Destaque

Destaque

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Inter Vence o Pelotas

Com três de Leandro Damião, Inter vence o Pelotas por 3 a 2

Cavenaghi estreou no segundo tempo da partida que antecede estreia na Libertadores

Leandro Damião brilha e define a vitória do Inter sobre o Pelotas. Clique e veja mais fotos
Crédito: Cristiano Estrela
No teste de luxo do Inter antes da estreia na Libertadores, quem brilhou foi Leandro Damião. O aluno aplicado do professor Celso Roth fez três gols na vitória de 3 a 2 do Colorado sobre o Pelotas, na tarde deste domingo. O time de Armando Desessards saiu na frente com Tiago Duarte, ainda no primeiro tempo, mas levou a virada. Mais tarde, na etapa final, João Paulo fez o segundo do Pelotas e descontou.

Classificado, o Inter enfrentará o Cruzeiro, de Porto Alegre, pelas quartas de final da Taça Piratini, primeiro turno do Gauchão, no próximo sábado. Antes disso, o grupo viajaria já na noite desde domingo para Guayaquil, onde enfrenta o Emelec quarta-feira, pela Libertadores.

Pelotas surpreende, mas Inter reage

O Inter tomou a iniciativa no confronto deste domingo. Nos primeiros minutos, a posse de bola era colorada e a equipe de Armando Desessards - técnico estreante no jogo-, apenas assistia os movimentos dos donos da casa. Porém, o Colorado não tinha profundidade. No primeiro ataque do time visitante, surgiu a surpresa. Aos quatro minutos, num contra-ataque puxado por Maicon Sapucaia, Tiago Duarte apareceu nas costas da zaga vermelha e abriu o placar, deslocando o goleiro Lauro e colocando o Pelotas em vantagem no placar.

A partir daí, a iniciativa do Inter se transformou em pressão. Com a movimentação de D'Alessandro e Zé Roberto, os comandados de Celso Roth conseguiam envolver a zaga pelotense, mas ainda faltava a conclusão. O primeiro ataque efetivo só apareceu aos 20 minutos, quando o meia argentino recebeu na esquerda, girou em cima do marcador e bateu de chapa. A bola passou perto do ângulo esquerdo do arqueiro Adinam.

Persistente, o Inter chegou ao empate quatro minutos depois. Kleber apareceu livre pela esquerda e cruzou da intermediária. Na posição de centroavante, Leandro Damião surgiu por trás da zaga e cabeceou contra o chão para igualar o placar no Beira-Rio. Era o gol que dava justiça à partida e colocava o Colorado na rota da classificação para a próxima fase da Taça Piratini.

Damião faz dois e define a partida
O Inter voltou do vestiário modificado. Decidido a virar partida, Celso Roth ousou. Tirou Tinga e colocou o centroavante Cavenaghi. Desta forma, Zé Roberto foi recuado para a vaga de meio-campista. A modificação deu mais mobilidade ao Inter e velocidade na transição para o ataque.

A substituição deu certo. Zé Roberto e D'Alessandro começaram a armar jogadas em alta velocidade que priorizava o tabelamento. Uma delas, aos sete minutos, teve a participação do lateral Kleber. O ala lançou o meia argentino e cruzou para a área. Damião surgiu entre a zaga para marcar o segundo gol dele e do Inter na partida.

A resposta do Pelotas veio aos 16 minutos, num lance surpreendente. Após lançamento vindo da direita, Clodoaldo recebeu na ponta canhota e ficou cara a cara com Lauro. O atacante do Pelotas driblou o goleiro e chutou para o gol. O arqueiro colorado se recuperou no lance e fez uma defesa espetacular para salvar o Colorado.

O Inter seguia com ritmo forte e corria atrás do terceiro gol, que veio aos 31 minutos. D'Alessandro partiu em velocidade pelo meio e lançou Leandro Damião. O centroavante dominou e partiu em direção à área, driblou o goleiro Adinam e bateu para fazer o terceiro gol dele e do Inter na partida.

O Pelotas, que não havia se entregado na partida, deu a resposta dois minutos depois. Clodoaldo apareceu bem mais uma vez pela esquerda. O atacante cruzou para o cabeceio do companheiro João Paulo, que cabeceou com facilidade e categoria no meio dos zagueiros do Inter. Ali, o time do interior chegava ao segundo o gol, que o mantinha vivo para tentar o empate. A igualdade, no entanto, não veio. Resultado: vitória colorada no estádio Beira-Rio.

Gauchão 2011 - Taça Piratini

Inter 3
Lauro; Nei, Índio, Sorondo e Kléber; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga (Cavenaghi) e D''Alessandro; Zé Roberto (Andrezinho) e Leandro Damião. Técnico: Celso Roth.

Pelotas 2
Adinam; Johnathan, Jonas, Fernando Cardozo e Robinho; Gavião, Makelele, Cléber e Maicon Sapucaia; Tiago Duarte (Clodoaldo) e João Paulo. Técnico: Armando Desessards.

Gols: Tiago Duarte, aos 4/1º; Leandro Damião, aos 24/1º; Leandro Damião, aos 7/2º; Leandro Damião, aos 31/2º; João Paulo, aos 33/2º
Cartões Amarelos: Tinga (I); Robinho (P); Guiñazu (I); Sorondo (I);
Arbitragem: Francisco Neves Corrêa, auxiliado por Júlio Espinoza e Sedenir Martins.
Local: Beira-Rio.

Bookmark and Share


     Ouça o áudio: Ouça os gols da vitória do Inter sobre o Pelotas (Rádio Guaíba)

Fonte: Luiz Felipe Mello / Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim