quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Traição no Céu

Poa, 08/09/09



Coitado!!!!



Beijos.



Deise Nunes.



Três amigos sofreram um acidente e morreram. Ao chegar ao céu, São Pedro dá uma BMW ao primeiro e lhe diz:


- Em vida você nunca traiu sua esposa, portanto esse carro é pra você andar no céu.


O segundo recém-defunto, ganhou do velho Pedro com ar de reprovação, um corsinha. Ele tinha traído a esposa uma ou outra vez.




O terceiro, com muito choro, ganhou um fusquinha. Ele era um fanfarrão, mulherengo, raparigueiro, rabo de saia e todos os demais adjetivos do gênero.


Certo dia, o cara do fusquinha vê o da BMW parado no acostamento chorando copiosamente e diz:




- Pôxa cara, você com um carrão desses chorando aí, olhe pra mim, só tenho esse fusca, e sou feliz vida, ou melhor, da morte. O que aconteceu?



- Minha mulher acabou de morrer.



- Mas e daí, nós estamos mortos também!!

- Eu sei, mas ela é aquela passando ali de bicicleta!

Revista Veja

4 de setembro de 2009
------------------------------------------------

Caro leitor, aqui estão os destaques de VEJA desta semana.

VEJA.com - veja@abril.com.br


***********************************************

Edição da semana (nº 2129 - 9 de setembro de 2009)


[Especial]
----------
A boia da prevenção
As atenções dos especialistas no tratamento do alcoolismo agora se voltam para os bebedores de risco, aquelas pessoas que ainda não são alcoólatras, mas ameaçam virar dependentes.
http://veja.abril.com.br/090909/boia-prevencao-p-86.shtml

• Índice da edição
http://veja.abril.com.br/090909/sumario.shtml

[Entrevista]
------------
Mauricio Funes, de El Salvador, diz que Chávez não é o modelo.
http://veja.abril.com.br/090909/chavez-nao-e-o-modelo-p-17.shtml

[Presidência]
--------------
José Alencar diz que a doença lhe ensinou o exercício da humildade
http://veja.abril.com.br/090909/estou-preparado-morte-p-78.shtml

[Eleições]
------------
A incontrolável tentação de controlar tudo
Senado vai recuar da decisão de censurar a internet.
http://veja.abril.com.br/090909/tentacao-controlar-tudo-p-75.shtml

[Energia]
----------
Petróleo volta à cena na política brasileira
Lula impulsiona Dilma com discurso nacionalista.
http://veja.abril.com.br/090909/brasil-quinta-potencia-p-064.shtml

[Colômbia]
------------
Terceiro mandato: o retrocesso de Uribe
Congresso aprova plebiscito para mudar Constituição.
http://veja.abril.com.br/090909/uribe-da-mau-exemplo-p-082.shtml

[Japão]
--------
Sistema que enriqueceu o país se esgotou
Eleitorado rejeita o partido que governou por 53 anos.
http://veja.abril.com.br/090909/um-voto-que-muda-japao-p-083.shtml

[Especial]
-----------
Campeonatos de vale-tudo agora atraem milhões de dólares e fãs
http://veja.abril.com.br/090909/bons-briga-e-audiencia-p-120.shtml

[Educação]
----------
Aumentar o turno de escolas em favelas dá perspectiva aos alunos
http://veja.abril.com.br/090909/mais-estudo-menos-violencia-p-106.shtml

[Artes e espetáculos]
---------------------
Gigante dos livros em Portugal no Brasil
Grupo editorial Leya vai lançar seus títulos no país.
http://veja.abril.com.br/090909/potente-mas-em-marcha-lenta-p-134.shtml

[Guia]
-------
Descubra melhores bicicletas para passeios
Há muitos modelos. Guia mostra como escolher.
http://veja.abril.com.br/090909/bicicletas-passear-p-128.shtml

[Maílson da Nóbrega]
--------------------
O subdesenvolvimento não se improvisa
http://veja.abril.com.br/090909/subdesenvolvimento-nao-improvisa-p-133.shtml

[Roberto Pompeu de Toledo]
---------------------------
Uma virada, uma doença e uma solução
http://veja.abril.com.br/090909/uma-virada-uma-doenca-uma-solucao-p-146.shtml


***********************************************


[Destaques on-line]
-------------------

[Especial]
-----------
Imunidade: em defesa do corpo
http://veja.abril.com.br/em-profundidade/imunidade

[Na História]
--------------
I Guerra Mundial completa em seis edições
http://veja.abril.com.br/historia/

II Guerra Mundial em onze edições
http://veja.abril.com.br/especiais_online/segunda_guerra/index.html

[Perguntas e Respostas]
--------------------------
Fertilização
http://veja.abril.com.br/perguntas-respostas/fertilizacao.shtml

[Entrevista]
-------------
Roberto Carlos, quer voltar à seleção brasileira
http://veja.abril.com.br/noticia/esporte/quero-voltar-selecao-avisa-roberto-carlos-496007.shtml

[Conheça o País]
-----------------
Afeganistão
http://veja.abril.com.br/conheca-o-pais/afeganistao/

Nigéria
http://veja.abril.com.br/conheca-o-pais/nigeria/

[Em Profundidade]
------------------
A exploração do pré-sal
http://veja.abril.com.br/em-profundidade/pre-sal/

[Galerias de fotos]
--------------------
Whitney Houston
http://veja.abril.com.br/galeria-de-imagens/whitney-houston-496680.shtml

A história do Brasil no cinema
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/historia-brasil-telas-496683.shtml

Carro elétrico
http://veja.abril.com.br/galeria-de-imagens/carro-eletrico-brasileiro-496732.shtml

***********************************************

Colunistas


[Blog]
-------
Reinaldo Azevedo
Toffoli, Harriet Miers e a civilização democrática
"Tenho algo contra Toffoli? Não, nem o conheço. Só acho que ele precisa estudar mais."
http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/

[Radar on-line]
----------------
Lauro Jardim
José Dirceu, o sabe tudo
"O reconhecido expert em economia postou em blog um puxão de orelhas no Banco Central."
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line

[Coluna]
---------
Augusto Nunes
Três presidentes e uma mesma paixão: literatura
"Sarney é imortal desde 1980. Lula discursou na ABL. E Collor ganhou imortalidade regional."
http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/

[Sustentável é pouco]
----------------------
Denis Russo
Dois sintomas de uma mesma doença
"O que o petróleo do pré-sal tem em comum com a 'ciclofaixa' criada em São Paulo?"
http://veja.abril.com.br/blog/denis-russo/

[VEJA 40 anos]
---------------
Ronaldo França
Inovação é sustentabilidade
http://veja.abril.com.br/40anos/blog/ronaldo-franca/

[Chegada]
---------
Renato Dutra
Terceira idade
http://veja.abril.com.br/blog/saude-chegada/

[Consultório Sentimental]
---------------------------
Betty Milan
O medo da solidão
http://veja.abril.com.br/blog/consultorio-sentimental/

[Cenas Urbanas]
------------------
Tony Bellotto
Vamos rir com a 'obra' de nossos políticos
http://veja.abril.com.br/blog/cenas-urbanas

[Genética]
------------
Mayana Zatz
Esperança para portadoras de doenças mitocondriais
http://veja.abril.com.br/blog/genetica/

[Em VEJA]
-----------
Diogo Mainardi
A ponta do macarrão
http://veja.abril.com.br/blog/mainardi/

[Espelho Meu]
-------------
Lucia Mandel
Protetor solar em pílulas. O sonho de todos
http://veja.abril.com.br/blog/estetica-saude/

[De Paris]
------------
Antonio Ribeiro
Fuego muy amigo
http://veja.abril.com.br/colunista/de-paris/

***********************************************

[VEJA 40 ANOS]
--------------
O BRASIL QUE QUEREMOS SER

Hora de discutir a democracia no Brasil
Nesta semana o painel de VEJA 40 anos discute a profissionalização da gestão pública brasileira. Envie sua proposta.

Participe e ajude a Mata Atlântica
Cada proposta ou comentário publicado no projeto VEJA 40 anos contribuirá para o plantio de uma muda de árvore nativa pela Fundação SOS Mata Atlântica.
www.veja.com.br/40anos/democracia


------------------------------------------------
http://www.veja.com.br


Acesse http://veja.abril.com.br/pst/newsletter para cancelar o envio deste e-mail
Nosso serviço de cadastramento solicitará seu e-mail e senha. Se não souber a senha, digite seu e-mail e clique no item "Esqueci minha senha". Uma senha provisória será enviada para sua caixa postal para possibilitar o acesso ao serviço.

Doação de Livros

Susepe recebe doação de 123 livros
09/09/2009 12:40


A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), através do Departamento de Tratamento Penal (DTP), recebeu nessa terça-feira (08/9) a doação de 123 livros do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.

As obras doadas são:
-Monitoramento Eletrônico: uma alternativa à prisão?
- Resoluções do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciaria - 1981 a 2007
- Revista do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciaria

Os livros estão disponíveis na Escola Penitenciária e também serão distribuídas nas Delegacias Regionais Penitenciárias e Casas Especiais.

Fonte: Ascom/ Susepe

Detentas Capacitação em Informática

Detentas do Madre Pelletier terão capacitação em informática
09/09/2009 13:15


Foi aberta na manhã desta quarta-feira (9) a aula inaugural do curso de capacitação em informática básica para as detentas da Penitenciária Feminina Madre Pelletier, na escola que funciona nas dependências do presídio. O evento foi organizado pela Coordenadoria Estadual da Mulher, em parceria com o Departamento de Tratamento Penal (DTP) da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e o Núcleo Educacional da Madre Pelletier.

O curso, que vai até o dia 29 de setembro, é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), e a iniciativa faz parte do projeto Cidade Amiga da Mulher, do Programa Estruturante Nossas Cidades, do governo do Estado.

Cada turma será formada por 12 alunas. As aulas, teóricas e práticas, vão abranger conhecimentos em Windows, Word, Excel e PowerPoint, com carga horária de 60 horas/aula, entre 8h30min e 11h30min.
Além de informática, também está prevista a realização de uma oficina literária para as detentas que estão estudando. No dia 28 de abril deste ano, a Coordenadoria da Mulher doou 20 computadores e mesas para a escola do presídio, em parceria com a Secretaria da Fazenda, proprietária dos equipamentos.

Fonte: Site do Estado

Projeto Paz

Projeto MCs para a Paz é destacado na Conseg
09/09/2009 13:32


O projeto MCs para a Paz (Multiplicadores de Cidadania para a Paz), organizado pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e integrante do Programa Estruturante Cidadão Seguro, no projeto Recomeçar, foi um dos selecionados para a Feira de Conhecimento da Conferência Nacional de Segurança (Conseg), realizada em Brasília. Coordenado pelas psicólogas do Departamento de Tratamento Penal (DTP) da Susepe, Maristela Mostardeiro e Fernanda Bassani, o projeto recebeu um estande próprio com materiais para divulgação na Feira, considerado entre os inovadores na área de Segurança Pública.

Segundo Maristela Mostardeiro, o projeto foi apresentado no evento por meio de um vídeo e será mostrado em 74 países através do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), órgão da Organização das Nações Unidas (ONU). Maristela explicou que as coordenadoras do MCs para a Paz participaram de oficinas de capacitação realizadas pelo PNUD-ONU, voltadas para a aquisição de parcerias e realização de intercâmbio de informações com projetos de grande visibilidade.

Além das coordenadoras do MCs para a Paz, também participaram do evento em Brasília, a corregedora-geral da Susepe, Mônica Pires da Silva, e quatro agentes penitenciários, selecionados na Conferência Estadual.

Fonte: Ascom/ Susepe

News - Racismo

Negra brasileira mãe de albinos é notícia
Zero Hora
Detalhe: tanto Rosemare quanto João são negros. Segundo o professor Valdir Balbino, da Universidade de Pernambuco, citado na matéria do Daily Mail, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

Abertas inscrições para Ideias Criativas para dia da Consciência ...
TV Canal 13
O fundamental é que tenham como objetivo a questão negra e afrobrasileira. Podem participar produtores, professores, agentes culturais de uma maneira geral, ...
Veja todos os artigos sobre este tópico

'Obama russo' desafia o racismo no país
O Globo
Um candidato às eleições locais russas está desafiando os conceitos de um país onde o racismo ainda é comum e pretende se tornar o primeiro negro a ser ...
Veja todos os artigos sobre este tópico




|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
HEITOR (((((º_º))))) CARLOS
http://portodoscasa is.blogspot. com/
|||||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||||||| ||||
............ ......... ......... .
__._,_.___

Vereador Stepan

Traficantes Presos

Polícia Civil prende dupla por tráfico de drogas e corrupção de menor
09/09/2009 09:41


Agentes da 22ª DP prenderam em flagrante, nessa terça-feira (08/9), WSC, 19 anos, e TRM, 22 anos, por tráfico de drogas e corrupção de menores. A detenção ocorreu durante o cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão na Rua União nº 910, Vila Santa Rosa, Porto Alegre.

Com WSC foram apreendidas sete pedras de crack e com TRM 25 buchinhas de cocaína e R$ 252,00. Um menor de 16 anos estava de posse de R$ 465,00. Ele funcionava como caixa do "movimento", o que motivou a detenção da dupla maior de idade também por corrupção de menor. Segundo o delegado Antônio Guimarães, essas prisões são resultado de investigação que durou aproximadamente 20 dias.

Fonte: Ascom/ PC

Liderança Feminina


MARTA GUAZZELLI PAIM é considerada a Kátia Abreu dos Pampas, uma liderança feminina na agropecuária. Presidente do Sindicato Rural de Ipê, destaca-se na defesa da pecuária de corte dos Campos de Cima da Serra. Foi destaque pela atuação junto a Expointer na defesa do setor, contra a tentativa de revisão dos índices de produtividade, propostos pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. Sua família é tradicional produtora rural da região, foi casada com Carlos Máximo Golim Paim, que presidiu o Sindicato Rural e morreu na década de 80. O Caderno Especial (página 7) do Jornal do Comércio de terça-feira (08/09), destacou sua atuação, veja abaixo.







Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

Choro de Yeda


Quinta-feira, 03 de setembro de 2009
Yeda se emociona e chora na Expointer
Yeda é apoiada por Kátia Abreu após chorar na ExpointerFoto: Fabrício Barreto / Farsul - Palácio Piratini



A governadora Yeda Crusius cedeu. Pressionada com a ação que corre na Justiça Federal e com as mudanças que precisou fazer no primeiro escalão, a governadora chorou durante uma cerimônia no Parque de Exposições Assis Brasil. Foi em uma homenagem à Getúlio Marcantônio, que lançava um livro na Expointer.

Durante o seu pronunciamento afirmou que hoje era um dia de muitas emoções, disse que estava fragilizada e não encerrou sua manifestação. Questionada pela jornalista Ana Amélia Lemos, Yeda disse que agora "estava livre das pressões que sofreu na mudança do seu secretariado".

A senadora Kátia Abreu (DEM-TO), que acompanhava o ato, comparou a governadora a um navio seguro que enfrenta uma grande tempestade e conseguirá a um porto seguro. O partido da senadora está na oposição ao Palácio Piratini.

Caixa Preta

Caixa Preta / Livro-bomba acusa FHC






Mal chegou às livrarias e Quem pagou a conta? A CIA na guerra fria da cultura já se transformou na gazua que os adversários dos tucanos e neoliberais de todos os matizes mais desejavam. Em mensagens distribuída, neste domingo, pela internet, já é possível perceber o ambiente de enfrentamento que precede as eleições deste ano.
A obra da pesquisadora inglesa Frances Stonor Saunders (editada no Brasil pela Record, tradução de Vera Ribeiro), ao mesmo tempo em que pergunta, responde: quem "pagava a conta" era a CIA, a mesma fonte que financiou os US$ 145 mil iniciais para a tentativa de dominação cultural e ideológica do Brasil, assim como os milhões de dólares que os procederam, todos entregues pela Fundação Ford a Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do país no período de 1994 a 2002.
O comentário sobre o livro consta na coluna do jornalista Sebastião Nery, na edição deste sábado do diário carioca Tribuna da Imprensa. "Não dá para resumir em uma coluna de jornal um livro que é um terremoto. São 550 páginas documentadas, minuciosa e magistralmente escritas: "Consistente e fascinante" (The Washington Post). "Um livro que é uma martelada, e que estabelece em definitivo a verdade sobre as atividades da CIA" (Spectator). "Uma história crucial sobre as energias comprometedoras e sobre a manipulação de toda uma era muito recente" (The Times).

Dinheiro da CIA para FHC
"Numa noite de inverno do ano de 1969, nos escritórios da Fundação Ford, no Rio, Fernando Henrique teve uma conversa com Peter Bell, o representante da Fundação Ford no Brasil. Peter Bell se entusiasma e lhe oferece uma ajuda financeira de 145 mil dólares. Nasce o Cebrap". Esta história, assim aparentemente inocente, era a ponta de um iceberg. Está contada na página 154 do livro "Fernando Henrique Cardoso, o Brasil do possível", da jornalista francesa Brigitte Hersant Leoni (Editora Nova Fronteira, Rio, 1997, tradução de Dora Rocha). O "inverno do ano de 1969" era fevereiro de 69.
Fundação Ford
Há menos de 60 dias, em 13 de dezembro, a ditadura havia lançado o AI-5 e jogado o País no máximo do terror do golpe de 64, desde o início financiado, comandado e sustentado pelos Estados Unidos. Centenas de novas cassações e suspensões de direitos políticos estavam sendo assinadas. As prisões, lotadas. Até Juscelino e Lacerda tinham sido presos. E Fernando Henrique recebia da poderosa e notória Fundação Ford uma primeira parcela de 145 mil dólares para fundar o Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento). O total do financiamento nunca foi revelado. Na Universidade de São Paulo, sabia-se e se dizia que o compromisso final dos americanos era de 800 mil a um milhão de dólares.
Agente da CIA

Os americanos não estavam jogando dinheiro pela janela. Fernando Henrique já tinha serviços prestados. Eles sabiam em quem estavam aplicando sua grana. Com o economista chileno Faletto, Fernando Henrique havia acabado de lançar o livro "Dependência e desenvolvimento na América Latina", em que os dois defendiam a tese de que países em desenvolvimento ou mais atrasados poderiam desenvolver-se mantendo-se dependentes de outros países mais ricos. Como os Estados Unidos. Montado na cobertura e no dinheiro dos gringos, Fernando Henrique logo se tornou uma "personalidade internacional" e passou a dar "aulas" e fazer "conferências" em universidades norte-americanas e européias. Era "um homem da Fundação Ford". E o que era a Fundação Ford? Uma agente da CIA, um dos braços da CIA, o serviço secreto dos EUA.

Milhões de dólares
1 - "A Fundação Farfield era uma fundação da CIA... As fundações autênticas, como a Ford, a Rockfeller, a Carnegie, eram consideradas o tipo melhor e mais plausível de disfarce para os financiamentos... permitiu que a CIA financiasse um leque aparentemente ilimitado de programas secretos de ação que afetavam grupos de jovens, sindicatos de trabalhadores, universidades, editoras e outras instituições privadas" (pág. 153).

2 - "O uso de fundações filantrópicas era a maneira mais conveniente de transferir grandes somas para projetos da CIA, sem alertar para sua origem. Em meados da década de 50, a intromissão no campo das fundações foi maciça..." (pág. 152). "A CIA e a Fundação Ford, entre outras agências, haviam montado e financiado um aparelho de intelectuais escolhidos por sua postura correta na guerra fria" (pág. 443).

3 - "A liberdade cultural não foi barata. A CIA bombeou dezenas de milhões de dólares... Ela funcionava, na verdade, como o ministério da Cultura dos Estados Unidos... com a organização sistemática de uma rede de grupos ou amigos, que trabalhavam de mãos dadas com a CIA, para proporcionar o financiamento de seus programas secretos" (pág. 147).

FHC facinho

4 - "Não conseguíamos gastar tudo. Lembro-me de ter encontrado o tesoureiro. Santo Deus, disse eu, como podemos gastar isso? Não havia limites, ninguém tinha que prestar contas. Era impressionante" (pág. 123).
5 - "Surgiu uma profusão de sucursais, não apenas na Europa (havia escritorios na Alemanha Ocidental, na Grã-Bretanha, na Suécia, na Dinamarca e na Islândia), mas também noutras regiões: no Japão, na Índia, na Argentina, no Chile, na Austrália, no Líbano, no México, no Peru, no Uruguai, na Colômbia, no Paquistão e no Brasil" (pág. 119).
6 - "A ajuda financeira teria de ser complementada por um programa concentrado de guerra cultural, numa das mais ambiciosas operações secretas da guerra fria: conquistar a intelectualidade ocidental para a proposta norte-americana" (pág. 45). Fernando Henrique foi facinho.

Maçã Sem Seguro

Projeto MCs para a Paz é destacado na Conseg
09/09/2009 13:32


O projeto MCs para a Paz (Multiplicadores de Cidadania para a Paz), organizado pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e integrante do Programa Estruturante Cidadão Seguro, no projeto Recomeçar, foi um dos selecionados para a Feira de Conhecimento da Conferência Nacional de Segurança (Conseg), realizada em Brasília. Coordenado pelas psicólogas do Departamento de Tratamento Penal (DTP) da Susepe, Maristela Mostardeiro e Fernanda Bassani, o projeto recebeu um estande próprio com materiais para divulgação na Feira, considerado entre os inovadores na área de Segurança Pública.

Segundo Maristela Mostardeiro, o projeto foi apresentado no evento por meio de um vídeo e será mostrado em 74 países através do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), órgão da Organização das Nações Unidas (ONU). Maristela explicou que as coordenadoras do MCs para a Paz participaram de oficinas de capacitação realizadas pelo PNUD-ONU, voltadas para a aquisição de parcerias e realização de intercâmbio de informações com projetos de grande visibilidade.

Além das coordenadoras do MCs para a Paz, também participaram do evento em Brasília, a corregedora-geral da Susepe, Mônica Pires da Silva, e quatro agentes penitenciários, selecionados na Conferência Estadual.

Fonte: Ascom/ Susepe

Apreensão de crack

Brigada Militar apreende 410 pedras de crack em Porto Alegre
09/09/2009 13:45



Nessa quarta-feira (09/9), na Rua Voluntários da Pátria, Loteamento Santa Terezinha, em Porto Alegre, guarnição do Pelotão de Operações Especiais do 9º Batalhão de Polícia Militar prendeu GG, de 32 anos, e THQ, de 27 anos. Com os dois foram encontradas 410 pedras de crack e a quantia de R$ 23, 00 reais. A dupla foi conduzida à Delegacia de Polícia.

Fonte: Ascom/ BM

Embrapa Capcaita Professores de Vacaria RS

Embrapa capacita professores de Vacaria


Amanhã, dia 10 de setembro, a partir das 8h30, professores da rede de ensino de Vacaria (RS) serão recebidos na Sede da Estação Experimental de Fruticultura Temperada da Embrapa Uva e Vinho, naquele município. Os visitantes assistirão ao vídeo institucional do Centro de Pesquisa e as palestras 'Gestão da Mudança na Era do Conhecimento' , com o assistente Vanderlei Candido da Silva, e 'Meio ambiente: faça sua parte', com o pesquisador Régis Sivori Silva dos Santos. Em caso de tempo bom, os professores também irão visitar as dependências da Estação.

O encontro integra o Programa Embrapa & Escola e visa repassar informações aos professores da rede pública e privada em assuntos de interesse que poderão servir de subsídios para atividades a serem realizadas em sala de aula.

Além da capacitação dos professores, o Programa Embrapa & Escola receberá de 24 a 26 de novembro, trezentos alunos de 4as e 5as séries, que irão participar de diversas atividades também na Estação de Fruticultura Temperada. As atividades são promovidas pela Embrapa Uva e Vinho e contam com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Vacaria.

O Programa Embrapa & Escola também receberá crianças na Sede da Instituição de Pesquisa em Bento Gonçalves, de 26 a 30 de outubro e na Estação Experimental de Viticultura Tropical, em Jales (SP), nos dias 21 e 22 de setembro.


--
Viviane Zanella
Jornalista - MTb 14004
Assessoria de Comunicação
Embrapa Uva e Vinho
Rua Livramento 515
95700-000 Bento Gonçalves, RS
Fone: 54-3455-8084
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
Atenção: Antes de imprimir, pense no seu compromisso com a natureza.

Esta mensagem da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa),
empresa pública federal regida pelo disposto na Lei Federal nº 5.851, de
7 de dezembro de 1972, é enviada exclusivamente a seu destinatário e
pode conter informações confidenciais, protegidas por sigilo
profissional. Sua utilização desautorizada é ilegal e sujeita o infrator
às penas da lei. Se você a recebeu indevidamente, queira, por gentileza,
reenviá-la ao emitente, esclarecendo o equívoco.

This message from Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
a government company established under Brazilian law (5.851/72) is
directed exclusively to its addresse and may contain confidential data,
protected under professional secrecy rules. Its unauthorized use is
illegal and may subject the transgressor to the law's penalties. If
you're not the addresse, please send it back, elucidating the failure.

Morte de Frei Faustino

Foi sepultado hoje às 15 horas em Vacaria, o Frei Faustino Matiello, que exerceu suas atividades religiosas em Vacaria, desde a década de 70. Nascido em Nova Araçá (1927), Adolfo Matiello foi ordenado padre em Garibaldi (1951). Atuou nas paróquias de Pelotas, Veranópolis e Vacaria, nesta por mais de 30 anos. Estava internado na UTI do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, onde morreu ontem. Seu corpo está sendo velado na Igreja Nossa Senhora de Fátima. O deputado Francisco Appio representou a Assembleia Legislativa nos funerais do Frei Faustino Matiello.





Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

A volta do Sucessos Antigos


Semana Beatles - Cadê os Rolling Stones?
2 horas, 48 minutos atrás



Por Kid Vinil, colunista do Yahoo! Brasil


PUBLICIDADE

Já comentei sobre os Beatles por aqui, mas diante da importância dos lançamentos realizados esta semana eu volto ao assunto. Se a Sony recentemente tirou o "pé da lama" com a s vendas inesperadas de Michael Jackson após sua morte, agora é a vez da EMI sair do vermelho.



Leia os outros colunistas


Essa estratégia da gravadora inglesa em relançar os discos dos Beatles remasterizados e ainda disponibilizá-los para download pelo Itunes vai render muita grana para os cofres da rainha.


Nesta quarta-feira, dia 09 de setembro, no mundo inteiro saem os 13 CDs dos Beatles em edições especiais estéreo e mono e ainda o game "Beatles Rock Band". O jornal inglês New Musicial Express resolveu fazer 13 capas diferentes para comemorar esse evento. Cada capa é dedicada a um dos álbuns dos Beatles (Veja aqui). São edições limitadas para os colecionadores, no site do Ebay, já tem gente vendendo cada exemplar por quase 100 dólares.


O site norte-americano Pitchfork (pitchfork.com) resolveu dar notas de 0 a 10 para os discos dos Beatles, é evidente que quase todos levaram nota 10. Fizeram também uma análise da diferença entre o som dos primeiros CDs lançados na década de 80 e o som dos relançamentos.


É importante salientar que a equipe de engenheiros de som do estúdio Abbey Road procurou manter toda autenticidade das gravações originais. Foi como restaurar uma obra de arte, sem mudar suas características. O resultado final é que o som dos discos está mais forte e mais presente. O baixo de Paul McCartney, por exemplo, está mais encorpado, as vozes têm mais brilho e a bateria de Ringo Star pode ser ouvida com muito mais peso. Ficou bem claro que nada foi remixado ou alterado, apenas o que eles conseguiram foi dar mais brilho à obra dos Beatles.


Esse provavelmente será um dos últimos momentos que a indústria fonográfica conseguirá alcançar grandes números nas vendas de discos. Seria o último respiro do CD? A verdade é que a indústria do disco não tem mais para onde recorrer, pois o que tinha que ser feito com grandes vendedores de discos, como Elvis, Bob Dylan, Rolling Stones, Michael Jackson e Beatles já aconteceu.


E por falar neles, cadê os Rolling Stones?


É uma pena que não fizeram todo esse estardalhaço com os Rolling Stones. Pouca gente sabe que em julho desse ano a bada teve sua discografia - a partir dos anos 70 - totalmente remasterizada e relançada em CD. Clássicos como "Sticky Fingers", de 1971, "It´s Only Rock and Roll", de 1974, e "Some Girls", de 1978, passaram despercebidos pela crítica e pelo público. O que acontece? Será que os Rolling Stones são menos importantes que os Beatles?


Essa história de rivalidade entre Stones e Beatles vem desde a década de 60 e do surgimento das duas grandes bandas de rock do Planeta. Na década de 60, os Beatles eram os meninos comportados e que toda família adorava, já os Rolling Stones representavam o lado marginal do rock. Na década de 60, os jornais ingleses colocaram até uma pergunta no ar "Você deixaria sua filha casar com um Rolling Stone?". Isso aparentemente queimava mais ainda o filme do grupo. Na vida real, Beatles e Stones eram grandes amigos e tudo não passava de uma jogada de imprensa.


É lamentável que uma banda tão importante quanto os Rolling Stones não tenha sequer recebido uma capa das melhores revistas lá fora, para comemorar seus remasters lançados em 2009. Isso se deve ao descaso da gravadora inglesa Universal, que apenas colocou os discos no mercado e esqueceu de organizar uma estratégia de marketing digna de uma banda como os Stones.


Daí eu deixo uma pergunta difícil de responder: Quem é mais importante na história do rock, os Beatles ou os Rolling Stones?




Kid Vinil é músico, jornalista e radialista. Fez parte do grupo Magazine, apresentou e produziu programas de rádio na 89FM e Brasil 2000. Apresentou o programa "Lado B", na MTV. Foi Diretor Artístico Internacional das gravadoras Eldorado e Trama.



Gostou da coluna? Envie um e-mail para y_musica@ymail.com e opine!

Fonte: Yahoo

CPMF

O casamento de D. Isabel ,

Princesa de Orleans-e-Bragança





Bruno de Cerqueira*





Nesta Semana da Pátria, quero honrar a memória de D. Pedro I (*1798 †1834) comentando sobre o casamento de uma sua pentaneta.



Em 16 de outubro de 2009, uma sexta-feira, à noite, casar-se-á na Igreja da Imperial Irmandade de Nossa Senhora da Glória do Outeiro — o famoso Outeiro da Glória dos guias turísticos do Rio de Janeiro — a Princesa D. Isabel Maria Eleonora de Orleans-e-Bragança, trineta de D. Isabel (*1846 †1921), conhecida como Redentora, por ter lutado pela Abolição da Escravatura no Brasil e assinado a Lei de número 3353, que redimiu a história brasileira de sua maior nódoa.



A noiva é a filha mais velha do Príncipe D. Fernando Diniz , que nasceu em Petrópolis em 1948 — mesmo que pertença ao que a imprensa chama de “Ramo de Vassouras” —, e da Princesa D. Maria da Graça , nascida e criada no bairro da Urca (Rio de Janeiro). D. Isabel tem duas irmãs, as belas D. Maria da Glória, 27 anos, arquiteta graduada pela Universidade Santa Úrsula, e D. Luiza Carolina , 25, que termina a graduação em Administração na PUC-Rio.



D. Isabel nasceu em 30 de janeiro de 1978, no Hospital São Lucas, Rio de Janeiro. Estudou em bons colégios da Zona Sul carioca e teve vida de classe média, como a maior parte de suas amigas de infância. Ela se graduou e pós-graduou em Psicologia na PUC-Rio e trabalhou na área de projetos sociais da White Martins. Ao contrário do que muitos imaginam, os príncipes brasileiros não são ricos, visto que a República nunca os ressarciu pelos inúmeros confiscos e perdas perpetrados desde 1889; atestar esse fato histórico-jurídico está longe de constituir monarquismo, uma vez que a União Europeia estipula como um dos pressupostos para a entrada de nações ex-comunistas a indenização de príncipes e nobres espoliados durante e após a II Guerra Mundial. Na descendência da Redentora, apenas o chamado “Ramo de Petrópolis” recebe o laudêmio enfitêutico de Petrópolis, e isso não perfaz grandes somas.



A noiva foi batizada com o prenome ISABEL por ser sobrinha e afilhada da Princesa D. Isabel do Brasil, filha de D. Pedro Henrique (*1909 †1981) — “de jure” D. Pedro III —, cujo centenário de nascimento está sendo comemorado. D. Pedro Henrique, aliás, nutria um carinho todo especial pela netinha que portava o nome de sua avó... Pois bem: D. Isabel do Brasil é prima-sobrinha e afilhada da Princesa D. Isabel de Orleans-e-Bragança (*1911 †2003), a famosa Condessa de Paris, autora consagrada no Brasil e na França, aquela que teria sido rainha-consorte francesa durante a maior parte do século XX, se a Revolução de 1848 não tivesse expulsado do milenar trono de Hughes Capet (c. 938 †996) os seus últimos herdeiros, a Casa de Orleans. Continuando a genealogia, a Condessa de Paris era neta e afilhada de D. Isabel a Redentora, que por sua vez era neta e afilhada da Rainha-mãe das Duas Sicílias, nascida Infanta D. Maria Isabel de Espanha (*1789 †1848).



ISABEL tem origem em um vocábulo feminino do hebraico arcaico, que designava “aquela que é consagrada a Deus”. Desse antigo nome (Elisheva) originam-se, provavelmente, o germânico Elisabeth, o inglês Elizabeth, o francês arcaico Isabeau e o atual Isabelle, os italianos Elisabetta e Isabella, o russo Yelizaveta, o húngaro Erzèbet, o eslavo Alsbietta etc. Todos eles prestam culto às santas da Igreja que, nascidas em linhagens principescas, viveram suas vidas na caridade: Isabel (séc. I a.C. †c. 20 d.C.), a prima de Maria cujo filho (João Batista) saudou Jesus ainda no ventre materno; Isabel da Hungria (*1207 †1231), a duquesa-consorte da Turíngia que foi a primeira penitente da Ordem Franciscana a ser canonizada e Isabel de Portugal (*1271 †1336), nascida infanta de Aragão e que foi a rainha-consorte de D. Diniz I (*1261 †1325). O curioso é que a noiva descende diretamente de Santa Isabel de Portugal, que era sobrinha-neta de Santa Isabel da Hungria, que era sobrinha de Santa Edwiges (*1174 †1243), a célebre padroeira dos endividados que nasceu na atual Baviera (Alemanha), como princesa de Andechs-Merânia e reinou como duquesa-consorte da Silésia (atual Polônia). Nas representações iconográficas, as três parentes são mostradas com coroas exatamente por isso.



Outra coincidência — ou teocidência? — que chama atenção é a de que a data escolhida pelos noivos, aleatoriamente, tenha sido 16 de outubro (festa de Santa Edwiges no calendário litúrgico católico), exatamente um dia após os 145 anos de casamento da Redentora com o Conde d´Eu, celebrado em 15 de outubro de 1864.



Mas, e o noivo, quem é? Digno dos pomposos almanaques da realeza europeia, seu nome tira o fôlego: Alexander Heinrich Martin Christoph Antonius
Franziskus Xaverius Benedictus Hubertus Maria. Filho de um conde principesco alemão e de uma nobre belga, Alexander de Stolberg-Stolberg nasceu em Frankfurt, em 1974, e tem dois irmãos e uma irmã. Economista de formação, trabalha no mercado financeiro em Bruxelas, onde conheceu D. Isabel . Anexada ao presente texto, está uma foto dos príncipes no Natal de 2008, na Bélgica.



Alexander é um primo distante do Conde d´Eu, o Príncipe Gaston de Bourbon-Orleans (1842-1922), que era trineto de uma Stolberg-Gedern —um dos muitos ramos em que se dividiu a Casa de Stolberg durante os séculos. Eles são uma dinastia da região norte da Renânia que foram mediatizados pelo Congresso de Viena (1815), passando à esfera dos monarcas prussianos (dinastia Hohenzollern). Muitos Stolberg foram ministros e administradores regionais na Baviera e na Prússia, além de militares e religiosos. Parte da linhagem é católica, parte é luterana, como costuma ocorrer entre os príncipes germânicos após a Reforma Protestante do século XVI.



Alexander descende colateralmente de um grande bispo católico do séc. XIX, D. Willhelm von Ketteler (1811-1877), um dos apoiadores do Papa Leão XIII na encíclica Rerum Novarum (1891), considerada documento “fundador” da Doutrina Social da Igreja. Ketteler foi citado, recentemente, pelo Papa Bento XVI na Deus Caritas est.



Os noivos são extremamente unidos na fé religiosa e a catolicidade parece que dará o tom de seu casamento, visto que vários primos de diferentes nacionalidades estarão na Cidade Maravilhosa para cumprimentá-los e homenageá-los.



Do nordeste brasileiro, vieram congratulações esfuziantes pelo noivado, que ocorreu em outubro de 2008, por parte dos amigos cearenses da Família Imperial brasileira. Explica-se. A mãe da noiva, D. Maria da Graça , é, pela família materna, da aristocracia do Ceará, sendo bisneta de José Candido de Souza Carvalho (*1863 †1941), vice-presidente do Estado do Ceará no governo (1920-23) de Justiniano de Serpa (*1852†1923), e descendente das famílias colonizadoras da ribeira do Acaraú (CE).



Apesar de a notícia do noivado ter sido divulgada entre os associados do Instituto Cultural D. Isabel I a Redentora (http://www.idisabel.org.br/portugues/noticias_2008_10_22.html), poucos no Brasil estão a par do acontecimento histórico que terá lugar no Rio de Janeiro, no próximo dia 16 de outubro. Trata-se da primeira trineta brasileira de D. Isabel — e justamente sua homônima — a se casar com um príncipe europeu. No Velho Continente, outros da quarta geração da linhagem isabelista já o fizeram: Marie da França (*1959), que desposou Gundakar de Liechtenstein; Mathilde de Wurtemberg (*1962), esposa do conde principesco hereditário de Waldburgo-Zeil-Trauchburgo; D. Maria Paloma de Bourbon (*1967), que se casou com Simeon da Áustria; Eudes da França (*1968), Duque de Angoulême, que desposou Marie-Liesse de Rohan-Chabot e, mais recentemente, D. Aimone de Savóia-Aosta (*1967), que se casou com Olga da Grécia e da Dinamarca, ela mesma também descendente de D. Pedro I...



O Rio de Janeiro, a antiga Corte imperial e capital da República, novamente sediará um evento dessa magnitude. A simplicidade e a religiosidade dos noivos pode — e deve — ser sempre digna de toda a admiração, mas é indiscutível que essa boda representaria uma oportunidade de ouro para o turismo histórico-cultural carioca se pudesse ser bem aproveitada. Após a Missa de Esponsais no Outeiro, cantada pelo coro do Maestro Julio Moretzsohn, os convidados — cerca de 300 pessoas, pelo limite necessário — partirão para o chamado “Paço Imperial”, ou seja, o Paço da Cidade, onde os imperadores despachavam e onde foi assinada a Lei Áurea. Lá ocorrerá a simpática festa de casamento com ornamentação de Antonio Neves da Rocha, contraparente da noiva.



Dias antes, o Instituto D. Isabel (IDII) pretende celebrar uma Missa votiva na Antiga Sé, local do casamento da Redentora, para festejar as Efemérides Brasileiras de 2009 e homenagear os nubentes, dando assim a oportunidade de que absolutamente qualquer um possa felicitar Sua Alteza Real a Senhora D. Isabel e Sua Alteza Ilustríssima o Senhor Alexander.



No presente ano, comemoramos:



· 200 anos do Corpo da Guarda de Polícia da Corte (atual PMERJ) – 13 de Maio

· 190 anos do nascimento de D. Maria da Glória (D. Maria II de Portugal) – 4 de Abril

· 185 anos da 1ª Constituição do Brasil – 25 de Março

· 185 anos da Imigração Germânica no Brasil

· 180 anos do casamento de D. Pedro I com D. Amelia de Leuchtenberg – 2 de Agosto em Munique e 17 de Outubro na Antiga Sé

· 145 anos do casamento de D. Isabel com D. Gastão (Conde d´Eu) – 15 de Outubro

· 120 anos da morte de D. Thereza Christina Maria – 28 de Dezembro

· 100 anos do nascimento de D. Pedro Henrique – 13 de Setembro



· 95º aniversário de D. Maria da Baviera – 09 de Setembro



Alguns sócios do Instituto idealizaram também um jantar beneficente na Casa Julieta de Serpa, no Flamengo, em prol do IDII e do Ballet de Santa Teresa (www.bst.org.br), uma ONG seriíssima do bucólico bairro de Santa Teresa, onde meninas de origem humilde se tornam exímias bailarinas. Como não surgiram patrocínios, o evento corre o risco de não se concretizar... Foi-se o tempo em que D. Pedro II (*1825 †1891) e sua Família eram os maiores mecenas do Brasil e as atividades artísticas e culturais constituíam uma das prioridades dos governantes.



De qualquer forma, o Rio de Janeiro pode se regozijar de assistir a mais um consórcio da realeza. Talvez a maioria das pessoas não saiba, mas o Carnaval carioca surgiu, em certa medida, no longínquo 1810, conforme expliquei em palestra do Bicentenário, ano passado, no Museu do Primeiro Reinado:



Cumpriu-se a vontade do Príncipe Regente e, a 13 de maio de 1810, quando completava 43 anos, ele casou sua filha e seu sobrinho na Capela Real do Rio de Janeiro, no primeiro enlace principesco europeu das Américas... Imaginemos o quanto não se engalanaram os cariocas, fluminenses e todos os demais colonos brasílicos para assistir às festividades. Interessantíssimo é que Oliveira Lima, baseado nos escritos do Padre Perereca (Pe. Luiz Gonçalves dos Santos) dedica as primeiras páginas de seu cap. 26 (As solenidades da Corte), a descrever o exotismo dos folguedos desse casamento.

Isso porque se tratava, precisamente, da primeira festa por assim dizer “mestiça”, ou mesclada/miscigenada, entre uma solenidade curial européia e uma folia colonial ibero-americana. Junção de touradas, cavalhadas, danças africanas e até de um drama, certamente italianizado, celebrado na véspera dos esponsais (Triunfo da América), o casamento de D. Maria Thereza e D. Pedro Carlos foi uma “festa de arromba”, como diríamos hoje em dia.



Vejamos a descrição de Oliveira Lima:



O cúmulo do burlesco atingiram, porém, as festas, comemorativas ainda da boda, celebradas meses depois, e que decerto procriaram o carnaval fluminense. Duraram sete dias na praça do Campo de Sant´Anna e, para amostra do que foi o desfilar de carros alegóricos, basta referir que o primeiro, o dos mercadores, figurava um monte coroado pela estátua da América de arco, aljava, cocar, e saiote de plumas, cercada de índios, quadrúpedes, e pássaros assomando dentre as ervas e flores, donde também brotavam esguichos que aguavam a praça. Havia nos outros carros, oferecidos pelos ourives, negociantes de molhados, latoeiros, carpinteiros, e outros como os denominaríamos hoje sindicatos profissionais, uma dança de chins, uma ilha do Pacífico com seus indígenas, um castelo donde emergia uma dança militar, um escaler de marujos remando e cantando antes de desembarcarem e bailarem, um grupo de ciganos com as mulheres nas garupas dos cavalos, até uma dança de homens disfarçados em macacos, dando saltos, fazendo caretas, executando cabriolas, até formarem a pirâmide humana — nil nove sub sole — e o macaquinho do tope desenrolar diante da tribuna real... os retratos dos sereníssimos consortes.





Enfim, após a inestimável perda que representou a tragédia do AIR FRANCE, onde tantos compatriotas e estrangeiros pereceram e finou-se o primo-irmão da noiva e futuro herdeiro dos direitos ao trono, D. Pedro Luiz (*1983 †2009), que Deus conceda à Família Imperial, ao Brasil e ao Rio de Janeiro bênçãos especiais por ocasião de mais um enlace principesco.



Vivas ao Brasil e aos Brasileiros!





* Bruno da Silva Antunes de Cerqueira, gestor do IDII, é graduado em História

pela PUC-Rio e pós-graduado em Relações Internacionais pela Univ. Candido Mendes.

É especialista em história e genealogia dinásticas e consultor de Cerimonial e Protocolo.

Princesa Isabel



O casamento de D. Isabel ,

Princesa de Orleans-e-Bragança





Bruno de Cerqueira*





Nesta Semana da Pátria, quero honrar a memória de D. Pedro I (*1798 †1834) comentando sobre o casamento de uma sua pentaneta.



Em 16 de outubro de 2009, uma sexta-feira, à noite, casar-se-á na Igreja da Imperial Irmandade de Nossa Senhora da Glória do Outeiro — o famoso Outeiro da Glória dos guias turísticos do Rio de Janeiro — a Princesa D. Isabel Maria Eleonora de Orleans-e-Bragança, trineta de D. Isabel (*1846 †1921), conhecida como Redentora, por ter lutado pela Abolição da Escravatura no Brasil e assinado a Lei de número 3353, que redimiu a história brasileira de sua maior nódoa.



A noiva é a filha mais velha do Príncipe D. Fernando Diniz , que nasceu em Petrópolis em 1948 — mesmo que pertença ao que a imprensa chama de “Ramo de Vassouras” —, e da Princesa D. Maria da Graça , nascida e criada no bairro da Urca (Rio de Janeiro). D. Isabel tem duas irmãs, as belas D. Maria da Glória, 27 anos, arquiteta graduada pela Universidade Santa Úrsula, e D. Luiza Carolina , 25, que termina a graduação em Administração na PUC-Rio.



D. Isabel nasceu em 30 de janeiro de 1978, no Hospital São Lucas, Rio de Janeiro. Estudou em bons colégios da Zona Sul carioca e teve vida de classe média, como a maior parte de suas amigas de infância. Ela se graduou e pós-graduou em Psicologia na PUC-Rio e trabalhou na área de projetos sociais da White Martins. Ao contrário do que muitos imaginam, os príncipes brasileiros não são ricos, visto que a República nunca os ressarciu pelos inúmeros confiscos e perdas perpetrados desde 1889; atestar esse fato histórico-jurídico está longe de constituir monarquismo, uma vez que a União Europeia estipula como um dos pressupostos para a entrada de nações ex-comunistas a indenização de príncipes e nobres espoliados durante e após a II Guerra Mundial. Na descendência da Redentora, apenas o chamado “Ramo de Petrópolis” recebe o laudêmio enfitêutico de Petrópolis, e isso não perfaz grandes somas.



A noiva foi batizada com o prenome ISABEL por ser sobrinha e afilhada da Princesa D. Isabel do Brasil, filha de D. Pedro Henrique (*1909 †1981) — “de jure” D. Pedro III —, cujo centenário de nascimento está sendo comemorado. D. Pedro Henrique, aliás, nutria um carinho todo especial pela netinha que portava o nome de sua avó... Pois bem: D. Isabel do Brasil é prima-sobrinha e afilhada da Princesa D. Isabel de Orleans-e-Bragança (*1911 †2003), a famosa Condessa de Paris, autora consagrada no Brasil e na França, aquela que teria sido rainha-consorte francesa durante a maior parte do século XX, se a Revolução de 1848 não tivesse expulsado do milenar trono de Hughes Capet (c. 938 †996) os seus últimos herdeiros, a Casa de Orleans. Continuando a genealogia, a Condessa de Paris era neta e afilhada de D. Isabel a Redentora, que por sua vez era neta e afilhada da Rainha-mãe das Duas Sicílias, nascida Infanta D. Maria Isabel de Espanha (*1789 †1848).



ISABEL tem origem em um vocábulo feminino do hebraico arcaico, que designava “aquela que é consagrada a Deus”. Desse antigo nome (Elisheva) originam-se, provavelmente, o germânico Elisabeth, o inglês Elizabeth, o francês arcaico Isabeau e o atual Isabelle, os italianos Elisabetta e Isabella, o russo Yelizaveta, o húngaro Erzèbet, o eslavo Alsbietta etc. Todos eles prestam culto às santas da Igreja que, nascidas em linhagens principescas, viveram suas vidas na caridade: Isabel (séc. I a.C. †c. 20 d.C.), a prima de Maria cujo filho (João Batista) saudou Jesus ainda no ventre materno; Isabel da Hungria (*1207 †1231), a duquesa-consorte da Turíngia que foi a primeira penitente da Ordem Franciscana a ser canonizada e Isabel de Portugal (*1271 †1336), nascida infanta de Aragão e que foi a rainha-consorte de D. Diniz I (*1261 †1325). O curioso é que a noiva descende diretamente de Santa Isabel de Portugal, que era sobrinha-neta de Santa Isabel da Hungria, que era sobrinha de Santa Edwiges (*1174 †1243), a célebre padroeira dos endividados que nasceu na atual Baviera (Alemanha), como princesa de Andechs-Merânia e reinou como duquesa-consorte da Silésia (atual Polônia). Nas representações iconográficas, as três parentes são mostradas com coroas exatamente por isso.



Outra coincidência — ou teocidência? — que chama atenção é a de que a data escolhida pelos noivos, aleatoriamente, tenha sido 16 de outubro (festa de Santa Edwiges no calendário litúrgico católico), exatamente um dia após os 145 anos de casamento da Redentora com o Conde d´Eu, celebrado em 15 de outubro de 1864.



Mas, e o noivo, quem é? Digno dos pomposos almanaques da realeza europeia, seu nome tira o fôlego: Alexander Heinrich Martin Christoph Antonius
Franziskus Xaverius Benedictus Hubertus Maria. Filho de um conde principesco alemão e de uma nobre belga, Alexander de Stolberg-Stolberg nasceu em Frankfurt, em 1974, e tem dois irmãos e uma irmã. Economista de formação, trabalha no mercado financeiro em Bruxelas, onde conheceu D. Isabel . Anexada ao presente texto, está uma foto dos príncipes no Natal de 2008, na Bélgica.



Alexander é um primo distante do Conde d´Eu, o Príncipe Gaston de Bourbon-Orleans (1842-1922), que era trineto de uma Stolberg-Gedern —um dos muitos ramos em que se dividiu a Casa de Stolberg durante os séculos. Eles são uma dinastia da região norte da Renânia que foram mediatizados pelo Congresso de Viena (1815), passando à esfera dos monarcas prussianos (dinastia Hohenzollern). Muitos Stolberg foram ministros e administradores regionais na Baviera e na Prússia, além de militares e religiosos. Parte da linhagem é católica, parte é luterana, como costuma ocorrer entre os príncipes germânicos após a Reforma Protestante do século XVI.



Alexander descende colateralmente de um grande bispo católico do séc. XIX, D. Willhelm von Ketteler (1811-1877), um dos apoiadores do Papa Leão XIII na encíclica Rerum Novarum (1891), considerada documento “fundador” da Doutrina Social da Igreja. Ketteler foi citado, recentemente, pelo Papa Bento XVI na Deus Caritas est.



Os noivos são extremamente unidos na fé religiosa e a catolicidade parece que dará o tom de seu casamento, visto que vários primos de diferentes nacionalidades estarão na Cidade Maravilhosa para cumprimentá-los e homenageá-los.



Do nordeste brasileiro, vieram congratulações esfuziantes pelo noivado, que ocorreu em outubro de 2008, por parte dos amigos cearenses da Família Imperial brasileira. Explica-se. A mãe da noiva, D. Maria da Graça , é, pela família materna, da aristocracia do Ceará, sendo bisneta de José Candido de Souza Carvalho (*1863 †1941), vice-presidente do Estado do Ceará no governo (1920-23) de Justiniano de Serpa (*1852†1923), e descendente das famílias colonizadoras da ribeira do Acaraú (CE).



Apesar de a notícia do noivado ter sido divulgada entre os associados do Instituto Cultural D. Isabel I a Redentora (http://www.idisabel.org.br/portugues/noticias_2008_10_22.html), poucos no Brasil estão a par do acontecimento histórico que terá lugar no Rio de Janeiro, no próximo dia 16 de outubro. Trata-se da primeira trineta brasileira de D. Isabel — e justamente sua homônima — a se casar com um príncipe europeu. No Velho Continente, outros da quarta geração da linhagem isabelista já o fizeram: Marie da França (*1959), que desposou Gundakar de Liechtenstein; Mathilde de Wurtemberg (*1962), esposa do conde principesco hereditário de Waldburgo-Zeil-Trauchburgo; D. Maria Paloma de Bourbon (*1967), que se casou com Simeon da Áustria; Eudes da França (*1968), Duque de Angoulême, que desposou Marie-Liesse de Rohan-Chabot e, mais recentemente, D. Aimone de Savóia-Aosta (*1967), que se casou com Olga da Grécia e da Dinamarca, ela mesma também descendente de D. Pedro I...



O Rio de Janeiro, a antiga Corte imperial e capital da República, novamente sediará um evento dessa magnitude. A simplicidade e a religiosidade dos noivos pode — e deve — ser sempre digna de toda a admiração, mas é indiscutível que essa boda representaria uma oportunidade de ouro para o turismo histórico-cultural carioca se pudesse ser bem aproveitada. Após a Missa de Esponsais no Outeiro, cantada pelo coro do Maestro Julio Moretzsohn, os convidados — cerca de 300 pessoas, pelo limite necessário — partirão para o chamado “Paço Imperial”, ou seja, o Paço da Cidade, onde os imperadores despachavam e onde foi assinada a Lei Áurea. Lá ocorrerá a simpática festa de casamento com ornamentação de Antonio Neves da Rocha, contraparente da noiva.



Dias antes, o Instituto D. Isabel (IDII) pretende celebrar uma Missa votiva na Antiga Sé, local do casamento da Redentora, para festejar as Efemérides Brasileiras de 2009 e homenagear os nubentes, dando assim a oportunidade de que absolutamente qualquer um possa felicitar Sua Alteza Real a Senhora D. Isabel e Sua Alteza Ilustríssima o Senhor Alexander.



No presente ano, comemoramos:



· 200 anos do Corpo da Guarda de Polícia da Corte (atual PMERJ) – 13 de Maio

· 190 anos do nascimento de D. Maria da Glória (D. Maria II de Portugal) – 4 de Abril

· 185 anos da 1ª Constituição do Brasil – 25 de Março

· 185 anos da Imigração Germânica no Brasil

· 180 anos do casamento de D. Pedro I com D. Amelia de Leuchtenberg – 2 de Agosto em Munique e 17 de Outubro na Antiga Sé

· 145 anos do casamento de D. Isabel com D. Gastão (Conde d´Eu) – 15 de Outubro

· 120 anos da morte de D. Thereza Christina Maria – 28 de Dezembro

· 100 anos do nascimento de D. Pedro Henrique – 13 de Setembro



· 95º aniversário de D. Maria da Baviera – 09 de Setembro



Alguns sócios do Instituto idealizaram também um jantar beneficente na Casa Julieta de Serpa, no Flamengo, em prol do IDII e do Ballet de Santa Teresa (www.bst.org.br), uma ONG seriíssima do bucólico bairro de Santa Teresa, onde meninas de origem humilde se tornam exímias bailarinas. Como não surgiram patrocínios, o evento corre o risco de não se concretizar... Foi-se o tempo em que D. Pedro II (*1825 †1891) e sua Família eram os maiores mecenas do Brasil e as atividades artísticas e culturais constituíam uma das prioridades dos governantes.



De qualquer forma, o Rio de Janeiro pode se regozijar de assistir a mais um consórcio da realeza. Talvez a maioria das pessoas não saiba, mas o Carnaval carioca surgiu, em certa medida, no longínquo 1810, conforme expliquei em palestra do Bicentenário, ano passado, no Museu do Primeiro Reinado:



Cumpriu-se a vontade do Príncipe Regente e, a 13 de maio de 1810, quando completava 43 anos, ele casou sua filha e seu sobrinho na Capela Real do Rio de Janeiro, no primeiro enlace principesco europeu das Américas... Imaginemos o quanto não se engalanaram os cariocas, fluminenses e todos os demais colonos brasílicos para assistir às festividades. Interessantíssimo é que Oliveira Lima, baseado nos escritos do Padre Perereca (Pe. Luiz Gonçalves dos Santos) dedica as primeiras páginas de seu cap. 26 (As solenidades da Corte), a descrever o exotismo dos folguedos desse casamento.

Isso porque se tratava, precisamente, da primeira festa por assim dizer “mestiça”, ou mesclada/miscigenada, entre uma solenidade curial européia e uma folia colonial ibero-americana. Junção de touradas, cavalhadas, danças africanas e até de um drama, certamente italianizado, celebrado na véspera dos esponsais (Triunfo da América), o casamento de D. Maria Thereza e D. Pedro Carlos foi uma “festa de arromba”, como diríamos hoje em dia.



Vejamos a descrição de Oliveira Lima:



O cúmulo do burlesco atingiram, porém, as festas, comemorativas ainda da boda, celebradas meses depois, e que decerto procriaram o carnaval fluminense. Duraram sete dias na praça do Campo de Sant´Anna e, para amostra do que foi o desfilar de carros alegóricos, basta referir que o primeiro, o dos mercadores, figurava um monte coroado pela estátua da América de arco, aljava, cocar, e saiote de plumas, cercada de índios, quadrúpedes, e pássaros assomando dentre as ervas e flores, donde também brotavam esguichos que aguavam a praça. Havia nos outros carros, oferecidos pelos ourives, negociantes de molhados, latoeiros, carpinteiros, e outros como os denominaríamos hoje sindicatos profissionais, uma dança de chins, uma ilha do Pacífico com seus indígenas, um castelo donde emergia uma dança militar, um escaler de marujos remando e cantando antes de desembarcarem e bailarem, um grupo de ciganos com as mulheres nas garupas dos cavalos, até uma dança de homens disfarçados em macacos, dando saltos, fazendo caretas, executando cabriolas, até formarem a pirâmide humana — nil nove sub sole — e o macaquinho do tope desenrolar diante da tribuna real... os retratos dos sereníssimos consortes.





Enfim, após a inestimável perda que representou a tragédia do AIR FRANCE, onde tantos compatriotas e estrangeiros pereceram e finou-se o primo-irmão da noiva e futuro herdeiro dos direitos ao trono, D. Pedro Luiz (*1983 †2009), que Deus conceda à Família Imperial, ao Brasil e ao Rio de Janeiro bênçãos especiais por ocasião de mais um enlace principesco.



Vivas ao Brasil e aos Brasileiros!





* Bruno da Silva Antunes de Cerqueira, gestor do IDII, é graduado em História

pela PUC-Rio e pós-graduado em Relações Internacionais pela Univ. Candido Mendes.

É especialista em história e genealogia dinásticas e consultor de Cerimonial e Protocolo.

Ocorrências de trânsito no Feriadão

Ocorrências de trânsito no feriadão da Independência
08/09/2009 10:19



Durante o feriadão da Independência, a Brigada Militar constatou 55 casos de embriaguez, dos quais 41resultaram em prisões. Dos 55 casos, 32 foram constatados em vias urbanas e 23 em rodovias estaduais; 26 constatações se deram em abordagens, 26 em acidentes de trânsito e três em barreira policial. Foram constatadas embriaguez em 54 homens e em uma mulher. A faixa etária de maior incidência foi dos 26 aos 34 anos e o horário foi das 3h às 6h.

O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) registrou movimento intenso nas rodovias e estradas estaduais. Os policiais militares dos grupos do CRBM desenvolveram ações de combate à criminalidade e também de redução da acidentalidade, efetuando a abordagem de mais de 24 mil pessoas, sendo necessária a prisão de 55 delas.

Com emprego de radares e bafômetros, houve a fiscalização de mais de 13 mil veículos, com a autuação de 2.805. Os policiais dos grupos do CRBM, em fiscalização com radar eletrônico, flagraram 953 condutores em excesso de velocidade. Houve ainda o recolhimento de 262 veículos por infrações ou acidentes de trânsito. Também com relação aos acidentes, foram registrados, desde sexta-feira, 146 acidentes que envolveram 254 veículos, causando lesões em 100 pessoas e a morte de outras oito.

Fonte: Ascom/ BM

Vacaria terá 20 Câmeras de Monitoramento

Tamanho do texto: A- A+Vacaria terá vinte novas câmeras de monitoramento
As câmeras serão instaladas nos bairros com maior número de ocorrências policiais e no cemitério Santa Clara

Administração de Vacaria e o Comando do Décimo Batalhão definiram que a central das vinte câmeras de monitoramento que o município irá receber do Governo Federal será instalada junto a Guarda Municipal . A operação do sistema será feita pela Brigada Militar que manterá um policial no local 24 horas . As câmeras que virão através do Programa Nacional de Segurança e Cidadania - Pronasci - serão instaladas nos bairros com maior incidência de ocorrências policiais, no parque infantil da rua 7 de setembro e no cemitério Santa Clara . Também haverá uma câmera na esquina da Avenida Moreira Paz com Avenida Militar em virtude dos constantes problemas nas duas avenidas de alta velocidade , som alto dos veículos e atos de vandalismo ao patrimônio publico e privado . A instalação das novas câmeras deverá acontecer ainda este ano O comandante do Décimo Major Vilmar Araldi informou que no encontro também ficou definido que a central já existente na Brigada Militar das cinco câmeras instaladas pelo Consepro no centro da cidade será transferida para a Guarda Municipal .

Rádio Fátima AM (Jornalismo), 07/09/2009, 09h25

Rapidinha

Poa, 08/09/09

Muitas vezes perguntamos o que queremos e ouvimos o que não queremos.

Beijos.

Deise Nunes.

O marido pergunta à mulher:
-- Com quantos homens você já dormiu?
A mulher responde orgulhosa:
-- Só contigo, querido!
Com os outros eu ficava acordada!

Boletim Deputado Federal Pepe Vargas

GABINETE DO DEPUTADO
FEDERAL PEPE VARGAS



Pepe Vargas entre os 100 parlamentares

mais influentes em 2009

O estudo divulgado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), na última sexta-feira, coloca o deputado federal Pepe Vargas (PT/RS) entre os 100 parlamentares federais mais influentes em 2009. Eleito em 2006, Pepe foi o parlamentar mais votado do PT no Rio Grande do Sul, e já no seu primeiro mandato tem uma atuação que o classifica entre os 29 senadores e 71 deputados que se destacaram durante o ano.

O Diap avaliou entre os atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo, a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber idéias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

O trabalho do deputado vai desde a defesa do estado e do país, como interlocutor entre os poderes, à criação e regulamentação de leis – que é uma das principais funções legislativas. Pepe já apresentou 13 projetos que aperfeiçoam a legislação em vigor e tem se destacado na elaboração de um substitutivo ao projeto que extingue o fator previdenciário (3299/08). Para tanto, já realizou 57 audiências públicas e reuniões na Câmara dos Deputados, Câmaras de Vereadores e Sindicatos.



No final do mês agosto conquistou junto ao Governo um acordo para garantir menos tempo de trabalho e maior valor na aposentadoria, através da aplicação da fórmula 85/95.



O deputado também tem importante atuação em Comissões Permanentes e Especiais. É presidente da Subcomissão permanente da Microempresa na Comissão de Finanças e Tributação (CFT), Coordenador do Núcleo de Finanças e Tributação da bancada do PT, Suplente na Comissão de Desenvolvimento Urbano e Suplemente na Subcomissão Permanente de Gastos públicos da CFT, Membro da Comissão Especial da Reforma Política. Pepe é ainda membro titular da Comissão Especial, criada neste ano, para discutir e encaminhar o projeto de lei (Pl 2452) que altera o Código Brasileiro da Aeronáutica.







Assessoria de Imprensa

Silvana Gonçalves

54.30251301/54.81258906

61.96185895

41 pessoas embriagadas no feriado

Comando Rodoviário da Brigada Militar prende 41 pessoas por embriaguez no feriado da Independência
08/09/2009 10:19


Durante o feriadão da Independência a Brigada Militar, por meio do Comando Rodoviário (CRBM), constatou 55 casos de embriaguez ao volante, dos quais 41 resultaram em prisões. Da 55 ocorrências, 32 foram constatadas em vias urbanas e 23 em rodovias estaduais, 26 se deram em abordagens, 26 em acidentes de trânsito e três em barreira policial. Foi constatada embriaguez em 54 homens e em uma mulher, sendo a faixa etária de maior incidência a dos 26 aos 34 anos e o horário o das 3h às 6h.

Com emprego de radares e bafômetros houve a fiscalização de mais de 13 mil veículos, com a autuação de 2.805. Em fiscalização com radar eletrônico, os PMs flagraram 953 condutores em excesso de velocidade. Houve ainda o recolhimento de 262 veículos por infrações ou acidentes de trânsito.

Também com relação aos acidentes, foram registrados, desde sexta-feira (04), 146 acidentes que envolveram 254 veículos, causando lesões em 100 pessoas e a morte de outras oito. O CRBM registrou ainda movimento intenso nas rodovias e estradas estaduais, sendo que os policiais militares dos grupos do CRBM desenvolveram ações de combate à criminalidade e também de redução da acidentalidade, efetuando a abordagem de mais de 24 mil pessoas.

Fonte: Ascom BM

Festa dos Caminhoneiros



A Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina reuniu neste domingo (07), no distrito de Ana Rech, Caxias do Sul, cerca de 500 caminhoneiros e motoristas profissionais de outras categorias com suas famílias, para homenagear São Cristóvão e Nossa Senhora da Estrada. Durante a missa, o padre Bruno lembrou a história de São Cristóvão e pediu a proteção do padroeiro a todos os motoristas, diante da violência cada vez mais presente em nossas estradas. No almoço, entre as autoridades convidadas, se fez presente o prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, acompanhado de secretários municipais. O presidente Éder Dal'Lago, da FECAM, anfitrião da festa, disse que a partir do ano que vem pretende realizar a festa dos motoristas no dia 16 de setembro, conforme Decreto Lei que instituiu em todo o território nacional a data como sendo o Dia Nacional dos Motoristas. O SOS Caminhoneiro esteve presente confraternizando com a categoria dos motoristas de Caxias do Sul.




Prefeito José Ivo Sartori e Padre Bruno




























Éder Dal’Lago e esposa





Motorista Daniel Zanette, premiado por ser

o pai mais novo, presente à festa.





Deputado Estadual Francisco Appio - www.appio.com.br

Sebrae


Não consegue visualizar o conteúdo desta mensagem? Acesse aqui.

Edição
8 de setembro de 2009

Arte do Sul surpreende visitantes do Sebrae/RS na Expointer


Franciele Mendes (E) ficou impressionada com a criatividade e a beleza das peças artesanais
Mesmo com a presença de uma tradicional visitante, a chuva, a Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer) causou surpresas em sua 32ª edição. Para um grupo de universitários de Dom Pedrito, cidade na região da Campanha, a admiração foi com a combinação da opulência de símbolos da história e do cotidiano do gaúcho e matérias-primas típicas na arte do Sul. As peças estiveram no estande do Sebrae/RS na feira. (Leia mais)


Sebrae/RS e Fetag-RS estimulam o desenvolvimento da agricultura familiar
Por meio de convênio, as duas entidades unem esforços em prol da competitividade das unidades de produção primária e de agroindústrias familiares, com foco nos pequenos produtores rurais. A parceria foi celebrada no estande do Sebrae/RS na Expointer. (Leia mais)


Sob os holofotes da cidade luz
A Cooperativa de Artesanato Lã Pura ganhou visibilidade e ultrapassou as fronteiras do Estado ao participar de eventos de moda no Rio de Janeiro. Mais um passo importante foi dado pelo grupo que expôs, entre os dias 4 e 7 de setembro, na Prêt-à-Porter, tradicional feira de vestuário e acessórios de Paris. (Leia mais)


Rodada da agricultura familiar totaliza R$ 221 mil em negócios
O Sebrae/RS e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) realizaram a 1ª Rodada de Negócios da Agricultura Familiar. O encontro, na Expointer 2009, reuniu 13 empresas vendedoras e representantes de 13 empresas compradoras. Foram fechados 47 negócios, num total de R$ 221 mil. (Leia mais)


Riqueza histórica da região missioneira inspira artesãos
O tecido típico gaúcho de mala de garupa, os grafismos guaranis e os símbolos da Voluta Barroca, da Ave Maria e do Sol Jesuítico estampam 190 peças cuidadosamente confeccionadas por 40 artesãos apoiados pelo Sebrae/RS. (Leia mais)

Festival Cidade das Tortas, ingrediente secreto para bons negócios (Leia mais)
Panificadores mais atuantes no setor industrial (Leia mais)
Um tempero a mais no alto astral (Leia mais)
MPEs de Passo Fundo criam site para manter clientes atualizados (Leia mais)




Gerência Agropecuária: Análise de Resultados
Este livro traz, pela primeira vez no Brasil, um estudo completo de todas as fórmulas e cálculos possíveis de serem utilizados na administração rural para análise de resultados e de custos de produção. (Leia mais)
Editora: Agropecuária
Fonte: Universidade Sebrae de Negócios



Serra Gaúcha quer ser referência em turismo de aventura
O dia-a-dia agitado das grandes cidades produz necessidades cada vez maiores de lazer, prática de esportes e contato com a natureza. Atentas a essa demanda, 21 operadoras de turismo de aventura da Serra gaúcha uniram-se, este ano, ao projeto Polo de Turismo Aventura da Serra Gaúcha, uma iniciativa do Sebrae/RS e oito prefeituras da região. (Leia mais)


09/09/2009 Palestra Empreendedorismo: Uma Oportunidade?
Local: Salão ACIC/CDL (Rua Venâncio Aires, 612 - Carazinho)
Horário: 19h às 21h
10/09/2009 Oficina Controle de Estoque
Local: Sebrae Centro (Av. Presidente Vargas, 2098 - Santa Maria)
Horário: 14h às 18h
11/09/2009 Oficina Negociação: estratégias para melhores resultados
Local: Universidade Sebrae de Negócios (Rua Siqueira Campos, 805 - Porto Alegre)
Horário: 14h às 22h


Imprensa Sebrae/RS: (51) 3216 5165 · (51) 3216 5182
Central de Relacionamento: 0800 570 0800 · www.sebrae-rs.com.br

Notícias da Prefeitura Municipal de Porto Alegre RS


Todas as Notícias

A MANCHETE
Prefeitura lança campanha de respeito à faixa de segurança

Uma campanha de educação para o trânsito será lançada amanhã para mudar o comportamento do motorista porto-alegrense. Apontados como imprudentes e impacientes em pesquisa, eles serão orientados a respeitar as faixas de segurança e os sinais de trânsito. “Esperamos que Porto Alegre dê uma resposta à altura como grande centro de desenvolvimento urbano e social", afirmou o prefeito José Fogaça. A solenidade será às 11h, na Usina do Gasômetro. Leia mais...

ACAMPAMENTO FARROUPILHA
Visitas guiadas mostram o cotidiano do gaúcho

São oito edições a serem realizadas de amanhã a 19 de setembro. Orientados por guia de turismo, os passeios incluirão visita a cinco piquetes para um contato mais próximo com as tradições e a cultura gaúcha. Um deles será o Laços de Sangue, que levou ao Acampamento Farroupilha o “Galpão de Estância”, com uma mostra de relíquias, quinquilharias e objetos que fazem parte do dia-a-dia de famílias do interior do Estado. Leia mais...

Martín Fierro, anti-herói do pampa, entre os mais procurados do piquete da leitura

Com estrofes recheadas por um vocabulário peculiar dos gaúchos, o poema Martín Fierro, do argentino José Hernández, tem recorde de venda na Feira do Livro. O dicionário tradicionalista também tem recebido destaque entre as publicações gauchescas. Seis editoras apresentam obras voltadas ao mundo nativista no piquete em frente ao Centro de Eventos. Leia mais...

Mutirão de matrículas no ProJovem começa amanhã

Jovens entre 18 e 29 anos poderão efetuar a matrícula até o dia 20, das 13h30 às 18h, em frente à Feira de Artesanato do parque. Interessados deverão apresentar carteira de identidade, comprovante de residência em Porto Alegre e histórico escolar. Os alunos terão qualificação profissional, iniciação à informática e bolsa-auxílio de R$ 100. Leia mais...

DESTAQUES
Caminhada literária tem inscrições abertas

O professor e escritor Luís Augusto Fischer irá guiar um passeio por pontos do Centro Histórico da Capital no sábado, 12. O roteiro começa às 10h no totem do Caminho dos Antiquários e inclui visitas à Livraria do Globo (rua da Praia), Chalé da Praça XV, Mercado Público e Praça da Alfândega. Quem quiser participar pode se inscrever pelo e-mail vivaocentroape@gmail.com. Leia mais...

Fórum vai buscar soluções para desenvolver a Região Metropolitana

Iniciativa da Associação dos Municípios da Grande Porto Alegre (Granpal), o fórum vai integrar as cidades no debate de problemas comuns na região. “É preciso haver uma consciência metropolitana. Essa temática é fundamental para solucionarmos, por exemplo, questões relacionadas à mobilidade urbana”. A afirmação é do prefeito José Fogaça, que participou da reunião realizada hoje na Prefeitura de Sapucaia do Sul. Leia mais...

Aberto hoje, Porto Alegre em Cena mostra produções de nove países

O festival começa nesta noite com Kiss Bill, uma paródia ao filme Kill Bill, do cineasta americano Quentin Tarantino. Montagem da coreógrafa portuguesa Paula de Vasconcellos, o espetáculo será às 21h, no Teatro Bourbon Country. A edição deste ano tem 57 espetáculos, sendo 21 peças internacionais, 22 nacionais e 14 gaúchas. Leia mais Continua...

EVENTOS
Últimos dias de inscrições para o concurso Histórias de Trabalho

As inscrições são gratuitas e vão até quinta-feira, 10, na Coordenação do Livro e Literatura. Também podem ser efetuadas pelos Correios ou no site da prefeitura. Cada candidato poderá inscrever até três trabalhos. Os textos irão compor um livro. Leia mais...

InovaPoa incentiva empresas ao Prêmio Finep

Os projetos devem ter ações com resultados mensuráveis pelo menos nos últimos três anos. Realizado regionalmente, o prêmio reconhece esforços inovadores desenvolvidos no Brasil e aplicados no país ou no exterior. Além do troféu, os vencedores poderão receber financiamentos, reembolsáveis ou não, entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões. Inscrições até quinta-feira, 10. Leia mais...

MAIS SERVIÇOS
Sine oferece vagas para trabalhar em navios

São mil vagas para camareiros, cozinheiros, serviços de bar, restaurante e limpeza. A idade exigida é de 18 anos a 35 anos, com inglês básico para funções de limpeza e cozinha. Os selecionados irão trabalhar na costa brasileira e navegarão por diversos países. Interessados devem procurar o posto (avenida Mauá, 1013), levando currículo em inglês. Leia mais...

PREVISÃO DO TEMPO
Confira a previsão do tempo desta quarta-feira, dia 9
(Clique aqui)

TEMPO HOJE
Veja imagem de satélite
(Clique aqui)

VEJA PAUTAS DO DIA
Veja pautas para o dia 9 de setembro
(Clique aqui)




Editado pela Supervisão de Comunicação Social
E-mail - Telefones (51)3289.3900 / (51)3289.3932 / (51)3289.3926
Newsletter desenvolvida pela PROCEMPA.

Boletim Deputada Federal Maria do Rosário







www.mariadorosario.com.br 3 de setembro de 2009


Lançamento do Pré-Sal é a esperança de um futuro com mais confiança
Em cerimônia histórica, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou as regras para a exploração das mega-reservas de petróleo do pré-sal. As leis previstas no marco regulatório desenvolvido pelo governo, e que terão de ser aprovadas no Congresso, garantem o controle do Brasil sobre as riquezas e a criação de um fundo que irá destinar os lucros do pré-sal para a educação, a ciência e tecnologia, a previdência e programas sociais.







Teleconferência debate o novo Plano Nacional de Educação
A deputada Maria do Rosário explicou que os debates sobre o novo PNE estão acontecendo em todo o Brasil e vão subsidiar a formação do novo plano. “Nossa intenção é debater diretamente com toda a sociedade o novo plano. A partir de 2011 estaremos vivendo uma nova etapa da educação brasileira, portanto queremos ouvir todos os setores sobre qual o ensino que queremos, desde a educação infantil, ensino fundamental, médio, profissionalizante e superior”, destacou.







ARTIGO: Sob o sal da terra
Secretário de Comunicação do PT reforça decisão do governo Lula de destinar os lucros do pré-sal para as políticas sociais, em especial para educação e superação da pobreza


Maria do Rosário realiza roteiro em cidades da Serra
Em Bento Gonçalves, deputada participou de eventos e conheceu projetos da prefeitura. Ela esteve ainda em Carlos Barbosa e Veranópolis


Grito dos Excluídos debate crise financeira e corrupção
Manifestação será nesta sexta-feira (4), a partir das 10h. Tema desse ano é a crise financeira mundial e a corrupção no governo Yeda


Maria do Rosário no Twitter
Internautas podem acompanhar rotina da deputada em Brasília e no Rio Grande do Sul através do http://twitter.com/_mariadorosario








PAC do Saneamento vai liberar R$ 4,5 bilhões para 88 municípios
Polícia torturou crianças, diz governo
Ministro quer retomar projeto sobre reforma universitária
Institutos da Rede Federal são destaque em educação do país
Afastamento da secretária da Educação mostra acerto da luta dos educadores
América Latina adotará modelo brasileiro dos Pontos de Cultura
Governo destina R$ 10 bilhões para plano habitacional em 2010
População indígena mais que duplicou em nove anos, aponta IBGE
Desmatamento da Amazônia Legal caiu 65% no último ano
Com IPI reduzido, governo evita demissão de 60 mil trabalhadores, diz Ipea
Banco do Brasil anuncia ampliação de crédito para vários segmentos




Enviar para alguém Editar seus dados Descadastrar





BRASÍLIA/DF
Câmara dos Deputados, anexo IV
Gabinete 312 - CEP 70160-900
Fone: (61) 3215-5312 - Fax: (61) 3215-2312
e-mail: dep.mariadorosario@camara.gov.br PORTO ALEGRE/RS
Av. Venâncio Aires, 140/sala 501
Cidade Baixa - CEP 90040-190
Fone/Fax: (51) 3226-3313 e 3225-9015
e-mail: escritorio.politico@mariadorosario.com.br





--------------------------------------------------------------------------------

Página Rural


20:33 » MG: Belo Horizonte recebe 16º Congresso Brasileiro de Agrometeorologia em setembro
20:09 » MT: confira o Boletim Semanal de Soja do Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária
20:02 » MT: confira o Boletim Semanal de Milho do Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária
19:59 » SP: Esalq promove palestra sobre controle biológico de pragas em hortaliças e plantas ornamentais
19:48 » SP: Esalq promove seminário para aprofundar cooperação entre França e Brasil
19:35 » SP: Brasil ainda estuda produtos dos EUA que serão retaliados para compensar subsídio ao algodão
19:25 » DF: Ministério do Meio Ambiente defende "ponte" entre os zoneamentos ecológicos e econômicos
18:42 » DF: Banco do Brasil divulga balanço das contratações de investimentos da safra 2009/2010
18:40 » DF: renegociação de débitos da DAU de agricultores familiares e assentados termina dia 30
18:21 » GO: 3º Dia de Campo de Niquelândia enfoca plantas do Cerrado
18:19 » RS: Senar leva informações aos participantes da Convenção de Contabilidade do Rio Grande do Sul
17:59 » MS: fiscalização do vazio sanitário da soja será intensificada neste mês
17:57 » MG: Epamig apresenta tecnologias para produção de uva e vinho
17:54 » PR: Estado é responsável por 18,9% da produção brasileira de grãos
17:40 » Costa Rica: jovens de 34 países participam do Fórum de Liderança para a Agricultura
17:37 » DF: Brasil está desaparecendo em meio a reservas ambientais, diz Stephanes
17:26 » AL: delícias do inhame foram atração em Paulo Jacinto no fim de semana
17:20 » RN: Emater leva ações à Feira do Abacaxi de Ielmo Marinho
17:16 » DF: queda de temperatura nas regiões Sul e Centro-Oeste, informa o Inmet
17:14 » SP: estruturação pode alavancar cadeia produtiva de búfalos
17:11 » GO: reunião discute agricultura familiar e Emater
17:09 » RS: projeto da UPF pesquisa estratégias de manejo e controle do capim-annoni 2
17:07 » DF: aumento de produtividade sem recursos para plantio não é suficiente, diz debatedor
17:05 » BA: Seagri debate em Abaíra cadeia produtiva da cana-de-açúcar
16:53 » RS: Emater e Prefeitura de São José do Ouro promovem 3º Encontro Regional de Fruticultura
16:49 » SP: sustentabilidade é palavra de ordem da Fruit & Log
16:43 » MT: 6º Campeonato Estadual de Pesca mobilizou 20 mil pessoas em Porto Esperidião
16:37 » GO: Festa da Melancia de Uruana começa quinta
16:33 » DF: Stephanes prevê fim do desmatamento causado pela pecuária na Amazônia
16:30 » SP: participação de carros flex nas vendas volta a bater 94%, informa Unica
16:30 » DF: presidente da Câmara dos Deputados cria comissão especial para analisar leis ambientais
16:20 » GO: Seminário Regional de Pecuária de Leite em Piracanjuba é cancelado
16:09 » RS: Embrapa Pecuária Sul vai propor projeto para a produção de vacina contra tristeza parasitária
16:07 » SP: estão abertas as inscrições VIII Concurso de Fotos da Serrana Fertilizantes
16:04 » DF: apesar do clima, safra do RS foi satisfatória, diz Conab
16:03 » ES: frigirífico Uniaves começa a operar no Estado
15:58 » RJ: Rio Leite encerra encontros de 2009 em Itaocara
15:57 » RJ: Ceperj confirma inscrições do concurso público da Emater
15:40 » EUA: confira o fechamento do mercado futuro do algodão hoje na Bolsa de Nova York
15:39 » EUA: confira fechamento do mercado futuro do trigo nas bolsas de Chicago e Kansas
15:38 » DF: CRA vai ouvir movimentos sociais sobre parâmetros de produtividade rural
15:37 » EUA: confira o fechamento do mercado futuro da soja na Bolsa de Chicago
15:10 » RS: CRMV-RS comemora 40 anos na semana do Dia do Veterinário
15:07 » SC: Copercampos efetua até dezembro “Troca-troca” de calcário e sementes
15:03 » PR: Requião estuda alternativa para evitar aumento de preços no Trator Solidário
14:57 » BA: agricultoras familiares de Central aprendem a trançar fibra de sisal
14:47 » DF: produtores pedem recursos e treinamento para integração de lavoura, pecuária e floresta
14:42 » DF: Stephanes quer índice de produtividade rural adequado à modernidade
14:33 » PA: agricultores de Altamira e Brasil Novo fazem o plantio de mudas
14:29 » MT: Estado orienta produtor rural sobre utilização da Nota Fiscal Eletrônica
14:27 » MG: Estado encerra safra com estabilidade na produção de grãos
14:26 » MG: Epamig e Uni-BH promovem 14ª edição do Café com Saúde
14:24 » GO: Programa Mais Alimentos promove cursos em Goiânia
14:23 » ES: tamanho corporal de vaca zebu é um dos temas de evento no Estado
14:20 » GO: projeto de Flores de Goiás e região abrigam lavouras de arroz
14:19 » GO: Rodeio Show de Anicuns começa amanhã
14:17 » GO: produtores colhem safra de inverno no Projeto Luís Alves
14:15 » GO: prorrogado prazo para destruição da soqueira do algodão
14:14 » SP: Fatec de Botucatu ganha laboratório de biodiesel
14:12 » SC: Seminário Regional de Piscicultura acontecerá dia 18 em Braço do Norte
14:10 » SP: Cogeneration Brazil 2009 traz experiências de sucesso em projetos de cogeração
14:07 » PR: Cocamar inicia hoje reuniões nas unidades
14:06 » SP: Capone assume a Gerência de Trocas e Alianças Estratégicas da DuPont Brasil Produtos Agrícolas
14:03 » SP: setor brasileiro de frutas e derivados recebe visita de especialista da União Europeia
14:00 » SP: Cati promove curso sobre ordenha em Fernandópolis
13:58 » PE: começa hoje à noite evento nacional sobre produção integrada de frutas
13:35 » MS: Embrapa orienta proteção de sementes de soja com fungicidas
13:34 » DF: integração lavoura-pecuária é defendida por especialistas no Senado
13:09 » RS: Embrapa Pecuária Sul apresenta resultados da parceria de pesquisa com a Ufrgs e a Sulpasto
12:35 » DF: Câmara dos Deputados debate hoje novo pacto federativo ambiental
12:21 » DF: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Arroz discute norma de padronização de sacas
12:00 » DF: pesquisador da Embrapa sugere mudança de índice de produtividade da terra
10:46 » RJ: em agosto, IBGE estima queda de 8,6% na safra de grãos
10:16 » SP: encontro debate agroenergia entre Brasil e França
10:10 » RS: Irga promove curso técnico de adequação ambiental da lavoura do arroz
10:02 » DF: veja os leilões da Conab programados para esta semana
09:54 » MG: Estado fixa prazo para recomposição de áreas de preservação permanente, afirma Faemg
09:39 » DF: Conab conclui segunda maior safra da história
09:25 » Costa Rica: IICA e ISAAA debatem panorama mundial dos cultivos biotecnológicos e perspectivas
09:18 » DF: Brasil cultiva mais de 2 milhões de hectares de café
09:03 » PE: Mapa promove seminário de Produção Integrada em Petrolina
08:17 » DF: Conab e IBGE divulgam hoje levantamentos da produção agrícola

Ver todas notícias







INDICADORESFUTURO
Índice Venc. Valor %
Açúcar . . .
Álcool . . .
Algodão . . .
Bezerro . . .
Boi Gordo Set 76,72 -0,49
Café Set 142,65 +0,28
Etanol . . .
Milho Set 18,90 -0,58
Soja Nov 25,20 +0,20

Índices: 08/09 - Fonte: BM&F
Para saber mais clique aqui

FÍSICO
Índice Praça Valor %
Açucar SP 54,14 +0,50
Algodão SP 116,10 +0,16
Arroz RS 27,38 +0,72
Bezerro MS 615,86 +1,07
Boi Gordo SP 74,41 +0,20
Café SP 249,40 +0,01
Etanol PR . .
Milho Camp. 19,10 -0,19
Soja PR 47,19 +0,25

Índices: 08/09 - Fonte: CEPEA
Para saber mais clique aqui
ARTIGOSControle biológico de insetos-praga na agropecuária do Brasil

O Brasil é o país que mais utiliza o controle biológico para o combate a insetos-praga. Essa técnica já vêm sendo utilizada no país há vários anos em diferentes culturas agrícolas e na pecuária. Ela também apresenta um potencial enorme para ser cada vez mais difundida, dada a grande ênfase que há atualmente na preocupação ambiental e na sustentabilidade.

Leia mais MULTIMÍDIA




SP: novo site da Serrana apoia a gestão do agricultor brasileiro


O gerente da Divisão de Marketing da Bunge Fertilizantes, Francisco Pereira, fala sobre sobre serviços oferecidos pelo novo site da Serrana. A iniciativa faz parte da campanha desenvolvida pela GNova, agência do Grupo TV1, que criou o conceito “Mais que fertilizante, parceiro”.


Ouvir áudio




Caso não queira mais receber nosso boletim de notícias, envie um e-mail para paginarural@paginarural.com.br com assunto "DESCADASTRAR E-MAIL".

Encontros com o Professor






Livros da memória e outros
Ruy Carlos Ostermann


Não foi minha a decisão de mexer nos livros e reorganizar a biblioteca. Está quase tudo de pernas para cima, há pilhas de livros por todos cantos e, a rigor, só agora, um mês depois, começa a pegar forma a parte na qual a obra completa do Erico Verissimo serve de referência definitiva. Em torno dele estão todos os outros, a começar por Machado de Assis.

Tenho muita dificuldade em lidar com tudo isso. Desenvolvi uma espécie de afeto por aqueles objetos regulares. Alguns estão perdendo a capa, as primeiras folhas, alguns já desabaram, vítimas das traças e dos cupins, mas continuam lá, no seu lugar, de pé mesmo que escorados em outros livros mais resistentes.

Já conversei com meus amigos a respeito dos nossos livros. Tivemos a ideia de doá-los para a formação de uma biblioteca pública, que levaria o nome de cada um na parte que lhe correspondesse. Mas não passamos disso. Tenho certeza de que eles acabaram fazendo o que também fiz: ficar na frente das estantes e ter orgulho delas. Afinal, é uma história simples de nossa vida intelectual – reencontro velhas edições em que ainda tinha o hábito juvenil de fazer uma anotação de certa extensão, alusiva à data ou à pessoa, e assinar Ruy Carlos. Faz tempo.

Agora sento na minha poltrona, espicho as pernas e fico a adivinhar onde possa estar Carlos Drummond de Andrade. A Nilse faz as mudanças, apaixonada que está pela restauração de livros, eu apenas sofro e só hoje me atrevi a escrever, que é quando também se muda de ideia.

Solidão

Poa, 09/09/09

Bom dia,

Eu mereço!!!

Beijos.

Deise Nunes.

Cansado da agitação da vida urbana, Celso larga o emprego, compra um pedaço de terra no Amazonas e se muda para lá. Ele vê o carteiro uma vez por semana e vai à mercearia uma vez por mês. No mais, é paz e tranqüilidade.
Seis meses depois, em dezembro, alguém bate na porta. Celso abre e vê um homem barbudo, enorme, que diz:


- Meu nome é Chicão, seu vizinho, 7 léguas daqui. Festa de Natal lá em casa, sexta-feira. Começa às cinco.


Celso se entusiasma:
- Ótimo, depois de seis meses na solidão, nada melhor que isso. Muito obrigado, vou sim.


Chicão começa a ir embora, pára e diz:
- Seguinte: vai rolar bebida.


- Sem problema. Eu topo.


Novamente Chicão começa a ir embora, mas pára e diz:
- Olha, também pode ter briga.


- Sem problema, eu me dou bem nesses lugares. Mais uma vez obrigado.


Chicão continua:
- E pode ter sexo meio selvagem...


- Também não é problema. Eu estou aqui faz 6 meses. Mais um motivo para ir. E, aproveitando, me diz uma coisa: qual é o traje?


Chicão: - Cê é que sabe. É só nós dois...