Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

sábado, 23 de novembro de 2013

Deputado Jean Wyllys

header

Tweet da Semana

Hoje boa parte da imprensa e muitos ativistas em rede caíram novamente na habitual armadilha do atual presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Em relação à boa parte da imprensa, não há espanto, já que ela vive de "notícias" (embora algum critério jornalístico deveria existir para distinguir fatos relevantes de factóides); mas, em relação aos muitos ativistas, espanta-me como eles não aprendem com experiências passadas!
No dia da Consciência Negra, o presidente da CDHM não fez qualquer menção à data e aprovou em meia hora (meia hora!) três projetos que atentam contra a dignidade e os direitos de LGBTs. Ora, é óbvio que a intenção é ganhar espaço na imprensa e atrair a atenção nas redes sociais. Inoperante, incompetente e improdutivo (e confrontado pela atuação excelente da nossa Frente Parlamentar dos DHs), o presidente só pode mesmo apelar para o teatro dos vampiros. Já sabemos disso; por isso, não lhe damos bola aqui.
Recusei-me a falar com a imprensa sobre a aprovação porque não vou jogar mais holofotes sobre o vendilhão nem sobre a comissão que ele preside, hoje deslegitimada e desrespeitada aqui dentro e fora. A notícia da aprovação dos três projetos deveria, em vez de provocar histeria, virar alvo de deboche. O deboche põe ele e a comissão no lugar onde estão: de ridículos fundamentalistas! A aprovação de projetos nessa comissão não significa que os projetos já entrarão em vigor a partir de amanhã (a histeria nas redes parte dessa ideia equivocada!).
Os tais projetos irão para outras duas comissões antes se ir a plenário. Jamais serão aprovados nessas outras duas comissões! A tal CDHM hoje é uma igreja de fundamentalistas. Nada que venha de lá deve ser levado a sério.

Eleições internas do PSOL

O PSOL realizará no final do mês seu congresso nacional para eleger suas novas autoridades e debater a situação nacional e o papel do partido nas eleições de 2014. Apoiarei quem for eleito democraticamente pelo partido. Porém, não vou me omitir nesse debate, que é fundamental para definir o futuro do PSOL. Leia mais.

Chega à fase decisiva a campanha pelo casamento igualitário no Brasil

Os artistas ajudaram a criar ambiente favorável para a discussão; agora é hora de deputados e candidatos saírem do armário e revelarem sua posição. “A lei discrimina os homossexuais. Se o estado exclui os homossexuais da comunidade de direitos, autoriza as pessoas a discriminá-los”, diz Jean Wyllys. Leia a íntegra da entrevista ao iGay.

Divinas Divas: Ajude você também! 

O termo "vaquinha" é antigo, mas o meio é novo: crowdfunding, ou financiamento coletivo em bom português. Uma forma de apoiar boas ideias sem pesar no seu bolso! E você ainda recebe um "agrado" que depende do valor doado. 
Que tal participar do financiamento coletivo para levar o documentário Divinas Divas para as telonas de todo o país? A história das divas é divina (desculpem o trocadilho!), são 50 anos de carreira de lutadoras que superaram todo tipo de preconceito sem desistir da arte, e a capitã desta obra é ninguém menos que a premiadíssima Leandra Leal!
O deputado Jean Wyllys está apoiando de todas as formas o projeto, tanto por também ter doado, por ajudar na divulgação e também por oferecer a tod@s a chance de assistir, ao vivo, à apresentação das Divas que fará parte do documentário. Quer participar deste momento histórico? Doe, compartilhe esta ideia, e participe da nossa promoção! Saiba como aqui.
Caso o valor mínimo não seja atingido o seu dinheiro será devolvido. Um projeto sério, feito por gente séria e compromissada, e que merece nossa ajuda!

Jean Wyllys discute interferência do fundamentalismo religioso nas políticas públicas de saúde

A garantia da democracia, tanto pelo direito dos indivíduos sobre seus corpos, desejos e identidades, como pelas práticas e construções teórico-filosóficas em ciência, saúde e sociedade vêm sofrido, em grau cada vez maior, por conta das influências e interferências do pensamento religioso conservador nas políticas públicas e nas decisões do Estado - seja no Brasil como no mundo. 
Para jogar luz sobre esses embates, Sonia Correa, co-coordenadora no Brasil do Observatório de Sexualidade e Política ligado à Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (SPW/Abia), Roger Raupp, juiz do Tribunal Regional Federal da 4ª Região e Jean Wyllys, deputado federal do PSOL/RJ proporcionaram aos congressistas do VI Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde uma rica discussão. Leia mais.

Dia Nacional da Consciência Negra

“E o povo negro entendeu que o grande vencedor se ergue além da dor. Quem descobriu o Brasil? Foi o negro que viu a crueldade bem de frente. E ainda produziu milagres de fé no extremo ocidente”. Sábio Caetano!

Ato na Câmara dos Deputados pelo Dia Nacional da Consciência Negra

Em ato promovido na tarde desta quarta, 20, pela Frente Parlamentar dos Direitos Humanos pelo Dia Nacional da Consciência Negra, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) mencionou a invasão dos terreiros de religiões de matriz-africana em Estados como o Rio de Janeiro, a Bahia e Maranhão e questionou porque a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara não realizou nenhuma programação referente a este dia, mostrando que não é uma comissão pelas minorias e que não tem legitimidade como a FPDDH, que de fato tem um compromisso os direitos humanos das minorias historicamente estigmatizadas.

I Festival Literário Internacional da Diáspora Africana de São João de Meriti

Neste sábado, 23, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) palestra no I Festival Literário Internacional da Diáspora Africana de São João de Meriti, RJ, sob o tema “A diáspora africana nas questões identitárias, políticas e legislativas no Brasil” como parte da trilha de palestras sobre políticas públicas (TP) que busca a discussão, troca de experiências e apresentação das diversas políticas públicas em desenvolvimento no país. 
Com o tema “A composição da produção literária e artística afrodescendente contemporânea”, o Festival é gratuito e acontece de 20 a 23 de Novembro. Clique aqui para maiores informações.

Vídeos

Trip Transformadores 2013 - Jean Wyllys homenageia Gabriela Leite e premia Daniela Mercury: youtu.be/wqH5TdCD_lM
Jean Wyllys fala sobre seus projetos de lei em entrevista à Abrasco: youtu.be/hN5lIZb6IUI
 

Colorados Lageanos

Jogos Abertos mais colorados
Inter vai aos Jasc representar Lages com futsal feminino e basquete masculino
A delegação lageana que a partir desta quinta-feira disputa a 53ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina terá o reforço da camisa colorada. As equipes de futsal feminino e basquete masculino defenderão o nome de Lages nos Jasc - mas também o do Internacional.
O futsal feminino, projeto iniciado pelo clube em 2013 após a união de duas equipes da cidade até então rivais, começa sua campanha nesta sexta-feira. Às 9h, as atletas do Inter enfrentam a equipe de Piratuba no ginásio do Vasto Verde. 
No sábado, o basquete, uma das modalidades em que Lages tem mais tradição nos Jogos Abertos, entra em quadra às 9h, no ginásio do Galegão, para enfrentar Balneário Camboriú. O basquete de Lages estreou com a camisa colorada na disputa da fase regional dos Jasc.
A parceria do Inter com a equipe de basquete ainda dá seus primeiros passos - ao contrário do futsal feminino, que conta com o suporte da direção do clube e também com patrocinadores próprios -, mas dá mostras de que o Internacional volta a honrar o estatuto que marcou sua fundação: o clube existe para estimular a prática de esportes na cidade, tanto em âmbito profissional quanto nas competições amadoras.
O Esporte Clube Internacional deseja sucesso a seus atletas nos Jasc e reitera um compromisso que é questão de honra para sua diretoria: mais atletas disputarão competições tendo o Inter como vértice dessas iniciativas. Ainda estamos apenas no começo desses esforços.
NOS ANEXOS:
- O futsal feminino do Inter de Lages
- O basquete de Lages com as cores do Colorado Lageano
-- 
Inter de Lages
Imprensa

www.interdelages.com.br

Veja

22 de novembro de 2013
------------------------------------------------

Caro leitor, aqui estão os destaques de VEJA desta semana.

VEJA.com - veja@abril.com.br

***********************************************

Edição da semana (nº2349 - 27 de novembro de 2013)

[A lei e os fora da lei]
Os mensaleiros presos em Brasília reclamam de humilhações no cárcere e tentam se passar por juízes dos juízes que os mandaram para a cadeia Índice da edição 
http://veja.abril.com.br/revistas/

[Entrevista]
-----------------
Paulo Andre, líder do Bom Senso F.C., grupo de jogadores que pressiona a CBF, diz que o 'jeitinho brasileiro' foi o grande mal do futebol

[Especial]
-----------------
Uma turma de estrangeiros especializados já está no Rio para fazer o que ninguém sabe: pôr de pé a engrenagem de uma Olimpíada

[Economia]
-----------------
Uma decisão de 1,35 trilhão de reais
Depois do mensalão, o STF decidirá se as leis que viabilizaram os planos econômicos do passado são constitucionais. O tribunal vai estar no olho do furacão

[Saúde]
-----------------
No Brasil, 20% dos diagnósticos de câncer de próstata são feitos em fase avançada. Mas a medicina já tem armas para combater a doença

[Exposição]
-----------------
A mostra Masculin/Masculin, do Museu D'Orsay, combina ousadia e trabalhos de mestres. Mas não é a única a usar corpos despidos e sexo para atrair visitantes

[Educação]
-----------------
Prontos para conquistar o mundo
Bolsistas do Ciência sem Fronteiras estão de volta, cheios de vontade. Resta saber se conseguirão romper o marasmo e pôr o Brasil no jogo global

[Maílson da Nóbrega]
-----------------
Lula, o carisma que deseduca

[J.R. Guzzo]
-----------------
Algo está errado

***********************************************

[Destaques on-line]
-------------------

[O mundo é dos selfies]
-------------------------------
Você já viu a cena: alguém estica o braço segurando o celular apontado para o rosto e, em seguida, publica a foto nas redes sociais. Esse tipo de autorretrato se espalha com tamanho vigor que o Dicionário Oxford da língua inglesa incorporou o verbete que o define: selfie.


[Vítimas das redes]
-------------------------------
É difícil prever como uma situação de cyberbullying pode acabar, mas a possibilidade de uma tragédia existe e deve ser levada a sério quando envolve adolescentes. Reportagem em VEJA.com mostra o que a Justiça brasileira reserva a quem devassa a intimidade alheia na internet, como são as leis nos EUA, e como os jovens podem se proteger dessa ameaça.


[Cinquenta anos no ar]
-------------------------------
Reportagem no site de VEJA investiga a importância e o segredo da longevidade de Doctor Who, que completa 50 anos de exibição, e traz ainda um quiz para os fãs testarem seus conhecimentos.


[A música da natureza]
-------------------------------
O americano Bernie Krause dedicou sua vida à música. Um dos pioneiros no uso de sintetizadores, ele trabalhou nos anos 1960 com Rolling Stones, Bob Dylan, Stevie Wonder e George Harrison. Nas últimas décadas, Krause trocou os estúdios pelos sons da natureza. Seu trabalho consiste em ir para o meio do mato - do mar, da geleira, do deserto - e gravar o som ambiente. Em entrevista ao site de VEJA, Krause diz: "Estou procurando alguma universidade para armazenar todo meu arquivo de sons - pode até ser brasileira". 


[]
-------------------------------



***********************************************

Colunistas

[Blog]
-------------
Reinaldo Azevedo
Caso BMG
Ação que condenou Genoino a mais 4 anos de prisão está de volta ao Supremo
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

[Radar on-line]
-------------
Lauro Jardim
Diplomacia
François Hollande desembarca em Brasília no dia 12 para uma visita de dois dias
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line

[Coluna]
-------------
Augusto Nunes
Direto ao Ponto
http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes

[Coluna]
-------------
Ricardo Setti
Direitos
http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/

[Coluna]
-------------
Rodrigo Constantino
Corrupção
http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/

[Quanto Drama!]
-------------
Patrícia Villalba
Amor à Vida
http://veja.abril.com.br/blog/saude-chegada/

***********************************************

[Blogs da redação]
-------------------

[Cultura]
-------------
Imperdível
Pinturas cegas
http://veja.abril.com.br/blog/imperdivel/

[Língua portuguesa]
-------------
Sobre Palavras
'Cômputo', 'cômpito'
http://veja.abril.com.br/blog/sobre-palavras/

[Fotografia]
-------------
Sobre Imagens
Gilvan Barreto
http://veja.abril.com.br/blog/sobre-imagens/

***********************************************
http://www.veja.com.br

Fórum Social Temático

Imagem inline 1Companheiros(as).
De 21 a 26 de janeiro de 2014, estaremos realizando e participando de mais uma edição do Fórum Social Temático POA 2014 – Crise Capitalista, Democracia, Justiça Social e Ambiental.
O Fórum Social é um espaço aberto de encontro para o aprofundamento da reflexão, o debate democrático de ideias, para a formulação de propostas, a troca livre de experiências e a articulação para ações eficazes, de entidades e movimentos da sociedade civil que se opõem ao neoliberalismo e ao domínio do Mundo pelo capital e por qualquer forma de imperialismo, e estão empenhadas na construção de uma sociedade planetária orientada a uma relação fecunda entre os seres humanos e destes com a Terra. É um processo de caráter mundial. Todos os encontros que se realizem como parte desse processo têm dimensão internacional.
Diante disto representantes do Movimento Negro do RS já estão trabalhando para garantir dentro do Espaço do Território do Fórum Social Temático POA 2014: Crise Capitalista, Democracia, Justiça Social e Ambiental as condições para que as Organizações e Entidades da luta racial Municipais, Estaduais, Nacionais e Internacionais que tenham interesse de participar com “Oficinas Autogestionadas” neste espaço.
Inscrição de Oficinas Autogestionadas e ocupação dos Espaços Culturais e Artes:
Por tanto, para podermos nos organizar e garantir a participação de todos os interessados a partir do dia 1º de dezembro de 2013 até o dia 30 de dezembro de 2013as Organizações e Entidades que tiverem interessadas em inscrever suas atividades no “Espaço Ubunto do Fórum Social Temático POA 2014”, que fica no Largo Zumbi dos Palmares, deverão enviar pedido de inscrição de sua atividade através e unicamente pelo e-mail:mnegrofsmtpoa@gmail.com , informando para qual espaço quer inscrição – Cultural ou Oficinas.
O GT Ubunto foi dividido em duas Coordenações: Cultura e Oficinas, que fazem o trabalho da Coordenação Geral do Espaço (abaixo os coordenadores(as)) com a presença da vários militantes de várias organizações e seguimentos do movimento social negro. Foram designados Companheiros(as) entre todos os presentes que estão responsáveis de responder a todos os pedidos encaminhados, assim garantindo a estrutura e as condições básicas necessárias para o melhor desempenho de todas as atividades.
Plenária Geral do Movimento Social Negro no FS Temático POA 2014:
O GT Ubunto, como organizador e responsável pelo espaço está propondo a realização no dia 26 de janeiro, de uma Plenária Nacional/Internacional com todos(as) as Organizações/Entidades/Seguimentos/Militantes do Movimento Negro que estiverem presentes ao Fórum Social Temático POA 2014, para que juntos possamos construir um documento que aponte as diretrizes ou proposições de uma pauta conjunta e orientadora da luta do povo negro em nosso País e na Diáspora.
Para tanto, todos(as) que queiram contribuir na organização deste momento de unidade de nosso povo, no fechamento das atividades do Fórum Social Temático POA 2014, enviem suas sugestões de nome para este momento (Plenária), para o nosso e-mail: mnegrofsmtpoa@gmail.com até o dia24 de dezembro de 2013, pois se tivermos vários nomes diferentes, abriremos uma campanha de votação em nosso blog: www.mnegrofsmtpoa.blogspot.com.br de 27 de dezembro à 05 de janeiro de 2014, para definir o nome oficial de nossa atividade.
Também quem quiser contribuir com a sugestão de nomes, fique a vontade, pois o espaço estará sendo construído democraticamente, para contemplar a diversidade de nossos pensamentos em nosso movimento.
Por tanto, contamos com sua contribuição no sentido de ajudar a divulgar e a mobilizar a presença de nosso povo e estamos aqui para garantir a melhor qualidade para o nosso evento.
Acompanhe as informações pelo nosso blog.
Respeitosamente.
GT Ubunto
FS Temário POA – 2014.



GT Ubunto.
Coordenação Cultural:
Contatos:
             - Marcio Oliveira - +55 51.84300792 - Oi
             - Silvia Duarte -    +55 51.97013638 - Vivo

Negros

O racismo age das formas mais cruéis que podem existir. Lembro-me quando estudante de nível médio de uma das melhores escolas da rede particular de Salvador. Negros na minha turma somavam três, em um universo de 45 alunos. Era difícil conviver com o racismo velado pela elite que compunha aquele quadro de alunos. Ouvia algumas falas que me causavam indignação, a qual eu mesmo cuidava de reprimir, em um silencio que calava e ocultava muito mais do que a minha voz; aquele silêncio abafava a minha dignidade.

Àquela época, eu começava a perceber o quão difícil seria admitir o posicionamento político de me assumir negro dentro de uma sociedade racista. As piadas racistas me corroíam a alma com uma impiedade sem tamanho. Mas o pior não era ouvi-las, era ter que aceita-las por medo das represálias, da exclusão, do abandono, da solidão… Sim, passei muito tempo sem a coragem de assumir a minha identidade étnica, comungando com os padrões eurocêntricos que me eram impostos. Em troca da falsa aceitação de alguns camuflei muito do meu eu, escondi o descendente de pessoas escravizadas que trago em mim, ocultei as principais características demonstradas pelo povo negro ao longo da história brasileira: resistência e capacidade de reconstruir.

Mas a negritude não se permite esconder por muito tempo. Ela grita e invade sem pedir licença. Não! Não é por falta de educação. É pela necessidade de não se adequar às realidades (im)postas pela ideologia racista que se pretende predominante.  Mas qual o porquê de remontar essa trajetória agora? Seria uma necessidade de valorização ou de piedade? Piedade nunca! Mas devo confessar que valorização talvez possa se encaixar neste relato. Sei do valor que trago em mim, assim como reconheço o valor dos meus pares. Porém, algumas ações ainda se fazem necessárias para que a sociedade brasileira passe a reconhecer e valorizar a população negra. Logo, a tentativa de valorização é cabida.... Acesse: http://cenbrasil.blogspot.com.br/2013/11/luiz-paulo-barbosa-e-consciencia-negra.html
-- 

Att,
Coletivo de Entidades Negras - CEN

Revista Veja - A Lei e os fora da lei

22 de novembro de 2013
Caro leitor, aqui estão os destaques de VEJA desta semana.
VEJA.com - veja@abril.com.br
  
Edição da semana (n° 2349 - 27 de novembro de 2013)
 
 A lei e os fora da lei - Os mensaleiros presos em Brasília reclamam de humilhações no cárcere e tentam se passar por juízes dos juízes que os mandaram para a cadeia

A lei e os fora da lei
Os mensaleiros presos em Brasília reclamam de humilhações no cárcere e tentam se passar por juízes dos juízes que os mandaram para a cadeia

♦ 
Índice da edição
 
 
Entrevista - Paulo Andre, líder do Bom Senso F.C., grupo de jogadores que pressiona a CBF, diz que o  ‘jeitinho brasileiroÂ’ foi o grande mal do futebolEntrevista
Paulo Andre, líder do Bom Senso F.C., grupo de jogadores que pressiona a CBF, diz que o ‘jeitinho brasileiro’ foi o grande mal do futebol
 
Especial - Uma turma de estrangeiros especializados já está no Rio para fazer o que ninguém sabe: pôr de pé a engrenagem de uma OlimpíadaEspecial
Uma turma de estrangeiros especializados já está no Rio para fazer o que ninguém sabe: pôr de pé a engrenagem de uma Olimpíada
 
 
Economia
Uma decisão de 1,35 trilhão de reais
Depois do mensalão, o STF decidirá se as leis que viabilizaram os planos econômicos do passado são constitucionais. O tribunal vai estar no olho do furacão
 
 
Saúde - No Brasil, 20% dos diagnósticos de câncer de próstata são feitos em fase avançada. Mas a medicina já tem armas para combater a doençaSaúde
No Brasil, 20% dos diagnósticos de câncer de próstata são feitos em fase avançada. Mas a medicina já tem armas para combater a doença
 
Exposição - A mostra <em>Masculin/Masculin</em>,  do Museu DÂ’Orsay, combina ousadia e trabalhos de mestres. Mas não é a única a  usar corpos despidos e sexo para atrair visitantesExposição
A mostraMasculin/Masculin, do Museu D’Orsay, combina ousadia e trabalhos de mestres. Mas não é a única a usar corpos despidos e sexo para atrair visitantes
 
 
Educação
Prontos para conquistar o mundo
Bolsistas do Ciência sem Fronteiras estão de volta, cheios de vontade. Resta saber se conseguirão romper o marasmo e pôr o Brasil no jogo global
 
 
Maílson da Nóbrega - Lula, o carisma que deseducaMaílson da Nóbrega
Lula, o carisma que deseduca
 
J.R. Guzzo - Algo está erradoJ.R. Guzzo
Algo está errado
 
 
 
Destaques on-line
 
O mundo é dos selfies - Você já viu a cena: alguém estica o braço segurando o celular apontado para o rosto e, em seguida, publica a foto nas redes sociais. Esse tipo de autorretrato se espalha com tamanho vigor que o Dicionário Oxford da língua inglesa incorporou o verbete que o define: selfie.
O mundo é dos selfies
Você já viu a cena: alguém estica o braço segurando o celular apontado para o rosto e, em seguida, publica a foto nas redes sociais. Esse tipo de autorretrato se espalha com tamanho vigor que o Dicionário Oxford da língua inglesa incorporou o verbete que o define: selfie.
 
 
Vítimas das redes
É difícil prever como uma situação de cyberbullying pode acabar, mas a possibilidade de uma tragédia existe e deve ser levada a sério quando envolve adolescentes. Reportagem em VEJA.com mostra o que a Justiça brasileira reserva a quem devassa a intimidade alheia na internet, como são as leis nos EUA, e como os jovens podem se proteger dessa ameaça.
 Cinquenta anos no ar
Reportagem no site de VEJA investiga a importância e o segredo da longevidade de Doctor Who, que completa 50 anos de exibição, e traz ainda um quiz para os fãs testarem seus conhecimentos.
 
 
A música da natureza
O americano Bernie Krause dedicou sua vida à música. Um dos pioneiros no uso de sintetizadores, ele trabalhou nos anos 1960 com Rolling Stones, Bob Dylan, Stevie Wonder e George Harrison. Nas últimas décadas, Krause trocou os estúdios pelos sons da natureza. Seu trabalho consiste em ir para o meio do mato - do mar, da geleira, do deserto - e gravar o som ambiente. Em entrevista ao site de VEJA, Krause diz: "Estou procurando alguma universidade para armazenar todo meu arquivo de sons - pode até ser brasileira".
 
 
 
 
Colunistas
Blog: Blog - Reinaldo AzevedoBlog
Reinaldo Azevedo
Caso BMG
Ação que condenou Genoino a mais 4 anos de prisão está de volta ao Supremo
Radar on-line: Radar on-line - Lauro JardimRadar on-line
Lauro Jardim
Diplomacia
François Hollande desembarca em Brasília no dia 12 para uma visita de dois dias
Coluna: Coluna - Augusto NunesColuna
Augusto Nunes
Direto ao Ponto
O exército fantasma do comandante Dirceu foi dizimado sem ter entrado em combate
Coluna: Coluna - Ricardo SettiColuna
Ricardo Setti
Direitos
Coluna: Coluna - Rodrigo ConstantinoColuna
Rodrigo Constantino
Corrupção
Quanto Drama!: Quanto Drama! - Patrícia VillalbaQuanto Drama!
Patrícia Villalba
Amor à Vida
Blogs da redação
Cultura: Imperdível - Pinturas cegas Cultura
Imperdível
Pinturas cegas
Língua portuguesa: Sobre Palavras - 'Cômputo', 'cômpito' Língua portuguesa
Sobre Palavras
'Cômputo', 'cômpito'
Fotografia: Sobre Imagens - Gilvan Barreto Fotografia
Sobre Imagens
Gilvan Barreto
Acesse http://veja.abril.com.br/newsletter para cancelar o envio deste e-mail.
Nosso serviço de cadastramento solicitará seu e-mail e senha. Se não souber a senha, digite seu e-mail e clique no item
"Esqueci minha senha". Uma senha provisória será enviada para sua caixa postal para possibilitar o acesso ao serviço. 

Copyright © Editora Abril S.A.
 - Todos os direit