Destaque

Destaque

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Dorival Jr.


O desabafo de Dorival Jr.

Campeão da Taça Farroupilha, técnico do Inter reclama da forma como o trabalho dos treinadores é avaliado no Brasil

De acordo com o técnico colorado, dificuldades como a ausência de quase todo o meio campo titular são esquecidas nos momentos de crítica<br /><b>Crédito: </b> cristiano estrela
De acordo com o técnico colorado, dificuldades como a ausência de quase todo o meio campo titular são esquecidas nos momentos de crítica
Crédito: cristiano estrela
Dorival Junior saiu fortalecido do Gre-Nal que deu ao Inter o título da Taça Farroupilha e a consequente classificação para a final do Campeonato Gaúcho. Pressionado nas últimas semanas, o treinador pode respirar mais aliviado, mesmo que tranquilidade seja algo impossível de se ter no futebol, segundo as palavras do próprio Dorival.

"Isso (tranquilidade) não existe, é lorota, é mentira. A gente não relaxa e não tem tranquilidade em momento nenhum", disse, em um certo desabafo. O técnico do Inter lembrou que vem sofrendo para montar o time com tantos desfalques. "Tivemos muitas dificuldades nesse período todo, sem praticamente o meio-campo titular. Isso tem um peso considerável e a equipe sentiu muito em alguns jogos".

Dorival reclamou da maneira como são avaliados os trabalhos dos treinadores no Brasil. "Infelizmente, você depende de um resultado hoje para se garantir até a semana que vem. A gente precisa ter condição de mostrar um trabalho. Poderia existir um pouco de coerência às vezes. Somos avaliados por situações que não podemos corrigir, não temos tempo hábil, isso incomoda e muito", declarou o técnico.

Uma briga antes do clássico teve como saldo 12 torcedores detidos. Todos foram proibidos de acessar o Beira-Rio. Outro torcedor foi preso em uma briga generalizada na avenida Azenha, por volta das 19h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim