Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Arquivo Paulo



Arquivo de Paulo Furtado



Arquivo Paulo Furtado



Arquivo Paulo Furtado



Arquivo de Paulo Furtado



Arquivo Paulo Furtado



Arquivo de Paulo Furtado



Palco da Vida

O oprimido no palco da vida


O que há de mais coincidente entre Paulo Freire e Augusto Boal não é a data de morte nem a história política de ambos que, perigosos ao estado militar ditatorial, obrigou-os a exilarem-se por anos. O que mais aproxima esses dois notáveis brasileiros também não foram os inúmeros prêmios que receberam por suas atividades intelectuais nem as indicações de ambos ao nobel da paz.

A semelhança maior entre Freire e Boal está na profunda convicção que os fizeram lutar incansavelmente por toda a vida: a causa dos oprimidos.

Exatamente no dia em que se completaram 12 anos de falecimento de Paulo Freire (02 de maio), Augusto Boal nos deixou. Mas, a exemplo de nosso maior educador, o fundador do Teatro do Oprimido deixou-nos também um legado de esperança. Sua arte nunca foi mera alegoria da vida ou um sentido em si mesmo. Para Boal, a Estética do Oprimido é, antes de tudo, uma ferramenta de intervenção social.


Em uma de suas últimas falas públicas, no mês de março deste ano, por ocasião da cerimônia em que foi nomeado embaixador do teatro pela Unesco, Boal afirmou que "cidadão não é aquele que vive em sociedade, mas, aquele que a transforma". Disse também que "temos a obrigação de inventar outro mundo porque sabemos que outro mundo é possível".


Refletir sobre a biografia de Boal, mesmo num momento tão sofrido, sobretudo para as pessoas mais próximas de seu convívio, é celebrar a vida. É insistir no caminho da mudança a partir e com os mais sofridos. Boal, com certeza, é um desses homens imprescindíveis de que falava Bertolt Brecht. Suas raízes, que já penetraram terras de todos os continentes com tantos núcleos do Teatro do Oprimido espalhados pelo mundo, são a prova social da radicalidade de sua arte profundamente humana e, por isso mesmo, revolucionária.


Aos parentes, amigos, amigas e admiradores de Augusto Boal, manifestamos nossas condolências e expressamos a certeza de que sua presença se eternizará tanto na memória quanto nas práticas sociais que se inspiram em sua valiosa obra.
Instituto Paulo Freire




The oppressed in the stage of life

The biggest coincidence between Paulo Freire and Augusto Boal it's neither the date of their death nor the political history that both shared and made them dangerous for the military dictatorship, which expelled both of them of the country for years. What brings these two notable Brazilians together the most was not also the countless number of prizes they received for their intellectual activities nor the Nobel Prize nomination.


The biggest resemblance between Freire and Boal is deeply rooted in the conviction they shared and made them struggle for all their lives: the cause of the oppressed.


On the exact day that completed 12 years of Paulo Freire's death (May 2nd) Augusto Boal left us. However, following the example of our greatest educator, the founder of the Theater of the Oppressed left us a legacy of hope. His art was never a mere allegory of life or a meaning in itself. For Boal the Aesthetics of the Oppressed is first of all a tool for social intervention.


In one of his last public speeches, in March 2009, receiving the title as UNESCO's theater ambassador, Boal stated that “citizen is not the one who lives in society, but the one that transforms it”. He also said that “we have an obligation to invent another world because we know that another world is possible”.


Even for those close to him and especially in such a painful moment to reflect about Boal's biography is still to celebrate life. Is to insist in a path of change from the starting point of and with the oppressed. Boal was for certain one of those indispensable men that Brecht spoke about. The fact that he has already penetrated the land of all continents with so many theater groups throughout the world are the social proof that his art is deeply human and therefore revolutionary.

To the relatives, friends and admirers of Augusto Boal we manifest our condolences and express the certainty that his presence will be forever in both the memory as well as in the social practice that are inspired by his life.
Paulo Freire Institute

--
Jason Mafra
UNIFREIRE
Instituto Paulo Freire
(11) 3021-5536

Unegro RS

CAROS IRMÃOS & IRMÃS,

TOTAL APOIO AO MANIFESTO DE INDIGNAÇÃO EXPRESSADO PELO COMPANHEIRO JOSÉ ANTÔNIO (UNEGRO/RS).

NÃO PODEMOS ACEITAR OU PERMITIR A APROPRIAÇÃO INDIVIDUALISTA OU DE GRUPOS DE UMA IDÉIA COLETIVA REPRESENTADA PELO CONNEB.

POR OUTRO LADO, PARTINDO DO PRINCÍPIO DE QUE O MOVIMENTO SOCIAL DEVE TER OBRIGATORIAMENTE AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA EM RELAÇÃO A QUALQUER GOVERNO, SEM DEIXAR DE LADO O DIÁLOGO SEMPRE NECESSÁRIO, INCOMODA MUITO AOS COMPONENTES DO MOVIMENTO SOCIAL NEGRO, CONSTRUTOR DA IDÉIA COLETIVA DO CONNEB, A VINCULAÇÃO E DEPENDÊNCIA DE ALGUNS SETORES COM A ESFERA GOVERNAMENTAL.

QUEREMOS IGUALDADE DE OPORTUNIDADES PARA SERMOS INDEPENDENTES. ..

FRATERNALMENTE,


Paráclito J. Brazeiro de Deus
A JUSTIÇA BROTA DA LUTA PERSEVERANTE.


Paráclito J. Brazeiro de Deus
A JUSTIÇA B ROTA DA LUTA PERSEVERANTE.

Em 01/05/2009 10:26, José Antonio dos Santos da Silva < jass_rs@terra. com.br > escreveu:




Porto Alegre, 1 de maio de 2009.

- Vais para de falar....

- Você é irresponsável. ...

Inicio minha manifestação com um questionamento: Alguém pode me responder quem é o dono do Congresso Nacional de Negras e Negras do Brasil - CONNEB?

Estamos chegando à fase mais importante, mas também a mais complicada da construção do Projeto do Povo Negro para o Brasil.

Tomo a liberdade, assumo a responsabilidade, de citar alguns nomes, mas a pergunta acima e para qualquer um que queira responder.

Companheiros Flavio Jorge, Marcos Cardoso, Edson França, Julião, Jerônimo Silva, Gilbertinho, Cleide Hilda, Martinha, Marco Resende, Marcio Alexandre, Yedo Ferreira, Nuno, Egboni Conceição, Reginaldo Bispo e outras e tantos outros, gostaria de saber se minha opinião com relação à forma que temos atrasado o CONNEB não tem sido publicas e explicitadas nos espaços onde nos encontramos e reunimos.

Mas ser chamado de “irresponsável” por quem nos momentos mais necessários da construção do debate nunca esteve presente, isto não podemos aceitar.



Se os Companheiros ainda não puderam me responder espero que o Art. 1° do Regimento do Congresso não tenha sido mudado, pois se foi, por favor, nos avisem.

O diz o Parágrafo Único do Art. 4°:



Portanto, em meu entendimento as decisões são coletivas a partir do temário proposto e consolidadas no PLENÁRIO das Assembléias Estaduais e Nacionais.

Bem, aqui para mim e que esta o centro de todos os problemas que impedem o andamento do Congresso:



Precisamos entender, e sabemos das dificuldades financeiras, mas as decisões de: organização, implementação e desenvolvimento das atividades e do colegiado da Coordenação Política Nacional e não da Comissao Executiva, como bem fala o Regimento do Congresso aprovado em abril de 2007, na cidade de Belo Horizonte/MG.

Por tanto leia-se o que diz o Art. 09°:



Mas infelizmente hoje os membros da Comissao Executiva entendem que as decisões são deles e não da Coordenação Política Nacional, como prevê o Art. 09° do Regimento do Congresso.

Por isto, volto a repetir e assumo o que estou afirmando ao colocar o nome daqueles companheiros e companheiras lá em cima de minha mensagem:

1. As minhas opiniões com relação ao papel da Comissao Executiva e desconhecido de algum dos seus membros?

2. Alguma vez, fiz algum comentário que não tenha sido publico e publicizado aos membros da Comissao Executiva com relação a minha posição pessoal?

Podemos e devemos ter opiniões diferenciadas. Temos de explicitá-las, faz parte do processo democrático e da construção coletiva.

Se pensássemos todos iguais não estaríamos em Entidades, Organizações e partidos diferentes, como também temos de respeitar a opinião e o pensamento daqueles que não militam em organizações e em partidos.

Bem faço de novo a pergunta: De quem é o CONNEB?

Pois precisamos definir de uma vez qual o nosso papel como seres que querem mudar a realidade de uma população que vem sendo oprimida a mais de 500 anos.

Precisamos definir e aprender a repassar responsabilidades, mas também as pessoas precisam aprender que quando falam não falam só em seu nome, falam no nome de um coletivo que lhe confiou a representatividade.





Falo em responsabilidade pois fomos indicados para falarmos em nome de um coletivo de Entidades em nosso Estados que acreditam que quanto estamos em alguma reunião representando aqueles que nos desiguinaram a representatividade, estamos falando aquilo que foi aprovado pelo coletivo, não aquilo que e de meu interesse ou da organização que represento, mas sim do coletivo.

Por isto o papel de uma Coordenação Política Nacional com representação de todos os Estados que estão trabalhando e pensando o Projeto do Povo Negro para o Estado Brasileiro.

Por isto exercitar a troca de confiança, pois você só se torna um líder se aqueles que você esta a liderar em determinado momento, confiam no trabalho que você esta realizando.

E foi isto que fizemos lá atrás, no inicio deste trabalho, que não podemos esquecer, que a construção deste Congresso não é nossa, mas sim de Companheiros e Companheiras que a muito tempo vem lutando para que isto aconteça. Desta vez não cometerei o erro de citar quem ou quantas pessoas foram que iniciaram este sonho, mas não posso deixar de citar que tive aproximação da necessidade da realização deste Congresso no ano de 2001, na cidade de Porto Alegre, através do Companheiro Yedo Ferreira do Movimento Negro Unificado – MNU, que naquele ano passou as minhas mãos vários documentos elaborados por ele que apontavam para esta construção. Depois a outra pessoa que não posso deixar de citar que me fez buscar mais informações sobre este Congresso foi o meu Camarada José Lucio “Socialista”, da UNEGRO/RJ. /span>

Por tanto com isto quero dizer que Companheir@s e Camaradas, conjuntamente vêem construindo este momento, que não é o momento de uma pessoa ou de uma entidade, mas um momento do conjunto do coletivo do povo negro deste país.

Por fim, e sei que algumas pessoas irão se perguntar o porque desta mensagem, não podemos aceitar a forma deselegante e desrespeitosa que algumas pessoas vêem tratando as decisões do conjunto do coletivo.

Não podemos aceitar que acordos de interesse pessoal atrapalhem as decisões do coletivo, pois assim já mais poderemos dizer que representamos o coletivo de negras e negros deste país.

Volto a solicitar e aguardo que os companheiros citados acima ou até mesmo aqueles que não foram citados possam me responder: Quem é o DONO do Congresso Nacional de Negras e Negras do Brasil, pois se formas caluniadores, difamadoras e desrespeitosas como tem acontecido por pessoas mal intencionadas, que querem se denominar como donos da verdade dentro do CONNEB continuarem acontecendo, corremos o risco de não construirmos o Projeto do Povo Negro para o Brasil.

Por tanto, não abro mão de colocar a publico minha opinião, mesmo que não seja de interesse de muitas pessoas.

E que precisamos urgentemente chamar uma reunião da Coordenação Política Nacional para que possamos construir a Assembléia do RS e no plenário fazermos o debate de opiniões.

E encerro dizendo: não é a Comissão Executiva que define os rumos do Congresso e sim a Coordenação Política Nacional.







JOSÉ ANTONIO DOS SANTOS DA SILVA

Secretário Geral da UNEGRO/RS



Contatos:

51.91792404

53.99491618

jassrs@gmail. com

jass_rs@terra. com.br

www.joseantoniodoss antosdasilva. blogspot. com

MSN: jass_rs@hotmail. com

Skype: jassrs62



"O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons" Martin Luther King.



Ubuntu: é uma antiga palavra Africana, cujo significado é "humanidade para todos". Ubuntu também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".




--------------------------------------------------------------------------------


__._,_.___
Mensagens neste tópico (3) Responder (através da web) | Adicionar um novo tópico
Mensagens | Arquivos | Fotos | Links | Banco de dados | Enquetes | Associados | Agenda
"Estamos convencidos de que a mudança histórica em perspectiva
provirá de um movimento de baixo para cima,
tendo como atores principais os países subdesenvolvidos
e não os países ricos; os deserdados e os pobres
e não os opulentos e outras classes obesas;
o indivíduo liberado partícipe das novas massas
e não o homem acorrentado;
o pensamento livre e não o discurso único.
Os pobres não se entregam e descobrem a cada dia
formas inéditas de trabalho e de luta;
a semente do entendimento já está plantada e o passo seguinte é o seu florescimento
em atitudes de inconformidade e, talvez, rebeldia."

Milton Santos em Por Uma Outra Globalização - Do Pensamento Único à Consciência Universal

Sindicato dos Jornalistas do RS



Quarta-feira, 29 de abril de 2009

Assembléia Geral Extraordinária

EDITAL

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul, com jurisdição na base territorial do Estado do Rio Grande do Sul, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos estatutos e disposições legais, convoca todos os integrantes da categoria profissional, associados ou não, para Assembléia Geral Extraordinária, que se realizará no dia 30 de abril, na sede do Sindicato, na rua dos Andradas, 1270, 13º andar, sala 133, em Porto Alegre, às 10h, em primeira convocação, obedecido o quórum legal às 10h30min, com qualquer número de presentes, para deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA:

Escolha dos Delegados para participarem do 12º Cecut, que ocorre entre os dias 19 e 21 de junho.
Assuntos Gerais.

Porto Alegre, 27 de abril de 2008

José Maria Rodrigues Nunes
Presidente

Jornalista de editora ganha horas-extras além da jornada de cinco horas

Jornalista que exerce funções típicas da profissão tem direito a jornada especial de cinco horas, independentemente de a empresa dedicar-se a atividade jornalística. A partir desse entendimento, a Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho acolheu recurso de ex-empregada da Editora FTD S.A e reconheceu o direito à jornalista. A ex-funcionária trabalhou cerca de dez anos na FTD S.A, editora de livros didáticos, realizando atividades de jornalista na assessoria de Imprensa, onde executava serviços técnicos como apuração de informações, entrevistas, redação, interpretação, correção e coordenação de matérias para publicação. A jornada de trabalho era de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 14h15min, mas se estendia até as 21h, em média três vezes por semana.

Após ser demitida, em outubro de 2000, a jornalista ajuizou reclamação trabalhista na 49ª Vara do Trabalho de São Paulo, pedindo, entre outras verbas, o pagamento das horas-extras excedentes da quinta hora diária e da vigésima quinta semanal. A jornada especial para jornalistas profissionais está prevista no artigo 303 da CLT. A sentença de primeiro grau negou o pedido. Não satisfeita, a jornalista entrou com recurso no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, reiterando a pretensão. O TRT/SP rejeitou novamente o pedido, alegando que o direito à jornada de cinco horas somente seria devido quando a atividade fosse exercida em empresas jornalísticas, conforme o Decreto-Lei 972/1969, e não em editoras de livros didáticos, como no caso.

Contudo, no julgamento do recurso de revista, a Primeira Turma do TST trouxe interpretação diversa da legislação. O ministro relator, Lelio Bentes Corrêa, em seu voto, observa que era fato incontroverso que a ex-funcionária desempenhava funções de jornalista, conforme expressamente consignado no acórdão do TRT/SP. "Nessas circunstâncias, não há como recusar à jornalista o direito à jornada especial estabelecida em lei, ainda que a empresa se dedique a atividade fim diversa". O ministro destacou outras decisões do Tribunal que se orientam no sentido de que o que norteia a as obrigações é a atividade desenvolvida pelo profissional, sendo irrelevante o ramo da empresa. A tese foi acolhida por unanimidade pela Primeira Turma, que determinou o retorno dos autos ao TRT para reexaminar os pedidos.
* Alexandre Caxito, da Assessoria de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho

Unisinos promove curso sobre os 50 anos da TV no RS

A Universidade do Vale do Rio dos Sinos, através da Unidade Acadêmica de Educação Continuada, promove o curso de extensão 'Os 50 anos de televisão no Rio Grande do Sul'. As aulas terão como ministrantes o jornalista Sérgio Reis, que também dirigiu a primeira transmissão em cores da televisão brasileira, em 1972, a mestre em Ciências da Comunicação Márcia Turchiello Andres e o publicitário Dênis Simões. O curso tem como foco a televisão no Rio Grande do Sul, apresentando a trajetória de desenvolvimento e expansão das emissoras de TV nestes 50 anos de história. A proposta está inserida no processo reflexivo a cerca das estratégias utilizadas pela mídia televisiva, os impactos causados na sociedade e o desenvolvimento tecnológico, avaliando as principais características do meio ao longo de cinco décadas.

As aulas acontecerão no campus da Unisinos em São Leopoldo às terças-feiras, das 19h30min às 22h15min, de 12 de maio a 21 de julho, na modalidade presencial, com carga horária de 30 horas. Será fornecido certificado a todos que tiverem, no mínimo, 75% de freqüência. Comunicadores, profissionais de TV e acadêmicos interessados devem fazer a inscrição pela Internet ou procurar a Central de Relacionamentos da Unisinos. Mais informações no site www.unisinos.br ou pelo telefone 51-3591-1122.

Ibgen promove MBA de Gestão da Comunicação

O Instituto Brasileiro de Gestão de Negócios abriu inscrições para o curso de MBA de Gestão Estratégica da Comunicação, em Porto Alegre. As aulas têm o objetivo de ampliar os conhecimentos relativos à gestão da Comunicação, capacitando para o planejamento e gerenciamento das principais necessidades das organizações. Os encontros serão realizados nas terças e quintas-feiras, durante dois anos, a partir de 11 de maio. As inscrições podem ser realizadas pelo www.ibgen.com.br ou 51-3332-0202.

Nova turma de Português começa em maio

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS firmou convênio com o professor Landro Oviedo para mais um Curso Básico de Português a ser ministrado aos sábados, entre 23 de maio e 27 de junho. O curso terá 40 horas-aulas e os jornalistas sindicalizados pagarão R$ 200, já com desconto de R$ 50 no valor total. Está incluída a apostila exclusiva e o programa inclui fonologia e ortografia, morfologia, sintaxe e texto, além de material sobre a nova reforma ortográfica. O ministrante é Landro Oviedo, licenciado em Letras, especialista em Língua Portuguesa, advogado e consultor de Português do Correio do Povo. Contatos pelo 9201-3065 ou landrooviedo@uol.com.br.

Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo chega na reta final

O prazo de inscrição da edição 2009 do Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo termina na próxima segunda-feira, dia 4 de maio. Jornalistas de todo o país concorrem a prêmios de R$ 8 mil por categoria, podendo inscrever até três reportagens sobre agronegócio feitas durante 2008 nas categorias jornal, revista, Fotojornalismo, TV e Internet. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis em www.massey.com.br.

Últimos dias para se inscrever no concurso da UFSJ

O concurso público da Universidade Federal de São João Del Rei, em Minas Gerais, oferece vaga para jornalista no cargo 'editor de publicações', com salário inicial de R$ 1.747,83. As inscrições terminam nesta quinta-feira, 30 de abril, e o edital está disponível em www.ufsj.edu.br.




--------------------------------------------------------------------------------

• Antes de imprimir esse e-mail, lembre-se da Amazônia •
Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul
Rua dos Andradas, 1270 - 133 - 13º andar
Porto Alegre - RS - 90020-008
51-3228-8146 / 3226-0664 / 3226-1735
www.jornalistas-rs.org.br
Assessoria de Imprensa: Marcio de Almeida Bueno (Mtb 9669)
web@jornalistasrs.brte.com.br

Para deixar de receber o informativo basta responder esta mensagem.

Delirio

O direito ao delírio



Eduardo Galeano

Tradução: Celeste Marcondes



Já está nascendo o novo milênio. Não dá para levar muito a sério este assunto: afinal de contas o ano de 2001 dos cristãos é o ano 1379 dos muçulmanos, o 5114 dos maias e o 5762 dos judeus. O novo milênio nasce em primeiro de janeiro por obra e graça de um capricho dos senadores do Império Romano que um belo dia decidiu romper a tradição que mandava celebrar o Ano Novo no começo da primavera. E a contagem dos anos da era cristã é outro capricho: um belo dia o Papa decidiu ...

Milênio vai, milênio vem, a ocasião é propicia para os oradores de inflamada verve perorar sobre o destino da humanidade e para os porta-vozes da ira de Deus anunciem o fim do mundo e a destruição geral, enquanto o tempo continua de boca calada, sua caminhada ao longo da eternidade e do mistério.

Verdade seja dita, não há quem resista: em uma data assim, por mais arbitrária que seja qualquer um sente a tentação de se perguntar como será o tempo que virá. E vai saber como será... Temos uma única certeza: no século 21, se ainda estivermos aqui, todos nós seremos gente do século passado e, pior ainda, seremos gente do passado milênio.

Mesmo que não possamos adivinhar o tempo que será, temos sim, pelo menos, o direito de imaginar o que queremos que seja. Em 1948 e em 1976 a ONU proclamou extensas listas de direitos humanos; porém, a imensa maioria da humanidade não tem nada mais que o direito de ver, ouvir e se calar.

Que tal se começarmos a exercer o jamais proclamado direito de sonhar? Que tal poder delirar, mesmo que seja um ratito no más?

Vamos cravar nosso olhar mais além da infâmia, para antever outro mundo possível: o ar está limpo de todo o veneno dos medos humanos e das humanas paixões; nas ruas, os automóveis serão destruídos pelos cães; o povo não será manejado pelo automóvel nem programado pelo computador, nem será comprado pelo supermercado, nem será olhado pela televisão; o aparelho da TV deixará de ser o membro mais importante da família e será tratado como o ferro de passar ou a máquina de lavar roupas; o povo trabalhará para viver em vez de viver para trabalhar; será incluído nos códigos penais o delito da estupidez, que cometem quem vive para ter ou para ganhar, em vez de viver para viver simplesmente, como canta o pássaro sem sabe que canta e como brinca a criança sem saber que brinca; em nenhum país serão presos os jovens que se negam a servir o exército, se não querem fazê-lo; os economistas não chamarão nível de vida o nível de consumo, nem chamarão qualidade de vida a quantidade de coisas; cozinheiros não acreditarão que as langostas gostam de ser fervidas ainda vivas; os historiadores não acreditarão que os países ficam encantados quando são invadidos; os políticos não acreditarão que os pobres ficam encantados ao comer promessas; a solenidade deixará de ser tida como uma virtude e ninguém levará a sério a quem não seja capaz de não se levar a sério; a morte e o dinheiro perderão seus mágicos poderes e nem por falecimento ou por fortuna o canalha será convertido em virtuoso cavalheiro; ninguém será considerado herói ou idiota por fazer aquilo que acredita justo em lugar de fazer o que mais lhe convém; o mundo já não estará em guerra contra os pobres, mas sim contra a pobreza e a indústria militar não terá outra remédio do que declarar falência; a comida não será uma mercadoria nem a comunicação um negócio, porque a comida e a comunicação são direitos humanos; ninguém morrerá de fome porque ninguém morrerá de indigestão; as crianças das ruas não serão tratadas como lixo porque não haverá crianças de rua; as crianças ricas não serão tratadas como se fosse dinheiro porque não haverá crianças ricas; a educação não será um privilégio de quem pode pagá-la; a policia não será a maldição de quem não pode comprá-la; a justiça e a liberdade irmãs siamesas condenadas a viver separadas, voltarão a viver juntas, bem juntinhas, ombro a ombro; uma mulher negra será presidente do Brasil e outra mulher negra será presidente dos Estados Unidos, uma mulher índia governará a Guatemala e outra o Peru; na Argentina, as loucas da Praça de Maio serão exemplos de saúde mental porque elas se negaram a esquecer os tempos de amnésia obrigatória; a Santa Madre Igreja irá corrigir as erratas das Tábuas de Moisés e o sexto mandamento ordenará que se festeje o corpo; a Igreja também ditará outro mandamento que Deus esqueceu: “Amarás a natureza, da qual fazes parte”; serão reflorestados os desertos do mundo e os desertos da alma; os desesperados serão esperados e os perdidos serão encontrados porque eles são os que se desesperarão de tanto esperar e os que se perderão de tanto procurar; seremos compatriotas e contemporâneos de todos os que têm vontade de justiça e vontade de beleza, tenham nascido e tenham vivido quando tenham vivido sem que se considerar nem um pouquinho as fronteiras do mapa ou do tempo; a perfeição continuará sendo o chato privilégio dos Deuses; porém, nesse mundo desajeitado e fudido, cada noite será vivida como se fora a última.






-----Anexo incorporado-----


_______________________________________________
Cartaoberro mailing list
Cartaoberro@serverlinux.revistaoberro.com.br
http://serverlinux.revistaoberro.com.br/mailman/listinfo/cartaoberro

Professor Condenado por Racismo

Professor universitário é condenado por racismo no RS
30 de abril de 2009 . 16h17 . atualizado às 16h17

A 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) condenou na
terça-feira um professor da faculdade de Agronomia da Universidade Federal
do Rio Grande do Sul a pagar multa civil por ato de racismo. Segundo a
denúncia, ele teria feito comentários racistas durante uma aula.
Conforme a denúncia do Ministério Público Federal, o acusado disse em março
de 2000 as frases: "os negrinhos da favela só tinham os dentes brancos
porque a água que bebiam possuía flúor" e "soja é que nem negro, uma vez que
nasce é difícil de matar".
Na época, foi aberta uma comissão de sindicância na faculdade, que concluiu
que não havia uma conotação racista nas afirmativas do professor e que ele
tinha "o intuito de criar um ambiente mais descontraído no primeiro dia de
aula", e ainda, que teria feito uso de expressões informais usuais no meio
rural.
A Procuradoria recorreu ao tribunal alegando que houve ação discriminatória
e racista e que esta teria provocado constrangimento e indignação em todos
os presentes e, principalmente, no único aluno negro presente.
O acusado defendeu-se alegando ter dito as frases sem intenção pejorativa e
que usou ditado corrente na zona rural, costumeiro em agricultores de origem
italiana, que teria um conteúdo positivo, relativo ao vigor da raça negra.
Entretanto, conforme alunos que testemunharam o fato, ele teria se retratado
ao final da aula e em aulas posteriores tentado intimidar o aluno ofendido.
O professor foi condenado a pagar multa civil no valor de uma remuneração
mensal do seu cargo universitário, que será destinada ao fundo da ação civil
pública, incluídas todas as vantagens e adicionais que recebia quando
ocorreu o fato. Ele poderá recorrer da decisão.
http://noticias. terra.com. br/brasil/ interna/0, ,OI3737108- EI306,00. html

|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .



__._,_.___

História de Angola

BIBLIOGRAFIA PARA COMPREENDER A HISTORIA DE ANGOLA

Estudos de Etno-História

Peço a vossa atenção para os nomes dos autores que publicaram estudos sobre Angola. Alguns textos encontram-se na Net, outros nas bibliotecas. Vamos estudar ? A lusofonia exige!

Na área da etno-história é essencial o estudo das obras de Henrique de Carvalho, Padre Carlos Estermann, Óscar Ribas, José Redinha, João Vicente Martins, Mário Milheiros, Mesquitela Lima, Manuel Alfredo de Morais Martins, Jorge e Jill Dias, Abílio Lima de Carvalho, Manuel Guerreiro, José Pereira Neto, Padre José Martins Vaz, Padre Joaquim Martins, Ilídio do Amaral (mais no domínio da geografia humana do que etnografia ou história), Herman Possinger e Ramiro Ladeiro Monteiro mais na área de sociologia.

Destaco, o engenheiro alemão agrônomo H. Possinger, que em Angola foi o impulsionador do Projecto Piloto de Extensão Rural, com muito sucesso e, mais tarde, esteve também em Timor, num trabalho de Extensão Rural. Mas o Possinger tinha estado antes noutras latitudes. Lembro o Brasil, onde fez um excelente trabalho, em Santa Catarina, tendo deixado, ali, as sementes da extensão rural. Hoje a Extensão Rural está em todo o Brasil. Interessante conhecermos os resultados da Extensão Rural, quando o Possinger estava na frente, com seu grande saber sobre o povo e aspirações deste.

Mas eu encontrei a única foto, na net, do Possinguer, no PROJECTO-PILOTO DO ANDULO ( blogue huambino.blogs. sapo.pt/ )



Quando apareceu no Andulo a dizer que os técnicos agrícolas deviam deixar os seus gabinetes e

ir para o campo contactar com os agricultores, ensinando aí, não apenas aos homens, mas também

às mulheres, como cultivar melhor a lavra e tratar convenientemente da casa e da prole,

Hermanan Pössinger estabeleceu as bases da Extensão Rural em Angola.

Foi pena que todo esse trabalho de missão se tenha perdido no horror fratricida da guerra civil.

Será que os dirigentes actuais do país irão recomeçar tudo um dia?

Francisco Bernardo,

in Fotos Recolhidas e Legendadas de uma Angola de Antigamente (obra inédita)




Para aprofundar o conhecimento daquele país, de língua portuguesa e línguas regionais africanas, sugiro que consultem o espaço tudosobreangola. blogspot. com/2008/ 12/page-1- 1105-ren- plissier- anlise-social. html

Um forte kandando,

Margarida

News Negro

Ato contra visita de Ahmadinejad reúne cerca de mil em SP
Terra Brasil - São Paulo,SP,Brazil
Em uma conferência das Nações Unidas (ONU) sobre o racismo, o presidente Ahmadinejad descreveu o governo de Israel como "racista" eo Holocausto como ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
A branca que ousou desafiar o regime racista do 'apartheid'
Diário de Notícias - Lisboa - Portugal
Zille, que então recebia já ameaças de morte, demitiu-se de imediato do jornal e seguiu em frente com a sua luta contra o regime racista branco. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Polícia prende 6 pessoas acusadas de participar de morte de casal ...
O Globo - Rio de Janeiro,RJ,Brazil
Renata, por sua vez, tinha mais interesse por ocultismo e pelo esoterismo, características dos grupos neonazistas, do que na ideologia política e racista. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Equipe israelense perde ponto por comportamento racista da torcida
globoesporte. com - Rio de Janeiro,RJ,Brazil
O Beitar Jerusalém foi punido com a perda de um ponto no Campeonato Israelense ea disputa de um jogo com portões fechados por conta das ofensas de sua ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Professor da UFRGS é condenado a pagar multa por racismo
Zero Hora - Porto Alegre,RS,Brazil
MPF denunciou o docente por comentários racistas feitos em aula. Ele pode recorrer da decisão A 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Processo que questionava declarações de Lula é arquivado
Última Instância - SP, Brasil
Na decisão, Celso de Mello destaca que a alegação de que o presidente Lula teria cometido crime de racismo não permite o uso da interpelação —processo usado ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Ex-aluno celebra condenação
Zero Hora - Porto Alegre,RS,Brazil
Uma sindicância chegou a ser aberta na UFRGS, mas concluiu que não havia conotação racista nas afirmações do professor. O ex-universitá rio diz que sofreu ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Influência do Irã na A.Latina preocupa Hillary Clinton
G1.com.br - Brazil
Ahmadinejad, que recentemente chamou Israel de "regime racista", e acusou seu Governo de utilizar politicamente o Holocausto, durante a Conferência Mundial ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Breno Altman: 'Será que, dessa vez, Ahmadinejad tem razão?'
Vermelho - São Paulo,SP,Brazil
Durante a Conferência das Nações Unidas contra o Racismo, realizada em Genebra, Ahmadinejad afirmou que Israel era um "Estado racista" e que os países ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Sem EUA, ONU aprova acordo de combate ao racismo
Estadão - São Paulo,SP,Brazil
GENEBRA - Sem os Estados Unidos e cinco países europeus, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou um acordo de combate ao racismo. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


Princesa Negra da Disney
TSF Online - Lisboa,Lisboa, Portugal
Por isso é que fiquei tão contente quando descobri que, depois da Cinderela, da Branca de Neve e da Poncalhontas, vamos ter Tiana, a primeira princesa negra ...
Veja todos os artigos sobre este tópico



|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .
__._,_.___
Mensagens neste tópico (2) Responder (através da web) | Adicionar um novo tópico
Mensagens | Arquivos | Fotos | Links | Banco de dados | Enquetes | Associados | Agenda
"Estamos convencidos de que a mudança histórica em perspectiva
provirá de um movimento de baixo para cima,
tendo como atores principais os países subdesenvolvidos
e não os países ricos; os deserdados e os pobres
e não os opulentos e outras classes obesas;
o indivíduo liberado partícipe das novas massas
e não o homem acorrentado;
o pensamento livre e não o discurso único.
Os pobres não se entregam e descobrem a cada dia
formas inéditas de trabalho e de luta;
a semente do entendimento já está plantada e o passo seguinte é o seu florescimento
em atitudes de inconformidade e, talvez, rebeldia."

Milton Santos em Por Uma Outra Globalização - Do Pensamento Único à Consciência Universal

Unegro RS

CAROS IRMÃOS & IRMÃS,

TOTAL APOIO AO MANIFESTO DE INDIGNAÇÃO EXPRESSADO PELO COMPANHEIRO JOSÉ ANTÔNIO (UNEGRO/RS).

NÃO PODEMOS ACEITAR OU PERMITIR A APROPRIAÇÃO INDIVIDUALISTA OU DE GRUPOS DE UMA IDÉIA COLETIVA REPRESENTADA PELO CONNEB.

POR OUTRO LADO, PARTINDO DO PRINCÍPIO DE QUE O MOVIMENTO SOCIAL DEVE TER OBRIGATORIAMENTE AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA EM RELAÇÃO A QUALQUER GOVERNO, SEM DEIXAR DE LADO O DIÁLOGO SEMPRE NECESSÁRIO, INCOMODA MUITO AOS COMPONENTES DO MOVIMENTO SOCIAL NEGRO, CONSTRUTOR DA IDÉIA COLETIVA DO CONNEB, A VINCULAÇÃO E DEPENDÊNCIA DE ALGUNS SETORES COM A ESFERA GOVERNAMENTAL.

QUEREMOS IGUALDADE DE OPORTUNIDADES PARA SERMOS INDEPENDENTES. ..

FRATERNALMENTE,


Paráclito J. Brazeiro de Deus
A JUSTIÇA BROTA DA LUTA PERSEVERANTE .

Em 01/05/2009 10:26, José Antonio dos Santos da Silva < jass_rs@terra. com.br > escreveu:




Porto Alegre, 1 de maio de 2009.

- Vais para de falar....

- Você é irresponsável. ...

Inicio minha manifestação com um questionamento: Alguém pode me responder quem é o dono do Congresso Nacional de Negras e Negras do Brasil - CONNEB?

Estamos chegando à fase mais importante, mas também a mais complicada da construção do Projeto do Povo Negro para o Brasil.

Tomo a liberdade, assumo a responsabilidade, de citar alguns nomes, mas a pergunta acima e para qualquer um que queira responder.

Companheiros Flavio Jorge, Marcos Cardoso, Edson França, Julião, Jerônimo Silva, Gilbertinho, Cleide Hilda, Martinha, Marco Resende, Marcio Alexandre, Yedo Ferreira, Nuno, Egboni Conceição, Reginaldo Bispo e outras e tantos outros, gostaria de saber se minha opinião com relação à forma que temos atrasado o CONNEB não tem sido publicas e explicitadas nos espaços onde nos encontramos e reunimos.

Mas ser chamado de “irresponsável” por quem nos momentos mais necessários da construção do debate nunca esteve presente, isto não podemos aceitar.



Se os Companheiros ainda não puderam me responder espero que o Art. 1° do Regimento do Congresso não tenha sido mudado, pois se foi, por favor, nos avisem.

O diz o Parágrafo Único do Art. 4°:



Portanto, em meu entendimento as decisões são coletivas a partir do temário proposto e consolidadas no PLENÁRIO das Assembléias Estaduais e Nacionais.

Bem, aqui para mim e que esta o centro de todos os problemas que impedem o andamento do Congresso:



Precisamos entender, e sabemos das dificuldades financeiras, mas as decisões de: organização, implementação e desenvolvimento das atividades e do colegiado da Coordenação Política Nacional e não da Comissao Executiva, como bem fala o Regimento do Congresso aprovado em abril de 2007, na cidade de Belo Horizonte/MG.

Por tanto leia-se o que diz o Art. 09°:



Mas infelizmente hoje os membros da Comissao Executiva entendem que as decisões são deles e não da Coordenação Política Nacional, como prevê o Art. 09° do Regimento do Congresso.

Por isto, volto a repetir e assumo o que estou afirmando ao colocar o nome daqueles companheiros e companheiras lá em cima de minha mensagem:

1. As minhas opiniões com relação ao papel da Comissao Executiva e desconhecido de algum dos seus membros?

2. Alguma vez, fiz algum comentário que não tenha sido publico e publicizado aos membros da Comissao Executiva com relação a minha posição pessoal?

Podemos e devemos ter opiniões diferenciadas. Temos de explicitá-las, faz parte do processo democrático e da construção coletiva.

Se pensássemos todos iguais não estaríamos em Entidades, Organizações e partidos diferentes, como também temos de respeitar a opinião e o pensamento daqueles que não militam em organizações e em partidos.

Bem faço de novo a pergunta: De quem é o CONNEB?

Pois precisamos definir de uma vez qual o nosso papel como seres que querem mudar a realidade de uma população que vem sendo oprimida a mais de 500 anos.

Precisamos definir e aprender a repassar responsabilidades, mas também as pessoas precisam aprender que quando falam não falam só em seu nome, falam no nome de um coletivo que lhe confiou a representatividade.





Falo em responsabilidade pois fomos indicados para falarmos em nome de um coletivo de Entidades em nosso Estados que acreditam que quanto estamos em alguma reunião representando aqueles que nos desiguinaram a representatividade, estamos falando aquilo que foi aprovado pelo coletivo, não aquilo que e de meu interesse ou da organização que represento, mas sim do coletivo.

Por isto o papel de uma Coordenação Política Nacional com representação de todos os Estados que estão trabalhando e pensando o Projeto do Povo Negro para o Estado Brasileiro.

Por isto exercitar a troca de confiança, pois você só se torna um líder se aqueles que você esta a liderar em determinado momento, confiam no trabalho que você esta realizando.

E foi isto que fizemos lá atrás, no inicio deste trabalho, que não podemos esquecer, que a construção deste Congresso não é nossa, mas sim de Companheiros e Companheiras que a muito tempo vem lutando para que isto aconteça. Desta vez não cometerei o erro de citar quem ou quantas pessoas foram que iniciaram este sonho, mas não posso deixar de citar que tive aproximação da necessidade da realização deste Congresso no ano de 2001, na cidade de Porto Alegre, através do Companheiro Yedo Ferreira do Movimento Negro Unificado – MNU, que naquele ano passou as minhas mãos vários documentos elaborados por ele que apontavam para esta construção. Depois a outra pessoa que não posso deixar de citar que me fez buscar mais informações sobre este Congresso foi o meu Camarada José Lucio “Socialista”, da UNEGRO/RJ. /span>

Por tanto com isto quero dizer que Companheir@s e Camaradas, conjuntamente vêem construindo este momento, que não é o momento de uma pessoa ou de uma entidade, mas um momento do conjunto do coletivo do povo negro deste país.

Por fim, e sei que algumas pessoas irão se perguntar o porque desta mensagem, não podemos aceitar a forma deselegante e desrespeitosa que algumas pessoas vêem tratando as decisões do conjunto do coletivo.

Não podemos aceitar que acordos de interesse pessoal atrapalhem as decisões do coletivo, pois assim já mais poderemos dizer que representamos o coletivo de negras e negros deste país.

Volto a solicitar e aguardo que os companheiros citados acima ou até mesmo aqueles que não foram citados possam me responder: Quem é o DONO do Congresso Nacional de Negras e Negras do Brasil, pois se formas caluniadores, difamadoras e desrespeitosas como tem acontecido por pessoas mal intencionadas, que querem se denominar como donos da verdade dentro do CONNEB continuarem acontecendo, corremos o risco de não construirmos o Projeto do Povo Negro para o Brasil.

Por tanto, não abro mão de colocar a publico minha opinião, mesmo que não seja de interesse de muitas pessoas.

E que precisamos urgentemente chamar uma reunião da Coordenação Política Nacional para que possamos construir a Assembléia do RS e no plenário fazermos o debate de opiniões.

E encerro dizendo: não é a Comissão Executiva que define os rumos do Congresso e sim a Coordenação Política Nacional.







JOSÉ ANTONIO DOS SANTOS DA SILVA

Secretário Geral da UNEGRO/RS



Contatos:

51.91792404

53.99491618

jassrs@gmail. com

jass_rs@terra. com.br

www.joseantoniodoss antosdasilva. blogspot. com

MSN: jass_rs@hotmail. com

Skype: jassrs62



"O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons" Martin Luther King.



Ubuntu: é uma antiga palavra Africana, cujo significado é "humanidade para todos". Ubuntu também quer dizer "Eu sou o que sou devido ao que todos nós somos".

Lei que não pegou

A LEI QUE NÃO PEGOU, DEU PRÊMIOS



A lei 12.876/2008, concebida para limitar a ação de sequestradores, chantagistas, criminosos do colarinho branco, restringindo o uso de telefones celulares e facilitando a investigação policial. Foi aprovada pela Assembléia Legislativa, mas pouco respeitada - nem mesmo pelo parlamento gaúcho. O autor, deputado estadual Francisco Appio, acaba de ser distinguido com o "Mérito Legislador 2008" do Senado Federal, concedido a um grupo de parlamentares estaduais, em concurso nacional. Foi confirmada a data da solenidade para 26 de maio, em Brasília. Appio agradeceu a distinção, mas quer mesmo é que a lei funcione, para evitar o tráfico de drogas, assaltos a taxistas e caminhoneiros, sonegação de impostos e outros crimes contra o patrimônio e à pessoa. Para compreender o espírito da lei que acaba com o anonimato dos celulares "os telefones são as armas mais poderosas da bandidagem, pois informação é poder".



Veja a seguir, o texto da Lei 12.876, de 26 de dezembro de 2007.





ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Gabinete de Consultoria Legislativa



LEI Nº 12.876, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2007.

(publicada no DOE nº 244, de 27 de dezembro de 2007)



Dispõe sobre a proibição das operadoras de telefonia fixa e celular prestarem o serviço de bloqueio de identificação de chamadas no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências.



A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL.

Faço saber, em cumprimento ao disposto no artigo 82, inciso IV, da Constituição do Estado, que a Assembléia Legislativa aprovou e eu sanciono e promulgo a Lei seguinte:



Art. 1º - Fica proibida a prestação de serviços de bloqueio de identificação de chamadas no Estado do Rio Grande do Sul.



Art. 2º - As operadoras de telefonia que atuam no Estado terão o prazo de 90 (noventa) dias para se adaptarem e comunicarem aos seus usuários a proibição de que trata a presente Lei.



Art. 3º - A partir da vigência desta Lei, todos os estabelecimentos que comercializem aparelhos de telefonia fixa e celular ficam obrigados a informar aos seus usuários que, mesmo que o aparelho disponibilize o bloqueio de identificação, a utilização do serviço está proibida no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul.



Art. 4º - Esta Lei poderá ser regulamentada para garantir a sua execução.



Art. 5º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.



Art. 6º - Revogam-se as disposições em contrário.



PALÁCIO PIRATINI, em Porto Alegre, 26 de dezembro de 2007.



Assessoria do gabinete do deputado Francisco Appio – 29/04/2009.



Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

Viva Favela






Arte nos muros
por: Claudio Costa - 29/04/2009


Dois artistas de Queimados pintaram sozinhos 421 metros do muro na Vila Olímpica do município. O painel, considerado o maior do Estado, tem despertado a curiosidade dos moradores que aprovaram a mudança no visual na região.


Rompendo o silêncio
por: Gustavo Carvalho* - 22/04/2009


Ameaça, lesão corporal e atentado violento ao pudor. As mulheres continuam sendo as maiores vítimas desses tipos de violência no Estado. Somente no município de São Gonçalo foram 4.338 ocorrências na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em 2008.


Sangue bom
por: Renata Sequeira - 16/04/2009


Cinquenta jovens das comunidades de Jardim Catarina e Salgueiro são um exemplo de que cidadania e juventude tem tudo a ver. Eles, que participam do projeto Protejo, doaram sangue aos pacientes em tratamento no Instituto Nacional do Câncer e mostraram que para ser solidário não existe barreira.




Vaga aberta na Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS

488 vagas na área de telemarketing

11 vagas de estágio para estudantes de cinema

Feriado tem programação gratuita no Santa Marta

Dia Nacional da Mulher com ato público e conferência

Encontro debate a contratação de deficientes

Tiradentes

Comentário do Leitor

Novo comentário sobre o seu post #1625 "Marcelinho Carioca monta centro de treinamento"
Autor: Bacadinha de Goiânia (IP: 189.5.159.127 , bd059f7f.virtua.com.br)
Email: bacadinhaespot2008@hotmail.com
URL :
Whois : http://ws.arin.net/cgi-bin/whois.pl?queryinput=189.5.159.127
Comentário:
Queria o seu endereço,para mandar os dvd's dos jogadores.
Nome:Pedro Henrique.
Posição:Goleiro.
Idade:23
Altura:1,92.
que esta disputando a semi-final para o Crac.

Nome:Rafael Dias.
Posição:Zagueiro.
Idade:26.
Altura:1,87.

Nome:Edu Valinhos.
Posição:Zagueiro pela esquerda.
Idade:28.
Altura:1,86.

Nome:Possato.
Posição:Lateral Esquerdo.
Idade:28.
Altura:1,87

Nome:Claudinho Baiano.
Posição:Volante.
Idade:28
Altura:1,88
Joga como primeiro volante,com passagens por Botafogo SP,
Portuguesa SP,Ponte Preta,Ceara,Atlético GO.

Nome:Jorge Henrique.
Posição:Meia-atacante.
Idade:26
Altura:1,82
Otimo chute fora da area,jogou no Guaratingueta 2008,esta no Atlético GO.

Nome:Gauchinho.
Posição:Centro-avante
Idade:32
Altura:1,87
Peso:82

Nome:Bruno Lopes
Posição:Atacante
Idade:22
Altura:1,87.
Rapido e goleador,revelado pelo Figuerense,estava no Mineiros GO.

Obs:Estão todos sem procurador.
E-mail:bacadinhaesport@hotmail.com

Você pode ver todos os comentários sobre esse post aqui:
http://bolanaarquibancada.blog.terra.com.br/2008/06/04/marcelinho-carioca-monta-centro-de-treinamento/#comments

Locutores Publicitários


Produzimos áudios para os mais diferentes trabalhos:

Publicidade em rádio, esperas telefônicas, chamadas de eventos, vinhetas, vinhetas cantadas, áudios para tv e vídeos institucionais, documentários, jingles, assinaturas para jingles, campanhas políticas, multimídia, som ambiente,web sites e locução em off´s ( só a voz ) ou produzida ( com fundos, trilhas, efeitos ).

Dispomos de voz feminina, locutores infantis e masculinos de vários estilos,locuções em inglês espanhol,francês e alemão.



Trabalhamos com mais de 100 profissionais de todo o Brasil.



Fale conosco! Temos as mais belas e experientes vozes, com produções personalizadas para a sua peça publicitária.

Nós do Studio Horus estamos à disposição, para colocar satisfação, emoção e música em seus áudios, com rapidez e responsabilidade.

Há mais de quatro anos, trabalhamos para todo o país e exterior on line, e estamos entre os primeiros e mais respeitadas produtoras de áudio publicitário da Internet.

Todos os trabalhos são enviados com pontualidade em MP-3, com qualidade ( 320 kbps ), ou conforme for solicitado

( wave / cd / dvd – via sedex ).

Se a sua marca ou do seu cliente precisa ser lançada, fortalecida ou melhor representada, invista em publicidade e fale conosco.

Visite nosso site e conheça alguns trabalhos realizados por nós.

www.studiohorus.com

Orçamento sem compromisso: horus.audio@gmail.com

Msn: danuza.rio@msn.com

FONE / FAX (12) - 3122.5175 - Guaratinguetá – São Paulo – Brasil

News Racismo

Senado analisa projeto da igualdade racial
A Tarde On Line
O roejto tem muitos interesses e perde sua essência de melhorar as condições sociais e econômicas da população brasileira, que também é negra. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
A ferocidade da aversão ao outro
Estadão
As TVs do mundo inteiro nos mostraram imagens repugnantes, mostrando barcos vindos da África negra (pelas Canárias) ou da Líbia (por Lampedusa), ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Obama considera que oposição à reforma da saúde não é racista
Diário de Notícias - Lisboa
... na passada semana, defendeu que boa parte da contestação ao plano de saúde defendido pela presente Administração assentava em argumentos racistas. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Jogadores espanhóis podem pegar 6 anos de prisão por racismo
Estadão
... o jogo ao proferir, contra integrantes da equipe rival, insultos, cusparadas, ameaças e expressões humilhantes com teor xenófobo e racista. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Democratas acusam grupos conservadores de racismo contra o ...
Revista Época
Uma série de passeatas contra a reforma do sistema de saúde abriu um debate nos Estados Unidos: a oposição ao presidente Barack Obama tem cunho racista? ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Ataques contra Obama alimentam debate sobre racismo nos EUA
AFP
Mas a tendência ao racismo ainda existe e acho que voltou à superfície por causa da crença de muitos brancos, não apenas no sul, mas como em todo o país, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Oposição a Obama: racismo? Jimmy Carter diz que sim
Diário de Notícias - Lisboa
Um facto que para o antigo presidente Jimmy Carter só tem uma explicação: o racismo que ainda se esconde na sociedade americana quase meio século após o fim ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Casa Branca distancia-se de Jimmy Carter em debate sobre racismo
euronews
Barack Obama distancia-se das declarações de Jimmy Carter sobre o racismo e tenta acalmar o debate que está a incendiar o país. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Carter vê 'racismo' na oposição a Obama nos EUA
Estadão
WASHINGTON - O racismo está motivando a recente onda de fortes críticas ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou ontem o ex-presidente Jimmy ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Ex-BBB Naiá é intimada a prestar depoimento por declaração racista
Band
Quando estava confinada na casa, a ex-participante de 61 anos fez comentários racistas contra nordestinos e negros e disse que não combinava com Leo Jancu, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
A África às avessas
Mídia Sem Máscara
Muito antes disso, o desprezo racista pelos negros era senso comum entre os árabes, como se vê pela palavra de alguns de seus mais destacados intelectuais. ...
Veja todos os artigos sobre este tópico
Diouf é acusado de racismo contra gandula no Campeonato Inglês
globoesporte. com
O meia-atacante senegalês do Blackburn El-Hadji Diouf foi acusado de racismo na Inglaterra. O jogador teria praticado ato racista contra um dos gandulas na ...
Veja todos os artigos sobre este tópico


|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .

Presos Traficantes

Polícia Civil prende dois traficantes em Porto Alegre
22/09/2009 10:05

Agentes da 1ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (DIN), do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), detiveram, na tarde dessa segunda-feira (21/9), dois jovens por tráfico. A primeira prisão ocorreu por volta das 16h30min, na Rua Figueira, Campo da Tuca, Partenon. RMP, de 22 anos, era foragido do sistema prisional, onde cumpria pena por furto. A prisão ocorreu graças a denúncia anônima.

Por sua vez, Sidimar Menegildo de Campos, de 18 anos, foi capturado no Beco 5, Vila Teodora, bairro Navegantes, por volta das 17h30min. Ele estava de posse de 65 pedras de crack, pesando 12 gramas, uma peteca de cocaína, pesando 0,5 gramas e pequena quantidade de dinheiro.

De acordo com o delegado Daniel Ordahi, que responde pela 1ª DIN, os jovens foram ouvidos e encaminhados ao Presídio Central. O Denarc recebe denúncias através do número 0800 518 518.

Fonte: Ascom/ PC

Liberdade Religiosa


Clique aqui para assistir a Chamada para Caminhada!










CEN Brasil.
Acesse: http://www.cenbrasi l.org.br

Quilombo Silva

Companheiros, as

Convocamos a todos(as) lutadores(as) que de alguma forma fizeram e fazem parte dessa fundamental luta do nosso povo que está sendo a resistência do Quilombo dos Silva, no bairro Três Figueiras, em PortoAlegre, para comemorarmos juntos a vitória da TITULAÇÂO.
A Titulação do primeiro Quilombo Urbano do Brasil será aqui.
DIA 25 DE SETEMBRO DE 2009, UM DIA QUE ENTRARÁ PARA A HISTÓRIA DE LUTA DO NOSSO POVO E UM MARCO NA LUTA POR REPARAÇÃO E JUSTIÇA.

Organize sua caravana, convide os amigos(as)

DIA 25 DE SETEMBRO DE 2009 ÀS 17H NO QUILOMBO DOS SILVA , RUA JOÃO CAETANO Nº 1172, PORTO ALEGRE -RS.

tel para contato 8428950 (Jader)

Onir de Araujo
MNU/RS

II Congresso de Cultura Ibero-Americana

II Congresso de Cultura Ibero-Americana – Cultura e Transformação Social
de 30 de Setembro a 3 de Outubro de 2009 no SESC Vila Mariana




O Congresso visa apresentar as potencialidades da cultura ibero-americana, reforçando a ação conjunta entre os países participantes, por meio de intercâmbios de conceitos e de práticas que contribuam para a formação e o fortalecimento de políticas públicas que considerem a cultura como campo fértil para o desenvolvimento econômico e social.



O II Congresso de Cultura Ibero-Americana – Cultura e Transformação Social é uma iniciativa da Secretaria Geral Ibero-Americana (SEGIB), do Ministério da Cultura do Brasil e do SESC São Paulo, a ser realizado de 30 de setembro a 03 de outubro de 2009, na cidade de São Paulo. O evento reúne 22 países da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela) e da Península Ibérica (Andorra, Espanha e Portugal).



Sua primeira edição ocorreu em 2008 na Cidade do México, tendo como tema “O Cinema e a Produção Audiovisual”. Neste ano, com o tema “Cultura e Transformação Social”, o encontro ressaltará as potencialidades da cultura ibero-americana a partir do intercâmbio de conceitos e práticas que contribuem para a formação e o fortalecimento de políticas públicas que considerem a cultura como campo fértil para o desenvolvimento econômico e social, a serem discutidas por meio de conferências, mesas de debate, relatos de experiências, além de contar com uma programação cultural na qual se destacarão apresentações artísticas, mostra audiovisual e exposições.



Atividades Artísticas



A identidade e a diversidade compõem a essência da cultura ibero-americana, cujo caráter múltiplo a torna capaz de transformar realidades. Diferentes matizes, contradições históricas e a construção contínua de um cotidiano autêntico nos permitem descobrir a nós mesmos e aos outros em busca de um diálogo comum.



O II Congresso de Cultura Ibero-americana toma como tema “cultura e transformação social,” investigando sobre seus caminhos nos países da Ibero-América. Traz implícitos os princípios do compartilhamento de culturas e da convivência pacífica, motivada pela arte, entre pessoas de comunidades e valores distintos.



Nessa perspectiva, o evento conta com uma programação artística que envolve artes visuais, artes cênicas e audiovisual.



veja a programação completa



Confira o sítio do Congresso em www.congressoiberoamericano.com.br



Para realizar sua inscrição acesse: http://www.sescsp.org.br ou clique aqui.







Comunicação SID/MinC

Telefone: (61) 2024-2379

E-mail: identidadecultural@cultura.gov.br

Site: http://www.cultura.gov.br/sid

Blog: http://blogs.cultura.gov.br/diversidade_cultural/

Twitter: http://twitter.com/diversidademinc







Prezado usuário,

O envio desta mensagem foi realizado por meio da lista de endereços da Secretaria da Identidade e da Divrsidade Cultural do Ministério da Cultura - SID/MinC

As mensagens são enviadas a pessoas que se cadastraram, previamente, ou foram indicadas por terceiros.

Caso não deseje receber mensagens da SID, por favor, responda este email com o título "remover" como assunto. Se quiser ser cadastrado nessa lista, envie um email com seus dados para elisangela.souza@cultura.gov.br com o título "inscrever" no campo assunto.

Hino Nacional

O presidente da República em exercício, José Alencar, sancionou a lei que determina a obrigatoriedade de execução do Hino Nacional nas escolas de ensino fundamental uma vez por semana. O ato foi publicado hoje, no Diário Oficial da União, e entra em vigor hoje....
http://br.noticias. yahoo.com/ s/22092009/ 25/manchetes- escolas-terao- executar- hino-nacional. html
************ ********* ********* ********* *****

Nos anos 70 isso era norma. Tu volta e emeia antes da aula, principalmente em setembro, tinha de ficar em fila e cantar o Hino, muito patriota foi feito dessa maneira.... hoje em dia o hino da sociedade, do partido, do time de futebol, passaram a ser mais importantes! !!

|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .

Mulher presa

Polícia Civil prende mulher traficante em frente à escola da Capital
23/09/2009 09:11


Agentes da Divisão de Investigações Criminais (DIC) do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) prenderam em flagrante, por volta das 13h dessa terça-feira (22/9), Carla Janaína dos Anjos Ferreira, de 34 anos. A mulher foi detida por tráfico de drogas na Rua Almirante Barroso, em frente à Escola Camila Furtado Alves, na Capital. Com ela, os policiais apreenderam 14 pedras de crack, dois cachimbos e R$ 23,00 em notas de 2 e 5.

Segundo o delegado João Bancolini, diretor do Denarc, Carla construiu um barraco na calçada, próximo a prédios abandonados, e oferecia a droga para as pessoas que passavam. A autuada já tinha sido presa em flagrante por tráfico de drogas em 2008 e 2009. Ela foi encaminhada à Penitenciária Feminina Madre Pelletier. O Denarc recebe denúncias através do número 0800 518 518.

Fonte: Ascom/ PC

Nostradamus

NOSTRADAMUS






--------------------------------------------------------------------------------
PROFECIA DE NOSTRADAMUS





NOSTRADAMUS

Em suas Centúrias , Nostradamus escreveu com tanta exatidão que nos faz acreditar que conhecia o Lula .

Fragmentos de um texto de Nostradamus:

'... e próximo do terceiro milênio uma besta (seria o Lula????) barbuda ( céus,é ele!!!) descerá triunfante sobre um condado do hemisfério sul (Brasil???) ; espalhando desgraça e a miséria .' (acho que se trata da reforma da previdência ou a corrupção institucionalizada ou ainda o mensalão).
'...Será reconhecido por não possuir seus membros superiores totalmente completos.' (epa!!! Cadê o dedinho?)
'...Trará com ele uma horda (faz sentido...Palocci, Zé Dirceu, Dulci, Genoíno e Cia Ltda) que dominará e exterminará as aves bicudas (já tô ficando assustado...PSDB = Tucanos = ave bicuda!!!) ; e implantará a barbárie por muitas datas (REELEIÇÃO???) sobre um povo tolo e leviano .' (PUTA QUE PARIU, é nóiiiiiiis !!!) ...

Ginásios Poliesportivos

Ginásios poliesportivos serão construídos para prevenir a violência no RS
23/09/2009 12:27


O Programa de Prevenção à Violência (PPV), que integra o Programa Estruturante Nossas Cidades (www.estruturantes.rs.go.br), está com edital de licitação aberto para o contrato de empresas para construção de ginásios poliesportivos. Na quinta (24) e na sexta-feira (25), a Central de Licitações do Estado recebe documentação de empresas para as propostas de obras. As unidades serão construídas em 14 municípios, que apresentam maior índice de violência no RS, conforme mapeamento que definiu as áreas de maior vulnerabilidade. Serão beneficiados os seguintes municípios: Canoas, Porto Alegre, Pelotas, Passo Fundo, Novo Hamburgo, Esteio, Caxias do Sul, Montenegro, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santo Angelo, São Luiz Gonzaga, Alvorada e Torres.

As construções terão estrutura em concreto pré-moldado e cobertura com telha de aço zincado, dotado de arquibancada, sanitários masculino e feminino, instalação para portadores de deficiência, palco, oficinas e circulação, com área de 955 metros quadrados. Terá também sala multimídia, para uso da comunidade, sala para cursos de capacitação em informática, sala de biblioteca, sala para oficinas do Primeira Infância Melhor (PIM), aberta para brincadeiras em família (crianças com seus pais).

O PPV prevê, entre outras ações, a construção de Unidades Básicas de Saúde, ampliação das equipes de Saúde da Família e do PIM, e a abertura de escolas nos fins-de-semana e em turno integral. O plano para a utilização das quadras e equipamentos será organizado pelos municípios, em parceria com ONGs.

Fonte: Site do Estado

Salva-Vidas

Governadora autoriza contratação de 600 novos salva-vidas temporários
23/09/2009 14:30


A governadora Yeda Crusius autorizou a contratação de 600 novos salva-vidas temporários para atuarem na 40ª edição da Operação Golfinho 2009/2010. Para tanto, o Estado comprometerá R$ 882 mil e R$ 7,1 mil de diárias. À Secretaria da Segurança Pública, através da Brigada Militar, caberá o processo seletivo que envolve a realização dos exames de saúde e aptidão física, com posterior fase de treinamento dos aprovados. A iniciativa integra as ações do Programa Estruturante Cidadão Seguro (www.estruturantes.rs.gov.br).

O governo do Estado, sob a coordenação da Secretaria-Geral de Governo, está desenvolvendo o Projeto Verão Legal RS. Todos os anos são prestados serviços públicos a turistas e veranistas que se deslocam, entre dezembro e março, para as principais praias do Rio Grande do Sul. Neste verão, o atendimento começará no dia 19 de dezembro, com abertura oficial nas Casas de Governo da Praia do Cassino, no Litoral Sul, às 10h, e de Capão da Canoa, no Litoral Norte, às 14h. O encerramento do Verão Legal RS 2010 está programado para o dia 28 de fevereiro.

A Operação Golfinho 2008/2009, realizada entre os dias 20 de dezembro de 2008 e 11 de janeiro de 2009, registrou 328 salvamentos, uma redução de 55% na comparação com a edição anterior. Deste total, 276 ocorreram no Litoral Norte e 12 no Litoral Sul, além de outros 40 casos que aconteceram em balneários de águas internas.

A governadora Yeda Crusius afirmou que o Estado está organizado para oferecer as melhores condições aos gaúchos e turistas que venham ao Estado neste verão. "O nosso governo tem, como maior objetivo, atender às necessidades do cidadão, oferecendo informações e serviços de alta qualidade", disse a governadora.

Herói Missioneiro

Herói Missioneiro

Nome do indígena guarani Sepé Tiaraju foi inscrito no 'Livro dos Heróis da Pátria'

O presidente da República em exercício, José de Alencar, sancionou lei que inscreve o nome de Sepé Tiaraju no Livro dos Heróis da Pátria, que se encontra no Panteão da Liberdade e da Democracia, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Com assinatura conjunta do ministro da Cultura, Juca Ferreira, o ato foi publicado nesta terça-feira, 22 de setembro, no Diário Oficial da União.

O nome do índigena missioneiro rio-grandense-do-sul é a décima-primeira inscrição no Livro e se dá para assinalar a passagem dos 250 anos de sua morte. Desde de novembro de 2005, José Tiaraju já constava como herói guarani declarado pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Nascido em um dos aldeamentos jesuíticos dos Sete Povos das Missões, foi batizado com o nome latino cristão de Joseph. Também conhecido como Sepé, por ser um bom combatente e estrategista tornou-se líder dos guerreiros indígenas que atuaram contra as tropas luso-brasileira e espanhola na chamada Guerra Guaranítica.

Tal conflito inseriu-se no contexto histórico das demarcações decorrentes da assinatura do Tratado de Madrid (1750), que exigiu a retirada da população guarani aldeada pelos missionários jesuítas do território que ocupava, havia cerca de 150 anos.

Por seu feito, chegando a ser considerado um santo popular, virou personagem lendário gaúcho e sua memória ficou registrada na literatura por Basílio da Gama no poema épico O Uraguay (1769) e por Érico Veríssimo no romance O Tempo e o Vento (1962).



O Livro de Aço



Destinado ao registro perpétuo de personalidades históricas ou de grupos de brasileiros que tenham oferecido suas vidas para a defesa da Pátria, com excepcional dedicação e heroísmo, o Livro dos Heróis da Pátria já contava com os nomes de dez personalidades:

· Alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes

· Zumbi dos Palmares

· Marechal Manuel Deodoro da Fonseca

· Dom Pedro I

· Marechal Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias

· Coronel José Plácido de Castro

· Almirante Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré

· Almirante Francisco Manuel Barroso da Silva, o Barão do Amazonas

· Alberto Santos Dumont

· José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência



Leia mais: Memória Brasileira.









Comunicação SID/MinC

Telefone: (61) 2024-2379

E-mail: identidadecultural@cultura.gov.br

Site: http://www.cultura.gov.br/sid

Blog: http://blogs.cultura.gov.br/diversidade_cultural/

Twitter: http://twitter.com/diversidademinc







Prezado usuário,

O envio desta mensagem foi realizado por meio da lista de endereços da Secretaria da Identidade e da Divrsidade Cultural do Ministério da Cultura - SID/MinC

As mensagens são enviadas a pessoas que se cadastraram, previamente, ou foram indicadas por terceiros.

Caso não deseje receber mensagens da SID, por favor, responda este email com o título "remover" como assunto. Se quiser ser cadastrado nessa lista, envie um email com seus dados para elisangela.souza@cultura.gov.br com o título "inscrever" no campo assunto.

Gravação

GABINETE DO DEPUTADO

FEDERAL PEPE VARGAS











Medidas de combate ao tráfico de drogas têm

parecer favorável





O projeto estende aos municípios a possibilidade de convênio com a União para repressão e prevenção



A Comissão de Finanças e Tributação (CFT) aprovou na manhã desta quarta-feira, 23 de setembro, por unanimidade, o parecer do deputado federal Pepe Vargas (PT/RS), ao Projeto de Lei 3.640 de 2008, que permite a União celebrar convênio com os municípios e Distrito Federal visando à prevenção e repressão do tráfico de drogas. O objetivo do projeto, de autoria do senador Sérgio Zambiasi (PTB/RS) é prevenir o uso e possibilitar a atenção e reinserção social dos usuários e dependentes. O parecer do deputado foi pela não implicação do aumento ou diminuição da receita pública.

A possibilidade de convênios já estava estabelecida na Lei 11.343/ 2006, instituindo o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (SISNAD), porém previa apenas a integração com estados e agora se estende aos municípios. O projeto tramita de maneira conclusiva nas Comissões, seguindo agora para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e à sanção do presidente Lula.







Assessoria de Imprensa

Silvana Gonçalves (MTB 9163)

54.30251301/54.81258906

61.96185895

Gabinete do Deputado Federal Pepe Vargas

GABINETE DO DEPUTADO

FEDERAL PEPE VARGAS











Medidas de combate ao tráfico de drogas têm

parecer favorável





O projeto estende aos municípios a possibilidade de convênio com a União para repressão e prevenção



A Comissão de Finanças e Tributação (CFT) aprovou na manhã desta quarta-feira, 23 de setembro, por unanimidade, o parecer do deputado federal Pepe Vargas (PT/RS), ao Projeto de Lei 3.640 de 2008, que permite a União celebrar convênio com os municípios e Distrito Federal visando à prevenção e repressão do tráfico de drogas. O objetivo do projeto, de autoria do senador Sérgio Zambiasi (PTB/RS) é prevenir o uso e possibilitar a atenção e reinserção social dos usuários e dependentes. O parecer do deputado foi pela não implicação do aumento ou diminuição da receita pública.

A possibilidade de convênios já estava estabelecida na Lei 11.343/ 2006, instituindo o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (SISNAD), porém previa apenas a integração com estados e agora se estende aos municípios. O projeto tramita de maneira conclusiva nas Comissões, seguindo agora para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e à sanção do presidente Lula.







Assessoria de Imprensa

Silvana Gonçalves (MTB 9163)

54.30251301/54.81258906

61.96185895