sumárias e posições insinuantes, um ostentar simbolos de Luxo. Carros e motos de grife, Garrafas de uísque importado e Notas de Dinheiro ilustram los IMAGENS Que o como letras dizem SEM rodeios. O SENTIDO Geral séria traduzido POR Algo Como: "ISSO É O bom da Vida e NÓS PODEMOS also tê-lo". "Sim, nós podemos." Sem Entrar los Aspectos estéticos, parágrafo cuja Análise NAO eu estaria capacitado, Dois Elementos externos saltam à vista. O Primeiro E a autenticidade da Manifestação. Como tal não Caso do rap, São Vozes da COMUNIDADE Falando Pará Um COMUNIDADE Propriá.



Pertencer a hum Circuito Paralelo AO da Grande Indústria cultural, nascido de Baixo parágrafo Cima, Organizado POR bailes massivos e Divulgação na Rede de Computadores, E Motivo de Orgulho visível dos funqueiros mostrados nd Película. Outro Lado Por, OS Valores Expressos São justamente OS Que emanam do Mundo da publicidade, Que alimentam e São alimentados Pela Indústria cultural "adversária". Embora se deva ter Muito Cuidado AO criticar como opções ostentatórias - afinal, se uma velha classe MÉDIA o FAZ, POR Que o novo proletariado Nao poderia faze-lo ? -, E senhor observar Que o endeusamento de Rótulos Comerciais representação UMA 



Extraordinária vitória ideológica do Capitalismo. 
contradições fundas. Ao simbolizar o Desejo imperioso e tenso de Ter Acesso AOS Bens Que o Mercado coloca NAS vitrines, Os Artistas Populares mostram uma Situação d bis Luta de Classes. Ao Transformar uma legião Deles los Razão de Viver, expressam uma Ilusão de Felicidade Que um Mercadoria Traz Consigo.
Veja also: 
O Media-metragem de Funk Ostentação
     
     
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim