segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Trabalho dos Alunos da Escola Cecy Sá Brito


Trabalhos do alunos Cecy Sá Brito



Jesus Cristo



Jesus Cristo


Japonesinha

video

Rádio Comunitária

Tucanafro

DE:Afro-Brasileiros do PSDB
 PARA:jornalnegritude@yahoo.com.br
Mensagem sinalizada
 Domingo, 13 de Novembro de 2011 22:34
Corpo da mensagem
TUCANAFRO


Afro-brasileiros do PSDB



Afro--

Brasileiros do PSDB Conferir o post no blog 'Projeto Afro, Curso on-line gratuito, comece agora e saiba seus direitos'

Ola Caros Alunos do "Curso de Direitos Humanos e Cidadania para Todos", acabamos de publicar o modulo 3 - "Os Direitos da Pessoa Humana" Confiram e Bons Estudos. Sergio Rossetto





Mensagem do blog adicionada por Campanha Você no Parlamento:



A Ilustre Dra. Maria Lima Matos, Delegada da Policia Civil de SP, convida a todos a participar do Projeto Afro, Curso on-line e gratuito....





Link da mensagem do blog:

Projeto Afro, Curso on-line gratuito, comece agora e saiba seus direitos





Sobre TUCANAFRO

AFRO-BRASILEIROS DO PSDB - 2011 Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes

202 membros

216 fotos

43 eventos

34 postagens no blog

Politicos

Outras Palavras

bibliotecadiplô e OUTRASPALAVRAS

Boletim de atualização de Outras Palavras e Biblioteca Diplô - Nº 116 - 14/11/2011


111114-Chomsky12b.jpg

Chomsky debate o futuro dos novos movimentos
Diante do Occupy Boston, ele revela esperança nos protestos anticapitalistas, mas lembra: “há muito pela frente; vocês não vencerão amanhã”


Zizek vê horizonte aberto
Em nova entrevista, filósofo esloveno analisa: capitalismo perdeu legitimidade e já não é sinônimo de democracia, mas o que virá não está definido -- nem será, necessariamente, melhor


Cinema fora de época
O império da razão, defendido por Rossellini, acabou construindo um mundo onde a arte raramente vence as barreiras da mercadoriaPor Arlindenor Pedro


Isto não é um filme
O diretor Jafar Panahi, preso pelo regime iraniano, faz um filme sobre a falta de liberdade de expressão no país. Por 
Bruno Carmelo.


Hoje vi Gérard Depardieu”Quando me dei conta de que não havia importância no fato, encerrei o papo, peguei duas abobrinhas e fui embora. Por Daniel Cariello, em Chéri à Paris


__________________________

PONTO DE CULTURA
Os primeiros textos da Escola Livre de Comunicação Compartilhada




Europa: adeus à democracia?Ação dos governos europeus diante da crise demonstra intenção de restringir participação social ao exercício periódico (e vazio...) do voto. Por Pep Valenzuela
Os juízes que nos julgam
Se estes são os que zelam pela Justiça e combatem a "apologia às drogas", ser acusado de criminoso por eles deve ser encarado como elogio. Por Júlio Delmanto

Repressão e “medo de morrer” na Universidade de Rondônia 
Professor denuncia perseguição a estudantes, prisão arbitrária de professores e coação de jornalistas pela Polícia Federal, devido à greve na UNIR. Por Estêvão Rafael Fernandes*

Desmatamento zero: apoio popular, dificuldades no Senado
Emenda que estabelece moratória de dez anos para derrubar floresta espera votação. Estudantes manifestam-se contra o Código Florestal e a violência dos seguranças do Congresso. Por Marcos Mariani
Transportes: a periferia de São Paulo vai à luta
Falta de investimento, descaso, indiferença e um povo humilhado por uma política excludente. Prefeito contínua juntando os ingredientes para a bomba relógio. Por José Silva
Habitar o mundo, iluminando todos
Doze novas ocupações realizadas pelos movimentos por moradia em São Paulo expõem o nó da segregação urbana: há muita gente sem casa pra tanta casa vazia. Por Márcio Ramos

Sobre obscenidade e um certo sanduíche
Um vídeo desencadeou uma polêmica. Antropólogo fala sobre transgressão sexual e aponta que internet está mudando nosso padrão de intimidadePor Rôney Rodrigues
Uma viagem ao OrienteFeira literária em Olinda, Pernambuco, realizada até 15 de novembro, tem como tema as relações culturais entre Ocidente e Oriente. Por Rebecca de Carli

Fliporto: Frei Betto fala de literatura, ditadura e religião
Eu não nasci frei, mas nasci com fome de justiça e escritor”, diz ele durante a Feira Literária de Pernambuco. Por Rebecca de Carli
______________

OUTRAS MÍDIAS
Uma seleção de textos publicados na websfera brasileira 




Caminhos para deixar a Era do LixoMaurício Waldman, estudioso de resíduos sólidos, demonstra: mudança geral de hábitos de consumo é a grande alternativa. Problema é mais grave no Brasil, onde reciclagem é mínima. Por Patricia Fachindo IHU
O financiamento público de campanhas
Boa surpresa: projeto de reforma política torna crime doações de empresas a candidatos -- o principal mecanismo de tráfico de influências e sequestro da vontade dos eleitores. Por Luís Nassif, em seu blog
Ocupação patética, reação tenebrosa
Matheus Pichonelli amplia o debate sobre USP. Ele vê oportunismo na ocupação da reitoria, mas frisa que a reação conservadora expõe piores faces do conformismo e ressentimento. Em Carta Capital
Os favores da Receita brasileira ao Santander
CARF, órgão quase ignorado pela opinião pública, perdoa R$ 4 bilhões de impostos, de banco espanhol que já lucra, no Brasil, 2,5 vezes mais que em sua sede. Por Mauro Santayana, em seu blog
Quilombolas marcham em Brasília
Mais de 2 mil manifestantes de todo o país reivindicam, em mobilização inédita, reconhecimento de 1,5 mil territórios e titulação das terras, em cerca de 1,7 mil. Por Najla Passos, em Carta Maior


-- 
Boletim de atualização dos sites Outras Palavras Biblioteca Diplô. A reprodução é benvinda. Interessados em recebê-lo diretamente devem clicar aqui. Para deixar de receber, aqui.
Acompanhe nossas novidades também no Facebook e Twitter



_______________________________________________
Boletimdiplo mailing list
Boletimdiplo@listas3.tiwa.net.br
http://listas3.tiwa.net.br/listinfo/boletimdiplo

Jesus Cristo



Segurança

Susepe trata sobre o sistema penitenciário em evento com juízes
11/11/2011 18:02

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) participou do "Seminário sobre o sistema prisional e Encontro estadual de juízes das Varas de Execução Criminal", ocorrido até esta sexta-feira (11), no Palácio da Justiça. O evento foi promovido pela Corregedoria Geral de Justiça do Rio Grande do Sul.
Na conferência de abertura, o superintendente da Susepe, Gelson Treiesleben, participou, ao lado do promotor de justiça, Gilmar Bortolotto, do debate sobre a aceitação da comunidade para a implantação de casas prisionais. Treiesleben destacou que, embora haja resistência por parte de muitos municípios, este ano já recebeu o pedido para a instalação de três presídios no RS. "O município tem que dar atenção ao seu preso. O apenado é fruto da sociedade e para a sociedade ele vai voltar. Ter um local adequado, no município de origem, facilita o processo de socialização e a recuperação do preso", afirma.
O titular da pasta da Segurança Pública, Airton Michels, ao lado do diretor do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná, Maurício Kuehne, debateu sobre a experiência de terceirização de serviços em casas prisionais. O secretário da Segurança reforçou que o atual Governo é contrário a privatização do sistema penitenciário, por ser uma atribuição exclusiva do Estado, e que busca valorizar o trabalho dos agentes penitenciários.
Diversos temas importantes sobre o sistema prisional gaúcho foram discutidos durante o encontro, como a visita de crianças e adolescentes às casas prisionais, o cuidado com a saúde prisional, a implantação de sistemas de monitoramento eletrônico, entre outros.
Texto e foto: Tiago Dias
Edição: redação Secom (51) 3210-4305




Número de homicídios diminui 44% nos Territórios da Paz em Porto Alegre
14/11/2011 14:03

Sessenta dias após o reforço policial nos Territórios de Paz, em Porto Alegre, o número de homicídios apresentou uma redução de 44%. Nos trinta dias que antecederam a iniciativa, de 14 de agosto a 12 de setembro, houve 16 ocorrências de homicídios nos bairros Restinga, Rubem Berta, Santa Teresa e Lomba do Pinheiro. No período posterior, entre 13 de setembro e 12 de outubro, foram registrados nove homicídios. O número manteve-se o mesmo entre 13 de outubro e 11 de novembro.
Para o secretário da Segurança Pública, Airton Michels, a redução se deve ao reforço no policiamento, no trabalho de mapeamento da criminalidade, nos investimentos em equipamentos e também na qualificação profissional na área de policiamento comunitário. "Os resultados não são definitivos, é preciso manter esse trabalho conjunto entre Polícia Civil e Brigada Militar e também uma relação cada vez mais próxima com a comunidade", afirmou.
No policiamento ostensivo, em cada bairro foram empregados: um posto móvel da BM para abrigar a equipe de policiais de atendimento 24 horas ao público, viaturas de radiopatrulhamento, viaturas de policiamento ostensivo, que atuam exclusivamente no projeto, cinco rádios portáteis, além de notebooks com internet. Foram destacados 17 policiais militares a mais para atender os quatro bairros e ampliado o número de horas-extras pagas aos policiais, totalizando 4.680 horas-extras por módulo, para cada 30 dias de operação.
Conforme o coordenador do RS na PAZ - Programa Estadual de Segurança com Cidadania, Carlos Sant'Ana, após o início da intervenção policial, começam as ações sociais que estão sendo desenvolvidas nas secretarias estaduais, autarquias e organismos federais que executam programas que, direta ou indiretamente, produzem efeitos na redução da violência. "O RS na Paz visa consolidar a preocupação do Estado com a segurança pública. Nos próximos dias, o governador do Estado irá assinar um decreto para a constituição de um Grupo de Trabalho formado pelas treze secretarias parceiras do programa".
Também participaram da coletiva de imprensa o secretário adjunto da SSP, Juarez Pinheiro, o chefe de Polícia, delegado Ranolfo Vieira Junior, e o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Sérgio Abreu.

Ocorrência de homicídios:

Território             14/08 a 12/09                13/09 a 12/10         13/10 a 11/11
Restinga                     8                                     3                              5
Lomba do Pinheiro       2                                     2                              1
Rubem Berta               4                                     2                              3
Santa Teresa               2                                     2                              0
 Total                         16                                    9                              9



Texto: Alexandra C. Saraiva
Foto: Camila Domingues
Edição: Redação Secom (51) 3210-4305



Imagem


Mensagem

Olá meu filho,
      
 
PODERIAS 
 CONVERSAR COMIGO UM MINUTO???    


A verdade a mim não me dá vergonha não sei a ti, então lê com muita  atenção ao seguinte e, com o coração faze por  mim.

      OBRIGADO!!!!!!!!!

Pai nosso


que estais no céu


santificado seja Vosso nome

venha a nós o vosso reino,

seja feita tua vontade, assim na Terra

como no céu.
O pão nosso de cada dia, nos dai hoje, 

perdoais as nossas ofensas, 
O pão nosso de cada dia, nos dai hoje, 

perdoais as nossas ofensas, 
perdoais as nossas ofensas,

assim como nós perdoamos

a quem nos tem ofendido,

e não nos deixes cair  em  tentação

 mas livra-nos de todo mal.

Amém....

Obrigado!
Agora, envia para dez ou mais pessoas.

Sabes porquê?.

  Em um próximo momento, mais dez pessoas estarão orando por  ti e haverás alcançado


que muitas pessoas orem a Deus por outras pessoas.

Logo, pensa por um momento

e aprecia  o poder de Deus em tua vida, por

fazer  o que tu sabes que a Ele Lhe encanta, Orar.
Se não  tens vergonha de fazer isso, por favor,  segue as instruções.

Jesus Cristo disse,
"Se te envergonhares de Mim, Eu Me envergonharei de ti perante Meu  Pai!"

 
Se não tens vergonha, envia esta mensagem... só se crês Nele, se, amas a Deus.
Ele é minha fonte de existência e meu Salvador.
Ele me mantém funcionando dia  e noite.
Sem Ele, nada sou, porém, com Ele tudo posso,
é Cristo que me dá e fortalece.


Filipenses 4:13
 
Esta é a prova mais simples.
Se amas a Deus e não te envergonhas de todas as coisas
maravilhosas que Ele fez por ti, envía-o a seus amigos.
Ou te sentes envergonhado?

Juiza


Quanto vale ser honesto neste país??????????




Pequena indagação.
Disseram que ela foi morta por que tinha um " martelo pesado".
Para se ter um título de
"martelo pesado ", deve haver também um outro,  "martelo leve".
Mas... as leis não são iguais para ambos os casos? 
Reflitam sobre a pergunta.
  
 

Patricia Acioli. Porque as autoridades brasileiras não compareceram ao enterro?

Tem algo de podre no judiciário brasileiro.
A morte da Juíza Patrícia Acioli não comoveu ninguém de toga neste Brasil.
Da presidente da república ao ministro da justiça. Os magistrados que chefiam os tribunais do Hell de Janeiro, o governador Sergio Cabral, os membros do STJ, ministros do STF. Alguma comissão de direitos humanos da câmara, ou da assembléia do estado, a OAB.
NINGUÉM COMPARECEU ao enterro da juíza. Nem um pio...Nada!!!
Ela foi morta por cumprir seu papel na justiça e ninguém no estado brasileiro foi se solidarizar com a família da juíza.
Atitudes como essas é que mostram o quanto o Brasil está vazio e sucateado de gente com decência e moral para representar o povo.
A juíza foi assassinada e o Sinistro da Justiça dando PITIS por conta de algemas que colocaram nos "parceiros" dele.
Infelizmente estamos assistindo a falência do estado brasileiro.
E se bobear a juíza morta ainda vai acabar virando vilã nessa história. E seus assassinos indicados para o Nobel da Paz. 
A CADA DIA FICA MAIS PERIGOSO SER BRASILEIRO.....
 
   

O POVO BRASILEIRO TEM QUE SER CONVENCIDO QUE O BRASIL ESTÁ EM GUERRA E QUE NADA ADIANTA SER UM POVO PACÍFICO.OS INIMIGOS SÃO IMPLACÁVEIS E PASSIVAMENTE ESTAMOS  ASSISTINDO DEITADOS EM BERÇO ESPLÊNDIDO.QUE PAIS É ESTE QUE JUNTA MILHÕES NUMA MARCHA GAY,OUTROS MILHÕES NUMA MARCHA EVANGÉLICA,MUITAS CENTENAS NUMA MARCHA A FAVOR DA MACONHA, MAS QUE NÃO SE MOBILIZA CONTRA A CORRUPÇÃO?