Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

sábado, 18 de dezembro de 2010

Imagens de Arquivo








Soldados

Imagens de Arquivo



Gabriel Waldrigues

Juventude x Inter



Juventude x Inter pelo Brasileirão




Inter de Milão Campeão do Mundo

Inter de Milão goleia o Mazembe e vence o Mundial em Abu Dhabi

Pandev e Eto'o definiram a partida no primeiro tempo e Biabiany fechou o placar

<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti/CP

Crédito: Ricardo Giusti/CP

Crédito: Ricardo Giusti/CP
A Inter de Milão confirmou o favoritismo e é campeã do Mundial de Clubes da Fifa. Javier Zanetti levantou a taça que confirmou a eficiência dos italianos, que definiram a partida já na etapa inicial, marcando nas duas primeiras oportunidades de gol que tiveram. Pandev, aos 13 minutos e Eto'o, aos 17, abriram o placar. Aos 40 minutos do segundo tempo, Biabiany definiu a goleada para a Inter.

Os africanos do Mazembe correram muito, tiveram mais volume de jogo e tentaram impor força física ao jogo, mas a Inter foi mortal nos contragolpes e efetiva na marcação. Apesar de um segundo tempo mais anônimo, Eto'o foi o grande nome da partida, pressionando a defesa africana pelo lado esquerdo e armando os contra-ataques com toques de primeira.

Pelo Mazembe, Kabangu foi novamente o destaque, sempre a principal alternativa pela direita do ataque. Cruzou bolas perigosas para a área e criou o lance mais nítido de gol do Mazembe: aos 34 minuto, ele limpou a defesa da Inter, cruzou para a área, quando Ekanga se antecipou e tocou a queima roupa. Júlio César salvou o que poderia ser o gol da reação africana.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo

Inter de Milão é Campeão do Mundo

Juventude x Inter Campeonato Brasileiro




Deise Nunes










Conselho Tutelar de Vacaria RS irá Fiscalizar Crianças Pedindo Esmola

Nesse período, onde as festas de final de ano se aproximam, aumenta o número de casos de crianças e adolescentes em situação de risco, onde vão para as ruas para pedir esmolas. O vice-coordenador do Conselho Tutelar de Vacaria Juliano da Rosa informa que são em torno de sete meninos com idade de 9 a 12 anos que ficam próximos aos semáforos em meio a veículos, vulneráveis e expostos a toda sorte, correndo o risco serem atropelados. Juliano da Rosa afirma que para se resolver o problema, é preciso envolver todos os órgãos, publicos e a sociedade.

O conselheiro Juliano da Rosa fala que vai conversar com o comando da Brigada Militar para ampliar a parceria na tentativa de tirar as crianças das ruas.

Segundo o Promotor da Infância e Juventude Eduardo Lumertz a responsabilidade de cuidar das crianças e adolescente é de todos.

O delegado Anderson Silveira de Lima da Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente informa que em muitos casos os pedintes são mandados pelos próprios pais as ruas, ele destaca que os responsáveis pelas crianças podem inclusive perder o pátrio poder e responder processo criminal.

Nesta quinta-feira, 16/12 a tarde cumprindo mandado de prisão preventiva, Policiais da Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente detiveram um homem de 42 anos suspeito de ter praticado Pedofilia contra duas crianças de dois e seis anos de idade, respectivamente.
O agressor foi encaminhado ao presidio.

A Guarda Municipal apreendeu dois alunos de 13 e 15 anos que estavam em sala de aula tomando cerveja. Também foi identificado e encaminhado a delegacia o comerciante que vendeu a bebida alcoólica .

O Estatuto da Criança e adolescente prevê uma pena de dois a quatro anos de prisão para o comerciante que vender bebida alcoólica para menores .
por Eleandro Bonesi - Fatima , dia 17/12/2010 às 09:36

Estudantes Bebendo em Sala de Aula em Vacaria RS

A Guarda Municipal apreendeu nessa quinta-feira, 17/12, dois alunos, um de 13 e outro de 15 anos, que estavam bebendo cerveja na sala de aula. De acordo com o diretor do Departamento Municipal de Assuntos de Segurança Pública, Major Gilmar Vieira, a denúncia partiu de uma professora indignada com a situação.

O comerciante que vendeu as bebidas aos menores foi identificado e encaminhado à Delegacia de Polícia. O Estatuto da Criança e Adolescente prevê uma pena de dois a quatro anos de prisão para o quem vender bebida alcoólica para menores.
por Fábia Schüler - Fatima e Maisn vac (Rádio Fátima AM), dia 17/12/2010 às 10:37

Batman dos Anos 60









Imagens de Arquivo