Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Videos Mais Acessados do Youtube do Jornal Negritude

Cada dia, o gráfico mostra o número total de exibições feitas naquele dia. "Usuários exclusivos" é o número de usuários que assistiram ao vídeo.
Vídeo
Exibições (% do total)
Atenção
Homenagem a Banda Lingerie
17,8
Desfile de Brigada Militar de Vacaria RS no dia 07 de Setembro 2010
3,9
8º Festival de Dança Maktub parte 4
3,5
8º Festival de Dança Maktub parte 3
3,1
8º Festival de Dança Maktub parte 23
2,9
Show da Rasalgueth na Feira do Livro parte 2
2,9
8º Festival de Dança Maktub parte 19
2,5
8º Festival de Dança Maktub parte 24
2,2
8º Festival de Dança Maktub parte 27
2,0
8º Festival de Dança Maktub parte 28
2,0
Quem está assistindo aos vídeos deste canal?
Não há dados suficientes para exibir informações demográficas. Tente selecionar um período ou uma região diferente.
Qual a popularidade dos meus vídeos em relação aos enviados por outros usuários?
0.01
0

Sudão

Sudão: a próxima tragédia da África?
 
Um referendo em 9 de janeiro pode concretizar a separação do sul do Sudão, e reiniciar o conflito mais sangrento desde o fim da Segunda Guerra Mundial

No início de outubro, o astro de Hollywood George Clooney passou uma semana no maior país da África, o Sudão, visitando a região do sul e conversando com líderes locais. Ao voltar para os Estados Unidos, o ator dialogou com políticos americanos, entre eles o presidente Barack Obama. Seu recado era claro. “Estávamos atrasados no Congo, estávamos atrasados em Ruanda, estávamos atrasados em Darfur. Essa é uma oportunidade para evitar o massacre antes que ele ocorra”, disse o galã. O temor de Clooney, e de boa parte da comunidade internacional, é que o resultado do referendo programado para 9 de janeiro, no qual o sul do Sudão pode conseguir a secessão do norte, provoque a retomada de uma guerra civil que tem o nada nobre posto de maior matança desde a Segunda Guerra Mundial.

O medo da guerra é provocado por uma equação simples. O governo central, baseado em Cartum, a capital do Sudão, não quer a separação. Enquanto isso, há uma clara indicação de que os sudaneses do sul vão votar pela separação. A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, cuja função exige parcimônia nas palavras, declarou em setembro ser “inevitável” a separação, e chamou o Sudão de “bomba-relógio”. Por trás do movimento separatista está o medo dos habitantes do sul, majoritariamente negros, cristãos e animistas, de permanecerem como cidadãos de segunda classe diante do norte, de maioria árabe e muçulmana. A dominação política, econômica e social do norte gerou a primeira guerra civil do Sudão, entre 1955 – um ano antes da independência da Inglaterra – e 1972. Dez anos de armistício acabaram em 1983, quando Cartum decidiu rever o acordo de paz e implantar a sharia – a lei islâmica – em todo o território. A revolta separatista do sul foi contida com violência, e o número estimado de mortes passa de dois milhões. Os refugiados seriam quatro milhões. A frágil paz que vigora hoje é baseada no Acordo de Paz Abrangente (CPA, na sigla em inglês), assinado em 2005, que deu autonomia ao sul por cinco anos e programou o referendo para janeiro.

O comportamento do governo de Cartum, chefiado por Omar al-Bashir, é o principal fator de preocupação. Bashir, que chegou ao poder em um golpe militar aplicado em 1989 com a ajuda de grupos islâmicos fundamentalistas, tem contra si um mandado de prisão expedido pelo Tribunal Penal Internacional, órgão da ONU, por conta de crimes de guerra e contra a humanidade. As sete acusações dizem respeito ao conflito de Darfur, uma região do tamanho da França no oeste do Sudão, cujos líderes também pegaram em armas para lutar contra a opressão árabe. Outro motivo que torna Bashir alvo de desconfiança da comunidade internacional é sua aliança com o Irã. Nos últimos anos, o Sudão teria se tornado um distribuidor de terrorismo, abrindo espaço para treinamentos do Hamas e servindo de base para o tráfico de armas para extremistas na Somália, no Iêmen, no Líbano e nos territórios palestinos ocupados. Uma denúncia recente feita pela oposição diz que o Irã teria uma fábrica de armas na periferia de Cartum. Verdadeira ou não a acusação, é fato conhecido que, no início de 2009, a Força Aérea de Israel fez três ataques em território sudanês a veículos que levavam armas iranianas para o Hamas.

“Pelo histórico do Sudão, é bastante difícil acreditar, primeiro, que o referendo vai ocorrer na data e, segundo, que o desfecho se dará sem violência”, diz Claudio Oliveira Ribeiro, especialista em África da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. “A população não tem o hábito do voto, da escolha, e a militarização e a guerra são as práticas normais no Sudão”, diz.
A disputa pelo petróleo do Sudão.
 
O ceticismo de Ribeiro encontra base em fatos recentes ocorridos no país. O acordo de paz de 2005 prevê que a região de Abyei, na divisa entre o norte e o sul, realize um referendo especial para decidir com qual dos lados ficará. Nesta semana, as autoridades sudanesas confirmaram que a consulta à população de Abyei está adiada por tempo indeterminado. Uma comissão de referendo ainda não foi formada e não há acordo nem sobre qual parte da população deve votar. Em dois outros Estados da divisa – Nilo Azul e Cordofão do Sul – consultas populares sem valor de referendo estavam previstas no acordo de paz, mas elas não vão ocorrer. Como as populações de ambos são majoritariamente ligadas ao sul, elas temem ser alvos de ataques uma vez que o sul se separe. Ribeiro lembra ainda que o presidente Omar al-Bashir vem dando “sinais confusos” sobre qual será sua postura diante do resultado do referendo e que as tensões têm crescido na região. Em 14 de novembro e 8 de dezembro, Cartum bombardeou o território do sul. Na primeira oportunidade, o governo disse que errou o alvo ao perseguir rebeldes de Darfur. Depois, negou o ataque.

__._,_.___

Música Popular Brasileira

Carta O Berro..........................................................repassem
 
 
 
 
TODOS CANTORES BRASILEIROS  +  TODA A COLEÇÃO DA HISTÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA ( para ouvir e copiar)
 
 
 
 
 
 

                                 CLIQUE

 
 
 
 
Carta O Berro é uma rede de distribuição independente, tem perto de 750.000 leitores e centenas de repassadores no Brasil e no exterior.
Respeitamos seu direito de privacidade na internet, caso não queira continuar recebendo nossas mensagens, basta responder este e-mail com o assunto: REMOVER

-----Anexo incorporado-----

_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Justiça Federal determina Revisão de Pagamento FGTS em Vacaria RS

Mais uma decisão da Justiça Federal no processo que trata do pagamento do FGTS aos servidores municipais ocorreu na última sexta-feira. O município move uma ação de consignação em pagamento contra a Caixa Federal. A decisão é parcialmente favorável a prefeitura. A Juíza Lenise Gregol determina que sejam revisados os termos da confissão de dívidas assinados pelos servidores para que sejam excluídos do valor devido do município para com o FGTS, os que trabalharam entre 1967 até 1988, quem tem reclamatórias trabalhistas, os que já receberam precatórios referentes ao Fundo, servidores seletistas aposentados inativos.
A advogada do Sindicato dos Servidores Municipais Tatiane Maciel Gil explica que a decisão ainda cabe recurso.

O procurador jurídico do município advogado Gilberto Wolschick destaca que esta decisão já era esperada e que agora inicia uma segunda etapa.
O processo está tramitando há quase 20 anos.
por Aldoir Santos. Fátima (Rádio Fátima AM), dia 21/12/2010 às 10:11

Vacariano troca tiros Com Policiais em Passo Fundo



Um homem de 57 anos trocou tiros com policiais da bike patrulha, na tarde deste sábado, na rua Uruguai, em Passo Fundo. O homem, morador de Vacaria, estava internado em um hospital e passou a noite criando problemas para a equipe de plantão. No meio da tarde, ele fugiu do hospital. A Brigada Militar foi avisada, sendo que os policiais localizaram o homem próximo a delegacia da Criança e Adolescente. Os policiais pediram para que ele parasse e nesse momento o homem sacou de uma arma e começou a atirar. Os policiais reagiram, acertando três tiros no homem, que foi levado à emergência do Hospital São Vicente. O estado de saúde dele inspira cuidados. Os policiais apreenderam uma maleta que estava com o homem e dentro dela havia outro revólver e várias facas.
por O Nacional (Passo Fundo), dia 21/12/2010 às 10:02

Fernando Pessoa

Carta O Berro..........................................................repassem
 
 
 

 
----- Mensagem encaminhada ----
De: Marta Guerra



Os livros da Biblioteca Particular de Fernando Pessoa estão disponíveis gratuitamente online desde ontem à tarde no site da Casa Fernando Pessoa.
Até agora, só uma visita à Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, permitia consultar este acervo que é "riquíssimo", mas com o site, bilingue (português e inglês, e disponível em (
http://casafernandopessoa.cm-lisboa.pt ) em qualquer lugar do mundo, com uma ligação à Internet é possível consultar, página a página, os cerca de 1140 volumes da biblioteca, mais as anotações - incluindo poemas - que Fernando Pessoa foi fazendo nas páginas dos livros.
                                                     clique
http://casafernandopessoa.cm-lisboa.pt

Carta O Berro é uma rede de distribuição independente, tem perto de 750.000 leitores e centenas de repassadores no Brasil e no exterior.
Respeitamos seu direito de privacidade na internet, caso não queira continuar recebendo nossas mensagens, basta responder este e-mail com o assunto: REMOVER



Vereadora Sofia Cavedon

Caso você não consiga visualizar esta mensagem, acesse aqui.
A história de Jesus, seja qual for a opção religiosa, seja para quem é ateu, é um profundo hino de amor à humanidade.
Inspirado por ela, muito de solidariedade, justiça, inclusão se produziu.
Muita rebeldia e indignação diante da dor,da violência, da intolerância, da humilhação se inspiram nos episódios contados degeração em geração da curta, mas extraordinária vida deste homem.
Seu maior crime foi ousar empoderar os pobres, questionar os privilégios, a arbitrariedade, a hipocrisia.
Anunciou a ideia dos direitos de cada ser humano, inclusive ao erro.
Quando a infância não existia, ele chamou para si as crianças.
A terra e o pão, o vinho, o peixe, queria para todos.
Seu Deus continua, dois mil anos depois, incompreendido.
Sua utopia, longe de realizar-se.
Mas seguimos firmes, renovando a cada Natal, a convicção e a entrega de nossos dias para a construção do Outro Mundo Possível.

Feliz Natal!

Sofia Cavedon


Sofia presidirá a Câmara da Capital em 2011
A vereadora Sofia Cavedon foi eleita presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre para a gestão 2011. A eleição ocorreu em Sessão Extraordinária na quarta-feira (15) e recebeu o voto dos 36 vereadores. Sofia será a terceira mulher, todas do PT, a presidir o Legislativo Porto-alegrense.

Acesse aqui a matéria completa...
Leia também a íntegra da entrevista publicada no Sul21
Sofia Cavedon: “Haverá diálogo o tempo todo, mas manteremos o contraditório”

Acesse aqui...
Transporte Escolar Gratuito agora é Lei!
Publicado no Diário Oficial de 10 de dezembro, o projeto que institui a passagem gratuita para os alunos do ensino médio da Capital, agora é Lei Municipal nº 10.996.

Saiba mais...
Homenagem à Ana Maltz Knijnik
Proposta por Sofia foi sancionada, em 07 de dezembro, a denominação do logradouro público conhecido como Rua Lobélia, no bairro Três Figueiras, para Rua Ana Maltz Knijnik.

Saiba mais...
Agenda da Sofia
Acontecendo
Exposições, shows, debates, encontros, simpósios e muito mais...

Acesse aqui.