Destaque

Destaque

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Confusão na Praiana


Quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010
Confusão na Praiana mais uma vez

Depois de escapar por um triz do rebaixamento para o Grupo A, o alívio está bem longe da Praiana. Passado pouco tempo do Carnaval, a situação na verde-rosa não é nada tranquila.

Amparado pelo fim do pedido de licença que durou até o dia 16 de fevereiro, o presidente Vergílio Fogo voltou ao comando da escola repentinamente. Na noite de terça-feira, apareceu na quadra de ensaios acompanhado do filho, de um irmão e um sobrinho.

A retomada do poder aconteceu justamente na noite em que o Inter estreou contra o Emelec na Copa Libertadores da América. Tradicionalmente, em dias de grandes jogos no estádio Beira-Rio, a Praiana transforma a quadra em estacionamento, cobrando R$ 10 por veículo.

Humberto Reis, que estava na presidência interinamente, pretendia usar o dinheiro arrecadado para pagar algumas das dívidas da Praiana, porém, foi surpreendido pela chegada de Vergílio, após 90 dias licenciado. Humberto pretende acionar o conselho da escola, já que foi impedido de pagar o que tinha prometido aos credores.

O Samblog entrou em contato com Vergílio, que confirmou sua volta à presidência e contou que já repassou o dinheiro arrecadado na terça (pouco mais de R$ 1 mil) para a tesouraria. Tranquilo, afirmou que não precisava avisar ninguém, já que a licença já expirou.

Crise começou em novembro

A confusão administrativa da Praiana começou em novembro, quando Vergílio Fogo pediu licença da presidência. Com o trabalho de barracão muito atrasado, foi pressionado por conselheiros a deixar o comando.

Assumiu o vice Humberto Reis, que já tinha sido presidente da escola por alguns anos. Em menos de três meses, a verde-rosa trocou a porta-estandarte e toda a harmonia musical. Apesar das dificuldade, permaneceu no Grupo Especial por ter alcançado a 11° colocação.


Postado por Vinicius Brito às 20h52Comentários (0) | Envie para um amigo | Link

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim