Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

sábado, 15 de outubro de 2016

Campanha do Prefeito Eleito Amadeu Boeira





Anita Garibaldi

Datagro

.
Newsletter DATAGRO Conferences | For producers. For commercials. For input suppliers ... For you.
Luiz Barroso - palestrante confirmado na 16ª Conferencia Internacional DATAGRO sobre açúcar etanol
Saiba os principais desafios do setor sucroenergético para atender o aumento no consumo de energia

Com a retomada da economia, o consumo de energia tende a ser maior. É preciso pensar em formas para atender essa demanda.  O Brasil precisa olhar para o futuro e investir em eletricidade verde, como alternativa para contornar as ameaças de desabastecimento no nosso país. A cana-de-açúcar em forma de biomassa pode ser transformada quase que totalmente em energia aproveitável através de processos industriais.

Venha acompanhar as discussões sobre como tornar o Brasil a matriz energética do futuro na 16ª Conferencia Internacional DATAGRO sobre açúcar e etanol. Estarão presentes: Luiz Barroso, Presidente da EPE; Gilberto Peralta, Presidente & CEO da GE do Brasil e Adriano Pires, Sócio-Fundador e Diretor, CBIE.
INSCREVA-SE
Veja o que o presidente da DATAGRO, Plino Nastari, fala sobre o crescimento na produção de energia elétrica e a importância de fontes renováveis no sistema brasileiro.
Vídeo Plinio Nastari
Aproveite tarifas especiais no Hotel Grand Hyatt São Paulo.
FAÇA SUA RESERVA COM DESCONTO
BAIXE O APP DATAGRO Conferences:

Disponível nas plataformas Android e IOS, com o aplicativo DATAGRO Conferences você fica por dentro de tudo que acontece na #DATAGROSP. No final de cada painel, serão lançadas enquetes para todos os participantes com objetivo de formar um consenso sobre os principais desafios do nosso setor. Alem disso, envie perguntas aos palestrantes, interaja e agende reuniões com os demais presentes da Conferencia.
.
Newsletter DATAGRO Conferences | Siga-nos / Follow-us:

Outras Palavras

http://www.outraspalavras.net

Boletim de atualização - Nº 707 - 22/9/2016

​​​​​​Boa noite, Cinderela
Fraudes. Propinas para políticos. Manipulações. Um estudo devastador sobre o sistema financeiro revela como, por trás dos anúncios cheios de pessoas felizes, os bancos sugam a riqueza social. Por Ladislau Dowbor (Outras Palavras)

Vem aí uma nova ditadura?
Alguns comentaristas estão vendo como inevitável uma onda de repressão brutal contra a esquerda, após as eleições. Pensar assim é entregar os pontos, antes da partida começar. Por Antonio Martins (texto) e Gabriela Leite (edição de vídeo) (Blog da Redação)

Mensagem aos liberais, com alguma ironia
Sentimos muito informar aos que apoiaram o golpe por acreditarem no liberalismo: vocês foram enganados. De verde e amarelo. Não lhes cabe outra alternativa coerente a não ser se juntar ao "Fora, Temer". Por Camila Spósito (Outras Palavras)

E os médicos tornaram-se conservadores?
Um exame sobre as reviravoltas rápidas ocorridas entre a categoria, desde 2013, revela: elitismo foi exacerbado tanto por medo de perder antigo status quanto por erros e inabilidades da era lulista. Por Maíra Mathias, na EPSJV (Outras Mídias)

A escola do século 21 e a intuição de Clarice
Não existe aprendizagem sem afeto. Mas ao invés de preparar para o compartilharmento e a troca de experiências, nosso ensino enfatiza as tarefas, o mérito nos exames, a suposta ascensão profissional. Por Lais Fontenelle (Outras Palavras)

Para compreender a onda global de suicídiosNo mundo, são mais numerosos que os homicídios. Entre os 14 e 29 anos, tornaram-se a segunda causa de mortes. Entre as causas, depressão e abuso de álcool -- mas também fim de relacionamentos e problemas financeiros. No site da ONU Brasil (Outras Mídias)

Organizações cobram dos candidatos o Direito à Comida de VerdadeMovimentos urbanos de agroecologia, contra agrotóxicos e contra a fome pedem comprometimento com segurança e justiça alimentar; entre as propostas está o incentivo à produção local. Por Inês Castilho (De Olho Nos Ruralistas) 

Debate: Desprivatizar a DemocraciaComo garantir que vereadores e prefeitos coloquem o interesse público à frente de interesses privados? Nesta sexta-feira, Bancada Ativista, Outras Palavras e Vigência promovem debate em São Paulo com candidatos ativistas para responder (Outras Palavras) 

Outros Quinhentos convida: fascinante tablao flamenco em SPA Cuadra Flamenca presenteia nossos colaboradores com um par de convites grátis para espetáculo de dança cativante, típico da cultura cigano-espanhola. Veja como participar. Por Simone Paz Hernández (Outros Quinhentos)


--Boletim de atualização do site Outras PalavrasA reprodução é bem-vinda. Interessados em recebê-lo devem clicar aqui. Para deixar de receber, aqui. Acompanhe nossas novidades também no Facebook


_______________________________________________
Boletimdiplo mailing list
Boletimdiplo@listas.tiwa.net.br
https://listas.tiwa.net.br/listinfo/boletimdiplo
Descadastrar: envie email a Boletimdiplo-unsubscribe@listas.tiwa.net.br

Campanha do Prefeito Eleito Amadeu Boeira



Campanha do Prefeito eleito Amadeu Boeira no Bairro Santana





Bom Hálito

ABHA
Olá...
Segue release a ABHA sobre o lançamento da Campanha "A importância da saliva para a saúde e para um bom hálito".

Contamos com o apoio de vocês nesta divulgação... Um abraço! Ariadne Monteiro (84) 99908-8777.
ABHA lança Campanha "A importância da saliva para a saúde e para um bom hálito"
A Associação Brasileira de Halitose (ABHA) ressalta que diagnosticar e tratar as alterações do hálito e da saliva contribuem para a melhoria da saúde bucal e da vida social das pessoas. Assim, a Campanha "A importância da saliva para a saúde e para um bom hálito" visa conscientizar a população sobre a halitose e as alterações salivares
Considerado vilão da autoestima e responsável por prejudicar relações em todas as esferas, o Mau Hálito atinge, de forma crônica, cerca de 30% da população brasileira, ou seja, em torno de 57 milhões de pessoas. Para ajudar a resolver o problema, a ABHA (Associação Brasileira de Halitose) estabeleceu a data de 22 de setembro como o “Dia Nacional do Combate à Halitose”, popularmente conhecida como mau hálito. Para se difundir pelo País inteiro, a campanha conta com a adesão dos membros da ABHA, espalhados do Oiapoque ao Chuí, para ministrar palestras educativas em escolas, universidades, empresas, unidades de saúde e espaços públicos, com objetivo de orientar a população sobre os cuidados necessários para manter uma boa saúde bucal.
De acordo com a presidente da ABHA, Maria Cecília Aguiar, estima-se que 90% dos casos de mau hálito têm origem bucal, devido a problemas como baixa salivação ou ainda higienização bucal deficiente, periodontite, gengivite e acúmulo de saburra lingual. Por este motivo, o dentista realmente deve ser o profissional de primeira escolha para quem deseja evitar ou eliminar o problema. O estômago, ao contrário do que muitos pensam, responde por apenas 1% dos casos de halitose.
Quase sempre, quem tem mau hálito não percebe, pois as células do nariz se acostumam com os cheiros após algum tempo. Daí a importância de advertir a um amigo que seu hálito está alterado ou, se estamos em dúvida sobre a qualidade de nosso hálito, perguntarmos a alguém de nossa confiança. Além disso, ABHA também disponibiliza o SOS Mau Hálito, um serviço gratuito, de utilidade pública. “Algumas pessoas acham constrangedor avisar a alguém que ela está com halitose, como se estivesse atestando que essa pessoa não tem uma boa higiene bucal, mas nem sempre é esse fator que leva a pessoa a ter mau hálito. Pela presença desse tabu que a ABHA desenvolveu esse sistema”, explica Maria Cecília. Para conhecer o SOS Mau Hálito, basta acessar: http://www.abha.org.br/sosmauhalito.
A ABHA lembra que combater a halitose é de extrema importância, afinal, além de poder estar relacionado a diversas doenças, o mau hálito segrega o portador, levando-o ao isolamento social e amoroso. Um dentista qualificado ajuda a devolver um hálito agradável e a segurança ao paciente, ajudando-o a resgatar sua posição na sociedade. “O dia 22 de setembro marca o início de uma série de atividades dos membros da ABHA em todo o Brasil. Nosso objetivo é esclarecer dúvidas, mitos e explicar tudo sobre o mau hálito e suas causas, a um público-alvo que inclui empresas, escolas e órgãos públicos. Os interessados podem nos procurar, solicitando palestras gratuitas que serão ministradas por profissionais qualificados no tema”, afirma a presidente da ABHA.
A seguir, algumas dicas divulgadas pela associação para combater o mau hálito:
* Alimente-se, no máximo, a cada 4 horas, para evitar a hipoglicemia e estimular a salivação;
* Alimentos cítricos, como a laranja, estimulam as glândulas salivares a produzir saliva, refrescando o hálito;
* Faça uma boa higienização após as refeições, escovando os dentes, usando fio dental e também limpador lingual para remover a saburra, principalmente no terço posterior da língua;
*Faça visitas periódicas ao dentista e ao médico. Prevenir é sempre melhor que remediar!
* Tome diariamente bastante água para se hidratar e incentivar a produção de saliva, lembrando que 99% da constituição da saliva é água. Uma conta simples é 35ml de água para cada kg de peso corporal;
* Evite a automedicação e, sempre eu possível, converse com seu médico para substituir medicamentos que causam sensação de boca seca;
* Sinusites crônicas, diabetes, problemas hepáticos e renais, distúrbios intestinais, dentre outros, podem gerar mau hálito. Quem sofre destes males deve redobrar a atenção;
* Mascar chiclete após as refeições ajuda a limpar a boca e estimula a produção de saliva. Opte pelos sem açúcar;
* Evite antissépticos bucais com álcool na formulação, pois eles ressecam a mucosa bucal e agravam ainda mais o problema do mau hálito.
* Cuidado com dietas muito restritivas, que podem causar carências nutricionais e cetose, que podem gerar halitose. Mantenha algumas porções de carboidratos e fibras em sua alimentação diária;
* Tente controlar o estresse, já que o fluxo salivar tem relação direta com o equilíbrio do sistema nervoso central.


Imagens relacionadas

A presidente da ABHA, Maria Cecilia Aguiar
baixar em alta resolução


baixar em alta resolução


baixar em alta resolução



Pela atenção agradece
E X T R A Assessoria de Comunicação

Núcleo Empresarial Leonardo
Avenida Marechal Floriano Peixoto 284, Petrópolis - Sala 10 - Natal/RN

www.extracomunicacao.com.brcontato@extracomunicacao.com.br
Ana Beatriz Pires +55 (84) 9132-3654 / Ariadne Monteiro +55 (84) 9908-8777
Fabrine Medeiros +55 (84)- 9921-9910 / Milena Martins +55 (84) 9985-1912



Outras Palavras

http://www.outraspalavras.net

Boletim de atualização - Nº 708 - 23/9/2016


Não verta lágrimas pelo capitalismo
Wallerstein avisa: tornou-se impossível recompor o sistema. As crises, cada vez mais intensas e onipresentes, indicam: virá algo muito melhor ou muito pior. É aí que podemos intervir. Por Immanuel Wallerstein (Outras Palavras)

Educação: não é “reforma”, é mais um golpe
Governo ignora secundaristas e professores ao baixar, por decreto, pacote que valoriza apenas formação de mão de obra. Medidas afastarão periferia da universidade. Mídia assume condição de cúmplice. Por Cléo Manhas e Márcia Acioli (Outras Palavras)

Após o golpe, novo projeto?
A partir do colapso, um novo campo popular precisa ser reconstruído. Desprivatizar a política e reinventar a democracia são objetivos centrais. Mas como? Por Gonzalo Berrón (Outras Palavras)

Incrível: a Lava Jato copia o Porta dos Fundos
No texto abaixo, Jornal GGN mostra como procuradores devolveram, a Eike Batista, lista contendo doações ao PSDB. Gesto repete programa humorístico que apontou, há meses, partidarismo da operação. Por Cíntia Alves, no GGN (Outras Mídias)

Degelo ártico, sinal macabro
Aumento da temperatura global, mais rápido que se anunciava, acende alerta: cidades como Rio, Xangai, Londres e Nova York podem desaparecer. Centenas de milhões de refugiados climáticos vagariam pelo planeta. Por José Eustáquio Diniz Alves, no EcoDebate (Outras Mídias)

A cada ônibus elétrico, 5800 árvores poupadas
Baterias de veículo desenvolvido com tecnologia nacional alimentam-se, em parte, do movimento do veículo; poupam derivados de petróleo e evitam emissão anual de 46,8 toneladas de CO². Por Marcos de Sousa, no Mobilize Brasil (Outras Mídias)

Um outro lado da guerra na Síria
Embora omita envolvimento dos EUA, documentário destaca algo de humanidade em meio ao conflito: os cidadãos comuns que, arriscando a pele, decidem salvar o máximo de vidas do inferno. Por João Fernando Finazzi (Blog da Redação)

Vocês têm fome de quê?
Primeira edição brasileira do Atlas da Carne será lançada em 29/9, em SP. Obra traz fatos, números e gráficos sobre consequências do abate e consumo de animais. Também sugere alternativas – e não apenas para vegetarianos (Blog da Redação)

“O homem elefante”, teatro da crueldade e da compaixão
Peça em cartaz em SP relembra shows de aberrações para proletários, no século 19 e sugere que há vida inteligente e sensível, por trás do grotesco cultural e político. Por Wagner Correa (Outras Palavras)

A surpreendente Bienal de Cinema Indígena
São Paulo exibe, no início de outubro, 57 produções realizadas exclusivamente por índios. Elas mostram intensidade, força e a poesia de um cinema quase desconhecido. Por Pedro Alexandre Sanches (Blog da Redação)

Conheça Milton Hatoum com convite de Outros Quinhentos
Universidade do Livro (SP) promove na próxima segunda-feira um curso/bate-papo com o premiado escritor amazonense. Quem financia Outras Palavras pode concorrer a um ingresso grátis. Por Simone Paz Hernández (Outros Quinhentos)

--Boletim de atualização do site Outras PalavrasA reprodução é bem-vinda. Interessados em recebê-lo devem clicar aqui. Para deixar de receber, aqui. Acompanhe nossas novidades também no Facebook



_______________________________________________
Boletimdiplo mailing list
Boletimdiplo@listas.tiwa.net.br
https://listas.tiwa.net.br/listinfo/boletimdiplo
Descadastrar: envie email a Boletimdiplo-unsubscribe@listas.tiwa.net.br

Deputado Estadual Ronaldo Santini

Santini reitera apoio ao CVMI

O deputado Ronaldo Santini (PTB) recebeu em seu gabinete, nesta terça-feira (11), uma comitiva de brigadianos do Corpo de Voluntários Militares Inativos (CVMI) da Brigada Militar. Na reunião os policiais pediram apoio do parlamentar na aprovação do PL 183/16, com as emendas apresentadas. A matéria autoriza a Gratificação Especial de Retorno à Atividade (GERA), com remuneração de R$ 1.800,00.
O CVMI defende a emenda que contempla a gratificação a toda a categoria, sendo contrário à redação original do projeto que beneficia exclusivamente o policiamento em escolas e o videomonitoramento. Desta forma fica incluído no projeto o parágrafo único que estende a gratificação a todos os componentes do CVMI, independentemente dos respectivos locais de trabalho, inclusive os do Corpo de Bombeiros Militar, que estejam na mesma situação.
Acompanhado do tenente Paulo Paz, Santini ressaltou que apoia a reivindicação dos servidores inativos da BM. O grupo estava formado pelo presidente do CVMI, tenente João Carlos Pedroso de Oliveira, o segundo secretário Roni Pereira Mantelli e o tesoureiro João Jandir Pereira da Silva.

Legenda: Comitiva do CVMI visitou deputado Santini
Créditos: Ederson da Rocha MTE 13365
--


Gabinete do Deputado Estadual Ronaldo Santini (PTB)
Assessoria de Comunicação
Jornalistas: Ederson da Rocha e Mayara Dalla Libera
(51) 3210 1906 
(51) 9548 3591
(51) 9841 4084
(54) 9666 5533


Acompanhe e siga o deputado Ronaldo Santini (PTB/RS):