Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Inter de Lages SC

Inter de Lages firma-se como um dos clubes com maior média de público do estado
Como tem acontecido nos últimos anos, o Internacional de Lages ratificou seu lugar entre os clubes que mais levam torcida ao estádio em Santa Catarina. No Campeonato Catarinense de 2016, mais uma vez a média de público do Colorado Lageano só foi menor que a das equipes que disputam as séries A ou B do Campeonato Brasileiro.
Ao fim das 18 rodadas do Catarinense, o Inter registrou médias de 1598 pagantes nos nove jogos que disputou em casa. Chapecoense (Série A do Brasileiro), Joinville (Série B), Figueirense (Série A), Avaí (Série B) e Criciúma (Série B) foram, nessa ordem, os clubes que ficaram à frente do Inter em número médio de torcedores (ver ranking completo abaixo). As estatísticas levam em conta o público pagante, e não o total presente no estádio, porque é essa a informação que aparece nos borderôs disponíveis no site da Federação Catarinense de Futebol.
O destaque do Inter no ranking de média de público não é de hoje. O Colorado Lageano manteve-se entre os seis clubes - e ocasionalmente até ocupando a quinta posição - que mais atraem torcedores para seus jogos em casa mesmo quando disputou as divisões inferiores do Catarinense.
QUEDA DE PÚBLICOO impacto sobre o futebol catarinense da crise econômica do país fica bastante evidente nos borderôs das partidas. Depois de três anos consecutivos com média de público sempre na casa de 3.500 torcedores, o Catarinense 2016 terminou com média de 2858 pagantes. O desempenho representou um declínio de 20% em relação ao ano passado, quando os estádios catarinenses receberam, em média, 3570 torcedores pagantes.
A média de público do Inter no Catarinense passou de 2159 pagantes em 2015 para 1598 neste ano. Isso ocorreu a despeito de o clube ter diminuído de R$ 40 para R$ 30 o valor do ingresso da arquibancada descoberta, maior setor do estádio, e criado um setor popular com ingressos a R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira). 
A crise se fez sentir nos borderôs de todo o estado. Dos oito clubes que disputaram a Série A do Catarinense em 2015 e 2016, apenas a Chapecoense, campeã deste ano, elevou sua média de público. O Guarani ficou praticamente estável, e os demais caíram.
MÉDIAS DE PÚBLICO PAGANTE - CAMPEONATO CATARINENSE 2016
1° - Chapecoense: 6639 pagantes
2° - Joinville: 5282 pagantes
3° - Figueirense: 4763 pagantes
4° - Avaí: 3533 pagantes
5° - Criciúma: 3176 pagantes
6° - INTER DE LAGES: 1598 pagantes
7° - Brusque: 1352 pagantes
8° - Camboriú: 587 pagantes
 - Guarani: 492 pagantes
10° - Metropolitano: 468 pagantes

NOS ANEXOS:
- Torcedores do Inter durante o Catarinense 2016 (Foto: Zé Rabelo)
- Ranking das médias de público do estadual (Elaboração: Inter de Lages)
-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sim