Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Performance "Onde? Ação nº 2"


Oi Nois Aqui Traveiz em Vacaria RS na Praça Daltro Filho

Time Feminino de Futsal do Inter de Lages SC

Foto: Inter de Lages SC

Inter de Lages SC Perde o Amistoso contra o Figueirense


Bom teste
Inter perde amistoso para o Figueirense por 1 a 0, mas mostra evolução a dez dias da estreia
O Internacional de Lages foi derrotado pelo Figueirense por 1 a 0 no amistoso realizado nesta quarta-feira no Estádio Vidal Ramos Júnior. Ricardinho, aos 29 minutos do primeiro tempo, marcou o gol da vitória, em chute colocado da entrada da área.
Mas os treinadores Marcelo Mabilia, do Inter, e Argel Fucks, do Figueirense, estavam menos interessados no resultado do jogo e mais em fazer ajustes em suas equipes. Mabilia não contou com o goleiro Fernando Henrique e o volante Diogo Oliveira, que chegaram a Lages no início da semana. Em contrapartida, ele pôde escalar Marcelinho Paraíba e Reinaldo, que haviam sido poupados do jogo-treino contra o Caxias, no último sábado.
Até os 20 minutos do primeiro tempo, os visitantes seguraram mais a bola no ataque, insistindo especialmente em jogadas pela direita, mas a defesa colorada, firme, não tomou grandes sustos. O zagueiro colorado Lázaro ganhou todas as bolas por cima.
O Inter não se mantinha muito no ataque, mas suas jogadas foram as mais incisivas. A primeira finalização com grande perigo ocorreu aos 4 minutos, com Reinaldo. Outro dos lances de grande perigo do Inter foram em cobranças de falta, uma de Léo Campos - em que o goleiro Luan teve que defender em dois tempos - e uma de Marcelinho, que passou muitíssimo perto da trave depois de Luan espalmar a bola.
Por se tratar de uma partida de preparação para o início do Campeonato Catarinense, no dia 31, os treinadores aproveitaram para testar novas formações e dar ritmo de jogo a outros integrantes do elenco. 
Mabilia substituiu sete jogadores no segundo tempo. O setor em que houve menos trocas foi o defensivo. Dele, Léo Campos saiu para dar lugar a Jefinho, um dos remanescentes da campanha do título da Série B do estadual do Inter.
INTER 0 x 1 FIGUEIRENSE
INTER: Renan, Canavarros, Cleilton, Lázaro e Léo Campos (Jefinho); Esdras (Bruno), Michel Schmöller (Parrudo), Marcelinho Paraíba (Guilherme) e Lucas Gabriel (Rafhinha); Valdo Bacabal (Antônio) e Reinaldo (Teco). Técnico: Marcelo Mabília 
FIGUEIRENSE: Luan; Leandro Silva (Bruno Santos), Nirley, Marquinhos (Ferron), Marquinhos Pedroso; Dener (Paulo Roberto), França (Fabinho), Ricardinho (Yago), Juninho (Léo Lisboa); Clayton (Mazola) e Marcão (Dudu). Técnico: Argel Fucks
Gol: Ricardinho (29'/1T)
(Mais fotos do jogo no perfil oficial do Inter no Flickr, aqui).

Manto novo
Com detalhes em dourado, camisa 2015 do Inter celebra 50 anos do título estadual
No amistoso desta quarta-feira contra o Figueirense, a torcida colorada pôde ver alguns dos reforços do Inter para a temporada. Mas essa não foi a única atração: a partida marcou a estreia da nova camisa oficial da equipe. 
A camisa é a primeira peça da coleção "Anos Dourados", que vai celebrar os 50 anos do título estadual do Inter, conquistado pelo clube na temporada de 1965. O uniforme completo virá nas cores tradicionais da equipe (camisa vermelha, calções e meias brancos), mas a gola e o detalhe das mangas virão não em branco, mas em dourado.
A marca TEAM vai vestir o Inter a partir deste ano. Essa marca nasceu a partir da iniciativa de investidores estrangeiros e brasileiros e terá como foco o trabalho com clubes em fase de ascensão - e o Inter de Lages é o primeiro a fazer parte dessa lista. A empresa lageana ZL Têxtil é a licenciada oficial da marca TEAM para produzir os uniformes do Inter.
"A camisa tem uma proposta moderna, com tendência slim, que revela o contorno do corpo e realça a força e a masculinidade do atleta", diz Jhonatan Rodrigues, gestor da ZL Têxtil e responsável pela produção e desenvolvimento do uniforme. A TEAM tem como plano prospectar fornecedores locais com qualidade e talento. Com isso, valoriza-se o mercado local - e, ao mesmo tempo, aproveita-se a logística de entrega, mais à mão.
Com a nova camisa, o Inter passa a integrar o seleto grupo de clubes catarinenses que vai fazer controle de seus produtos por meio de etiquetas antipirataria. As peças fabricadas serão numeradas, uma a uma, na linha de produção. 

NOS ANEXOS:
- O goleiro Renan, do Inter, sobe para agarrar a bola com segurança (Foto: Nilton Wolff)
- Marcelinho Paraíba prepara cobrança de falta (Foto: Fom Conradi/Fomtography)
- Montagem com detalhes da camisa 2015 do Inter (Fotos: Greik Pacheco)

-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Oi Nois Aqui Traveiz com a Equipe do Jornal Negritude


Portal Geledes