Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Capão da Canoa

Brigada Militar simula atendimento a ocorrência com refém em Capão da Canoa
04/01/2010 16:30


Nesta terça-feira (5) em Capão da Canoa, será realizada pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) da Brigada Militar uma simulação de atendimento a ocorrência envolvendo refém. O evento acontece na esplanada defronte ao Baronda, a partir das 9h30min, com uma demonstração de vôo de observação tática pelo helicóptero do Grupamento de Polícia Militar Aéreo (GPMA).

Às 10 horas será realizado o exercício de assalto tático que, pelas características de precisão e agilidade, não demorará mais do que 10 minutos. A simulação demonstrará uma ocorrência em que um criminoso toma um refém após tentativa frustrada de assalto a transporte coletivo. A Brigada Militar irá até o local do fato contando com viaturas de policiamento ostensivo para conter, isolar e estabilizar o cenário da crise, viaturas do Corpo de Bombeiros para resgate e combate a incêndio, equipes de apoio, de informações, o GATE e outros órgãos apoiadores. Após exaustivas negociações, constata-se que a alternativa mais indicada para a situação é o assalto tático com uso do GATE, para neutralizar a ação do criminoso e resgatar a vítima a integridade física preservada. O GATE fará o assalto tático com apoio de um atirador de precisão, estrategicamente postado em local elevado e com boa visão do local da crise, para prestar a segurança da equipe durante a aproximação do veículo, e também em condições de fazer um disparo de precisão, se necessário. Para o exercício, serão utilizadas táticas e técnicas baseadas nas mais modernas doutrinas nacionais e internacionais de atendimento a ocorrências de crises, onde exista grave ameaça à vida e à perturbação da ordem pública.

O exercício têm o objetivo de demonstrar o preparo do efetivo da Brigada Militar para o atendimento de ocorrências de alto risco, no litoral e em todo Estado.

Fonte: PM5-Imprensa/BM

Destaque do Dia





Fotos: Palácio Piratini

Imagens da Internet


Imagens da Internet


Destaque do Dia



Fotos: Palácio Piratini

Reforma no Piratini


Destaques do Dia
Reforma do Palácio Piratini
Imagem do salão Negrinho do Pastoreio, que passará por reformas nos próximos meses.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 04/01/2010
Foto: Jefferson Bernardes / Palácio Piratini
Código: 32997

Yeda Crusius reúne-se com a Força Tarefa do Sistema Prisional
A Governadora Yeda Crusius, durante reunião com integrantes da Força Tarefa do Sistema Prisional, em seu Gabinete, no Palácio Piratini.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 04/01/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 33000

Reforma do Palácio Piratini
Imagem do salão Negrinho do Pastoreio, que passará por reformas nos próximos meses.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 04/01/2010
Foto: Jefferson Bernardes / Palácio Piratini
Código: 32999

Yeda Crusius reúne-se com a Força Tarefa do Sistema Prisional
A Governadora Yeda Crusius, durante reunião com integrantes da Força Tarefa do Sistema Prisional, em seu Gabinete, no Palácio Piratini.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 04/01/2010
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 33001

Notícias da Prefeitura de Porto Alegre RS


Notícias


A MANCHETE
De porta em porta, agentes ensinam a eliminar o mosquito da dengue
DESTAQUES
Feira do Material Escolar abre em 27 de janeiro
Tempo instável até sexta, com risco de chuva forte
Caminhadas de verão pela Capital
Quase 130 mil estudantes e professores devem renovar cartão TRI
Safra de uva e ameixa deve chegar a 500 toneladas
EVENTOS
Atividades gratuitas para quem ficou em Porto Alegre
Stand Up na versão drama é atração no Porto Verão Alegre
MAIS SERVIÇOS
Notificado proprietário de prédio na João Pessoa
Smam limpa espelho de água da Redenção
PREVISÃO DO TEMPO
Confira a previsão do tempo desta quarta-feira, dia 6
TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite



Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias

A MANCHETE
De porta em porta, agentes ensinam a eliminar o mosquito da dengue
A regra é clara: não deixar água parada. Para tanto, é necessário retirar pratos dos vasos de plantas ou enchê-los até a borda com areia, eliminar latas, garrafas, embalagens e pneus jogados no pátio, colocar telas milimétricas (malha de 1mm entre nós) nos ralos e limpar calhas. Essas orientações estão sendo repassadas pelos agentes a moradores dos bairros Petrópolis, Bom Jesus, Partenon, Cavalhada, Jardim Itu-Sabará e Menino Deus. Leia mais...


DESTAQUES
Caminhadas de verão pela Capital
Com a cidade mais deserta, em janeiro e fevereiro, os porto-alegrenses podem conhecer melhor atrativos históricos e tradicionais da Capital em quatro edições do Viva o Centro a Pé. A primeira está marcada para sábado, 9, e inclui visita interna e externa à Catedral Metropolitana. Também estão no roteiro o Museu Júlio de Castilhos, Palácio Piratini e Theatro São Pedro. Os passeios ocorrem sempre aos sábados, com saída às 10h, cada vez de uma unidade diferente do Serviço de Atenção ao Turista. Leia mais...


Feira do Material Escolar abre em 27 de janeiro
A feira que serve como sinalizador dos preços de material escolar praticados no mercado funcionará de 27 de janeiro a 6 de março. As cestas básicas para o ensino fundamental e médio estarão com preços populares. "Muitas empresas também participam da feira, adquirindo cestas básicas para contemplar filhos de funcionários", informa o secretário da Smic, Idenir Cecchim. O local estará aberto de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h30, e, aos sábados, das 8h30 às 16h30, no térreo do Mercado Público. Leia mais...


Quase 130 mil estudantes e professores devem renovar cartão TRI
Já pode ser renovado o cartão TRI escolar, que garante desconto de 50% no valor da tarifa de ônibus. Mais de 128 mil estudantes e professores obtiveram o benefício no ano passado. Para revalidar, os usuários devem fornecer ao seu posto de recarga o atestado escolar e comprovante de matrícula 2010. Já os professores devem apresentar cópia da identidade profissional e comprovar o não-recebimento de vale-transporte por meio do contracheque. Veja as entidades representativas Leia mais...


Tempo instável até sexta, com risco de chuva forte
O sol aparecerá entre nuvens amanhã, 6, mas haverá períodos de maior nebulosidade. Como o ar estará muito quente e abafado, com máxima entre 31ºC e 33ºC, há o risco de chuva forte e mesmo de temporal. Já na quinta-feira, 7, a nebulosidade predomina e chove no decorrer do dia. Na sexta-feira, 8, o quadro de instabilidade permanece, podendo haver chuva durante o período. Leia mais...


Safra de uva e ameixa deve chegar a 500 toneladas
Começou hoje a colheita das duas frutas na Capital, marcando o início da festa que comemora as safras. Um primeiro cacho de uva e uma ameixa foram retirados da propriedade de Luis Betio, no bairro Hípica. A expectativa dos produtores é colher cerca de 200 toneladas de uva e 300 de ameixa. Nos dias 9, 10, 16 e 17 de janeiro, as frutas serão vendidas na festa a ser aberta ao público das 9h às 20h, no Centro de Eventos Vila Nova (avenida João Salomoni, 2637). Porto-alegrenses também poderão comprar os produtos em bancas no Largo Glênio Peres. Leia mais...




EVENTOS
Atividades gratuitas para quem ficou em Porto Alegre
Quem está passando o verão na Capital e não quer ficar parado pode aproveitar uma programação gratuita de esporte e lazer. São jogos esportivos, ginástica, alongamento, dança, caminhada orientada e banhos de piscina. Confira a programação Leia mais...


Stand Up na versão drama é atração no Porto Verão Alegre
Em contrapartida ao “Stand Up Comedy”, surgiu a ideia do espetáculo teatral "Stand Up Drama", a ser apresentado nos dias 15, 16 e 17 de janeiro, às 21h, no Auditório Álvaro Moreyra. Com duração de uma hora, os atores contam, em pé, tristes histórias baseadas nos textos de Paul Auster e Mario Benedetti. Leia mais...


MAIS SERVIÇOS
Smam limpa espelho de água da Redenção
Já com o local sem água, a Smam começou hoje, 5, a limpeza do lodo depositado no fundo. “O espelho de água do passeio central cria depósitos de matéria orgânica no fundo, resultado da decomposição das folhas que caem. Quando essa matéria sobe e começa a boiar na superfície da água, é o momento de esvaziá-lo e remover o lodo”, explica o titular da Smam, Professor Garcia. Oito funcionários fazem o serviço, com o auxílio de trator, puxadores e carreta agrícola. Até sexta-feira, 8, esse trabalho deverá ser concluído e começará a recarga de água. Leia mais...


Notificado proprietário de prédio na João Pessoa
Técnicos da Smov fizeram vistoria hoje no prédio situado na avenida João Pessoa, 1200, onde houve queda de um reboco que estava no beiral do telhado. O material, feito de argamassa e gesso, segundo o código de edificações, não é uma marquise. Trata-se de um beiral, prolongamento do telhado que sobressai das paredes externas e acomoda calhas para escoamento de água das chuvas. A Smov emitiu notificação ao proprietário do prédio e aguarda apresentação de um laudo de estabilidade estrutural da fachada. Leia mais...


PREVISÃO DO TEMPO
Confira a previsão do tempo desta quarta-feira, dia 6
(Clique aqui)


TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
(Clique aqui)




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA

Caso Becker

Polícia Civil divulga trabalho de investigação no caso Becker
05/01/2010 18:17


O delegado Rodrigo Bozzeto, da Delegacia de Polícia de Investigação de Homicídios e Desaparecidos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), e os inspetores Gustavo Germano da Silva Fleury, Rubens Francisco Costa Dias e Tiago Selensky Teixeira, formaram a equipe de investigação que cuidou exclusivamente do inquérito e indiciou os responsáveis pelo homicídio do médico Marco Antônio Becker. O homicídio ocorreu no dia 04 de dezembro de 2008 na Rua Ramiro Barcelos, bairro Floresta, em Porto Alegre. O delegado e a equipe de investigação receberam a imprensa na tarde desta terça-feira (05) para uma entrevista coletiva, no Palácio da Polícia, em Porto Alegre.

Na coletiva, que contou com a presença do delegado Guilherme Yates Wondracek, titular da Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas e, representando o diretor do DEIC, delegado Ranolfo Vieira Júnior, o delegado Bozzeto, presidente do inquérito, apresentou à Imprensa detalhes da investigação, a conclusão do caso e todo o trabalho realizado durante o ano de 2009.

Na ocasião, o delegado Bozzeto agradeceu aos policiais da Delegacia de Homicídios, ao titular da Delegacia de Homicídios, delegado Bolívar Llantada, aos policiais da Delegacia de Roca Sales, Ministério Público, cartorários da 1ª Vara do Júri de Porto Alegre, ao chefe de Polícia, delegado João Paulo Martins e ao diretor do DEIC, delegado Ranolfo Vieira Júnior pela confiança no trabalho de investigação da equipe. Agradeceu ainda o delegado Omar Sena Abud, que auxiliou com uma força tarefa, no inicio das investigações.

Segundo o delegado Bozzeto, no inquérito, que possui mais de quatro mil páginas, foram ouvidas 132 pessoas, existem 20 CDs de áudio, nove CDs de imagens, 300 mil cruzamentos de dados telefônicos, que foram possíveis com o auxilio do Serviço de Inteligência da Secretária de Segurança Pública, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, solicitadas 43 representações ao Poder Judiciário por quebra de sigilo, 26 interceptações telefônicas e 75 quebras de sigilo telefônico.

Foram indiciados pela Polícia Civil, Bayard Olle Fisher Santos, Juraci Oliveira da Silva, Anderson Roberto Farias Bones, Michael Noroaldo Garcia Câmara, Paulo Roberto da Silva Caldeira e Moisés Gugel.

Fonte: Ascom PC

Destaque do Dia




Destaques do Dia
Yeda Crusius vistoria áreas atingidas por chuvas e acompanha resgate de vítimas na RSC-287
A Governadora Yeda Crusius (E) e o prefeito de Santa Maria, Cezar Schirmer vistoriam os estragos causados na queda de uma ponte sobre o Rio Jacuí, na RSC-287, no limite entre Agudo e Restinga Seca, na Região Central, à 241km de Porto Alegre. A Base Aérea de Santa Maria confirmou pelo menos sete mortes. Cerca de 30 pessoas teriam caído na água, no momento da queda da ponte.

Local: Agudo - RS
Data: 05/01/2010
Foto: Jefferson Bernardes / Palácio Piratini
Código: 33011

Verão Legal RS 2010 - Gate realiza ação simulada em Capão da Canoa
O Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) da Brigada Militar (BM) realiza, ao lado das Casas de Governo do Rio Grande do Sul, ação simulada de resgate de uma vítima de sequestro em um ônibus.


Local: Capão da Canoa - RS
Data: 05/01/2010
Foto: Linei Zago / Palácio Piratini
Código: 33005

Defesa Civil faz buscas a desaparecidos na RSC-287
Integrantes da Defesa Civil fazem buscas aos desaparecidos apos estragos causados na queda de uma ponte sobre o Rio Jacuí, na RSC-287, no limite entre Agudo e Restinga Seca, na Região Central do RS, à 241km de Porto Alegre. A Base Aérea de Santa Maria confirmou pelo menos sete mortes. Cerca de 30 pessoas teriam caído na água no momento da queda da ponte.

Local: Agudo - RS
Data: 05/01/2010
Foto: Jefferson Bernardes / Palácio Piratini
Código: 33012

Verão Legal RS 2010 - JUCERGS em Capão da Canoa
O Governo do Estado, através da Junta Comercial do Rio Grande do Sul (Jucergs) localizado na Casa de Governo Cinza, em Capão da Canoa, está levando serviços aos moradores e veranistas do litoral norte do RS.

Local: Capão da Canoa - RS
Data: 05/01/2010
Foto: Linei Zago / Palácio Piratini
Código: 33009

Defesa Civil e grupos de salvamento fazem buscas a desaparecidos na RSC-287
Integrantes da Defesa Civil e diversos grupos de salvamento fazem buscas aos desaparecidos após os estragos causados na queda de uma ponte sobre o Rio Jacuí, na RSC-287, no limite entre Agudo e Restinga Seca, na Região Central do RS, à 241km de Porto Alegre. A Base Aérea de Santa Maria confirmou pelo menos sete mortes. Cerca de 30 pessoas teriam caído na água no momento da queda da ponte.

Local: Agudo - RS
Data: 05/01/2010
Foto: Jefferson Bernardes / Palácio Piratini
Código: 33013

Crise Militar

Carta O Berro..........................................repassem



por Luiz Carlos Azenha

A "crise militar" anunciada pelos jornalões deveria ser utilizada, de forma didática, como um exemplo do uso da desinformação com objetivos políticos.

Diz mais sobre a falta de qualidade dos jornais brasileiros e do uso deles para objetivos políticos do que sobre os assuntos que teriam "gerado" a crise.

Comecemos pelo começo.

O Programa Nacional de Direitos Humanos foi criado pelo presidente Fernando Henrique Cardoso quando -- ironia das ironias -- o ministro da Justiça era Nelson Jobim. Veja aqui.

Desde então aconteceram 11 conferências nacionais de Direitos Humanos. A décima primeira aconteceu em 2008. As conferencias nacionais de Direitos Humanos reúnem militantes da sociedade civil e representantes das diferentes esferas do governo. As conferências produzem resoluções aprovadas em votações. Essas resoluções podemOU NÃO resultar em projetos de lei patrocinados pelo Executivo. Projetos que tramitam como quaisquer outros no Congresso Nacional. Podem OU NÃO ser aprovados.

Aqui você pode saber quais foram as resoluções da mais recente conferência.

Como mostrou o Paulo Henrique Amorim, com a exposição de um vídeo, durante a conferência mais recente foi aprovada, por 29 votos a 2, a proposta de se formar uma Comissão Nacional de Verdade e Justiça.

Trata-se, portanto, apenas de uma proposta. Que poderá ou não ser adotada pelo Executivo brasileiro.

Uma proposta aprovada por 29 votos da sociedade civil:



Contra dois votos de representantes do Ministério da Defesa:


Feito isso, o presidente da República e a ministra Dilma Rousseff participaram do lançamento do Plano Nacional de Direitos Humanos, em sua terceira versão (lembrem-se, a primeira versão é do governo FHC).

Como constatou o colunista Janio de Freitas, da Folha de S. Paulo, a reação de desconforto dos chefes militares se deu depois do evento. Eles foram acompanhados pelo ministro Nelson Jobim. Estamos falando, até agora, de meras propostas aprovadas pela sociedade civil.

Mas, estranhamente, os jornais brasileiros descobrem o assunto AO MESMO TEMPO, na semana seguinte à crise, como notou Janio de Freitas.

Todos noticiaram o assunto com destaque, NO MESMO DIA:


Estadão, primeira página


O Globo, primeira página


Folha, página 3

Os textos dos três jornais estão repletos de informações falsas, deturpadas, incompletas ou que dão pernas a opiniões desinformadas.

Exemplos:

Na Folha, a reportagem assinada pela musa do alerta amarelo, aquela que sugeriu a todos os brasileiros, indiscriminadamente, que zarpassem para o posto de saúde mais próximo para tomar vacina contra a febre amarela, quando a vacina tem contra-indicações e NÃO PODE SER TOMADA POR TODOS -- a Eliane Cantanhêde -- diz que os militares "imaginam que o resultado dessas propostas seja a depredação ou até a invasão de instalações militares que supostamente tenham abrigado atos de tortura e não admitem o contrangimento da retirada de nomes de altos oficiais de avenidas pelo país afora".

Ora, a Folha não explica ao leitores o que é o Programa Nacional de Direitos Humanos, nem o que é a Conferência Nacional de Direitos Humanos, nem que as propostas da conferência são meramente propositivas. Dá pernas à teoria da "depredação" de instalações militares, completamente absurda.

O Globo, por sua vez, cita apenas um parlamentar: Raul Jungmann, do PPS-PE, aliado de Nelson Jobim e de José Serra:

"Ele chamou para si a crise e fez prevalecer sua autoridade -- disse Jungmann", diz o jornal carioca, atribuindo a crise ao ministro da Secretaria de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, que segundo o jornal "se confirmada a decisão de Lula de rever o decreto", "sai enfraquecido". É importante registrar que o decreto de Lula institui o Programa Nacional de Direitos Humanos SEM DEFINIR quais serão as propostas efetivamente apoiadas pelo Executivo. Portanto, não se pode falar em "recuo" de Lula: o presidente da República ainda não definiu os projetos que apresentará com base nos resultados da décima primeira Conferência Nacional dos Direitos Humanos.

Finalmente, chegamos ao Estadão: "Projeto muda Lei de Anistia e Jobim ameaça se demitir", diz a manchete de primeira página, factualmente errada.

Não existe projeto mudando a lei de Anistia. O alcance da Lei de Anistia, de 1979, será julgado pelo Supremo Tribunal Federal. Leia aqui para entender.

O texto de primeira página do Estadão é falso:

O Programa Nacional de Direitos Humanos, que prevê a criação de uma comissão especial para revogar a Lei de Anistia de 1979, provocou uma crise militar.

Não é verdade que o PNDH-3 proponha a revogação da Lei de Anistia. O PNDH-3 contém uma proposta para a criação de uma Comissão da Verdade que, dependendo dos poderes atribuídos a ela, em tese poderia sugerir à Justiça a investigação e indiciamento de agentes públicos acusados de tortura, por exemplo. Mas ANTES seria preciso esperar a decisão do STF sobre o alcance da Lei de Anistia de 1979 e a decisão do Congresso EFETIVAMENTE criando a comissão da verdade e dando a elaPODERES REAIS de investigação. Notaram as nuances simplesmente desprezadas pelo Estadão?

No dia seguinte, tentando dar pernas à crise, o Estadão publica um editorial em que repete a mesma lógica de 1964, dizendo que o Programa Nacional de Direitos Humanos ameaça promover "uma nova e mais perniciosa divisão política e ideológica da família brasileira".

Patético, para dizer o mínimo.

Disso tudo, concluo:

1. Que os jornalões brasileiros, como denunciamos faz tempo, cumprem funções propagandísticas: foram incapazes de "perceber" a crise militar, de "investigar" a crise militar e noticiaram a "crise militar" com alguns dias de atraso, AO MESMO TEMPO, alimentados sabe-se-lá por quem.

2. Que os jornalões brasileiros, no mínimo, são incapazes de lidar com os fatos; no máximo, servem a uma campanha de desinfomação.

3. Que quem semeia a crise no mínimo acredita em uma solução "por cima" da sociedade civil brasileira; que quem semeia a crise ou está no comando dos quartéis e não dispõe de apoio na sociedade civil ou vai bater às portas dos quartéis por falta de eleitores, no mínimo para derrubar ou enfraquecer os ministros Tarso Genro e Paulo Vannuchi e no máximo para atingir a "terrorista" Dilma como "dano colateral".

Mas o episódio nos diz mais.

Revela a contínua incapacidade dos chefes militares de lidar com decisões tomadas publicamente, com participação de representantes da sociedade civil, pelo placar acachapante de 29 a 2, ainda que essa propostas sejam meramente indicativas, sem poder legal. É a democracia sem povo.

Revela também, pelo conteúdo dos comentários que o Viomundo aprovou nas últimas horas, a existência de um grupo de comentaristas conservadores que está disposto a defender a tortura como ferramenta oficial do Estado brasileiro, ainda que a tortura fosse ilegal PELA LEGISLAÇÃO ARBITRÁRIA dos regimes militares brasileiros.

Prefiro atribuir isso ao desespero da direita brasileira com a simples possibilidade de perder mais uma eleição no ano que vem.

Feliz 2010 a todos!

http://www.viomundo.com.br/opiniao/o-que-a-crise-militar-nos-diz-sobre-os-jornaloes-e-sobre-o-brasil/



--------------------------------------------------------------------------------



Nenhum vírus encontrado nessa mensagem recebida.
Verificado por AVG - www.avgbrasil.com.br
Versão: 8.5.431 / Banco de dados de vírus: 270.14.123/2595 - Data de Lançamento: 12/31/09 08:52:00


-----Anexo incorporado-----


_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro