Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Glória 1 x 1 Brasil de Farroupilha (jogo amistoso) parte 77

Polícia Civil de Vacaria RS Abre Inquérito Sobre o Caso de Omissão de Socorro

MA LÁSTIMA.
Rádio Esmeralda adicionou 3 novas fotos.
DELEGACIA DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE VACARIA (DPCA) INSTAURA INQUÉRITO POLICIAL PARA INVESTIGAR MORTE DE ADOLESCENTE E OMISSÃO DE SOCORRO POR PARTE DE ATENDENTES DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO DA CIDADE
A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vacaria instaurou no dia de hoje Inquérito Policial para investigar os fatos relacionados à morte de GABRIELI VIEIRA LUNELLI, com 14 anos de idade.
Por motivos que ainda serão investigados, a Adolescente passou mal e desmaiou no último dia 06 de novembro, quando participava de um evento esportivo no Ginásio Municipal de Vacaria, promovido por uma Escola da cidade.
Imediatamente, a Diretora e um Professor da Escola foram até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) de Vacaria, que está localizada a aproximadamente 200 metros do Ginásio Municipal, onde solicitaram que a jovem fosse socorrida, MAS, NA UPA, O SOCORRO FOI NEGADO SOB A ALEGAÇÃO DE QUE DEVERIA SER FEITO CONTATO COM O SAMU, CUJA CENTRAL FICA NA CIDADE DE CAXIAS DO SUL, PROCEDIMENTO QUE JÁ TINHA SIDO REALIZADO ANTERIORMENTE por pessoas que estavam no Ginásio.
Após, como o socorro pelo SAMU estava demorando muito, GABRIELI foi colocada dentro de um veículo comum e levada até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO, quando, finalmente, o socorro foi prestado.
A negativa em prestar o socorro revoltou familiares da vítima e a todos que presenciaram os fatos, principalmente porque a UPA está localizada praticamente ao lado do local onde a Jovem passou mal e pelo fato das AMBULÂNCIAS DO SAMU EM VACARIA FICAREM ESTACIONADAS JUSTAMENTE NO PÁTIO DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO.
GABRIELI VIEIRA LUNELLI morreu neste final de semana após ficar vários dias Hospitalizada.
Considerando que há suspeita de negligência por parte de Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) DE VACARIA, e considerando que a demora no atendimento possa ter influenciado na morte da Jovem, a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da cidade instaurou Inquérito Policial para apurar a prática, em tese, do crime de Homicídio Culposo.
A conclusão do Inquérito Policial depende da realização dos depoimentos de todos os envolvidos, da identificação dos Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO que negaram o socorro e de perícias que serão solicitadas ao Instituto Geral de Perícias.
UMA LÁSTIMA.
Rádio Esmeralda adicionou 3 novas fotos.
DELEGACIA DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE VACARIA (DPCA) INSTAURA INQUÉRITO POLICIAL PARA INVESTIGAR MORTE DE ADOLESCENTE E OMISSÃO DE SOCORRO POR PARTE DE ATENDENTES DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO DA CIDADE
A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vacaria instaurou no dia de hoje Inquérito Policial para investigar os fatos relacionados à morte de GABRIELI VIEIRA LUNELLI, com 14 anos de idade.
Por motivos que ainda serão investigados, a Adolescente passou mal e desmaiou no último dia 06 de novembro, quando participava de um evento esportivo no Ginásio Municipal de Vacaria, promovido por uma Escola da cidade.
Imediatamente, a Diretora e um Professor da Escola foram até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) de Vacaria, que está localizada a aproximadamente 200 metros do Ginásio Municipal, onde solicitaram que a jovem fosse socorrida, MAS, NA UPA, O SOCORRO FOI NEGADO SOB A ALEGAÇÃO DE QUE DEVERIA SER FEITO CONTATO COM O SAMU, CUJA CENTRAL FICA NA CIDADE DE CAXIAS DO SUL, PROCEDIMENTO QUE JÁ TINHA SIDO REALIZADO ANTERIORMENTE por pessoas que estavam no Ginásio.
Após, como o socorro pelo SAMU estava demorando muito, GABRIELI foi colocada dentro de um veículo comum e levada até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO, quando, finalmente, o socorro foi prestado.
A negativa em prestar o socorro revoltou familiares da vítima e a todos que presenciaram os fatos, principalmente porque a UPA está localizada praticamente ao lado do local onde a Jovem passou mal e pelo fato das AMBULÂNCIAS DO SAMU EM VACARIA FICAREM ESTACIONADAS JUSTAMENTE NO PÁTIO DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO.
GABRIELI VIEIRA LUNELLI morreu neste final de semana após ficar vários dias Hospitalizada.
Considerando que há suspeita de negligência por parte de Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) DE VACARIA, e considerando que a demora no atendimento possa ter influenciado na morte da Jovem, a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da cidade instaurou Inquérito Policial para apurar a prática, em tese, do crime de Homicídio Culposo.
A conclusão do Inquérito Policial depende da realização dos depoimentos de todos os envolvidos, da identificação dos Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO que negaram o socorro e de perícias que serão solicitadas ao Instituto Geral de Perícias.
Crédito: Polícia Civil de Vacaria
Rádio Esmeralda adicionou 3 novas fotos.
DELEGACIA DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE VACARIA (DPCA) INSTAURA INQUÉRITO POLICIAL PARA INVESTIGAR MORTE DE ADOLESCENTE E OMISSÃO DE SOCORRO POR PARTE DE ATENDENTES DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO DA CIDADE
A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Vacaria instaurou no dia de hoje Inquérito Policial para investigar os fatos relacionados à morte de GABRIELI VIEIRA LUNELLI, com 14 anos de idade.
Por motivos que ainda serão investigados, a Adolescente passou mal e desmaiou no último dia 06 de novembro, quando participava de um evento esportivo no Ginásio Municipal de Vacaria, promovido por uma Escola da cidade.
Imediatamente, a Diretora e um Professor da Escola foram até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) de Vacaria, que está localizada a aproximadamente 200 metros do Ginásio Municipal, onde solicitaram que a jovem fosse socorrida, MAS, NA UPA, O SOCORRO FOI NEGADO SOB A ALEGAÇÃO DE QUE DEVERIA SER FEITO CONTATO COM O SAMU, CUJA CENTRAL FICA NA CIDADE DE CAXIAS DO SUL, PROCEDIMENTO QUE JÁ TINHA SIDO REALIZADO ANTERIORMENTE por pessoas que estavam no Ginásio.
Após, como o socorro pelo SAMU estava demorando muito, GABRIELI foi colocada dentro de um veículo comum e levada até a UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO, quando, finalmente, o socorro foi prestado.
A negativa em prestar o socorro revoltou familiares da vítima e a todos que presenciaram os fatos, principalmente porque a UPA está localizada praticamente ao lado do local onde a Jovem passou mal e pelo fato das AMBULÂNCIAS DO SAMU EM VACARIA FICAREM ESTACIONADAS JUSTAMENTE NO PÁTIO DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO.
GABRIELI VIEIRA LUNELLI morreu neste final de semana após ficar vários dias Hospitalizada.
Considerando que há suspeita de negligência por parte de Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) DE VACARIA, e considerando que a demora no atendimento possa ter influenciado na morte da Jovem, a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da cidade instaurou Inquérito Policial para apurar a prática, em tese, do crime de Homicídio Culposo.
A conclusão do Inquérito Policial depende da realização dos depoimentos de todos os envolvidos, da identificação dos Profissionais da UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO que negaram o socorro e de perícias que serão solicitadas ao Instituto Geral de Perícias.
Crédito: Polícia Civil de Vacaria

Glória 1 x 1 Brasil de Farroupilha (jogo amistoso) parte 76

Briga No Sala De Redação - Kenny Braga x Paulo Sant'Anna

Marcha Estadual Zumbi dos Palmares




José Antonio dos Santos da Silva
+ 55 51 84908721 - Oí
+ 55 51 80208344 - Vivo
+ 55 51 82490039 - TIM
+ 55 51 94225905 - Claro
Skype: jass_rs


__._,_.___

Brasil tem 15 mil pessoas Escravas

Brasil tem 155 mil pessoas em situação de escravidão, diz ONG

Quase 36 milhões de homens, mulheres e crianças - 0,5% da população global - vivem em situação de escravidão moderna no mundo, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira pela organização de direitos humanosWalk Free Foundation.
A reportagem é publicada por BBC Brasil, 17-11-2014.
O Brasil, apesar de ter um dos menores índices de escravidão do continente americano (atrás de Canadá, EUA eCuba), ainda abriga 155,3 mil pessoas nessa situação, que abrange desde trabalho forçado ou por dívidas, tráfico humano ou sexual até casamentos forçados, em que uma das partes é subserviente.
"Depois da Europa, o continente americano é a região com a menor prevalência de escravatura moderna no mundo. Ainda assim, cerca de 1,28 milhão de pessoas (no continente) são vítimas de escravatura, na sua maioria por meio do tráfico sexual e exploração laboral, (sobretudo) trabalhadores agrícolas com baixas qualificações e elevada mobilidade", diz o relatório.
"Um dos principais fatores na região são as fortes tendências migratórias transnacionais, que levam pessoas vulneráveis a abandonar seus lares em busca de trabalho. As condições de trabalho são muitas vezes deploráveis e podem incluir servidão por dívida, confinamento físico, ausência de dias de descanso, falta de água potável, retenção de salários e horas extras ilegais, muitas vezes sob ameaça de deportação."
Não surpreende, portanto, que o empobrecido Haiti lidere o ranking da região: 2,3% de sua população vive em condições de escravatura moderna, segundo o Índice Global de Escravatura.
O relatório destaca que o Brasil está entre os países com "respostas governamentais mais firmes" contra o problema, ao encorajar as empresas a pressionarem pelo fim do trabalho escravo nas diversas etapas de sua cadeia produtiva.
Dados mais completos
Índia, China e Paquistão são os países do mundo com o maior número absoluto de pessoas escravizadas (14,2 milhões, 3,24 milhões e 2 milhões, respectivamente), mas o trabalho escravo foi identificado, mesmo que em pequena proporção, em todos os 167 países incluídos no índice.
"Existe a ideia de que a escravatura é um problema do passado ou que só existe em países assolados pela guerra e pela pobreza", diz no relatório Andrew Forrest, presidente da Walk Free. "Essas conclusões mostram que a escravatura moderna existe em todos os países. Somos todos responsáveis pelas situações mais atrozes onde a escravatura moderna existe e pela miséria que causa a nossos semelhantes."
O número total de escravos no mundo - 35,8 milhões - calculado pelo Índice Global de Escravatura é 20,1% maior do que o medido em 2013, primeiro ano em que a pesquisa foi realizada. Mas, segundo a Walk Free, isso não reflete um crescimento no número de pessoas escravizadas, mas sim a aperfeiçoamentos na obtenção de dados e na metodologia do levantamento.
A estimativa é superior à feita pela Organização Internacional do Trabalho, que calculou que 21 milhões de pessoas eram vítimas de trabalhos forçados em 2011.
A Walk Free aponta que os maiores desafios na erradicação da escravidão moderna estão na África e na Ásia. ARússia, porém, é o quinto país com o maior número de escravos (1 milhão) - acredita-se que muitos trabalhadores migrantes da construção civil e da agricultura trabalhem em condições subumanas no país.
A Mauritânia (noroeste da África), por sua vez, é o país com a maior proporção de escravos (4%) do mundo.
O relatório da Walk Free pede mais cooperação internacional no combate a essas práticas: que governos aumentem as punições ao tráfico humano e pressionem a iniciativa privada a combater o trabalho forçado ou indigno em suas cadeias produtivas.

Câmara de Vereadores de Vacaria RS



Glória 1 x 1 Brasil de Farroupilha (jogo amistoso) parte 75

Adolescente Morre Por Omissão de Socorro

Lamentável a morte da estudante de Vacaria RS,  estudante do Colégio do Bairro Jardim América, o qual estava no Ginásio do DMD, na disputa dos jogos escolares. A adolescente passou mau, em decorrência de um ataque cardíaco, os professores se deslocaram até a UPA, para solicitar a ambulância do SAMU os funcionários falaram que não podiam deslocar o veículos, pois tinha que pedir autorização  para cidade de Caxias do Sul RS. A referida UPA fica na frente do Ginásio do DMD, a menina foi levada de automóvel até a UPA e veio a falecer na UTI do Hospital Nossa Senhora da Oliveira. Lamentável o atendimento péssimo do SAMU, uma burocracia aliás o Ministério Público de nossa cidade deveria intervir na tal SAMU. O Vereador Marcos Lima (PTB), que é o responsável na Câmara Municipal pela Comissão da Saúde, vai criar CPI do SUS para investigar a omissão do socorro e o mau atendimento da SAMU e incluindo o Hospital Nossa Senhora da Oliveira.
O engraçado para um marginal e vagabundo transitar com uma kombi da Secretaria Municipal da Saúde de Vacaria RS, ameaçar jornalista e tentar agredir a imprensa, trafegar com a viatura pública em bares e casas de putaria, para ir almoçar em casa, aí tem veículo da saúde a disposição para o cafajeste fazer o que bem entende. Mas para a adolescente  ou outro cidadão (ã) que passa mau em nossa cidade não tem ambulância, só na garagem para esperar autorização. Essa é nossa Vacaria RS cheia de contradições, de podridão e de sujeira.
A Delegacia da Infância, Adolescencia e juventude irá instaurar um inquérito criminal contra o Prefeito Elói Poltronieri, vamos ver o que vai dar. A vida da adolescente infelizmente não irá mais voltar por falta de socorro do SAMU de Vacaria RS.

Glória 1 x 1 Brasil de Farroupilha (jogo amistoso) parte 74

Blogando com João Amaro: SAÚDE

Blogando com João Amaro: SAÚDE: .   Falar dos problemas da saúde, é chover no molhado. O descaso com a saúde do povo brasileiro é marca registrada do governo do PT (partido...

Blogando com João Amaro: SAMU E A FALTA DE ATENDIMENTO

Blogando com João Amaro: SAMU E A FALTA DE ATENDIMENTO: O caso envolvendo a jovem que veio a óbito, é o mais grave de todos, mas não é o primeiro. O péssimo atendimento do SAMU aqui em Vacaria, já...