Anuncie em Nossa Revista de Classificados

Anuncie em  Nossa Revista de Classificados
Para Porto Alegre RS

sábado, 10 de janeiro de 2009

Danaça

Olá,
Envio informações sobre ação que estamos desenvolvendo para o verão, Dança Usina na 209.
Feliz ano de 2009.
Abraço
Obrigado pela atenção.
Edu Severino

Revista Viva Favela


REVISTA SEMANALQuinta-feira, 08 de janeiro de 2009

Clandestinos
"Clandestinos". Esse é o nome usado pelas ruas da Baixada para identificar jovens que compram drogas nos morros do Rio para revender na sua região agindo por conta própria e sem ligações com facções criminosas. Essa nova forma de tráfico começa a se expandir para vários munícipios da região e a preocupar autoridades. por Claudio Costa
07/01/2009
A vida como ela é
No final de 2007, o Viva Favela ouviu moradores da Baixada Fluminense para saber quais eram as expectativas para o ano de 2008. Um ano depois voltamos para ver o que aconteceu em suas vidas no ano que passou.por Claudio Costa
31/12/2008
Centro de Cultura Urbana é inauguradoEspaço terá várias atividades gratuitasConfira as vagas de empregoUma das oportunidades é para pessoas com deficiênciaHomenagem aos 70 anos de Martinho da VilaShows são gratuitos toda terça-feira no CCBB Festa África XXI em BotafogoEsta é a 4ª edição do evento

Mande-nos sua opinião ou sugestão. Clique aqui

Histórias de Natal
Com a proximidade do Natal, uma figura, independente da temperatura, começa a aparecer com mais freqüência pela cidade. Com sua tradicional roupa vermelha e a barba branca, o Papai Noel não agrada apenas as crianças. Mas quem são esses "bons velhinhos"? por Renata Sequeira
24/12/2008
Todos os direitos reservados ao Viva Rio. Este conteúdo só pode ser publicado ou retransmitido com a citação da fonte.

Operação Capacete Limpo

Operação Capacete Limpo fiscaliza 2.579 motocicletas no RS06/01/2009 15:17
A Secretaria da Segurança Pública, por meio da Brigada Militar, realizou das 8h às 11h desta terça-feira (06/01) mais uma edição da Operação Capacete Limpo. As ações ocorreram em 221 municípios gaúchos, com a participação de 510 policiais e 271 viaturas. Ao todo, 2.579 motocicletas foram fiscalizadas.Os resultados da operação foram estes:
- Apreensões de CNH: 06; - BO/COP elaborados: 05; - Motocicletas autuadas: 29; - Motocicletas fiscalizadas: 2.579; - Motocicletas recolhidas: 05; - Termo Circunstanciado – TC: 01. Criada pela Portaria 027/08, a Capacete Limpo é uma das Operações Permanentes da SSP e acontece sob forma de barreiras, blitze, abordagens e outras ações congêneres, com a utilização dos meios tecnológicos disponíveis pela Brigada Militar (BM). O objetivo é prevenir e reprimir o indicador de criminalidade furto e/ou roubo de motocicletas e outros delitos decorrentes da ação.
Fonte: PM3/BM

Susepe cria centraal para informar Empresários

Susepe cria central para informar PACs a empresários08/01/2009 09:36
A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) está disponibilizando para os empresários do Rio Grande do Sul uma central de informações, junto ao Departamento de Tratamento Penal (DTP), para esclarecimentos das vantagens dos Protocolos de Ações Conjuntas (PACs). Os empresários que aderirem ao PAC não terão nenhum encargo trabalhista e social, não descontam PIS, Cofins, não há pagamento de férias, 13º salário e também não há despesas com rescisão contratual.

No convênio, caberá ao empresário apenas o pagamento de 75% do salário mínimo e mais 10% do total da folha destinada aos detentos, para o Fundo Penitenciário. Dos 75% do salário mínimo, destinado ao preso, 20% vai para o pecúlio que o detento recebe no final da pena. O sistema prisional do Rio Grande do Sul têm hoje 156 PACs, com um total de 2.060 presos que efetuam trabalho.

Em Montenegro há dois exemplos de empresas que firmaram o protocolo: a Metalúrgica Flocar, que trabalha com montagem de chaveiros, e emprega 108 detentos, e a Zaraplast, que produz sacos plásticos, e utiliza 30 presos. Em Porto Alegre foi firmado, em dezembro, convênio com a empresa Renova Lavanderias, que emprega 80 detentos.
Os empresários que precisarem de mais informações, podem entrar em contato com a Divisão de Trabalho Prisional da Susepe, pelo telefone/fax: (51) 3288.7304 ou e-mail: trabalhoprisional@susepe.rs.gov.br. Os funcionários do setor estão à disposição para esclarecimentos e, se for necessário, poderão agendar visitas nas empresas. Além das vantagens já mencionadas, os empresários estarão auxiliando no tratamento penal.
Fonte: Ascom Susepe

Bebê tem carteira de identidade

Bebê de um ano já tem carteira de identidade em Capão da Canoa08/01/2009 10:06
Um bebê de um ano foi a atração dessa quarta-feira (7) na Casa de Governo Azul- Claro, onde fica o Instituto-Geral de Perícias (IGP), no complexo do Verão Legal RS 2009, em Capão da Canoa. Maria Eduarda Novaski foi levada pelo pai, Alexandre, e teve sua carteira de identificação emitida. Alexandre disse que a beira da praia foi um local mais fácil para fazer o documento. "Aqui foi mais tranquilo. É um documento que acho de extrema importância", explicou. De acordo com o diretor do IGP no Verão Legal RS 2009, Hari Spaniol, já foram confeccionadas no Litoral Norte e Sul 741 carteiras de identidade.Fonte: Site do Estado

Discurso de Fim de Ano do Presidente de Angola

O problema é que tecer algum comentário critico inerente a politica angolana,nos dias atuais se parece ao Brasil!!! Vem a indagação, é válido confiar???!! !Hum-----Original Message-----From: issenguel@yahoo. com.brTo: Forum Angolanista Sent: Thu, 8 Jan 2009 7:09 pmSubject: Discurso de fim de ano, Presidente da UNITA, SAMAKUVA
Para análise e comentário:

Discurso de fim de ano, proferido por Isaías SAMAKUVA, presidente da UNITA,


Angolanas e angolanos, Minhas senhoras e meus senhores,Estamos praticamente no fim do ano de 2008. Para muitos angolanos, este ano termina com o sentimento de frustração por não terem alcançado a mudança que muito almejavam com a realização das eleições de Setembro pa ssado. Os vícios e indícios de fraude que caracterizaram este processo eleitoral resistiram e persistiram às denúncias por nós feitas repetidas vezes antes das legislativas de 5 de Setembro. A forma como as eleições foram conduzidas e o seu resultado, constituíram- se num facto que marcou de forma dominante o nosso 2008.A auditoria que realizamos revelou que os dez por cento atribuídos ao nosso Partido, não representam a vontade expressa pelo Povo. Pelo contrário. Ela revelou que certos poderes utilizaram estruturas do Estado para interferir nas funções acometidas à CNE, dirigindo, de facto, as operações eleitorais. Criaram mais de doze mil mesas fantasmas e manipularam mais de três milhões de votos violando, assim, o direito constitucional e eleitoral vigentes, a lei, as liberdades e direitos dos cidadãos. O relatório da União Europeia sobre as eleições veio confirmar que elas não foram democráticas; não foram competitivas nem foram transparentes.Em várias partes do Mundo, o ano de 2008 foi marcado pelo triunfo da mensagem da mudança. A mudança para mais justiça e inclusão social chegou à América com a eleição de Barack Obama, triunfou na Bolívia e no Kenya e abalou profundamente a base de sustentação da ditadura no Zimbabwe. Estou certo de que a mensagem da democracia e da inclusão também não tardará a triunfar no nosso País.Dois mil e oito termina com uma boa parte dos cidadãos angolanos a recearem que a subversão das normas eleitorais ocorrida em Setembro de 2008 seja um golpe duro ao processo democrático e que venha a instalar-se em Angola um regime absolutista, mascarado de democracia, praticando a ditadura com subtileza, manipulando a Lei e subvertendo a soberania popular. Creio que não é isso que os angolanos querem. Eles querem a democracia real e a justiça social que produzem a paz social. Os angolanos querem reforçar as infra-estruturas da democracia – uma imprensa livre, sindicatos livres, partidos políticos fortes e independentes, que permitem às várias comunidades escolher os seus dirigentes para desenvolver as respectivas regiões e a sua cultura e reconciliar as suas divergências internas por meios pacíficos.No que nos diz respeito, em 2009 vamos continuar a defender um regime democrático onde as desigualdades são contidas e os desequilíbrios reduzidos e eliminados. As grandes desigualdades a nível do poder sócio-económico dificultam a distribuição do poder político de forma relativamente igualitária. Sabemos que há quem defenda o contrário, dizendo que Angola precisa de criar primeiro um regime forte, de uma elite de capitalistas nacionais ligada a um só Partido. Esta elite promove uma cultura hegemónica e um Estado centralizado, que organiza eleições sem competitividade e sem perigar a manutenção do pod er pela classe dominante. Vamos continuar a defender um regime realmente democrático, com um Estado descentralizador que utiliza a democracia participativa para reduzir e conter as desigualdades sócio - económicas e promover o desenvolvimento humano e a inclusão social. Por isso dizemos que a democracia deve ser participativa e total e o desenvolvimento deve ser descentralizado e sustentável, quer do ponto de vista humano, quer do ponto de vista tecnológico, cultural e ecológico. Democracia e desenvolvimento devem andar de mãos dadas porque somente o ideal democrático, e nunca o autoritarismo, trará desenvolvimento e justiça económica e social para todos os angolanos. Prezados companheiros,Em 2008 o mundo viu mudanças drásticas no preço do petróleo que atingiu o auge de $147 o barril em Julho, desceu para os $90 em Setembro e caíu para $34.00 o barril agora nos últimos dias do ano! O ano de 2008 termina com o mundo a experimentar uma crise financeira sem precedentes que reduzirá o nível dos investimentos, das poupanças e do crescimento económico global em 2009, o que irá afectar o ritmo da execução dos investimentos e projectos programados para 2009 porque os custos financeiros serão mais altos e a taxa de rentabilidade do capital a investir será mais baixa. Os especialistas admitem que o preço do petróleo continuará bastante volátil, podendo vir a estabilizar= 2 0apenas no final do ano. Isto significa que em 2009 os preços da roupa, da comida do transporte e de outros produtos derivados do petróleo continuarão a subir.Vários governos continuarão a perseguir fontes alternativas de energia, o que poderá aumentar a procura do gás natural e o aumento dos custos de construção de novas refinarias. Como o nosso País ainda importa mais de 70% da gasolina e do gás que consome, isto significa que em 2009 os preços desses produtos poderão subir. Angola vai precisar de mais petróleo para pagar os credores a quem prometeu pagar com o petróleo. Como estes vão levar mais petróleo, a Sonangol vai ficar com menos petróleo para as necessidades do país. Além disso, o Governo vai prosseguir a sua política de manter uma Administração Pública pesada composta por cerca de 1700 estruturas orgânicas, muitas delas sobrepostas! Em 2009, o Governo vai custar ao povo angolano mais de $10 biliões de dólares. Muitos destes gastos são supérfluos e servem apenas para alimentar a corrupção organizada e sistémica. Este cenário nos permite antever um ano difícil para a maioria das famílias angolanas. O aumento da despesa pública, as políticas do Governo e a corrupção irão impôr ao povo angolano um esforço terrível em 2009. Os poucos empregos que irão surgir irão beneficiar mais os estrangeiros, pagos em dólares, do que os angolanos. Prezados companheirosApesar deste quadro sombrio, não temos nada a temer. Quando olhamos para trás e vemos toda a humilhação e tirania por que passámos, nós e os nossos antepassados; quando olhamos para trás e vemos todos os perigos por que passámos, as poderosas conquistas que alcançamos, por que razão haveremos de ter medo do futuro? Sobrevivemos ao pior. Afinal, o futuro pertence-nos, porque somos um povo maduro, temos uma história e teremos um destino. Assim:Dirijo-me a todos os combatentes da liberdade, que deram a sua juventude e o seu espírito de luta à causa da angolanidade e do nacionalismo angolano.
Filomeno Issenguel
English Teacher at THE BEST English School
Graduated at UFMG - Letras
Phone: 55 (031) 8718-3042
Email: issenguel@yahoo. com.br
"No eye has seen, no ear has heard, and no mind has imagined the things that God has prepared for those who love him."
1 Corinthians 2:9

CEN Brasil Informa

Saudações a todos os leitores amigos!

Segue em anexo edição CEN Brasil informa referente ao mês de Novembro distribuida durante as atividades referente a IV Caminhada pela Vida e Liberdade Religiosa.
IMPORTANTE SABER, CEN Brasil informa foi criado para você! Opiniões e sugestões de matérias para o informativo devem seguir para cenbrasil.comunicac ao@gmail. com .
Boa leitura e até a próxima edição.

Um forte abraço!
Marcos Rezende Coordenador Geral CEN Brasil.
Realização: CEN Brasil Comunicação.
CEN Brasil.Acesse: http://www.cenbrasi l.org.brPara fazer parte da lista de distribuição CEN BR, mande um e-mail para: cen_br-subscribe@ yahoogrupos. com.br

Eles não amam a Vida

02/12/2008


DEBATE ABERTO
Eles não amam a vida
Hoje assistimos algo absolutamente inédito e de extrema irracionalidade: a guerra contra a Terra. Sempre se faziam guerras entre exércitos, povos e nações. Agora, todos unidos, fazemos guerra contra Gaia: não deixamos um momento sem agredi-la, explorá-la até entregar todo seu sangue.
Leonardo Boff
A busca de uma saída para a crise econômico-financeira mundial está cercada de riscos. O primeiro é que os países ricos busquem soluções que resolvam seus problemas, esquecendo do caráter interdependente de todas as economias. A inclusão dos países emergentes pouco significou, pois suas propostas mal foram consideradas. Prevaleceu ainda a lógica neoliberal que garante a parte leonina aos ricos. O segundo é perder de vista as demais crises, a ecológica, a climática, a energética e a alimentar. Concentrar-se apenas na questão econômica, sem considerar as outras, é jogar com a insustentabilidade a médio prazo. Cabe recordar o que diz a Carta da Terra: "nossos desafios ambientais, econômicos, políticos, sociais e espirituais estão interligados e juntos podemos forjar soluções includentes" (Preâmbulo). O terceiro risco, mais grave, consiste em apenas melhorar as regulações existentes em vez de buscar alternativas, com a ilusão de que o velho paradigma neoliberal teria ainda a capacidade de tornar criativo o caos atual. O problema não é a Terra. Ela pode continuar sem nós e continuará. A magna quaesto, a questão maior, é o ser humano voraz e irresponsável que ama mais a morte que a vida, mais o lucro que a cooperação, mais seu bem estar individual que o bem geral de toda a comunidade de vida. Se os responsáveis pelas decisões globais não considerarem a inter-retro-dependência de todas estas questões e não forjarem uma coalizão de forças capaz de equacioná-las aí sim estaremos literalmente perdidos.Na verdade, se houvesse um mínimo de bom senso, a solução do cataclismo econômico e dos principais problemas infra-estruturais da humanidade seria encontrada. Basta proceder a um amplo e geral desarmamento já que não há confrontos entre potências militares. A construção de armas, propiciada pelo complexo industrial-militar, é a segunda maior fonte de lucro do capital. O orçamento militar mundial é da ordem de um trilhão e cem bilhões de dólares/ano. Já se gastaram somente no Iraque dois trilhões de dólares. Para este ano, o governo norte-americano encomendou armas no valor de um trilhão e meio de dólares.Estudos de organismos de paz revelaram que com 24 bilhões de dólares/ano - apenas 2,6% do orçamento militar total - poder-se-ia reduzir pela metade a fome do mundo. Com 12 bilhões - 1,3% do referido orçamento - poder-se-ia garantir a saúde reprodutiva de todas as mulheres da Terra.Com grande coragem, o atual Presidente da Assembléia da ONU, o padre nicaragüense Miguel d’Escoto, denunciava em seu discurso inaugural em meados de outubro: existem aproximadamente 31.000 ogivas nucleares em depósitos, 13.000 distribuidas em vários lugares no mundo e 4.600 em estado de alerta máximo, quer dizer, prontas para serem lançadas em poucos minutos.A força destrutiva destas armas é aproximadamente de 5.000 megatons, força que é 200.000 vezes mais avassaladora que a bomba lançada sobre Hiroshima. Somadas com as armas químicas e biológicas, pode-se destruir por 25 formas diferentes toda a espécie humana. Postular o desarmamento não é ingenuidade, é ser racional e garantir a vida que ama a vida e que foge da morte. Aqui se ama a morte.Só este fato mostra que a atual humanidade é feita, em grande parte, por gente irracional, violenta, obtusa, inimiga da vida e de si mesma. A natureza da guerra moderna mudou substancialmente. Outrora "morria quem ia para a guerra". Agora não, as principais vítimas são civis. De cada 100 mortos em guerra, 7 são soldados, 93 são civis, dos quais 34, crianças. Na guerra do Iraque já morreram 650.00 civis e apenas cerca de 3.000 soldados aliados. Hoje assistimos algo absolutamente inédito e de extrema irracionalidade: a guerra contra a Terra. Sempre se faziam guerras entre exércitos, povos e nações. Agora, todos unidos, fazemos guerra contra Gaia: não deixamos um momento sem agredi-la, explorá-la até entregar todo seu sangue. E ainda invocamos a legitimação divina para o nosso crime, pois cumprimos o mandato: "multiplicai-vos, enchei e subjugai a Terra"(Gen 1,28).Se assim é, para onde vamos? Não para o reino da vida.
Leonardo Boff é teólogo e escritor.
Fonte: Carta o Berro

Antena Tricolor 03.01.2009

03.01.2009


Datas e horários da LibertadoresGrêmio estréia dia 25/02
A Conmebol divulgou as datas e horários dos jogos das duas primeiras fases da Copa Libertadores. A estréia do Grêmio acontece no dia 25/02, quarta-feira de cinzas, às 21h50 no Estádio Olímpico. Confira abaixo todos os jogos do Grêmio na fase de grupos da Libertadores 2009. Mais informações


Arena e Base Gremista na GrêmioTV Programas especiais estão no ar
Já estão na grade da GrêmioTV os programas Base Gremista e Grêmio Arena. Os dois programas fecham um ano de 2008 especial para a GrêmioTV, que acompanhou a evolução do projeto do novo estádio do Tricolor e registrou os títulos dos novos talentos da base gremista. Acesse WWW.GREMIOTV.NET e confira.
Juvenis na Copa Santiago Delegação gremista viaja na terça
Nesta terça-feira, a Categoria de Juvenis do Grêmio viaja para o interior do Rio Grande do Sul, para a disputa da 21ª edição da Copa Santiago. A competição será realizada na cidade homônima, que fica localizada a 462Km de Porto Alegre. A delegação gremista embarca às 14h desta terça feira, com previsão de chegada às 20h. A Assessoria de Imprensa do clube terá um representante em Santiago, que, através do site oficial, trará todos os detalhes da campanha tricolor. Mais informações

Antena Tricolor

03.01.2009


Datas e horários da LibertadoresGrêmio estréia dia 25/02
A Conmebol divulgou as datas e horários dos jogos das duas primeiras fases da Copa Libertadores. A estréia do Grêmio acontece no dia 25/02, quarta-feira de cinzas, às 21h50 no Estádio Olímpico. Confira abaixo todos os jogos do Grêmio na fase de grupos da Libertadores 2009. Mais informações


Arena e Base Gremista na GrêmioTV Programas especiais estão no ar
Já estão na grade da GrêmioTV os programas Base Gremista e Grêmio Arena. Os dois programas fecham um ano de 2008 especial para a GrêmioTV, que acompanhou a evolução do projeto do novo estádio do Tricolor e registrou os títulos dos novos talentos da base gremista. Acesse WWW.GREMIOTV.NET e confira.
Juvenis na Copa Santiago Delegação gremista viaja na terça
Nesta terça-feira, a Categoria de Juvenis do Grêmio viaja para o interior do Rio Grande do Sul, para a disputa da 21ª edição da Copa Santiago. A competição será realizada na cidade homônima, que fica localizada a 462Km de Porto Alegre. A delegação gremista embarca às 14h desta terça feira, com previsão de chegada às 20h. A Assessoria de Imprensa do clube terá um representante em Santiago, que, através do site oficial, trará todos os detalhes da campanha tricolor. Mais informações

Que venhaam as Câmaras de Gás

Blog do Bourdoukan
http://blogdobourdoukan.blogspot.com/
Enquanto houver um explorado e um oprimido não haverá paz
Domingo, 4 de Janeiro de 2009

Que venham as câmaras de gás e os crematórios
O que a mídia esconde sobre a trégua.Ela duraria seis meses. E nesse meio tempo tanto o Hamas quanto Israel honrariam o compromisso.E o que aconteceu?O Hamas honrou o compromisso apesar das inúmeras invasões das tropas de Israel para assassinar os “líderes” daquela organização palestina.Todos esses assassinatos ocorreram com o beneplácito da mídia, que em nenhum momento se preocupou em alertar a opinião pública sobre os crimes praticados e o conseqüente rompimento da trégua.Os dirigentes israelenses entenderam isso como uma carta branca para agir a seu bel prazer.Nenhum dirigente europeu protestou contra esse rompimento da trégua por Israel. E o delinqüente Bush não só não protestou como sempre apoiou tais assassinatos.É evidente que os dirigentes do Hamas perceberam que não podiam ficar de braços cruzados.Precisavam responder para alertar a humanidade. E qual foi a reação do Ocidente?Acusar os dirigentes do Hamas de terrorismo. É importante ressaltar que os dirigentes do Hamas jamais invadiram Israel, apesar das tropas israelenses fazerem de Gaza o seu campo de teste de novas armas.E Israel não se contentou em assassinar palestinos. Precisava matá-los de fome e sede.Sempre com o silêncio do Ocidente.Só para se ter uma idéia da situação em Gaza. Israel cercou toda a região e confinou um milhão e meio de palestinos no maior campo de concentração de que se tem notícia.E mais: proibiu a entrada de víveres, água, cortou a energia elétrica, destruiu hospitais, proibiu a entrada de medicamentos.Tudo isso durante a trégua...E ainda: Os palestinos não podiam receber qualquer tipo de ajuda humanitária.Aos palestinos restaram duas alternativas: morrer à míngua ou defendendo-se.Eles morrerão às centenas e milhares.Serão massacrados.E como todo palestino assassinado pelos israelenses, seja ele criança, mulher ou idoso, é considerado liderança, aos israelenses só restará aplicar a solução final.Fornos crematórios e câmaras de gás.Até quando?
======================================================================================
A BESTA NAZI/SIONISTA – “POR ONDE PASSA NÃO MEDRA GRAMA” – E NEM VIDA


Laerte Braga


O primeiro-ministro de Israel Ehud Olmert enfrenta eleições em fevereiro próximo. Até o início do genocídio contra palestinos estava em desvantagem nas pesquisas. Não que o líder do partido adversário seja diferente. São ambos nazi/sionistas. Mas os “negócios” são lucrativos e se espalham por todo o mundo. Manter o poder numa região estratégica para os sócios, os norte-americanos é o melhor de todos os “negócios”.

Vidas humanas? Olmert não tem preocupação com esse tipo de “coisa”. Israelenses e norte-americanos são povos “superiores”, “ungidos e guiados por Deus”, logo, o resto é inferior.

O que é preciso ter em mente para qualquer análise, sem levar em conta os interesses das grandes potências associadas a grupos sionistas que levaram à criação do estado terrorista de Israel sob o falso pretexto de mea culpa pelo holocausto (foram vítimas de Hitler desde judeus, a negros e minorias de um modo geral), é o acordo de paz assinado entre Yasser Arafat e Ithzak Rabin, respectivamente, palestino e israelense.

Rabin foi assassinado num evento onde se comemorava a paz por um fanático fundamentalista judeu. Não querem e nunca quiseram a paz, já se criaram na violência e no nazi/sionismo.

A partir daí, dentro do cronograma do golpe o general nazi/sionista Ariel Goering Sharon iniciou sua escalada totalitária e sanguinária. E corrupta para variar. Desafiou palestinos no bairro palestino de Jerusalém (cidade ocupada por Israel), impôs-se como líder de um partido de extrema-direita, esmagou as lideranças favoráveis à paz, simulou situações e pretextos para justificar ações violentas contra os palestinos (algo assim como as bombas químicas e biológicas que Bush inventou para invadir e ocupar o Iraque) e virou primeiro-ministro ditador de Israel.

De lá para cá o próprio povo de Israel passou a ser adereço nesse processo, os negócios cresceram, a família prosperou, a barbárie e a violência ganharam status oficial (existem desde a implantação de Israel) e os seus sucessores não largaram e nem querem largar o osso. A disputa eleitoral em fevereiro é entre dois líderes do nazi/sionismo.

No melhor estilo de George Bush, criminoso internacional que preside os EUA, Ehud Olmert fez um discurso pela televisão dizendo que as mães de Israel devem estar preparadas para a perda de muitos dos “nossos garotos que foram garantir a vida de seus pais, irmãos, vizinhos e de Israel”. Não fala dos grandes bancos controlados por nazi/sionistas, das empresas que se espalham pelo mundo, ou do terrorismo vendido em forma de consultoria pelas antigas SS hoje chamadas de MOSSAD.

A morte de palestinos, entre eles crianças e mulheres, isso não tem a menor importância. Ehud e suas forças “divinas” são escolhidos para “libertar o povo judeu do jogo dos bárbaros”, ou coisa que valha. Quem liberta os palestinos donos das terras saqueadas por nazi/sionistas?

São apenas assassinos impiedosos, criminosos sem escrúpulos ou entranhas, torturadores, saqueadores e estupradores.

Olmert determinou que os celulares dos soldados de Israel fossem confiscados para evitar conversas com familiares e assim distrações durante os combates. Outra mentira. O número de soldados que tem se recusado a cumprir ordens de execuções sumárias de palestinos aumenta e Olmert não quer que nem os israelenses saibam, muito menos o resto do mundo. E muito menos das perdas sofridas em combate.

Quem não se lembra dos aviões trazendo corpos de americanos do Iraque e que chegavam à noite, em bases secretas, para que os cidadãos não tomassem conhecimento do fracasso?

Nem todos têm bestas assassinas em seus corações.

Ao contrário do que se supõe o povo judeu vai ser o grande perdedor nessa história por conta de lideranças que lideram apenas “negócios.” A história não se faz num dia e nem numa batalha.

Observadores internacionais, muitos dos quais judeus, começam a perceber a armadilha dos nazi/sionistas. Não têm preocupação alguma com Israel. Preocupam-se com “negócios”, com os açougues recheados de corpos de palestinos exterminados na violência calculada e deliberada do nazi/sionismo.

E com o discurso terrorista de “democracia”, de “liberdade” e incrível, de “paz”.

De Átila se dizia que “por onde o cavalo de Átila passa não medra grama”. Dos nazi/sionistas se pode dizer que “por onde a besta nazi/sionista passa não medra grama e nem vida”.

A ofensiva terrestre contra Gaza completa um crime contra a humanidade. Genocídio. Barbárie em curso desde a criação artificial do estado de Israel, numa decisão de “negócios” das grandes potências. Nada mais que isso.

Aos poucos e ao longo desses anos, ao custo de muito sangue, Israel vai se revelando como estado terrorista e criado com esse único objetivo. O povo judeu não tem culpa, mas a omissão é cumplicidade. O nazi/sionismo nasceu de um gene de Hitler e seus sequazes e Olmert, tanto quanto Sharon são produtos do laboratório do Reich orientado a partir da organização terrorista Casa Branca.

Não imaginem que Obama vai ser diferente e vai buscar a paz. Já está de quatro para o terrorismo nazi/sionista. Muda só o discurso. Ao invés da boçalidade bêbada de Bush o bom mocismo cínico de um negro que virou branco.

E a besta nazi/sionista vai prosseguir no genocídio.

É uma luta que não se restringe a Gaza ou ao Oriente Médio. É para ser lutada no mundo inteiro, até que se extermine o último nazi/sionista. Sem quartel e sem tréguas, pois essa gente só tem “negócios” e a vida não vale para eles. A dos outros.

É hora de boicote a produtos e empresas, bancos, de Israel ou controlados por nazi/sionistas. Cada produto dessas empresas, ou desses “negócios” está marcado com a suástica que virou estrela de Davi e tem sangue de gente inocente.

É hora de lembrar a História. No embuste da mentira transformada em verdade o povo alemão aceitou a ditadura de Hitler. A lição tem que servir. Reagirmos à ditadura de Washington e de Tel Aviv. E atentarmos que entre nós, entre todos, muitos já se converteram aos “negócios”.

Não é difícil identificá-los. Os bancos, os latifundiários, as grandes empresas, os principais veículos de comunicação e partidos políticos braços desse terrorismo.

O presidente da VALE, companhia doada por FHC a grupos estrangeiros disse outro dia que “em momentos de crise como a que vivemos é necessário tomar medidas de exceção para superar as dificuldades”. As dificuldades são dele, as medidas de exceção significam a flexibilização dos direitos trabalhistas. Isso é simples. Aumentar o poder de exploração dos exploradores em relação aos explorados.

Como Israel faz com os palestinos.

O sobrenome do presidente da VALE é Agnelli. A família foi cúmplice, parceira de Mussolini, como o é de Berlusconi. Não mudaram nada. É genético.

Sharon, Ben Gurion, Olmert, Bush, Obama, Blair, são todos descendentes desse gênesis terrorista e assassino.

A besta nazi/sionista.

Curso de Teatro

Curso de Teatro"Abrindo Portas"Espaço Aberto Vánacontramão
Inscrições abertas até o dia 28/01/2009Ganhe R$50,00 de desconto inscrevendo-se até o dia 10/01/2009
A proposta do curso tem como base a preparação do ser-artista com foco no autoconhecimento.
Fazer Teatro:
* Ensina a lidar com as emoções
* Possibilita falar em público com desenvoltura
* Ajuda a vencer a timidez
* Melhora a convivência em grupo
* Desenvolve a expressividade
O curso é um processo de descoberta de nós mesmos para que possamos estar livrementes inseridos no cenário..."da nossa vida".
O local do curso é movimentado e bem iluminado. O espaço conta com porteiro para maior segurança das pessoas e dos automóveis.Para mais informações: Metodologia - Horários -Investimento-Etc. Veja aqui!!!
Professor: Walter Rozadilla. Para marcar entrevista, favor ligar 3240-7267 Faça sua reserva!!! Saiba mais!!!
Seu endereço de e-mail está em nossa lista porque algum conhecido em comum o indicou. Mas, não é nossa intenção incomodar você, caso seja assim, solicite remover da lista que não enviaremos mais e-mails. Agora, se achou interessante nosso trabalho, ajude-nos a crescer encaminhando este e-mail para seus conhecidos.
Mais Informações e inscrições (das 14:00 às 21:00):Tel: 71 3346-6286 / 3240-7267 Travessa Dr. Artur Napoleão Carneiro Rego, 190 - Pituba - Salvador - Bahia -www.vanacontramao.com.br / contato@vanacontramao.com.br

Antena Tricolor

809


09.01.2009


Grêmio está em Bento Gonçalves Muita festa na chegada do Tricolor
O Grêmio foi recepcionado por centenas de torcedores em Bento Gonçalves. Já na entrada da cidade, uma grande carreta foi formada para levar a delegação gremista até o hotel Dall’Onder Vittoria. Em todas as ruas por onde passou, o Tricolor foi ovacionado por apaixonados torcedores. Nem mesmo a forte chuva que caiu sobre a cidade foi capaz de diminuir a euforia da nação gremista da serra gaúcha. Mais informações


Dia de recuperação para juniores após vitóriaDescanso e treino regenerativo
Após uma boa vitória sobre o Nacional-AM, pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Grêmio trabalha para recuperar os jogadores. Em decorrência do atraso no início da partida, a programação dos garotos teve de ser alterada. Alguns jogadores, principalmente os que atuaram os 90 minutos, necessitam de atenção especial do preparador físico Mario Barbosa. Mais informações
Muita chuva no primeiro treino Trabalhos físicos no São Paulo
A chuva foi o principal personagem do primeiro treino do Grêmio na pré-temporada em Bento Gonçalves. O Complexo Esportivo São Paulo, não muito distante do Hotel Dall'Onder Vittoria, recebeu o plantel gremista para o primeiro trabalho físico sob o comando do preparador Beto Ferreira. Poucos torcedores encararam a chuva para assistir a movimentação gremista. Mais informações
Abertura da Copa SantiagoEvento aconteceu nesta quinta-feira
Nesta quinta-feira à noite, antes da estréia do Grêmio na Copa Santiago, foi realizada a cerimônia de abertura da competição, no Estádio Alceu Carvalho. Foi uma festa linda, com todas as delegações presentes e uma única mensagem: paz no esporte. Estiveram no evento várias autoridades da cidade. Isso mostra a importância e a relevância da Copa. Mais informações