Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

terça-feira, 17 de maio de 2016

Ministro da Agricultura

Hamm relata ao novo Ministro da Agricultura sobre os prejuízos dos produtores de arroz e soja
 
O deputado federal Afonso Hamm, que é vice-presidente da Comissão da Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, participou da reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), em Brasília. Desta vez, a reunião semanal contou com a presença do novo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi. Além dos parlamentares, também estavam presentes os senadores Ronaldo Caiado e Waldemir Moka.
 
Na oportunidade, Afonso Hamm relatou ao ministro, ao presidente da FPA, deputado Marcos Montes e demais parlamentares sobre a situação dos produtores de arroz e soja que foram atingidos pelos problemas climáticos ao longo da safra 2015/2016, causados pelo fenômeno El Niño.
 
Hamm relata que a situação no Estado é crítica, uma vez que existe a possibilidade de a safra deste ano ter grande quebra de produção e que alguns agricultores perderam a totalidade da safra. “Com as perdas da produção, o que fica evidenciado é que os produtores de arroz e soja estão descapitalizando-se para produzir, acumulando inúmeros prejuízos”, assinala.
 
Na oportunidade, o deputado entregou ao Ministro da Agricultura, o convite para participar da audiência pública, de sua autoria, durante a 19ª Feira Nacional do Arroz (Fenarroz), que deverá ocorrer no dia 25 de maio, às 14h, no município de Cachoeira do Sul. O encontro terá como enfoque debater alternativas para os produtores de arroz atingidos pelos problemas climáticos ao longo da safra 2015/2016, causados pelo fenômeno El Niño. “Queremos garantir a comercialização do produto, além das renegociações com o intuito de alongar o passivo do custeio e dos investimentos junto às instituições financeiras”, argumenta.
 

 
Deputado Hamm trata sobre segurança nas estradas com PRF do RS
 
Na tarde de ontem, 16, o deputado federal Afonso Hamm esteve em audiência com o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Pedro de Souza da Silva, acompanhado do presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Rio Grande do Sul (SINPRFRS), Maicon Nachtigall, e o inspetor chefe da 7ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Pelotas, José Apodi Dourado.
 
Na oportunidade, o deputado reivindicou a manutenção das atividades dos postos da PRF que estão fechados ou atendendo de forma parcial, especialmente na região da fronteira do Rio Grande do Sul. Ele ressaltou que a redução do trabalho da PRF compromete a segurança dos cidadãos dessas localidades.
 
Uma das preocupações de Afonso Hamm, que também é diretor da Frente Parlamentar em Defesa da PRF, é com o aumento no número de casos de abigeato, que é o furto de animais, além do contrabando de produtos falsificados para comercialização, do tráfico de armamento e drogas. Para Hamm, é essencial para a segurança das pessoas o pleno funcionamento dos postos policiais dentro do estado. Após solicitação do deputado, já ficou assegurado pelo superintendente que o Posto Policial de Pinheiro Machado permanecerá aberto.
 
Outro tema abordado pelo parlamentar é sobre a urgência de aumentar o efetivo da PRF, que somente no Rio Grande do Sul está com uma defasagem de aproximadamente 200 profissionais. Atualmente apenas 739 policiais atuam em 6.200 quilômetros de rodovia e quase dois mil quilômetros de fronteira. “É necessário compatibilizar a distribuição do efetivo para melhorarmos a fiscalização da fronteira e as operações da PRF”, reivindica.
 
De acordo com, Nacthigall, o sindicato da categoria defende a permanência do maior número de postos da PRF abertos, contanto que essas unidades estejam com condições de trabalho adequadas e com policiais suficientes, para garantirem sua própria segurança e, consequentemente, a segurança da população e do trânsito nas rodovias gaúchas.
 

 
Deputado Afonso Hamm discute alternativas para o setor arrozeiro do Estado
 
O deputado federal Afonso Hamm participou, na segunda-feira, dia 16, da reunião do setor arrozeiro, para discutir alternativas para os produtores de arroz atingidos pelos problemas climáticos ao longo da safra 2015/2016, causados pelo fenômeno El Niño.
 
O encontro aconteceu na Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (FARSUL), e discutiu medidas que podem ser adotadas pelos agricultores, para minimizar os prejuízos, como a disponibilização de recursos para garantir a comercialização do produto, além da prorrogação dos vencimentos para efetiva renegociação do passivo do custeio e dos investimentos junto às instituições financeiras.
 
Essas providências, conforme Hamm, apesar de não solucionarem integralmente os problemas causados pelas intempéries, somados ao alto custo da produção e a descapitalização dos agricultores, dariam um fôlego para os produtores poderem se reorganizar e, assim, conseguirem honrar seus compromissos com os bancos, visto que muitas das dívidas estão por vencer nos próximos dias.
 
Para o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Fedrarroz), Henrique Dornelles, a reunião foi positiva pelo fato do deputado ter compreendido a verdadeira dimensão do problema. Dornelles ressaltou, ainda, que a prioridade seria o cancelamento temporário dos vencimentos do sistema financeiro, como prorrogações, investimentos e custeio. Isso daria tranquilidade aos produtores e tempo para que o novo governo pudesse estudar e compreender a situação.
 
Também participaram do encontro o presidente da FARSUL, Carlos Rivaci Sperotto, o diretor administrativo, Francisco Lineu Schardong e representantes do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA) e da Secretaria Estadual de Abastecimento, Pecuária e Irrigação (SEAPI).
Esse tema será novamente abordado na audiência pública, solicitada pelo deputado Hamm, no dia 25 de maio, às 14 horas, na 19ª Feira Nacional do Arroz, em Cachoeira do Sul.
 
 
---------------
www.afonsohamm.com.br  - facebook.com/depafonsohamm
Jornalistas responsáveis – Márcia Godinho Marinho – MTB 10.868 – (61) 3215-5604 / Gilkiane Cargnelutti MTB 15.929 - (51) 3392-4609
Caso não queira mais receber mensagens, solicite através do e-mail imprensamarciamarinho@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim