Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

segunda-feira, 15 de março de 2010

Inter empata contra o Vec



INTER
Nada de festa em RiveraUma cuidadosa operação está sendo preparada pelo Inter para os dois jogos seguintes contra o Cerro pela Libertadores: o desta quinta-feira, dia 18, às 19h15min, em Rivera, e o jogo de volta no Grupo 5, dia 31, no Beira-Rio.

Para Rivera, a direção está preocupada com o assédio de estimados mais de 20 mil torcedores no Estádio Atílio Paiva, na fronteira. A ordem é evitar congraçamentos e manter a concentração total no Cerro.

Não haverá recepções com os jogadores. Nada de paparicação da torcida no hotel de Santana do Livramento, onde a delegação ficará hospedada já na véspera do jogo. Um churrasco para mais de 2 mil pessoas está marcado, mas sem a presença de atletas. Nem mesmo a comissão técnica participará. Haverá blindagem total.

O projeto Cerro prevê deslocamento de avião.

Ao final do empate de ontem em Veranópolis, o técnico Jorge Fossati disse que vai decidir o time a partir de amanhã. Mas adiantou uma informação sobre a escalação:

– A tendência é utilizar o D’Alessandro logo de início. Vamos ver onde ele vai entrar no time.

Enquanto isto, o vice de futebol Fernando Carvalho, afeito a análises de tabelas, acredita que o Inter deverá encerrar a fase de classificação da Libertadores com 12 pontos.

Com essa pontuação será possível, no mínimo, colocar-se entre os seis segundos melhores colocados, que seguirão às oitavas – junto com os mexicanos Chivas e San Luís, classificados antecipadamente por determinação da Conmebol, devido à eliminação do ano passado por causa da Gripe A. Com 12 pontos também é possível ser o campeão da chave.

– Esta soma nos colocará na sexta ou na sétima posição geral da Libertadores. Não é o ideal, mas é o possível – afirmou Carvalho.

Os cuidados do Inter com relação ao Cerro vão além dos conhecimentos de Jorge Fossati sobre os seus conterrâneos. O espião Guto Ferreira permaneceu em Guayaquil na quinta-feira à noite a fim de acompanhar a vitória uruguaia sobre o Emelec, por 2 a 1 – praticamente alijando a equipe equatoriana de uma vaga às oitavas.

Nos bastidores, o técnico do Inter apostava desde o início da Libertadores em Cerro e Racing-URU (que está no grupo do Corinthians) como os maiores “tiradores” de pontos de equipes maiores.

– Antes do nosso jogo (de quinta-feira), o Fossati me disse: “O Emelec não vencerá o Cerro, mesmo jogando em casa”. O Cerro marca muito e contra-ataca. É extramamente perigoso – comentou Fernando Carvalho.

Mesmo com tamanha mobilização, um empate já é considerado ótimo resultado estratégico – assim como era não perder nos 2,8 mil metros de altitude de Quito.

– Empate com o Cerro é bom porque ele é o nosso grande inimigo na chave. Os equatorianos ainda disputarão dois clássicos, perderão mais pontos. Enquanto o Inter, na semana seguinte, já terá a chance de ganhar do Cerro no Beira-Rio, e assumir e liderança da chave – calculou o dirigente.

Como Jorge Fossati considerou o 1 a 1 com o Deportivo Quito um bom resultado com um bom desempenho, a tendência é de que a equipe seja mantida, talvez com a inclusão de D’Alessandro, como falou ontem.

De qualquer forma, Edu pode começar jogando. Ele voltou a ser elogiado por Fossati.

D’Alessandro não se mostra completamente restabelecido da lesão no rosto. Em Quito, o médico Luiz Crescente fez um teste. Colocou o dedo na região que havia sido fraturada, e o jogador queixou-se de dor. Talvez falte um pouco de confiança para os choques.

No restante do time, pela ala-direita, ainda que Nei esteja em melhor momento do que Bruno Silva, o uruguaio é o preferido para jogar fora de casa.

leandro.behs@zerohora.com.br

LEANDRO BEHS
Fonte: Zero Hora

Grêmio vence o Inter - SM



GRÊMIO
Acelerado, Maylson faz dois
Alvo de preocupação da direção, desta vez o meio-campo do Grêmio funcionou. Tanto que dois de seus componentes construíram a goleada por 3 a 0 sobre o Inter-SM, ontem, no Olímpico. O acelerado Maylson marcou duas vezes, e Fernando completou. Foi a nona vitória consecutiva do time de Silas.

A preocupação do técnico era desfazer a imagem ruim do jogo contra o Porto Alegre, que havia desencadeado as críticas do presidente Duda Kroeff e do diretor de futebol Luiz Onofre Meira. Pelo menos no quesito movimentação o objetivo foi atingido.

Muito disso se deve ao longilíneo Maylson. Promovido no final de 2007 por Mano Menezes, somente agora ele começa a desfrutar de sequência de jogos. Ontem, valeu-se de seu dinamismo para colaborar na marcação e participar de quase todas as jogadas de ataque do Grêmio. Duas delas resultaram em gol.

No primeiro, aos 40 minutos, em cruzamento de Jonas, Cleitão rebateu mal, Maylson dominou no peito e concluiu com força: 1 a 0.

O segundo, marcado aos 29 minutos da segunda etapa, começou com jogada iniciada por ele próprio. Depois de lançar Jonas, Maylson seguiu correndo, recebeu a devolução e completou com o gol vazio.

Douglas, que voltou ao time após ser preservado por desgaste físico, também contribuiu para ajustar o meio-campo. Após um primeiro tempo discreto, cresceu na fase final, com lançamentos precisos. Num deles, quase permitiu que Maylson marcasse seu terceiro gol no jogo.

O setor se completou com Ferdinando e Adilson. Encarregados da marcação, não comprometeram.

A aposta em garotos, que havia se configurado com Mário Fernandes, definitivamente fixado como zagueiro, Adilson e Maylson, completou-se com as opções que Silas buscou no banco de reservas no segundo tempo. E foi decisiva para fechar a goleada. Aos 43 minutos, Mithyuê cruzou da esquerda e Fernando, após girar, concluiu de pé direito: 3 a 0.

ZEROHORA.COM

Polícia de Porto AAlegre Recebe Prêmio

2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre recebe prêmio nacional de qualidade
14/03/2010 16:21


A 2ª Delegacia de Polícia (DP) de Porto Alegre conquistou prêmio nacional de qualidade, indicação feita pela Altus Aliança Global e pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESEC) durante evento internacional realizado dentro da III Semana de Visitas a Delegacias de Polícia que abrangem todo o país.

O prêmio faz parte de um projeto internacional organizado pela Altus e Aliança Global, em parceria com várias organizações policiais e da sociedade civil. A cerimônia de premiação acontece nesta terça-feira (16), durante o quarto encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em São Paulo, quando a 2ª Delegacia de Polícia será representada pela sua titular, delegada Adriana Regina da Costa.

A pesquisa – realizada em cinco Estados brasileiros e no Distrito Federal – estabeleceu um ranking das delegacias, do ponto de vista do atendimento ao cidadão. Foram analisadas 109 delegacias considerando aspectos como orientação à comunidade, condições materiais, tratamento igualitário, condições de detenção, transparência e prestação de conta.

A III Semana de Visitas a Delegacias de Polícia – que resultou no ranking – ocorreu entre os dias 26 e 30 de outubro de 2009. De acordo com a pesquisa, a 2ª DP de Porto Alegre foi escolhida como a segunda em qualidade de serviços no Brasil.

Fonte: Ascom PC

Palmeiras derruba o Santos


Palmeiras derruba o Santos em plena Vila Belmiro

Diego Souza, Robert (C), Cléber Xavier e Léo comemoram a vitória palmeirense
Crédito: PAULO PINTO / AE / CP
Diego Souza, Robert (C), Cléber Xavier e Léo comemoram a vitória palmeirense
Crédito: PAULO PINTO / AE / CP


O Palmeiras surpreendeu o Santos, ontem, na Vila Belmiro, pela 14ª rodada do Paulistão. A garotada do litoral paulista, que estava invicta há 12 jogos entre o Estadual e a Copa do Brasil (onde no meio de semana havia aplicado goleada de 10 a 0 no Naviraiense) acabou sendo batida pelo Verdão por 4 a 3.

O Santos chegou a abrir 2 a 0, com gols de Pará e Neymar. Os visitantes, porém, conseguiram virar, através de dois gols de Robert e um de Diego Souza. Os donos da casa voltaram a igualar com Madson. E, quase no final da partida, Robert decretou a vitória palmeirense. Mesmo assim, o Verdão permanece fora da zona de classificação às semifinais do Paulistão. Após a partida, Diego Souza disparou contra os rivais. "Tem que ter respeito sempre (com o adversário). Eles subestimaram a gente. A equipe do Santos vinha demolindo, destruindo, mas mostramos que temos talento", concluiu afirmou Diego Souza.

O Santos lidera o campeonato, com 32 pontos, seguido do Santo André, 30 pontos; São Paulo, 27 pontos, e Corinthians, 26 pontos.








--------------------------------------------------------------------------------

ESPORTES > esportes@correiodopovo.com.br

Comentário do Leitor

Marcele deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Médico Preso em Caxias do Sul":

Eu também conheço o médico pela sua competência em traumatologia especista em coluna. Pois se não fosse ele, meu marido talvez não estisse aqui. Só que tínhamos um nova cirurgia marcada para mês de Abril. Não quero que meu marido faça a cirurgia com outro médico. Começa e termina sempre com o mesmo profissional, essa é a regra. O lado clínico dele é espetacular. E tem outra questão: será que todas essas mulheres falam a verdade? Há muita ingênuidade em alguns depoimentos.



Postado por Marcele no blog Jornal Negritude em 14 de março de 2010 14:18

Assassino de Cartunista confessa Crime

Assassino do cartunista Glauco confessa crime em depoimento
Segundo Polícia Federal, universitário admitiu que arma que levava foi a usada no crime
Em depoimento à Polícia Federal (PF), na madrugada desta segunda-feira, o estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, confessou o assassinato do cartunista Glauco Villas Boas e de seu filho Raoni. Nunes foi preso no fim da noite de domingo em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Segundo a polícia, houve troca de tiros quando Nunes tentava fugir para o Paraguai em um carro roubado no estado de São Paulo. Um policial que estava de plantão na alfândega ficou ferido. Na perseguição, o suspeito conseguiu fugir, ficou desaparecido por mais de uma hora e tentou novamente atravessar a fronteira por volta da meia-noite. Com ele a polícia encontrou uma pistola, a mesma usada para matar o cartunista e o filho dele. O delegado da PF em Foz, José Alberto Iegas, disse que ele já confessou o crime.

O estudante foi autuado por tentativa de homicídio, por ter tentado matar um policial federal, e de acordo com o delegado, quem decidirá se ele permanece preso em Foz ou se será transferido para São Paulo, onde ocorreu o crime, será a Justiça Federal. O mais provável, conforme explicou Iegas, é que o suspeito seja transferido da sede da PF para uma delegacia de Foz do Iguaçu. Além da arma, ele portava pequena quantidade de maconha que disse ser para o seu próprio uso.

Ele ficou foragido por três dias e disse em depoimento à polícia que neste período ficou preparando sua fuga do país.

O universitário Felipe de Oliveira Iasi, de 23 anos, motorista do Gol cinza usado para levar o suspeito à casa do cartunista, se apresentou à Polícia Civil às 16h35 deste domingo.

O cartunista Glauco Villas Boas, de 53 anos, e seu filho Raoni, de 25 anos, foram mortos na sexta-feira em casa na estrada Alpina, no Jardim Santa Fé, em Osasco, na Grande São Paulo. O enterro ocorreu no sábado.


Fonte: Agência Brasil

Jogos do Glória de Vacaria RS


Confira os jogos do Leão na Primeira Fase da Segundona deste ano:

1º Turno
31/01 - 16:30 - Cerâmica 0 x 0 Glória
03/02 - 18:30 - Glória 2 x 0 Aimoré
07/02Transferido para 03/03) - 16:30 - Brasil-Far 1 x 1 Glória
11/02 - 17:00 - Cruzeiro-PA 0 x 0 Glória
13/02 - 19:00 - Glória 2 x 1 Lajeadense
21/02 - 16:00 - Glória 4 x 1 Sapucaiense
24/02 - 20:30 - Garibaldi 2 x 2 Glória
28/02 - 16:00 - Glória 3 x 0 Guarani-VA

2º Turno
07/03 - 15:30 - Guarani-VA 0 x 1 Glória
10/03 - 20:30 - Glória 1 x 0 Garibaldi
14/03 - 15:30 - Sapucaiense 1 x 2 Glória
21/03 - 15:30 - Lajeadense x Glória
24/03 - 20:30 - Glória x Cruzeiro-PA
28/03 - 15:30 - Glória x Brasil-Far
31/03 - 20:30 - Aimoré x Glória
04/04 - 15:30 - Glória x Cerâmica

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/gloriadevacaria

por Neto Ferreira - netoferreira@gloriadevacaria.com.br

Encontrado do Jovem em Vacaria RS


Encontrado corpo de rapaz desaparecido


A Polícia Civil de Vacaria continua investigando os motivos e quem são os responsáveis pelo assassinato do jovem Tiago Moraes de Barros, 19 anos, que residia no bairro Kennedy e cujo corpo foi encontrado por volta das 9h30min desse sábado, dia 13, em baixo de um pinheiro na entrada das antigas instalações do Patronato, cerca de 4km onde foi achado o seu carro.

Conforme informações, o rosto de Tiago estava bastante machucado o que leva a crer que ele foi atingido várias vezes no mesmo local.

O automóvel VW Voyage de cor verde escura de Tiago foi encontrado pela Brigada Militar ainda na madrugada de sexta-feira, dia 12, sem o aparelho de som e DVD nas margens da Perimetral Norte, próximo a uma lavoura de soja.

Na oportunidade, os policiais encontraram também o que pode ser marcas de sangue no veículo e algumas peças de roupas de Tiago que estavam espalhadas pelo local onde o veículo foi encontrado.

Tiago que trabalhava como frentista no Posto Saara, no bairro Petrópolis, era filho de Luis Antonio Antunes de Barros e Sandra Maria dos Santos Moraes que havia comunicado a PC que na noite de quinta-feira, dia 11, até às 23h ele estava em casa.

Na foto, o local onde o corpo do jovem Tiago Moraes de Barros foi encontrado, inclusive com marcas de sangue dando conta que ele foi arrastado por cerca de 3 metros.


Data: 14/03/2010 - 22:43
Fonte: Adelar Gonçalves/Rádio Esmeralda FM - 93,1

Acampamento Cultural Afro

Segue em anexo programação do evento - Stênio Rodrigues
X Acampamento Regional de Cultura Afro



“Luta e resistência contra todo e qualquer tipo de discriminação e preconceito!”



18 a 21 de março de 2010

Galpão Crioulo – Camping Municipal

São Lourenço do Sul

Rio Grande do Sul



O X Acampamento Regional de Cultura Afro trabalhará propostas de projetos que partam dos princípios civilizatórios negros, na leitura dos diversos processos sociais, políticos, econômicos, culturais, educacionais e ambientais. Servirá também para aglutinar entidades e grupos dos municípios da Região Sul, bem como do estado e do Brasil. Tendo como principal objetivo: integrar, fomentar e resgatar a cultura afro, valorizando e estimulando os grupos existentes entre municípios da região do estado e do Brasil.


Realização:

AMOPOCUA

Associação Movimento Popular de Cultura Afro

Região Sul/RS














Objetivo Geral:

Trabalhar a articulação de propostas que partam dos princípios civilizatórios negros na releitura dos diferentes processos sociais, políticos, econômicos, religiosos, culturais, educacionais e ambientais.



Objetivos Específicos:

- Socializar experiências nas diversas áreas de conhecimento das comunidades negras;

- Integrar, resgatar e fomentar a cultura afro regional, valorizando os grupos culturais e suas expressões;

- Reafirmar a identidade afro-brasileira a partir da matriz africana;

- Realizar debates sobre a saúde da população negra com gestores do SUS, gestores municipais de políticas afirmativas e de igualdade racial, movimento popular e movimento negro;

- Destacar a importância da luta dos negros na conquista dos seus direitos fundamentais e nos espaços de poder;

- Debater estratégias de efetivação da lei 10.639 que trata da obrigatoriedade do ensino da história e cultura afro brasileira nos ensinos de nível fundamental, médio e de terceiro grau;

- elaborar documento político com as principais demandas e bandeiras de luta do Movimento Negro para o próximo período a ser apresentado e discutido com os vários candidatos ao Governo do Estado e Governo Federal;

- Construir coletivamente o calendário de ações do movimento Negro para o ano de 2010;

- Discutir a importância de candidaturas negras para todos os espaços do legislativo e a participação do Negro no executivo e no judiciário;

- O Negro e as instâncias de participação popular enquanto espaço de exercício de cidadania e poder;

- Construir coletivamente a pauta, conteúdos, forma, abrangência e uma coordenação no sentido da construção do evento de 2011, com caráter nacional;



Justificativa



Nos últimos anos, a luta dos afro-gaúchos pelo reconhecimento pleno de sua cidadania, cultura e religião avançou significativamente, resultado da sua organização nas comunidades afros, juntamente com segmentos da sociedade que se somaram aos negros na luta contra a discriminação.

As pesquisas e estatísticas mostram que 70% das pessoas que moram no entorno e áreas mais distantes das cidades brasileiras são descendentes de escravos africanos, provando que a situação da população negra ainda está longe de atingir qualidade de vida.

Esta situação desvaloriza, e produz um sentimento de baixa auto-estima do povo negro, que sem acesso aos principais bens de consumo, de lazer, cultura, educação, saúde, seguridade social, terra, habitação, emprego, alimentação tem sua cidadania desrespeitada, o que reforça a violência a qual sofre produzida pela sociedade e pelo Estado.

Outro fator que evidencia tal desvalorização da cultura negra é a omissão da história quanto à contribuição dos escravos para a formação das riquezas e do desenvolvimento do Brasil no currículo escolar, criando estereótipos pejorativos, invisibilizando sua contribuição, inclusive o seu desempenho e importância nas guerras contra os diversos invasores do nosso território. Também, nas guerras internas de interesse dos senhores do poder. Certamente que essa invisibilidade ofusca os referenciais de valor e reconhecimento da identidade negra de nossa nação.

Assim, a realização deste acampamento torna-se imprescindível para o resgate e fortalecimento da identidade e cultura negra, nos mais diversos aspectos, enfocando a cultura regional, do estado como instrumento das definições de políticas públicas.


Dados do Evento



Evento: X Acampamento de Cultura Afro (Concurso: Pérola Negra Sul / RS

10º/2010, Mais Belo e Criativo Traje Afro, Pérola Negra Mirim e Diamante Negro e outras atividades culturais).

Público Alvo: Movimentos Sociais, Movimento Negro, Movimento Popular / Comunidades em Geral, trabalhadores, sindicatos, estudantes, gestores públicos, ministério público, religiosos dos diversos credos.

Abrangência: Local / Regional / Estadual



Apoio: Prefeitura Municipal de São Lourenço do Sul – Casa de Cultura,

Instituto de Assessoria as comunidades Remanescentes de quilombo – IACOREQ;

União de Negros pela Igualdade – UNEGRO;

Movimento Quilombista Contemporâneo

Inscrição Gratuita

Programação

18-03-2010 (quinta-feira)

16 horas recepção e inscrição dos participantes

18h30min – ABERTURA OFICIAL

19h40min - Atividade artística

Encerramento



19-03-2010 (Sexta-feira)

8h40min - Atividade artística

Coordenação de mesa:



8h40min Mesa 1 – O Papel da Auditoria do SUS na relação com os movimentos sociais e a efetivação da PNISPN (Política Nacional Integral de Saúde da População Negra)

ASSEDISA – Associação dos Secretários e Assessores de Saúde do RS – Local a confirmar

Conselho Estadual de Saúde – a confirmar

Conselho Municipal de Saúde de Pelotas

Conselho Municipal de Saúde de Rio Grande

Conselho Municipal de Saúde de São Lourenço do Sul

10h30min – Intervalo

10h40min - Coordenação de Articulação Operacional dos Direitos Humanos do Ministério Público Estadual

Representação do Movimento Negro local

11h20min - Abertura para debates

12h 20min – Intervalo para almoço

13h40min – atividade artística



13h55min - Mesa 2 – Audiência Pública: O Papel da CECAD na relação com os movimentos sociais e a efetivação da Lei 10.639/2003

Fórum Estadual de Educação

Associação dos Secretários e Secretárias Municipais de Educação do RS

Secretaria Estadual de Educação

15h20min – Intervalo

15h40min - Conselho Estadual de Educação

Coordenação de Articulação Operacional dos Direitos Humanos do Ministério Público Estadual

16h10min – - Abertura para debates

17h30min – Encerramento da atividade

18h30min – Plenária:

Balanço e perspectivas das Políticas Afirmativas: pensando a agenda e pactuando a política do Movimento Negro para o ano de 2010 e a partir de 2011.

20h30min – Jantar

Atividades culturais

20/03/2010 (Sábado)

8h20min – Atividade artística/cultural



8h40min – Mesa 3 Cosmovisão e a integralidade do ser, o conceito ampliado de Saúde, educação, cultural, religião, fitoterapia:

Capoeira

dança

religiões de matriz africana

APN

fitoterapia (o uso das ervas)

10h30min – Intervalo

10h40min – O papel dos clubes negros na promoção da cultura, saúde e educação

11h10min – Debates e proposições

12h – Almoço

13h20min – Atividade cultural

13h40min – Mesa 4

13h40min - Tradicionalismo gaúcho, o samba, o carnaval, o hip hop, ensaio de reza de promessa e o Negro

1 – Ensaio de Reza de Promessa - Comunidade Quilombola de Casca

14h – Mov. Tradicionalista Gaúcho

14h15min – O samba

14h30min – O Carnaval

14h45min – O Hip hop

15h – Debates

15h40min – Intervalo e encerramento da mesa 4

15h45min - O Movimento Negro no cenário Nacional e Internacional, fortalecendo laços construindo estratégias: Balanço e perspectivas pensando a organização do evento 2011.



17h – Leitura do documento com definição de representação para organização e realização do evento 2011 e demais encaminhamentos políticos resultantes

18h – Avaliação

19h - Encerramento

20h – Jantar e atividades culturais

* (Rede hoteleira local conta com mais de 2.880 leitos e o camping para aqueles (as) que queiram acampar (gratuito), com insfra-estrutura, churrasqueira, luz, praia, banheiros, chuveiros, bar).

** Trazer utensílios de uso pessoal (roupa de cama, barraca, toalha, talheres, pratos,

Dia 21/03

9 horas – Mesa de abertura

Atividades culturais

17h - Encerramento

Ruy Carlos Ostermann


A diferença do discurso
Ruy Carlos Ostermann

Estive esta semana em Florianópolis e Tubarão para duas palestras, também chamadas de conferências ou bate-bapos, no ofício que me mandaram com o convite e detalhes chamaram até de aula magna. Tudo é a mesma coisa, isso é um momento privilegiado em que devo assumir minha estatura, meus braços e pernas, não curvar as costas, ajustar os óculos e falar.


Nada pode ser muito prevenido, o máximo que se faz nessas circunstâncias é delimitar o campo dos discursos. Também se trata disso, de um discurso. Nada é mais individual, próprio de uma pessoa, o que sai como fala é o que vem de dentro e é reelaborado como pensamento e diz respeito ao que está geralmente escondido.


Não se faz um discurso sem antes reparar em todos os olhares, as posições de quem está sentado, e é indispensável perceber algum tipo de satisfação prévia. A suspeita de um sorriso. Ou, enfim, simples curiosidade. Mas é o que basta.


Devo ter feito dois discursos e, embora pensasse em reproduzir um só nas duas universidades, tinha certeza de que seria impossível. Porque não era o mesmo lugar, as mesmas pessoas, a luz do alto, a janela do lado, e eu mesmo já seria outro. Pouco vale o esforço de ser igual porque não há como. O fato mais extraordinário da vida, de um discurso a outro que seja, é que continuamos sendo diferentes. Ainda bem.