Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Jornal Negritude nº 02



Jornal Negrtude nº 02



Comentário do Leitor

Senhor Paulo meus parabêns pois este jornal é um dos meios de comunicações
em que o povo fica sabendo a verdade e podemos dar a nossa opinião.
Aqui vai alguns topicos da pouca vergonha da administração do PT.

-CORTE DE HORAS EXTRAS DOS FUNCIONÁRIOS.
SERÁ PARA AUMENTAR O SALÁRIO DOS CARGOS DE CONFIANÇA

-APENADOS RECEBEM EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO, LUVAS, BOTAS E OUTROS EQUIPAMENTOS
O FUNCIONARIO VAI USANDO A ROUPA QUE TEM EM CASA,QUEM SABE GANHE DA CAPANHA DO AGASALHO.

-MEDICOS ATENDEM MAU NOS POSTOS DE SAUDE
O POVO É ATENDIDO COM CARA DE NOJO PELO MEDICO.

-SUS NÃO PAGA ALGUNS EXAMES E FUNCIONÁRIOS LEVAM BRONCA DO PREFEITO.
O PREFEITO NÃO PROCURA VER A VERDADE DOS FATOS E JÁ CHEGA MIJANDO.

-ODONTOLOGOS BATE O RECORDE DE BOM ATENDIMENTO NOS POSTOS DE SAÚDE,< br />E SÃO POUCO VALORIZADO.

-SECRETÁRIO ADJUNTO DE OBRAS NICO, FAZ DE TUDO PARA PREJUDICAR OS FUNCIONÁRIOS.
QUEM NÃO CONHECE ELE TRABALHAVA (ATRAPALHAVA) DE FISCAL NA ADMINISTRAÇÃO SUSIN.
AQUELE QUE GOSTAVA DE MULTAR OS VENDEDORES ABULANTES NORDESTINOS EQUANTO OS
PEIXES GRANDE PASSAVA BATIDO.

UM ABRAÇO FELIPE

Jornal Negritude nº 02



Jornal Negritude nº 01



Jornal Negritude nº 01

Jornal Negritude nº 01





O começo de todo o nosso Brasil

Dia da Consciência Negra



Dia da Consciência Negra
Taís Araújo e Camila Pitanga festejam o espaço maior dos negros na TV


Foi-se o tempo em que os negros apareciam na TV brasileira apenas como escravos em novelas de época. Hoje, atores e também apresentadores da raça negra ocupam espaço bem mais significativo na programação. O Sessão Extra fez um levantamento e encontrou 44 deles em programas de destaque atualmente. Às vésperas do Dia Nacional da Consciência Negra, festejado amanhã, a mudança é motivo de comemoração para Taís Araújo, primeira negra a protagonizar uma novela das oito, “Viver a vida”, e principal ícone dessa transformação.

— Claro que o país é preconceituoso na sua essência, mas tem melhorado muito e isso não pode ser ignorado — afirma a atriz: — Já é um passo significativo o fato de hoje eu estar fazendo a Helena do Manoel Carlos, uma coisa com a qual eu sonhava. E não falo no sentido figurado, eu sonhava mesmo. Uma novela das oito ter uma protagonista negra é o maior sinal de todos. Retrata o que está acontecendo no Brasil e no mundo. E agora não sou a única: tem também a Camila Pitanga em “Cama de gato”.






Protagonista da trama das seis, Camila também festeja, mas faz uma observação importante.

— Estamos num bom momento — diz ela: — Mas ressalto que só teremos uma conquista plena e histórica quando o fato de um negro ocupar o posto de protagonista não gerar mais discussão. Quando for tão natural que não se note como exceção e sim como espelho da nossa realidade.

Fonte: O Globo

News Negro

Mês da Consciência Negra prossegue com ampla programação
MS Notícias
Neste mês da Consciência Negra, diversas atividades estão sendo realizadas na Capital e no interior do Estado. Nesta quarta-feira (18), às 19 horas, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Histórico: entenda o significado do Dia da Consciência Negra
Abril
Nesta sexta-feira, 20 de novembro, celebramos o Dia da Consciência Negra. A data é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Disney encontra o momento certo para lançar sua primeira princesa ...
AFP
LOS ANGELES, EUA — Tiana é o nome da primeira princesa negra dos estúdios Disney, que recriou um clássico infantil dos contos de fada marcado pelo jazz e ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Viva a beleza negra de Adriana Lessa
Extra Online
Na semana em homenagem à Consciência Negra, a coluna faz um ensaio com a bela atriz Adriana Lessa, que sempre defendeu as causas da raça. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Negros reduzem diferença de ganhos para não negros em SP
Terra Brasil
A população negra aumentou sua participação entre o total de ocupados e reduziu a diferença de seus ganhos para os não negros da região metropolitana de São ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Parque Jacques da Luz recebe 3ª Edição dos Jogos da População ...
Correio do Estado
A Fundação Municipal de Esporte (Funesp) eo Conselho Municipal dos Direitos do Negro – (CMDN), realizará no domingo a 3ª edição dos Jogos da População Negra ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Previsão é de sol para o Rio no feriadão
O Globo
RIO - Os ansiosos por pegar uma praia no feriadão do Dia da Consciência Negra podem comemorar: segundo o meteorologista Alexandre Nascimento, da Climatempo, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Conheça as modelos negras que fazem sucesso nas passarelas do ...
Abril
O último São Paulo Fashion Week criou polêmica em torno da criação de cotas para modelos negras. Mas, independentemente disso, as modelos negras estão ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Mais de 700 municípios comemoram o Dia da Consciência Negra nesta ...
O Globo
BRASÍLIA - Mais de 700 municípios comemoram nesta sexta-feira o Dia da Consciência Negra. Em grande parte deles, será feriado ou ponto facultativo na data ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

supervia terá Trem do Samba no feriado do Dia da Consciência Negra
O Globo
No Dia da Consciência Negra, vai partir da Central do Brasil às 11h o Trem do Funk direto para Belford Roxo. O evento será parecido com o tradicional Trem ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Consciência Negra 2009: Debate sobre turismo étnico
A Tarde On Line
Amanhã estarão aqui mais novidades sobre esta cobertura especial e multimídia do Grupo A TARDE em comemoração ao Dia da Consciência Negra que terá Salvador ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Taís Araújo e Camila Pitanga festejam o espaço maior dos negros na TV
Extra Online
Foi-se o tempo em que os negros apareciam na TV brasileira apenas como escravos em novelas de época. Hoje, atores e também apresentadores da raça negra ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Negro discriminado
Diário de Pernambuco (Assinatura)
A Agência Condepe/Fidem eo Dieese divulgaram, ontem, a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) sobre a desigualdade entre negros e não-negros no mercado de ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Helena apanhou de Tereza em Viver a Vida por ser negra?
Vooz
Os críticos não enxergaram a história, mas sim uma branca humilhando uma negra. Depois sou eu que não tenho mais o que fazer da vida? ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .
__._,_.___

Sindicato dos Jornalistas do RS






1a. Conferência termina com escolha dos nomes de delegados

A 1a. Conferência Estadual de Comunicação (Confecom/RS) teve sua abertura no dia 17 de novembro, à noite, no Teatro Dante Barone da Assembléia Legislativa, sob o tema Meios para a Construção de Direitos e Cidadania na Era Digital.

Foto: Arfio Mazzei



Da esq. para a direita: José Carlos Torves, Pedro Osório, João Mota (mediador) e Marco Antônio Campos

A mesa de abertura da Conferência Estadual ocorreu às 19h30min do dia 17, com a presença de Ottoni Fernandes Jr., da secretaria de Comunicação da Presidência da República; deputado Ivar Pavan, presidente da Assembleia Legislativa do RS; deputado Adão Villaverde, da Assembleia Legislativa do RS; Celso Schröder, presidente da Comissão Organizadora Estadual da Confecom; Clementino Lopes, coordenador regional da Abraço/RS; Leonardo Meneghetti, diretor regional sul Grupo Bandeirantes e deputado Raul Carrion, da Assembleia Legislativa do RS.

Cerca de 400 pessoas participaram da abertura da Conferência. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS se mostrou presente fazendo um breve Ato de denúncia dos 5 meses da queda do diploma dos jornalistas, foram colocadas faixas e cartazes no local.

O presidente do Sindicato, José Nunes, se pronunciou lembrando de Daniel Herz, que foi um dos grandes lutadores em favor da democratização da comunicação.

A produção de conteúdo foi o tema do primeiro painel do dia.

A programação da manhã de quarta-feira, dia 18, seguiu com a discussão sobre os meios de distribuição. Às 14 horas o debate foi em torno do tema Cidadania: direitos e deveres. A plenária final aconteceu às 17h, com a eleição de 86 delegados que representarão o Estado na Conferência Nacional de Comunicação, que será realizada de 14 a 17 de dezembro, em Brasília. O Rio Grande do Sul terá 38 delegados da sociedade civil, 38 do empresariado e 10 dos gestores públicos.

O Sindicato estará representado na delegação que irá para a Conferência Nacional entre os dias 14 e 17 de dezembro, em Brasília, com as delegadas Marcia Camarano (1.ª vice-presidente) e Jeanice Ramos (diretora), além de José Carlos Torves e Celso Augusto Schroder, ambos da Comissão Nacional da Conferência.




Palestra na Fabico lembra decisão do STF

Foto: Arfio Mazzei


Da esq. para a direita: Ricardo Schneiders,José Nunes e Rotta


Os cinco meses da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que extinguiu a obrigatoriedade da formação superior específica para o exercício do Jornalismo foram lembrados durante a palestra ocorrida na tarde de ontem na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico), na Ufrgs. O encontro, que reuniu o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul, José Maria Rodrigues Nunes, o diretor do Departamento de Mobilização, Negociação Salarial e Direito Autoral da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) José Carlos de Oliveira Torves, o representante do Núcleo dos Estudantes de Jornalismo do Sindicato, Fernando Rotta, além do diretor Arfio Mazzei, serviu para chamar a atenção dos estudantes para a decisão do Supremo de 17 de junho passado. Deixou revoltados os jornalistas brasileiros e perplexa e apreensiva toda a sociedade.

A palestra contou com a participação de estudantes do primeiro ciclo do curso de Comunicação da Fabico – Comunicação e Atuação Profissional – ministrada pelo professor e diretor Ricardo Schneiders, que na sua fala explicou que o motivo do encontro visa chamar a atenção dos estudantes para a sua futura área de atuação. O presidente do sindicato lembrou que encontros como esse ocorrem desde 2001, quando da decisão da juíza Carla Rister. ‘‘Desde essa decisão, tanto os sindicatos como a Fenaj tentavam alertar não só os estudantes, mas em especial os profissionais e a sociedade como um todo, o que representaria o fim da obrigatoriedade do diploma. Infelizmente, não fomos entendidos por parte dos profissionais, porque eles não acreditavam que isso pudesse acontecer’’, comenta.

Depois de fazer um histórico de toda a profissão, Torves reforçou que a Fenaj ao longo desse tempo buscou sempre o apoio da sociedade, sendo atendida pelas mais diversas categorias. Ele destacou ainda as duas propostas de emenda constitucional (PECs) que estão em tramitação no Congresso Nacional. ‘‘Não era uma luta corporativa e sim em defesa da educação no Brasil, a própria Associação Brasileira de Imprensa (ABI), em 1908 já defendia o curso superior para o jornalismo’’, relata. Segundo Torves, a decisão do STF contraria todos os anseios da sociedade brasileira, e só a aprovação da Pec 386 do deputado Paulo Pimenta (PT-RS) e a PEC 33 do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), que tramitam na Câmara e Senado, respectivamente poderiam restabelecer a ampla e verdadeira democratização da comunicação. ‘‘Não podemos novamente ficar submetidos ao jornalismo da era Chateaubriand, quando ele determinava quem podia ser jornalista, quem deve dizer isso são os cursos de jornalismo’’, finalizou.

Rotta aproveitou para convidar os colegas a participarem das atividades do Núcleo e lembrou que a obrigatoriedade do diploma é necessária não só para o jornalismo, mas para todas as áreas da comunicação. ‘‘Isso que estamos fazendo aqui é para chamar a atenção dos estudantes e estamos junto com o sindicato desde março deste ano quando foi fundado o núcleo’’, comenta. Para o integrante do núcleo a participação dos estudantes no movimento da legitimidade e demonstra mais do que nunca o engajamento de todos numa luta que ultrapassa os interesses sindicais. ‘‘Essa luta não é apenas do sindicato mas de todos nós que queremos ter uma profissão”, defendeu Rotta.




Audiência sobre a Pec dos Jornalistas entusiasma
profissionais e alunos da área

Segunda-feira, 16 de novembro. Este dia pode ser entendido como simbólico para os jornalistas, alunos de Comunicação Social e sociedade bageense que busca a valorização do jornalismo. Um evento que aconteceu nesta data, na AABB, comprova isto. Com a presença do deputado federal e jornalista Paulo Pimenta (PT/RS), foi realizada audiência pública para debater a Proposta de Emenda à Constituição (Pec) 386/09, de autoria do parlamentar gaúcho, que busca restabelecer a obrigatoriedade do diploma para exercício da profissão de jornalista.


O deputado Paulo Pimenta fez um breve relato histórico sobre o jornalismo até chegar a atual situação da profissão. O petista também relembrou os argumentos utilizados pelo Supremo Tribunal Federal para invalidar a obrigatoriedade do diploma de jornalista e rebateu a decisão do STF de diversas formas, inclusive afirmando que o parecer dos magistrados foi dado em desacordo com o que os constituintes de 1988 imaginaram ao elaborar o artigo 220 da Constituição Federal, que trata da livre expressão, pensamento, criação e informação. “Há diferença entre liberdade de informação com o direito de exercício da profissão”, disse.

Pimenta ainda citou um exemplo representativo para classificar a importância da profissão de jornalista. Segundo o parlamentar, em uma discussão sobre o tema, em uma entrevista na TV, o mediador questionou qual figura da sociedade seria mais apropriada para realizar uma matéria sobre a nova gripe. Na sua resposta, o parlamentar afirmou que o jornalista seria o indicado, já que o médico teria o conhecimento específico para o assunto, mas só um profissional da imprensa teria o embasamento para procurar a opinião de outros médicos, dos órgãos públicos, dos pacientes e da população em geral, e ainda compararia com a situação de outros países, pesquisando quais as características e origens da doença. Por fim, redigiria o texto de forma acessível a todo o público.

Ao explicar a Pec 386/09, Pimenta afirmou que ela é simples e se embasa no fundamento de que a exigência do diploma para exercício da profissão de jornalista não cerceia a manifestação pública da sociedade. Ainda sobre a Pec, o petista se mostrou confiante de que seu projeto passará no Congresso Nacional, e que o direito dos jornalistas será restabelecido.

Finalizando sua participação, Pimenta ainda destacou a importância da imprensa alternativa, representada principalmente pela internet, para o reconhecimento da Pec dos Jornalistas, já que, segundo ele, os grandes meios de comunicação praticamente não deram publicidade à proposta.

Logo depois da fala de Pimenta, a audiência abriu inscrições para manifestações do público. Entre profissionais e alunos, cerca de 20 pessoas manifestaram suas opiniões sobre a Pec 386/09. No total mais de 70 pessoas formaram a plateia do evento.

OUTRAS PARTICIPAÇÕES

A audiência pública que tratou a Pec 386/09 teve como proponente a Câmara de Vereadores de Bagé, através da vereadora Téia Pereira (PT) e aconteceu na abertura da 14ª Semana Acadêmica do Curso de Comunicação Social da Urcamp. O evento contou com a presença do reitor da Universidade, Arno Cunha, do coordenador do Curso de Comunicação Social, Orlando Carlos Brasil, do secretário geral do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS, Salvador Tadeo, do chefe de Gabinete da Prefeitura de Bagé, Antônio Kiwal Parera, que no ato representou o prefeito Luís Eduardo Colombo, além da vereadora que propôs o evento. Também se fizeram presentes os vereadores Carmen Vargas (PT) e Divaldo Lara (PTB), além do secretário da Juventude Esporte e Lazer de Bagé, Paulo Parera.

Téia destacou a importância do Poder Legislativo propor pautas que vão ao encontro dos interesses sociais. A vereadora também defendeu a obrigatoriedade do diploma como fator decisivo para a qualificação da produção de material jornalístico, mas não se esqueceu de citar que todos os setores da sociedade têm espaço para comunicação. “A obrigatoriedade do diploma de jornalismo não discrimina que colaboradores de outras áreas mostrem suas opiniões na imprensa, e por isso não fere a isonomia e a liberdade de expressão garantida pela Constituição Federal”, disse.

O Reitor da Urcamp, Arno Cunha, deu por aberta oficialmente a Semana Acadêmica do Curso de Comunicação Social e declarou seu apoio ao diploma dos jornalistas e à Pec apresentada por Pimenta: “a Universidade tem de estar presente e ser atuante quando se trata de assuntos deste gênero”, disse.

O secretário geral do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS, Salvador Tadeo, destacou que a Pec 386/09 é a última saída para o restabelecimento do diploma de jornalista e pediu para que jornalistas e a população se unam para a efetivação desta conquista. “É preciso que se estabeleça um elo entre sociedade e profissionais. A união de todos vai fazer a diferença”, garantiu.

O coordenador do Curso de Comunicação, Orlando Carlos Brasil, mostrou otimismo em relação à Pec 386: “acredito que a Pec será aprovada, até mesmo por questão de dignidade para todas as outras profissões”, disse.


OPINIÃO DOS ALUNOS

Para o aluno de Comunicação Calvin Furtado, a audiência com Paulo Pimenta foi bastante produtiva: “conseguimos esclarecer todas as questões relativas à Pec (386/09). A audiência foi tão esclarecedora que hoje estamos começando a Semana da Comunicação e já poderíamos terminá-la”, brinca o estudante.
O aluno de Comunicação Antoniel Martins compartilha da mesma ideia de Calvin: “a audiência foi ótima, e não foi só boa para os alunos e profissionais, mas para toda a sociedade, que está diretamente relacionada com o assunt




Foto: Gab. Téia Pereira

A reunião aconteceu na AABB, de Bagé, e foi proposta pela vereadora Téia Pereira


Texto Luiz Salvador Tadeo, Secretário do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS


______________________________________________________________

Prêmios
SETCERGS
Estão abertas as inscrições para o XXII Prêmio SETCERGS de Jornalismo, promovido pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Estado do Rio Grande do Sul, o regulamento do concurso encontra-se na Secretaria do Sindicato dos Jornalistas, ou ainda nos telefones da SETCERGS (51) 3342 9299/9649 0800.

IV Prêmio CNA Jornalismo
Com o objetivo de estimular, divulgar e prestigiar reportagens e fotografias publicadas na mídia gráfica - jornais e revistas - ou veiculadas em site, emissoras de rádio e televisãoque contribuam efetivamente para esclarecer a opinião pública sobre a realidade do campo brasileiro, sensibilizando o homem urbano para a importância da atividade agropecuária para a sociedade.

As inscrições se encerram no dia 20 de novembro e as fichas encontram-se no Sindicato dos Jornalistas.

Mais informações fones: (51) 3228 8146/3226 0664/ 3226 1735


__________________________________________________________________________________________

Curso de Português para sindicalizados
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS firmou convênio com o professor Landro Oviedo para a turma única do Curso de Português, a ser ministrado aos sábados, entre os dias 21 de novembro e 19 de dezembro de 2009. O curso terá 40 horas-aula e os sindicalizados pagarão 60% do valor estipulado vigente. Esse valor já inclui a apostila exclusiva. No programa, fonologia e ortografia, morfologia, sintaxe e texto. O ministrante é licenciado em Letras, especialista em Língua Portuguesa, advogado e consultor de português do Correio do Povo.

Informações: www.cursodeportugues.zip.net.

___________________________________________________________________________________________

• Antes de imprimir esse e-mail, lembre-se da Amazônia •

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul
Rua dos Andradas, 12/133 - 13 andar Porto Alegre/RS
Tel.: (51) 3228.8146 | 3226.0664 | 3226.1735
http://www.jornalistas-rs.org.br/

Assessoria de comunicação: Bibiana Nunes - web@jornalistasrs.brte.com.br


Para deixar de receber o informativo basta responder esta mensagem.

Polícia Ambiental

Atuação da Polícia ambiental da Brigada Militar é referência no Brasil
19/11/2009 16:40


A polícia ostensiva de proteção ambiental da Brigada Militar é vista como a mais avançada do país pelas corporações dos demais estados. Declarações nesse sentido foram feitas durante o curso Estratégias para Conservação da Natureza, na primeira quinzena de novembro, em Corumbá (MS), do qual participaram dois capitães do Comando Ambiental da Brigada Militar, junto com 40 oficiais de unidades de polícia ambiental de todos os Estados brasileiros.

"O Rio Grande do Sul está bastante avançado em vários aspectos do policiamento ostensivo de proteção ao meio ambiente e, sobretudo, realiza o ciclo completo de polícia ambiental, ou seja, atua nas esferas administrativa, criminal e civil. Somente Santa Catarina e Paraná também atuam dessa forma", destaca o comandante da 1ª Companhia Ambiental de Osório, área do 1º BABM, capitão João José Correa da Silva, representante do CABM no curso junto com o comandante da 3ª Companhia Ambiental de Santa Rosa, vinculada ao 3º BABM, capitão Luis Ernildo Maders.

O capitão João ainda destaca que o RS foi evidenciado pelo seu exemplo de gestão ambiental e pelas valiosas contribuições que tem dado para a implementação da política nacional de meio ambiente, por meio da participação de representantes de diversos órgãos estaduais em fóruns nacionais sobre a temática.

O treinamento promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) ocorreu em regime de confinamento a bordo de um barco, que navegava no rio Paraguai com paradas em determinados pontos. Visitas técnicas foram realizadas em três Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) e no Parque Nacional do Pantanal. Entre os conteúdos ministrados, destaque para a história da conservação da natureza, visão dos biomas, recursos hídricos- visão biológica e política da pesca, bioma pantanal - papel das instituições na proteção da natureza. Além dos instrutores brasileiros, havia um professor norte-americano e a participação de guarda-parques da Inglaterra e Austrália com relatos sobre o serviço de conservação da natureza naqueles países.

Os capitães João e Maders entregaram uma lembrança do CABM ao coordenador do curso, o tenente-coronel Ângelo Rabelo da reserva da polícia militar do Mato Grosso do Sul.

Fonte: www.estado.rs.gov.br

Jornal Brasil de Fato

Jornal Brasil de Fato

Editorial ed. 351 - 18/11/2009



Caso Cesare Battisti: os fascistas querem vendetta



Manteremos a tradição histórica brasileira de dar asilo político a todos que nos procuram? Ou cederemos à pressões e chantagens do governo fascista?



Quando esse jornal estiver circulando, é possível que já se tenha uma definição do caso Cesare Battisti, no Supremo Tribunal Federal (STF), ou então, ainda estejamos pendentes da lucidez do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para encerar o caso, com dignidade.



Os Fatos

Na década de 1970 surgem, na Itália e em toda a Europa, diversos grupos de guerrilha urbana. Entendiam que a luta armada era a única forma de combater o ressurgimento do fascismo e derrotar o poder econômico e militar incrustado no Estado. Muitos jovens se engajaram nesses movimentos.

Essas organizações guerrilheiras foram derrotadas política e militarmente. Muitos pagaram com a vida; muitos foram barbaramente torturados e, em geral, condenados a prisão perpétua. Outros conseguiram asilar-se em países da Europa e da América Latina.

Cesare Battisti era um jovem de 17 anos, que atuava como militante de uma dessas organizações. Pessoalmente, jurou não ter participado de nenhum crime de morte. No entanto, um dos seus companheiros de luta, depois de preso e torturado, trocou sua pena de prisão perpétua pela denúncia que atribui a Battisti três mortes. Por isso – ainda sem qualquer prova e à revelia – a Justiça italiana o condenou à prisão perpétua, em conseqüência do que, Battisti se asilou primeiramente na França e, em seguida, no Brasil.

Há pouco, com o governo Berlusconi – e com controle absoluto da mídia e do Judiciário – os fascistas voltaram ao poder na Itália.



A hora da “vendetta”

É nesse quadro que a vendetta (“vingança” à moda da máfia e da direita italianas, que convivem em permanente promiscuidade) entra mais uma vez na ordem do dia, aumentando a perseguição contra os presos políticos já condenados a prisão perpétua; e impondo regimes cada vez mais cruéis nas prisões – o que provocou o suicídio de 63 militantes políticos nos últimos dez anos.

Como parte desse endurecimento, o governo de Roma encaminhou a vários países pedidos de extradição para a Itália de diversos exilados, entre eles o Cesare Battisti.

Nenhum governo aceitou extraditar os militantes italianos. Mesmo Sarkosy, depois de o Judiciário haver concedido a extradição da militante de esquerda Marina Petrella, concedeu asilo por questões humanitárias.



O Brasil

A pressão sobre o governo brasileiro é parte dessa ofensiva. O primeiro passo foi conseguir a prisão de Battisti. Passo seguinte, foram ao STF (em cujo presidente, doutor Gilmar Mendes, os fascistas italianos têm um fiel aliado e entusiasta), para derrubar medida do ministro da Justiça, Tarso Genro, que anulava a prisão e concedia asilo político.

O argumento do governo da Itália, é que se tratou de “crime comum”. Mas, como bem argumentou o ministro Marco Aurélio de Mello, naquela Corte, como seria crime comum, se o governo italiano está pressionando tanto, e todas as sentenças de prisão perpétua do Cesare se referem a crimes políticos contra o Estado?

O julgamento do pedido de Roma, já se arrasta por três longas sessões, e entre os ministros do STF o placar está em 4 x 4. Se o ministro Gilmar Mendes seguisse a tradição, se absteria de votar, e daria ganho de causa ao réu. Pois, na dúvida (surgida com o empate dos votos), ordena a lei e o costume, que o réu seja beneficiado.

Mas como todos conhecemos a orientação política e ideológica do presidente do STF, doutor Gilmar Mendes – alçado a esse posto para dar cobertura a todo tipo de patifaria do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ao qual presta vassalagem, é bem provável que ele se decida pelo desempate, votando pela extradição. Ainda assim, legalmente, cabe ainda à Presidência da República a decisão final – ou seja, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.



Protestos e resistência

Os protestos contra a extradição, no entanto, têm mobilizado todos os setores e forças de esquerda e progressistas do mundo e, em especial, do nosso país.

Em boa hora, nossa querida Anita Prestes, filha de Olga Benário e Luiz Carlos Prestes, enviou mensagem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chamando sua atenção para o fato de que ela própria nasceu num campo de concentração da Alemanha de Hitler, em 1936, e teve sua mãe assassinada nos fornos de extermínio dos nazistas, porque o STF da época a expulsou ilegalmente do Brasil. Casada com Luiz Carlos Prestes, um brasileiro, com a agravante de estar grávida, Olga Benario não poderia (legalmente) jamais ter sido entregue ao então governo de Berlim. Como hoje, naquele então a decisão final caberia ao chefe do Executivo. E o presidente Getúlio Vargas lavou as mãos. Anita pede que não se repita tamanha injustiça histórica. E juntamente com a companheira Anita, todos e cada um de nós.

O Caso Cesare Battisti será revelador. Manteremos a tradição histórica brasileira de dar asilo político a todos que nos procuram, de direita (lembre-se que aqui acolhemos ditadores argentinos, paraguaios) e de esquerda? Ou cederemos à pressões e chantagens do governo fascista, corrupto e imoral do sr. Berlusconi, que envergonha a toda inteligência e pessoas de bem da Itália?

A resposta a essa pergunta somente o presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá dar. E esperamos que sua sabedoria e consciência solidária o ilumine, se não quiser entrar para história como Vargas, aquele que entregou Olga Benário! Já os ministros do STF, que se colocam contra os direitos humanos nesse julgamento, a história os sepultará quando completarem 70 anos.



http://www.brasildefato.com.br/v01/agencia/analise/caso-cesare-battisti-os-fascistas-querem-vendetta

Prefeitura de Porto Alegre


Notícias


A MANCHETE
Danos causados pela chuva mobilizaram prefeitura
DESTAQUES
Simpósio internacional debate os desafios das cidades
Começa o Festival do Centro Histórico
Secretários mostram projetos para a Copa
Campanha do novo sinal de trânsito começa na TV
EVENTOS
Horror mexicano na Sala P. F. Gastal
Consciência Negra será comemorada sábado
Críticos, escritores e editores discutem literatura
MAIS SERVIÇOS
Mutirão de dermatologia na Restinga
Água Certa atenderá comunidade do Porto Seco
TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
VEJA PAUTAS DO DIA
Pautas para o dia 20 de novembro



Notícias da prefeitura na imprensa

Clique nos links abaixo para ter acesso a todas as notícias sobre a prefeitura veiculadas em jornal, TV, rádio e Internet:

Notícias em Jornal Notícias em TV Notícias em Rádio Notícias na Internet




Todas as Notícias

A MANCHETE
Danos causados pela chuva mobilizaram prefeitura

Para minimizar os estragos da chuva e dos ventos que atingiram a Capital, vários órgãos da prefeitura trabalharam com todo o efetivo nas ruas. Cerca 350 agentes de trânsito auxiliaram em situações como sinaleiras com falta de energia, queda de árvores, acidentes envolvendo veículos com danos materiais e placas derrubadas pelo vento. Equipes da Defesa Civil, Smam e DEP também trabalharam para solucionar os problemas provocados pelo temporal. Leia mais...

DESTAQUES
Começa o Festival do Centro Histórico

Com apresentações teatrais, palestras, desfile de época, sessão de cinema, shows, passeio ciclístico, oficinas, sarau literário e exposições, a programação foi lançada hoje pelo prefeito José Fogaça. O festival vai até o dia 29, numa promoção da Rede de Amigos do Centro Histórico (Amich), com apoio da prefeitura. Leia mais...

Secretários mostram projetos para a Copa

Os projetos de mobilidade urbana para Porto Alegre, como a duplicação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho e o projeto Portais da Cidade, foram discutidos hoje em reunião-almoço promovida pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul. Na ocasião, representaram a prefeitura os secretários de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Clóvis Magalhães, de Mobilidade Urbana, Luis Afonso Senna, e o adjunto da Secopa, Ricardo Gothe. Leia mais...

Simpósio internacional debate os desafios das cidades

Com o objetivo de promover a troca de experiências entre representantes de organismos locais, nacionais e internacionais na busca de alternativas inovadoras na administração das cidades, a prefeitura promove terça e quarta-feira, 24 e 25, o Simpósio Internacional Governança Democrática em Cidades. O evento ocorre no prédio 40 da PUCRS. Inscrições gratuitas no site www.portoalegre.rs.gov.br/governanca_democratica. Leia mais...

Campanha do novo sinal de trânsito começa na TV

A partir de hoje, figuras populares da cidade aparecem na telinha dando o exemplo de cidadania ao esticar a mão em faixas sem semáforos para atravessar de forma segura. Ídolos do futebol, como os jogadores Guiñazu (Inter) e Victor (Grêmio), e o ator José Victor Castiel estão entre os novos protagonistas da campanha. Filmados em diversos locais da cidade, os VTs de 15 segundos serão exibidos também nas salas de cinema da Capital. Leia mais...

EVENTOS
Horror mexicano na Sala P. F. Gastal
O projeto Raros, da Secretaria da Cultura, exibe amanhã o filme de horror mexicano Satanico Pandemonium (1975), do diretor Gilberto Martínez Solares. O enredo confronta o sagrado e o profano, mesclando de forma sensacionalista temas como religião, sexo, violência e satanismo. Às 19h, no 3º andar da Usina do Gasômetro. Entrada franca. Leia mais...

Críticos, escritores e editores discutem literatura

Para trocar ideias sobre literatura e o incentivo à leitura, começa terça-feira, 24, o seminário “Debates contemporâneos”. Serão três palestras, duas mesas redondas e quatro oficinas para discutir a literatura contemporânea brasileira, alemã e francesa. O encontro vai até quinta-feira, 26, no Instituto Goethe e no Instituto de Letras da Ufrgs, promotores do encontro junto com a Secretaria da Cultura. Leia mais...

Consciência Negra será comemorada sábado

Aberta a todos os públicos, a comemoração será realizada no Parque Chico Mendes e começa com um café da manhã comunitário, às 9h. O evento é promovido pela Smam e contará com palestra abordando a cultura afro, apresentação de capoeira, exposição de artesanato africano, demonstração de alabês e cantos e apresentações de grupos de teatro. Leia mais...

MAIS SERVIÇOS
Mutirão de dermatologia na Restinga

A comunidade será atendida sábado, 21, na Unidade de Saúde Macedônia, por profissionais do Instituto Brasileiro de Ensino (Isbrae). A atividade proporciona uma maior vivência de casos dermatológicos entre os profissionais da instituição, além de beneficiar a comunidade. “As demandas são todas atendidas, e muitas vezes os procedimentos ambulatoriais são realizados na hora”, explica a coordenadora da unidade, Vânia Lourenço Pauli. Leia mais...

Água Certa atenderá comunidade do Porto Seco

Mais um mutirão do Programa Água Certa será realizado sábado, 21, pelo Dmae. Desta vez, o trabalho ocorre nas vilas Dutra Jardim e Fraternidade e o Beco da Alegria. A região possui 1.554 ramais de água ativos, dos quais 231 acumulam dívidas no valor aproximado de R$ 697 mil. O atendimento será das 9h30 ao meio-dia e das 13h30 às 17h, na Escola Estadual Bento Gonçalves (rua Jorge Furtado, 47). Leia mais...

TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
(Clique aqui)

VEJA PAUTAS DO DIA
Pautas para o dia 20 de novembro
(Clique aqui)




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Gestão Pública


Gestão Pública
Governadora anuncia mais de R$ 1 bilhão para o pagamento de precatórios
Ao fazer o anúncio, Yeda Crusius lembrou que os pagamentos previstos eram esperados desde 1999. Fazenda I
Governo do Estado reduz juros sobre cobrança de dívidas
Projeto que baixa os juros de dívidas tributárias com o governo do Estado segue para o Legislativo. Fazenda II
Estado institui alíquotas únicas para imposto sobre doação e herança
Medida anunciada por Yeda insere-se nas ações de harmonização das legislações tributárias no país. Valorização do Servidor
Projeto eleva salários de dirigentes das fundações e autarquias
Medida também garante ganho maior para quem se aposentar e estimula renovação da força de trabalho. Relações Internacionais
Yeda recebe o cônsul-geral da África do Sul
Encontro teve objetivo de estreitar as relações entre RS e África do Sul. Clima
Defesa Civil presta socorro a municípios atingidos por temporal
Foram remetidos710 kits de colchões, 910 cestas básicas, 3,8 mil telhas e 400 kits de limpeza.

Máquinas Caça-Níqueis ao Cemaig de Vacaria RS

Máquinas caça-níqueis serão destinadas ao Cemaige

Através do Projeto Alquimia do Ministério Público o material será utilizado na oficina de artesanato e no laboratório de informática

Visado dar uma destinação sócio-ambiental adequada às máquinas caça-níqueis apreendidas pelos órgãos de segurança, o Ministério Público do Rio Grande do Sul implantou ainda no passado o projeto Alquimia . Até então as máquinas eram destruídas e encaminhados ao depósito de lixo , porém em virtude de conter metais pesados e componentes tóxicos vinham causando a contaminação do solo e problemas a saúde . A partir do projeto as máquinas estão sendo destinados a projetos sociais para a utilização dos monitores para a formação de um laboratório de informática e a madeira para oficina de artesanato . Em Vacaria o projeto foi implantado nesta quinta feira dia 19/11 que contou com a presença do Coordenador da força tarefa de combate aos jogos Ilícitos do Ministério Público Promotor José Francisco Mendes Júnior . Por iniciativa da Promotora Roberta Fava Araldi as máquinas caça-níqueis apreendidas em Vacaria a partir de agora serão destinadas ao projeto Cemaige que atende no antigo colégio São Francisco aproximadamente 400 crianças e adolescentes . Atualmente estão apreendidas no Fórum 81 máquinas , sendo que 40 já serão repassadas nos próximos dias ao projeto.



Rádio Fátima AM (Jornalismo), 20/11/2009, 10h05

Brigada formam Novos Capitães

Brigada Militar forma novos capitães
20/11/2009 14:07


Neste sábado (21/11), às 9h30min, na Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre, ocorre a formatura de conclusão do Curso Superior de Polícia Militar e a cerimônia alusiva aos 172 anos da Brigada Militar, com entrega de medalhas, que encerram a Semana de Aniversário da Corporação.

O evento está previsto para o campo, mas, em caso de chuva, será no Ginásio Coronel Frota, ambos na Academia de Polícia Militar, situado na Av. Coronel Aparício Borges, 2001, na Capital.

Fonte: Ascom/ BM

Quem é o Pai dos Pombos e da Notícia?

* Hoje escutamos numa determinada emissora de rádio de nossa cidade sobre a questão da mortes dos pombos na Praça Daltro. Felizmente a Prefeitura Municipal de Vacaria Rs foi sensivel e reabriu o bebedouro dos pombos. O que nos chamou a atenção que o locutor da rádio de forma oportunista colocou que foi por causa deles a reabertura do bebedouro dos pombos, eles nem se quer abordaram o assunto da morte dos pombos, nós do Blog do Jornal Negritude que fomos primeiro ao local furamos os concorrentes e fotografamos com um belo trabalho de Marcos Gargioni, enviamos vários e-mails e entramos em contato com o Vereador Osnir Domingues que prontamente colocou a sua assessoria e ele próprio a buscar a solução da morte dos pombos e até assessores do Deputado Francisco Appio procuraram se informar do assunto. Hora é vem os locutores que somente falam e vomitam asneiras, falam piadas sem graças e são os bobos da corte da comunicação, querem serem os donos da informação e não reconhecer o trabalho dos outros. Isso eu chamo de oportunismo.
Paulo Furtado
Editor
http://jornalnegritude.blog.terra.com.br

20 de Novembro Dia Nacional da Consciência Negra




* Hoje no meu ver deveria ser feriado nacional Dia Nacional da Consciência Negra mas a negrada estrelada do Movimento Negro não conseguiu sensibilizar o Presidente Lula para transformar essa data em Feriado Nacional. A polêmica das cotas e do Estatuto da Igualdade Racial e preocupação do Movimento Negro olhar somente para a Academia formular teses fora da realidade brasileira tem sido a tônica neste período todo. Aqui em Vacaria/RS os líderes não aparecem o MNU local está parado e desmobilizado, a história ficou esquecida no tempo. Nós deste Blog estamos procurando levar essa história mas não queremos mais militar no Movimento Negro con tanta sujeira, desonestidade, deslealdade e traíragem. A negra somente busca cargos políticos derrubam e destroem os companheiros de luta para subir na vida, alguns não sabe crescer com seus méritos, tem que jogar sujo e golpear os outros pelas costas. Essa é a realidade da negrada brasileira onde dificilmente vamos conseguir ascensão social para grande maioria do povo negro.
Paulo Furtado
Editor
http://jornalnegritude.blog.terra.com.br

Somos Todos Palmares

ARTIGOS
Somos todos Palmares, por Deivison Campos*Há 37 anos, a Zero Hora do dia 20 de novembro publicou uma Revista ZH especial, com oito páginas, sobre a proposta do Grupo Palmares de Porto Alegre para a adoção da data como Dia do Negro. O jornal estava em seu oitavo ano de circulação e possuía uma tiragem de aproximadamente 28 mil exemplares nos dias úteis. A publicação chamou a atenção para o grupo e suas propostas em âmbito local. Também seria por influência desse caderno que nos dois anos seguintes um jornal de circulação nacional publicaria um novo manifesto do grupo, nacionalizando a proposta do 20 de Novembro. A data seria aprovada em 1978, com a fundação do Movimento Negro Unificado, como o Dia da Consciência Negra.

O caderno publicado em Zero Hora continha um manifesto no qual constavam os princípios para uma nova forma de buscar a plena cidadania para a imensa população negra. As propostas do grupo podem ser sintetizadas pela releitura da história do país, valorizando a contribuição negra, o acesso e qualificação do Ensino Fundamental, a reelaboração da identidade étnica e o diálogo com os movimentos negros na diáspora e na África. A proposta da data teria como objetivo substituir a ideia de liberdade concedida (13 de maio) por uma de liberdade conquistada (20 de novembro).

As discussões sobre a data se iniciaram em 1970 na Rua dos Andradas por um grupo de jovens negros que costumavam se reunir em frente à loja Masson. O primeiro ato evocativo a Palmares, organizado pelo grupo, ocorreu em 1971 no extinto clube Marcílio Dias, que ficava na Avenida Praia de Belas, próximo do Hospital Mãe de Deus. Naquele dia, 11 pessoas participaram da atividade. Um ano depois, as discussões realizadas até aquele momento foram sistematizadas no caderno e ganharam dimensão estadual. Era a consolidação do projeto de construir um “quilombo simbólico”, ou seja, um novo lugar de negociação para a cidadania plena com a sociedade brasileira.

A partir da proposta articulada no início dos anos 70 em Porto Alegre pelo Grupo Palmares, o movimento social e a população negra têm tido avanços em seu processo de socialização. Oliveira Silveira, que dedicou sua vida a reconstruir o quilombo, costumava dizer que o objetivo sempre foi o coletivo, Palmares, simbolizado no dia da morte de Zumbi. Florestan Fernandes escreveu que o movimento negro tomou para si a função de “provar que os homens precisam identificar-se de forma íntegra e consciente, com os valores que encaram a ordem legal escolhida”. Passados 120 anos da República, a democracia ainda é um projeto no Brasil. A ONU tem advertido que o país só atingirá o desenvolvimento com a promoção da população negra. A imprensa, como lugar de socialização e de canal das reivindicações, tem um importante papel no processo. Assim como fez Zero Hora, sejamos todos Palmares.



*Jornalista, coordenador do curso de Jornalismo da Ulbra

Destaque do Piratini


Destaque Piratini




Yeda Crusius recebe convite para o Carrinho de Ouro AGAS 2009
A governadora, Yeda Crusius, recebe convite para prestigiar a entrega do prêmio Carrinho de Ouro AGAS 2009.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 19/11/2009
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 32494

Yeda Crusius integrantes do Movimento Negro do RS
A governadora, Yeda Crusius, recebe integrantes do Movimento Negro do RS, com o intuito de divulgar ações em comemoração ao Dia da Consciência Negra.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 19/11/2009
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 32488

Yeda Crusius autoriza convocação de mais 99 candidatos para o IGP
A governadora, Yeda Crusius, na presença do diretor-geral do Instituto-Geral de Perícias (IGP), Áureo Martins(E) e do chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, durante a assinatura autorizando a convocação de mais 99 candidatos aprovados para a fase 3 do curso de formação para cargos de provimento efetivo do quadro da Autarquia.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 19/11/2009
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 32480

Yeda Crusius concede entrevista coletiva à imprensa
A governadora, Yeda Crusius, durante entrevista coletiva à imprensa, no salão Negrinho do Pastoreio, do Palácio Piratini.


Local: Porto Alegre - RS
Data: 19/11/2009
Foto: Jefferson Bernardes / Palácio Piratini
Código: 32478

Yeda Crusius participa de solenidade em homenagem ao Dia da Bandeira
A governadora, Yeda Crusius, participa da solenidade em comemoração ao Dia da Bandeira.

Local: Porto Alegre - RS
Data: 19/11/2009
Foto: Antonio Paz / Palácio Piratini
Código: 32477